Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

 

ruimassena.jpg

 


RUI MASSENA

"Solo" já está nas lojas

Novo vídeo "Família" já estreou

"Solo" é o nome do disco de estreia do músico Rui Massena e acaba de chegar às lojas. Ao mesmo tempo, é já conhecido o vídeo do tema "Família" e foi lançado no site do artista.  
 
Rui Massena apresenta o seu "Solo", o primeiro apanhado de canções escritas para piano: "São peças ao piano, onde espelho o meu mundo interior, seja um momento ou um amor. Quis que no seu conjunto construíssem um disco que me transmita tranquilidade", revela.
 
O concerto de apresentação do álbum será a 31 de janeiro na Casa da Cultura de Alfândega da Fé, onde o músico gravou o disco.
 
Fora de portas, Massena foi maestro convidado principal da Orquestra Sinfónica de Roma, durante as temporadas 2009/2011. Foi também o primeiro maestro português a dirigir no Carnegie Hall em Nova Iorque, o que se deu em 2007. Em Portugal, já trabalhou, num registo mais próximo da pop, com nomes como Expensive Soul ou Da Weasel.
 

 

 

cachupa.png

 

Cachupa Psicadélica e J-K ao vivo no Musicbox  

A 4 de Fevereiro, residência quinzenal que junta Musicbox, P3 e Tradiio volta a receber bandas emergentes 



Depois das duas datas de estreia em Janeiro, o Musicbox volta a receber a parceria conjunta com o Tradiio e o P3. Nesta quarta-feira, dia 4 de Fevereiro, é dia de receberCachupa Psicadélica e J-K

As duas actuações que iniciam o mês de Fevereiro mostram a diversidade cultural cada vez mais presente em Portugal.


J-K traz na bagagem três discos. Entre um álbum e dois EPs, desde 2009 que dá cartas no mundo do Rap, contribuindo para que a Monster Jinx, colectivo do qual faz parte, seja uma das editoras mais eclécticas do Hip Hop nacional. 

A Cachupa Psicadélica é um projecto novo mas que em pouco tempo suscitou a curiosidade de muitos. De Cabo Verde para Lisboa, Lula faz-se acompanhar por mais dois músicos em palco, naquela que é uma actuação surpreendente e cativante. 
 

-- 
Abertura de portas: 21H30
Início dos espectáculos: 22H00 
Preço: 4€ 

Batida.jpg

 

 

Frankie Chavez e Batida estão nomeados para o prémio "Álbum Europeu Independente do Ano", atribuído pela Impala, a organização que reúne várias editoras discográficas independentes da Europa.

De acordo com a organização, entre os 23 álbuns finalistas a melhor registo de 2014 estão "Dois", segundo álbum de Pedro Conquenão, músico fundador e mentor de Batida, e "Heart and Spine", blues-rock de Frankie Chavez, ambos editados em 2014.

"Heart & Spine" é uma edição da Search Records, editora independente que Frankie Chavez criou, enquanto "Dois" saiu pela britânica Soundway Records.

Da lista de finalistas desta quinta edição do prémio fazem parte, por exemplo, "LP1", de FKA Twigs, nome artístico da cantora britânica Tahliah Barnett, "Our Love", do canadiano Caribou, "This is all yours", dos ingleses Alt-J, "Dead", dos escoceses Young Fathers, e "Sangre Pop", dos espanhóis Tremenda Trementina.

O álbum vencedor será anunciado em meados de fevereiro e até lá, a organização criou uma lista com temas de todos os finalistas para audição na plataforma online Spotify.

No ano passado o prémio Impala foi atribuído aos espanhóis Guadalupe Plata.

Nas edições anteriores estiveram nomeados "peixe: avião", dos peixe: avião, "Mel Azul", do guitarrista Norberto Lobo, e "Building Waves", dos Glockenwise.

A organização Impala, criada em 2000, reúne mais de quatro mil membros, pequenas e médias editoras independentes, que não integram as grandes marcas discográficas.

 

retirado de Sapo Música

 

Letra

 

Portugal, coitado de ti!
Estás doente, és mal tratado!
Qual será o teu fim?
És cada vez mais desprezado.
O teu povo está tão mal,
Quase sem força para viver;
Este caminho é fatal,
Há quem não tenha o que comer.
Tenho orgulho em ser Português,
Sinto o calor do nosso fado,
O soar de uma guitarra
Que por nós é tão amado.
Cantem comigo, em Português!
Parados não podemos ficar,
Portugal é o nosso País,
Por ele temos que batalhar.
Portugal confia em mim,
Não te deixes enganar!
Há quem nada sinta por ti,
Há quem nunca deixou de te amar.
Tenho orgulho em ser Português,
Sinto o calor do nosso fado,
O soar de uma guitarra
Que por nós é tão amado.
Cantem comigo, em Português!
Parados não podemos ficar,
Portugal é o nosso País,
Por ele temos que batalhar.

 

espiral.png

 

 
ESPIRAL
trio de música celta
 
 

Sob a inspiração da música celta, o trio Espiral conjuga as sonoridades do violino, da flauta transversal e da harpa celta na recriação de melodias que se destacam pela sua beleza e graciosidade. Uma formação musical que enleva os sentimentos mais românticos e faz de cada actuação um momento especial, com um reportório alegre e delicado, criteriosamente seleccionado. Uma autêntica espiral de emoções!

 

Emiliana Silva – violino / Lara Figueiredo – flauta transversal e flautim / Sara Vidal – harpa celta, guitarra acústica e voz

 
21 de Fevereiro
21h30
Fórum da Maia
Entrada 5€
 
material promo

 

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email