Terça-feira, 24 de Maio de 2016

 

Letra

 

Meu amor só quer carninha
Seja ao almoço ou ao jantar
Assim bem suculenta
Com grelinhos a acompanhar

Eu já fiz vários molhos
Para a refeição ele poder temperar
Mas ele quer sempre o mesmo
Diz que não vai enjoar

Quer o coentro com alhinho
Com muito azeite bem regado
E eu faço sempre isso
Só para agradar ao meu amado

Eu faço sempre de coentrada
Eu faço sempre de coentrada
Eu sei que ele gosta muito
E a mim não me custa nada

De início custou um bocadinho
Porque eu não estava acostumada
Mas agora de tanto fazer
Posso dizer que até me agrada

Para o meu amor seja qual for o prato
Este molho tem que existir
Basta me olhar em seus olhos
E eu vejo a pedir

Quer no coentro com alhinho
Com muito azeite bem regado
E eu faço sempre isso
Só para agradar ao meu amado

Eu faço sempre de coentrada
Eu faço sempre de coentrada
Eu sei que ele gosta muito
E a mim não me custa nada

Eu faço sempre de coentrada
Eu faço sempre de coentrada
Eu sei que ele gosta muito
E a mim não me custa nada

 



publicado por olhar para o mundo às 01:13 | link do post | comentar

Segunda-feira, 23 de Maio de 2016

fimuv.jpg

 

FESTIVAL INTERNACIONAL DE MÚSICA DE VERÃO DE PAÇOS DE BRANDÃO 39ª EDIÇÃO
GRANDES INTÉRPRETES

Andrey Baranov, violinista premiado no prestigiado Concurso Queen Elisabeth, juntamente com a pianista Inga Dzektser, professora no Conservatório Estatal de S. Petersburgo, apresentar-se-ão num recital de elevadíssimo nível artístico. Serão interpretadas obras de Tchaikovsky (Valse Scherzo, Memory of a dear place, Sérénade Mélancolique) Chausson (Poème), Ravel (Tzigane) e Schubert (Fantasie).

 

ANDREY BARANOV


Andrey Baranov iniciou os seus estudos aos cinco anos no Conservatório Rimsky-Korsakov em São Petersburgo, ingressando mais tarde no Conservatório de Lausanne. Estudou com os professores Lev Ivaschenko, Vladimir Ovcharek e Pierre Amoyal. Durante a sua formação realizou masterclasses com B. Kushnir, L. Isakadze, K. Kashkashian, entre outros.


Andrey Baranov é vencedor do Queen Elisabeth International Violin Competition em 2012, do Concurso para violino de Benjamin Britten e do Concurso para violino Henri Marteau. É também laureado em mais de vinte competições internacionais das quais se destacam Indianapolis, Seoul, Sendai, Liana Isakadze, David Oistrakh e Paganini (Moscovo). É Primeiro violino do David Oistrakh Quartet, um exuberante grupo formado em 2012.


Atuou em vários palcos, tais como Concergebouw (Amesterdão), Grober Saal Mozarteum, Cadogan Hall (Londres), Gewandhaus (Leipzig), Konzerthaus (Berlim) e Tchaikowsky Hall (Moscovo).


Tocou com várias orquestras internacionais tais como Luxemburg Philharmonic, Brussels Philharmonic, Orquestra Nacional da Bélgica, MusicAeterna orchestra, St. Petersburg Philharmonic, Sendai Philharmonic, Poyal Philharmonic (Londres) e SWR (Orquestra Sinfónica de Estugarda) e já atuou ao lado de grandes músicos como Martha Argerich, Eliso Virsaladze, Julian Rachlin, Boris Andrianov, Pierre Amoyal e Liane Isakadze.


Apenas com 23 anos foi convidado para ser assistente de Pierre Amoyal no Conservatório de Lausanne e, desde então, tem realizado masterclasses e concertos por todo o mundo.

 

INGA DZEKTSER


Inga Dzektser iniciou os seus estudos musicais aos cinco anos de idade no Conservatório de S. Petersburgo e, mesmo enquanto estudante, apresentou-se em diversos concertos por toda a Europa. Em 1989 formou-se com distinção no referido Conservatório e, desde então, assume a posição de professora de piano desta instituição.


Inga Dzektser é vencedora do Concurso Internacional de Música de Câmara em Trapani, Itália (1994) e do Concurso de Piano Duo Internacional em Tóquio, Japão (2003).


Tocou com várias orquestras sinfónicas e grupos de música de Câmara. Tem participado em festivais de música na Finlândia, França, Holanda, Portugal e Espanha. Apresentou-se também no Kissinger Sommer Festival em Bad Kissingen (Alemanha), no Festival Internacional de Música de Câmara (Itália) e num festival organizado pelo Yuiri Bashmet, na ilha de Elba. Tocou com músicos como Philip Hirshhorn, Dora Schwarzberg, Alexander Knyazev, Zachar Bron.


