Quarta-feira, 4 de Março de 2015

thelegendarytigerman.jpg

 

THE LEGENDARY TIGERMAN

Depois de um concerto inesquecível em abril do ano passado, The Legendary Tigerman regressa à companhia do público de Tondela.
 

Apesar do regresso, Paulo Furtado, aka The Legendary Tigerman, promete um concerto totalmente diferente, pelo que até os reincidentes serão bem-vindos.
Disco aclamado pelo público e pela crítica, True tem um pé no universo dos blues e do rock norte-americano e outro no imaginário musical de Tigerman, onde a melancolia e um certo negrume ganham força no som cheio da guitarra e na vontade constante de arriscar sons e caminhos. Sobre True e o trabalho de Tigerman, o crítico de música Lindsay Hutton disse o seguinte: “Podia elencar uma série de nomes e comparações, mas The Legendary Tigerman já se encontra à altura das suas influências. Sem querer abalar ideias-feitas, defendo que até ultrapassou essas influências, em alguns casos. A autenticidade não vale um caracol se a música não vier do coração, particularmente nestes tempos em que tudo pode ser fingido com software e alguma discrição. True pertence ao tipo de música que se torna conhecido por salvar almas.”


13 de março de 2015 às 21:45 no Auditório 1



publicado por olhar para o mundo às 21:55 | link do post | comentar

 

Letra

 

Era uma vez um amor de talher
Bem arrumadinho num gavetão
Uma colherzinha pequena de prata
E um garfo lindo antigo de latão

Só de longe é que se olhavam
Nunca, nunca se encontravam
Só desarrumados
É que eles se tocavam

Assim foi, durante muito tempo
Até que o garfinho tão velho ficou
Que o deitaram fora
Ninguém se ralou
E a história triste quase chorou...

Era uma vez um amor de talher
Mal arrumadinho num gavetão
Só que a linda colherzinha
Que era esperta e pequenina
Tinha-se escondido escondidinha
Atrás dele...

 

 



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post | comentar

tremor.jpg

 

O festival de música Tremor regressa a Ponta Delgada a 28 de março com 28 concertos ao longo de 24 horas, em vários locais da cidade, juntando artistas nacionais e, pela primeira vez, internacionais.

O cartaz da segunda edição do Tremor foi hoje apresentado em Ponta Delgada e inclui um total de 25 artistas, mais dez do que no ano passado, que atuarão por 17 palcos de Ponta Delgada, incluindo cafés, bares, restaurantes, galerias de arte, uma igreja, um ‘hostel’ e lojas comerciais, mas também as duas maiores salas de espetáculos da ilha de São Miguel, o Teatro Micalense e o Coliseu Micaelense.

Este ano, a oferta do festival "serve o público dos zero aos 80" anos, disse António Pedro Lopes, da organização, sublinhando que além de ser uma oferta eclética, que abrange estilos como o rock, a música eletrónica ou a "dita música exploratória", há também, por exemplo, concertos para bebés, numa tentativa de responder a todo o tipo de público que em 2014 apareceu nos diversos espaços onde decorreu o Tremor.

Quanto aos artistas, há um grupo de nomes dos Açores e outro do resto do país e seis convidados internacionais, havendo, neste caso, "um foco específico em artistas que representem" a "nova música feita nos Estados Unidos da América", segundo António Pedro Lopes.

Assim, e resultado de uma parceria com o consulado dos EUA em Ponta Delgada e a embaixada norte-americana em Lisboa, atuarão na cidade açoriana a 28 de março artistas de Portland, Baltimore, Los Angeles e Chicago.

"Fazia todo o sentido, tendo em conta a posição geográfica dos Açores", que são "um centro possível do mundo", a meio caminho entre Nova Iorque e Lisboa, afirmou António Pedro Lopes.

Os concertos do festival arrancam às 10h00 do dia 28 de março, um sábado, e a expetativa é que terminem às 6h00 do dia seguinte. Mas nos três dias anteriores há "atividades paralelas", como um ciclo de cinema no Cineclube 9500, os concertos para bebés ou o "tremor estufa", concertos em locais surpresa da ilha de São Miguel, até onde o público será levado de autocarro a partir do centro de Ponta Delgada.

Entre outros objetivos, este "tremor estufa" pretende promover concertos em locais inesperados e colocar em contacto o público com produtos tipicamente açorianos.

