Quarta-feira, 27 de Abril de 2016

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 11:13 | link do post | comentar

crimson.jpg

 

 

 CRIMSON HALL

Apresentam o vídeo

“Better Safe Than Sorry”

 

"Better Safe than Sorrry" é um tema que fala sobre a falta de confiança existente nas relações e sobre a eventual desilusão aquando da percepção mais profunda da natureza do outro. É uma canção rock com guitarras fortes, ritmos vincados e uma voz que oscila entre o mais doce e o mais crispado, elementos estes que pretendem caracterizar o paradigma relacional.

Já nas plataformas digitais.

 

 

 



publicado por olhar para o mundo às 10:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

Terça-feira, 26 de Abril de 2016

per7ume.jpg

 

 

Perfume

 

Os Perfume apresentam o seu mais recente trabalho, o "Eixo X", na nova digressão nacional de inverno. A banda, que já teve vários êxitos, incluindo o tema Intervalo (com Rui Veloso), com o qual foi nomeado para os Globos de Ouro e tendo sido tocado em todas as rádios, promete um espetáculo inesquecível, num local perto de si.

 

Música
29 Abril
21:30H | 6€

 

Nuno Barroso

 

O cantor-autor poeta musico compositor e pianista Nuno Barroso nasceu a 23 de março de 1977 e desde cedo se mostrou interessado por música e sempre, desde criança, percorrendo os bastidores do mundo do espetáculo com o seu pai, também cantor poeta Pedro Barroso Seguindo a paixão da música, Nuno Barroso fez da música o palco da sua vida profissional e, aos 13 anos, formou a banda Anúbis que mais tarde mudou o nome para Alémar começou a fazer espetáculos pela zona de Cascais Lisboa e de seguida em todos os palcos de Portugal e do estrangeiro…


Mais recentemente, Nuno Barroso prepara o seu novo trabalho de canções originais com um single bem ao estilo “Deixa-me Olhar", a sair agora para as rádios nacionais chamado “Quando o Amor Vem". Também “Tal Como Tu" com nova versão: mais uma lindíssima canção de Nuno Barroso que surge agora para todos cantarem em coro nos seus espetáculos como sempre acontece …


De seguida virá o album também com grandes canções para irmos descobrindo tais como “Vou Voar Para Ti" ou "Amor ao Fado" ou “Respira Piano", disponível em breve.

 

Música
30 Abril
21:30H | 10€

 



publicado por olhar para o mundo às 23:13 | link do post | comentar

 



publicado por olhar para o mundo às 22:13 | link do post | comentar

 

diogopiçarra.jpg

 

 

Diogo Piçarra

 

Dia 6 de agosto no Palco MEO do Festival MEO Sudoeste

 

Diogo Piçarra regressa ao Festival MEO Sudoeste, dia 6 de agosto, desta vez para atuar no palco principal ao lado de nomes como SIA e James Morrison. O artista já havia atuado na Zambujeira do Mar, no palco Santa Casa, chamando a atenção, nessa altura, por ter tido uma das maiores enchentes desse palco na edição do ano passado.
 
Um ano depois, Diogo Piçarra chega ao palco MEO, com dezenas de concertos pelo país, com "Espelho", o seu álbum de estreia,  galardoado com o Disco de Ouro, com mais de 13 milhões de visualizações no VEVO e reconhecido pelos seus pares como um dos novos grandes artistas, compositores e letristas nacionais. 
 
Para este concerto Diogo Piçarra está a preparar algumas surpresas que a seu tempo serão reveladas.

 



publicado por olhar para o mundo às 19:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post | comentar

tiago silvestre.jpg

 


Depois de, em Novembro passado, ter disponibilizado o Lado A do seu primeiro álbum a solo, Tiago Silvestre apresenta-nos agora o Lado B.

Constituído por 3 novos temas, todos eles originais, o Lado B de "Stª Apolónia" remete-nos para o lado mais alternativo e experimental do jovem compositor. O tema inicial é um inédito, "Ode à Vida", seguido por "Rua D'Amargura", uma nova colaboração (desta feita com Tiago Cruz) e "Joalharia II", uma nova versão do tema que encerra o Lado A.

