Quinta-feira, 23 de Abril de 2015

energia.jpg

 

 

O primeiro Festival Σnergeia está a pouco mais de uma semana. Os músicos e todos os associados em geral entraram em contagem decrescente. Pela primeira vez, em Portugal, todos os intervenientes no espetáculo estão em pé de igualdade, logo o sucesso é uma meta conjunta e não de uma organização ou um promotor.

Todas as novidades e atividades do Festival Σnergeia 2015 podem ser seguidas através da página oficial do Facebook: www.facebook.com/Festival.Energeia

 

TÓ PICA

O franzino guitarrista da Amadora, de farta cabeleira e grande criatividade musical, evoluiu para um dos melhores guitarristas do panorama nacional. O seu contributo nos SECRET LIE, nos RAMP, nos SACRED SIN, entre outros (ao vivo ou em estúdio) permitiu uma simbiose de tal forma produtiva que todos lucraram com ela. Esta evolução leva, naturalmente, à saída em 2015 do primeiro CD de originais do Tó Pica.

GAZUA

Formados em 2007, o trio constituído por João Morais (CORROSÃO CAÓTICA, CARBON H), JP Teixeira (KALÚ, EX-VOTOS, ANTI-CLOCKWISE) e Paulinho (JARDIM DO ENFORCADO, SPITZ BUBEN) já vão no seu quinto CD de originais. Com um crescente número de seguidores, em 2015 mostram-se em palco mais maduros e coesos do que nunca, entregando-se a cada concerto como se fosse o último. No

Festival Σnergeia o espetáculo será completamente diferente da apresentação conceptual do CD "Sobrenatural", enérgico e eletrizante.

 

RAZIA

Onde os RAZIA nasceram ouvem-se os segredos do Tejo, os soluços dos comboios, as queixas da classe trabalhadora, as farras alfacinhas... O CD "Rebaldaria" nasce nesta amálgama da vida, da fusão da revolta de uma geração e da celebração da amizade que os une desde a praceta: anfiteatro de jogos e brincadeiras, dos primeiros contactos com a música e a vida. O primeiro CD é uma homenagem às tascas e às mulheres que sobem as calçadas com as compras... é um espelho que reflete a alma lisboeta.



MANIFESTO

Em 2011, quatro resistentes do pós-boom dos anos 80, decidiram reunir-se para tocar um rock despretencioso e direto, cantado em português. Uma declaração de príncipios e emoções que só poderia ter um nome que refletisse este estado de espírito... MANIFESTO. Em 2014 é editado o primeiro CD intitulado "Homónimo". Em 2015 a banda continua a tournée promocional encetada com a saída do seu primeiro trabalho de originais.

 

DJ BILLY

DJ, bloguer, jornalista e radialista. Em Portugal, o nome Billy é uma referência para qualquer fã de música. A sua franqueza, honestidade e fidelidade para com os seus príncipios levaram a que nomes como PESTE & SIDA, TARA PERDIDA, RATOS DE PORÃO, 31, entre tantou outros, o escolhessem para integrar as suas tournés e/ou animar os seus eventos. Em 2015 as "Billiy Session" irão atingir uma marca histórica: 300. São muitas sessões continuamente a animar e a agitar tardes e noites, um pouco por todo o país.

 



publicado por olhar para o mundo às 19:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

vuoi trovare il pelo nel uovo
in quel casino di pollaio
sempre che vado, torno e ti ritrovo
immerso nello stesso guaio
l ´aspirapolvere non ti vá a fare il café
se la macchina non há motore, meglio andare a piedi
lavati le mani, lavati le mani
perdi addesso perdi oggi, per vincere domani
giovane ti stressi i cavalli
mentre le tue amiche preferite
inquanto ti fai seghe mentali
si bevano delle margherite

 

 



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post | comentar

candeio.png

 

 

Candeio apresentam ao vivo “A Máquina do Tempo Somos Nós – Vol. 1”

 

“A Máquina do Tempo Somos Nós – Volume 1”, o álbum de estreia dos Candeio, vai poder ser ouvido ao vivo já a partir de maio. Editado pela Music In My Soul, este trabalho tem “És Nevoa” e “A Máquina do Tempo Somos Nós” como singles de apresentação.

 

As datas e os locais por onde a banda vai passar:

  • Dia 1 de maio, FNAC de Alfragide, às 17h00;
  • Dia 7 de maio, Auditório Carlos Paredes, às 22h00 (festa de lançamento);
  • Dia 10 de maio, FNAC do Vasco da Gama, às 17h00.

 

Nascidos em 2012 e naturais de Lisboa, os Candeio assumem-se essencialmente como uma banda de música portuguesa que escreve canções.  O primeiro álbum do grupo é um trabalho intimista, suave e profundo, que consegue percorrer uma grande variedade de estilos, que se fundem num Rock amplo e planante. Além disso, é todo cantado em português e está repleto de poesia. O segundo single, que dá nome ao álbum, apresenta uma sonoridade envolvente, que transporta para uma nostalgia dos sonhos do passado. E o single de estreia, “És Nevoa”, também é a prova de que os Candeio conseguem tocar no íntimo das pessoas.

