Terça-feira, 17.10.17

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 

 

Lyrics by Cire

 

 



publicado por olhar para o mundo às 22:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Eu tenho um xale encarnado
É uma lembrança tua
Tem um segredo bordado
Que ás vezes eu trago á rua

Tem as marcas de uma vida
Que a vida marca no rosto
Mas ganha uma nova vida
Nas noites que o trago posto

Já foi lençol e bandeira
Vela de barco, também
Tem marcas da vida inteira
Mas dizem que me cai bem

Se pensas que me perdi
Nalgum destino traçado
Para veres que não esqueci
Eu ponho o xaile encarnado

 

Letra: João Monge
Música: Armandinho

 



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

HÁ UMA ESTRELA GUIA LÁ NO AR
ELA BRILHA , ELA BRILHA SEM PARAR
E EU SÓ QUERIA VÊ-LA DURAR

E SE ELA UM DIA SE APAGAR
NADA FICA , NADA FICA PRA LEMBRAR
POR ISSO DEVÍAMOS FALAR

OS DOIS OS DOIS
SEM GRITAR
TENTAR NÃO DISCUTIR
OS DOIS A DORMIR
LADO A LADO SEM NENHUM DE NÓS IR
PARA LONGE 

HÁ UMA VIDA LONGA POR VIVER
MAS TU NUNCA , TU NUNCA QUERES SABER
E ASSIM VAI ACABAR POR MORRER

EU NUNCA PENSEI , VIR A DIZER
A TUA FALTA , TUA FALTA FAZ DOER
POR ISSO DEVÍAMOS RESOLVER

OS DOIS OS DOIS
SEM GRITAR
TENTAR NÃO DISCUTIR
OS DOIS A DORMIR
LADO A LADO SEM NENHUM DE NÓS IR
PARA LONGE … PARA LONGE

ENTÃO PÁRA , PÁRA DE DISCUTIR
PÁRA PRA NENHUM DE NÓS IR … PARA LONGE

IMAGINA , O QUE PODÍAMOS SER
SE POR UM DIA COMEÇA-SE-MOS A TENTAR, TENTAR VIVER

OS DOIS OS DOIS
SEM GRITAR
TENTAR NÃO DISCUTIR
OS DOIS A DORMIR
LADO A LADO SEM NENHUM DE NÓS IR
PARA LONGE … PARA LONGE

ENTÃO PÁRA PÁRA DE DISCUTIR
PÁRA PRA NENHUM DE NÓS IR … PARA LONGE … PARA LONGE

 

MÚSICA: Sérgio Rosado
LETRA: Bernardo Costa (Peermusic)

 



publicado por olhar para o mundo às 11:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Ai meu amor se bastasse
Saberes que eu te amo tanto
E cada vez que eu cantasse
Ai meu amor se bastasse
Saberes que é por ti que eu canto

Ai meu amor se bastasse
O que a cantar eu consigo
E mesmo que eu não cantasse
Ai meu amor se bastasse
O que a falar eu não digo

Ai meu amor se bastasse
Eu saber que te não basta
E na vida que eu gastasse
A cantar eu reparasse
Que a nossa vida está gasta

Se o que eu tenho p'ra te dar
Quando eu canto te chegasse
Se isso pudesse bastar
Se me bastasse cantar
Ai meu amor se bastasse

 

Letra: Manuela de Freitas
Música: Pedro Rodrigues

 



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

Segunda-feira, 16.10.17

 

No
Take time for me, yeah
No, no, no
 
Take time for me, link up shawty
Come trough but don’t tell nobody
I don’t know why your friends wanna war me
I never did you no wrong, but I’m sorry
 
Don’t shoot me down like safari
They talking bout me
But they don’t know half the story, damn
Them, envy the money and the glory
They don’t wanna see me drive by in a rari
 
But me no discuss man
Anywhere me go I show no emotion
If I get you then I don’t need no one
Let me let you in my plan
 
I’ve been driving around all night
And I need you to come ease my mind
Midnight in Lisbon and I need somebody
Oh yeah
Midnight in Lisbon and I need somebody
Oh no no no
 
Come through, baby call me when you’re outside
911526625
Tell your friends, say them fi live
Them own life
 
Already in the house
But I’m gonna come inside like
Do you have someone
Cuz I feel like we should link
And mek we have some fun
 