Inga Dzektser é membro do júri do "Prémio Europeu de Música para a Juventude" Competição Internacional em Linz (Áustria). Realizou masterclasses e concertos no Japão, Coreia do Sul e Portugal. Já foi pianista acompanhadora na masterclasse realizada pelo quarteto da Orquestra Filarmónica de Berlim e é pianista oficial da Competição Internacional Lilpizer para violino em Gorizia (Itália) e do Concurso Internacional David Oistrakh para violino em Odessa (Rússia).

 

DIA 27 MAIO | 21:30H

 

AUDITORIO DA ACADEMIA DE MÚSICA DE PAÇOS DE BRANDÃO

 

TIPO: RECITAL 



publicado por olhar para o mundo às 23:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 22:13 | link do post | comentar

secretlie.jpg

 

Secret Lie

 

Os Secret Lie lançam o seu terceiro disco em 2016. Novo disco equivale a nova Tour.


Aos espetáculos elétricos junta-se agora o formato acústico mais intimista.


Depois do sucesso obtido com os dois primeiros álbuns este terceiro está a gerar as maiores expectativas. A nível internacional a banda volta em 2016 aos palcos do Reino Unido e depois de em 2015 ter editado um álbum em exclusivo no mercado asiático vai agora editar esse álbum nos Estados Unidos e Canadá pela editora Bongo Boy Records

 

Música
28 Maio
21:30H | 7€



publicado por olhar para o mundo às 19:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Oh
Quem é que manda aqui?
É o B, é o O S S A C
Eu digo,
Oh, vai chamar toda a gente
Diz-lhes que isto vai aquecer
Que isto vai ficar quente

Hey yo Lisboa, Levanta-te
Norte, Levanta-te
Centro, Levanta-te
Sul, Levanta-te
Nas ilhas, Levanta-te
Portugal, Levanta-te

Stand up stand up stand up!

Se pensas que já viste tudo
Então ainda não viste nada
É outro nível, novo albúm
AC de volta na estrada
Novos loops, rimas,
Sons, beats
Flows, kicks,
Shows, gritos

Eu invento, experimento
Não me prendo a opiniões
Aprendi aos poucos
A só confiar nos meus butões
Ainda faço o que gosto
E tenho muito para dar
Não estou de volta
Porque nem sequer cheguei a bazar

Hey yo Lisboa, Levanta-te
Norte, Levanta-te
Centro, Levanta-te
Sul, Levanta-te
Nas ilhas, Levanta-te
Eu disse "levanta-te"

Stand up stand up stand up!


Tu sabes como é
Já conheces o Manda Chuva
O microfone na minha mão
assenta como uma luva
Escrevo, corrijo
Afino o flow e as rimas
Sinto prazer a compor
como quando te como as primas


Só é oficial
Depois de ouvir bem alto no carro
Os que nao passam nos testes rejeito
Tipo cigarro
Agarro, gravo logo uma demo
E queimo um CD
E quando digo "levanta"
Tu nem perguntas porquê

Hey yo Lisboa, Levanta-te
Norte, Levanta-te
Centro, Levanta-te
Sul, Levanta-te
Nas ilhas, Levanta-te
Eu disse "Levanta-te"

Stand up stand up stand up!


O que é nacional é bom
Dá valor ao que é teu
Passa a palavra
Cada um ensina o que aprendeu
A união faz a força
Inveja apenas divide
Viro frangos há tantos anos
Mesmo assim há quem duvide

Chego-me à frente
Digo presente
Sempre consciente
O beat é decente
Novinho a estrear
Sempre a inovar
Eles podem beefar
Mas estou-me a cagar

Manda Chuva até ao fim
Não abandono o navio
Eles falam
Eles cospem
Mas o povo já decidiu

Hey yo Lisboa, Levanta-te
Norte, Levanta-te
Centro, Levanta-te
Sul, Levanta-te
Nas ilhas, Levanta-te
Eu disse "Levanta-te"

Stand up stand up stand up!

Quero ver o meu povo de pé
Aperta contigo
Não chores
Em vez disso
Levanta-te
Eu já disse
Levanta-te
Vai chamar toda a gente
Diz-lhes que isto vai aquecer
Que isto vai ficar quente
Por isso
Levanta-te
O AC disse
Levanta-te

 



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post | comentar

flowerfest.jpg

 

 

O MELHOR PEQUENO FESTIVAL DA PENÍNSULA IBÉRICA ESTÁ DE REGRESSO EM AGOSTO

CARTAZ FECHADO

FLOWER POWER FEST CELEBRA WOODSTOCK
Santo André | Costa Alentejana

 

Cinco bandas nacionais e outras tantas estrangeiras, compõem o cartaz 2016 do Flower Power Fest

 

Cinco bandas nacionais e outras tantas estrangeiras, compõem o cartaz 2016 do Flower Power Fest.
Alphaville, Bad Manners e UHF vão participar no certame que engloba uma concentração de Volkswagen carochas e pães de forma a nível europeu.


A celebrar o 47º aniversário de Woodstock, o festival Flower Power Fest promete voltar a catapultar o Parque Central de Santo André, Santiago do Cacém, para a ribalta dos destinos que apresentam certames musicais de reconhecida qualidade, num dos mais belos parques de Portugal.


