Sábado, 22.07.17

 

Letra

 

Não encontrei a letra ou os créditos desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letra ou os créditos desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

Sexta-feira, 07.07.17

 

Letra

 

Não encontrei a letra ou os créditos desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

Quinta-feira, 15.06.17

 

Letra

 

Ever since the day you left me
I fell apart
Cloudy days, rainy nights
Tears from my heart
I needed someone strong carry on
I needed some love but I was grown strong

Chorus:
It ain’t you baby
It ain’t me no, no
It’s a pain from love
And it’s growing strong
It ain’t you baby
It ain’t me no, no

I became someone you don’t know
Someone you don’t want me to be
But the world is always changing
And I’m changing with it
But some things never change
Nothing you can do
Love is always there
There for me and you
Chorus
It ain’t you baby
It ain’t me no, no
It’s a pain from love
And it’s growing strong
It ain’t you baby
It ain’t me no, no
X 2

I hope one day
Some of our dreams come true
Even if I die
I will always love you

Baby,
It ain’t me no, no
It’s a pain from love
And it’s growing strong

Chorus 
It ain’t you baby
It ain’t me no, no
It’s a pain from love
And it’s growing strong
It ain’t you baby
It ain’t me no, no

I hope one day
Some of our dreams come true
Even if I die
I will always love you
Please please please

 



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post | comentar

Terça-feira, 17.01.17

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 

Música e letra: Diogo Brito e Faro

 



publicado por olhar para o mundo às 22:13 | link do post | comentar

Terça-feira, 20.09.16

 

Letra

 

Do you understand me when I say I love you?
Do you hear me clearly when I call you baby?
Do you see me staring, staring at your face?
Do you know I'm dreaming of your embrace?

All this time I've been in love with you
I still don't know you well
Everyday I wish you'd come to me
And open up your heart

Put your love in me
For all it's meant to be
I'll make you stronger when you feel you wanna give in
I'm pouring out my soul
I hope that soon you will know
This is our time to be together
You and me can live forever

Did you know I'm lonely when you're far away?
Did you know I'm scared of forgeting your face?
Still your memory doesn't seem to erase from my mind

Don't pretend that you don't want me too
Stop playing hard to get
Cause behind the looking glass there is no past
Just me and you

Put your love in me
For all it's meant to be
I'll make you stronger when you feel you wanna give in
I'm pouring out my soul
I hope that soon you will know
This is our time to be together
You and me can live forever

What if we could erase the pain
Would it be easier, easier baby?
What if we could erase the pain?
If I do it, will you

Put your love in me
For all it's meant to be
I'll make you stronger
When you feel you wanna give in
I'm pouring out my soul
I hope that soon you will know
This is our time to be together
You and me can live forever

 

Música e Letra: Diana Martínez
Produtor: João André
Arranjo musical: João André, Diana Martinez e Eurico Amorim

 



publicado por olhar para o mundo às 22:13 | link do post | comentar

Sexta-feira, 22.07.16

 

Letra

 

Hoje eu já não estou
Ontem já demorou
Se for pra perder não vou

A chuva já me molhou
Mais tarde eu já saí
Sem procurar por ti

Hoje eu já não estou
Eu já nem sei quem sou
Se me perder, perdi
Eu não voltarei aqui
Perto de pra onde eu vou
Há um lugar pra mim

É a vida às voltas
É a vida às voltas

Porque amanhã
Já não sei se vou cá estar
Se vou cá estar pra ti
Eu tinha tanto pra te dar

Hoje eu já não estou
Ontem já demorou
Se for pra perder não vou
A chuva já me molhou
Mais tarde eu já saí
Sem procurar por ti

Hoje eu já não estou
Eu já nem sei quem sou
Se me perder, perdi
Eu não voltarei aqui
Perto de pra onde eu vou
Há um lugar pra mim

É a vida às voltas
É a vida às voltas

Porque amanhã
Já não sei se vou cá estar
Se vou cá estar pra ti
Eu tinha tanto pra te dar

A vida às voltas
Posso jurar

A vida às voltas
Posso jurar

 



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

Sexta-feira, 15.01.16

blackmamba.jpg

 

 

Hoje The Black Mamba apresentam um dueto com Boss AC no tema “Canção de Mim Mesmo”.

 

O tema original faz parte do primeiro disco da banda e foi regravado agora com um reconhecido músico do panorama musical nacional, o Boss AC.