Bieby, nuh give me chatting
And come inna me bed
A nuh tomorrow man want you today
Your friend them nah go find out anyway
Bieby, weh you want me fi say
 
I’ve been driving around all night
And I need you to come ease my mind
Midnight in Lisbon and I need somebody
Oh yeah
Midnight in Lisbon and I need somebody
Oh no no no
 
It’s about me and you right now
Tell your friends ya haffi move right now
Couple drinks, couple shots right now
Buss a slow, wine pon mi ting right now, yeah
 
And me nah go tell nobody if you don’t
Dadda say before we talk we a go choke
A the realist thing I ever wrote
Since I kill the boy weh try fi diss me on coke
 
Me no discuss man
Bridgetown man nah show no emotion
If I get you then I don’t need no one
Bieby, let me let you in my plan
 
I’ve been driving around all night
And I need you to come ease my mind
Midnight in Lisbon and I need somebody
Oh yeah
Midnight in Lisbon and I need somebody
Oh
 
Midnight in Lisbon and I need somebody
Oh yeah
Midnight in Lisbon and I need somebody
Oh
Midnight in Lisbon and I
 
Need you, yeah
Midnight in Lisbon and I need somebody
Oh yeah
Geez
A the realist

 

 



publicado por olhar para o mundo às 22:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Roendo uma laranja na falésia
Olhando o mundo azul à minha frente,
Ouvindo um rouxinol nas redondezas,
No calmo improviso do poente

Em baixo fogos trémulos nas tendas
Ao largo as águas brilham como prata
E a brisa vai contando velhas lendas
De portos e baías de piratas

Havia um pessegueiro na ilha
Plantado por um Vizir de Odemira
Que dizem que por amor se matou novo
Aqui, no lugar de Porto Côvo

A lua já desceu sobre esta paz
E reina sobre todo este luzeiro
Á volta toda a vida se compraz
Enquanto um sargo assa no brazeiro

Ao longe a cidadela de um navio
Acende-se no mar como um desejo
Por trás de mim o bafo do destino
Devolve-me à lembrança do Alentejo

Havia um pessegueiro na ilha
Plantado por um Vizir de Odemira
Que dizem que por amor se matou novo
Aqui, no lugar de Porto Côvo

Roendo uma laranja na falésia
Olhando à minha frente o azul escuro
Podia ser um peixe na maré
Nadando sem passado nem futuro

Havia um pessegueiro na ilha
Plantado por um Vizir de Odemira
Que dizem que por amor se matou novo
Aqui, no lugar de Porto Côvo

 

Letra e música de Carlos Tê / Rui Veloso

 



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 

Letra: João Correia
Música: Três Bairros

 



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

Domingo, 15.10.17

 

Letra

Não  encontrei a letra ou os créditos desta música

 

 



publicado por olhar para o mundo às 22:24 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 

Music and Lyrics by Paulo Furtado

 



publicado por olhar para o mundo às 22:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letra ou os créditos desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Amei-te com os laços da virtude
Prendi-me nos teus braços que beijei
Bebi do teu olhar a juventude
À pele da tua boca murmurei

 

Bebi do teu olhar a juventude
À pele da tua boca murmurei

 

Impossível cantar a realidade

do dia em que disseste o que não digo

matei dentro de mim toda a saudade

e tudo o que era teu ficou contigo

 

matei dentro de mim toda a saudade

e tudo o que era teu ficou contigo

 

O quarto um agasalho uma mesa

os restos pela casa do esquecimento

num canto o desenho da tristeza

lembranças de uma vida feita ao vento

 

num canto o desenho da tristeza

lembranças de uma vida feita ao vento

 

Composição de Acácio Gomes
Letra de Aldina Duarte 

 



publicado por olhar para o mundo às 11:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Sorrow grows I think it shows 
It’s sorrow after all
I don’t wanna remember no more
I don’t even know what it’s for
I’m not alone, I wish I was
But if I’m not I will ask you please to
 
 
Crack my bone where the past is written
Crack my skull where the sorrow is hidden
I just wanna get over it 
I just wanna get over me
I just wanna get over it 
I just wanna get over me
 
Sorrow found me, sorrow won my sympathy
Sorrow is my company
And whatever I choose, either me or my self are poor choices
And I lay every night with somebody I hate
Oh, I wish I wouldn’t
 
