Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

 

 

Letra

 

Cidadão do Mundo

 

(Coro Kimbundu)

 

Nasci em Lisboa

Em Évora cresci

Vagueei por esse Mundo 

Nova Iorque, Macau, Madrid

 

Queria descobrir

E perceber

O que poderia mudar

E como o poderia fazer

 

Para acabar com a pobreza

E injustiça

Não consigo aceitar

A fome, a indiferença, o racismo, a mentira, a ganância ou a ofensa

Não aceito tanta dor nem o mundo sem Amor

 

Porque não há direito nem razão

Para viver na solidão

Nem é preciso ver

Crianças a morrer, idosos a sofrer

Enquanto gente nos mente e nos tira a razão

 

Instigando a repressão

Sem preconceito, criam guerras 

Levam-nos a alma e o respeito

Mas eu não me vou calar

Porque eu sou   um Cidadão do Mundo

 

Refrão:

 

Porque eu sou   um Cidadão do Mundo

Porque eu sou   um Cidadão do Mundo

Porque eu sou   um Cidadão do Mundo

E vou querer mudar o Mundo

 

 

Quero ver a paz e o amor vencer

Povos de mãos dadas a construir

A fome e a guerra desaparecer

Crianças a sorrir e a crescer

 

Quero um mundo mais justo e sincero

Onde não há miséria nem maldade

É tudo o que eu quero

Ser melhor, ser verdadeiro, poder dar e receber

Partilhar o mundo inteiro

 

Quero acreditar, lutar, sonhar, viver

Dar tudo sem nada temer

Ser amigo, ser fiel

Tirar palavras do papel

 

Ser a ação a redenção, o amor e o perdão

Vamos todos dar a mão e lutar por um mundo melhor

Vamos acreditar que sim é possível mudar

Mas eu não me vou calar

Porque eu sou   um Cidadão do Mundo

 

Refrão:

 

Porque eu sou   um Cidadão do Mundo

Porque eu sou   um Cidadão do Mundo

Porque eu sou   um Cidadão do Mundo

E vou querer mudar o Mundo

 

(Coro Kimbundu)

 

Obrigado André

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email