No dia 27 voltará ainda a haver o "tremor em casa", a que qualquer pessoa se pode candidatar nas próximas semanas, para receber nesse dia um concerto em sua casa.

Quanto aos concertos nas grandes salas, no teatro atuará Bruno Pernadas e no coliseu o DJ português Moullinex.

Os bilhetes para o festival custam 15 euros até 23 de março e 18 euros depois desse dia, dando acesso a todos os concertos e a toda a programação paralela.

No caso do concerto no Teatro Micaelense, terá de ser pedida a emissão de uma entrada na bilheteira (apresentando o bilhete do festival), por ser uma sala com lugares sentados.

A organização vai pôr à venda 1500 bilhetes, depois de no ano passado ter esgotado os mil que disponibilizou.

 

Retirado do Sapo Música



publicado por olhar para o mundo às 12:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Quero o meu dinheiro de volta
Tanta gente a dar-me a volta
Não foi para isto que eu vim cá
Quero o meu dinheiro de volta
Não é tarde, nem é cedo
Quero o meu dinheiro já

Diz-se agora muito por aí
Que a gente vive em liberdade
Pois vamos lá abrir o jogo
Anda cá tu dizer-nos o que vês quando estás bem acordado
Huuum, és logo posto de lado
Isto é se não fores comprado
Aaaaah, mas que raio de fardo

Quero o meu dinheiro de volta
Tanta gente a dar-me a volta
Não foi para isto que eu vim cá
Quero o meu dinheiro de volta
Não é tarde, nem é cedo
Quero o meu dinheiro já

Vejam aqueles velhos no jardim
Aquilo é que é ter pouca sorte
O que é que eles vão fazer à vida
A casa onde eles sempre viveram
Teve que ser demolida
Aaaaah, mas que partida
E a reforma auferida
É que não lhes chega para a comida

Quero o meu dinheiro de volta
Tanta gente a dar-me a volta
Não foi para isto que eu vim cá
Quero o meu dinheiro de volta
Não é tarde, nem é cedo
Quero o meu dinheiro já

Vejam as mãos daquele sacerdote
Bem erguidas para o céu
Diz que Deus olha pela gente
Mas basta um pouco de atenção
Para ver que interesses que ele defende
Eeeeh, o que ele pretende
É dar um ar inocente
Aqueles com quem ele se entende

Quero o meu dinheiro de volta
Tanta gente a dar-me a volta
Não foi para isto que eu vim cá
Quero o meu dinheiro de volta
Não é tarde, nem é cedo
Quero o meu dinheiro já

 



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

Terça-feira, 3 de Março de 2015

capicua_medusa.jpg

 

 

Capicua edita esta semana "Medusa", um álbum de remisturas de músicas do disco anterior, "Sereia louca", e que inclui duas canções inéditas, uma delas sobre violência contra as mulheres.

"É um disco coletivo, de remisturas feitas por várias tribos, e é para celebrar um ano de vida de 'Sereia Louca'", diz a rapper portuense.

O disco tem 14 remisturas e dois originais, 'Medusa', com Valete, e 'Egotríptico', com M7 e DJ Ride", explicou a artista à agência Lusa.

O álbum abre precisamente com "Medusa", um tema que inclui excertos de poemas ditos por Sophia de Mello Breyner Andresen: "Já queria escrever há muito tempo sobre a violência contra as mulheres, não só violência doméstica, mas sobre 'cyberbullying', sobre abuso sexual, sobre a liberdade sexual e como coletivamente a reprimimos, sobre a culpabilização da vítima".

Para o tema, Capicua recorreu à figura da Medusa, da mitologia grega, "uma história poderosa sobre a culpabilização da vítima, uma mulher que foi castigada e transformada num monstro [cujo cabelo foi transformado em serpentes e cujo olhar petrifica]. E a medusa remete também para o universo aquático da 'Sereia louca'".

Segundo a artista, o tema "Medusa" representa também aquilo que esteticamente quer fazer no futuro: "Uma escrita com mais silêncios, entre um rap e a 'spoken word'".

O álbum de remisturas agora editado conta com a participação de vários DJ e produtores, que reinventaram alguns dos temas de "Sereia Louca" (e também do álbum anterior), tendo apenas por base a voz de Capicua.

