Sexta-feira, 4 de Dezembro de 2015

 

Letra

 

Isabel ama josé
De quem teve julião
Que ainda mal se pôs em pé
E largou os pais da mão

Foi para lá de paris
Onde assentou arraiais
Conheceu lá beatriz
Que tinha largado os pais

Casaram numa semana
À hora da matiné
E tiveram juliana
A flor dos champs-élysées

Numa terra mais distante
Mariana apaixonou-se
Por joão que era manante
Foi o vento que o trouxe

Destes dois nasceu miguel
Mas o sangue não perdoa
Fez um barco de papel
E fez-se ao mar em lisboa

Deu à ilha dos amores
Que fica quase no céu
E encontrou-se com dolores
E assim nasceu romeu

É terra
É céu
Se os dois estão de feição
Ninguém pára o coração

Quem tem o nome romeu
O destino não engana
Há-de encontrar o que é seu
E casar com juliana

Ela partiu de paris
Ele foi a ver se a via
Para um final feliz
Diferente do shakespeare

Encontraram-se na estrela
Já faz hoje uma semana
É o amor de uma novela
De romeu e juliana

É terra
É céu
Se os dois estão de feição
Ninguém pára o coração

 



publicado por olhar para o mundo às 11:24 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 11:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

RFM - Bolas de Natal
Junta-se a família à volta da mesa,
É a tradição
Rimos e choramos, relembramos outros anos, uh
Vemos televisão
A gente come come come come come come come até se sentir mal
O meu tio bebe bebe bebe bebe bebe
nós somos
BOLAS DE NATAL
No natal, multiplicamos
É normal porque é o dia em que Jesus faz anos
Se tens a mais achamos bem,
Que vás para a rua partilhar com quem não tem
É natal x3
BOLAS DE NATAL
O pai natal anda aflito
Mas aprendi que quanto mais dou mais rico eu fico.
Se tens a mais, tem a certeza
Que o teu vizinho não passa a noite sozinho à mesa
É natal x3
Já viste o tempo passa a voar
Tens tudo ainda pra preparar
É natal, É natal, já é natal mulher
Me belisca só podes estar a sonhar
se achas que não me vais ajudar
Queres natal? Queres Natal? Ajuda a tua mulher
FELIZ NATAL
ÁTOA Carolina Deslandes Mikkel Solnado Music Landrick Diego Miranda

 



publicado por olhar para o mundo às 10:13 | link do post | comentar

lindamartini.jpg

 


LINDA MARTINI

Anunciam novo disco e Coliseu de Lisboa em Abril



"Sirumba" é o titulo do novo disco dos Linda Martini com edição prevista para dia 1 de Abril de 2016. Logo no dia seguinte (2 de Abril), o grupo apresenta o álbum e tocam, pela primeira vez, no Coliseu de Lisboa
 
"Sirumba" tem estado a ser pré-produzido no estúdio HAUS, em Lisboa, e segue para gravações finais em Janeiro. O primeiro single é apresentado em fevereiro. Aguardado com muita expectativa, a banda solta uma única ideia sobre o novo disco:
 
Vou saltando quadrados até chegar ao outro lado, para depois fazer tudo de volta.
 
Policiado por mãos nervosas que tocam o ar, corro para fora de mim com fina precisão, evitando as linhas toscas desenhadas a giz no alcatrão.
 
Se ganhar serei de novo ladrão de passo altivo, por entre a autoridade resignada aos seus corredores estreitos.
 
E alguém grita Sirumba. E eu começo agora. De novo.
 
Para a noite do Coliseu de Lisboa, a banda percorrerá também momentos importantes da carreira revisitando discos anteriores. Os bilhetes para o Coliseu encontram-se já à venda e variam entre 12€ (bilhete único) e os 20€ (bilhete duplo)
 
Tendo presente que o grupo tem seguidores um pouco por todo o País, a CP e os Linda Martini juntam-se numa ação conjunta. Os fãs que adquirirem o bilhete para o Coliseu terá desconto de 30% na compra do bilhete da CP de qualquer parte do País.
 
COLISEU DE LISBOA
Bilhete único - 12€ / aqui
Bilhete duplo - 20€ / aqui
Bilhete CP aqui


publicado por olhar para o mundo às 10:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

You, you had to forgive

You tried to forget

It's never enough


And I, I got this fear

I'm weak if alone

But strong when you're here


Yoh wo ooo ooo ooh

Yoh wo ooo ooo ooh

Yoh wo ooo ooo ooo ooo ooh

Yoo ooo


And we, we did it wrong

We thought of ourselves

As if we were blind


But now, we felt in our skin

We can feel the hope

That grows from within


The scream of our lives

The moment we need

The dream that will take us home now

The fields where we can breathe


(The scream of our lives)

(A moment to breathe)


The scream of our lives

The moment we need

The dream that will take us home now

The fields where we can breathe


The rich and the poor

Father and son

History will be written

Together we are one

 



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

Quinta-feira, 3 de Dezembro de 2015

barbara.jpg

 

Octa Push apresentam “Bárbara”, primeiro single do próximo álbum, e dão concerto no Centro Cultural de Belém


Antecipando o álbum a ser lançado no próximo ano, os Octa Push apresentam o primeiro single e videoclip, “Barbara”, e realizam um concerto no Pequeno Auditório do CCB, dia 18 de Dezembro, às 21h00, onde irão apresentar temas do novo LP, tendo diversos convidados em palco, como Tó Trips, Cátia Sá, Alex Klimovitsky ou Ary.


