Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

 Adufe-sons do mundo divulga a sua agenda para o mês de Agosto.

Para este mês a aposta continua a passar por dar a conhecer os sons do mundo. Para os espectáculos ao vivo destacamos a apresentação do novo CD de Pedro Balse que irá apresentar-se com a Wporld Chill Band e o Flamenco de Vasco Hernandez. 
 
Dia 2 (6ª feira) - DJ Set - 22.00h
Family Dar Cho Selektas  - World Moods & Fusion Folk
Dupla de selectas que fazem do gosto pela folk mundial o alicerce deste projeto. 
A Familia percorre caminhos tradicionais e de fusão tendo como aposta uma world music bastante ecléctica e muito dançável.

Dia 3 (Sábado) - DJ Set - 23.00h
DJ Cucuruncho - "Kinshasa Mon Amour"

Se diz-se que todos os caminhos levam a Roma, se tem que dizer também que todas as músicas levam a Kinshasa! O Congo é o berço das músicas modernas africanas desde os anos 50, inspiradas na maior parte pela rumba, o soukouss ou o ndombolo, nascidas da mistura entre tradição e modernidade que os congoleses fazem sem complexo nenhum. Mas também do Congo vêm as origens das sonoridades universais do outro lado do Atlântico como o funk e o disco ou ainda o afrobeat nigeriano. Uma noite para render homenagem à infinidade de músicas inspiradas pela riqueza desta cidade ruidosa onde o silêncio é o pior pecado.

Dia 9 (6ª feira) - Dj Set - 22.00h
Selecta Boots

Os sons do mundo são o mote do Adufe bar e também dão o mote à viagem que rompe as fronteiras físicas globais, através da música e que encontram pontos de ligação através das notas e ritmos.
Uma noite em que são abolidas todas as fronteiras e onde a música circula livre pelo mundo é o que nos promete o Selecta Boots.

Dia 10 (sábado) - Concerto - 22.30h
Pedro Balse & World Chill Band 

Pedro Balse, acompanhado pela World Chill, vem ao Adufe apresentar o seu último CD "World Chill".

Pedro Balse, mistura uma série de sons e de culturas que gosto e que, de algum modo, me influenciam, tentando produzir uma nova sonoridade, que seja relaxante, mas também vibrante e que dê gosto ouvir.

 

Cada tema é dedicado a uma cidade, a uma região, a um país, a um continente; numa mistura de eletrónica e de acústico

Os 14 temas que fazem parte do cd "World chill" conta com 18 participações: Ana Tavares (guitarra), António Raposo (percussões), Catarina Fernandes (voz), Fernanda Paulo (voz), Gonçalo Barata (acordeão), Gonçalo Prazeres (saxofone alto), Hugo Pereira (guitarra), Inês Vaz (bandoneon e acordeão), Lacqueline Mercado (voz), Jan (voz), João Rato (guitarra elétrica), Leonel Guerreiro (guitarra e cavaquinho), Luís Silva "Sax" (saxofone soprano), Marco Falconi (sopros e percussões dos Andes), Patrícia Coelho (voz), Ricardo Marques (guitarra portuguesa), Rui Meira (charango e flauta transversal) e Vítor Costa (percussões).

Dia 14 (4ª feira/véspera de feriado) - 22:00h.

Festa Alfarrabista Sheika a Valer com DJ Set

Festa da Sheika a Valer com Selecta das Dores

Sons de África e da Afro-diáspora (Afrobeat, Highlife, Funk, Semba, Samba, Salsa, Cumbia, Blues, etc) - um passeio pelos sons progressivos da música de raiz africana, começando pela música de África e acabando em lugares históricos de diáspora africana.

Dia 16 (6ª feira) DJ Set - 22.00h

Laukur 

Nesta sexta-feira, Laukur regressa ao Adufe-sons do mundo, com uma selecção de sonoridades musicais que percorrem o mundo. Com ponto de partida em Portugal a viagem vai dar a conhecer muitas sonoridades.

Dia 17 (sábado) - DJ Set - 22.00h

Selectas Ratchet & PDL

Os ritmos contagiantes da Jamaica voltam a escutar-se no Adufe, pelas mãos dos experientes selectas Ratchet e PDL, que nos trarão os sons mais antigos da Jamaica, early reggae, rocksteady e ska, coligando-os ao melhor que se faz hoje em dia dentro destes géneros musicais.

Dia 23 (6ª Feira) - Concerto - 22.30h
Sons da Lusofonia 
Para esta noite o Adufe-sons do mundo apresenta mais uma noite de muita cultura em que a poesia do Baiano Vladimir Queiroz se interliga com a música do grupo "Sons da Lusofonia".
Aproveitando a vinda do poeta da Baía (Brasil) de Vladimir Queiroz a Portugal e o lançamento do seu recente trabalho "Alcatruz" o Adufe-sons do mundo vai contar com a presença do poeta. Nesta noite poderá conviver com o poeta, assim como, ouvir os seus poemas musicados pelo grupo "Sons da Lusofonia". 
Dia 24 (Sábado) - 22.00 - DJ Set
"Do Semba ao Samba" por Selecta Pedro Vaz
Mais um regresso às noites do Adufe-sons do mundo. Para esta noite o Selecta Pedro Vaz preparou uma selecção que irá do Semba (Angola) ao Samba (Brasil) uma viagem entre África e América Latina.
Dia 30 - 6ª Feira - 22.00h - Dj Set
Selecta Atir
Com África a ter um papel de destaque na programação do Adufe-sons do mundo o último "Set" do mês vai para este continente com os seus ritmos quentes. Selecta Atir irá desenhar-nos uma rota musical com maior destaque para a região da África Central.
Dia 31 - Sábado - 22.30h - Concerto
Vasco Hernandez - Flamenco

No último dia do mês de Agosto, o Adufe-sons do mundo, reservou os ritmos quentes e apaixonados do Flamenco. É a estreia nos concertos no palco do Adufe deste género musical. 
Nascido em Andorra, de mãe portuguesa e emigrante, Vasco Fernandez cresce em Madrid, onde inicia a sua aventura como guitarrista autodidata, vivendo intensamente as influências da cultura cigana e da linguagem do jazz. Músico e compositor, Vasco Hernández incorpora na sua expressão musical toda a riqueza das suas raízes e memórias hispano-portuguesas, projetando-as e filtrando-as à luz da sua profunda vivência da estrutura rítmica, harmónica e afetiva da cultura flamenca.

Atualmente dirige o grupo com o seu nome – Vasco Hernández Grupo – no qual consolida todas as experiências e influências anteriores. Os ritmos, os movimentos, as palavras, os sopros e percussões exprimem uma forma peculiar de entender a cultura flamenca, não só como uma visão tradicional mas também como uma forma de entender a vida.
Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email