Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

LISBOA 22:38, António Zambujo


ANTÓNIO ZAMBUJO ENTRA DIRECTAMENTE
PARA O 1º LUGAR

«LISBOA 22:38» É LÍDER DO TOP NACIONAL

 

Álbum foi registado, ao vivo, no Coliseu dos Recreios

«Quinto», o seu registo anterior, já é Disco de Platina e continua no Top 10


António Zambujo é o novo líder do top nacional: na semana do seu lançamento, «Lisboa 22:38» entrou, directamente, para o nº 1 da tabela portuguesa.

 

O novo álbum é o resultado de uma noite inesquecível, vivida em Dezembro de 2012, na estreia de António Zambujo numa das mais emblemáticas salas nacionais – o Coliseu dos Recreios, em Lisboa. Celebrava-se, então, a caminhada triunfal de «Quinto», o seu mais recente registo de originais. Um ano depois, no entanto, esse percurso ainda não parou de crescer: «Quinto» já é Disco de Platina e mantém-se no Top 10 da contagem nacional, na 8ª posição.

 

«Como sábio e bom alentejano que é, António Zambujo não confunde o melodioso com o meloso. Ele não alambica paixões nem simplifica sentimentos – antes varia caminhos e multiplica triangulações, promovendo encontros improváveis: o fado com a MPB e com a morna; o cavaquinho de Jon Luz com a guitarra portuguesa de Bernardo Couto e o clarinete de José Miguel Conde; compositores como Maria do Rosário Pedreira e João Monge ao lado de Pedro da Silva Martins ou Miguel Araújo, mestres no cruzamento de amor e humor, através dos quais o fado se transfigura em pequenos contos do quotidiano», descreve João Miguel Tavares, no texto que acompanha «Lisboa 22:38».

 

Em 2012, António Zambujo transformou o Coliseu dos Recreios na sua própria sala, convidando os amigos a juntar-se a uma grande festa, que, agora, pode ser, para sempre, recordada. Ou, nas palavras de João Miguel Tavares, «a partir de agora e deste disco, a sala é a de cada um». E a festa é de todos!

 

«Lisboa 22:38» está disponível em dois formatos – CD e CD+DVD –, com edição da Universal Music Portugal.

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email