Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

 

 
Letra
 

Temos muitas mentiras a habitar nossas verdades
Temos muita perguiça no meio das nossas vontades
Gastamos nossas vidas em busca dos elos dourados
Apontamos as armas aos objetivos errados
Fazemos caridade p'ra não sentirmos culpados
São factos.

Temos muito crime no meio da nossa justiça
É pouca a retidão no meio de tanta cobiça
Temos muito lixo no meio da nossa riqueza
Muita ignorância lado a lado com a certeza
Muito preconceito com a nossa natureza

(Refrão x2)
Era tão bom de ter, era tão bom de ter,
Era tão bom de compreender,
O que nos consome quando queremos é comer
Porque nos atacam quando não sabemos ler
E não largam de pé quando nos pedem p'ra correr
Como é que pode ser digam como é que pode ser
Aumenta o trabalho sem dinheiro p'ra viver
Era tão bom de ter ai como era tao bom de ter
Honra no trabalho e pagamento a condizer

Era tão bom de ter (x3)

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email