De 11 a 13 de Agosto, a Costa Alentejana receberá mais uma edição do evento que é considerado “da e para a família”, abrangendo assim várias gerações: netos, filhos, pais e avós.


Um festival que concentra várias vertentes, desde música ao artesanato, passando inclusivamente pelas artes performativas e plásticas.


O festival contará com exposições, workshops, insufláveis e promete não deixar passar em claro as mais profundas raízes culturais, apostando em jogos tradicionais que todos conhecem. Além disso, a gastronomia será também um dos focos do certame, concentrando sabores de todo o mundo.


Para animar ainda mais Santo André, o festival trará consigo uma concentração internacional de Pães de forma e Carochas da marca mundialmente conhecida Volkswagen. O Camping da Lagoa de Santo André promete acolher todos os visitantes, no parque de campismo.


O cartaz está fechado, a organização confirmou a presença de várias bandas bem conhecidas do grande público. Aos quatro grupos estrangeiros Alphaville, Bad Manners, Woodstock Tribute Band e Endless Floyd juntam-se os portugueses UHF, The Peakles, Dá Cá, Funil & Abelhinha, Johnny's Band e Chaka & Primo.


O Flower Power Fest alcançou recorde-se, um lugar entre os três melhores festivais da Península Ibérica e outro entre os melhores de Portugal.


LINEUP
11 de Agosto, quinta-feira; Chaka & Primo + Johnny's Band + Dá Cá (tributo AC/DC) + UHF
12 de Agosto, sexta-feira; The Peakles (tributo Beatles) + Funil & Abelhinha + Bad Manners (Inglaterra - banda original)
dia 13, sábado; Endless Floyd (tributo Pink Floyd) + Woodstock tribute Band + Alphaville (Alemanha - banda original)

 

PREÇÁRIO:


PASSE: 3 DIAS
PASSE GERAL INDIVIDUAL
Passe: 25 EUR
Passe+T-shirt: 30EUR
Passe+Camping: 37EUR
Passe+Camping+T-shirt: 42EUR

PASSE GERAL FAMILIAR
|Pais/Filhos/Avós|avós/netos|
3 Pessoas: 50 EUR
4 Pessoas: 70 EUR
5 Pessoas: 85 EUR
6 Pessoas: 100 EUR

PASSE: 1 DIA
PASSE DIÁRIO INDIVIDUAL
Quinta: 10 EUR
Sexta Ou Sábado: 15 EUR

PASSE DIÁRIO FAMILIAR
|Pais/Filhos/Avós |avós/netos|
Quinta-Feira
3 Pessoas: 20 EUR
4 Pessoas: 30 EUR
5 Pessoas: 40 EUR
6 Pessoas: 50 EUR

Sexta ou Sábado
3 Pessoas: 30 EUR
4 Pessoas: 40 EUR
5 Pessoas: 50 EUR
6 Pessoas: 60 EUR


OUTROS...
Passe Deficiente - 2 passes pelo preço de 1 | Válido para passes 1 e 3 dias.

Nota: Passes familiares e deficiente, só podem ser adquiridos na bilheteira do festival.

CAMPING – PARQUE DE CAMPISMO DA LAGOA DE SANTO ANDRÉ
http://www.fcmportugal.com/PListing.aspx
Localização: N- 38°06`36`` W- 008°47`14``
Os Bilhetes à venda na Ticketline e Ticketea

HORÁRIOS:
O “Flower Power Fest'16”:
Dia 11 de Agosto das 15h00 às 03h00;
Dia 12 de Agosto das 11h00 às 04h00;
Dia 13 de Agosto das 11h00 às 04h00;

Entrada livre até às 17:00 horas

Informação actualizada:

http://www.flowerpowerfest.pt/


https://www.facebook.com/FlowerPowerFestival




publicado por olhar para o mundo às 12:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

Domingo, 22 de Maio de 2016

miguelmaat.png

Apresento o meu novo videoclip THE MAGIC FOREST! Single extraído do novo trabalho com lançamento previsto para JUN2016. Wahoo... ;-)

 

 

VIDEO
Produtor/Producer - Miguel Maat & Rodrigo Lopes
Realizador - Rodrigo Lopes
Didgeridoo - Miguel Maat
Acrobata/Acrobat - Ana Pontes ( Ana Pontes Pontes)
Maquilhagem/Make up - Diogo Maria Mascarenhas Andrade
Guarda Roupa/Style - Teresa Godinho (Tê Godinho)
Didgeridoo crafted by Ruben Branco

 



publicado por olhar para o mundo às 19:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não fui capaz mas tentei
Não fiz, mas pensei
Que é que adiantou pensar? Cha la la la
Quis ser audaz e falhei, agora já sei
Pra voltar a tentar, cha la la la la

Vai ali doz assim faz assim
Mas e se ela não gosta de mim?
E assim com vocês a empurrarem, muita pressão para mim
Lá comeceu a falar, todo a gaguejar
Sem dizer nada com nada e ela parada a olhar

Cada vez que eu me lembro disso
Do quanto eu já treinei em frente ao espelho
E como é que eu deixei escapar aquele beijo?