Crack my bone where the past is written
Crack my skull where the sorrow is hidden
I just wanna get over it 
I just wanna get over me
Crack my bone where the past is written
Crack my skull where the sorrow is hidden
I just wanna get over it 
I just wanna get over me

 



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

Sábado, 14.10.17

 

Letra

 

"Hoje o dia foi um dia assim
Esta sede e vontade de ti
Se eu pudesse amar-te mais 
Bem sei 
Que a lua ia dançar também

Quantas horas faltam p'ra te ver
Nesta espera de aprender a ser
Mais um som no tom do teu brilhar
Mais um traço ao sol do teu vibrar

Vem saber que o que vejo em ti
É sal e sopro e luz dentro de mim
E a música da terra e ar
Ficam uma só no teu pulsar

Se ainda não sorris carmim
Perdoa a minha falta de cetim
Nas palavras que não escrevi
Vive o amor que não se escreve

Mas está aqui"

 

"Canção de nanar" (Musica e Letra: Teresa Gentil), do disco "Sol" de Celina da Piedade 

 



publicado por olhar para o mundo às 22:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Como um recém nascido não fazes ideia do que chorei
quando vi o mundo como ele era no dia em que eu acordei
achava me sábio, barriga cheia com os livros que devorei
mas deparei-me com a verdade, só sei que nada sei
deixei de crer em contas de fadas assim que deixei de usar fraldas
realidade nesta jaula, uma aula á qual te baldas
perdemos o nosso tempo vendemos-o a preço de saldos
pequenos pedaços de carne será que merecemos ser salvos
a frio e sem filosofia eu digo te o que eu acho em concreto 
se tu vives para o vazio como é que te podes sentir completo?
queres o que a lotaria promete pois eu j¡ rezo por ter um tecto
por ter saúde e afecto e por não ser analfabeto
há muitos anos que eles tem planos mas pra os profanos são secretos
trabalhamos para tiranos que vem ser humanos como objectos
promovem grandes enganos homens louvando falsos profetas
tantos ídolos do jet set são só bonecos dos seus projectos
dizem que somos tolos indefesos e temos de ter supervisão
sentimos nos presos mas não vemos nós já nascemos dentro da prisão
para não sair consumir consumir e não descair a produção
o problema , achares que é problema deles e que deles há de vir a solução

porque ele desejam que sejas pra sempre um delinquente
que rastejes pra que tejas entres eles e o pavimento
mas invejam que se veja o talento que tu tens ai dentro
não deixes que eles te agarrem não pares encara-os de frente


senão iras pro túmulo, sem veres a mão de quem te comandou
dignidade o que se manchou é um cumulo este Truman show
tem-se nojo da comida que para o lixo se mandou
embora haja mundo afora tanta criança que hoje não jantou
no fundo ninguém se mancou ,todo o mundo cagou e andou
lavaram-lhes a cabeça pergunto-me com que shampoo ?
plano em marcha não recua, chocou-me algo que vi na rua
uma menina tão pequenina maquilhada e semi nua
na ânsia de chegar mais alto, mas salto alto não é grua
querem roubar-nos a infância já ninguém se lembra da sua
comi cogumelos do super Mário cheguei a um mundo imaginário 
aqui futebolista è milionário e bombeiro è voluntário
onde a vontade de meia dúzia muda e abusa da leis
onde se defende o casamento mas infelizmente só para os gays
cidadão comum tem desejos de ser visto como um modelo
adormecido no seu sono vive sonhos que nem são dele
è peça duma empresa presa fácil pra o burguês,
escravo satisfeito foi eleito empregado do mês 
paga-lhes o Porsche, nos impostos è o teu dever
enquanto eles cortam em transportes constroem el cortes pra o inglês ver

porque ele desejam que sejas pra sempre um delinquente
que rastejes pra que tejas entres eles e o pavimento
mas invejam que se veja o talento que tu tens ai dentro
n√o deixes que eles te agarrem não pares encara-os de frente

