Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

 

 

Letra

 

com as cadeiras na batida e o cabelo ao som

se te foge a rapariga volta sem batom

bota a boca na botija que eu seguro o som

uma desculpa e de seguida já está bom

não te apanhe a dormir

que a morena vai conseguir

pôr a gente a mexer

o poeta não te vai valer

que o mar já está velho para voltar

felizmente ainda há prazer

navegar navegar navegar

a nação a renascer

afro-xula para dançar.


se estás com medo da matilha liga ao tio maçon

ele que mande o regicida desligar o som

guarda bem a tua amiga isto não é o fon-fon-fon

estou a vê-la convencida que afro-xula é mesmo bom

não te apanhe a curtir

o que é que vem a seguir

a morena a aquecer

e a guerrilha a pedir para ver então

assim se faz revolução

o menino em barafunda a dar beijinhos no mamão

o mamão já na segunda a ser mamífero porque não

vão chegando mais amigos

nem sequer há inspeção

cada um purga castigos

vai batendo com a mão


o aníbal a comer

o polícia a cozinhar

toda a gente sem poder

e ninguém a trabalhar.


sei que a cada homem cada sonho

sou mais uma presa do medronho

pedem-me um roteiro de viagem

mas eu nunca cantei uma mensagem

felizmente ainda há prazer

navegar navegar navegar

a nação a renascer

afro-xula para dançar.


o aníbal a comer

o polícia a cozinhar

toda a gente sem poder

e ninguém a trabalhar. 


retirado de http://bfachada.bandcamp.com/album/cri-lo

Nu Soul Family, Angel-O ou Diego Miranda com o «pé na areia» em Santa Cruz

O Santa Cruz Ocean Spirit, considerado o maior festival ‘pé na areia’ do país começa na sexta-feira e espera atrair milhares de pés descalços no areal desta praia do concelho de Torres Vedras.


O festival ‘pé na areia', assim considerado pela organização, reforça este ano a afirmação desse conceito. Em ano de crise, conta com menos verbas e espera os 50 mil visitantes da edição anterior, de "pés descalços", mas com menos dinheiro na carteira.

 

Sem revelar os números totais do orçamento, a organização adiantou à agência Lusa que o orçamento desta edição é mais reduzido, por força da redução do financiamento de 150 mil para 50 mil euros da Câmara Municipal de Torres Vedras, principal patrocinadora.

 

Por outro lado, também a angariação de patrocinadores se revelou "mais difícil" e incapaz de ultrapassar esses cortes, obrigando a um cartaz de animação que é reflexo da conjuntura económica, do qual se destacam os Nu Soul Family (1 agosto), Angelo-O (3 agosto) e os dj's nacionais Hallux Makenzo (27 julho), Dj Sugus (28 julho) e Diego Miranda (2 agosto).

 

À semelhança de 2011, as entradas são gratuitas todas as noites.

 

O festival decorre até 5 de agosto na praia do Mirante, onde foi instalada a Aldeia Neptuno, o nome do recinto de seis mil metros quadrados. No local as mesas da restauração são em forma de pranchas de surf, existem dez espaços comerciais de venda de material para a prática de desportos radicais, uma piscina para crianças e zona de animação noturna, com seis bares de apoio.

 

Durante o dia decorrem diariamente provas desportivas, com atletas oriundos de todo o mundo para a prática de kayaksurf, waveski, SUP, kitesurf, surf, longborad, bodyboard e windsurf, cujas exibições são assistidas a partir do areal da praia por centenas de visitantes.

 

Retirado de Sapo Música

 

Letra

Os teus olhos dizem mais
Que as palavras, que os silêncios, que os sinais
Os teus olhos e esta luz
Que os acende quem os entende
Diz-me tu

 

Diz-me tu
Se a solidão faz o amor ver melhor na escuridão

 

Quem me diz
Ah ah ah aaahhhh
Onde estão
Ah ah ah aaahhhh


Os teus braços e os meus passos para onde vão

Diz-me tu


Ah ah ah aaahhhh
Para onde vão
Ah ah ah aaahhhh
E as memórias e as cinzas frias da paixão

 

(Guitar solo)
Ah ah ah aaahhhh

Diz-me tu
Se a solidão
Faz o amor ver melhor na escuridão

 

Quem me diz
Ah ah ah aaahhhh
Onde estão
Ah ah ah aaahhhh
Os teus braços e os meus passos para onde vão

 

Quem me diz
Ah ah ah aaahhhh
Onde estão
Ah ah ah aaahhhh
Os teus braços e os meus passos para onde vão

 

Diz-me tu
Ah ah ah aaahhhh
Para onde vão 
Ah ah ah aaahhhh
Nas memórias e as cinzas frias da paixão

 

 

letra

 

Eu quero contar o que me vai aqui, no coração.
Vou ter de ligar eu sei que não é uma solução.


São os sinais de quem quer mais,
Vai entender!
Eu não faço nada só por fazer


Assim, que chegar eu vou tratar de pedir-te a mão
Quero-te levar a um lugar tão cheio de emoção.


É tão raro ver o mar correr na minha direcção
Eu só quero ter mais a dizer e com razão


Assim, que chegar eu vou tratar de pedir-te a mão 
Quero te levar a um lugar tão cheio de emoção


São os sinais de quem quer mais
Vais entender!
Eu não faço nada só por fazer


É tao raro ver o mar correr na minha direcção
Eu so quero ter mais a dizer e com razão


São os sinais de quem quer mais
Vais entender!
Eu não digo nada só por dizer

José Manuel Barreto canta «Fados» em Almada

O fadista José Manuel Barreto, 68 anos, apresenta este domingo, 29 de julho, às 17:00, na FNAC sita em Almada, nos arredores de Lisboa, o seu mais recente álbum intitulado “Fados”, editado pela iPlay, anunciou esta discográfica.