A versão física de "Stª Apolónia" será disponibilizada para venda ao longo do próximo mês de Maio, até lá, "Stª Apolónia" encontra-se disponível para streaming ou download gratuito.

Stª Apolónia

Lado A
1. Fala-me de Ti
2. Cavaleiros da Távola Redonda
3. Canção a Dois (com Diana Albuquerque)
4. Joalharia

Lado B
5. Ode à Vida
6. Rua D'Amargura (com Tiago Cruz)
7. Joalharia II

Letras e músicas por : Tiago Silvestre
Produzido por: Gonçalo Santuns


Tiago Silvestre

Decorria o ano de 2009 quando Tiago Silvestre iniciou o seu percurso musical, como baixista, numa banda de Rock N' Roll de originais - "Arcanis".

Nos anos que se seguiram pertenceu ainda a outros projectos, desta feita como vocalista/guitarrista:
- Sujeitos a Reboque (banda de covers);
- Teddy Picker (banda de tributo a Arctic Monkeys).

No final de 2012, decide abandonar os Arcanis e embarcar numa aventura de um projecto a solo onde pudesse explorar as suas maiores influências, como o Country e o Rock em português.

Desde o início de 2014 que tem vindo a pisar os seus primeiros palcos a solo, divulgando assim os primeiros temas da sua autoria, tendo até agora disponibilizado o seu primeiro single - "Cavaleiros da Távola Redonda" (Maio de 2014) e mais recentemente o Lado A do seu primeiro álbum - "Stª Apolónia" (Novembro de 2015).

Podem ser encontradas mais informações através do Facebook, Twitter, Tumblr, Palco Principal ou Soundcloud.



publicado por olhar para o mundo às 12:13 | link do post | comentar

 

 

Letra

 

Os teus olhos
E os teus olhares
Milhares de tentações
Miúdas são tão mulheres
Seus truques e confusões

E agarram pelos pelos
Boca e cabelo
peitos e poses
E agarra pelas pernas
Certas mulheres
Que como tu levam-me sempre onde querem

Miúdos não resistem aos teus mistérios
Miúdos nunca dizem não
Miúdos como eu sempre tão espertos
Perto de uma mulher, são só miúdos

Pois é
Queriamos ser dois miúdos para sempre
Mas cada dia tenho um aspecto diferente
É não saber ficar triste e contente
Não aprender a sentir frio e o quente ao mesmo tempo
Esforço um sorriso para pegar na tua mão
No paraíso a passear de balão
Deixas-me sem juízo a dedicar-te a canção
Somos nós os dois a flutuar numa bola de sabão
Não sei se muito como começou tudo
Fazes me sentir tão adulto, e acima de tudo
Mas não discuto, deixas-me sem assunto
saber que sou um miúdo faz-me sentir ainda mais puro
querer-te ter sem saber cuidar é
Querer-te ver sem saber olhar
é como um miúdo não te poder jogar
entrar dentro dos teus jogos e deixar-te ganhar

Miúdos não resistem aos teus mistérios
Miúdos nunca dizem não
Miúdos como eu sempre tão espertos
Perto de uma mulher, são só miúdos

Eu quero tanto mas não sei como
Portanto sei mas não quero que ela me tome
Como um miúdo só com esquemas
para ter tempo de antema, invente temas,
faça lemas passa tempo e depois some
O que ela tem eu já sei bem
Eu sou miúdo mas sem recreio
Mas com o receio de como no primeiro beijo
que ela não sente o lampejo que a nossa chama
e se queixe e eu nunca mais a veja

Porque eu sei que ela tá no controlo
E sei o que me deixa louco
Sei qualquer abertura
Será que isto dura será que ela me quer
Ou quer aventura, eu não percebo esta mulher
Ela percebe tudo,
e apesar da mesma idade eu sou só um miúdo

Miúdos não resistem aos teus mistérios
Miúdos nunca dizem não
Miúdos como eu sempre tão espertos
Perto de uma mulher, são só miúdos

 

 



publicado por olhar para o mundo às 11:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Mãe, tu estás tão longe de mim
Mãe, sinto que estás a chorar
Não chores a minha ausência
Eu hei-de voltar
Não chores e pensa agora
Que o tempo passa depressa
Pede a Deus que te tire esse tormento
Que te abrande o sofrimento
Desse teu formoso rosto.
Mamãe, não chores
Eu volto , Mãe.