Entre os convidados estão os Octa Push, White Haus (João Vieira), Sam The Kid, DJ Ride, Expeão e DJ Marfox, na reinvenção de temas como "Vayorken", "Mão Pesada", "Lupa" e "Soldadinho", este com a participação de Tamin, vocalista dos Cais Sodré Funk Connection.

"Medusa", "um disco mais elétrico, mais dançável", sai um ano depois de "Sereia louca", álbum que fez chegar o rap a "públicos muito diferentes, a muitas tribos urbanas e que teve uma expansão geográfica maior", recorda a artista.

O disco de remisturas serve ainda para Capicua - nome artístico de Ana Matos Fernandes - voltar à estrada, com o arranque de uma nova digressão pelo país marcado para 11 de abril na Casa da Música, no Porto, e, no dia 16 desse mês, na discoteca Lux, em Lisboa.



publicado por olhar para o mundo às 23:12 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 22:13 | link do post | comentar

ladybug.jpg

 

 

São de Sesimbra, são formados por Mara Neves (voz) e João Portela (sintetizadores, percussão, baixo, guitarra e programações) e acabam de disponibilizar para audição o seu homónimo EP de estreia. São os Ladybug.

 

De A trompa

 

Podem ouvir Black Dog:

 



publicado por olhar para o mundo às 18:36 | link do post | comentar

 

Letra

 

Quero gostar de ti
Sem saber porquê.
Sentir o que senti
A primeira vez.

Sem fazer perguntas
Apenas desfrutar.
Duas vidas juntas
Unidas para amar.

REFRÃO
Viver para te ver
De manhã ao acordar.
O coração a bater
Para te abraçar.

Falo as palavras
Só os olhos a brilhar.
Secreta é a fala
Sonhos a vibrar.

REFRÃO
Viver para te ver
De manhã ao acordar
O coração a bater
Para te abraçar

Ah ah, ah ah, ah ah ah ah ah…
Ah ah, ah ah, ah ah ah ah ah…

Solo

Viver para te ver
De manhã ao acordar
O coração a bater
Para te abraçar

Viver para te ver
De manhã ao acordar
O coração a bater
Para te abraçar


Ah ah, ah ah, ah ah ah ah ah…
Ah ah, ah ah, ah ah ah ah ah…
Ah ah, ah ah, ah ah ah ah ah…

 



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

(Capicua)
Ela é medusa.
A vítima que toda a gente acusa.
E de quem a vida abusa.
Ela é Medusa e recua e recusa
E resiste, ele insitiste e arranca-lha a blusa e usa-a
Escusa, ela acua, sozinha na rua
Seminua
Semi-sua
Semi- morta
Porque mais ninguém se importa!
Ela é Medusa
O corpo pra que toda a gente aponta
Que posta, não gosta,
faz troça, desmonta
Comenta, ali exposta na montra,
De fita métrica pronta
Examina-se a carne
E critica-se a “coisa”.
O resto não conta
É uma sombra...
É uma sombra...
É uma sombra...
_

Por cada vítima acusada
E transformada em monstro
Em cada casa, cada caso,
Cada cara e cada corpo
Em mais um dedo apontado ao outro,
Cresce a ira da Medusa que me vês no rosto
_

(Valete)
Em cima da ponte está a tua irmã desaparecida
em interação com aqueles instintos suicidas
abatida na depressão duma história nunca esquecida
vencida por um trauma de uma violação aos 15
Em cima da ponte está a mulher que bombardeiam
Por usar a liberdade sexual tão proclamada
Degolada por tantas ofensas que vocês fraseiam
Exterminada por aquele nojo daqueles que a rodeiam
Em cima da ponte está Maria Conceição
Vítima de uma relação e de um amor tirano
Marcada pela opressão e traumatismos cranianos
Golpeada por quase 20 anos de agressão doméstica
Em cima da ponte está a tua vizinha acanhada
Há muito aniquilada por esperanças que se esfumam
Há muito rebaixada por vexames que se avolumam
Envergonhada pelo próprio corpo que todos repugnam
Em cima da ponte...
_