O que é que sentes quando passas por mim?
É que eu disfarço bem mas ainda penso em ti
Quem me dera que sentisses um fraquinho por mim
É que eu disfarço bem mas ainda penso em ti
Eu sei que fou ar que não tou nem aí
É que eu disfarço bem mais ainda penso em ti
Ainda, ainda coro quando tu passas por mim
Cha la la, cha la la la la,
Cha la la, cha la la la la

Não vejo a hora
De me ir embora
Ela mexe comigo por dentro e por fora
Quando é tempo de falar fico mudo
É desta, vou direito ao assunto
Tem calma, boy, é só um minuto
Eu estou em curto circuito
Go, just watch me
The champion vai entrar em action
É só vê-la chegar que isto vai virar logo fashion

Cada vez que eu me lembro disso
Do quanto eu já treinei em frente ao espelho
E como é que eu deixei escapar aquele beijo?

O que é que sentes quando passas por mim?
É que eu disfarço bem mas ainda penso em ti
Quem me dera que sentisses um fraquinho por mim
É que eu disfarço bem mas ainda penso em ti
Eu sei que fou ar que não tou nem aí
É que eu disfarço bem mais ainda penso em ti
Ainda, ainda coro quando tu passas por mim
Cha la la, cha la la la la,
Cha la la, cha la la la la

É meio esquisito porque é que eu complico
P que devo dier, o que devia ter fito
Sem nada saber, eu perco o sentido
Ela tem qualquer coisa que mexe comigo
Não sei o que faça, é só tremeliques
E se ela repara em todos os tiques?
Vá relaxa, não te compliques
Ela quer o mesmo por isso não evites

Cada vez que eu penso nela
O quanto  eu já tentei sem dizer nada
Porque paraliso quando ela passa

O que é que sentes quando passas por mim?
É que eu disfarço bem mas ainda penso em ti
Quem me dera que sentisses um fraquinho por mim
É que eu disfarço bem mas ainda penso em ti
Eu sei que fou ar que não tou nem aí
É que eu disfarço bem mais ainda penso em ti
Ainda, ainda coro quando tu passas por mim
Cha la la, cha la la la la,
Cha la la, cha la la la la

 



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontreia letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 15:13 | link do post | comentar

Mais_Que_Amor_Capa_Digital_Boss_AC.png

 

Boss AC lança hino ao amor e já é um sucesso

O single “Mais Que Amor” é uma dedicatória do rapper à filha.

Recentemente, Boss AC lançou de surpresa uma nova canção que já está a conquistar os portugueses. “Mais Que Amor” é o título do novo single do rapper, que estreou no VEVO do artista.

 

Esta canção é um verdadeiro hino ao amor, sendo uma dedicatória de Boss AC à sua filha, abordando precisamente essa relação entre pai e filha, com uma mensagem emotiva e que certamente fará deste “Mais Que Amor” mais um grande sucesso na carreira do rapper.

 

Boss AC diz: “‘Mais Que Amor’ foi escrita em tom de dedicatória e nela falo da imensa alegria que é ser pai da minha filha. Cedo se tornou uma espécie de hit caseiro. Quando ponho a música a tocar para ela, são quatro minutos de sossego garantido e a garantia de um sorriso na cara dos pais. Editei a música porque quero partilhar esse sorriso. O amor é para se espalhar. Aliás, mais do que amor. Espalhem-no também.”

 

Boss AC é um dos rappers mais bem-sucedidos de Portugal, somando perto de 300 mil fãs no Facebook e 15,8 mil seguidores no Instagram.

 

 



publicado por olhar para o mundo às 12:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

I'm holding on
drifting 
I'm sure you know
I wish you'd stop
asking 
let me sleep and flow
 
I'm holding on
wondering
I'm sure it shows 
So take my nod 
as an answer 
and let me sleep and flow

 



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

Sábado, 21 de Maio de 2016

DarkSunn_Anibal.jpg

 

 

MÚSICA E SKATE EM SINERGIA NA PRODUÇÃO NACIONAL – ep.2

 

Se o skate anda de mão dada com a música, a criatividade anda a par e passo com os dois. A proposta é, pois, assumir esta união e lançar um desafio em parelha. Assim nasceu a renovada rubrica VERSUS, da SURGE, que junta um skater a um músico e produtor, num trabalho conjunto e de inspiração mútua, em que dois amigos – inicialmente improváveis – se dão a conhecer nas suas origens, trabalho, paixões e objectivos...

 

Neste segundo andamento da Rubrica VERSUS apresentada pela RVCA, o skater Aníbal Martins junta-se a DarkSunn e ambos compõem a partitura de som e imagem que aqui vos oferecemos.

