Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

 

 

Letra

 

Já madruguei mos teus braços

Toquei-te a boca num beijo sem fim

Já foste minha nesse sonho que acabou

Já foste a luz que agora o tempo apagou

E se essa luz me afagava

De cada vez que passavas por mim

Agora quem nasceu pavio desse amor

Fecha-se a porta pra tentar fugir à dor

 

É só poeira

Da caminhada que eu já fiz

Vou-me afastando

Num sonho onde eu fui feliz

Ando perdido

Comandante sem lugar

A vida acaba

Mesmo sem antes começar

Aqui…

 

Eram os teus lépidos olhos

Que davam corda no meu coração

Agora encosto-me à saudade de nós dois

Abra a janela para a luz que vem depois

 

É só poeira

Da caminhada que eu já fiz

Vou-me afastando

Num sonho onde eu fui feliz

Ando perdido

Comandante sem lugar

A vida acaba

Mesmo sem antes começar

Aqui…

 

Da caminhada que eu já fiz

 

Aqui…

 

Num sonho onde eu fui feliz

 

Aqui…

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email