Por cada vítima acusada
E transformada em monstro
Em cada casa, cada caso,
cada cara e cada corpo
em mais um dedo apontado ao outro, Oh!’
Cresce a ira da Medusa que me vês no rosto
_
(Capicua)
Ela é Medusa
A miúda de que toda a gente fala.
Na rua, na sala de aula, e à baila
Vem ela, a cadela, a perdida, sem trela,
Vadia, cautela com ela,
Que é livre, e vive
A vida dela
Como se atreve?
Aquela...
Como se atreve?
Aquela...
Como se atreve?
Aquela...
Ela é Medusa
Aquela de que mais ninguém tem pena
Que apanha, sem queixa, que deixa e aguenta
Aquela que pensa que o amor é pra sempre,
E na crença, sofre em silêncio...
Só.
Completamente só.
Esconde a nódoa negra com o pó.
Só.
Completamente só.
Esconde a nódoa negra com o pó.
_

Por cada vítima acusada
E transformada em monstro
Em cada casa, cada caso,
cada cara e cada corpo
em mais um dedo apontado ao outro, Oh!’
Cresce a ira da Medusa que me vês no rosto
é a minha ira, a nossa ira, a ira...
a minha ira, a nossa ira, a ira...
a minha ira, a nossa ira, a ira...

 



publicado por olhar para o mundo às 13:13 | link do post | comentar

tradiio.png

 

 

Tradiio anuncia versão 2.0 e parceria com o Super Bock Super Rock

Nova versão da aplicação de música disponível em versão web, iOS e Android.

 

Porto, 2 de Março de 2015 - O serviço de música Tradiio lança hoje a nova versão em formato Web, iOS e Android e anuncia parceria com o festival Super Bock Super Rock.

 

Com o intuito de catapultar novos talentos em Portugal, o Tradiio e o Super Bock Super Rock vão selecionar três artistas para actuar no Palco EDP, na vigésima primeira edição do festival.

 

A pré-selecção de artistas vai ser feita a partir do top de bandas do Tradiio numa primeira fase e a organização do festival irá então escolher, a partir dessa selecção, uma banda por mês, durante três meses, para actuar no Palco EDP. 
A selecção será feita durante os meses de Março, Abril e Maio. O festival Super Bock Super Rock acontece nos dias 16, 17 e 18 de Julho no Parque das Nações.
 

Ao Super Bock Super Rock e aos já conhecidos parceiros como a Universal Music Portugal e a sala de espectáculos Musicbox, juntam-se ainda novos parceiros como o centro de formação profissional Restart e o Canal 180.

 

No Canal 180, o Tradiio vai ter um programa em nome próprio, onde irão ser exibidos os vídeos que reflectem o que de melhor se faz na nova música em Portugal.

 

Através da Restart, será oferecida formação especializada aos utilizadores e às bandas. Para celebrar o início da parceria, a Restart e o Tradiio oferecem um curso intensivo de “Produção e Promoção de Concertos".


 

Nova versão e investimento

 

A aplicação de descoberta de música surge renovada a nível visual e com mais vantagens para utilizadores e artistas. Nesta nova versão, os utilizadores podem aceder a um mercado onde podem trocar as suas moedas virtuais por artigos relacionados com música, tais como bilhetes para o Super Bock Super Rock, entradas para concertos, vouchers para compra de discos, e merchandise Tradiio.

 

Este anúncio surge depois de o Tradiio ter alcançado o marco de mais de 1000 artistas registados e 40 mil utilizadores em Portugal e de ter fechado novo investimento no valor de 850 mil euros para lançar a aplicação no Reino Unido.

 

O Tradiio é gratuito para utilizadores e artistas e pode ser acedido em www.tradiio.com ou através das aplicações para iOS e Android.



publicado por olhar para o mundo às 12:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

Segunda-feira, 2 de Março de 2015

ritaredshoes.jpg


RITA REDSHOES

Estreia nova versão de "White Lies" remisturada por Xinobi



Videoclip com Ivo Canelas e realização de Rita Redshoes

Estreou hoje o novo single de Rita Redshoes - o tema "White Lies". Incluído no mais recente álbum da artista "Life is a Second of Love", tem agora uma nova vida, numa remistura de Xinobi, DJ, produtor e músico português, um dos criadores da label Discotexas (Moullinex and Mr. Mitsuhirato) que já remisturou e re-editou temas de nomes como John Grant, Riva Starr, Toro Y Moi, Agnes Obel, Kris Menace ou Nicholas Jaar.
 
