Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

B Fachada fotografado para a capa do ípsilon
B Fachada fotografado para a capa do ípsilon (Rui Gaudêncio)
Na semana em que B Fachada se apresentou no CCB, em Lisboa, o Ípsilon entrou no mundo de um dos melodistas mais talentosos da nova geração de músicos portugueses.

Uma entrevista de João Bonifácio revela Bernardo para além da Fachada, enquanto que, paralelamente, algumas pessoas que o conhecem de perto ajudam a desenhar-lhe um retrato. Na edição do ípsilon para iPad, acompanhamos estes textos com uma galeria de imagens de alguns dos momentos do concerto do CCB e com uma das músicas tocadas.

António Júlio Duarte acaba de publicar “White Noise”, aquele que o próprio considera o seu primeiro livro de fotografia com cabeça, tronco e membros, depois de mais de 20 anos de obra feita ligada à imagem fotográfica. Na versão iPad do suplemento pode ver uma galeria com mais de uma dezena de fotografias e ler a versão na íntegra da conversa de Sérgio B. Gomes com o fotógrafo que comenta ainda duas imagens de “White Noise”.

O director dos Artistas Unidos abriu-nos a porta da nova casa da companhia, o Teatro da Politécnica, para falar sobre a peça que está em cena, “A Farsa da Rua W”, onde a Irlanda de Enda Walsh vai dar à Lombardia profunda de Giovanni Testori. Em exclusivo para a edição iPad, Silva Melo lê um trecho da peça.

Mário Lopes ouviu o disco de estreia dos Tiguana Bibles, banda de Coimbra com nomes muito batidos no rock`n`rol, e aponta cenários de David Lynch para caracterizar com imagens a força destes “anjos e demónios”. A crítica ao disco tem companhia, “Books”, um das 10 faixas de “In Loving Memory Of…”.

A aplicação do Ípsilon poderá ser descarregada semanalmente por 79 cêntimos. A subscrição trimestral (12 edições) custa 6,99 euros, a semestral (26 edições) fica por 13,99 euros e a anual (52 edições) por 20,99 euros. A compra é feita na App store. Mais informações aqui

 

Via Público

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email