Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

 

Letra

 

Tu também (há 10 000 anos atrás)

Há dez mil anos atrás
a areia da praia
já cá estava
mas o instinto foi fatal
dei contigo no metro
estação marquês de pombal
entre aquele mar de gente
que fluía cabisbaixo
tu imovél, uma rocha
com o mar a passar por baixo

cara a cara, frente a frente
a imagem começa a girar
os teus olhos de repente
parecem da cor do mar
da cor do mar quando a tarde cai
da cor do mar quando a noite vem
daquela cor que só o mar tem
o mar e tu também

eu pra li atrapalhado
a lutar contra a corrente
lá consegui ficar parado
a sorrir com todos os dentes
há quanto tempo não te via
ao tempo que te deixei para trás
tu sorriste e respondeste
há dez mil anos atrás!

eu sozinho
e tu também!

Letra: Tim
Música: Xutos & Pontapés

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.