Sobre "White Lies", Rita refere: "foi a última canção que escrevi para o disco e na qual me questionei sobre a capacidade de ignorar a verdade e preferir lidar com a mentira. "White Lies" é uma expressão que aligeira o peso da mentira. Embeleza a mentira."
 
A edição do single é acompanhada pela estreia de um novo videoclip – AQUI - que conta com a participação especial do actor Ivo Canelas, vencedor de dois Globos de Ouro (SIC) e com uma extensa filmografia de onde se destaca o seu trabalho com nomes como Pedro Caldas, Jorge Silva Melo, Manoel de Oliveira ou Marco Martins.
 
Dirigido pela própria, Rita teve a intenção de transpor para o ecrã todo o dramatismo presente na letra: "foi esta a ideia que quis também passar para o vídeo através da relação entre um casal - uma mulher que mente a si própria na esperança de manter uma felicidade que talvez nunca tenha existido e um homem que já não vive ali mas que se mantém, transformando-se na mentira dela."
 
Sobre a colaboração com Ivo Canelas, Rita comenta: "tive o enorme prazer em ter o actor Ivo a representar este "homem boneco" que se transforma brilhantemente, num breve momento do vídeo, no homem real e ideal para esta mulher.
 
A opção por esta nova versão do tema e a sua passagem a vídeo é explicada pela songwriter: "escolhi fazer o vídeo com a versão remisturada pelo talentoso Xinobi que não só trouxe uma roupagem dançante à canção como aprofundou o seu lado melancólico e triste ajudando assim a contar melhor a história que tinha na cabeça."
 
"White Lies (Xinobi Remix)" pode ser encontrado em todas as plataformas digitais em duas versões.


publicado por olhar para o mundo às 23:11 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 22:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 19:05 | link do post | comentar

diogo piçarra.jpg

 

DIOGO PIÇARRA

"Espelho" já pode ser encomendado no iTunes



Fãs recebem 4 canções novas no período de pré-venda

Entramos em contagem decrescente para a edição de "Espelho", o tão aguardado álbum de estreia de Diogo Piçarra. A partir de hoje, os fãs podem conhecer mais uma nova canção do disco. Ao fazerem a encomenda do álbum no iTunes, receberão imediatamente o tema "Breve" e, até 23 de março, a data prevista para a edição do álbum, receberão mais três novas canções: dia 9 de março "Perfeito"; dia 16 "Margem" e dia 20 "Verdadeiro".

A acompanhar o inicio da pré-venda no iTunes, Diogo Piçarra estreia também no seu canal de YouTube mais um vídeo teaser, para ser visto aqui. Está previsto que todas as outras canções divulgadas no período de pré-venda do iTunes sejam acompanhadas por um mini-clip. 
 

 



publicado por olhar para o mundo às 18:57 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post | comentar

moonspell.jpg

 

O novo álbum dos Moonspell já está disponível para audição online.

 

“Extinct” só chega às lojas a 6 de março, mas já pode ser ouvido na íntegra, em exclusivo e em primeira mão, no MEO Music.

O disco, sucessor de “Alpha Noir/Omega White”, de 2012, reúne 14 faixas originais, entre as quais os temas The Last of Us e Breathe (Until We Are No More), dados a conhecer pela banda ao longo das últimas semanas:

Consulte o alinhamento de “Extinct”:

1. Breath (Until We Are No More)
2. Extinct
3. Medusalem
4. Domina
5. The Last Of Us (single)
6. Malignia
7. Funeral Bloom
8. A Dying Breed
9. The Future is Dark
10. La Baphomette (Bonus Tracks)
11. Until We Are No Less
12. Doomina
13. Last Of Them
14. The Past is Darker



publicado por olhar para o mundo às 12:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

Domingo, 1 de Março de 2015

 

 

song from the CD Nahadin from the World music group: HIJAZ

 



publicado por olhar para o mundo às 23:13 | link do post | comentar

neopop.png

 

O festival, que decorre anualmente em Viana do Castelo, durante três dias, realiza-se este ano entre os dias 12 e 15 de agosto. Sven Vath, Dixon e The Martinez Brothers são os nomes já confirmados em cartaz.

Ainda estão à venda nos locais habituais cerca de cem passes para o evento, ao preço especial de €60.