O álbum inclui temas tradicionais, como o "Fado Carriche", "Fado dos Sonhos", "Fado Pedro Rodrigues" ou o "Fado Noquinhas", com músicas inéditas de Marco Oliveira, Mário Laginha e Custódio Castelo, e ainda a recriação de fados de repertórios de outros fadistas, como “Arraial”, de João Ferreira-Rosa.

 

José Manuel Barreto começou a cantar em público aos 11 anos e, aos 13, tornou-se artista exclusivo do programa radiofónico "Cliper Musical".

 

Em 1988 gravou o primeiro disco, "Amor Presente", e começou a atuar como fadista profissional. Em 2001 editou o segundo disco intitulado "Fado de Santa Luzia".

 

Desde 1994, quando o Clube do Fado foi inaugurado, participa regularmente do elenco desta casa de fados. 

 

Noticia do Sapo Música

 

 

Letra

 

Rubi (terça-feira) 

Os Azeitonas

 

Olá Rubi, foi numa terça-feira que eu te vi
Sentada e só num banco de jardim
Contemplando um folhetim
De umas aulas de ballet

Olá Rubi, foi desta forma que eu decidi
Depois de tantas vezes indagar
Formas de te abordar
Frente a frente eu te comtemplo

Amanhã cai a noite
E cais nos braços de outro alguém
Sem saberes que sofro em solidão
Como posso resistir
se eu te amo noutra dança
Quando me levas até ao Bolchoi,
À Opera, ao Scala de Milão...
Em sonhos

Olá Rubi, nem sei se eu devia estar aqui
Em busca de algo mais do que um affair
Um amor de aluguer
Para alguém cobarde e só

Olá Rubi, logo da primeira vez me apercebi
Gravuras e cartazes de bailados
Nas paredes do teu quarto retratados
Se que te vias assim

Amanhã cai a noite
E cais nos braços de outro alguém
Sem saberes que sofro em solidão
Como posso resistir
se eu te amo noutra dança
Quando me levas até ao Bolchoi,
À Opera, ao Scala de Milão...
Em sonhos

Deolinda estão em Inglaterra para atuar no festival de Peter Gabriel

O grupo português Deolinda prepara-se para regressar ao Reino Unido para mais dois concertos, depois da digressão em abril deste ano, de onde fez parte um espetáculo na sala londrina Union Chapel, que valeu ao grupo uma crítica no The Times, colocando os Deolinda como uma das grandes bandas da europa.


No próximo sábado, 28 de julho, os Deolinda atuam em Malmesbury, o famoso festival fundado por Peter Gabriel – Womad -, no qual irão também estar presentes outros nomes da música, como Orquestra Buena Vista Social Club, Femi Kuti, Patrick Wolf, Robert Plant e Kimmo Pohjonen.

 

Recorde-se de que a banda já tinha atuado na edição espanhola do mesmo festival, que decorreu em maio, em Cáceres.

 

Antes de pisarem o palco do Womad, os Deolinda passarão também no Merchant City Festival, em Glasgow.

 

Setembro será o mês do regresso do grupo aos Estados Unidos da América, país onde já estão marcados dez concertos. 

 

Noticias do sapo Música

Virgem Suta convidam todos a conhecer «Maria Alice»

 

O segundo single do novo álbum da dupla de Beja chama-se«Maria Alice». Ela vive só com os seus gatos, não tem famí­lia, mora num 7º andar e ficou orfã muito nova. Referimos-nos, claro, a Maria Alice, a protagonista do novo ví­deo dos Virgem Suta.

 

«Doce Lar» é o segundo álbum de Jorge Benvinda e Nuno Figueiredo, depois de uma bem-sucedida estreia em 2009. Três anos depois do primeiro álbum, os Virgem Suta regressaram com uma mão-cheia de histórias de amor, sonhos de infância, subtis ironias e assuntos sérios que se disfarçam de paródias.

 

Neste Verão de 2012, os Virgem Suta embarcaram numa extensa digressão nacional que já passou por grandes palcos como o do TMN Ao Vivo e do Festival Marés Vivas tmn. Nestes concertos, largamente aplaudidos, os Virgem Suta contagiam todos com êxitos como «Linhas Cruzadas», «Dança do Balcão» ou «Tomo Conta Desta Tua Casa».

 

Veja aqui o videoclip de «Maria Alice»:

 

Retirado de Sapo Música

 

Letra

 

Viagens

 Pedro Abrunhosa

viagens 

(Pedro Abrunhosa / Pedro Abrunhosa) 

Já vai alta a noite, vejo o negro do céu,
deitado na areia, o teu corpo e o meu.
Viajo com as mãos por entre as montanhas e os rios,
e sinto no meus lábios os teus doces e frios.

E voas sobre o mar, com as asas que eu te dou,
e dizes-me a cantar: "É assim que eu sou",
olhar para ti e ver o que eu vejo,
olhar-te nos olhos com olhares de desejo, 
olhar para ti e ver o que eu vejo,
olhar-te nos olhos com olhares de desejo,
eu não tenho nada mais p'ra te dar,
esta vida são dois dias,
e um é para acordar,
das histórias de encantar,
das histórias de encantar.
Viagens que se perdem no tempo,
viagens sem princípio nem fim,
beijos entregues ao vento,
e amor em mares de cetim.
Gestos que riscam o ar,
e olhares que trazem solidão,
pedras e praias e o céu a bailar,
e os corpos que fogem do chão.

Refrão 
Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email