 



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Segunda-feira, 25 de Abril de 2016

camané.jpg

 

 

CAMANÉ | INFINITO PRESENTE – COLISEU DO PORTO        

29 Abril 2016     21.30h

 

Depois de duas noites esgotas no CCB em Lisboa , Camané vai estar no “Coliseu do Porto” a cantar os seus  sucessos e dar a conhecer ao público os temas do seu novo disco, “Infinito Presente”, nº 1 em top de vendas

 

Camané dispensa apresentações, é indiscutivelmente visto como “a voz” do fado.Um dos fadistas mais aclamados a nível nacional e internacional.

 

Emoção. Tradição enriquecida com a dose certa de risco. Versatilidade. Tudo isto faz parte da personalidade artística de Camané. E tudo isto se conjuga num espetáculo que celebra Infinito Presente: ”A passagem do tempo, o tempo que é memória, o tempo em que vivemos”- Camané.

 

Guitarra Portuguesa : José Manuel Neto

Viola : Carlos Manuel Proença

Contrabaixo : Paulo Paz



publicado por olhar para o mundo às 23:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 22:13 | link do post | comentar

fredmartins.jpg

 

 
FRED MARTINS EDITA “ PARA ALÉM DO MURO DO MEU QUINTAL” DISCO GRAVADO EM PORTUGAL E O PRIMEIRO A SER EDITADO NA EUROPA

Apresentação ao vivo | 11 de Maio | B'leza

Um verso de Alberto Caeiro (heterônimo de Fernando Pessoa), Para Além do Muro do Meu Quintal, extraído do poema Noite de São João, também musicado por Fred Martins, dá nome ao primeiro álbum do cantor e compositor brasileiro gravado na Europa. O trabalho foi gravado em Lisboa, Portugal, com produção musical do pianista e arranjador açoriano Paulo Borges e traz participação especial da cantora cabo-verdiana Nancy Vieira e do paulistano Renato Braz.
 
Destacado entre os artistas da sua geração, o cantor e compositor fluminense Fred Martins é autor de um repertório variado e muito relacionado com o ‘artesanato' da canção brasileira contemporânea. Suas composições dialogam com o samba, a bossa nova e o nordeste modal, pinçando também elementos do rock e de blues. Seu talento foi reconhecido no último Prêmio Visa de Música Brasileira, quando recebeu o prêmio máximo do júri, por unanimidade, e também venceu pelo voto popular. Em decorrência do prêmio, ele gravou o especial de TV Tempo Afora (Canal Brasil), posteriormente lançado em DVD. Suas composições já foram gravadas por Ney Matogrosso, Renato Braz, Zélia Duncan e Maria Rita, entre outros. Seu primeiro CD Janelas foi lançado em 2001, seguido por Raro e Comum (2005), Tempo Afora (2008) e Guanabara (2009). Em 2011, gravou também Acrobata em duo com Ugia Pedreira, na Galícia. Fred Martins participou de vários festivais internacionais como Lula World Festival (Canadá), Músicas Portuárias (Espanha), Cantos na Maré (Espanha), Jawhara Festival (Marrocos) e Músicas do Mundo (Portugal), entre outros. Atualmente, participa como compositor e intérprete no espetáculo Utopia (inspirado na obra de Oscar Niemeyer), da Companhia de Flamenco de María Pagés, e trabalha o lançamento do CD Para Além do Muro do Meu Quintal (selo Sete Sós), seu primeiro disco solo gravado na Europa. No disco participam músicos do Brasil. Argentina, Espanha, Portugal, Angola e Cabo Verde.
 
“Fred Martins é um compositor original, que toca um universo muito particular, interessante e poético. Como intérprete é sempre bom escutar sua música.” (Ney Matogrosso)


publicado por olhar para o mundo às 21:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post | comentar

reverso.jpg

 

 
Os Re-Verso são um novo grupo que alia elementos musicais rock, pop e folk às palavras de grandes poetas portugueses entre eles Fernando Pessoa, Miguel Torga e Alexandre O'Neill.
 