 

Retirado do Sapo Música



publicado por olhar para o mundo às 22:09 | link do post | comentar

 



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post | comentar

somni.png

 

 

Está fechado o cartaz do RFM SOMNII 2015.

 

Depois de anunciados NICKY ROMERO, ROBIN SCHULZ, MICHAEL CALFAN, DUBVISION e KURA chegou a vez de anunciar os restantes  artistas do Maior Sunset de Sempre:

 

MARTIN SOLVEIG, DANNIC, MAKJ, JULIAN CALOR, MOTi, THE CHAINSMOKERS e DIFEE

 

MARTIN SOLVEIG - O produtor e DJ francês actua no 2º dia do RFM SOMNII 2015 – O Maior Sunset de Sempre!Um nome de peso no mundo da EDM, com mais de 2 milhões de cópias do Hit "Hello", com muitos trabalhos feitos para a rainha da POP, Madonna e com presenças assíduas nos maiores festivais do mundo, como Coachella, Tomorrowland, Ultra Music Festival, Electric Daisy Carnival, entre outros.  Original e criativo são apenas alguns de muitos adjectivos que podem descrever MARTIN SOLVEIG. Já este ano, o artista volta mais uma vez a reinventar-se com “Intoxicated”, o seu primeiro lançamento de 2015, numa parceria improvável com a dupla GTA e que traduz uma mudança face aos lançamentos anteriores, optando por uma vibe enérgica de future House que explode em cores vibrantes a cada batida. Conhecendo o extraordinário percurso de Martin Solveig, nunca se consegue prever o que vai fazer a seguir, mas há uma certeza: a dança não pára na Figueira da Foz!

www.martinsolveig.com

http://www.youtube.com/martinsolveig

 

Outra das novidades para o RFM SOMNII 2015 é MAKJ, que vem das pistas de carros para as pistas de dança.Há já algum tempo que o nome MACKENSIE JOHNSON, ou MAKJ, é um nome a não esquecer: MAKJ é considerado uma das estrelas do firmamento da música electrónica. Foi durante a sua carreira de piloto de go-karts descobriu o fascínio pelo mundo dos DJ.

Apesar de ainda estar no início da sua carreira, MAKJ já tem um currículo digno de um veterano, com actuações no Ultra Music Festival, no Tomorrowlande uma recente residência no XS, em Las Vegas.

A criatividade e a diversidade que MAKJ tem mostrado através do seu trabalho como produtor têm-lhe valido a aclamação e louvor da crítica. Os seus originais, edições, bootlegs e remixes têm recebido grande apoio de nomes feitos como Hardwell, Tiesto, Afrojack, Porter Robinson, Chuckie, Avicii, Laidback Luke, Nicky Romero, Michael Woods, Nervo, Bingo Players, Sander Van Doorn, W & W, Showtek, David Guetta e muitos outros.

http://www.DJMAKJ.com/

https://www.facebook.com/MAKJOfficial

 

No dia 11 haverá também novidades com DANNIC, conhecido DJ e produtor holandês. Este talentoso DJ captou as atenções no início da sua carreira graças a uma série de fantásticas mash-ups. Desde então, continuou a demonstrar uma incrível propensão naturalpara diferentes arranjos musicais, ao mesmo tempo que possui um impressionante talento para marcar tempos: uma capacidade técnica que leva ao rubro plateias, semana após semana, em clubes e festivais. A sua música já se tornou um marco nos sets deTiësto,Avicii, Hardwell, Nicky Romero e Bingo Players… a posição de Dannic entre os seus pares não pára de subir!

https://www.facebook.com/djdannic

http://www.djdannic.com/

 

A fechar o cartaz de dois dias a produção do Maior Sunset de Sempre aposta também em jovens talentos e em personalidades improváveis:

 

JULIAN CALOR

Ao gravar a sua estreia com a Revealed Recording, editora de Hardwell, Julian Calor garantiu a visibilidade esperada. No entanto, é o seu talento que faz com que grandes nomes da música electrónica o apoiem e lhe reconheçam a qualidade para se tornar num DJ consistente e com marca própria. Nicky Romero, Tiësto, Don Diablo e Martin Garrix são alguns dos artistas que estão atentos à ascensão de Julian Calor.

Um talento que agora chega a Portugal com o Maior Sunset de Sempre! – RFM Somnii 2015.