 

Pedro Ataíde (guitarra), Nuno Fernandes (baixo), Ricardo Rações (bateria), Hugo Claro (vocalista) e Sofia Sousa Claro (vocalista) apresentam-se, assim, sem truques nem ambições desmesuradas, com o único objetivo de continuar a fazer música verdadeira e entre amigos.



publicado por olhar para o mundo às 15:13 | link do post | comentar

 

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 14:13 | link do post | comentar

godark band.jpg

 

 

Godark apresentam-se com “Reborn From Chaos”

 

“Reborn From Chaos” é o trabalho que lança os Godark no panorama musical português. O EP é editado já na próxima quinta-feira, dia 23 de abril, pela Music In My Soul. “Mask of Ignorance” é o single de apresentação.

 

Godark é um projeto de Death Metal Melódico que nasceu em 2010, no concelho de Penafiel, formado por Vítor Costa (voz), Diogo Ferreira (guitarra), Daniel Silva (baixo) e Fábio Silva (bateria).

 

A banda começou por ter um percurso muito abrangente, alternando com covers entre o Rock e o Metal, vindo depois a consolidar-se com a entrada de Carlos Ferreira. Nessa altura, iniciaram um caminho no sentido de encontrarem uma identidade própria, com a criação de originais. A formação inicial dos Godark manteve-se até 2014, aquando da saída de Diogo Ferreira e Carlos Ferreira, entrando para o lugar de guitarrista solo Rui Fernandes e para a guitarra ritmo Carlos Dias.

 

Caracterizados por um som pesado, com ênfase na melodia e sons harmónicos e com alguma influência épica, com vocais guturais/rasgados, os Godark vão buscar influências em bandas do mesmo género, como Amon Amarth, Arch Enemy, Dark Tranquillity e Insomnium.

 

 



publicado por olhar para o mundo às 12:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

eu sei não dá
chove hoje lá fora
mas deixa-me ir embora

eu tentei por nós
virar-me do avesso
não vês que não mereço

É natural
ajuda-me a crescer
a poder sair
dá-me um sinal
ajuda-me a nascer
e a viver sem ti

aquelas noites
que duravam dias
e o que eu sentia ao pé de ti
era maior do que eu

mas tornou-se frio
o mundo vazio
sem sentido e aconteceu
a minha transformação

eu sei vai passar
mas sou refém do tempo
balanço com o vento

eu tentei dar a volta
mas há sempre um limite
para a nossa maluquice

é natural
ajuda-me a crescer
a poder sair
dá-me um sinal
ajuda-me a nascer
e a viver sem ti

não te quero amar
o sonho que vivemos chega hoje ao fim
oo fim

aquelas noites
que duravam dias
e o que eu sentia
ao pé de ti
era maior do que eu

mas tornou-se frio
o mundo vazio
sem sentido e aconteceu
a minha transformação

A minha transformação
A minha transformação

 



publicado por olhar para o mundo às 11:13 | link do post | comentar

ritaguerra.jpg

 

 

“A Transformação”, é o novo single do álbum “VOLTA” de Rita Guerra.

 

É um tema forte, apesar de musicalmente se apresentar simples, é quase uma canção biográfica, resultado de longas conversas com o Mikkel Solnado que compôs e produziu o tema. Se eu tivesse que resumir o meu estado de alma nos últimos anos, resumia-o nesta canção, que ilustra a capacidade de dizer NÃO!

 

“Volta”,  o primeiro disco de originais de Rita Guerra em 4 anos;  foi

produzido por Mikkel Solnado, que conferiu ao disco um toque muito atual, próximo de sonoridades mais eletrónicas e R’n’ B; caminhos onde Rita nunca tinha estado.

 

Depois de ter começado o ano com uma tour de auditórios sempre esgotados, Rita Guerra lançou em Março o seu primeiro livro – a biografia “No Meu Canto”; uma nova experiência como escritora, que Rita diz ter “adorado viver”.

 

O resto do ano vai ser passado na Tour “VOLTA”, já com inúmeros concertos marcados em Portugal e nas ilhas.

 

 



publicado por olhar para o mundo às 10:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

sexta 24 Abril, 22h00
“Contracorrente” ao vivo
em Santa Maria da Feira!