Este projecto dá corpo às mais recentes criações musicais de Nuno Ferreira, músico com uma prolífica carreira na área do Jazz, tendo gravado mais de dez álbuns com diversos projectos, que aqui assume o papel de cantor, guitarrista e compositor e o seu apreço por outras paisagens sonoras onde transparecem influências de Beatles, Elliott Smith e Radiohead e dos cantautores de intervenção.

O grupo é constituído por:

Nuno Ferreira
– voz, guitarra (Corações de atum, Los Tomatos, Irmãos Catita,Leggo, Low Budget Research Kitchen)
Margarida Campelo
– voz, teclados (Bruno Pernadas, Real Combo Lisbonense,Julie and the Carjackers, Cassete Pirata)
João Roque
– guitarra (ROQUE, Dee Dee & the Drum Killers, Undercover Agents for the Blues)
João Custódio
– baixo (Irmãos Catita, Corações de atum, J.P. Simões, Leggo)
João Rijo
– bateria (Tora Tora, Bruno Pernadas, Leggo, Ararur)

As gravações e misturas decorreram nos estúdios Vale de Lobos entre Novembro de 2015 e Março de 2016 e estiveram a cargo de Pedro Vidal, a masterização foi por Mário Barreiros, o design por Patrícia Proença e produção por João Ferreira - Agência Musa. Participam, como convidados, a cantora Rita Maria e Pedro Vidal na pedal-steel guitar.
 

Re-Verso no facebook:
https://www.facebook.com/ReVerso.musica.oficial/

Re-Verso no reverbnation:

https://www.reverbnation.com/oreverso

twitter:

https://twitter.com/ReVerso_oficial


publicado por olhar para o mundo às 12:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 11:13 | link do post | comentar

Flak, músico com uma longa carreira ligada a grupos como Rádio Macau eMicro Audio Waves, e que regressou em 2015 aos trabalhos a solo com «Nada Escrito», regressa com novo single, que conta com a participação e produção de Benjamim (Luís Nunes). Trata-se duma recriação de «De Azul em Azul» - tema do seu, há muito esgotado, primeiro disco a solo (de 1998), que chegará pela primeira vez em Maio às principais plataformas de streaming e lojas online.

 


Letras e música de Flak; Todos os instrumentos foram tocados por FLAK e Benjamim, excepto loop de bateria por João Pinheiro; Produção de Flak e Benjamim; Mistura e Masterização por Benjamim. 

Para celebrar o lançamento do novo single, bem como a reedição digital do seu disco de estreia, Flak e a sua banda (Nuno Espírito Santo no baixo, João Pinheiro na bateria e Zé Guilherme Vasconcelos Dias nas teclas) actuarão no Musicbox Lisboa no dia 27 de Abril (próxima quarta-feira), às 22h30, onde serão revisitadas as várias etapas da sua longa carreira. A noite contará com diversos convidados, entre eles Benjamim, Carlos Morgado (Micro Audio Waves), entre outros a anunciar. Os bilhetes custam 5 € e estão à venda na Bilheteira Online, nos lugares habituais e no Musicbox Lisboa. Mais informações no evento Facebook aqui



publicado por olhar para o mundo às 10:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

Domingo, 24 de Abril de 2016

throes.jpg

 

Throes + The Shine: "Wanga", novo disco, a 20 de Maio

 
É a 20 de Maio que os Throes + The Shine editam o terceiro álbum, "Wanga". O sucessor de "Rockuduro" e "Mambos de Outros Tipos" tem em "Capuca" (a colaboração com o músico congolês Pierre Kwenders e cujo vídeo foi realizado por Tiago Ribeiro) e em "Guerreros" (com a participação de La Yegros) os seus primeiros cartões de visita.
 
Mas amanhã, 21 de Abril, o desvendar do disco é para os fãs que estiverem no Lux, em Lisboa, num concerto que contará ainda com os convidados especiais Da Chick, Moullinex e Xinobi.
 