Porque eles não ouvem os motivos dizem que somos agressivos
querem-nos ver com sorrisos dão nos anti-depressivos 
cada vez mais passivos cada vez mais parecidos
assim n√o h¡ mais espaço não cabem os excluídos 
irmão eu falo de religião,sem Francisco nem Ratzinger
nem que viesse a inquisição eu teria papas na língua
guerra santa gera ignorantes, levanta um Le Pen
que quer sangue dos estudantes em frente aos tanques em Tianamen
vaticano diz Amen aos generosos que abdiquem das posses 
pra fogueira quem não abrir a carteira pra lhe encher os bolsos
rezam pais nossos a quem paga,mas deus não tem mealheiro
só as igrejas do nosso tempo pra quem templo è dinheiro
há um paraíso no outro mundo foi o que te disseram quando nasceste
no fundo é a desculpa que nos deram pra nunca fazermos um neste
presos, só nos mexemos pelos seus interesses
vamos a correr pra eles sempre que eles baixam os preços
não os quero em meu redor o meu sonho maior que o seu recorde de vendas
no sonoro trago te a mensagem embora por detrás das legendas
explora-a, po’em a cá pra fora pra que a compreendas
que a tua vida vale bem mais , que os materiais com que te contentas
tens de sair desta fachada antes que seja demasiado tarde
a felicidade está fechada e a fé é a chave que a abre
o mundo é como um puzzle ,espero que tenhas entendido
es peça única mas sozinho , não fazes qualquer sentido

porque ele desejam que sejas pra sempre um delinquente
que rastejes pra que tejas entres eles e o pavimento
mas invejam que se veja o talento que tu tens ai dentro
não deixes que eles te agarrem não pares encara-os de frente

 



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

[Intro]
Quero que te imponhas não tenhas vergonha 4x

[Verso 1]
Quero que te imponhas
Não tenhas vergonha
Vergonha é baixar os bracos
Ser do fracos que nem sonham
Ficar-se pelos fracassos
Os meus passos vou contando
Em relances em compassos
Ver crianças com cancro
Parte me esperança em pedaços
Podes vencer me à vontade
Melhor se não me empatasses
Picasso do beat quando pinto uma frase
Eu me sinto em casa tipo Dengaz
Desde a fase do TDK
Em cima de beats do STK
Antes de por a crew no mapa
Eu cuspia freestyle e sons
Sem groupies cds na fnac
Nostalgia dessa etapa
Antes de mc's falarem caca
Sobre guccis e vitons
Cá não ha capas nem de monge
Cala-te capta venho longe
Claro ninguem tá sempre certo
Excepto o Big Ben em Londres


[Refrão 2x]
Enganam e falam que eu faço por fama meu irmão
Lá porque ouviram meu nome de Faro a Famalicão
Farto da mentira que fabricam só conto com os que aqui estão
Difamam serve de licao, se me amam Family são

[Verso 2]
Não tenho
Muito manos
Juntos com os anos
Muitos dramas
Muitos danos
Assuntos mundanos
Guita tiba
Estrilhos com damas
Querem que nos prostremos
A governos que nao gostamos
Nestes tempos onde nos esquecemos
O que é sermos seres humanos

[Verso 3]
Bulo de noite
Vejo o sunrise
Coolio procuro
O gangsta paradise
Uma dama que me ama
Não julga nem engana
Pá minha momma uma casa bem nice
Nem Snoops nem Lions
Só putas e lyers
Curvam-se por flyers
Não sou dessa laia
Vontade é de iron
O mic é de Tyson
Ao volante dum cayenne
A caminho de Zion
Punchs infantis
é bue nice bué da fixe
No fim ficas no lixo
Vanilla ice
Cai-te logo a ficha apanham te de surprise
Se foda ser Fisher prefiro ser Sean Price
Life é corrida com meta na campa
Morte tem martelo de Thor prega te a tampa
Apagam se a luzes que tanto te encantam
O que achas importante vai se num instante

[Verso 4]
Não faças pela paca
Ouro prata veem depois
Sucesso precoce
Corres e tropeças
Carroça em frente aos bois
Contactos fazem contratos
Tudo comprado já me mete nojo
São marionetas que um mestre
De escravos qualquer lá pôs
Mas eu
Caguei para opiniões
Cá me mencontras não é de hoje
Contra tudo o que a Babi te impôs
Desde que me ouviste aos 22
Dou me ao luxo de vadiar
Sem pistola bodygard
Mas como só falo para as paredes
Escrevo com tinta Robialac
óbvio não posso obrigar-te
A vir dizer-me obrigado
Sorry só digo a verdade
Mesmo que acabes a odiar-me


[Refrão 2x]
Enganam e falam que eu faço por fama meu irmão
Lá porque ouviram meu nome de Faro a Famalicão
Farto da mentira que fabricam só conto com os que aqui estão
Difamam serve de licao, se me amam Family são


[Outro]
Family são
Incondicional sem senão
Até numa cama com cancro como os que saldy se vão
Eu sei que eles estão lá em cima numa espécie de mansão
Abençoam quem não esquece
Agradecem esta canção...