“Bárbara”  marca o regresso dos Octa Push, com um som de influência lusófona que presta homenagem às ligações e mistura entre Portugal e os PALOP que existem mais vincadamente após a descolonização, tendo como ponto de partida o poema “Endechas à Bárbara Escrava”, de Luís Vaz de Camões. O tema, que conta com Cátia Sá, na voz, está também muito relacionado com o tema da liberdade, bastante discutido nos dias que correm. Para além de estar no Youtube, o tema pode ser ouvido no Bandcamp e Soundcloud da banda.


O videoclip, realizado por Leonardo Guichon, explora diversas formas de domínio a que estamos sujeitos, seja pelo poder ou outras questões sociais. Trata-se de uma manifestação pela liberdade e igualdade que conta com a participação de Ary, Alex Terrakota, Cátia Sá e Pedro Coquenão.


Os Octa Push contam, no novo disco, com a participação de músicos de diversas gerações e que fazem a ligação entre Portugal e os PALOP, nomeadamente, Tó Trips (Dead Combo), Maria João Grancha, Batida, Cátia Sá, José Braima Galissá, Alex Terrakota, Ary ou Cachupa Psicadélica, havendo também lugar para uma versão autorizada de um tema de Zeca Afonso. Uma fusão entre a música africana e electrónica, com apontamentos, nem sempre rítmicos, que fazem a ligação com linguagens mais recentes, como o Afrohouse.


O novo trabalho de originais da dupla formada pelos irmãos Bruno e Leonardo Guichon, segue-se a “Oito”, LP editado em 2013, pela inglesa Senseless Records - considerado como um dos melhores álbuns nacionais por alguns meios de comunicação social (Blitz, Sapo, Punch, Vodafone FM, Bodyspace ou Mesa de Mistura). Destacam-se ainda originais lançados por diversas editoras como Soul Jazz Records, Soundway Records, Iberian Records, OptimusDiscos, Enchufada e o apoio de nomes como SBTRKT, Thom Yorke (Radiohead) ou Gilles Peterson (BBC).

 

Ficha técnica videoclip "Bárbara":
Realização, grafismo e edição: Leonardo Guichon
Convidados: Ary, Alex Terrakota, Cátia Sá e Pedro Coquenão

Música:
Octa Push - Bárbara
Letra: Cátia Sá
Mistura e masterização: Hugo Santos
Agradecimentos: Ary, Alex Terrakota, Cátia Sá, Helena César, Hugo Santos, Pedro Coquenão aka Batida, Rui Murka, Tomé e Xana.

Octa Push CCBeat
CCB – Centro Cultural de Belém
18 Dezembro 2015, 21h00
Bilhetes: 13,50€ (laterais), 11,00€ (laterais), 25% para menores de 25 anos e maiores de 65 (2ª plateia e balcões),
20% para grupos de 10 a 50 pessoas, 5% para titulares de cartão Fnac, 5€ para profissionais ou estudantes da área
do espectáculo.

 

 



publicado por olhar para o mundo às 23:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 22:13 | link do post | comentar

Mitzlaff_Rosso.jpg

 

 

4 de Dez. de 2015 21:30

O'culto da Ajuda
Lisboa, Portugal 

Alvaro Rosso – contrabaixo
Ulrich Mitzlaff – violoncelo

Apoio: GRANULAR


Alvaro Rosso . Contrabaixista, natural de Montevideo – Uruguai, com grande repertório musical que inclui peças de Berio, Henze e Dusapin e com colaborações com os mais variados músicos nas áreas do free-jazz e da improvisação livre. Vive actualmente em Portugal onde trabalha como Professor no Conservatório de Música em Figueira de Foz.

Ulrich Mitzlaff . Colabora regularmente em vários projectos nas áreas da “composição imediata” contemporânea, da música electroacústica e do free-jazz com alguns dos mais importantes músicos de Portugal como Carlos “Zíngaro”, Nuno Rebelo, Carlos Bechegas, Carlos Santos e Pedro Carneiro.


Dois instrumentos de cordas, contrabaixo e violoncelo vão encontrar-se neste concerto em espaços sonoros que se definem por invenções que articulam sonoridades pouco comuns, associadas aos sons habituais desses instrumentos. Alvaro Rosso e Ulrich Mitzlaff, com uma visão dos seus instrumentos como uma fonte sonora geral, vão elaborar, com as mais variadas técnicas estendidas, um discurso musical que procura estabelecer uma música de descoberta, e de surpresa. As improvisações vivem da interacção persistente e dos sons instantâneos encontrados no momento do acto da composição em tempo real. Nas peças vão se descobrir componentes características na música contemporânea erudita e no free-jazz que funcionam como um ponto de partida para o fluxo exploratório ao longo deste encontro. Alvaro Rosso e Ulrich Mitzlaff mostram um aspecto das expressividades sonoras que se orienta por um lado em processos de acção sonora intensa e com dinâmicas extremas, e por outro em silêncio como um contra peso para estabelecer um espaço de reflexão sobre os eventos sónicos produzidos.