Depois, a banda vai mostrar-se ao vivo em solo europeu, com datas em França, Holanda e Suiça; mas também em Guimarães a 28 de Maio, em Lisboa no NOS Alive, e nos Açores em Agosto.
 
A meio caminho entre o Porto e Luanda, os Throes + The Shine fundem o rock, o kuduro e a música electrónica, numa linha cujos pontos são unidos pela aclamada label Discotexas, onde editam este "Wanga", cuja produção está a cargo de Moullinex.
 

 



publicado por olhar para o mundo às 23:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 22:13 | link do post | comentar

comediaalacarte.jpg

 

 

COMMEDIA A LA CARTE O MUSICAL

Imagina um musical dos Commedia a La Carte? Pois bem… ai está! Em estreia absoluta, dias 22, 23 e 24 de Abril no Coliseu de Lisboa e a 8 e 9 de Maio no Coliseu Porto!


Ele há  musicais sobre grandes figuras mundiais: Sinatra, Michael Jackson, Freddy Mercury e Amália Rodrigues, mas este…este pode ser sobre si! Tudo improvisado ao milímetro!


Durante mais de uma hora, atores, músicos, cantores e bailarinos improvisam um musical no momento, sobre uma história que alguém da plateia queira contar! E quer!


Imagine só:  “Commedia a la Carte - O Musical"!
Agora esqueça!


Foi no já longínquo ano de 2000, que Carlos M. Cunha, César Mourão e Ricardo Peres começaram a fazer comédia de improviso, na altura um género pioneiro em Portugal. O estilo de fazer humor sem guião cresceu e, em 2016, os Commedia a La Carte celebram mais de década e meia de espectáculos, arriscando agora um conceito diferente daquele a que já nos habituaram. Em palco, juntam-se aos atores, músicos, cantores e bailarinos que improvisam um musical, baseado na história que alguém da plateia conta.

Os Commedia a La Carte voltam a surpreender-nos  com um espectáulo único criado exclusivamente para estas datas, um formato long form que será, certamente,  mais um grande sucesso.

Bilhetes entre os €18 e €30, à venda nos locais habituais. 

).



publicado por olhar para o mundo às 19:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Olá, como é que estás, como é que vais?
Os dias por aqui seguem iguais
E passam sem trazer mais novidades
Há muito que eu não sei nada de ti
Mas pelo coração já percebi
Que ainda guardo aqui muitas saudades

Se tu quiseres podemos tomar
Um copo ou um café para falar
Pôr a conversa em dia um destes dias
Quero saber de ti e do que fazes
Saber se por acaso ainda trazes
Contigo aquele brilho que trazias

Podemos ver um filme no cinema
E dar os dois a mão naquela cena
Ficar assim até aos créditos finais
Podemos ir os dois beber um gin
Dizer que a vida vai assim-assim
Os dias por aqui seguem iguais

Podias pôr aquele teu vestido
Aquele Azul com o ombro descaído
Estampado a padrões orientais
Gostava de levar-te a jantar fora
Por mim podemos ir a qualquer hora
Porque aqui os dias por aqui seguem iguais

Desculpa se o telefone te acordou
Escrevi-te porque o coração mandou
Ele já não podia esperar mais
Eu já ouvi dizer que o tempo cura
Mas sei que a tua falta ainda dura
Os dias por aqui seguem iguais

Não me leves a mal por te escrever
Nem sintas que é preciso responder
É só uma mensagem nada mais
Só escrevo para dizer que ainda te quero
E quando a lua vem ainda te espero
As noites por aqui seguem iguais

Rogério Charraz: voz
Nuno Oliveira: contrabaixo
Carlos Lopes: acordeão
Paulo Loureiro: piano
Edu Miranda: guitarra nylon

Convidadas especiais:
Katia Guerreiro: voz
Marta Pereira da Costa: guitarra portuguesa

 

Letra: José Fialho Gouveia
Música - Rogério Charraz
Álbum - Não tenhas medo do escuro (2016)

 

 



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post | comentar

3 loucos e um são que não veio.png

 


Este projecto aseia-se em três amigos que um dia se juntaram com intenção de, cada vez mais, divulgar a língua portuguesa e a sua música.