Cineteatro António Lamoso
http://cineteatro.cm-feira.pt/

contracorrente.png

“Contracorrente” é uma volta ao mundo nas músicas de intervenção, com Sara Vidal (voz),
Miguel Calhaz (voz e contrabaixo), André Cardoso (guitarra), Rodrigo Neves (saxofone) e
Manuel Maio (bandolim, violino, direcção musical).

http://www.dorfeu.pt/contracorrente

Homenagem à música de intervenção, resgatando da memória e reivindicando para a actualidade as músicas e as vozes de resistência que marcaram a História do século vinte, como o português José Afonso, o chileno Victor Jara, o argelino Idir ou o brasileiro Chico Buarque, entre outros. De Portugal à descoberta de múltiplas latitudes, "Contracorrente" é uma volta ao mundo cantada em vários idiomas e um manifesto de que, ainda hoje, resistir é uma forma de existir.

http://www.dorfeu.pt/
http://dorfeu.blogspot.com/
http://www.facebook.com/dOrfeuAC



publicado por olhar para o mundo às 00:13 | link do post | comentar

Quarta-feira, 22 de Abril de 2015

Carbon.jpg

 

A partir de 24 de Abril estará disponível online na Antena 3 o vídeo do tema de avanço do EP de estreia da banda portuense

 

 

O single de avanço da estreia discográfica dos Carbon já tem videoclip disponível. “Going  For Gold” vai ser lançado online e poderá ser visto em estreia no site da Antena 3, a partir de 24 de Abril.

 

O vídeo foi realizado por Vasco Mendes, responsável por telediscos de bandas como os White Haus, Capicua, Nuno Prata, The Lemon Lovers, Glockenwise, We Trust ou os irlandeses Screaming Orphans.

 

Os Carbon, a dupla de músicos/produtores portuense formada por Marco Beat e Ricardo Baptista, vêm consolidando o seu som desde 2009, trabalhando a estética Pop numa perspectiva electrónica.

Em 2014, depois de um ciclo de trabalho em que convidaram diversos artistas a colaborar em músicas produzidas especificamente para as suas vozes, decidiram gravar de forma consistente alguns desses temas com vista a lançá-los em edição discográfica.

 

Em “Going For Good” a voz é de Emmy Curl, contando ainda o tema com as participações de Marco Nunes (Slide Guitar), Miguel Ramos (Baixo) e Nuno Mendes (Guitarra Acústica).

 

O EP com “Going For Good” sairá sob a chancela da Sister Ray Discos e chegará às lojas ainda em 2015.

 

Até lá, os Carbon estarão em estúdio, mas já com concerto agendado para Junho no Porto.

 

Ficha técnica:

Going For Good - Carbon feat. Emmy Curl

Realização: Vasco Mendes

 

Carbon (Marco Beat & Ricardo Baptista) - composição, música e produção

Convidados especiais:

Emmy Curl - Voz, Letras, Arranjos Vocais

Marco Nunes: Slide Guitar

Miguel Ramos: Baixo

Nuno Mendes: Guitarra acústica, Produção, Mistura, Masterização

 

https://www.facebook.com/Carbonmr



publicado por olhar para o mundo às 23:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 22:13 | link do post | comentar

fadosalmada.jpg

 

 

Até dia 8 de Maio - Inscrições Abertas para a Nona Edição

 

A nona edição dos Encontros de Fado de Almada, concurso de prestígio que o ano passado elegeu como vencedora a cantora e actriz Carina Leitão, vai voltar a ocupar o palco do Auditório Fernando Lopes-Graça, em Almada, durante três noites de Maio e Junho. Iniciativa da Câmara Municipal de Almada, os Encontros de Fado destinam-se mais uma vez à descoberta de fadistas pouco conhecidos ou ainda desconhecidos do grande público e proporcionando atraentes prémios para o vencedor, segundo e terceiro classificados: a gravação de um CD-EP com cinco temas em estúdio profissional para o primeiro classificado e um concerto, em Outubro e no mesmo auditório, dos três primeiros.

O calendário de 2015 dos Encontros de Fado de Almada é cumprido a:

  • 30 de Maio (Primeira Eliminatória, com oito concorrentes e a fadista convidada Maria Ana Bobone)

Músicos:

André Santos – Viola de Fado

Hugo Edgar – Guitarra Portuguesa

Rodrigo Serrão – Contrabaixo

 

  • 13 de Junho (Segunda Eliminatória com oito concorrentes e a fadista convidada Diamantina)  

Músicos:

Hugo Edgar – Guitarra Portuguesa

Armando Figueiredo – Viola de Fado

Vasco Sousa - Baixo

 

  • 19 de Junho (Final, com os quatro fadistas apurados em cada uma das eliminatórias e o fadista convidado Rodrigo Costa Félix).

 Músicos:

André Santos – Viola de Fado

Hugo Edgar – Guitarra Portuguesa

Vasco Sousa – Baixo

 

Cada um dos concorrentes cantará 2 Fados sempre que subir a palco.

