Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

 

Letra

 

Tem mil anos uma história
De viver a navegar
Há mil anos de memórias a contar
Ai, cidade á beira-mar
Azul

Se os mares são só sete
Há mais terra do que mar...
Voltarei amor com a força da maré
Ai, cidade à beira-mar
Ao sul

Hoje
Num vento do norte
Fogo de outra sorte
Sigo para o sul
Sete mares
(2x)

Foram tantas as tormentas
Que tivemos de enfrentar...
Chegarei amor na volta da maré
Ai, troquei-te por um mar
Ao sul

Hoje
Num vento do norte
Fogo de outra sorte
Sigo para o sul
Sete mares

Concelho de Paredes acolhe 5º edição do Festival Ecos da Terra

O concelho de Paredes, um dos mais jovens do país em termos etários, estreia-se em 2013 no Roteiro dos Festivais de Verão, recebendo nos dias 1, 2 e 3 de agosto, no Parque da Cidade, a 5ª edição do Festival Ecos da Terra. Apostando na música tradicional portuguesa e do mundo, com ritmos que vão desde o folk ao tribal e do étnico ao afrobeat, o Ecos da Terra pretende manter um traço muito distinto quando comparado com os restantes Festivais de Verão, quer pela escolha de um género musical com raízes tradicionais, quer pela forte relação com a Natureza e questões ambientais.

 

Estreado em 2009 e já com quatro edições realizadas em Celorico de Basto, o Festival Ecos da Terra muda-se em 2013 para o Parque da Cidade de Paredes,


mantendo inalterada a sua génese e filosofia, mas procurando agora alargar o seu público, numa região que é das mais jovens do país, aproveitando igualmente a proximidade geográfica de Paredes com a Grande Área Metropolitana do Porto.

 

Com a duração de três dias, a quinta edição do Ecos da Terra iniciará, como habitualmente, com um concerto aberto à população a realizar no centro da cidade, concretamente na Praça José Guilherme, frente ao edifício dos Paços do Concelho, seguindo-se uma arruada até ao Parque da Cidade, onde se fará a receção aos campistas. Nos segundo e terceiro dias (sexta-feira e sábado), o programa paralelo inclui uma série de exposições de artistas e artesãos da região, oficinas de teatro, workshops de danças tradicionais, africanas e europeias, fotografia, sensibilização ecológica, percussão e instrumentos tradicionais, circuito de jogos populares, aulas de yoga e zumba, entre outras iniciativas.

 

Durante a noite, terão lugar os espectáculos musicais, com a atuação das bandas convidadas, como os Gaiteirus (quinta-feira), Osmávati, Projeto Aparte e Uxu Kalhus (sexta-feira), Retimbrar, Underground Spiritual Band, Sebastião Antunes e Olive Tree Dance (sábado).

 

Para o Festival Ecos da Terra, o Parque da Cidade disporá de zonas específicas para a implementação das diferentes actividades, incluindo dois palcos, uma área para campismo gratuito, feira de artesanato, circuito de jogos populares, praça da alimentação, chuveiros e WC.

 

retirado do Sapo Música

 

Letra

 

Lá fora a chuva cai…
E o corpo arrefece,
O calor dos teus lábios vai…
Ser a luz que amanhece,
No gemer da palavra…Tu
És a voz que ensurdece…
Num sorriso rasgado e Cru,
Está o brilho que me enlouquece

…Por Mim não vou Sonhar
…Por Ti estou a Chorar
…Por Mim não vou Viver
…Por Ti estou a Morrer

No passar do tempo, a Memoria
Ateia o fogo que faz sofrer,
Desvanece a chama, Rainha…
Na imagem de seres Mulher,
Busco a Alma aprisionada…
No instante, que não quer parar…
Percorro descalço, a velha estrada
Que a Ti…não me vai levar

…Por Mim não vou Sonhar
…Por Ti estou a Chorar
…Por Mim não vou Viver
…Por Ti estou a Morrer

Buraka Som Sistema revelam novidades dia 29 de Julho


Buraka Som Sistema revelam novidades dia 29 de Julho nas redes sociais, a banda continua em digressão europeia

 

Os Buraka Som Sistema preparam-se para divulgar novidades nas redes sociais da banda e na sua página oficial. No próximo dia 29 de Julho a banda abrirá o apetite aos fãs que tornarão a ter notícias da banda, numa espécie de teaser, dias 19 de Agosto e 19 de Setembro.

 

O grupo tem estado em estúdio a trabalhar no novo disco, com sessões de estúdio em Londres e em Lisboa. No estúdio, o grupo recebeu a visita de diversos artistas como YadiRoses Gabor,Dismantle e Dub Phizix.