 

Por essa razão, homenageamos os nossos autores, os nossos cantores, os nossos poetas...

Zeca Afonso, Fausto, Paulo de Carvalho, Sérgio Godinho, Jorge Palma, António Zambujo, entre outros.

"Os loucos estão certos, Os certos estão fartos, Os fartos são modernos com os pés no chão" já dizia não sei quem, não sei onde...

São três, e vêm descalços, já ao São falta a pedalada. Dois tocam, um canta, por vezes um toca e nenhum canta, outras nenhum canta e todos desafinam, momento no qual o público se mostra mais receptivo. 3 Loucos em que a sanidade se resume a cantarolar melodias agradáveis ao ouvido humano e não só. Divertem-se divertindo os restantes.

 

Divertem-se ao serem divertidos pelos restantes. Contentam-se com pouco ... Querem chegar longe... mas sem pressa alguma.


3 Loucos e 1 São (que não veio).



Ficha Artística:

Sérgio Salgueiro ( Percussão, Castanholas e Maracas italianas ocasionais)

Miguel Fernandes (Guitarra, violino, berimbau, e harpa mirandesa)

Ivo Eusébio ( Voz, Guitarra, Teremim e Didjeridu)

 

FAcebook https://www.facebook.com/3loucos1sao/

 

 



publicado por olhar para o mundo às 12:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Heart Brave…
Heart Bright…
Heart saved…
Hard fight…
Can we all fight for it…
But can we all find…

Chorus
Through your eyes in your soul
I believe now that I found hope
In your heart in your soul
I believe now that I found home

A brave heart
That found its way
A bright start, on a lost day…
A heart has been saved
A fight has been lost
Hope has been faith
Pain has been tossed

If we could all fight for it…
We could all find…
A Heart brave…
A Heart bright…
A Heart saved…
A Hard fight…

Through your eyes in your soul
I believe now that I found hope
In your heart in your soul
I believe now that I found a home...

Through your eyes in your soul
I believe now that I found hope
In your heart in your soul
Do you believe now that I found home...

 



publicado por olhar para o mundo às 11:13 | link do post | comentar

anamouralondres.jpg

 

 

Ana Moura esgota concerto em Londres com José Mourinho e Mick Jagger na plateia


"The Rolling Stone's Mick Jagger looks cheery after watching his stunning protege Ana Moura perform at her London concert"

Daily Mail

No dia em que entrou para o primeiro lugar do top nacional de vendas e que soube estar nomeada nas categorias de Melhor Intérprete Individual e Melhor Canção para a edição deste ano dosGlobos de Ouro, Ana Moura regressou aos palcos internacionais e actuou em Londres, no Cadogan Hall. O concerto, integrado na "Tour Moura", há muito esgotado, contou com José Mourinho e Mick Jagger na plateia. O sucesso da fadista portuguesa em Londres já obrigou à marcação de um novo concerto, desta vez no mítico Barbican Centre, a 26 de Setembro, e que deverá esgotar também em breve.
 
Depois de actuar para mais de 20.000 pessoas nas maiores salas portuguesas, Ana Moura continua a digressão pelos mais prestigiados palcos do mundo e de Londres segue para os EUA, onde actuará em várias cidades, com destaque para o concerto em Nova Iorque, já esgotado, no mítico Carnegie Hall, a 26 de Abril.

Próximas datas:
 