 

MOTi

O enigmático DJ/produtor surgiu em 2012, ao fazer duas colaborações: “Circuits” e “Kinky Denise”. Tiësto juntou “Circuits” à compilação que lançou em 2012 e, por causa disso, MOTi mandou-lhe mais algumastracks. Tiësto gostou do que ouviu e não tardou até que os dois estivessem a colaborar naquele que acabou por ser o êxito de 2013: “Back to Acid”. «Tiësto tem um feeling muito bom e sabe o que quer e existem muitos truques naquela track que as pessoas que não sabem nada de produção não sabem reconhecer», diz MOTi. O mais recente sucesso – um remix inspirado em Stafford Brothers e Lil’ Wayne em Cash Money - que ocupou o #1 na Beatport Hip Hop chart por mais de duas semanas.

 

THE CHAINSMOKERS

Os The Chainsmokers tornaram-se das duplas norte-americanas mais famosas da EDM. Os seus espectáculos ao vivo estão a tornar-se muitíssimo procurados. O seu comportamento rebelde, as personalidades hilariantes e produções viciantes fazem com que os fãs interajam com eles do princípio ao fim.

Tanto é, que têm recolhido importantes apoios da parte de amigos como Nicky Romero, Steve Aoki, Pete Tong, Afrojack, Tiesto, W&W, entre outros. O seu primeiro grande lançamento, #SELFIE, juntamente com o vídeo oficial, correram o mundo, por isso é de estar atento… porque vem aí muito mais!

 

DIFEE

Dos fiordes para o areal da Figueira. Difee é um jovem DJ de Kristiansand, na Noruega.

Tem 21 anos e já fez o aquecimento para artistas como Fedde Le Grand, Jason Derulo, DJs From Mars, Quentin Mosimann e muitos mais. A sua carreira conheceu um valente empurrão quando atuou no Palmesus, a maior beach party da Escandinávia em 2012. Desde então, todos os anos tem voltado para tocar. As suas influências vêm de muitos e variados artistas e de uma série de géneros – tanto assim que a suaperformance nunca é igual.

 

ANDRÉ HENRIQUES

É apresentador do Café da Manhã da RFM. Já pisou o Coliseu, foi visto a bordo do Groove Boat, no Creamfileds, no Super Bock Super Rock e até no Sumol Summer Fest … As montanhas Suíças também já chamaram por ele, bem como os jardins do Out Jazz. As referências podiam ser suficientes, mas a elas juntam-se outras como a presença no Coliseu na abertura do concerto de Mika e as primeiras partes de prestações como as de Alicia Keys, Miley Cyrus e Anselmo Ralph no Meo Arena. As capas da Academia foram-lhe entregues aquando da presença na Queima e Latada de Coimbra. E há poucas palavras que possam descrever a sua passagem pelo RFM Somnii em 2014. A par de todas estas prestações, André Henriques é ainda residente do projeto Radio Hotel em Lisboa.

 

MENDES

Também conhecido por António Mendes, é DJ e produtor com vários anos de actividade.

É apresentador e produtor do RFM DanceFloor, um programa de rádio especializado em várias áreas da dance music – house, progressive, electro, deep. Ao longo da sua carreira tem actuado em inúmeros eventos de EDM, de onde se destacam a abertura dos Swedish House Mafia no meo arena, o Açores Flower Power, o Açores Green e o RFM Somnii. Tem percorrido diversos clubes de norte a sul de Portugal, desde o Pacha em Ofir até ao Seven em Vilamoura. Na sua produção de discos incluem-se a contribuição para a compilação RFM DanceFloor, número 1 no iTunes durante várias semanas, e Infinity 4 by Pete Da Zouk.

 

DJAY RICH

Também conhecido por João Reis, é DJ desde 1987.

É DJ/produtor ao estilo de dance music e assina temas como “If Love is Always In The Air”, “Spiritual Love” , “Party Time” (êxitos no mercado dance mainstream, tocados em várias rádios pelo mundo), e o seu mais recente “My House” com o DJ\Produtor Tom Enzy está a caminho de se tornar mais um dos seus inúmeros sucessos! É Autor e apresentador do programa RFM Dancefloor, na RFM. Pertenceu ainda ao leque de DJs do programa de televisão Guest List, emitido na TVI. Djay Rich já actuou em eventos como Sensation White 2010, na abertura no Pavilhão Atlântico para os Swedish House Mafia e esteve presente em todas as edições do RFM SOMNII – O Maior Sunset de Sempre!, onde já partilhou cabine com Sebastian Ingrosso, Otto Knows, Alesso, DVVBS, W & W, entre outros.

