Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

 

 

Letra

 

Desta margem 
D'onde o céu se abre largo 
Em arco sobre o rio 
A esta hora 
Em que o tempo hesita e pára 
Deixando-se ficar 
A esta hora 
Tão singular 
DE mágicos torpores 
Estendo os olhos 
Bebo aos meus amores 
E deixo-me levar 

Deixo-me ir 
À flor das águas 
Assim como que vai,vai 
Tão tranquilo 
Sem destino 
Enquanto a noite cai 
Como quem 
Sem outro rumo 
Ou direcção 
Se deixasse assim levar 
P'lo coração 

Vai de viagem 
Ninguém sabe p'r'onde vai 
Vai sem bagagem 
Nem direcção 
Sai sem destino 
Quando a noite cai 
Sobre esta margem 
Do coração 

A esta hora estranha hora 
Em que tudo pára 
Só minh'alma teima e voa 
Do meu peito pra fora 

Deixo-a ir 
Na maré 
De outras fantasias 
À se perde 
Na espuma de outros 
Noutro lugar. 

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email