Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

22 Jul, 2011

Fuse - A Outra Face

Letra
O movimento cresce a par e passo 
Mas navegamos num rio que está manchado 
De um lado a incompreensão é o adversário 
Do outro aqueles que vestem a camisola ao contrário 
Há muitos grupos, muitos projectos 
Mas a humildade ainda é pouca no trajecto 
Com que olhos somos vistos pelo povo ou pelos média? 
Não me interessa, já caguei para essa merda 
MC's e DJ's, B-Boys ou nos Graff's 
Caminhamos para os milhares de filiados nas artes 
Mas há regras e éticas para bombar com estética 
Estragam monumentos, poluem movimentos 
Há cowboys alados que se auto-denominam de soldados 
Na música não passam de gaiatos 
Qualquer um pode fazer um verso potente 
Mas até que ponto é que escreve aquilo que sente? 
Qualquer um grava um álbum, "fecha o tasco" 
Dá um nome a um colectivo ou inventa um manifesto 
Cuidado! Mais tarde ou mais cedo, no tempo certo 
A verdade aparece, o vigário é apanhado 
No fundo sinto medo e desgosto ao mesmo tempo 
Porque o sentimento da velha escola se evapora com o tempo 
Retomo a contagem no cronómetro 
Continuo a bater o record mínimo 

Há muito para compreender, para descobrir 
Cultura pura, será que a sabes sentir? 
Não é uma mera imagem, é um símbolo 
Sentimento em bruto à espera do teu fruto 

Será que sabes aquilo que fazes? 
Será que fazes aquilo que sabes? 
Espero que não te enganes 
O importante é usares as tuas faculdades 
Para melhorares cada vez mais naquilo que fazes 
Resume-se tudo a um fruto, um alimento 
Esquece a casca, a maravilha está por dentro 
Não é só escrever, cantar, pintar 
Falar para a gera, dançar, vestir... aparato é sentir 
A nobreza de um aperto de mão 
No acto, o orgulho de receber e dar prop's, pisar um palco 
Atitude e personalidade é muito raro 
No individuo que só quer dar espectáculo 
Há que tentar perceber e alcançar o espírito 
Dos verdadeiros fundadores deste movimento 
Recuperar o sentimento e a postura 
Dos clássicos pioneiros desta cultura 
Por todas as horas dias, semanas, meses, anos que dediquei ao HipHop 
O que podia ter feito não sei, outras coisas 
Conhecido outras pessoas, mas não 
No fundo tenho orgulho naquilo em que me tornei 
Naquilo que faço, naquilo que sou, MC 
Dominar microfones até ao fim da vida 
Só paga o preço errado quem não enxerga 
A outra face da moeda 

Há muito para compreender, para descobrir 
Cultura pura, será que a sabes sentir? 
Não é uma mera imagem, é um símbolo 
Sentimento em bruto à espera do teu fruto


Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email