 

A música sempre teve um feedback brutal do público, quer ao vivo, quer nas redes sociais. Achámos que era interessante dar-lhe a hipótese de ir mais longe e era fundamental dar-lhe algo de novo. Surgiu então a ideia de convidar alguém, sendo que o Boss AC surgiu no topo da nossa pequeníssima lista”, justificam os The Black Mamba.

 

Revelamos o resultado final com o seu videoclip:

 

“Canção de Mim Mesmo” feat. Boss AC

 

 



publicado por olhar para o mundo às 23:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Sou o sol, sou a lua, sou a vida a florir
Sou canção, sou a rua, sou um homem a sorrir
Sou esperança que nasce, nascente de um rio
Sou ave, sou às, sou flor, sou navio
Sou povo que grita, liberdade acesa

Sou a tristeza que te faz sorrir
Deixo o mundo à minha espera
Sou o sol que ainda há-de vir

Sou chão, o papel, a prisão
Prisioneiro, sou luz e pincel
Terra verdadeira
Sou o mundo que gira

Sou o meu país
Saudade e pão
Conselho, amizade, sou teu irmão
Janela e espelho por onde te vês

Sou a tristeza que te faz sorrir
Deixo o mundo à minha espera
Sou o sol que ainda há-de vir
Que sem querer brilha lá fora
Sou a tristeza que te faz sorrir
Deixo ao mundo
Deixo-te esta canção de mim mesmo

Sou janela e espelho por onde te vês
Sou o sol que depois da chuva brilha outra vez

Sou amor, sou livre, sou fruto, poema
Sou bóia, sou vidro, sou história, sou tema
Sou aquele, sou teu mais uma vez

Sou a tristeza que te faz sorrir
Deixo o mundo à minha espera
Sou o sol que ainda há-de vir
Que sem querer brilha lá fora
Sou a tristeza que te faz sorrir
Deixo ao mundo
Deixo-te esta canção de mim mesmo

 



publicado por olhar para o mundo às 22:13 | link do post | comentar

Sexta-feira, 12.12.14

 

Letra

 

Red dress, you're dragging me down
My head is round and round
Show some mercy on me,

I'm falling

Cannot handle this vibe
Makes me feel I'm alive
As you know I'm a drifter
But I was feeling lonely, oh oh

Oh, oh, ohooh
Oh, oh oh, oh ooh

It is what it is, baby
Oh, oh, oh, ooh
Oh, oh oh, oh ooh

Oh oh, don't get me wrong
Maybe I really been wrong
I've been poisoned by the truth
But we had to cut it loose

When you come alone
Temptation touched my soul
And deep down inside,
You know you, make me fly-yyy

Oh, oh, ohooh
Oh, oh oh, oh ooh

It is what it is, baby
Oh, oh, oh, ooh
Oh, oh oh, oh ooh

Ain't just knocking at my door
But I have to let them go
Can't you see I'm dying slowly
My whole life crumbles, yeah yeah

Oh, oh, ohooh
Oh, oh oh, oh ooh

It is what it is, baby
Oh, oh, oh, ooh
Oh, oh oh, oh ooh

 



publicado por olhar para o mundo às 17:16 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 08:06 | link do post | comentar

Quinta-feira, 11.12.14

 

Letra

 

Sou o sol, sou a lua, sou a vida a florir
Sou canção, sou a rua, sou um homem a sorrir
Sou esperança que nasce, nascente de um rio
Sou ave, sou às, sou flor, sou navio
Sou povo que grita, liberdade acesa

Sou a tristeza que te faz sorrir
Deixo o mundo à minha espera
Sou o sol que ainda há-de vir

Sou chão, o papel, a prisão
Prisioneiro, sou luz e pincel
Terra verdadeira
Sou o mundo que gira

Sou o meu país
Saudade e pão
Conselho, amizade, sou teu irmão
Janela e espelho por onde te vês

Sou a tristeza que te faz sorrir
Deixo o mundo à minha espera
Sou o sol que ainda há-de vir
Que sem querer brilha lá fora
Sou a tristeza que te faz sorrir
Deixo ao mundo
Deixo-te esta canção de mim mesmo

Sou janela e espelho por onde te vês
Sou o sol que depois da chuva brilha outra vez

Sou amor, sou livre, sou fruto, poema
Sou bóia, sou vidro, sou história, sou tema
Sou aquele, sou teu mais uma vez

Sou a tristeza que te faz sorrir
Deixo o mundo à minha espera
Sou o sol que ainda há-de vir
Que sem querer brilha lá fora
Sou a tristeza que te faz sorrir
Deixo ao mundo
Deixo-te esta canção de mim mesmo

 



publicado por olhar para o mundo às 17:00 | link do post | comentar

Sexta-feira, 05.12.14

the black mamba.jpg

 

 

The Black Mamba enchem o palco de convidados especiais em Estarreja

Miguel Araújo, Marlon e a secção de sopros dos Expensive Soul acompanham Pedro Tatanka, Ciro Cruz e Miguel Casais no concerto do próximo dia 13 de dezembro, no Cine-Teatro de Estarreja.

