Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

 

Letra

 

O CHEIRO A CAFÉ

NÃO TE ENCONTRO DEVAGAR
NEM NA PRESSA DE TE VER P'RA MIM
BOM DIA
QUE SEJA ETERNO
FICAREI POR CÁ

O CABELO EM DESALINHO
A CAMISA QUE ONTEM VESTI
O TEU CHEIRO AINDA QUENTE
A VISÃO DE TI

JÁ CAI A SOMBRA
QUE PINTA DE AZUL O AZUL
O OLHAR QUE AFUNDA
AS VELAS NOS MARES DO SUL
JÁ A LUZ TE VAI LIMPANDO
E APARECES TU

CONVERSAMOS OU SILENCIO?
POR AGORA NÃO ME OCORRE NADA
AINDA TENHO A CABEÇA AUSENTE
DENTRO DA ALMOFADA

ENTRE O CHEIRO DO CAFÉ
E O CONFORTO QUENTE DA TORRADA
DESCOMPASSAS SE SORRIS
AINDA MAQUILHADA

POR TI JUREI
JUREI POR MIM
SE POR AZAR
UM 
FOR EMBORA
QUEM DE NÓS POR CÁ FICAR
CONTARÁ A HISTÓRIA

Luís Represas 10 Julho 2011

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.