Os fadistas interessados em concorrer à edição 2015 já podem consultar o regulamento no site da Câmara Municipal de Almada e inscrever-se, até dia 8 de Maio, através desta ligação na internet:

http://www.m-almada.pt/xportal/xmain?xpid=cmav2&xpgid=cmaform&id=encontrosfado2015 ou  através  do e-mail: 9fadoalmada@gmail.com



publicado por olhar para o mundo às 20:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Quando pensares em desistir ou desaparecer
Levanta a cabeça, acredita, tu consegues vencer
Quando o sol se for e a lua começar a brilhar
Vem para a janela, ouve-me a cantar
Quantas vezes já me vi perdido, com medo de me deitar
Pensar que amanha, já não consigo acordar
Fechar os olhos e ver que tudo está parado
Chorar por aqueles que me têm magoado
Queria-te contar uma história, mas não estás para ouvir
Queria dizer o quanto te adoro, mas acabaste por desistir
Saber que te afastaste, com medo de arriscar
Sentir que já não sentes, ou que me estás a enganar
Não te dei atenção, perdi tempo com coisas fúteis
O céu quer cair-me em cima, eu tenho de te pedir desculpas
A vida é um jogo, arrisquei, mas perdi
Se não sorrires para a vida ela não sorri para ti

Ref:
Viaja no meu íntimo, descobre quem sou eu
Dá-me um ponto de abrigo, eu dou-te o que é meu
Fecha os olhos, foge dos teus medos
Viaja no meu íntimo, descobre quem sou eu
Dá-me um ponto de abrigo, eu dou-te o que é meu
E acredita que para mim não precisas de ter segredos
Risquei a frase que fiz, que escrevia o meu futuro
Meto as mãos no fogo pelo destino, espero que não seja duro
No meu caderno encontras a história da minha vida
E no meu passado, encontras histórias que eu escondia
Tardes passadas com a alma que só eu a via
Letras de músicas que escrevia e reflectia
Nunca pedi muito, mas nem o pouco me deram
No caminho da vida vocês por mim não esperam
E é isso que me revolta, que me toca e que me choca
O interesse de quem fala e que para mim não volta
Sou a tua voz, que há muito tempo ficou presa
Deixo-a ir embora, porque sei que ela regressa
Os medos que eu tenho, estão aqui revelados
Todos os pensamentos, voltam a ser repensados
O momento em que tento que me perdoem pelo que não fiz
Não apareceu, não apareceu porque eu não quis
Viajo no mundo, vou voando em ilusões
Estou sem respostas, mas eu tenho cem questões
Ajuda-me, livra-me, de todos estes pesos
E quando eles saírem juro que te conto os meus segredos

Ref:
Viaja no meu íntimo, descobre quem sou eu
Dá-me um ponto de abrigo, eu dou-te o que é meu
Fecha os olhos, foge dos teus medos
Viaja no meu íntimo, descobre quem sou eu
Dá-me um ponto de abrigo, eu dou-te o que é meu
E acredita que para mim não precisas de ter segredos

 



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post | comentar

JorgeMoyano_APAV25Anos.jpg

 

 

A Associação Portuguesa de Apoio à Vítima (APAV) assinala os seus 25 Anos no dia 25 de Junho. Para celebrar a data, Jorge Moyano associa-se à APAV num recital de piano na Sociedade de Geografia de Lisboa.

Jorge Moyano irá interpretar obras de Chopin, Debussy, Ravel e Gershwin. O espetáculo tem hora marcada para as 21h e o valor dos bilhetes (10€) reverte para a APAV. Os bilhetes já estão disponíveis:


Bilhetes à venda na Ticketline e na Fnac



publicado por olhar para o mundo às 12:13 | link do post | comentar

quinta 23 Abril, 21h30
Toques do Caramulo
ao vivo em Coimbra!
Grande Auditório do Conservatório de Música

INFORMAÇÕES E RESERVAS http://us6.campaign-archive1.com/?u=b8078ef8bfe1014cfadc65123&id=6fa4bd795a

toquesdocaramulo.png

 


http://www.dorfeu.pt/toquesdocaramulo
https://www.facebook.com/toquesdocaramulo

A cumprir 15 anos de estrada, os Toques do Caramulo reinventam-se continuamente, fazendo música nova das velhas cantigas e levando o público a surpreender-se com o repertório esquecido da Serra do Caramulo. Com amplo reconhecimento nacional e internacional, este é um espectáculo de forte energia musical e interacção com o público, fazendo de cada concerto uma grande festa para todas as idades.

http://www.dorfeu.pt/
http://dorfeu.blogspot.com/
http://www.facebook.com/dOrfeuAC



publicado por olhar para o mundo às 10:13 | link do post | comentar

 

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 10:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

Terça-feira, 21 de Abril de 2015

TheCodfishBand.jpg

 

 

“Hit The Road” marca o arranque dos The Codfish Band

 

The Codfish Band é um nome que vai ficar registado no panorama musical nacional. “Hit The Road” é o single que marca a estreia da banda, e que serve de arranque à promoção do álbum “Devils Tongue”, que será editado no início do verão pela Music In My Soul.

