Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

 

Letra

 

Por una cabeza de un noble potrillo
que justo en la raya afloja al llegar
y que al regresar parece decir:
No olvides, hermano, vos sabés, no hay que jugar...
Por una cabeza, metejón de un día,
de aquella coqueta y risueña mujer
que al jurar sonriendo, el amor que esta mintiendo
quema en una hoguera todo mi querer.
Por una cabeza
todas las locuras
su boca que besa
borra la tristeza,
calma la amargura.
Por una cabeza
si ella me olvida
qué importa perderme,
mil veces la vida
para que vivir...
Cuantos desengaños, por una cabeza,
yo juré mil veces no vuelvo a insistir
pero si un mirar me hiere al pasar,
su boca de fuego, otra vez, quiero besar.
Basta de carreras, se acabó la timba,
un final reñido yo no vuelvo a ver,
pero si algún pingo llega a ser fija el domingo,
yo me juego entero, qué le voy a hacer.

 

xerife.png

 

 
O primeiro videoclip de Xerife foi hoje lançado. “Histórias” foi o single escolhido para encabeçar o segundo EP de originais desta banda de rock em português.
 
Gravado na vila de Coruche, o videoclip transporta-nos para o mundo dos livros. Histórias infindáveis, milhares de vidas que se cruzam e que colidem numa só. O porto seguro de uma vida dura, com as portas abertas só para quem vier por bem.
 
É assim que os Xerife levantam o véu deste novo single que promete rodar pelas rádios do país.
 
O lançamento do EP está previsto para o final do próximo mês de fevereiro, bem como o espetáculo de apresentação do mesmo.
 
Os Xerife nasceram em abril de 2014 e editaram o primeiro EP (homónimo) a 29 de setembro do mesmo ano. Esta banda do ribatejo tem vindo a afirmar-se no panorama musical português, tendo já passado por alguns espaços conceituados como o Cine-Incrível ou a discoteca Tokyo. Integraram também a primeira edição do Trampolim Gerador, encabeçaram o cartaz de Marvila dos Sabores de 2015 e 18 de agosto do mesmo ano, pisaram o palco das Festas de Coruche, ao lado de nomes como José Cid e Tiago Bettencourt.
 
O primeiro trabalho está disponível no Spotify e em várias outras plataformas digitais (iTunes; Amazon; Deezer; Google Play; Shazam; Xbox Music, Kkbox e Nokia Mix Rádio).

 

Mike Bramble2 BW.jpg

 

MIKE BRAMBLE (Leiria) apresenta disco de estreia, "Platonic"

 

Quinta, 28 Janeiro, 22h00
Sabotage Clube
Vai ser uma noite de festa à qual se vão juntar ainda AMBAR e dj set de David Polido e Tiago Castro.

+ info evento | http://on.fb.me/1UpMBvQ 

 

 

Tour de apresentação de “Platonic”

Quinta, 28 Janeiro  - Sabotage, Lisboa 

Sábado, 30 Janeiro - Loucomotiva, Taveiro - Coimbra, 21h30

Sábado, 6 Fevereiro - FNAC Cascais – 17h00

Sábado, 6 Fevereiro - FNAC Oeiras – 21h30

Domingo, 7 Fevereiro - FNAC Almada – 17h00

Sexta, 12 Fevereiro - FNAC Coimbra, 21h30

Domingo, 21 Fevereiro - FNAC Vasco da Gama – 17h00

Sábado, 27 Fevereiro - Teatro Miguel Franco, Leiria, 21h30

Domingo, 13 Março - FNAC Viseu, 17h00

Sábado, 26 Março - FNAC Leiria, 21h30

Sexta, 22 Abril - CAEP, Portalegre, 23h00

Sábado, 23 Abril – Galeria do Desassossego, Beja

Sexta, 27 Maio - Maryspot, Matosinhos, 23h30

Sábado, 28 Maio - FNAC GaiaShopping, 17h00

Sábado, 28 Maio - FNAC MarShopping, 22h00

 

Mike Bramble surge com um projecto ambicioso de canções onde a melodia do Pop se mistura com o aroma do Blues/Jazz e a textura do Rock, fazendo com que cada música tenha um diferente sabor

O músico de Leiria cedo se mudou para Londres para se formar no Institute Of Comtemporary Music Performance. No regresso a Portugal remeteu-se ao seu estúdio e começou a gravar e produzir músicas da sua autoria. Depois de as mostrar a alguns amigos e conhecidos, algumas dessas canções atraíram a atenção de ouvintes um pouco por todo o Mundo. O tema “Is it you” esteve na playlist de estações de rádio e rádios online de países como França, Alemanha, Reino Unido, Estados Unidos da América, Canadá, Jamaica, Itália, Suécia, Noruega, Espanha, Brasil, Portugal ou Autrália, e chegou mesmo a atingir o primeiro lugar do top Soul da rádio Ourstage.com.