 

Em parceria com a RVCA, a renovada rubrica VERSUS nasce pela mão da SURGE Skateboard Magazine. Mais uma vez bem-vindos a este espaço de produção nacional. 

http://www.surgeskateboard.com/rvca-apresenta-video-surge-anibal-martins-vs-darksunn/ 

Ficha técnica:

Música

DarkSunn – “Duke”

DarkSunn – Banda Sonora Original “Aníbal Martins VERSUS DarkSunn”

Skate  

Aníbal Martins

Ideia Original – SURGE Skateboard Magazine

Imagem, edição – Luís Moreira, Luís Cruz, Pedro Raimundo

Imagens Adicionais – Ivan Vicente

Produção, entrevistas – Sílvia Ferreira

Coordenação Editorial – Pedro Raimundo

Direcção Criativa, Grafismo – Luís Cruz



publicado por olhar para o mundo às 21:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Às vezes no silêncio da noite
Eu fico imaginando nós dois
Eu fico ali sonhando acordado
Juntando o antes, o agora e o depois

Por que você me deixa tão solto?
Por que você não cola em mim?
Tô me sentindo muito sozinho

Não sou nem quero ser o seu dono
É que um carinho às vezes cai bem
Eu tenho os meus desejos e planos secretos
Só abro pra você mais ninguém

Por que você me esquece e some?
E se eu me interessar por alguém?
E se ela, de repente, me ganha?

Quando a gente gosta
É claro que a gente cuida
Fala que me ama
Só que é da boca pra fora

Ou você me engana
Ou não está madura
Onde está você agora?

Quando a gente gosta
É claro que a gente cuida
Fala que me ama
Só que é da boca pra fora

Ou você me engana
Ou não está madura
Onde está você agora?

 



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post | comentar

rogeriocharraz.jpg

 

 

Medo do Escuro" foi a canção que desencadeou em Rogério Charraz a vontade de gravar o terceiro disco.


Inspirado pelas palavras de José Fialho Gouveia, compôs onze canções que nos incitam a "Não ter medo do Escuro" e nos remetem para o folk português.


No vídeo o músico faz-se rodear de pequenos grandes artistas, cujos sorrisos nos lembram que "nada vai mais fundo do que o chão"...

 

O videoclip  foi realizado pela We Do Movies Too e gravado na Fábrica Braço de Prata.

 

 

 

Rogério Charraz e os Irrevogáveis

Dia 26 de Maio
Cinema São Jorge Sala 2
21:30H
Bilhetes: 10€

 

Irrevogáveis

Rogério Charraz - voz e guitarra
Carlos Lopes - acordeão e voz
Edu Miranda - bandolim
Jaume Pradas - bateria e voz
Luis Pinto - baixo e voz
Paulo Loureiro - teclas e voz

 

Convidados

Katia Guerreiro

Rui Pregal da Cunha

Buba Espinho

Eduardo Espinho

 António Caixeiro



publicado por olhar para o mundo às 12:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

Sexta-feira, 20 de Maio de 2016

deolinda.jpg

Deolinda

Deolinda em digressão na Bélgica com disco novo na bagagem

Os Deolinda iniciam hoje uma mini digressão na Bélgica para apresentar as canções que compõem "Outras Histórias" , o mais recente álbum da banda. Esta nova etapa da tour internacional sucede à apresentação do disco em Espanha e antecipa a viagem da banda aoBrasil, agendada já para o próximo mês.

Dos concertos na Bélgica destaca-se a apresentação em Bruxelas, que já se encontra esgotada, restando bilhetes apenas para os concertos em Heistod Berg e em Beveren. Na próxima semana, os Deolinda retomam a digressão nacional com três datas que também já se encontram esgotadas na Guarda, em Santa Maria da Feira e Loulé, onde foi confirmado um segundo concerto no Cineteatro Louletano, a 5 de Junho.

"Outras Histórias" foi lançado há três meses ocupando ininterruptamente os lugares cimeiros do top nacional de vendas e as tabelas de AirPlay das rádios portuguesas. O mesmo acontece com a digressão do novo disco que tem vindo a esgotar os espectáculos em todas as cidades onde se tem apresentado.

 


publicado por olhar para o mundo às 21:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Em dia chave
sei o que eu vou andar.
E a cada passo
o meu momento é mais longe
quase que foge
p'lo caminho que é.

Ninguém sabe
que eu não mora cá
e ainda trago um sonho torto.

Se o dia chove
sei o que eu vou andar a pé.
E em tempestade
cada tempo é mais longo
demora-se o mundo,
esconde-se a fé.
Ninguém sabe
que eu não moro cá
mas onde eu faço o meu amor
Num abrigo bom
p'ra meu suborno
A ideia que mais me mente
é um acaso
Coincide-se um atraso
e eu apanho-lhe o tom.
Ele bem sabe
que eu já moro lá
e assim me estraga o meu amor.

Ainda chove
sei o que eu vou andar a pé
Mas se o dia se abre
esqueço o denso do dom
entrego-me a um som
dormente…
Ninguém sabe
que eu não moro cá…

 



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post | comentar

dalma.jpg

 

 

“Caminho D’Alma”

27 de Maio nas plataformas digitais

Os D'ALMA são uma banda de Pop / Rock do Porto.

