Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

 

Letra

 

amanhã serei
jornais antigos
doente de amor
fabriquei um romance

amanhã morrerei
em voz baixa
pequena de destino
no banco traseiro

ama com egoísmo
começarei por mim própria
imagino-me mais alta
na página seguinte

filha de cabeleireira
sinto-me sempre culpada
a técnica minuciosa
nunca me serviu de nada

amanhã serei
sem abrigo
banco de jardim
com vista para o mar

amanhã morrerei
lição de história
o corpo da criada
ao serviço da casa


Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email