 

Naquele que será “o maior concerto de sempre da banda”, os The Black Mamba preparam-se para fechar a digressão de 2014 de forma surpreendente. A apresentação de “Dirty Little Brother”, segundo álbum do trio, em Estarreja conta agora com ainda mais motivos para festejar, num palco cheio de músicos convidados. Dos Azeitonas chegam Miguel Araújo e Marlon, dos Expensive Soul a secção de sopros composta por João Martins, Rui Pedro Silva e Paulo Gravado.

O veneno paralisante dos The Black Mamba vai mesmo atacar, com a promessa de um espetáculo único reservado para o Cine-Teatro de Estarreja. Entretanto o aquecimento já começou no single “Wonder Why” que a banda gravou com Áurea e que domina as rádios nacionais.

Boca(s) de Cena é uma oportunidade para os fãs

Sem desvendar a mística do momento em que a cortina se abre, o Laboratório de Aprendizagem Criativado Município de Estarreja promove o Boca(s) de Cena com o trio The Black Mamba. Trata-se de uma iniciativa que permite, a um grupo restrito, conhecer de perto os músicos, conversar com eles e assistir ao ensaio de som da banda, poucas horas antes do início do concerto. O Boca(s) de Cena com os The Black Mamba está acessível a todos os fãs com mais de 12 anos que queiram estar, às 17h do dia 13 de dezembro, à porta do Cine-Teatro de Estarreja para entrar no universo de Pedro Tatanka, Ciro Cruz e Miguel Casais. Esta é uma oportunidade só para os que se inscreverem, até dia 5 de dezembro, parapromocao@cm-estarreja.pt.


SÁB 13 DEZ 21H30
The Black Mamba

Pedro Tatanka voz e guitarra
Ciro Cruz 
baixo
Miguel Casais 
bateria

CONVIDADOS ESPECIAIS
Miguel Araújo
Marlon 
(vocalista d'Os Azeitonas)
João Martins, Rui Pedro Silva e Paulo Gravato
(secção de sopros dos Expensive Soul)
[MUSICA] 8€ / 6€ (Cartão Amigoe Cartão Jovem Municipal)

+

http://www.cineteatroestarreja.com
http://www.facebook.com/cinestarreja
http://twitter.com/CTE__



publicado por olhar para o mundo às 20:47 | link do post | comentar

Terça-feira, 24.06.14

THE BLACK MAMBA com Aurea,

 

 

“Wonder Why” com Aurea

disponível em todas as plataformas digitais

 

A partir de hoje, o novo single dos The Black Mamba, “Wonder Why” com Aurea, está disponível em todas as plataformas digitais:

iTunes

Google Play

Vodafone Music

Amazon

“Wonder Why” é o single de avanço do segundo disco de originais dos The Black Mamba que será editado este Verão.

 

O primeiro encontro entre a banda e a cantora deu-se no último Rock in Rio no Brasil, em Setembro de 2013. O entendimento e o sucesso atingido foram óbvios que a gravação de um dueto tornou-se inevitável. “Wonder Why” une assim as vozes do soul de Tatanka e Aurea no primeiro single do novo disco dos The Black Mamba.

 

PRÓXIMOS CONCERTOS (Junho e Julho):

 

28 de Junho - Cordoba (Espanha) - Rock & River Blues Festival 
4 de Julho - Ponte de Sor - Festas da Cidade
12 de Julho – Lisboa - Optimus Alive 

19 de Julho – Vila Nova de Gaia - Festival Marés Vivas 

 

 

 

 



publicado por olhar para o mundo às 19:45 | link do post | comentar

Sábado, 07.06.14

“Wonder Why” é o novo single dos The Black Mamba com Aurea_disponível nas lojas digitais dia 23 de Junho

 

“Wonder Why” é o novo single dos

The Black Mamba com Aurea

 

O segundo disco de originais dos The Black Mamba está para breve e “Wonder Why” é o single de avanço que conta com a participação de Aurea.

 

O primeiro encontro entre a banda e a cantora deu-se no último Rock in Rio no Brasil, em Setembro de 2013. O entendimento e o sucesso atingido foram óbvios que a gravação de um dueto tornou-se inevitável. “Wonder Why” une assim as vozes do soul de Tatanka e Aurea no primeiro single do novo disco dos The Black Mamba.