 

Letra El Sayed

 



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

Sexta-feira, 13.10.17

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 

Letra e Música: Guilherme Alface, João Direitinho, Mário Monginho, Rodrigo Liaça

 



publicado por olhar para o mundo às 22:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

O circo está cheio
O espectáculo vai começar
Apagam-se as luzes
A banda começa a tocar

Entram acrobatas, homens contentes
Há salva de palmas
Sorriem inocentes

Os animais entram em acção
Estalam chicotes
Cresce a tensão

Fitam os donos, rangem os dentes
Estão cheios de sono
Vivem dormentes

Fogem da jaula, rompem barreiras
Há gritos na sala
Há pânico nas cadeiras

Há gente caída, há corpos no chão
São bocados de alma
Uns vivem, outros não

Dói-me o corpo
Dói-me a alma
Dói-me o ego
Dói-me tudo
Estou cansado
Tenho fome
Tenho sede
Sinto a terra
Passa a vida inteira
Neste palco de feras

No final cansados, chegam-se á frente
Estão todos de volta
No fim da sessão

Dói-me o corpo
Dói-me a alma
Dói-me o ego
Dói-me tudo
Estou cansado
Tenho fome
Tenho sede
Sinto a terra
Passa a vida inteira
Neste palco de feras

 

Não encontrei os créditos desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

(Intro // Deedz B)
Família
Hoje vamos celebrar o dia
Da luta dos mais verdadeiros
Isso é MS, LS, LA... SAF na casa

[Refrão // Deejay Telio]
Hoje é almoçarada
Porque o fim de semana ja sei que foi louco
Hoje é almoçarada
Porque o fim de semana ja sei que foi louco

(Tout Le Jour) (20x)

[Interlúdio // Gson]
Não me stressa a cabeça se eu já tou high..
Tens boa vibe, há lugar p'ra mais um!

(Tout Le Jour) (4x)

[Interlúdio // Gson]
Não me stressa a cabeça se eu já tou high
Tens boa vibe, há lugar p'ra mais um!

(Tout Le Jour) (2x)

[Estrofe 1 // Zara G]
(Zara G nigga! Hey!)
Hoje eu não quero pensar em problemas
Porque eu 'tou pausado c'os meus boys
Fim de semana mas amanhã vou fazer a mesma cena que fiz hoje
Tenho bebida no copo, tenho bebidas no corpo
Tenho niggas que eu não troco
Por isso hoje é...

[Refrão // Deejay Telio]
... almoçarada
Porque o fim de semana ja sei que foi louco
Hoje é almoçarada
Porque o fim de semana ja sei que foi louco

(Tout Le Jour) (20x)

[Interlúdio // Gson]
Não me stressa a cabeça se eu já tou high
Tens boa vibe, há lugar p'ra mais um!

(Tout Le Jour) (4x)

[Interlúdio // Gson]
Não me stressa a cabeça se eu já tou high
Tens boa vibe, há lugar p'ra mais um!

(Tout Le Jour) (2x)

[Estrofe 2 // Zizzy Jr]
(Bandolero)
Eu quero boa vibe, praia e tchill
Viver e 'tar tranquilo
(Nah nah ohh)
Eu quero a minha turma toda a comer um bom mufete
Quando eu falo, eu falo e digo
A míuda grita e é domingo
(Nah nah ohh)
Télio diz safoda pó móvel, que eu não atendo

(Tout Le Jour) (9x)

[Refrão // Deejay Telio]
Hoje é almoçarada
Porque o fim de semana ja sei que foi louco
Hoje é almoçarada
Porque o fim de semana ja sei que foi louco

[Outro // Kroa]
(Tout Le Jour) (?x)

More on Genius
 
 

 



publicado por olhar para o mundo às 11:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Acende um cigarro
Olha para mim
Sentada a meu lado
Toca-me assim
Envergonhado estou-me a sentir
Posso estar farto
Mas fico por aqui
Há quem queira
Por-me em cima de um altar
Há quem diga
Que sou a sorte e o azar

