Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

 

Letra

 

Umbadá, umbadeó-umbadá 
É umbadá, umbadeó-umbadá 
É umbadá, umbadeó-umbadá 
É umbadá, umbadeó-umbadá 
É umbadá, umbadeó-umbadá 
É umbadá, umbadeó-umbadá 


Herdou da noite a cor que é cor de mistério 
Mas tinha brancos os cabelos e a alma 
Tinha nos olhos a certeza que há no sério 
E no sorriso a doçura e a calma 
Foram seus braços o meu berço preferido 
Sua canção foi o feitiço apetecido 
Que me embalava e eu menino adormecido 
Ouvia a sonhar 


É umbadá, umbadeó-umbadá 
É umbadá, umbadeó-umbadá 
É umbadá, umbadeó-umbadá 
É umbadá, umbadeó-umbadá 


Suas mãos negras se juntavam a pedir 
Senhor jesus olha o menino meu senhor 
Faz que o demónio não o venha a perseguir 
Senhor jesus mostra-lhe a paz e o amor 
Sou eu quem peço agora na minha oração 
Para que deus te mostre a minha gratidão 
Não te esqueci nem esqueci a tua canção 
Que canto para ti 


É umbadá, umbadeó-umbadá 
É umbadá, umbadeó-umbadá 
É umbadá, umbadeó-umbadá 
É umbadá, umbadeó-umbadá 
É umbadá, umbadeó-umbadá 
É umbadá, umbadeó-umbadá 
É umbadá, umbadeó-umbadá 
É umbadá, umbadeó-umbadá 
Umbadá

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email