 

O CARTAZ DO RFM SOMNI – O MAIOR SUNSET DE SEMPRE! ESTÁ COMPLETO:

 

SABADO 11/07

NICKY ROMERO

DANNIC

KURA

THE CHAINSMOCKERS

MOTi

JULIAN CALOR

DIFEE

ANTONIO MENDES

 

DOMINGO 12/07

MARTIN SOLVEIG
ROBIN SCHULZ
MACKJ

DUBVISION

MICHAEL CALFAN

DJAY RICH

ANDRÉ HENRIQUES

 

 



publicado por olhar para o mundo às 12:13 | link do post | comentar

Nneka_260.jpg

 

A nigeriana Nneka, os israelitas Balkan Beat Box e os portugueses Tiago Bettencourt, Carminho e Raquel Tavares são as primeiras confirmações para o Festival MED, que se realiza em Loulé, de 25 a 27 de junho.

Em comunicado, a Câmara de Loulé adianta que a 12.ª edição do festival terá um orçamento de 200 mil euros, tal como em 2014, proporcionando 500 horas de música e 42 concertos, em seis palcos e durante três noites, no centro histórico da cidade de Loulé.

Os peruanos Cumbia All Stars e o projeto luso-angolano Batida são outros dos nomes anunciados na quinta-feira, na Feira Internacional de Turismo, pois embora o cartaz já esteja fechado, a divulgação dos nomes será feitra gradualmente.

Segundo a autarquia, para este ano estão previstas algumas novidades, nomeadamente animações e concertos improváveis, assim como surpresas ao longo do espaço onde se desenrola o festival.

O dia aberto ao público, que inclui um concurso de bandas, mantém-se, mas, em vez de ser numa quarta-feira, este ano será num domingo e a música "não será o principal protagonista”, lê-se na nota de imprensa.

Além dos concertos, o Festival MED terá uma mostra de artesanato, gastronomia, artes plásticas e animação de rua.

Tal como no ano passado, o preço dos bilhetes oscila entre os 10 euros (um dia) e os 25 euros (três dias), em período de pré-venda, e entre os 12 e os 30 euros, nos dias do festival.

O Festival MED arrancou em 2004, noutra zona da cidade de Loulé, onde a população e os turistas puderam usufruir gratuitamente, durante dez dias, de espetáculos e das transmissões de jogos do Euro 2004.

No ano seguinte, o evento teve a duração de seis dias e passou para a zona história da cidade.

Desde então, a autarquia, entidade organizadora, tem vindo a reduzir o número de dias do festival.

Em 2013 durou dois dias, mas, no ano passado, foi alargado para três, o que se mantém nesta edição.

 

Retirado do Sapo Música



publicado por olhar para o mundo às 12:13 | link do post | comentar

 



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email
mais sobre mim
posts recentes

O Blog Mudou de casa

Fado Insulano - José Mede...

Cantiga da terra - Zeca M...

"Aprendiz de Feiticeiro -...

Milhafre das Ilhas - Luis...

Sara Tavares - Ter Peito ...

Banho Maria - Não Há Amor...

Sara Tavares - Fitxadu ft...

JUNGLE EVA - TT SYNDICATE

João Granola estreia vide...

arquivos

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

tags

todas as tags

links
comentários recentes
Pena estes rapazes não terem mais popularidade. A ...
Nome do autor da letra?Não se escreve?Falta de res...
A LETRA É ASSIM!!!E NÃO ASSADO!!!!MaMãe, tu estás ...
As partes que não consegui perceber estão com reti...
https://www.google.pt/amp/s/www.musixmatch.com/pt/...
Vou adicionar nos meus favoritos, sou brasileira, ...
" Para que o tremoço o almoço e o alvoroço demorem...
Letra e música do SiulProdução do Siul Sotnas e Mi...
que puta de letra fdx
Epá, o que é isto?Borrei-me todo com este "Mal des...
Posts mais comentados
blogs SAPO
subscrever feeds