Ando louco, tão louco, louco por ti
Fico louco, tão louco, fora de mim

São raros os casos
Em que eu não tenha de me cruzar
Selamos segredos
Por vezes dão que falar
Bebe-se um copo
Um convite para jantar
Salta-me à vista esse teu rebelde olhar

Ando louco, tão louco, louco por ti
Fico louco, tão louco, fora de mim

Sorriso nos lábios
Tenta-me seduzir
Fico nervoso
Daqui quero sair

Ando louco, tão louco, louco por ti
Fico louco, tão louco, fora de mim

 

Não ecnontrei os créditos desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

Quinta-feira, 12.10.17

 

Letra

 

Hey girl you're the one!

Girl you're the one for me (Yeah)

Como tu eu nunca vi (Yeah)
Yes you're the one for me (Yeah)
Ter-te perto de mim tão bom que é

Baby how you do it so
How you look so good
How you look so fine
Baby how you do it so
The way how you pose
You mess up my mind
Baby how you do it so
You make me want to grab you by the hips now
Baby how you do it so

Come dance with me now
Come have a little fun with me now
It's all about you tonight
I'll treat you right
Go along with me now
You're my guiding star
Gyal me fi deh yah wherever you are, girl
Wherever you are cause

Girl you're the one for me (Yeah)
Como tu eu nunca vi (Yeah)
Yes you're the one for me (Yeah)
Ter-te perto de mim tão bom que é

Por ti tanto esperei
Neste vem e vai
O dia então chegou
Para te mostrar
Vamos passear, passear
Andar à beira mar
Ver o pôr do sol
E também conversar
Diz-me tudo, conta
Como vais
Diz o que gostas
Tudo mais
Será que no teu mundo
Vou poder entrar
Pois fica a saber que tu

Girl you're the one for me (Yeah)
Como tu eu nunca vi (Yeah)
Yes you're the one for me (Yeah)
Ter-te perto de mim tão bom que é

Hey girl you're the best type
I wonder how come
Just you alone make me feel hype
Take a chance with me
I believe the future is bright
So bright
As long as you stay by my side
We'll be alright

When you turn back fi me
Seh me love when you do that to me
Gyal make you move giggly
With weed, hennessy and good company
You're my guiding star
Gyal me fi deh yah wherever you are, girl
Wherever you are cause

Girl you're the one for me (Yeah)
Como tu eu nunca vi (Yeah)
Yes you're the one for me (Yeah)
Ter-te perto de mim tão bom que é

Quem mandou olhar p'ra ela
Hey só ela
Ela chegou 'tou de olho nela
Hey bandeira
Quem mandou olhar p'ra ela
Hey só ela
Elaah bela bela
Chee só ela!

Girl you're the one for me
Como tu eu nunca vi
Yes you're the one for me
Ter-te perto de mim tão bom que é

 

Composed and produced by Marley Rosário 

 



publicado por olhar para o mundo às 22:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letra ou os créditos desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

[Verso1]

Quero falar contigo! Dá? Duvido
Ultimamente não, te tenho ouvido
E quando as folhas caem problemas que elas trazem
Fazem crer que o tempo não tem sido nosso amigo
Sei que tenho andado afastado, mas não devia
Como um carro num “drag” apressado que não desvia
E a neblina embala a saudade adormecida
Que se mascara mistura e dissipa na rotina citadina
Sinto a tua falta, mas eu eu não digo
Viajo a cada pauta e tu vens comigo
Mas a estrada é solitária e não tem sentido
Percorrê-la sem poder partilhá-la contigo
Deixo a marca na calçada que se apaga lentamente
Quem sabe a nossa pegada ainda se cruza mais à frente
E se por acaso eu bazo faço questão de dizer
Caso perguntes por mim, eu vou tar no sitio de sempre

[Refrão]

Quando andares por aí
E eu não estiver aqui
Lembra-te e sorri
Que eu estou, Que eu Estou
Quando andares por aí
E eu não estiver aqui
Lembra-te e sorri
Que eu estou, aqui!


