Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

 

Letra

 

Fora de tempo pôs-se o sol 
e a lua fora de tempo também 
fora de tempo nasceram dois 
filhos da mesma mãe

 

Fora de tempo brotaram da terra 
flores e espinhos também 
fora de tempo ficaram longe 
mais longe do que convém

 

Fora de tempo o que era quente 
gelou até matar tudo 
se um cantava no silêncio 
fora de tempo ouviu-se um grito mudo

 

[refrão] 
O tempo também se engana 
nas casas onde mora 
o mau tempo que faz dentro 
nem sempre é tão bom de fora

 

Fora de tempo o que era água 
teimou em ser areal 
fora de tempo já se notava 
que um vê bem e o outro mal

 

Fora de tempo tudo voltou 
ao tempo que era atrás 
e dentro do tempo um partiu mais cedo 
e o outro ficou para amar

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.