 

A banda continua em digressão por festivais europeus. Holanda, Bélgica, Croácia, Eslováquia, Suíça, entre outros, são os próximos países a receber o grupo português. O destaque vai para um dos eventos mais importantes da música europeia, o festival Lowlands, na Holanda, a 17 de Agosto.

 

PRÓXIMAS DATAS:

25 Julho – Paléo Festival (Suíça)

27 Julho – Pacha, Ofir (Portugal) – Buraka DJs

30 Julho – Expofacic, Cantanhede (Portugal)

3 Agosto – Solar Festival (Holanda)

4 Agosto – Festas da Praia, Terceira (Portugal)

15 Agosto - Pumphuset, Copenhaga (Dinamarca) – Buraka DJs

16 Agosto – Mortágua (Portugal)

17 Agosto – Lowlands Festival (Holanda)

23 Agosto – Uprising Festival, Bratislava (Eslováquia)

24 Agosto – Feestinthepark (Bélgica)

25 Agosto – Zabreg (Croacia)

7 Setembro – Solidarity Festival (Bélgica)

Dalai Lume

 

A banda punk rock Dalai Lume lançam amanhã (26 Julho) o seu 2º álbum de originais "Sentido Proibido" em evento a decorrer em Lisboa, na República da Música em Alvalade. Gravado em fevereiro de 2013 "Sentido Proibido" conta com 13 temas de puro rock de intervenção, mensagem sem rodeios e com a irreverência que este tempo exige. 

 

 Formada em 2006 a banda já partilhou o palco com alguns dos ícones do movimento punk internacional como Dwarves ou Jello Biafra. Por entre algumas mudanças de formação o grupo chega a 2013 com Zorb (voz), Oregos (bateria), Bernardo (baixo) e Rodrigo (guitarra). Com novo disco, e sem olhar para trás, para lançar uma pedra no futuro do rock em Portugal.
Para além desta festa de lançamento estão já confirmadas outras datas a nível nacional para o arranque da promoção do novo disco, fica aqui a lista completa para a tour:
26 Julho, Lisboa, República da Música.
27 Julho, Tomar, Theatro Bar.
16 Agosto, Odemira, Cais Bar
23 Agosto, Famalicão, Adega do Povo.
24 Agosto, Porto, Hard Club.
Recentemente a banda lançou um video clip para o tema "Bairro Alto": 

Antonio zambujo, quinto


«QUINTO» CHEGA A DISCO DE PLATINA!

NOVO SINGLE DE ANTÓNIO ZAMBUJO, «LAMBRETA», JÁ PODE SER OUVIDO NAS RÁDIOS NACIONAIS

 

A caminhada de «Quinto» tem sido marcada pelo sucesso: editado no ano passado, o magnífico álbum de António Zambujo, e a primeira aventura discográfica do fadista sob a chancela da Universal Music Portugal, liderou o top iTunes, entrou directamente para o 2º lugar da tabela nacional de vendas e chegou, agora, à marca de Disco de Platina. Mas ainda há muito para descobrir em«Quinto» – nomeadamente «Lambreta», o novo single retirado do disco, que já pode ser ouvido nas rádios nacionais.

«Quinto» espraia-se por elementos de jazz, bossa nova, morna e do cante alentejano, conferindo-lhe uma identidade sonora única, à qual ninguém ficou indiferente. Do Alentejo para o mundo, a obra deAntónio Zambujo foi elogiada nos quatro cantos do globo – e é pelo mundo inteiro que a viagem de «Quinto» vai continuar.

Em Agosto, António Zambujo vai viajar com o seu fado ímpar até ao Brasil, com concertos agendados para São Paulo e Rio de Janeiro. Mas não se fica por aqui: até ao final de 2013, António Zambujovai actuar ainda no México, com o regresso à Europa a encontrá-lo em palcos franceses, noruegueses e finlandeses. Depois do concerto no Coliseu dos Recreios, em Dezembro de 2012, «Quinto» regressa a Lisboa no dia 25 de Outubro, num espectáculo marcado para o Centro Cultural de Belém.

 

Letra

 

Quem vem e atravessa o rio
Junto à serra do Pilar
vê um velho casario
que se estende até ao mar

Quem te vê ao vir da ponte
és cascata são-joanina
erigida sobre um monte
no meio da neblina.

Por ruelas e calçadas
da Ribeira até à Foz
por pedras sujas e gastas
e lampiões tristes e sós.