[Verso2]

Espero por ti horas a fio, ao frio
Enquanto demoras quebro o sigilo
Mas logo esqueço as memórias, adormeço e afogo-as
Pelo preço de mais um copo de vinho
Tantas vezes tento confia mas não entendo
E quanto a mais eu penso é quanto a menos percebo
O porquê de não te ver se o mundo é tão pequeno e
Onde quer que estejas será que achas o mesmo?
Eu não sei!
Aguardo só que o telefone toque
Mentalizado e conformado que só a sorte pode
Mudar algo para que no dia seguinte não acorde
Com uma sensação de “Crise dos 20” mais forte
Se calhar já faz parte ficar à parte
E a parte que me toca é a parte de não poder tocar-te
Vou guardar-te trancar-te e transportar-te
A todo lado que vá só eu sei que hei de levar-te, juro!


[Refrão]

Quando andares por aí
E eu não estiver aqui
Lembra-te e sorri
Que eu estou, Que eu Estou
Quando andares por aí
E eu não estiver aqui
Lembra-te e sorri
Que eu estou, aqui!


[Bridge]

E quando andares por aí
Se eu não estiver aqui, não
Tu espera, tu espera! que eu estou
Eu estou quase aí
E quando andares por aí
Se eu não estiver aqui, não
Tu espera, tu espera! que eu estou
Eu estou quase aí

[Refrão]

Quando andares por aí
E eu não estiver aqui
Lembra-te e sorri
Que eu estou, Que eu Estou
Quando andares por aí
E eu não estiver aqui
Lembra-te e sorri
Que eu estou, aqui!

 

Kaines - “Contigo Sem Ti”
Letra: Kaines
Voz: Kaines

 



publicado por olhar para o mundo às 11:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Tou numa saída vou ligar à minha cota (pera aí)
Tou fora de casa vou ligar à minha cota (tou mãe?)
Eu não passo um dia sem ligar à minha cota (nunca)
Pera só uma beca que eu vou...

REFRÃO x2

Eu vou ligar à minha cota, vou ligar
Vou ligar à minha cota, eu vou telefonar
Vou ligar à minha cota, vou ligar
Vou ligar à minha cota, eu vou telefonar

(VERSO 1 /// MIKE LYTE)

Vou ligar à minha mãe (mãe!)
Para dizer: tá tudo bem (bem!)
Podes ficar descansada não te preocupes comigo, tá bem?
Senhora progenitora obrigado
Pela vida que me tem facultado
Após 9 meses na barriga tou grato
Vou ligar falar sem tar ocupado

E nada vai impedir
Vou-te ligar a seguir
Nem com uma modelo em cima de mim
Cujo rego emana aroma a jasmim
Podes bazar? Tou-me com pressa
Só me interessa a Dona Teresa (COTA)
Deixa lá ter uma conversa
Não há nada que prevaleça, yo

Chamada mais longa do que na primária
Não vou pôr em espera man, prioritária
Nem por uma milf, da mema faixa etária, ou um detetive da judiciária
Se não atenderes, pensamentos negros, imagino um acidente a acontecer no presente
Mãe por favor tu atende eu só quero tar, tranquilo sem tar a tripar

Meus madafakas merecem chapadas se nunca ligam nada às vossas cotas
Fora de casa ela preocupada às 3 da manhã na cozinha a dar voltas
Não sei como e q és capaz mas entretanto meu puto anota
Dá-me licença, vou ali atrás, porque...

REFRÃO x2

Eu vou ligar à minha cota, vou ligar
Vou ligar à minha cota, eu vou telefonar
Vou ligar à minha cota, vou ligar
Vou ligar à minha cota, eu vou telefonar

(VERSO 2 /// PRYDE)

Mãe, tá tudo bem, prometo que não se passa nada
Sei que ligaste umas quantas vezes e eu não retribui a chamada
Agora tás chateada, cansada de me ligar
Só penso numa desculpa esfarrapada para dar, AI

Mãe, momma ma, acredita drama não há
Aviso-te assim que chegar, mas se a bateria acabar
Sei que não vai dar pa explicar, "tou mãe, é só para a avisar
Que eu não vou jantar em casa temos carne para assar

Tamos a preparar a brasa, muito sal faz mal eu sei
Prometo que tenho cuidado com os toques do salt bae, mãe!
Não há razão pa stressar, eu tou com a malta e tou seguro, juro, eu não estou a mentir

Sim prometo, não misturo tudo aquilo que eu viro
E mesmo que chegue de madrugada a casa eu vou dormir
Por favor tá descansada sabes que me sei divertir
Muitos beijinhos mamã, dorme bem até amanhã, dorme bem até amanhã...

