Segunda-feira, 27 de Julho de 2015

 

MARCO RODRIGUES

Novo álbum é já sucesso



"Fados do Fado" entrou nas tabelas de vendas

O novo álbum de Marco Rodrigues, acabado de editar, é já um sucesso comercial e de crítica. "Fados do Fado", assim se chama o disco, entrou para lugares cimeiros da tabela de vendas e tem sido bem recebido pela crítica e pelos fãs de sempre do músico.
 
Marco Rodrigues, que neste disco quis prestar homenagem aos homens do fado, tem entretanto um novo vídeo: o teledisco de "Arraial", uma das canções de "Fados do Fado", que estreou hoje.
 
"Fados do Fado" é produzido por Diogo Clemente - que já trabalhou, por exemplo, com Mariza ou Raquel Tavares – e é o primeiro trabalho do fadista sem temas originais, sendo homenageados nomes como Carlos do Carmo, Tristão da Silva, Jorge Fernando ou Tony de Matos.
 
Vencedor da Grande Noite do Fado, em 1999, e do Prémio Revelação Amália Rodrigues, em 2007, ao longo de mais de década e meia de carreira, o fado deMarco Rodrigues já viajou pelo país e pelo mundo, com concertos em Londres, no Royal Festival Hall, com Mariza, ou no HSBC, em São Paulo, com Maria Gadu.
 
Em 2006 Marco Rodrigues lançou o seu primeiro disco, "Fados da Tristeza Alegre". O seu trajeto musical prossegue com o galardoado "Tantas Lisboa", onde trabalhou com nomes como Carlos do Carmo, Mafalda Arnauth e Boss AC. Mais recentemente, em 2013, editou o disco "Entre Tanto", disco que viu Marco Rodrigues a expor novamente a sua constante busca pelas várias ramificações do fado.
 
O reconhecimento do público e da imprensa em Portugal e no estrangeiro é uma realidade e o novo "Fados do Fado" é o disco de afirmação de Marco Rodrigues.


publicado por olhar para o mundo às 12:13 | link do post | comentar

 

 

Letra

 

Mais 1 Comboio
(letra de Jorge Palma / música de Flak)

Vejo tanto olhar encafuado
Em automóveis bestiais
Casos graves de bem estar,
Por mais que tenham, nunca têm a mais.

Aleijados do conforto
Refugiados na T.V.
O pior não é estar triste,
O pior é não saber porquê.

Há o entretenimento
Há o remoto control
Há-de haver mais um comboio
Para o centro comercial

Nesta altura ninguém faz greve,
Embora muitos tentem adormecer
Alguns vão derretendo a neve
Nas colheres a ferver

Nas entradas do metro, o frio
É combatido com papel de jornal
Útil informação para os que estão na frente,
Cegos pelas luzes do Natal

 



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

Domingo, 26 de Julho de 2015

xutos.jpg

 

 

A segunda edição do festival vai realizar-se nos dias 13, 14, 15 e 16 de agosto.

 

Xutos & Pontapés, o brasileiro Marcelo D2, Jorge Palma, Regula e Richie Campbell são os primeiros artistas a confirmar a sua presença no Sol da Caparica, um festival de verão que é dedicado à música portuguesa e da lusofonia.

 

"É muito importante ter um festival que dá visibilidade à música portuguesa, e muito especialmente ao hip hop", comenta Regula a propósito da sua presença no festival. Depois de ter participado no colectivo 5:30, ao lado de Fred Ferreira e Carlão, o músico apresenta agora o seu novo disco, Casca Grossa, na Costa da Caparica, um sítio onde já passou muitas férias: "Sinto-me em casa".

 

Em 2014, a primeira edição do festival teve mais de 65 mil espectadores. Os bilhetes para esta segunda edição já estão à venda na Fnac.

 

Retirado do DN



publicado por olhar para o mundo às 22:16 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post | comentar

reverence valada.jpg

Cerca de 50 bandas atuam em três palcos diferentes durante mais de 12h por dia de música ininterrupta. Vê aqui os horários dos concertos.

De 27 a 29 de Agosto, mais de 50 bandas vão passar por Valada no Cartaxo. No entanto, mais que um festival de música, o Reverence Festival Valada pretende ser uma experiência única em comunhão com a região que o acolhe.

A aldeia de Valada é o cenário perfeito para os 3 palcos – Rio, Praia e Reverence, com uma oferta eclética e alargada, perfeitamente integrados no fantástico ambiente natural à beira Tejo.

Os horários e alinhamentos de cada palco estão agora disponíveis, podendo já começar a fazer o teu roteiro.

horarios

À programação musical, junta-se uma programação cultural mais alargada que inclui artes plásticas, artes performativas e uma mostra de cinema temática.

Durante o festival, o público tem também acesso a outros momentos de lazer proporcionados por parceiros locais como atividades aquáticas, passeios pelo rio em barcos típicos e a possibilidade de provar a melhor gastronomia local.

Em 2015, o Reverence Festival Valada inicia uma nova fase. Depois da primeira edição em 2014, o “Festival da Música Psicadélica”, como é conhecido pelos habitantes de Valada, assume ainda mais responsabilidades na promoção da música e cultura alternativas.

Passe 3 Dias:
65€ de 1 de Julho a 26 de Agosto
70€ de 27 a 29 de Agosto

Bilhetes diários: (sexta ou sábado)
40€ de 1 de Julho a 26 de Agosto
45€ de 27 a 29 de Agosto

Bilhetes Quinta-Feira
10€ de 13 de Fevereiro a 26 de Agosto
15€ a 27 de Agosto

 

Retirado de Arte Sonora



publicado por olhar para o mundo às 10:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

Sábado, 25 de Julho de 2015

O Andanças 2015 é de festa!

Num misto entre diversidade, celebração e novidade, o programa de bailes e concertos congrega projetos musicais que foram crescendo com o festival ao longo destes 20 anos e outros que atuam pela primeira vez em território nacional.





CONSULTE TODA A PROGRAMAÇÂO

O Andanças é um festival que promove a música e a dança popular enquanto meios privilegiados de aprendizagem e intercâmbio entre gerações, saberes e culturas. Com um olhar dos dias de hoje, o Andanças propõe-se reavivar hábitos sociais de viver a música retomando a prática do baile popular através de múltiplas abordagens às danças de raiz tradicional, portuguesas e do mundo, com vista à recuperação das tradições musicais e coreográficas, fundindo-as com elementos contemporâneos.