 

O álbum CAMINHO D'ALMA surge na sequência do primeiro álbum,  cujo principal objectivo é perpetuar grandes poetas: Florbela Espanca, José Saramago, Ricardo Reis e Álvaro de Campos (Fernando Pessoa), Miguel Torga, Rita Margaret, António Aleixo, António Carlos Santos, Sofia de Mello Brayner Anderson, Ester Cid e Joaquim C. Silva, Machado de Assis, Cristina lebre, Isabel Ferreira e Etelvina Diogo.

 

CAMINHO D’ALMA tem a participação especial do compositor brasileiro Michael Sullivan. Michael Sullivan é  autor da música do tema “O Amor é Lindo”, Joaquim C. Silva é o autor da letra e cantam o tema em dueto.

 

Da escrita de cada poema foi criado pelo compositor  Joaquim C. Silva uma musicalidade própria, transformando-o com a sua própria ALMA. Cada tema representa a individualidade e unicidade existente em cada um de nós.

A magia das palavras com a música. CAMINHO D'ALMA na leveza e sensibilidade que nos movimenta.

 

O single de apresentação é o tema “Falo de Ti  às Pedras das Estradas” (Florbela Espanca / Joaquim C. Silva).

 

 

 



publicado por olhar para o mundo às 12:13 | link do post | comentar

 

 

 

Letra

 

Falo de ti às pedras das estradas,
E ao sol que é louro como o teu olhar,
Falo ao rio, que desdobra a faiscar,
Vestidos de princesas e de fadas;

Falo às gaivotas de asas desdobradas,
Lembrando lenços brancos a acenar,
E aos mastros que apunhalam o luar
Na solidão das noites consteladas;

Digo os anseios, os sonhos, os desejos
Donde a tua alma, tonta de vitória,
Levanta ao céu a torre dos meus beijos!

E os meus gritos de amor, cruzando o espaço,
Sobre os brocados fúlgidos da glória,
São astros que me tombam do regaço!

 



publicado por olhar para o mundo às 11:13 | link do post | comentar

joão pedro pais.jpg

 

 

JOÃO PEDRO PAIS 

CONCERTOS ÍNTIMOS 2016
 
SÁB 21 MAI 21H30

AUDITÓRIO 12,5€ / 10€ (CARTÃO AMIGO, SÉNIOR E JOVEM MUNICIPAL)
PASSE GERAL CONCERTOS ÍNTIMOS 2016 30€
POP | 75MIN. | M/6

 

A encerrar o ciclo de Concertos Íntimos 2016, João Pedro Pais sobe pela 1ª vez ao palco do Cine-Teatro de Estarreja, com o seu espetáculo “Improviso”. Um concerto intimista, de “olhos nos olhos” e onde as suas canções são abordadas de uma forma simples e mais próximas da sua essência. Com uma carreira de ascensão rápida, com início em 1997, o cantautor já disse presente em vários dos meteóricos festivais que acontecem neste país, tendo em 2003 repartido o palco com Brian Adams, em tournée ibérica. Em 2015 João Pedro Pais volta às grandes canções, com “Identidade”, o sétimo álbum de originais gravado entre Londres e Lisboa. Agora é tempo de passar em revista os seus grandes êxitos, que são muitos, para o muito público que com certeza quer fazer esta viagem com seu ídolo.


[Espectáculo promovido pelo Cine-Teatro de Estarreja]



publicado por olhar para o mundo às 10:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Eu era malandro
Eu tinha hábito
de roubar as mulheres dos outros
De fazer delas mais um caso
quando o outro caso
Eu sempre achei
que o amor não existe
que paixão é burrice
Até um dia
Te conhecer, e começar amar sem saber
e perguntava a mim mesmo
o que se passa comigo
perceber

que sinto a tua falta quando não estas comigo, que o feitiço virou contra o feiticeiro.

Ja nao tenho vida
a minha vida começou quando eu te conheçi
hoje sem norte estou.
sem norte estou.

Tu tens que ver como fico, quando tu me pedes pra fazer algo
parece me ouvido ou puro feitiço
mas tu me tratas como aperitivo
mas será
que estou a pagar, por brincar com coração de quem me amou
se for eu me arrependo
eu faço tudo
para ser só teu
porque desde que te conheci eu,

ja nao tenho vida
a minha vida
começou quando eu te conheci
a minha vida
rcomecou quando eu te conheci
a minha vida
começou quando eu te conheci
hoje sem norte estou
sem norte estou

o que queres tu afinal?
o que queres tu afinal?
queres me matar ou êee,
queres me matar ou êee
porque não me das
o teu amor
queres me matar ou êee
queres me matar ou êee

já nao tenho vida
a minha vida
comecou quando eu te conheci
a minha vida começou quando eu te conheci
hoje sem norte estou
sem norte estou

 



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

Quinta-feira, 19 de Maio de 2016
cartaz_MV2016site2.jpg
 
FESTIVAL MÚSICA VIVA 2016 NON PLUS NECTAR
 

O Música Viva é uma iniciativa integrada de fomento e divulgação da criação musical contemporânea, especialmente dedicada aos compositores e intérpretes portugueses e às relações da música com a tecnologia. O Festival Música Viva completará em 2016 a sua 22ª edição. A mostrar a vitalidade da criação musical em Portugal num evidente confronto de ideias e estéticas, proporcionando novas possibilidades de experimentação, fomentando novos espaços de expressão e de aproximação com o público, multiplicando os encontros e dando lugar a valores emergentes que apontam novos caminhos.