BRIDGE

Cota, cota eu vou ligar à minha cota
Cota, cota eu vou ligar à minha cota
Cota, cota eu vou ligar à minha cota
Cota, cota eu vou ligar...

REFRÃO x2

Eu vou ligar à minha cota, vou ligar
Vou ligar à minha cota, eu vou telefonar
Vou ligar à minha cota, vou ligar
Vou ligar à minha cota, eu vou telefonar

 



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

Quarta-feira, 11.10.17

 

 



publicado por olhar para o mundo às 22:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 

Música: Nuno Junqueira

Letra: Paula Costa Ferreira

 



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 

Letra e Música: Mazgani

 



publicado por olhar para o mundo às 11:13 | link do post | comentar

Terça-feira, 10.10.17

 

Letra

 

Não encontrei a letra ou os créditos desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 22:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

I have no easy way to say

What I came here to do

Today it’s gonna be the last

I’m ever spendin’ with you

Tonight you’ll see the devil

Take over me

When it comes the time

I’ll be as dark as night

As cold as sharpened steel

You won’t see me cry

You’re going down , Do-own

You’re going down , Do-o- own

You’re going down

You bet you’re going down

Who’s the one laughin’ now

You bet you’re going down

Yeah I remember all those nights

That I waited for you

All of my calls left unreplied

All your stories untrue

You messed me up so deep

I had no air to breath

You left me on the ground

But thank you for the pain

Baby I’m not insane

I’m just back in town

You’re going down , Do-own

You’re going down , Do-o- own

You’re going down

You bet you’re going down

Who’s the one laughin’ now

You bet you’re going down

 

 

Music & Lyrics: Marisa Mena & Volty

 



publicado por olhar para o mundo às 11:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 

Música produzida por Vítor Silva

Música: Vítor Silva / Nuno Ribeiro

Letra: Nuno Ribeiro

 



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

Segunda-feira, 09.10.17

 

Letra

 

Tu, é trevo de quatro folhas
É manhã de domingo à toa
Conversa rara e boa
Pedaço de sonho que faz meu querer acordar
Pra vida

Ai, ai, ai

Tu, que tem esse abraço casa
Se decidir bater asa
Me leva contigo pra passear
Eu juro afeto e paz não vão te faltar

Ai, ai, ai

Ah, eu só quero o leve da vida pra te levar
E o tempo para, ah
É a sorte de levar a hora pra passear
Pra cá e pra lá, pra lá e pra cá
Quando aqui tu tá

Tu, é trevo de quatro folhas
É manhã de domingo à toa
Conversa rara e boa
Pedaço de sonho que faz meu querer acordar
Pra vida

Ai, ai, ai

Tu, que tem esse abraço casa
Se decidir bater asa
Me leva contigo pra passear
Eu juro afeto e paz não vão te faltar

Ai, ai, ai

Ah, eu só quero o leve da vida pra te levar
E o tempo para, ah
É a sorte de levar a hora pra passear
Pra cá e pra lá, pra lá e pra cá
Quando aqui tu tá

Tu...

Ah, eu só quero o leve da vida pra te levar
E o tempo para, ah
É a sorte de levar a hora pra passear
Pra cá e pra lá, pra lá e pra cá
Quando aqui tu tá

É trevo de quatro folhas
É trevo de quatro folhas é

É trevo de quatro folhas
É trevo de quatro folhas é

 



publicado por olhar para o mundo às 22:13 | link do post | comentar


Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email
mais sobre mim




posts recentes

Cire - Eu Vou

Aldina Duarte - Xaile enc...

ANJOS - PARA LONGE

Aldina Duarte - Ai Meu Am...

Richie Campbell - Midnigh...

Três Bairros - Porto Côvo

Três Bairros - Turno da N...

Sweet Suspense - Junkie B...

The Legendary Tigerman - ...

GrandFather's House - Lif...

arquivos

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

tags

todas as tags

links
comentários recentes
ObrigadoTodos oos músicos deveriam acompanhar os v...
Letra e Música:Rodrigo Serrão Obrigado :)
Mas que maravilha de letra, de melodia! A voz! Con...
Já actualizei o Post, muito obrigado
O tempo não espera pela gente mas eu espero por ti...
sou teu fà loony johnson
A letra está malDeviam arranjar
Grande Musica
Musica Qualitativa
Posts mais comentados
blogs SAPO
subscrever feeds