Foi em 2012 que Mike Bramble (voz e guitarra) se reuniu a João Loureiro (bateria), Hugo Santos (baixo) e Mike Gomes (guitarra) para tocar ao vivo e fazer novos arranjos para canções antigas, bem como compor novos temas que vai lançando regularmente online. “Platonic” é o primeiro EP de Mike Bramble, Foi gravado em 2015 e tem data de lançamento e distribuição, através da Compact Records, a 5 de Janeiro de 2016.

 

Letra

 

La vida, ay la vida,
ay los sueños
los sueños, ay los sueños
que murieron
murieron, porque já no tienen vida
quemados como globos de papel.

muy alto como globos que se alejan
tan cerca como labios que besé
perdido en el fuego de tu llanto
que no deja pensar,
no me suelta jamás, jamás.

ai como eu entendo
que a tua saudade
ainda guarde
as cinzas cruéis
que recordam
um tempo feliz
também eu fiquei
sem tanto que eu quis
sem tudo o que amei
e sempre que eu volto aqui
choro contigo o que foi amar

yo se que es dificil
lograr con distancia el olvido
yo se que el olvido
jamás llegara para mi
que el tiempo es dolor
peor que el alcohol,
peor que el amor
no se detiene jamás
no puedo volver atras, ni amar.

 

ambar.JPG

 

AMBAR

“No entanto, ela move-se”


Nascendo das influências dos seus membros, tão díspares como o Norte do Sul, AMBAR é uma banda de rock cuja estrela do norte é a palavra em língua portuguesa. Com a premissa de que é na melodia e na harmonia que todos se entendem, os AMBAR gravaram o seu primeiro álbum, “No entanto, ela move-se”, que tem data de lançamento agendada para 28 janeiro de 2016.


apresentação de "No entanto, ela move-se" ao vivo
Sabotage, Lisboa - 28 Janeiro, 22h00
Centro Cultural do Cartaxo - 30 de Janeiro, 21h30
FNAC Vasco da Gama - 7 Fevereiro, 17h00
FNAC Cascais - 12 de Fevereiro às 22h00
FNAC Oeiras - 13 Fevereiro, 21h30
FNAC Almada - 19 Fevereiro, 22h00
Centro de Artes e Espectáculos de Portalegre - 29 Abril, 23h00

https://www.facebook.com/ambar.lisboa.rock
http://ambar-perfil.bandcamp.com/releases

“Xerife” | https://www.youtube.com/watch?v=uBd5W3UZZt0
“Venham-me buscar” | https://www.youtube.com/watch?v=uYcQOkyjxrQ

“No entanto, ela move-se”

  1. A sorte
    2. Venham-me Buscar
    3. Canção de Autor
    4. Frida
    5. Xerife
    6. Volto Sempre Atrás
    7. Aqui Não Quero Ficar
    8. Bela Sem Senão
    9. A Vila do Não ao Não
    10. Quem Diria
    11. Brando Diário de Bordo

Gravado: 20 Maio 2015 
Letra e música: AMBAR 
Captação e mistura: João Dionísio 
Produção: João Dionísio, João Machado e Tomás Borralho 
Masterização: Miguel

II Ciclo de Música Antiga.jpg

 

 

INICIAÇÃO E APERFEIÇOAMENTO EM MÚSICA ANTIGA E DANÇAS BARROCAS
II CICLO DE MÚSICA ANTIGA DO CMJ


A MUDA’TE e o CMJ estão a organizar o II Ciclo de Música Antiga que terá lugar nos dias 8, 9 e 10 de fevereiro. “Le Carnaval de Venise” é o tema desta atividade.


A Companhia de Artes Performativas da Jobra (MUDA´TE) e o Conservatório de Música da Jobra (CMJ) estão a organizar o II Ciclo de Música Antiga (Iniciação e Aperfeiçoamento em Música Antiga e Danças Barrocas). A atividade terá lugar no Centro Cultural da Branca, nos dias 8, 9 e 10 de fevereiro, subordinado ao tema “Le Carnaval de Venise” e que abrange as áreas da Música e Dança.