Mais informações:

Alvaro Rosso: http://www.youtube.com/user/alvarorosso . 
https://soundcloud.com/alvaro_rosso;

Ulrich Mitzlaff: http://ulrichmitzlaff.com . https://soundcloud.com/umitzlaff/ . 
http://www.granular.pt .
 http://www.facebook.com/home.php#!/profile.php?id=786859409.

 
 
O’culto da Ajuda
Miso Music Portugal
art music centre
because sound matters
..............................................................
+ 351 213620382
 
Travessa das Zebras, nº 25/27, 
(à Calçada da Ajuda)
1300-589 Belém, 
GPS
Latitude=38.699070
Longitude=-9.198810
Lisboa, Portugal 


publicado por olhar para o mundo às 20:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post | comentar

carlosmendes.jpg

 

CARLOS MENDES
A FESTA DA VIDA

 
Carlos Mendes recebeu, em 2014, a Medalha de Honra da Sociedade Portuguesa de Autores, na cerimónia 'O Homem, o Músico e o Cantor', alcançando assim o pleno reconhecimento público, por uma vida dedicada à música e recheada de sucessos e de bons momentos.


Em 2015 o artista celebra os seus 50 anos de carreira e, para comemorar a data da melhor forma, regravou algumas das canções mais emblemáticas do seu repertório, como “Amélia dos Olhos Doces”, “Ruas de Lisboa” e “A Festa da Vida”, em versões de voz e piano, evidenciando assim, da melhor forma, os seus dotes de cantor e intérprete.


Transpondo este conceito para a estrada, Carlos Mendes Mendes apresenta A Festa da Vida, um concerto intimista, em que o público é convidado a partilhar, de forma sincera, a sua vida repleta de histórias, de risos e celebrações que marcaram, inevitavelmente, a música portuguesa.


Este é um espetáculo diferente do habitual, mais íntimo, onde se canta e se conta, onde se ouvem risos e libertam emoções; onde se brinca com o passado e se sonha com o futuro. Uma voz. Um piano. Juntos, no grande palco da Vida, da Alegria e dos Afetos.



publicado por olhar para o mundo às 12:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Que não posso negar
Que sou rio, tu és mar
Nem consigo escrever
Como te quero ver
Sempre que anoitecer
Sempre que amanhecer

Diz que é hoje que me vais salvar
Beija-me, não quero sufocar
E por favor não me deixes nunca escapar
Por entre os braços onde eu só quero estar

Se eu pudesse roubar
Todo o céu para to dar
Iria sem hesitar
Sem tempo para pensar

Então diz que é hoje que me vais salvar
Beija-me, não quero sufocar
E por favor não me deixes escapar
Por entre os braços onde eu só quero estar
Por entre os braços onde eu só quero estar

Então voa
Voa até mim
Então canta
Canta só para mim
Então dança
Dança até ao fim
E então fica
Fica só para mim

Diz que é hoje que me vais salvar
Beija-me, não quero sufocar
E por favor não me deixes nunca escapar
Por entre os braços onde eu só quero estar
Por entre os braços onde eu só quero estar

 



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

Quarta-feira, 2 de Dezembro de 2015

 

De hoje até sábado, senhoras e senhores, o 14º Festival "O Gesto Orelhudo!


Quarta 2 Dezembro  

19h00 | Fundação Dionísio Pinheiro
Estupendo Inuendo | "Ele Tem Uma Guitarra e Eu Não Tenho Nada"
  ·
 21h30 | Cine-Teatro São Pedro - Plateia
Cie. Brouniak (França) | "Les Plummes Dans l'Oreille"

  ·
22h45 | Cine-Teatro São Pedro - Balcão
PZ | "Mensagens da Nave-Mãe"

  ·
fim de noite | Cine-Teatro São Pedro - Bar
DJ Johnny Red | "Música Portuguesa Com Certeza!"


Quinta 3 Dezembro  

19h00 | Fundação Dionísio Pinheiro
Alex Duarte | "Coração Analógico"
·
 21h30 | Cine-Teatro São Pedro - Plateia
Dead Combo e as Cordas da Má Fama

 ·
 23h15 | Cine-Teatro São Pedro - Balcão
Penicos de Prata

·
 fim de noite | Cine-Teatro São Pedro - Bar
DJ Ricardo Beja | “Vintage Rock”


Sexta 4 Dezembro  
  
18h00 | Fundação Dionísio Pinheiro
d'Orfeu 20 Anos – a cerimónia!
·
 21h30 | Cine-Teatro São Pedro - Plateia
Pep Bou | "La Piel del Agua"
  
·
 23h30 | Cine-Teatro São Pedro - Balcão
Cão à Chuva | "Lullaby"

·
 fim de noite | Cine-Teatro São Pedro - Bar
Pedro e o Lobo (Granada e Jonhy Walker) | world music