 

Ao contrário do habitual background musical de uma banda, o projeto The Codfish Band resultou apenas da ousadia de quatro músicos que, dotados de uma técnica nada perfeita e sem nunca terem dado um concerto juntos, decidiram ir para estúdio, compor e gravar um álbum.

 

Miguel “Ros Rio” do Rosário (guitarra e voz), Pedro “Kystos” do Rosário (bateria), Nuno “Escabelado” Gonçalves (baixo) e Luís “Luigi Afonso” Lima (voz e guitarra) juntaram-se em meados de 2013 para formarem o que acreditam ser uma das mais promissoras bandas de Rock em Portugal.

 

O nome surgiu de uma fusão entre o símbolo da gastronomia portuguesa e  o clássico, e tão português, aperto de mão (“toma lá um bacalhau”).

 

Quanto ao álbum de estreia, será editado ainda este ano e o single de apresentação tem tudo para agitar as playlists nacionais.

 

 



publicado por olhar para o mundo às 23:13 | link do post | comentar

 

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 22:13 | link do post | comentar

KamptonSquadCollective.jpg

 

Kampton Squad Collective estreiam single e antecipam álbum

 

“Área Restrita” é o single que marca a estreia dos Kampton Squad Collective. Este tema é o primeiro extraído do novo álbum da banda, que sairá ainda esta primavera com o selo da Music In My Soul.

 

Kampton Squad Collective é um projeto de Hip Hop/Rap português e crioulo, de Lisboa (zona de Campo de Ourique). O grupo surgiu por volta de 2010, embora alguns elementos já tivessem iniciado a atividade no movimento (Hip Hop) há mais tempo. Verbalshot, Zeblek, Stick Clek e Escriba são os principais representantes, contando com a participação regular de Ziki, Ari Gomes, Mad One e Kuza Bruto.

 

Os Kampton Squad Collective têm realizado projetos em comum com vários artistas e grupos, como é o caso de Souza Mentis Afro, Dominus Família, Mortex DF, Ilibado, Ari Gomes, Romi Anauel, Keimz QB e The Jeiters. Já o primeiro concerto do grupo aconteceu em março de 2013, na Academia Dramática Familiar (Algés).

 

CD “Comunicação Verbal”, Mixtape “Encontro de Gerações”, Mixtape “Fuck Vips”, CD “Comunicação Verbal”, CD “Crimes por Contar vol.1”, Mixtape “Dark Side”, Mixtape “Terapia”, Mixtape “Dinamite vol.1”, Mixtape “Páginas de Rua – 2013”, Mixtape “A.T.I.R.O.N.O.E.S.C.U.R.O – 2014”, CD “Clima dos Anos 90 – 2014” e “Kompilação KS Kristhmas Vol.I, II, III – 2013” são os trabalhos que os Kampton Squad Collective já editaram ou nos quais colaboraram.

 

Com inspiração nas vivências marcantes do dia a dia, bem como em artistas internacionais de renome, procuram revolucionar o Hip Hop “tuga” e deixar a sua marca. Maio de 2015 trará um novo trabalho, com 12 temas cheios de ritmo e intenção, sempre com mensagens em português e para os portugueses.

 

Vídeo de Área Restrita

 

 



publicado por olhar para o mundo às 19:13 | link do post | comentar

 

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post | comentar

NO-DAM-GOOD.jpg

 

Os No Damn Good são ainda um bebé a dar os primeiros passos. O projecto nasceu em Fevereiro deste ano fundado pelo guitarrista Jaime Jordán de Urries após um convite a Renato Espada (também baixista de Pedro Balse e da banda StateSound) para a gravação de um E.P. À falta de vocalista e baterista juntaram-se a irmã do guitarrista, Luísa Jordán de Urries (ex-vocalista da banda StateSound) e Artur Ricardo na bateria. Com várias influências, desde o pop-rock ao hardrock, o primeiro E.P da banda está a ser produzido pelo guitarrista Luís Moreno e estará disponível no início do Verão. 

 
You é o seu primeiro single e podem ouvir aqui:
 

 

Links:
 
https://soundcloud.com/no-damn-good - Soundcloud da banda
www.facebook.com/NoDamnGoodBand - Página da banda no facebook
 
nodamngoodband@gmail.com - email da banda


publicado por olhar para o mundo às 12:13 | link do post | comentar

GULA_FnacCascais.png

 

 

Gula apresentam “Fronteira” em Cascais

 

“Fronteira”, o novo single dos Gula, é um dos temas que vão poder ser ouvidos na próxima sexta-feira, dia 24 de abril, na FNAC do CascaiShopping. O showcase está marcado para as 22h00 e dará a conhecer aquele que é o álbum de estreia da banda, “11º Canto”, editado em novembro passado pela Music In My Soul.

