Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

Novo festival de verão Ilha dos Sons no Alentejo

Capitão Fausto, Nu Soul Family e Richie Campbell são os cabeças-de-cartaz do festival Ilha dos Sons, que começa na quinta-feira na aldeia alentejana de Mina de S. Domingos (Mértola).


Organizado por uma empresa privada e com o apoio da Câmara de Mértola, o Ilha dos Sons - Festival da Juventude de Mértola, para um público-alvo dos 16 aos 35 anos, vai decorrer até sábado junto à Praia Fluvial da Tapada Grande, naquela aldeia do Baixo Alentejo.

 

A primeira edição do Ilha dos Sons apresenta um cartaz 100% português que abarca vários estilos musicais, como punk, rock, reggae, soul e dance, disse hoje à Lusa o produtor do festival, João Pedro Lampreia, referindo que a organização espera receber "entre 4.000 a 5.000" festivaleiros.

 

O primeiro dia do festival inclui os concertos das bandas Capitão Fausto e Noizd e as sessões dos djs Ride e Sunlize.

 

Na sexta-feira realizam-se os concertos das bandas Nu Soul Family, Jahvai e Karetus e as sessões dos djs Lady F e Tape.

 

O Ilha dos Sons termina no sábado com o concerto do cantor de reggae Richie Campbell e as sessões dos djs Diogo Menasso, Tha Lux Brothers e Krishna.

 

"O conceito do festival é promover a luta contra a desertificação do Alentejo e descentralizar grandes eventos dos grandes centros urbanos para o interior", disse João Pedro Lampreia, justificando a escolha da aldeia de Mina de S. Domingos para a realização do Ilha dos Sons.

 

O Ilha dos Sons está a "dar os primeiros passos" e, "antes de se realizar", a produtora já foi contactada pela organização dos Portugal Festival Awards, que vão ser entregues pela primeira vez este ano para premiar os melhores festivais de música em Portugal, para candidatar o festival ao prémio de "Melhor Festival Não Urbano", disse João Pedro Lampreia.

 

Segundo a organização, a praia fluvial de Mina de S. Domingos "promete ser a opção perfeita para os festivaleiros", os quais "poderão usufruir de um festival de música de referência e aproveitar para conhecer mais uma pacata e paradisíaca localidade alentejana".

 

O cartaz do festival "foi pensado para proporcionar a frescura ideal a quem gosta de dançar a céu aberto junto a uma praia fluvial única em pleno Alentejo", frisa a organização.

 

A aldeia de Mina de S. Domingos oferece "ótimas condições" para a realização do Ilha dos Sons, porque proporciona "uma ampla zona verde" para campismo, que será gratuito para quem optar pela compra do bilhete para os três dias do festival.

 

Retirado do Sapo Música

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.