Sábado 5 Dezembro  
  
18h00 | Fundação Dionísio Pinheiro
Manifesto Anti-d'Orfeu
·
 21h30 | Cine-Teatro São Pedro - Plateia
Guillem Albà & The All In Orchestra | "Marabunta"

·
 23h30 | Cine-Teatro São Pedro - Balcão
TochaPestana

·
 fim de noite | Cine-Teatro São Pedro - Bar
DJ Rui Veiga | “Colorau Som Sistema”


MAIS INFORMAÇÕES
http://www.dorfeu.pt/ogestoorelhudo/



publicado por olhar para o mundo às 23:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Quem dorme à noite comigo
É meu segredo,
Mas se insistirem, lhes digo,
O medo mora comigo,
Mas só o medo, mas só o medo.

E cedo porque me embala
Num vai-vem de solidão,
É com silêncio que fala,
Com voz de móvel que estala
E nos perturba a razão.

Gritar quem pode salvar-me
Do que está dentro de mim
Gostava até de matar-me,
Mas eu sei que ele há-de esperar-me
Ao pé da ponte do fim.

 

 



publicado por olhar para o mundo às 22:13 | link do post | comentar

 

 

DUETOS DA SÉ - Restaurante. Café. Bar.

Alfama | Lisboa

 "Onde a arte e a gastronomia se encontram"

 

PROGRAMAÇÃO DE CONCERTOS

DEZEMBRO - 2015

 

 

SEMANA 1

 

TERÇA-FEIRA 1 DE DEZEMBRO - 21h30

Concertos ALFAMA JAZZ

"ANDRÉ FERNANDES TRIO"

André Fernandes (guitarra), André Rosinha (contrabaixo) & João Pereira (bateria)

 

QUINTA-FEIRA 3 DE DEZEMBRO - 21h30

Concerto:

"BOSSA E OUTRAS NOVAS"

Sílvia Nazário (voz) & Cláudio Kumar (guitarra)

 

SEXTA-FEIRA 4 DE DEZEMBRO - 22h00

Concerto:

"TRAVELOGUE" - Tributo a Joni Mitchell

Teresa macedo (voz), Alexandre Diniz (piano) & António Pinto (guitarra)

 

SÁBADO 5 DE DEZEMBRO - 22h00

Concerto:

"RUI DRUMOND - PARTE DE MIM"

Rui Drumond (voz) & Aleixo Franco (piano)

 

DOMINGO 6 DE DEZEMBRO - 21h30

Concertos IN FADO

"TIZZANA"

Zana (voz) &  Domingos Silva (piano)

 

 

SEMANA 2

 

SEGUNDA-FEIRA 7 DE DEZEMBRO - 21h30

Concertos IN FADO

"FADO INVERSO"

Ana Roque (voz) & João David Almeida (guitarra)

 

TERÇA-FEIRA 8 DE DEZEMBRO - 21h30

Concertos ALFAMA JAZZ

"DANIEL NETO TRIO"

Daniel Neto (guitarra), Óscar Graça (orgão) & João Rijo (Bateria)

 

QUINTA-FEIRA 10 DE DEZEMBRO - 21h30 

Concerto:

"GUITAR MADNESS" 

Rodrigo Santo Anastácio (guitarra acústica nylon) & Cristiano Domingos (guitarra acústica aço)

 

SEXTA-FEIRA 11 DE DEZEMBRO - 22h00

Concerto:

"ON DIXIE"

Francisco Andrade (saxofone), Jean Marc Charmier (trompete), Eduardo Lála (trombone), Gil Gonçalves (tuba) & Pedro Carvalho (bateria)

 

SÁBADO 12 DE DEZEMBRO - 22h00

Concerto:

"CANÇÕES ETÍLICAS VQPRD"

Miguel Costa (voz e baixo) & Jorge Anacleto (guitarra e voz)

 

DOMINGO 13 DE DEZEMBRO - 21h30

Concertos IN FADO

"QUASE UM FADO"

Nadine Brás (voz), Artur Mendes (saxofone) & Diogo Martins (piano)

 

 

SEMANA 3

 

SEGUNDA-FEIRA 14 DE DEZEMBRO - 21h30

Concertos IN FADO

Margarida Arcanjo (voz) &  Bruno Fonseca (guitarra)

 

TERÇA-FEIRA 15 DE DEZEMBRO - 21h30

Concertos ALFAMA JAZZ

Samuel Lercher (piano) & André Rosinha (contrabaixo)

 

 

QUINTA-FEIRA 17 DE DEZEMBRO - 22h00

Concerto:

"TRIO MIGUEL MARTINS"

Miguel Martins (guitarra), André Rosinha (contrabaixo) & Joel Silva (Bateria)

SEXTA-FEIRA 18 DE DEZEMBRO - 22h00

Concerto:

"CANTO ONDO"

Tânia Cardoso (voz e adufe), Rodrigo Crespo (guitarra) & Raquel Merrelho (violoncelo)

 

SÁBADO 19 DE DEZEMBRO - 22h00

Concerto:

"CAIXA DE PANDORA"

Rui Filipe (piano), Cindy Gonçalves (violino) & Sandra Martins (violoncelo)

 

DOMINGO 20 DE DEZEMBRO - 21h30

Concertos IN FADO

"FADO ENREDO"

Daniela Mendes (voz) & André Marques Silva (guitarra)

 

 

SEMANA 4

 

SEGUNDA-FEIRA 21 DE DEZEMBRO - 21h30

Concertos IN FADO

"FADO PONTUAL"

Fernanda Paulo (voz) & Múcio Sá (guitarra)

 

TERÇA-FEIRA 22 DE DEZEMBRO - 21h30

Concertos ALFAMA JAZZ

"JAZZ CHRISTMAS"

Maria João Matos (voz) & Nuno Tavares (piano)



QUINTA-FEIRA 24 DE DEZEMBRO - 21h30

ABERTO PARA A CONSOADA DE NATAL

**COM MENU DE NATAL**

 

SEXTA-FEIRA 25 DE DEZEMBRO - 22h00

Concerto:

Marco Quelhas (voz) & Domingos Silva (piano)

 

SÁBADO 26 DE DEZEMBRO - 22h00

Concerto:

"FALUA & Amigos"

Carolina Oulman (voz), Pedro Castanheira (guitarra e piano), Francisco Andrade (saxofone tenor), & Baltazar Molina (percussão)

Convidados: Joana Lisboa (voz) & Rogério Nunes (piano)

 

DOMINGO 27 DE DEZEMBRO - 21h30

Concertos IN FADO

Cristina Andrade (voz) & Jon Luz (voz e guitarra)

 

SEGUNDA-FEIRA 28 DE DEZEMBRO - 21h30

Concertos IN FADO

"TERTÚLIA"

 Joana Amendoeira (voz) & Bruno Fonseca (guitarra)

 

TERÇA-FEIRA 29 DE DEZEMBRO - 21h30

Concertos ALFAMA JAZZ

"Djangology - The Manouche Sessions"

Nuno Marinho (guitarra), Urbano Oliveira (percussão), Sérgio Fiúza (contrabaixo)  & convidado especial

QUINTA-FEIRA 31 DE DEZEMBRO - 21h30 

Concerto de ANO NOVO 2015/2016

***MENU REVEILLON***

"UNDERCOVER AGENTS FOR THE BLUES" 

 Andreia Nunes (voz) & João Roque (guitarra e percussão)

 

 

CONCERTOS: 5 €

(excepto 31 Dezembro)

 

Duetos da Sé Restaurante. Café. Bar.

 

Travessa do Almargem  nº 1 B/C

ALFAMA, Santa Maria Maior

1100-019 LISBOA

 

**Encerrado à QUARTA-FEIRA / Closed on WEDNESDAYS

** (Excepto para reservas de grupos e eventos / Except for group bookings and events)

 

RESERVAS JANTAR / Dinner Reservations: 218 850 041

geral@duetosdase.com

 

(more info) - Para mais informações:

http://www.duetosdase.com

 

https://www.facebook.com/DuetosDaSeAlfama

https://www.facebook.com/duetos.alfama

https://www.facebook.com/duetosdase


https://twitter.com/DuetosdaSe

 

Música instrumental, Fados, Jazz, Blues, Soul, Gospel, música erudita, músicas do mundo e um forte empenho na divulgação dos músicos e da música portuguesa.

 

Venha conhecer um espaço inovador, intimista, dinâmico e multi-funcional no coração de Lisboa, Alfama.



publicado por olhar para o mundo às 19:13 | link do post | comentar

 

 

Letra

 

Hoje acordei tarde
O despertador não tocou
Decidi ligar-te
Só que ninguém falou
Mas hoje eu nem quero saber
Hoje eu não estou nem aí
Só preciso da guitarra e sou feliz
Vou para a rua, vou sair
Vou para a rua, vou cantar
O meu cão já está comigo, não me vai falhar
Se há pessoas meto conversa
Se não respondem não me interessa
OoohOhhhOhhhOhhh
Hoje acordei tarde
O despertador não tocou
Decidi ligar-te
Só que ninguém falou
Mas hoje eu nem quero saber
Hoje eu nem estou nem aí
Só preciso da guitarra e sou feliz
Vou para a rua, vou sair
Vou para a rua, vou cantar
O meu cão já está comigo, não me vai falhar
Se há pessoas meto conversa
Se não respondem não me interessa
OhhhOhhhOhhhOhhh
Let's go
O dia começou, o telefone tocou
Tinha o olho a meio asto, carreguei no silêncio
Eras tu do outro lado, devia ter atendido
A última vez que falámos tinha ficado prometido
Estava a dormir, não me leves a mal
Baby, arrependido estou por ter falhado
Baby, deixa mensagem espero que haja contorno
O tempo vai passando e eu ainda sem retorno
Desta vez não esperou, desistiu, arrancou
Desiludi-a pela última vez e arrebentou
O descuido foi guiar
E sem direito a comentário, eu perdi, ela largou
Agora solitário vou pensando nos porquês
No meu imaginário encontro a lucidez
Tarde passou a hora, por preguiça ou estupidez
O perdador faria tudo para tocar mais uma vez
OhhhOhhhOhhhOhhh
Vamos despertar sem pressa, mano
OhhhOhhhOhhh
Vamos despertar sem pressa, mano

