Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

Malcontent preparam terceiro disco com recurso a investimento dos fãs

A banda de noise-rock Malcontent, do Porto, está a preparar o seu terceiro trabalho discográfico com recurso ao crowdfunding, processo em que os fãs investem financeiramente na produção do disco a adquirir posteriormente.


Depois de “Love the Gun” (2009) e “Erased” (EP, 2012), o trio composto por Sérgio Costa (guitarra), Filipe Pereira (bateria) e Jorge Oliveira (baixo) prepara nova edição para o terceiro trimestre de 2014, o qual está sob o referido processo de recolha de fundos na internet.

 

Resumidamente, entre outras opções, os fãs da banda portuense, que já adquiriu um firme estatuto na cena indie nacional, compram antecipadamente o álbum a um preço mais reduzido, comparticipando nos custos de produção do mesmo. "Não é uma forma de lucrar”, afirmou Sérgio Costa à Agência Lusa, que esclareceu: “O dinheiro será devolvido se não se atingir o montante necessário”.

 

Para o guitarrista da banda que não esconde as influências de bandas como Jesus & Mary Chain ou My Bloody Valentine, “perante as difíceis condições do mercado, [o “crowdfunding”] é um meio para garantir continuidade do trabalho e, ao mesmo tempo, tornar o novo disco mais íntimo dos fãs, que vão ter bastante informação sobre os progressos em estúdio". O processo não é inédito em Portugal, embora muito raro no género musical. “Mas é um formato em que todos ficam a ganhar”, afirmou.

 

Quanto à sonoridade do novo disco, "são previsíveis algumas mudanças, mas sem perder identidade. Será um disco mais elaborado, na composição e na produção", concluiu Sérgio Costa.

 

Retirado do Sapo Música

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email