20/05 21h30 Sond’Ar-te Electric Ensemble: Gabirro, Sucena de Almeida, Azguime, Ribeiro

21/05 21h30 Mark Lotz
23h00 Henrique Portovedo: Berio, Essl, F.Lopes, I.Silva, Rua

22/05 21h30 Camerata Alma Mater: Webern, Sousa Rocha, Azguime

25/05 21h30 Pedagogia Viva I - Laboratório de Música Mista ESML integrado na semana da composição da Escola Superior de Música de Lisboa 

26/05 21h30 Pedagogia Viva II - E.M.E. - Ensemble de Música Electroacústica da ESART de Castelo Branco

27/05 21h30 ExpressOriente Duo - "A China fica ao lado - tributo a Maria Ondina Braga”: R.Dias, A.Lopes, Junqueira Maia
23h00 Orquestra de Altifalantes - música electrónica: Gobeil, Babcock, R.Dias, Castro Pinto

28/05 21h30 João Dias - "Caixa Eléctrica" - música portuguesa para percussão: Gomes, Costa, Junqueira Maia, Moreira
23h00 Orquestra de Altifalantes - música electrónica: Moore, Sorce-Levesque



publicado por olhar para o mundo às 23:13 | link do post | comentar

 

Letra

 
Não tenhas medo do escuro
Mesmo que seja tão duro
Ter à frente a noite inteira
Vou cantar para tu dormires
E até tu conseguires
Fico à tua cabeceira
 
Para que fiques descansada
E não durmas assustada
Vou deixar a luz acesa
Assim podes ter certeza
Que não há sombra malvada
Que te apanhe de surpresa
 
Não fiques assim de cara triste
O que dói nunca resiste até mais não
E nada cai mais fundo do que o chão
 
Tristeza não é feitio
E o calor depois do frio
É tão certo como o Verão
Por maior que seja a ferida
Tu vais ver que tem saída
Essa dor no coração
 
Mesmo que tudo pareça
Não ter pés nem ter cabeça
Mete fé no que eu te juro
Eu vou estar aqui por perto
E não há nada mais certo
Que a manhã depois do escuro
 
Não fiques assim de cara triste
O que dói nunca resiste até mais não
E nada cai mais fundo do que o chão
 
Medo do escuro ( letra : José Fialho Gouveia; música: Rogério Charraz)

 



publicado por olhar para o mundo às 22:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 22:13 | link do post | comentar

telheiras.jpg

 

FESTIVAL DE TELHEIRAS: UM BAIRRO EM FESTA

 
O Festival de Telheiras foi adiado para os dias 20, 21 e 22 de Maio, por questões meteorológicas. Agora o Sol promete um fim-de-semana em grande repleto de atividades para todas as idades e gostos. As ruas vão encher-se de vida e movimento neste Festival de aproximação entre pessoas e instituições, de reconhecimento mútuo e de celebração da identidade do bairro.
 
A festa concentra-se no mais icónico jardim de Telheiras, junto à saída do Metro. A programação convida a que se desfrute em família dos jardins públicos, com música e petiscos, dança e desporto, exposições e workshops e atividades holísticas pensadas para pais e filhos.
 
Destaca-se ao longo do dia, a Feira da Tralha (venda de artigos em segunda mão e artesanato) e o espaço dedicado às crianças com insufláveis, balões, pinturas faciais, brinquedos, jogos de tabuleiro e muitas surpresas.  
 
Pela noite, usufrui-se dos petiscos acompanhados de concertos que começam pelas 20h00. A noite de sexta é dedicada a músicos residentes no bairro como Katya Spencer, Flow na Kara e Banho Maria. E no Sábado convida-se a um fim de dia ao som de Jazz, seguido pela banda Neon Sun e o rock 100% português dos Dona Elvira, que apresenta o seu álbum de estreia, intitulado “Histórias e Segredos” que foi lançado em Fevereiro.
 
Estando na sua sétima edição, o Festival é organizado pela Parceria Local de Telheiras, uma rede de grupos formais e informais com quase 30 membros e conta com o apoio da Junta de Freguesia do Lumiar e Câmara Municipal de Lisboa. Surgiu em 2007 e cresceu do empenho e dinamismo de dois jovens moradores que assumiram o compromisso de alavancar este movimento de aproximação de realidades, de pessoas e de serviços.

Telheiras é Festival e muito mais. Venha desvendar um bairro plural, onde há sempre algo mais a descobrir.
 
 


publicado por olhar para o mundo às 21:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Tu não fazes nada pra me seduzir
Mas eu admito que já vives em mim

Eu dou por mim a me fantasiar,
o tempo todo por olhares pra mim, não fazes nada!