 



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post | comentar

ciranda.jpg

 

 

Apresentação dos cabazes Verdejar + “Uma dúzia de canções da terra” pelo Colectivo Ciranda na Casa das Artes
quarta-feira, dia 2 de Dezembro, às 18h00

 

A Verdejar dedica-se à produção e comercialização de produtos de agricultura biológica e entrega de cabazes personalizados e cheios de frescura com produtos hortícolas, frutas e ervas aromáticas. A Casa das Artes vai passar a ser um ponto de recolha semanal desses mesmos cabazes. E para celebrar a sementeira deste feliz encontro, irá realizar-se o concerto “Uma dúzia de canções da terra” pelo Colectivo Ciranda, precedido por uma pequena apresentação de todo o processo de produção e distribuição dos cabazes. Nada melhor do que uma selecção de músicas tradicionais sobre a terra e a vida no campo para nos deixarmos levar por esta colheita.  

 

https://www.facebook.com/events/949048578498406/



publicado por olhar para o mundo às 12:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 11:13 | link do post | comentar

theramblers.jpg

 

 

A  tour dos lisboetas continua em 2016, mas esta sexta tocam em casa, no Popular Alvalade

 

Lisboa e Évora encerram 2015, com o Popular Alvalade no dia 4 e a Sociedade de Harmonia Eborense no dia 12.



Braga, Guimarães, Setúbal, Matosinhos, Espinho, Guarda e Pombal estão já confirmados para 2016.

 

Os The Ramblers formaram-se em Lisboa no ano de 2007, adotando como suas maiores influências as sonoridades do Rock n' Roll, Blues e Soul das décadas de 50 a 70.

 

Em Portugal são a banda-referência da nova geração do Blues-Rock e carregam o legado de "monstros" do Blues internacionais: 

 

A abertura dos concertos de B.B King (Rock 'n' Roll Hall Of Fame)Ian Siegal (UK Blues Hall Of Fame) Carvin Jones (Guitarrist Magazine 50 Greatest Blues Guitarrists of All-Time) são apenas alguns dos palcos já pisados.

 

Promovem agora o seu trabalho mais recente: «Wet Floor» (2015) - Produzido por Uriel Pereira (ex-Go Graal Blues Band), apresentando o seu registo mais maduro até à data.



publicado por olhar para o mundo às 10:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

Terça-feira, 1 de Dezembro de 2015

davidfonseca.jpg

 

 

David Fonseca desvenda o futuro em Estarreja

A viagem futurista tem partida marcada para as 21h30 da próxima sexta-feira, 4 de dezembro. O músico e compositor natural de Leiria é um dos destaques de dezembro no Cine-Teatro de Estarreja. Entre presentes, bolo-rei e vinho quente, o Natal chega polvilhado por mais concertos, espetáculos de dança e comédia.

 

A digressão de apresentação de “Futuro Eu”, novo disco de David Fonseca, tem paragem obrigatória no Cine-Teatro de Estarreja (CTE). Desde que o concerto foi anunciado, a corrida aos bilhetes não para, resultando numa lotação praticamente esgotada para 4 de dezembro, sexta-feira.

 

David Fonseca dispensa apresentações desde que os Silence 4 se tornaram num dos maiores sucessos do pop/rock português. O músico de 42 anos, formado em cinema, continua a ser capaz de se reinventar musicalmente. “Futuro Eu” é um álbum que, além de ser totalmente cantado na língua de Camões, complexificando o universo musical de David, dá também nome ao espetáculo que chega agora a Estarreja e onde o inesperado é a única certeza.

 

A crítica não se inibe em elogios: nas palavras de Vítor Belanciano, “Futuro Eu” é “coisa rara de se ver, por estes dias, no centro do mercado nacional dominado pelos subprodutos formatados” (jornal Público, 19 de outubro 2015).

 

“Chama-me que eu vou”, “Hoje eu não sou” e o homónimo “Futuro Eu” são alguns dos temas deste novo álbum que circulam nas redes sociais e rádios nacionais. Depois dos concertos de 2007 e 2011, o regresso deste carismático criador à principal sala de espetáculos estarrejense é aguardado com grande entusiasmo.

 

Mais espetáculos antes e depois do Natal

 

Com uma carreira profundamente enraizada na tradição de música popular ibérica, Pedro Jóia, o mais brilhante guitarrista português da sua geração, traz uma nova abordagem à música popular urbana. O músico apresenta-se a solo no Café-Concerto do CTE, no próximo dia 12 de dezembro.

 

Do calor da lareira sai “Lago dos Cisnes”. Dia 13 de dezembro, às 17h, a Russian Classical Ballet apresenta esta obra-prima do ballet clássico, com música de Tchaikovsky e coreografia de Petipa, rodopiando pelo espírito natalício e entrando num mundo de fantasia pelas pontas dos pés.