 

Banda de Rock livre na língua materna é, provavelmente, a melhor definição para os Gula, um grupo de músicos que não acredita num Rock formatado. “11º Canto”, título do álbum de estreia, é uma viagem intensa sobre as histórias, as lutas e os sonhos dos que partem e dos que ficam – e fazê-la é sentir uma realidade geral que cada vez mais nos toca. Trata-se de um trabalho que reflete as dificuldades de ser português nos dias de hoje.

 

Os Gula juntaram-se em maio de 2011, com a intenção de criar uma fusão de sons que fugisse ao previsível. O processo partiu de improvisos que acabaram por levar à mistura do Rock com sons ambientais, permitindo criar uma identidade própria. Os membros da banda que vieram de outras formações trouxeram consigo um universo musical diferente, que acabou por enriquecer a sua sonoridade. A ambição de criar um projeto sério levou o grupo a gravar o EP de estreia (“O Ano da Fome”) nos Malware Studios, com David Jerónimo. Depois da passagem pelo programa da RTP "5 para a Meia-Noite", a banda deu um concerto de apresentação oficial no Ritz Clube. E, em abril de 2013, destaque também para a participação no Festival de Música Moderna de Corroios, com passagem à final.

 

Atualmente, os Gula pertencem à Music In My Soul e ao leque de artistas do MAR | Movimento Alternativo Rock. O primeiro álbum do grupo já está disponível para compra nas lojas Fnac e El Corte Inglés e nas principais lojas digitais. Quanto aos singles de apresentação, depois do introspetivo “Janela Fechada” o grupo ressurge agora com “Fronteira”, um tema repleto de vivacidade, alma e elegância.



publicado por olhar para o mundo às 10:13 | link do post | comentar

 

 

Letra

 

Eu não te entendo
Quando eu quero tu não queres, eu tento
Tu és sincera e preferes com tempo
Desespero e preciso de alento, o clima sobe tá quente
E nós os dois de repente

Não seja bobo isso não é como você quer
Eu entendi e sei, não é que não queira também
Mas você tem que dar mais meu bem,
Eu não sou tão fácil como as que você tem
Eu não tenho nínguem e só te quero ver sem
Esquece, a conversa está boa
Mas são esses teus jogos que me deixam à toa
E a tua voz na minha cabeça ecoa

É sério mesmo? Ou é da boca pra fora?
Você só pensa no agora e nem me dá uma chance
De entender que isso é mais do que uma música
Tá ligado?
Estou, agora dance
É sacanagem e tu não tens coragem
De dizer o que tens pra dizer
Isso é bobagem eu tenho coragem
Só que eu quero mais do que você

Eh eh eh, eu quero muito mais do que você
Eh eh eh, você já fala o que quer e eu quero também
Eh eh eh, eu quero muito mais do que você
Eh eh eh, você já fala o que quer e eu quero também
Tururururu, eu também quero você
E eu só quero você
Só te peço que não me faças promessas dessas
Com que me iludes e faz com que desapareças

Eu não faço e você não quer problemas,
Eu não quero ser mais uma nos seus poemas
Só mais uma? Na!
Fica vaidosa. Há muita inspiração,
Mas eu sem ti só escrevo prosa
É assim que você diz, é assim que você sente
Eu te quero, sempre quis
Você que não me entende.

Eu te entendo, não te prendo
Fica aí e vamos vendo
Eu e tu num erredo, não tenhas medo
Que eu agora só te quero a ti
E fica claro que eu já te entendi
Eu vou confiar, porque eu te quero de mais
Mas isso é papo furado e você me trai

Não é juro!
Faça uma promessa.
O meu mundo és tu, dos pés à cabeça
É sacanagem e tu não tens coragem
De dizer o que tens pra dizer
Isso é bobagem eu tenho coragem
Só que eu quero mais do que você

Eh eh eh, eu quero muito mais do que você
Eh eh eh, você já fala o que quer e eu quero também
Eh eh eh, eu quero muito mais do que você
Eh eh eh, você já fala o que quer e eu quero também
Tururururu, eu também quero você
E eu só quero você

 

 



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

Segunda-feira, 20 de Abril de 2015

cucaroseta.jpg

 

 

CUCA ROSETA

"Amor Ladrão" é o primeiro single do novo álbum



"Riû" chega às lojas a 18 de maio

É editado hoje "Amor Ladrão", o primeiro single do novo álbum de Cuca Roseta. O tema, com letra e música da artista, já pode ser encontrado em todas as plataformas digitais. 

Este é a primeira amostra de "Riû", o 3.º álbum de Cuca Roseta, previsto ser editado no próximo dia 18 de maio. 

