Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

 

Letra

 

Teus olhos castanhos 
De encantos tamanhos 
São pecados meus, 
São estrelas fulgentes, 
Brilhantes, luzentes, 
Caídas dos céus, 
Teus olhos risonhos 
São mundos, são sonhos, 
São a minha cruz, 
Teus olhos castanhos 
De encantos tamanhos 
São raios de luz. 

Olhos azuis são ciúme 
E nada valem para mim, 
Olhos negros são queixume 
De uma tristeza sem fim, 
Olhos verdes são traição 
São crueis como punhais, 
Olhos bons com coração 
Os teus, castanhos leais. 

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email