Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

 

Letra

 

uma luz que se acende
ilumina um vazio
um silêncio que se prende
só se prende por um fio
acabaste de dizer
amor até já
cuidado essa palavra morre
ou nasce logo de manhã...
gravata cor de vermelho escuro
escolho esta, mudo ou não mudo
Não faças por fazer de ti o meu mundo
vais perceber, não te vou contar num segundo
o malandro, corre pela calçada malandro
para que ninguém o veja
esconde-se na sombra, assim seja
fiz a mesma coisa para te ver
enquanto não te podia ter
por mim estás à vontade
igual fiz na tua idade
gravata cor de vermelho escuro
escolho esta, mudo ou não mudo
Não faças por fazer de ti o meu mundo
vais perceber, não te vou contar num segundo
tanto por dizer
ficou tanto por falar
nó da gravata
que só tu sabes dar

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email