Produzido por Nelson Motta, o prestigiado produtor brasileiro que assinou discos de Elis Regina, Marisa Monte ou Daniela Mercury, "Riû" conta com nomes como Jorge Palma, Sara Tavares, Júlio Resende, Mário Pacheco, João Gil, Jorge Drexler, Ivan Lins e o próprio Nelson Motta. 

A fadista apresenta ainda dois temas originais compostos especialmente para ela por Bryan Adams e Djavan. Aliás, com este último, Cuca interpreta um dos únicos duetos que cantor e compositor brasileiro concordou fazer nos últimos anos, o tema "O Amor Não é Somente Amor".

Outras das surpresas deste disco é que a foto da capa é de Bryan Adams, o cantor que na sua faceta de fotógrafo já retratou alguns dos maiores ícones da cultura pop.

"Riû", nas palavras da artista, é "um disco alegre cujas letras positivas mostram o outro lado do fado - intenso mas esperançoso."
 

 



publicado por olhar para o mundo às 23:13 | link do post | comentar

 

 

Letra

 

When I wake up and I see your eyes

The way you look, the way they shine

It makes me fall in love with you

Makes me fall in love with you, again

 

The way you speak, the way you smile

Promisse me you'll always be mine

Because I'm falling in love with you

I'm falling in love with you again

 

(Even if the sky falls)

I want to be with you

(Even if the sky falls)

I want you by my side

(Even if the sky falls)

I want to be with you

(Even if the sky falls)

 

The way we loved, the way you smiled

Promisse you, true love never dies

Because I'm falling in love with you

I'm falling in love with you, again

 

(Even if the sky falls)

I want to be with you

(Even if the sky falls)

I want you by my side

(Even if the sky falls)

I want to be with you

(Even if the sky falls)

 

I love you, I love you

(Even if the sky falls)

And I want to be with you

Because I love you, I love you

(Even if the sky falls)

I want you by my side

 



publicado por olhar para o mundo às 21:13 | link do post | comentar

 

 

Letra

 

Ele chega de sorriso gingão

e no guião traz a vergonha no bolso

se a coragem fosse uma condição

ele era chefe da patrulha ladrão

 

ela não sonha não quer sequer sonhar

ele tem um segredo pra contar

ela hesita sempre a desconfiar

ele acredita isto vai dar que falar

 

o que será que ele tanto me quer se quiser de onde vem quem é

se é cigano só se for adorado esse que tem encantado será que é ou não é?

 

eu vim pra roubar o teu coração

mas quem roubou o meu foi a paixão

dizem que ladrão que rouba ladrão

tem direito a cem anos de perdão

 

se o teu bom deus me vai perdoar

diz-lhe que cem anos hei-de-te amar

e quem sabe um dia acreditar

que foi ele quem nos fez encontrar

 

o que será que ele tanto me quer se quiser de onde vem quem é

se é cigano só se for adorado esse que tem encantado será que é ou não é?

 

o que será que ele tanto me quer se quiser de onde vem quem é

se é cigano só se for adorado esse que tem encantado será que é ou não é?

 

se é cigano só se for adorado esse que tem encantado será que é ou não é?

 



publicado por olhar para o mundo às 20:05 | link do post | comentar | ver comentários (1)

sister_ray_.jpg

 

 

Festa de apresentação da editora Sister Ray

25 de Abril de 2015, 18h00 às 24h00, Rádio Bar, Porto

Com concertos em modo showcase contínuo.

(entrada livre)

 

A editora, agência e promotora Sister Ray, criada em setembro de 2014, pelo portuense Ricardo Salazar, fará no próximo dia 25 de Abril a sua apresentação oficial à cidade do Porto, numa festa em modo showcase múltiplo e contínuo, por algumas das bandas e músicos que integram o seu roster, entre as 18h00 e as 24h00, no Rádio Bar.

 

Pelos vários espaços do Rádio Bar, a Sister Ray apresentará a fadista Helena Sarmento, os Plaza, The Weatherman, Bang Bang Romance, Olavo Lüpia, Cavemen, The Lemon Lovers, Carbon, The Wild Booze, Nuno da Costa Pereira, O Incrível Homem Bomba e os Our New Lie.

 

O nome Sister Ray foi escolhido pela canção do Lou Reed nos Velvet Underground, como inspiração e referência. E também não é por acaso a escolha do dia 25 de Abril para a festa da sua apresentação oficial. Pretende-se que esta seja simbólica de uma forma de estar e de trabalhar quer com os músicos, quer com os demais colaboradores e parceiros, num conceito que passa pela edição e representação de bandas e projetos musicais da área metropolitana do Porto, tendo por lema "O Novo Som do Porto".