22 Abr > SÃO FRANCISCO, CA, Nourse Theater EUA
23 Abr > EDMONDS, WA, Edmonds Center For The Arts EUA
26 Abr > NOVA IORQUE, Carnegie Hall EUA
28 Abr > NORTH BETHESDA, MD, Strathmore Hall EUA
29 Abr > BURLINGTON, VT, Flynn Theatre EUA
30 Abr > BOSTON, MA, Berklee Performance Center EUA
02 Mai > BARCELOS, Festa das Cruzes POR
18 Mai > LUBLIN, Teatr Stary POL
19 Mai > BIELSKO-BIALA, Bielskie Centrum Kultury POL
21 Mai > DORTMUND, Konzerthaus Dortmund ALE
22 Mai > HAMBURGO, Fabrik ALE
24 Mai > FRANKFURT, Alte Oper - Women of the World Fest ALE
25 Mai > GENEBRA, Theatre du Leman SUI
26 Mai > ZURIQUE, Volkshaus Zürich SUI
28 Mai > BERLIM, Passionskirche ALE
29 Mai > VIENA, Wiener Konzerthaus ÁUS
03 Jun > PORTO, Caixa Ribeira POR
24 Jun > MADRID, Festival de Fado ESP
23 Jul > SEVER DO VOUGA, FicaVouga POR
03 Ago > CANTANHEDE, Expofacic POR
13 Ago > COSTA DA CAPARICA, Festival O Sol da Caparica POR
26 Set > LONDRES, Barbican RU
26 Nov > VIANA DO CASTELO, Centro Cultural POR


publicado por olhar para o mundo às 10:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

chega a casa tão cansada quando à noite…
ser mãe é duro e dura pouco.
os euros são tão nada
e ela conta-os com a mão dentro do bolso.
só se despe após as oito,
aquilo que é do jantar é do almoço.
se a vida fosse um pouco mais doce… fugia do fosso
até que sente os pontapés dentro do corpo

é quando chega tão cansada e vê:
aquilo que toca não é aquilo que quer.
o que há para lá desta parede
não é para se sonhar sequer
x2

e ela sabe que ele não é homem a sério:
escuta-o bêbedo pelo prédio.
se o ordenado já nem para eles serve…
como servirá para gémeos?
e se um ficar doente?
põe a mão sobre o ventre, jura estar ali para sempre
para eles. por isso diz adeus à casa,
com dois filhos no corpo e uma mão na mala.

pois lá fora há um mundo novo.
pois lá fora há um mundo nosso.
e nós vamos descobri-lo todo.
e ninguém dirá que eu não posso!
x2

 



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

Sábado, 23 de Abril de 2016

andréviamonte.jpg

 

“Via”

06 de Maio nas plataformas digitais

André Viamonte é o que se pode chamar um segredo bem guardado.

 

André tem crescido como todos os cantores devem crescer: em cima do palco da vida, a entregar-se de corpo e alma às canções, conquistando uma pessoa de cada vez. Porque é isso que um cantor desta estirpe deve fazer. André Viamonte aprendeu a respirar com um microfone à frente, aprendeu a dar às canções aquele empenho extra que distingue os grande intérpretes. Foi isso que lhe valeu os elogios do compositor Kevin Murphy, da ‘talent hunter’ e produtora americana Cindi Avnet, do produtor italiano Michele Ferrero ou da portuguesa Mariza que afirmou que “Portugal não está preparado para esta voz”.

 

Na bagagem, sempre que viaja para cima do palco, André Viamonte transporta o material dos seus temas, mas mais do que isso, de uma vida feita de experiências terapêuticas, de estar perto do coração das pessoas, do sentir e da partilha de afectos. O que não é estranho tendo em conta a qualidade do material que tem vindo a gravar, grandes canções servidas por excelentes arranjos, capazes de nos apaixonar o coração, de nos fazer derramar lágrimas de emoção, de nos fazer encontrar com a nossa alma e de descobrirmos a nossa criança interior.

 

André ViaMonte que coleccionou elogios de muitos, lança o seu primeiro álbum.

 

É o nascimento de “Via”, o álbum que vai mexer com o coração de todos. É o surgimento da Voz!

 

André ViaMonte irá apresentar o álbum ao vivo no dia 07 de Maio às 22h no Teatro Ibérico.

 

O single de apresentação chama-se “To MyselfTown”.

 

 

 



publicado por olhar para o mundo às 23:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 22:13 | link do post | comentar


 

COMUNICADO DE IMPRENSA

A Revelação Feminina do Jazz,

Sónia Oliveira apresenta “Encontro”

 

 

Lisboa, 18 de Abril de 2016 -  A cantora Sónia Oliveira anuncia o lançamento de “Encontro”, um novo projecto constituído essencialmente de versões e colaborações.

