Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

Lisbon Week recupera a boémia da capital com jazz, funk ou música clássica

Jazz, swing, funk, música clássica, acústica e contemporânea são os sons que vão marcar a edição de 2013 do Lisbon Week, no final de setembro.

Com a colaboração do saxofonista e programador Carlos Martins, o Lisbon Week pretende recuperar a boémia vivida em tempos na Rua das Portas de Santo Antão. De 25 a 28 de setembro, vários espaços da cidade receberão concertos originais, pensados exclusivamente para esta edição.

Dia 25 de setembro, quarta-feira, são as sonoridades clássicas que tomam conta da cidade. A Orquestra Metropolitana de Lisboa, com o apoio da Caixa Geral de Depósitos (CGD), irá apresentar a obra de Aaron Copland, em concerto para Clarinete e Orquestra. Ao reportório desta noite junta-se Igor Stravinsky, com “Suite Pulcinella”. Nuno Silva irá apresentar-se no clarinete e a direção musical é da responsabilidade de Cesário Costa. O espaço escolhido para esta estreia foi o da Sociedade de Geografia de Lisboa. O concerto terá início às 21h30.

Quinta-feira, dia 26 de setembro, a música no Lisbon Week contará com um espetáculo que nasce do desafio de Carlos Martins aos músicos João Barradas (na foto) e Jonas Runa. Esta união irá apresentar um concerto original, que partiu da fusão das sonoridades do acordeão de João Barradas, com os sons eletrónicos de Jonas Runa. A espacialização do som é um dos aspetos fundamentais da nova música improvisada. Esta espacialização criada pela electrónica é a base de uma viagem em que um familiar instrumento acústico revela uma nova personalidade, andróide e futurista. Esta estreia terá lugar no recuperado Teatro Thalia, às 22h00. 

O Palácio da Independência vai receber dia 27 de setembro, pelas 19h00, Filho da Mãe. O projeto a solo de Rui Carvalho define-se por uma só guitarra, que caminha entre um rock nervoso e um classicismo pouco convencional. Esta noite o músico dos If Lucy Fell, agora com alter-ego Filho da Mãe, irá revisitar "Palácio", o seu primeiro longa-duração, um disco marcado pela sonoridade da guitarra em contextos e ambientes diferentes. O artista irá ainda revelar neste concerto íntimo alguns dos novos temas do seu próximo álbum, com estreia agendada para o final deste ano.

Numa série de três concertos o jazz também fará parte da programação. O Hot Clube de Portugal será o palco destes espetáculos que decorrerão a 26, 27 e 28 de setembro. Ricardo Toscano "Young Lions" é um quarteto constituído por alguns dos mais promissores jovens músicos do jazz português, nomes de uma nova geração que exploram a evolução da linguagem "tradicional" do jazz. Ricardo Toscano (saxofone alto), João Pedro Coelho (piano), Romeu Tristão (contrabaixo), e João Pereira (bateria), irão interpretar "standards" do jazz moderno (Wayne Shorter, Herbie Hancock ou Miles Davis), temas do repertório "hard-bop", bem como alguns originais. Os concertos terão início às 22h30, em cada um dos dias.

A noite de encerramento do Lisbon Week pretende ser uma festa de recriação da boémia da Rua das Portas de Santo Antão, que esta edição procurou recuperar. Num dos locais do património da cidade, a ser revelado a dias da festa, terá lugar a Lisbon Week Bluga Party. Esta noite temática irá receber um concerto da Big Band da Nazaré, seguido pela atuação da dupla de DJs FAT&SLIM. A noite começa com Vítor Belanciano, jornalista, crítico de música, cronista, professor e DJ há mais de quinze anos.

A Big Band do Município da Nazaré apresenta um repertório variado, que vai desde o jazz aos ritmos de influência latino-americana, passando por originais de estilo funk.  Uma forte voz feminina lidera reconhecidos temas de jazz numa reprodução do ambiente vivido na altura. A dupla de DJs composta por Mr. Heights e LBR terá como missão levar os convidados a viajar por uma mistura da adrenalina do swing à eletrónica dos dias de hoje.

Ao longo de toda a semana o Lounge do Lisbon Week, localizado no Largo de São Domingos, e a Estação dos Petiscos, situada à beira rio, no Cais do Sodré, contarão com DJ sets a acompanhar o pôr do sol.

Os bilhetes poderão ser adquiridos através do 1820, ou diretamente na ticketline, com exceção da programação do Hot Clube de Portugal, onde as entradas são compradas à porta do clube no próprio dia do concerto.

 

Retirado do Sapo Música

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.