Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

 

letra

 

Viento Para Aterrizar

 La Frontera

 

Cuando sale el sol sobre la ciudad
Suelo caminar para regresar
Con los amigos y las calles
Que quedaron atrás
Y que no volverán

Me falta viento para aterrizar
Me sobra tiempo para olvidar
Menos tú,
Voy dejando todo atrás

 

Lá naquele beco já não há bilhar

agora é um bazar o nosso antigo bar

e a solidão mora nos cantos e nas velhas canções

eles que já não estão

 

Falta-me vento não posso aterrar

sobra-me  tempo para olvidar

menos tu

vou deixando tudo atrás

 

Falta-me vento não posso aterrar

sobra-me  tempo para olvidar

menos tu

vou deixando tudo atrás


Un día soñé que podía volar,
Outro que caía ao despertar

Vou deixando tudo atrás

Falta-me vento não posso aterrar

sobra-me  tempo para olvidar

menos tu

vou deixando tudo atrás

 

Falta-me vento não posso aterrar

sobra-me  tempo para olvidar

menos tu

vou deixando tudo atrás

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.