 

Dia 19 de dezembro é a vez de Alda (Teresa Guilherme) e Paulo (Manuel Marques) ensinarem a plateia a ser feliz. O CTE abre as portas à comédia, com o espetáculo “Guia para a Felicidade” e a revelação de métodos seguidos por muitos casais famosos.

Depois de terem estado no Café-Concerto do CTE em abril deste ano, ficou o desafio: juntar os Contraponto e os coros do concelho de Estarreja num espetáculo de Natal. Os ensaios já começaram e o resultado pode ser apreciado, a capella, no próximo dia 27 de dezembro.

 

Animação a dobrar

 

A atualidade do cartaz de cinema continua. “The Hunger Games: A Revolta - Parte 2” (6 de dezembro, 17h) e “Leão da Estrela” (20 de dezembro, 17h) são os próximos filmes em exibição, num cartaz composto por “Lendas de Oz: O regresso de Dorothy” (6 de dezembro, 10h30) para famílias. Este mês a sessão de Cinema Infantil não se fica pelo primeiro domingo do mês. Durante as férias de Natal os mais novos podem assistir à versão cinematográfica de “O Principezinho”, dia 27 de dezembro, às 10h30.

 

No âmbito do ciclo Quintas de Cinema, “Nós na Rua” (3 de dezembro), de Luís Margalhau, e “Estações da Cruz” (17 de dezembro), do alemão Dietrich Brüggemann chegam ao grande ecrã do CTE em sessões agendadas para as 21h30 e antecedidas, respetivamente, pelas curtas-metragens “Timor Loro Sae”, de Vítor Lopes, e “Cães Marinheiros”, de Joana Toste.

 



+

http://www.cineteatroestarreja.com
http://www.facebook.com/cinestarreja
http://twitter.com/CTE__



publicado por olhar para o mundo às 23:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 22:13 | link do post | comentar

 

 

Letra

 

O meu amor foi para o Brasil nesse vapor
Gravou a fumo o seu adeus no azul do céu
Quando chegou ao Rio de Janeiro
Nem uma linha escreveu
Já passou um ano inteiro

 

Deixou promessa de carta de chamada
Nesta barriga deixou uma semente
A flor nasceu e ficou espigada
Quer saber do pai ausente
E eu não lhe sei dizer nada

Anda perdido no meio das caboclas
Mulheres que não sabem o que é pecado
Os santos delas são mais fortes do que os meus
Fazem orelhas moucas do peditório dos céus
Já deve estar por lá amarrado
Num rosário de búzios que o deixou enfeitiçado

O meu amor foi seringueiro no Pará
Foi recoveiro nos sertões do Piauí
Foi funileiro em terras do Maranhão
Alguém me disse que o viu
Num domingo a fazer pão

O meu amor já tem jeitinho brasileiro
Meteu açúcar com canela nas vogais
Já dança forró e arrisca no pandeiro
Quem sabe um dia vem
Arriscar outros carnavais

Anda perdido no meio das mulatas
Já deve estar noutros braços derretido
Já sei que os santos delas são milagreiros
Dançam com alegria no batuque dos terreiros
Mas tenho esperança de que um dia a saudade bata
E ele volte para os meus braços caseiros

Está em São Paulo e trabalha em telecom
Já deve ter “doutor” escrito num cartão
À noite samba no “Ó do Borogodó”
Esqueceu o Solidó, já não chora a ouvir Fado
Não sei que diga, era tão desengonçado
Se o vir já não quero, deve estar um enjoado

 

 Letra de Carlos Tê



publicado por olhar para o mundo às 21:14 | link do post | comentar | ver comentários (4)

QUINTAS ABERTAS - AGRICULTURA DOS SONS

ENCONTROS COM COMPOSITORES

barrytruax.JPG

 

5.ª Aberta - Barry Truax

 

3 de Dez. de 2015 21:30

O'culto da Ajuda
Lisboa, Portugal 

Para esta última Quinta Aberta - Agricultura dos Sons em 2015 temos um convidado especial... o compositor canadiano Barry Truax, pioneiro da síntese granular; e que juntamente com R. Murray Schafer concebeu o World Soundscape Project (WSP). Membro-fundador da Canadian Electroacoustic Community (CEC) e do World Forum for Acoustic Ecology (WFAE), as suas obras são regularmente apresentadas nos mais conceituados eventos (festivais e concursos) internacionais da nova música, sendo que em 1991 a sua emblemática Riverrun foi premiada com o Magisterium no Concurso Internacional de Música Electroacústica em Bourges, França. 

Venham participar connosco neste encontro com Barry Truax, personalidade essencial no que à música electroacústica diz respeito!

Entrada gratuita! 

 
 
 

O’culto da Ajuda

Miso Music Portugal
art music centre
because sound matters
..............................................................
+ 351 213620382
 
Travessa das Zebras, nº 25/27, 
(à Calçada da Ajuda)
1300-589 Belém, 
GPS
Latitude=38.699070
Longitude=-9.198810
Lisboa, Portugal 


publicado por olhar para o mundo às 21:13 | link do post | comentar

 

 

Letra

 

I'D LIKE TO WISH YOU A MERRY CHRISTMAS

I'd like to wish you a merry Christmas
And a happy holiday
And since you love Christmas songs
I wrote this one today

I'd like to wish you a merry Christmas
And a happy holiday
And since you love Christmas songs
I sing this one today

It's cold outside but warm in here
I am in ecstasy
The Angels sing, the children play
And dance to this melody!