Andanças 

 

Retirado de Antena 1



publicado por olhar para o mundo às 23:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 

 



publicado por olhar para o mundo às 22:13 | link do post | comentar

byonritmos.jpg

 

 

Festival Byonritmos nos dias 30 e 31 de Julho e 1 de Agosto  na Casa da Juventude de Baião com o apoio da Antena 1!


Três dias de concertos, bailes, teatro, oficinas de instrumentos e actividades múltiplas para todas as idades.

30 JULHO - QUINTA-FEIRA
PALCO MONDOTRAD (bailes)
22.00-23.30 – PAULO BASTOS
23.30-01.00 – B´RBICACHO
PALCO EIRA (concertos)
01.00-02.30 – ZUKRA

31 JULHO - SEXTA-FEIRA


PALCO MONDOBALLS (oficinas de dança)
10.30-12.00 – OFICINA DE DANÇA TRIBAL AFRICANA – com Eva Azevedo
12.00-13.30 – OFICINA DE DANÇAS EUROPEIAS – com B´rbicacho
15.00-16.30 – OFICINA DE DANÇAS DE BAILÓMONDO – com Diana Azevedo
16.30-18.00 – OFICINA DE DANÇAS PORTUGUESAS A PAR E PASSO – com Banda Bailias


ESPAÇO CONNECTART (transmissão de repertório musical)
15.00-16.30 – A SESSÃO DE VOZ – com Sebastião Antunes
16.30-18.00 – A SESSÃO DE MELODIA – com Propagode


ESPAÇO CRIANÇAS


11.00-12.00 – CONSTRUÇÃO DE MALABARES (BYONCRECHE)
12.00-13.00 – EXPRESSÃO DRAMÁTICA FAMÍLIAS (BYONCRIANÇAS)
15.00-16:00 – INICIAÇÃO AOS MALABARES (BYONCRIANÇAS)
16.30-17.30 – DANÇA TRIBAL AFRICANA PARA CRIANÇAS (BYONCRIANÇAS)
17.30-18.30 – CONTOS TRADICIONAIS DE BAIÃO (BYONCRIANÇAS)


ESPAÇO ALTERNATIVO


16.30-17.30 – YOGA (ADULTOS)
17.30-18.30 – SEMENTES TERAPEUTICAS (ADULTOS)


ESPAÇO FORUM


10.30-11.30 – NUTRIÇÃO (COM)VIDA – COCKTAIL
15.00-16.00 – APRESENTAÇÃO DE UM LIVRO


PALCO EIRA (concertos)


21.00-22.00 – BUG


PALCO MONDOTRAD (bailes)


22.00-23.30 – BAILÓMONDO
01.00-02.30 – BAILIAS


PALCO ANTENA 1 (concertos)


23.30-01.00 – ANDARILHOS
02.30-04.00 – UXUKALHUS


1 AGOSTO – SÁBADO


PALCO MONDOBALLS (oficinas de dança)


12.00-13.30 – OFICINA DE DANÇAS DOS BALCÃS – com Mirjam Dekker
15.00-16.30 – OFICINA DE DANÇA TRIBAL AFRICANA – com Eva Azevedo
16.30-18.00 – OFICINA DE VALSAS ÍMPARES – com Eva Parmenter


ESPAÇO CONNECTART (transmissão de repertório musical)


15.00-16.30 – A SESSÃO DE HARMONIA E MELODIA - com David Rodrigues e Pedro Prata (String Fling)
16.30-18.00 – A SESSÃO DE PERCUSSÃO – com Júnior (Terrakota)


ESPAÇO CRIANÇAS


10.30-11.30 – YOGA PARA CRIANÇAS (BYONCRIANÇAS)
12.30.13.30 – MANTA DE RETALHOS Ex.Plástica (BYONCRIANÇAS)
14.30-16.00 – PINTURAS COM O CORPO (BYONCRIANÇAS)
16.30-18.00 – CONSTRUÇÃO DO BONECO ECOLÓGICO (BYONCRIANÇAS)


ESPAÇO ALTERNATIVO


10.30-12.00 – MINDFULNESS (ADULTOS)
12.00-13.30 – DEFESA PESSOAL (ADULTOS)
15.00-17.00 – CONCERTO MEDITATIVO (FAMÍLIAS)
17.00-18.00 – VELAS ARTESANAIS (FAMÍLIAS)


ESPAÇO FÓRUM

 


10.30-12.00 – CUIDADOS BÁSICOS DE SAÚDE COM ANIMAIS DE COMPANHIA
15.00-17.30 – DOURO VERDE
PALCO MONDOBALLS (bailes)


21.15-21.45 – A JU DANÇA (Espetáculo de Dança Inclusiva)
22.00-23.30 – STRING FLING
01.00-02.30 – CARAVANA TRIO


PALCO ANTENA 1 (concertos)


23.30-01.00 – OLIVETREE DANCE
02.30-04.00 – TERRAKOTA

 

Retirado de Antena 1



publicado por olhar para o mundo às 19:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Talvez seja isto a solidão
Este nó no coração
Apertado com saudade
Talvez seja isto o abandono
Como as folhas do Outono
Que se espalham na cidade

Talvez seja só isto que sobra
Quando o tempo vem e cobra
A alegria que nos deu
Talvez seja só isto que resta
Quando nada já nos presta
Quando tudo já doeu

O que mais custa
É não saber de ti
Não saber se me esqueceste
Não saber se me perdeste
Não saber se te perdi

Talvez se eu voltasse a ser brinquedo
Eu matasse este meu medo
De já não servir ninguém
Talvez se eu voltasse à tua mão
Se acabasse a escuridão
E ouvisse mais além

Talvez seja isto que magoa
O vento e o tempo não perdoa
E que o teu amor passou
Talvez seja assim que tudo acaba
Pode ser que talvez nada
Nos avise que acabou

O que mais custa é não saber de ti
Não saber se me esqueceste
Não saber se me perdeste
Não saber se te perder

O que mais custa é não saber de ti
Não saber se me esqueceste
Não saber se me perdeste
Não saber se te perder

 



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post | comentar

16º Festival Intercéltico de Sendim


De 31 de Julho a 1 de Agosto decorre em Sendim a 16ª Edição do Festival Intercéltico.
 
A Antena 1 vai acompanhar este Festival com a reportagem de Armando Carvalhêda.
Fique atento às reportagens e à transmissão do concerto da Brigada Victor Jara dia 1de Agosto às 23:15


Sob o signo das conexões ibéricas


Pensamos que, na sua extraordinária diversidade, a folk ibérica se tem vindo a tornar progressivamente mais forte como expressão cultural, impondo-se o reforço desta capacidade de expressão e de intervenção de modo permanente. E, tendo em consideração o já quase crónico deficit de divulgação na comunicação social, assume, na nossa opinião, uma importância decisiva e fundamental a programação dos festivais folk: deve ser aberta nos seus critérios de escolha, plural nas suas expressões e manifestações, abrangente das distintas geografias, procurando incorporar factores susceptíveis de deslocarem públicos.

