Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A gaiola dourada

Disco já à venda

 Disponível em formato digital no music box

 

 

Há muito que é reconhecido o enorme talento de Rodrigo Leão e o caráter indiscutivelmente fílmico da sua música. O pendor cinematográfico das suas composições consubstanciou-se em 2004 no álbum “Cinema”, considerado pela critica e pelo público, como o momento mais alto da sua carreira.


Esta faceta de Rodrigo Leão granjeou-lhe, aliás, inúmeros admiradores de renome mundial, de entre os quais os realizadores Lee Daniels e Pedro Almodovar.


Contando já com 20 anos de uma carreira a solo verdadeiramente invejável, seria, no entanto, somente em 2013 que Rodrigo Leão veria o reconhecimento da sua música além fronteiras, graças à assinatura das bandas-sonoras para os filmes “O Mordomo” e “A Gaiola Dourada”.


Este último, retratando de forma simples, divertida e despreocupada, a vida de uma família de emigrantes portugueses em Paris, seria um enorme êxito de bilheteira em França e também em Portugal, onde destronou diversos “blockbusters” americanos, afirmando-se como o filme mais visto de 2013, com mais de meio milhão de espectadores em apenas um mês de exibição!


O CD da banda-sonora de “A Gaiola Dourada” inclui dezasseis temas de Rodrigo Leão, contando com inéditos, mas também com novos arranjos para temas emblemáticos, como é o caso de “A Estrada” ou de “A Comédia de Deus”.


O disco conta, ainda, com um tema do músico belga Yan Wagner, uma interpretação da ária “Brindisi”, retirada da imortal ópera La Traviata, de Verdi, também com uma versão, pela orquestra de Nelson Riddle, para o clássico “Uma casa Portuguesa” e, por último, com uma notável interpretação da atriz Catarina Wallenstein para o fado “Prece”, imortalizado por Amália Rodrigues.


Razões mais do que suficientes para tornar a banda-sonora de “A Gaiola Dourada” num CD verdadeiramente obrigatório para os fãs de Rodrigo Leão e também para todos aqueles que, somente agora, puderam descobrir o talento do músico português, graças ao enorme sucesso deste filme.

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email