 



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post | comentar

 

 

Documentários sobre o punk em Portugal, a música de rua na Indonésia e sobre a arte urbana afegã em tempo de guerra integram em Dezembro a segunda edição do MuviLisboa – Festival Internacional de Música no Cinema.

 

Da programação fazem parte filmes de ficção e documentários que registam movimentos artísticos e retratam figuras e bandas da música portuguesa e internacional.

 

O MuviLisboa decorrerá de 1 a 6 de Dezembro no cinema São Jorge, em Lisboa, com curtas e longas-metragens, com uma competição nacional, outra internacional e retrospetivas.

 

Entre os filmes selecionados para a competição nacional contam-se, por exemplo, A um passo da loucura: Punk em Portugal 78-88, de Hugo Conim e Miguel Newton, Porque Não Sou o Giacometti do Século XXI, de Tiago Pereira, e Música Moderna – Um filme em disco de TochaPestana, de TochaPestana.

 

Na competição internacional há a registar várias estreias, entre as quais “Creative Despite War”, de Ruì Díaz e Christian Rinke-Lazo, que acompanha a vida de novos artistas afegãos em contexto de guerra, e “Jalanan”, de Daniel Ziv, sobre músicos de rua em Jacarta.

 

A organização selecionou ainda documentários sobre o guitarrista espanhol Paco De Lucía, o músico brasileiro Dominguinhos, sobre o grupo punk londrino The Dammed e sobre a banda heavy metal norte-americana Twisted Sister.

 

Em retrospetiva, o Muvi mostrará o filme Música no Coração (1965), exibido pela primeira vez em Portugal numa versão restaurada em 4K, Quase Famosos (2000), edição revista pelo realizador Cameron Crowe, e Whiplash – Nos Limites (2015), da curta à longa.

 

O clássico natalício realizado há 50 anos por Robert Wise regressa ao grande ecrã com a melhor imagem que a tecnologia permite mostrar. Cada fotograma da película original – em 70 mm – foi digitalizado em 8K e posteriormente reajustado para uma versão de 4K, que será apresentada uma única vez no MuviLisboa 2015, homenageando Julie Andrews e Christopher Plummer.

 

Quase Famosos, o monumento semi-biográfico ao rock dos anos 70 realizado por Cameron Crowe (Singles, Jerry Maguire, Vanilla Sky ou Pearl Jam Twenty), e protagonizado por Billy Crudup, Frances McDormand, Kate Hudson, Zooey Deschanel, Anna Paquin ou Philip Seymour Hoffman, é outro Acorde Histórico, de um festival que pretende ter, cada vez mais, boa memória.

 

Da curta à longa é uma nova secção do festival. Para a estrear nada menos que Whiplash – Nos Limites, vencedor de três Óscares e considerado por muitos um dos filmes do ano. Uma oportunidade única de (re)ver a brilhante prestação de J.K. Simmons na longa-metragem mas também na curta que lhe deu origem, um ano antes.

 

Será ainda exibido o documentário When Bjork met Attenborough (2013), que regista um encontro entre a cantora islandesa Bjork e o naturalista David Attenborough, numa altura em que a artista preparava o álbum Biophilia.

 

Apresentado como o único festival de cinema dedicado em exclusivo à música, o MuviLisboa tem a decorrer, até ao dia 13 de Novembro, uma campanha de angariação de 2.500 euros pela Internet (através de crowdfunding) para financiar a produção do festival.

Programação completa aqui.

 

Retirado de Antena 3



publicado por olhar para o mundo às 12:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email
mais sobre mim
posts recentes

O Blog Mudou de casa

Fado Insulano - José Mede...

Cantiga da terra - Zeca M...

"Aprendiz de Feiticeiro -...

Milhafre das Ilhas - Luis...

Sara Tavares - Ter Peito ...

Banho Maria - Não Há Amor...

Sara Tavares - Fitxadu ft...

JUNGLE EVA - TT SYNDICATE

João Granola estreia vide...

arquivos

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

tags

todas as tags

links
comentários recentes
E é "Não dizem duas quando estão ao pé de ti"...
com o soquete p'lo artelho, um soquete é uma meia.
Pena estes rapazes não terem mais popularidade. A ...
Nome do autor da letra?Não se escreve?Falta de res...
A LETRA É ASSIM!!!E NÃO ASSADO!!!!MaMãe, tu estás ...
As partes que não consegui perceber estão com reti...
https://www.google.pt/amp/s/www.musixmatch.com/pt/...
Vou adicionar nos meus favoritos, sou brasileira, ...
" Para que o tremoço o almoço e o alvoroço demorem...
Letra e música do SiulProdução do Siul Sotnas e Mi...
Posts mais comentados
blogs SAPO
subscrever feeds