Neste contexto de reconhecida necessidade de incremento da diversidade, podem (devem) criar-se parcerias de programação e isso terá de significar uma efectiva mudança qualitativa que deve constituir uma espécie de aposta na mais-valia cultural para os festivais folk. Se já se pode constatar a prática de uma certa viragem neste sentido no panorama das chamadas “músicas do mundo” (para as quais existem em Espanha festivais muito bem conseguidos em termos programáticos e em Portugal alguns escassos exemplos que apontam no mesmo sentido) porque não procurar idênticos padrões de diversidade expressiva no campo dos festivais folk ibéricos?

Como prova desta nossa opção programática de diversidade privilegiando relações de proximidade intercultural, permitimo-nos apresentar uma programação sob o signo das conexões ibéricas para a edição de 2015.

BRIGADA VICTOR JARA Portugal
Celebram 40 anos – é obra! – de presença seminal na frente de excelência da folk portuguesa, constituindo uma das mais poderosas propostas de recriação do nosso legado tradicional. Não é muito frequente mas por vezes acontece: integrando-se no complexo e, não raro, controverso processo da revivificação da nossa música tradicional, a Brigada Victor Jara “confunde-se" com a história desse movimento/dinâmica cultural, tendo assumido foros de pioneirismo o trabalho nesse sentido desenvolvido, de tal modo que, a cada obra publicada, eram (re)definidos os caminhos por andar, as repropostas por fazer. Esta postura veio a revelar-se determinante para que cada obra da Brigada Victor Jara acabasse por constituir um degrau mais da exemplar ascensão revivificadora, por um lado, e uma poderosa sugestão/estímulo para exploração de novos enraizamentos expressivos. Tanto mais que as fontes – nunca perdidas de ouvido – não só eram garantia mais que suficiente dessa ligação à tradição mas também porque a (re)criação se operava numa área de "confronto" entre a tradição e a modernidade "resolvido" com inovadora e renovadora criatividade:

Foram muito generosos os deuses destas músicas: tornando inesgotável a fonte de inspiração e de recriação, ainda propiciaram bons augúrios para que o festim servido pela Brigada Victor Jara ao longo destes 40 anos fosse sempre tão cativante e apetecível!

RARE FOLK Andaluzia
São uma formação histórica andaluz, nascida em 1992, com um percurso que os tornou uma referência no panorama ibérico, porque souberam sempre reinventar-se, numa constante evolução e procura de uma linguagem própria e diferenciadora, manifestando uma singular visão na qual a música celta abraça o rock e a vanguarda electrónica, tendo como resultado final um som deliciosamente elaborado e carregado de energia. De modo algum enjeitando um multiculturalismo que caracteriza uma terra que sempre foi ponto de encontro de culturas e de tradições das mais variadas gentes e povos, os Rare Folk lançam mão dos mais variados géneros musicais – música celta, jazz, rock, ritmos orientais e africanos, música electrónica –, o que determinou que, com toda a propriedade, se tenha definido a sua proposta como “Freestyle Folk”.

SEU Astúrias
As sendas escavadas nas rochas dão o nome ao grupo porque têm plena consciência de que o tipo de música escolhido por instrumentistas com experiência em distintos grupos asturianos (Corquiéu, Pamuskis, Corzobeyos, Buhos ou Jake Mate) significa terem de percorrer um caminho duro e difícil. Inserem o seu projecto no quadro expressivo do folk progressivo, com propostas de fusão que procuram reflectir a paisagem sonora contemporânea: procuramos ritmos compostos e metemo-nos por umas sendas bastante complicadas.

ARREFOLE Portugal
Nascidos no Porto em 2000, os Arrefole são uma esperança e um novo alento da música portuguesa de raiz, apresentando uma proposta criativa e original, emotiva e provocativa, onde a música tradicional do Minho e de Trás-os-Montes ganha novo fôlego e atrevimento, através de alguns arranjos talvez considerados pouco convencionais pelos mais puristas. Mas os Arrefole sabem transportar este legado patrimonial à sua e nossa realidade, e os temas originais transmitem essência própria e essa passagem de influência e de saber hereditário, onde a tradição dá lugar à inovação. Eles provocam a nossa imaginação, acentuam uma vontade subliminar de também vivermos essas viagens e experiências urbanas, os contrastes cognitivos que nos possam surpreender ao som dos Arrefole, descobrindo uma nova identidade dentro do dia-a-dia duma realidade cada vez mais globalizada. (Sara Vidal)

CECINA DE LÉON Léon
Oriundos das vizinhas terras leonesas e partilhando um fundo cultural comum com as lusas gentes do norte, este grupo faz da música um acto de convívio colectivo, com uma proposta de folk delicado e progressivo, recriando temas tradicionais e avançando com as suas próprias composições. As vozes da crítica coincidem em considerar Cecina de Léon grupo de música tradicional que mistura os seus ritmos com poesia, prosa e letras transgressoras.

ANDRÉS PENABAD Galiza
Considerando que o acordeão nunca foi devidamente valorizado nas terras da Galiza, Andrés Penabad desde muito cedo e graças ao estímulo familiar começou a percorrer os caminhos que o haveriam de levar a provar – e de que maneira! – de que com esse instrumento, que muito influenciou a música actual, se pode fazer uma festa em tons maiores de celebração. Tendo-se cruzado com gente da linha da frente da folk ibérica, como Bieito Romero e Kepa Junkera, Andrés Penabad é hoje um das grandes referências da folk galega.


