Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

A Música Portuguesa

Em terras Em todas as fronteiras Seja bem vindo quem vier por bem Se alguém houver que não queira Trá-lo contigo também

 

Letra

 

Fecha os olhos e adormece
Mas nao te esqueças de quem és
Amanhã é um novo dia
E tu tens o mundo aos teus pés

Pensa que foi um dia mau
O tempo passa num segundo
Eu sei que custa mas não foi
O tão desejado fim do mundo

Pensa que és um barco à vela
Que segue o rumo que o vento tomar
Pois já não depende de ti
Onde vais ou não chegar

Não penses que nunca mais vais respirar
E que nunca vais curar essa ferida
Pois nada seca mais depressa
Que as lágrimas e a chuva de uma vida

Tudo mudo tudo morre
Tudo fica onde está
Noutra sítio, de outra forma
Noutra vida viverá

Pensa que és um barco à vela
Que segue o rumo que o vento tomar
Pois já não depende de ti
Onde vais ou não chegar

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.