Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

 

Letra

 

Diz-me que solidão é essa 
Que te põe a falar sozinho 
Diz-me que conversa 
Estás a ter contigo 

Diz-me que desprezo é esse 
Que não olhas para quem quer que seja 
Ou pensas que não existes 
Ninguém que te veja 

Que viagem é essa 
Que te diriges em todos os sentidos 
Andas em busca dos sonhos perdidos 

Uhhhhh... 
Uhhhhh... 

Lá vai uma luz 
Lá vai o demente 
Lá vai ele a passar 
Assim te chama toda essa gente 

Mas tu estás sempre ausente e não te conseguem alcançar (x3) 

Diz-me que loucura é essa 
Que te veste de fantasia 
Diz-me que te liberta 
Que vida fazias 

Diz-me que distância é essa 
Que levas no teu olhar 
Que ânsia e que pressa 
Tu queres alcançar 

Que viagem é essa 
Que te diriges em todos os sentidos 
Andas em busca dos sonhos perdidos 

Uhhhhh... 
Uhhhhh... 

Lá vai uma luz 
Lá vai o demente 
Lá vai ele a passar 
Assim te chama toda essa gente 

Mas tu estás sempre ausente e não te conseguem alcançar (x2) 

Mas eu estou sempre ausente e não conseguem alcançar 
Não conseguem alcançar (x3)

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.