PROGRAMA MUSICAL

MIRANDA DO DOURO Largo D. João III
30 Julho 2015
22h15 ANDRÉS PEÑABAD Galiza
23h15 CECINA DE LÉON FOLK Castela/Leão

SENDIM Parque das Eiras
31 Julho 2015
22h15 CECINA DE LÉON FOLK Castela/Leão
23h15 ARREFOLE Portugal
00h30 SEU Astúrias

1 Agosto 2015
22h15 ANDRÉS PEÑABAD Galiza
23h15 BRIGADA VICTOR JARA Portugal
00h30 RARE FOLK Andaluzia

SENDIM Largo da Igreja
2 Agosto 2015 15h00
IV ENCONTRO IBÉRICO DE DANÇAS DE PAULITEIROS


ACTIVIDADES PARALELAS

MIRANDA DO DOURO

30 Julho/2 Agosto 2015 (14h00/20h00)
Máscara Ibérica: Os rituais da máscara
Exposição – Casa da Música Mirandesa, Biblioteca Municipal e Casa da Cultura

SENDIM
30 Julho/2 Agosto 2015 (14h00/20h00)
Máscaras Transmontanas (Artesão: Carlos Ferreira)
Exposição – Casa da Cultura de Sendim

31 Julho/1 Agosto 2015 (14h00/20h00)
Feira da Arte e Cultura Mirandesa
Casa da Cultura de Sendim

1 Agosto 2015 (09h00/12h00)
Ruta de ls Celtas: Caminhada sendintercéltica
Partida da Junta de Freguesia de Sendim

1 Agosto 2015 (12h00/13h00) Casa da Cultura
Lembrar José Afonso
Mário Correia: Livro “José Afonso – Andarilho nas Astúrias,” com apresentação de Paulo Esperança.
AJA Santarém: Disco “José Afonso & Tino Flores – Concerto em Paris 1970 (disco)

1 Agosto 2015 (14h30/15h45) Casa do Pauliteiro
Vamos Falar de Gaitas de Foles
Jorge Lira: Três Décadas de Estudo da Gaita de Foles
Henrique Fernandes: A Alma da Gaita de Foles Mirandesa

1 Agosto 2015 (16h00/16h45) Terreiro Alma Penada
Aula Comentada de Música Tradicional Mirandesa
Lérias – Associação Cultural

1 Agosto 2015 (17h00/18h15) Casa da Cultura
Lembrar Amadeu Ferreira
Mário Correia: Que é feito do pastor João?
Recordar… Amadeu Ferreira

1 Agosto 2015 (18h45/19h45) Largo da Igreja
Oficina de Danças Mirandesas
Lenga-Lenga: Gaiteiros de Sendim

2 Agosto 2015 (15h00/17h00) Largo da Igreja
IV Encontro Ibérico de Danças de Pauliteiros
Associação de Pauliteiros de Sendim e Comissão de Festas de Santa Bárbara 2015)


Organização: Centro de Música TradicionaL Sons da Terra
Facebook: Festival Intercéltico de Sendim
 
Retirado de Antena 1

 



publicado por olhar para o mundo às 12:13 | link do post | comentar

 

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 11:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

de 5 em 7 dias muda o tamanho dos teus pés
no sabado ainda sabia mas é segunda eu já não sei quem és
pra ti as vezes a cama é grande e outras vezes nem cabes lá
um dia gostas de brincar na cozinha e outro dia é no sofá

ó tu que gostas tanto das minhas pestanas
porque é que o teu cheiro é tão diferente todas as semanas?

escolher o prato errado, no teu nome não acertar
mudas de 5 em 7 dias não te zangues se eu me enganar
o numero das tuas fobias aumenta de volume
em dias eras peixe, tu agora és um cardume

eu já perdi a conta a todos os teus perfumes
passam os dias e tu não tens os mesmos costumes
o numero das tuas fobias aumenta de volume
em dias eras peixe, tu agora és um cardume

tu não vais voltar
de 5 em 7 dias tu vais mudar
tu não vais querer ser
de 5 em 7 dias vais desaparecer

 



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

Sexta-feira, 24 de Julho de 2015

 

 

2Play: “Finally” chega às lojas digitais

 

 

A data de edição do EP de estreia dos 2Play é finalmente conhecida: 24 de julho. Com o mesmo nome do single de apresentação, “Finally”, este primeiro trabalho discográfico da banda de Vila Real passa assim a estar disponível nas principais lojas digitais já a partir de sexta-feira. O selo é da Music In My Soul.

 

A música é a possibilidade de expressão de sentimentos e emoções. Para os 2Play, “a música é a única linguagem que nos entende”. Tanto pode ter um lado positivo como negativo. No caso da banda de Chaves – composta por Mónica Ferreira (voz) e Cláudio Vital (parte eletrónica e produção) –, e porque nas letras está sempre presente o positivismo com que encaram a vida e as dificuldades que ela apresenta, a música é uma exaltação à vontade de viver, de concretizar sonhos e alcançar objetivos, ou seja, a definição de vida.

 

Mónica Ferreira é natural de Vouzela e começou por ter aulas de música aos 12 anos, tendo aprendido a tocar teclado. A partir daí, o gosto pela música foi crescendo. Nas escolas por onde passou, participava sempre que havia um evento relacionado com música. Fez parte de grupos corais, tunas e grupos de baile e foi nestes últimos, durante 16 anos, que foi crescendo como cantora.

 

Cláudio Vital frequentou, aos 11 anos, aulas de piano e bateria no Luxemburgo, união que manteve desde essa altura. O gosto pela música ganhou tal importância que o sonho de ser jogador de futebol passou, mesmo, para segundo plano. Quando regressou a Portugal, aos 17 anos, foi em busca de novos caminhos, tendo passado por projetos de música ao vivo em bares e grupos de baile. Nos últimos anos, tem-se dedicado mais à produção musical.



publicado por olhar para o mundo às 23:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 22:13 | link do post | comentar

joaoloy.png

 
"Palavras de Fado"
 
Voz da mítica personagem Vegeta na série Dragon Ball Z, actor em vários produções nacionais (Cinema, Teatro, TV), produtor de espectáculos de rua, encenador e cantor. Em 1999 cria a empresa de produção e criação de eventos culturais "Há Cultura", e no início de 2002 inaugura a sala de teatro "Há-de-ver".
 
Agora, João Loy regista agora as palavras que tem interpretado ao vivo, acompanhado por músicos fadistas
 
"É por isso que me sinto fadista, quer como público, quer como intérprete…
 
Depois vieram as palavras dos poetas, que eu uso e transformo à minha maneira… Obrigado Fernando Campos Castro, José Luís Gordo, Mário Rainho, Tiago Torres da Silva e tantos outros…
 
Com os músicos pus as palavras no sítio e no tempo certo…"
 
O CD está à venda na FNAC e tem distribuição mundial em todas as plataformas legais.
 

