Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

 

Letra

 

Eu sou a outra
Aquela que todos condenam
Que a meu lado ele é feliz
Que tudo eu fiz
Nunca falam.
Se limitam a ofender me
Lutam pra me destruir
Meus sentimentos ignoram
E os meus olhos sempre choram

Na rua me chamam nomes
Trambiqueira,interesseira
Já dizem que eu não te amo
Que te engano com outros homens
Eu choro,eu choro
Minha mãe pra mim não fala mais
Meus irmãos tô a perder
Eu choro,eu choro
Minha família eu sacrifiquei
Por ti meu grande amor

Eu sei que ele é casado
Tem família e tem mulher
Mas o quê é que eu vou fazer
Se o meu coração assim quer?
Queria eu também ter um homem só para mim
Mas o quê é que eu vou fazer
Se o destino não me dá?

Quando o filho dele em casa tá doente
Eu também choro
Quando ele fica triste em casa
Eu também deprimo
Eu sei que ele só vem
Os domingos e as segundas
Mas eu lhe amo mesmo assim
Eu lhe amo mesmo assim

Não me falta homens
Que queiram me dar o anel
Mas a verdade que com ele eu me sinto
Como se tivesse subido ao altar

Desculpa sô ê
Eu sou a outra
Também mereço ser feliz
Óh meu senhore,ai ai ai ai
Também mereço ser feliz...

Quando o filho dele em casa...

Não me falta hoemens...

Desculpa sô ê
Eu sou a outra
Também mereço ser feliz
Óh meu senhore,ai ai ai ai
Também mereço ser feliz...

Eu choro,eu choro... (2x)

Por isso eu assumo:
Eu sou a outra!!! (11x)

EU MEREÇO SER FELIZ!!! (3x)


Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email