Mas, o teu estar, normal
Contamina o meu pensamento
E hoje eu não,
Quero mais olhar
Para outros olhos
Para outros olhos

E por mais que eu me esforce pra te mostrar que não me atingiu,
mas foi um tiro certo
Foi um tiro certo 2X

Tiro Certeiro oh
Que me atingiu iu
E deixou-me dominado (sem opções)

Mas um tiro Certeiro oh
Que me atingiu iu
E deixou-me dominado (sem opções)


Eu nem te toquei mas já to malé
Sabe a mel mas eu provo salé
Eu já nem sei o que é certo
Qual é o teu pau,
Pra roubares a minha atenção
Se não inventas pra me dominares
Tu só precisas ser tu

E por mais que eu me esforce pra te mostrar que não me atingiu,
foi um tiro certo
Foi um tiro certo 2X

Tiro Certeiro oh
Que me atingiu iu
E deixou-me dominado (sem opções)

Mas um tiro Certeiro oh
Que me atingiu iu
E deixou-me dominado (sem opções)

Esse teu jeito é sobrenatural
Mesmo sem fazeres nada me enfeitiçou

Yeah!
Uh uh, oh Yeah
Oh no!
Oh no!
foi um tiro tiro tiro tiro
Uh, uh

 



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post | comentar

Rogério Cardoso Pires II © Luís Belo - Musiqu

 

Rogério Cardoso Pires apresenta "Bagatelas"


No próximo sábado, 21 de Maio, o guitarrista Rogério Cardoso Pires vai apresentar no Teatro Miguel Franco, em Leiria, o seu primeiro disco a solo, intitulado "Bagatelas". Bilhetes já à venda!

“Bagatelas” é a expressão pessoal numa colecção de músicas que foram criadas em tempos e contextos pessoais diferentes, como uma reflexão ou resposta a diversos sentires e olhares sobre a Vida, as Pessoas, o Mundo. A sonoridade do disco é exclusivamente acústica e instrumental, evidenciando os matizes sonoros da guitarra, desde composições mais intimistas a outras com dinâmicas mais ritmadas.

Ao longo do seu percurso musical, Rogério Cardoso Pires tem tocado com diversos músicos, como João Afonso, Michel Sapateado - Cadernos de Viagens e Zeca Medeiros. Em Leiria, o músico contará com a participação especial de Filipe Vidal e Rui Fonseca na leitura de textos e declamação de poesia, respectivamente.

Os bilhetes já se encontram à venda, com o preço único de 5€, e podem ser adquiridos no Teatro Miguel Franco através do telefone 244 839 680 ou do emailteatromfranco@teatrojlsilva.pt.
 
+ info
https://www.facebook.com/rogeriocardosopires


publicado por olhar para o mundo às 12:13 | link do post | comentar

kyrios.jpg

 

KYRIOS

 

“Um Projecto de Vida

Nas plataformas digitais a 20 de Maio

Em 1996, quando ainda ninguém em Portugal falava em música contemporânea cristã, nasceu o Kyrios. Um projeto que assumia o seu objetivo de fazer canções com uma mensagem positiva, assente nos valores cristãos e na enorme vontade de marcar posição pela qualidade da música e pela irreverência das letras.

Kyrios estreou-se com um primeiro cd independente "Um Projecto de Vida", que mostrava uma banda musical sem a componente dos concertos e com vários estilos. Sinais de algum experimentalismo e procura de um lugar no mercado nacional.

Com uma forte componente pop este primeiro CD alarga o espectro de estilos como o surpreendente RAP “A História do Manel” ou as baladas “Roda de Fogo” e “1 Princípio do Fim”.

“Um Projecto de Vida “ pela primeira vez em formato digital para comemorar os 20 anos de Kyrios. Ao longo do ano de 2016 os restantes álbuns da carreira de Kyrios serão editados no mesmo formato.

 

Kyrios - 96.2 Vida FM

 

 



publicado por olhar para o mundo às 10:13 | link do post | comentar

 



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email
mais sobre mim
posts recentes

O Blog Mudou de casa

Fado Insulano - José Mede...

Cantiga da terra - Zeca M...

"Aprendiz de Feiticeiro -...

Milhafre das Ilhas - Luis...

Sara Tavares - Ter Peito ...

Banho Maria - Não Há Amor...

Sara Tavares - Fitxadu ft...

JUNGLE EVA - TT SYNDICATE

João Granola estreia vide...

arquivos

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

tags

todas as tags

links
comentários recentes
"Estou cheio de arrependimento, cheio de dorese tu...
E é "Não dizem duas quando estão ao pé de ti"...
com o soquete p'lo artelho, um soquete é uma meia.
Pena estes rapazes não terem mais popularidade. A ...
Nome do autor da letra?Não se escreve?Falta de res...
A LETRA É ASSIM!!!E NÃO ASSADO!!!!MaMãe, tu estás ...
As partes que não consegui perceber estão com reti...
https://www.google.pt/amp/s/www.musixmatch.com/pt/...
Vou adicionar nos meus favoritos, sou brasileira, ...
" Para que o tremoço o almoço e o alvoroço demorem...
Posts mais comentados
blogs SAPO
subscrever feeds