 



publicado por olhar para o mundo às 19:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

ele quer provar ser o que não é
em qualquer batalha ele é o único a sair de pé
faz de tudo pra não passar indiferente
não interessa o tópico, ele é utópico e melhor que toda a gente

dá ar de trabalhador, esconde a verdadeira herança
quando fala com as amigas guarda na algibeira a aliança
desaperta a gravata que tanto lhe aperta o pescoço
e alimenta o fraco ego na casa de banho com o saquinho que traz no bolso

tão bom que ele podia ser, mas tudo o que lhe dá prazer
é cheirar às escondidas e comer porcas sem a sua mulher ver

diz que é um campeão
em tudo o que se pode ser
mas em casa faz amor com a mão
sem a sua mulher ver

diz que é um campeão
que come a sopa sem colher
em casa faz amor com a sua mão
sem deixar a mulher ver

 



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post | comentar

MUPPIE FESTAS BRR2015_destaques.jpg

 

 

Festas do Barreiro 2015

 

Programas dos Palcos Marés e Juventude

 

No dia 7 de agosto têm início as Festas do Barreiro 2015, que, até 16 de agosto, prometem muita animação, convívio, música e desporto. O programa está praticamente concluído e inclui, na “montra” principal – Palco das Marés – nomes de referência da música nacional e sete artistas ligados ao Barreiro.

 

Mickael Carreira (7 de agosto), Jorge Fernando (8 de agosto), Noite do Cante Alentejano (9 de agosto), Big Band da Escola Jazz do Barreiro (10 de agosto), Noite Infantil – “As Canções da Maria” (11 de agosto), Fados & Companhia Limitada (12 de agosto), Fast Eddie Nelson e Cooperativa Guitarrística Barreirense (13 de agosto), Noite UTIB – Universidade da Terceira Idade do Barreiro (14 de agosto), Banda Municipal do Barreiro (15 de agosto) e, a encerrar o evento (16 de agosto), Amor Electro são, assim, os nomes que constam no “cartaz” do Palco das Marés.

 

Ainda neste Palco, dia 9, haverá, entre as 18h30 e as 21h00, a 1ª Maratona ZUMBARREIRO Dance Party – Aula aberta, evento de solidariedade social: «Traga um bem alimentar não perecível que reverterá para as seguintes instituições: Instituto dos Ferroviários, Santa Casa da Misericórdia do Barreiro e a RUMO», é o lema.

 

 

“Juventude” também não vai faltar nas Festas do Barreiro 2015. O programa musical da Área da Juventude e Desporto 2015 é o seguinte:

 

07 | AGOSTO | 23h30 | HORAS VAGAS

08 | AGOSTO | 15h00 | GASOLINE NA FESTA

Campeonato de Mini Half

Concertos surpresa às 23h00

09 | AGOSTO | 22h00 | DJSET + LIVE JAM GRAFFITI

10 | AGOSTO | 22h00 | QUIZ NIGHT

11 | AGOSTO | 22h00 | CINEMA – ADAO

12 | AGOSTO | 22h00 | COMBO DA ESCOLA DE JAZZ DO BARREIRO

13 | AGOSTO | 23h30 | WITNESS MY FALL

ONE WEEK TOUR com participação especial de Leonor Andrade

14 | AGOSTO | 23h30 | SKYARD

15 | AGOSTO | 17h30 | PERFORMANCE DOBRART

16 | AGOSTO | 00h00 | MONKEY CAGE

 

Subordinadas ao tema “Interculturalidade”, as Festas do Barreiro são organizadas por uma Comissão composta por 16 entidades: Associação de Mulheres com Patologia Mamária, Associação do Comércio, Indústria e Serviços do Barreiro e Moita, Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários do Barreiro – Corpo de Salvação Pública, Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários do Sul e Sueste, Banda Municipal do Barreiro, Câmara Municipal do Barreiro, Gasoline – Associação Cultural e Desportiva, Instituto dos Ferroviários, Jardim de Infância D. Pedro V, Memória Colorida – Associação de Amigos da Colónia de Férias da CUF, Moto Clube do Barreiro, Santa Casa da Misericórdia do Barreiro, Sociedade de Instrução e Recreio Barreirense “Os Penicheiros”, União das Freguesias de Barreiro e Lavradio, Rumo – Cooperativa de Solidariedade Social, CRL e Grupo Desportivo do Barreiro.

 

Toda as informações sobre as Festas do Barreiro 2015 – programas atualizados, sinopses, etc. - podem ser consultadas no Sítio oficial da Câmara Municipal do Barreiro na Internet, página http://www.cm-barreiro.pt/pages/833 e no Facebook emhttps://www.facebook.com/municipio.barreiro.

 

Área da Juventude e Desporto 2015 | MÚSICA

Programa e Sinopses

 

07 | AGOSTO | 23h30

HORAS VAGAS

Temas políticos fortes e a forma com que assumimos a nossa posição levaram os nossos fãs a apelidarem a nossa formação de a banda do "Rock Operário", com letras de intervenção, em português, e influências da música portuguesa do início da década de 80 do século XX. Censurados, UHF, Tara Perdida e Xutos & Pontapés são as referências da banda.

Constituídos por Francisco Rosário (guitarra elétrica), Lourenço Rosário (voz), José Nobre (bateria), Hélder Lourenço (baixo elétrico) e Manelito (Alcoolémia) (guitarra solo).

 

 

08 | AGOSTO | 15h00

GASOLINE NA FESTA

A Gasoline Associação Cultural e Desportiva estará presente nas Festas do Barreiro, na Área da Juventude.

Neste dia, a animação está a seu cargo com um Campeonato de Mini Half, a começar às 15h com um Prize Money.

À noite, os concertos começam às 23h, mas serão surpresa…

 

 

09 | AGOSTO | 22h00

DJSET + LIVE JAM GRAFFITI

André Neves, David Antunes, Oshi

Pintura de tela de grandes dimensões

 

 

10 |AGOSTO | 22h00

QUIZ NIGHT

 

 

 

11 | AGOSTO | 22h00

CINEMA – ADAO

Documentário sobre "Ocupação – Reabilitação sustentável" 

O exemplo da ADAO – Vídeo promocional

Por: Diogo Leitão e Daniel Assunção

 

 

12 | AGOSTO | 22h00

COMBO DA ESCOLA DE JAZZ DO BARREIRO

O grupo que a Escola de Jazz do Barreiro apresenta para este concerto é composto por músicos todos eles de alguma forma ligados à escola, seja como professores ou como alunos e pretende oferecer uma perspetiva, através de um repertório constituído essencialmente por standards, do trabalho que se realiza e desenvolve no cursos de jazz nela ministrados.

José Monteiro – trompete

André Mendes – piano

Eduardo Lopes – contrabaixo

David Alves – bateria

 

 

13 | AGOSTO | 23h30

WITNESS MY FALL

Os Witness My Fall são uma banda Rock da grande Lisboa formada em meados de 2014, após a extinção dos The Vertical Transmission de onde transitaram o Vocalista/Guitarra Emídio Santos e o Guitarrista João Palma.