 

Sónia Oliveira começou a estudar música aos 9 anos e iniciou os estudos vocais aos 12. Num registo pop/rock editou os álbuns “Sónia Oliveira” (2006) e “Páginas” (2011).

 

Concluiu em 2014 as licenciaturas em Música pela Escola Superior de Música de Lisboa e em Jazz e Música Moderna pela Universidade Lusíada de Lisboa, onde o contacto com professores como Joana Machado, Maria João Grancha, Gonçalo Marques, Afonso Pais, João Paulo Esteves da Silva e Paulo Lourenço, entre outros, foi determinante no seu crescimento musical.

 

Surge agora o álbum “Encontro”, constituído na sua essência por versões e colaborações. Versões de músicas conhecidas (e desconhecidas) do universo jazz, da bossa nova e da  música portuguesa. Tendo sido gravado exclusivamente em duos, este registo discográfico conta com o pianista Carlos Garcia, o guitarrista Zé Miguel Vieira, o acordeonista João Barradas, o contrabaixista André Ferreira e o trompetista João  Moreira.

 

O minimalismo e a sonoridade intimista são as palavras chave deste que é já considerado o disco de transição estilística de uma cantora com mais de 10 anos de carreira mas que, ainda assim, demonstra ser uma revelação.

 

A proposta minimal e intimista, que tende a transportar o ouvinte para ambientes musicais distintos entre si, tem data de lançamento marcada para 10 de Maio pelo colectivo Sintoma Records.

 


::PARA MAIS INFORMAÇÕES::

FACEBOOK // SITE



publicado por olhar para o mundo às 21:13 | link do post | comentar

 

Letra

 


(HAROLD)
noites belas, nelas vejo-te sempre…
vejo-te à frente mesmo sem tu estares presente.
corpo é carente entre corpos, música e charros,
entre o barulho das luzes, gritos e carros.
meço descompassadamente,
eu já não vejo o tempo – drogas mudam a minha mente.
a cama tornou-se uma prisão,
a solidão e a compaixão tiram-me o chão constantemente
e eu morro…

quem vem primeiro?
deixa-me cair...

quando o tempo se acabar leva as coisas com que construíste o mundo,
com que destruíste tudo.
voltamos para Osaka, o táxi que nos leva a casa,
enquanto o trânsito te vai cortando as falas...
porque o barulho dos carros, o pulsar da terra,
o gritar dos pássaros, o peito, as serras...
aquilo que no peito encerras
é somente teu deveras, somos a casa de feras.
o sol põe-se a cada enterro.
incendeias o feno.
as manhãs são ouro negro
e os cavalos que nelas correm, morrem mas nunca os vemos.
é o desconstruir da noite que me ensinas,
quando o teu corpo está por cima.
és circo de animais sem nome,
tu que aprisionas o sol e que o estilhaças no meu corpo.

quem vem primeiro?
deixa-me cair...

 



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post | comentar

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email
mais sobre mim
posts recentes

O Blog Mudou de casa

Fado Insulano - José Mede...

Cantiga da terra - Zeca M...

"Aprendiz de Feiticeiro -...

Milhafre das Ilhas - Luis...

Sara Tavares - Ter Peito ...

Banho Maria - Não Há Amor...

Sara Tavares - Fitxadu ft...

JUNGLE EVA - TT SYNDICATE

João Granola estreia vide...

arquivos

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

tags

todas as tags

links
comentários recentes
Pena estes rapazes não terem mais popularidade. A ...
Nome do autor da letra?Não se escreve?Falta de res...
A LETRA É ASSIM!!!E NÃO ASSADO!!!!MaMãe, tu estás ...
As partes que não consegui perceber estão com reti...
https://www.google.pt/amp/s/www.musixmatch.com/pt/...
Vou adicionar nos meus favoritos, sou brasileira, ...
" Para que o tremoço o almoço e o alvoroço demorem...
Letra e música do SiulProdução do Siul Sotnas e Mi...
que puta de letra fdx
Epá, o que é isto?Borrei-me todo com este "Mal des...
Posts mais comentados
blogs SAPO
subscrever feeds