 

Para além do mentor Ricardo Salazar, a Sister Ray conta nas suas fileiras com Alex FX enquanto produtor, o qual, sendo um nome incontornável na música Eletrónica nacional, também colaborou na produção de projetos de Recoil, Olivia Louvel, Belle Chase Hotel, Blasted Mechanism, Da Weasel, Mind da Gap, Repórter Estrábico, Mão Morta, Cool Hipnoise, Balla, Bizarra Locomotiva, Gomo, Fadomorse, ou Blind Zero, entre muitos outros. No plano executivo, nos bastidores da Sister Ray move-se ainda uma equipa ligada à cultura nacional há mais de 20 anos, da qual se destaca Cristina Pinto e Pinto, ex-Blitz, como fotógrafa oficial.

 

A Festa de Apresentação Oficial da Sister Ray Discos tem o apoio da PortoLazer, da Tubitek, da Castanheira/Só Música, da Somersby e do Rádio Bar.



publicado por olhar para o mundo às 19:13 | link do post | comentar

 

 

 

Letra

 

eu já não quero falar de ti, de nós, da voz,
eu já não ouiço na nossa canção
e eu já não quero falar contigo
a sós, a após de ter falado e ter sido em vão
eu já não quero falar de ti, de nós, da voz,
eu já não ouça na nossa canção
e eu já não quero falar contigo
a sós, a após de ter falado e ter sido em vão
eu não quero falar contigo nem quero falar de ti
foste tudo, não és nada e eu estou bem assim
sei que era diferente mas eu agora não vacilo
por isso, limpa essa lágrimas de crocodilo
és indiferente, eu não preciso que me engates com um sorriso
ou me despertes os sentidos,
que eu já não tenho é o aviso
agora é tarde, está perdido
não te esforçes que eu não ligo
já não me tens nem como amigo
está tudo dito e evito
falas e não acredito que te importes comigo
isso para mim são balelas, daquelas que tu vês nas novelas
e pensas que ainda és aquela
a ice girl descongela
queres saber com quem eu estou
para quê fazer de vela?
no way, o nosso jogo acabou
podes mover em qualquer palco, faz de conta que eu não estou
eu já não quero falar de ti, de nós, da voz,
eu já não ouiço na nossa canção
e eu já não quero falar contigo
a sós, a após de ter falado e ter sido em vão
eu já não quero falar de ti, de nós, da voz,
eu já não ouça na nossa canção
e eu já não quero falar contigo
a sós, a após de ter falado e ter sido em vão

 

 



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post | comentar

unnamed (3)(7)(1).jpg

 

Diabo na Cruz, Carlão e Pé Na Terra dão concertos gratuitos na Avenida dos Aliados (Porto)

 

Os Diabo na Cruz e Carlão vão atuar, a 24 e 25 de abril, na Avenida dos Aliados, no Porto.

 

O concerto dos Diabo na Cruz, anunciado ontem na página de Facebook da banda, está agendado para as 22h00 do dia 24 de abril, sexta-feira. 

 

Em apresentação, no espetáculo promovido pela CGTP, estará o novo álbum do coletivo liderado por Jorge Cruz, cujas músicas serão intercaladas, com certeza, com os êxitos dos seus trabalhos anteriores.

 

No dia seguinte, às 16h00, no âmbito da mesma iniciativa, sobem ao palco montado na Avenida dos Aliados os Pé Na Terra, que comemoram dez anos de carreira dedicados à nova abordagem da música tradicional com um novo disco, intitulado “Sarilho”.

 

À noite, pelas 22h00, no âmbito de mais uma edição do Porto Sounds, iniciativa promovida pela Porto Lazer, é Carlão, ex-vocalista dos Da Weasel, a subir ao palco, para aquela que será a primeira apresentação pública do seu novo álbum a solo, “Quarenta”.

 

Os concertos têm entrada livre.

 

Retirado do Sapo Música



publicado por olhar para o mundo às 12:13 | link do post | comentar

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email
mais sobre mim
posts recentes

O Blog Mudou de casa

Fado Insulano - José Mede...

Cantiga da terra - Zeca M...

"Aprendiz de Feiticeiro -...

Milhafre das Ilhas - Luis...

Sara Tavares - Ter Peito ...

Banho Maria - Não Há Amor...

Sara Tavares - Fitxadu ft...

JUNGLE EVA - TT SYNDICATE

João Granola estreia vide...

arquivos

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

tags

todas as tags

links
comentários recentes
"Estou cheio de arrependimento, cheio de dorese tu...
E é "Não dizem duas quando estão ao pé de ti"...
com o soquete p'lo artelho, um soquete é uma meia.
Pena estes rapazes não terem mais popularidade. A ...
Nome do autor da letra?Não se escreve?Falta de res...
A LETRA É ASSIM!!!E NÃO ASSADO!!!!MaMãe, tu estás ...
As partes que não consegui perceber estão com reti...
https://www.google.pt/amp/s/www.musixmatch.com/pt/...
Vou adicionar nos meus favoritos, sou brasileira, ...
" Para que o tremoço o almoço e o alvoroço demorem...
Posts mais comentados
blogs SAPO
subscrever feeds