A formação ficou completa com o baixista Luís Fernandes (ex Blaze, Sand System) e o Hugo Raminhos na bateria (ex One Hundred Steps, Low Torque) que se juntaram ao projeto.

Os Witness My Fall acabaram de gravar o primeiro Album “Rise” que tem data de lançamento previsto para 2015.

…de Lisboa para o Mundo – We are all Witnesses.

 

ONE WEEK TOUR com participação especial de Leonor Andrade

O One Week Tour é um projeto formado por 4 elementos que tocam juntos desde 2008 à exceção do baixista, que se juntou ao projeto em 2014. Embora tenham feito pausa durante algum tempo, estão de volta com novos temas e muita energia.

Contam para este ano nas Festas do Barreiro com a participação especial da Leonor Andrade, vencedora do Festival da Canção e nossa representante no Festival Eurovisão da Canção.

 

 

 

14 | AGOSTO | 23h30

SKYARD

Uma jovem banda de rock formada no Barreiro com influências nos anos 70 e 80. Tem como objetivo reavivar a onda rock já um pouco esquecida com novas influências que cada membro traz na sua bagagem de experiências anteriores. Contam em animar a malta e ver o público a curtir ao som de solos, acordes e rifs de abanar a cabeça.

 

15 | AGOSTO | 17h30

PERFORMANCE DOBRART

Pintura e captação sonora das pinturas e esculturas em palco com:

José Bica, David Antunes, André Neves, Oshi, António Rocha e Miguel Amado

 

16 | AGOSTO | 00h00

MONKEY CAGE

Nasce em 2014, fruto da cisão de outras bandas, Stereofux, No Leg Squad e Lobo Negro são alguns dos projetos que os membros de MC integraram.

Poder-se-á dizer que toda a vontade interesse e inclinação para a ação advêm da sala de ensaio.

Fácil, fluidos e simbióticos, só com o parâmetro essencial de uma partilha criativa, MC se ousaria apresentar em Palco.

Monkey Cage faz Rock, Indie, Pop com guitarras altas e baterias fortes.

 

CMB 2015-07-22



publicado por olhar para o mundo às 12:13 | link do post | comentar

 

 

Letra

 

O mundo é redondo
e um dia há-de dar a volta


E as pontas soltas
vão se atar
vão se atar


Calma calma é conselho apressado
e não acalma ninguém


E isso de ver-se ao longe
não enxerga o que ai vem


Quando intenso
nem lá vai com bom senso
nem lá vai com incenso
e eu dispenso sofrer por antecipação 
pé na tábua e fé em deus
até à próxima estação


O sol brilha
mas nem sempre aquece


e a minha sombra
quase já não me conhece


só é o fim do mundo
na minha cabeça


fogo de artificio
a rebentar-me na testa


Quando intenso
nem lá vai com bom senso
nem lá vai com incenso
e eu dispenso sofrer por antecipação 
pé na tábua e fé em deus
até à próxima estação


Quando intenso
nem lá vai com bom senso
nem lá vai com incenso
e eu dispenso sofrer por antecipação 
pé na tábua e fé em deus
até à próxima estação


Quando intenso
nem lá vai com bom senso
nem lá vai com incenso
e eu dispenso sofrer por antecipação 
pé na tábua e fé em deus


até à próxima estação
até a próxima estação
até a próxima estação



publicado por olhar para o mundo às 11:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

ja me perdi
mais uma vez
ja percebi
o que me faz sofrer

não vou voltar aqui
não vou voltar a amar assim

não , não vou voltar
a perdoar o que me faz chorar
sim , sim já esqueci
e já me perdi
mais uma vez

já conheci
o que me faz chorar
já senti
o meu mundo a desabar

não vou voltar aqui
não vou voltar a amar assim

não , não vou voltar
a perdoar o que me faz chorar
sim , sim já esqueci
e já me perdi
mais uma vez

não , não , não
não , não , não

não , não vou voltar
a perdoar o que me faz chorar
sim , sim já esqueci
e já me perdi
já me perdi
mais uma vez

não , não , não
não , não , não.

vou lá voltar

 



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

 

 

Letra

 

Sua pureza que molda
Sua doce ingenuidade
Tão cedo se desfez
Perdeu-se ao longo
Da estrada
Tendo em mente somente sonhos
De liberdade
Quis desafiar o mundo
Ante uma porta, destravada
Pensou voltar sentiu o medo
De novo enredo mas decidiu
Continuar.

Sedutora ela é
Quando toca no meu corpo aí aí aí
Sedutora ou não faz de tudo e deixa-me louco

Por onde tu passas
Sinto os teus passos
Por onde tu tocas
Teu toque tem magia
Sinto a presença desse teu cheiro
Que me alimenta e me trás alegria
Oh baby teu jeito sedutor
Esta a dar cabo de mim
Estou rendido a ti
Estou seduzido

Sedutora ela é
Quando toca no meu corpo aí aí aí
Sedutora ou não faz de tudo e deixa-me louco

Sedutora ela é
Quando toca no meu corpo aí aí aí
Sedutora ou não faz de tudo e deixa-me louco

 



publicado por olhar para o mundo às 01:13 | link do post | comentar

Quinta-feira, 23 de Julho de 2015

Brass Band do CMJ .jpg

 

 

CONCERTO TERÁ LUGAR NO CENTRO DAS ARTES E DO ESPETÁCULO

CONCERTO DA BRASS BAND DO CMJ EM SEVER DO VOUGA

 

A Brass Band do Conservatório de Música da Jobra apresenta-se em Concerto no Centro das Artes e do Espetáculo de Sever do Vouga na próxima sexta-feira, dia 24 de julho, às 21h30, com entrada gratuita.

 

O Conservatório de Música da Jobra (CMJ) apresenta o Concerto da Brass Band na próxima sexta-feira, dia 24 de julho, às 21h30, no Centro das Artes e do Espetáculo de Sever do Vouga. Hernâni Petiz será o Maestro deste Concerto que terá como Solista convidado o trompetista Pedro Tavares (“Flowerdale” de Philip Sparke) e vai contar com a participação de alunos e ex alunos do CMJ, professores do CMJ e ainda vários músicos convidados.

