Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

Letra
De Bragança a Lisboa
São 9 Horas de distância
Queria ter um avião
Para lá ir mais a miuda
Dei cabo da tolerância
Rebentei com três Radares
Só para te ter mais perto
Só para tu te dares.

E saio agora
E vou correndo
E vou-me embora
E vou correndo
Já não demora
E vou correndo pra ti....

Maria
tudo pra ti Maria

Outra vez vim de Lisboa
Num comboio azarado
Nem máquina tinha ainda
E já estava atrasado
Dei comigo agarrado
Ao porteiro mais pequeno
E tu de certeza à espera
Rebolando-te no feno

E saio agora
E vou correndo
E vou-me embora
E vou correndo
Já não demora
E vou correndo pra ti...

Maria
tudo pra ti Maria

Seja de noite ou de dia
Trago sempre na lembrança
A cor da tua alegria
O cheiro da tua trança
De Bragança a Lisboa
São 9 Horas de distância
Queria ter um avião
Para lá ir mais a miuda

E saio agora
E vou correndo
E vou-me embora
E vou correndo
E vou-me embora
E vou correndo pra ti....

Maria
tudo pra ti Maria...

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email

1 comentário

Comentar post