 

O II Ciclo de Música Antiga destina-se a alunos dos Cursos Profissionais de Música e Dança do CMJ, bem como a participantes externos, a partir dos 10 anos de idade. Os instrumentos contemplados para o curso de Música são os seguintes: Violino, Viola d´arco, Violoncelo, Contrabaixo, Flauta Transversal, Oboé, Fagote, Cravo, Guitarra e Alaúde/Guitarra Barroca.

 

Os Formadores desta Iniciação e Aperfeiçoamento em Música Antiga e Danças Barrocas são os seguintes: Violino Barroco (Mariña Fernandez), Violoncelo Barroco (Rémi Kesteman), Alaúde/Guitarra Barroca (Pedro Martins), Traverso (Alexandre Andrade), Oboé Barroco (Andreia Carvalho), Fagote Barroco (Joana Almeida), Cravo (Catarina Sousa) e Danças Barrocas (Mercedes Prieto).


As inscrições para o II Ciclo de Música Antiga são limitadas e podem ser feitas até ao dia 5 de fevereiro no CMJ. O formulário de pré-inscrição encontra-se disponível no site www.cmj.pt.

 

Para mais informações poderá entrar em contacto com o CMJ através do telefone 234 541 300 ou do email: secretaria@jobra.pt.

BREVE-HISTORIA-LOGO-large.png

 

 
Edição revista e aumentada do livro Breve História do Metal Português já em pré-encomenda
 
Já se encontra disponível para pré-encomenda a edição revista e aumentada do livro Breve História do Metal Português, escrito por Dico.
 
Originalmente editada em 2013, a obra aborda agora a história do Metal luso até 2015, beneficiando de um significativo aumento de páginas. A edição revista e aumentada de Breve História do Metal Português incluirá no mínimo 320 páginas (a anterior tinha 200), sendo que todas as décadas, à exceção da de 60, incluem agora bastante texto novo, que vem aprofundar vários fenómenos e factos relatados na edição original, por um lado; e abordar outros não incluídos em 2013, por outro.
 
“O objetivo da primeira edição era sobretudo mostrar que houve todo um percurso a nível do Rock pesado em Portugal antes dos anos 80. Portanto, centrei-me mais nas décadas de 60 e 70, tendo abordado os anos 80 e 90 mais subtilmente”, explica o autor.
 
Na edição de 2015 o objetivo é bem distinto. “Nesta nova edição relato o percurso do Som Eterno em Portugal até 2015. A primeira terminava em 1999, mas esta abrange factos até ao final de 2015”, esclarece Dico. A nova edição, revista e aumentada, inclui também novos testemunhos de numerosas figuras importantes no âmbito do Underground nacional.
 
Além disso, Breve História do Metal Português, novamente editada pelo próprio autor, inclui agora um guia de registos essenciais do Metal luso desde os anos 70 até 2015, abrangendo demo-tapes, demo-CD’s, singles, EP’s, álbuns e DVD’s. Ao todo, são mais de 100 itens organizados por década, num guia essencial para os verdadeiros fãs.
 
Mas as novidades acerca desta obra não se restringem aos conteúdos escritos. Breve História do Metal Português tem agora imagem renovada, desde a capa até à paginação, passando pelo logótipo.
 
Em pré-encomenda a obra custa €17 (portes de correio incluídos), após o que o término da fase de pré-encomenda poderá adquirir-se por €19,50 (também com os portes de correio incluídos). As encomendas podem ser efetuadas para o e-mail livrobhmp@yahoo.com
               
 
 
Página Facebook oficial:
 
 
--------------------------------------------------------------------------------------
Sobre o autor:
 
Dico é jornalista. Foi editor dos periódicos PCMais, ANA Aeroportos, Logista News e Prime Negócios. Fundou os influentes blogues Metal Incandescente, A a Z do Metal Português e Reflexões Musicais. Foi o primeiro coach musical profissional no País. Na última década escreveu artigos de opinião e crónicas para mais de 20 sites, e-magazines, revistas e blogues. Foi baterista de bandas como os Dinosaur ou Sacred Sin, tendo com elas gravado os clássicos Dinosaur (demo-tape) e Darkside (álbum). Foi o homenageado do VI Festival Irmandade Metálica – Unidos pelo Metal. Fã de Metal há 34 anos, está envolvido no Underground há 29. Tem 45 anos. É casado e tem um filho.
 
Livro Breve História do Metal Português:
 
 
Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email