 

“Este Concerto tem como principais objetivos dar a conhecer ao público em geral esta formação muito comum no Norte da Europa mas ainda muito pouco explorada em Portugal. Bem como o repertório escrito especificamente para esta formação, como é o caso das obras “Vita Aeterna Variations” de Alexander Comitas, obra obrigatória no campeonato europeu de Brass Band de 2012, e “Audivi Media Nocte” de Oliver Waespi, obra obrigatória no campeonato europeu de Brass-Band de 2011)”, explica o Maestro Hernâni Petiz.



publicado por olhar para o mundo às 23:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 22:13 | link do post | comentar

11745435_603793493056406_7751257883595220275_n.png

No Luso, a animação de Verão faz-se ao som da música de Cadernos de Viagens, que actuará no próximo sábado, dia 25 de Julho, a partir das 21h45, na Alameda do Casino, em pleno centro histórico da vila. Um espectáculo dirigido a todas as idades e gratuito.

 

Liderado pelo acordeonista francês Michel, o embaixador do sapateado em Portugal, o quarteto apresentar-se-à em palco com composições originais que nos remetem para o imaginário boémio e romântico de Paris, entre valsas e foxtrot. A formação é constituída por Michel (acordeão e voz), Gil Alves (flauta transversal), Rogério Pires (guitarra clássica) e Jorge A. Silva (contrabaixo).

 

Este espectáculo está integrado na animação cultural da marca Luso 3050 e será complementado com uma performance de sapateado pelas bailarinas Anabela Martins e Marinela Mangueira.



publicado por olhar para o mundo às 19:13 | link do post | comentar

 

 

Letra

 

LITTLE STAR
Essay on society

Bittersweet harmonies
Let 'em speak
Hollow

Little Star, tell me where you are
Harmonies
Take a gun and shoot yourself blind

Because I'm not the main character in your new movie
I'd never sell my soul to your undertaker
Though I used to preach
For the night to take my soul
For the moon to take control
Because you know you've seen too much
Because you know you have seen enough

I, I put on nightly profit
Because my veins are locked
The whole weekend is ours
There's no need to abduct

Sunday bloody sunday
And I am as flying as fuck
And the bass progressively
Hits rock bottom

Because I'm not the main character in your new movie
I'd never sell my soul to your undertaker
And though I used to preach
For the night to take my soul
For the moon to take control
Because you know you've seen too much
Because you know you have seen enough

I gave you head in that motel
You kissed my back
Remember the night you want out to play Blackjack
I stayed home with Gin
And washed down the solitude
And blew smoke rings to work on my bad attitude

Starfuckers, Incorporated

Because I'm not the main character in your new movie
I'd never sell my soul to your undertaker
And though I used to preach
For the night to take my soul
For the moon to take control
Because you know you've seen too much
Because you know you've seen enough

Music by Cláudio Pinto and Alexandre Matias / Lyrics by Alexandre Matias and Adriano Bandadas / Vocals by Alexandre Matias / Beat and Bass by Cláudio Pinto / Synths and Production by Alexandre Matias and Cláudio Pinto / Recorded by the band / Mixed and Mastered by Marvin Buedtz at Stargazer Studio in Germany / Contains sample of "Doep" as performed by Arca (soundcloud.com/arca-2/doep)

 



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post | comentar

7w61y4mpc7e.jpg

 

 
26 DE JULHO, GRANDE AUDITÓRIO DO EUROPARQUE

Maestrina Joana Carneiro e Orquestra da Gulbenkian no Festival Internacional de Música de Paços de Brandão 


A Maestrina Joana Carneiro e o projecto Estágio Gulbenkian para Orquestra (EGO) são as estrelas do penúltimo concerto integrado no vasto programa da 38ª edição do Festival Internacional de Música de Paços de Brandão (FIMUV), que teve início no dia 9 de maio e que se prolonga até 2 de agosto. “Aclamada pelas suas actuações vibrantes numa grande variedade de estilos musicais”, a Maestrina Convidada da Orquestra Gulbenkian e Directora Artística do projecto Estágio Gulbenkian para Orquestra irá estar presente no próximo dia 26 de julho, domingo, pelas 18h00, no Grande Auditório do Europarque num concerto sinfónico que tem como programa a peça “Danças de Galanta”, de Zoltan Kodaly, e a Sinfonia nº5 em Dó sustenido menor, de Gustav Mahler.

O FIMUV 2015, que tem como Director Artístico o prestigiado professor e violinista Augusto Trindade, encetou, no dia 9 de maio, o seu programa com um tributo sinfónico aos “Queen”, concerto que encheu o Grande Auditório do Europarque e que contou com a participação de mais de 250 pessoas entre os músicos e cantores, e da Banda Sinfónica Portuguesa, sob a direcção do maestro Hélder Tavares.
Para Augusto Trindade, a “qualidade artística, continuidade e diversidade de espectáculos são três conceitos que o Festival Internacional de Música de Verão de Paços de Brandão tem vindo a privilegiar ao longo destes anos” e isso tem acontecido uma vez mais no FIMUV 2015 já que o programa incluiu, entre outros, concertos de jovens feirenses e laureados em concursos nacionais e internacionais; “O Carnaval dos Animais”, a cargo da Orquestra Clássica da Academia de Música de Paços de Brandão, uma noite de fados protagonizada por Custódio Castelo, na guitarra portuguesa, a interpretação “Novo Tango, Velho Tango” pelo Quinteto Lusotango, acompanhado por bailarinos argentinos, e, pela primeira vez no Castelo da Feira, o FIMUV estreou-se com a “História do Soldado” de Stravinsky pela Camerata Nov'Arte, numa encenação de Marta Almendra. A 2 de agosto, o FIMUV encerra de “mãos dadas” com o Festival Música Júnior, com o “legado do Fado”, sob a batuta do maestro Osvaldo Ferreira, Hélder Moutinho e o musicólogo Rui Vieira Nery enquanto convidados especiais.