E esse teu ar grave e sério
num rosto de cantaria
que nos oculta o mistério
dessa luz bela e sombria

[refrão]
Ver-te assim abandonado
nesse timbre pardacento
nesse teu jeito fechado
de quem mói um sentimento

E é sempre a primeira vez
em cada regresso a casa
rever-te nessa altivez
de milhafre ferido na asa

[refrão]


eodem Project

 

Músico português reúne artistas de várias partes do mundo em  coletânea musical.


“Caminhos alternativos” (Alternative Ways) é a primeira coletânea do recente Eodem Project de Neutral Fonetic, também conhecido como Davide Gravato. A coletânea musical junta mais de 20 artistas de 17 nacionalidades num registo eletrónico alternativo. Tendo sido lançado a 18 de Julho ,todo o projeto pode ser ouvido gratuitamente na internet, estando  disponível também para download.


Alternative Ways reúne artistas de vários estilos, desde o Downtempo ao Dubstep, numa atmosfera relaxante. A coletânea conta com três nomes bastante conhecidos sendo estes: o produtor de Hip-Hop australiano Ta-ku; o produtor Matthew Shell, recentemente comentado no sítio dos prémios Grammy; e a DJ/produtora Zefora.


O nome da coletânea foi escolhido sob o ideal de que, a cultura, é a única coisa que realmente nos distingue. Então Neutral Fonetic, o organizador, vê aculturações como chaves  que abriram “caminhos alternativos” para diferentes formas de viver. Na realidade, o próprio  nome do projeto - Eodem Project - sugere um ponto de partida em comum. Quebrando as convencionais barreiras geográficas, esta iniciativa cruzou o caminho de vários artistas, e seus fãs, no mesmo projeto, como um ponto que os uniu apesar dos diferentes trajetos musicais.


A coletânea está disponível para download gratuito e toda a informação pode ser encontrada, nas redes sociais Facebook, Soundcloud e Twitter. Surgirão novas compilações e o organizador Neutral Fonetic, espera poder realizar eventos relacionados com as mesmas no futuro.

Links úteis:
Facebook - https://facebook.com/EodemProject
Soundcloud - https://soundcloud.com/eodem-project
Twitter - https://twitter.com/Eodem_Project
Download –https://tinyurl.com/ndl23vj

Orquestra FolkMus passa por Águeda em Novembro próximo


d’Orfeu inicia na Estónia
novo projecto europeu!
 


 

Orquestra Folkmus



A d'Orfeu integra o novo projecto europeu FolkMus, uma orquestra europeia de inspiração folk apoiada pela União Europeia, através do Programa Cultura, que está a realizar o seu primeiro encontro esta semana, de 23 a 27 de Julho, na Estónia, concretamente no Viljandi Folk Music Festival. Pela associação aguedense, os músicos Sara Vidal, João Pratas e Manuel Maio integram a futura Orquestra FolkMus que, além de percorrer Estónia, Itália, Grécia e Espanha, actuará no próximo Outono também em Portugal.

Reforçando o seu espírito de intercâmbio cultural, a d’Orfeu assume a representação portuguesa nesta iniciativa, juntamente com os parceiros Zètema Progetto Cultura e Archivio Aurunco (Itália), Centro de Música Tradicional da Estónia (Estónia), Departamento Social de Cyclades (Grécia) e Fira Mediterrània de Manresa (Espanha). Até Abril de 2015, o projecto FolkMus reúne jovens músicos emergentes de cada país participante, que trabalharão em residência artística sobre as diversas tradições culturais e musicais que compõem a matriz europeia, partilhando a paixão pelas músicas étnicas e o interesse em encontrar pontos comuns entre as suas tradições ancestrais. Neste ciclo que agora se inicia, os músicos cruzaram melodias representativas das suas tradições, revitalizando a memória cultural e os instrumentos tradicionais para os tempos actuais, em forma de orquestra multicultural.

Num intercâmbio de ideias e vivências, o repertório musical a ser desenvolvido ficará plasmado numa edição discográfica, assim como será apresentado em festivais e centros culturais em Itália, Grécia, Espanha e Portugal durante os próximos dois anos, além da prevista estreia na Estónia. O próximo encontro, a realizar-se no mês de Novembro, será promovido pela d'Orfeu, em Águeda, no âmbito do 17º OuTonalidades - circuito português de música ao vivo. Toda a informação sobre "FolkMus" pode ser consultada no sítio http://www.folkmusicproject.eu.


http://www.dorfeu.pt/
http://dorfeu.blogspot.com/
http://www.facebook.com/dOrfeuAC




d’Orfeu Associação Cultural
Instituição Cultural de Utilidade Pública  |  Estatuto de Superior Interesse Cultural

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email