De referir que o FIMUV, “tutelado” pelo CiRAC – Paços de Brandão, é um dos mais antigos e prestigiados festivais de música clássica do nosso país e já teve como Directores Artísticos, entre outros, o Maestro António Vitorino d'Almeida e o clarinetista Carlos Alves.
Augusto Trindade é um violinista natural da região, professor na Escola Superior de Artes Aplicadas do Instituto Politécnico de Castelo Branco e na Academia de Música de Paços de Brandão, com um longo currículo nacional e internacional na área da música. O actual Director Artístico aceitou o convite formulado pelo CiRAC e, desde 2013, tem desenhado o FIMUV, com uma programação ecléctica e consistente que aposta nas sinergias institucionais, refletindo o seu próprio cunho pessoal e que tem por objectivo afirmar o Festival no concelho, a nível nacional e internacional, levando música a públicos mais abrangentes.
Pelo FIMUV já passaram músicos, Orquestras e agrupamentos que pertencem à esfera artística musical nacional e internacional, tais como Orquestra Sinfónica do Porto Casa da Música, Orquestra Gulbenkian, Orquestra do Algarve, Orquestra de Câmara Portuguesa, Fundação Ópera Estúdio da Guimarães Capital Europeia da Cultura 2012, Opus Ensemble, Quarteto de Matosinhos, Camerata Nov'Arte, o percussionista Pedro Carneiro, pianistas Pedro Burmester e António Rosado, a soprano Sofia Escobar, maestros Osvaldo Ferreira e Rui Massena, a fadista Carminho, os irmãos Nuno e Henrique Feist, Simone de Oliveira, entre outros.
 
 
 26 Julho| 18h Grande Auditório do Europarque
Designaçao do concerto | 5ª Mahler /EGO
Interpretes | Estágio Gulbenkian para Orquestra | Maestrina – Joana Carneiro
Tipo | Sinfónico
Bilhetes | 5€


                                                                                                                              
PROGRAMA
ZOLTAN KODALY, Danças de Galanta
Lento – maestoso
Allegretto moderato
Allegro con moto, grazioso
Allegro
Allegro vivace

GUSTAV MAHLER, Sinfonia Nº 5, em Dó sustenido menor
1. Marcha Fúnebre: em passo moderado. Rigoroso. Como uma procissão
2. Tempestuoso, com a maior veemência
3. Scherzo. Poderoso, mas não muito rápido
4. Adagietto. Muito lento
5. Rondo-Finale: Allegro giocoso
 



publicado por olhar para o mundo às 12:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 11:13 | link do post | comentar

STRUGGLAZ.png

 

 

Strugglaz Project em tournée este verão

 

Iniciada a contagem decrescente para o verão com a estreia do single “Sunshine”, tema que sucede a Troublemaker, os Strugglaz Project continuam a promover o seu mais recente trabalho, o EP Youthman Uprise”, editado em novembro passado pela Music In My Soul. No próximo dia 1 de agosto, o palco será o da Fábrica do Braço de Prata, em Lisboa, onde vão dar um concerto a partir das 23h30. Antes disso, no próximo domingo, 26 de julho, a banda tem um showcase na FNAC do CascaiShopping pelas 17h00.

 

É a fusão entre Reggae, Soul, Funk e Hip Hop que, possivelmente, melhor caracteriza o som dos Strugglaz Project. Fruto de uma cultura urbana atual e dinâmica, Marcus Harris (voz reggae), Túlio “Hipots” Silva (voz hip hop) e Carlos Elias (guitarra) têm uma missão a cumprir e uma mensagem importante para passar, de forma a alcançar novos horizontes e novas comunidades.

 

Os músicos que se vieram juntar a este projeto são de diferentes áreas musicais, entre Jazz, Funk, World Music e Soul, acabando por formar um pilar bem sólido, mestiço e cheio de groove – os Strugglaz Project nascem, assim, com um reportório cheio de significado e boas sonoridades.

 

Desde de 2011 até à data, já editaram o EP “Keep On Strugglin”, protagonizaram atuações no Club Offbeatz e na BalconyTV e, em 2013, ganharam o concurso para tocar no Festival Sumol Summer Fest. Nesse mesmo verão, atuaram no Music Box e finalizaram o Festival Santa Cruz Summer Sounds.

 

O ano de 2014 trouxe o novo EP da banda, “Youthman Uprise”, já disponível em várias lojas digitais e que teve “Troublemaker” como single de apresentação, um tema que surpreende pelos acordes melancólicos e cuja letra refletirá quem o ouve.



publicado por olhar para o mundo às 10:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

Quarta-feira, 22 de Julho de 2015

CANDEIO.png

 

 

A Máquina do Tempo dos Candeio viaja até Almada

 

Os Candeio viajam com “A Máquina do Tempo Somos Nós – Volume 1”, o seu álbum de estreia, até à FNAC do Almada Fórum no próximo domingo, dia 26 de julho, para um showcase a partir das 17h00. “És Nevoa” e “A Máquina do Tempo Somos Nós” são os singles de apresentação deste trabalho, editado em março pela Music In My Soul, e serão dois dos temas apresentados ao vivo.

 

Nascidos em 2012 e naturais de Lisboa, os Candeio assumem-se essencialmente como uma banda de música portuguesa que escreve canções. O primeiro álbum do grupo é um trabalho intimista, suave e profundo, que consegue percorrer uma grande variedade de estilos, que se fundem num Rock amplo e planante. Além disso, é todo cantado em português e está repleto de poesia. O segundo single, que dá nome ao álbum, apresenta uma sonoridade envolvente, que transporta para uma nostalgia dos sonhos do passado. E o single de estreia, “És Nevoa”, também é a prova de que os Candeio conseguem tocar no íntimo das pessoas.

 

Pedro Ataíde (guitarra), Nuno Fernandes (baixo), Ricardo Rações (bateria), Hugo Claro (vocalista) e Sofia Sousa Claro (vocalista) apresentam-se, assim, sem truques nem ambições desmesuradas, com o único objetivo de continuar a fazer música verdadeira e entre amigos.

 



publicado por olhar para o mundo às 23:13 | link do post | comentar

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email
mais sobre mim
posts recentes

O Blog Mudou de casa

Fado Insulano - José Mede...

Cantiga da terra - Zeca M...

"Aprendiz de Feiticeiro -...

Milhafre das Ilhas - Luis...

Sara Tavares - Ter Peito ...

Banho Maria - Não Há Amor...

Sara Tavares - Fitxadu ft...

JUNGLE EVA - TT SYNDICATE

João Granola estreia vide...

arquivos

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

tags

todas as tags

links
comentários recentes
E é "Não dizem duas quando estão ao pé de ti"...
com o soquete p'lo artelho, um soquete é uma meia.
Pena estes rapazes não terem mais popularidade. A ...
Nome do autor da letra?Não se escreve?Falta de res...
A LETRA É ASSIM!!!E NÃO ASSADO!!!!MaMãe, tu estás ...
As partes que não consegui perceber estão com reti...
https://www.google.pt/amp/s/www.musixmatch.com/pt/...
Vou adicionar nos meus favoritos, sou brasileira, ...
" Para que o tremoço o almoço e o alvoroço demorem...
Letra e música do SiulProdução do Siul Sotnas e Mi...
Posts mais comentados
blogs SAPO
subscrever feeds