 

 

 

O tema tem tido uma óptima receptividade e a curiosidade por parte do público sobre o novo álbum é cada vez maior.

 

Muitas novidades estão para vir, mas o veneno da cobra continua ser lançado ao vivo em concertos de Norte a Sul do País. Dia 7 de Junho estarão em Anços (Sintra) e no dia 9 em Salvaterra de Magos, nas Festas do Foral dos Toiros e do Fandango.



publicado por olhar para o mundo às 10:28 | link do post | comentar

Terça-feira, 13.05.14

 

 

Letra

 

When I come home
Please hold me tight
Cause I need some help
To keep this flame alive

Hold me by my hand
Won't you understand
That it's too much, to much baby
For a man to stand

Well I'm reaching out
I try on the phone
But you, You're never there

And I Wonder why love
Means nothing for you
I Wonder why love
Means nothing for you

There's nobody home
Dinner's on the stove
And I can't pick up the phone
Cause I'm so high up above

Don't wait up all night
Cause I wont be there
To hold you tight

I wanted you so bad
For so long
Now it's time for me
TO walk alone

I Wonder why love
Means nothing for you
I Wonder why love
Means nothing for you

I won't change a thing
But I Know
I been wrong

Now you're on your own
I ain't coming
back home

I Wonder why love
Means nothing for you
I Wonder why love
Means nothing for you



publicado por olhar para o mundo às 14:47 | link do post | comentar

Domingo, 05.01.14

 

 

Letra

 

"Canção de Mim Mesmo"
The Black Mamba


Sou o sol, sou a lua, sou a vida a florir
Sou canção, sou a rua, sou um homem a sorrir
Sou esperança que nasce, nascente de um rio
Sou ave, sou às, sou flor, sou navio
Sou povo que grita, liberdade acesa

Sou a tristeza que te faz sorrir
Deixo o mundo à minha espera
Sou o sol que ainda há-de vir

Sou chama e papel, prisão
Prisioneiro, sou luz e pincel
Terra verdadeira
Sou o mundo que gira

Sou o meu país
Saudade e pão
Conselho, amizade, sou teu irmão
Sou janela e espelho por onde te vês

Sou a tristeza que te faz sorrir
Deixo o mundo à minha espera
Sou o sol que ainda há-de vir
Que sem querer brilha lá fora
Sou a tristeza que te faz sorrir
Deixo ao mundo
Deixo-te esta canção de mim mesmo

Sou janela e espelho por onde te vês
Sou o sol que depois da chuva brilha outra vez

Sou amor, sou livre, sou fruto, poema
Sou bóia, sou vidro, sou história, sou tema
Sou aquele, sou eu mais uma vez

Sou a tristeza que te faz sorrir
Deixo o mundo à minha espera
Sou o sol que ainda há-de vir
Que sem querer brilha lá fora
Sou a tristeza que te faz sorrir
Deixo ao mundo
Deixo-te esta canção de mim mesmo



publicado por olhar para o mundo às 08:01 | link do post | comentar

Sábado, 04.01.14

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música



publicado por olhar para o mundo às 17:58 | link do post | comentar

Segunda-feira, 30.12.13

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música



publicado por olhar para o mundo às 08:08 | link do post | comentar

Terça-feira, 14.08.12
 


Letra


Não encontrei a letra desta música


publicado por olhar para o mundo às 17:16 | link do post | comentar

 

 

letra

 

Sou o Sol, sou a Lua, sou a vida a florir
Sou canção, sou a rua, sou um homem a sorrir
Sou esperança que nasce, nascente de um rio
Sou ave, sou às, sou flor, sou navio
Sou povo que grita, liberdade acesa

Sou a tristeza que te faz sorrir
Deixo o mundo à minha espera
Sou o sol que ainda há-de vir

Sou chão, o papel, a prisão
Prisioneiro, sou luz e pincel
Terra verdadeira
Sou o mundo que gira

Sou o meu país
Saudade e pão
Conselho, amizade, sou teu irmão
Janela e espelho por onde te vês

Sou a tristeza que te faz sorrir
Deixo o mundo à minha espera
Sou o sol que ainda há-de vir
Que sem querer brilha lá fora
Sou a tristeza que te faz sorrir
Deixo ao mundo
Deixo-te esta canção de mim mesmo

Sou janela e espelho por onde te vês
Sou o sol que depois da chuva brilha outra vez

Sou amor, sou livre, sou fruto, poema
Sou bóia, sou vidro, sou história, sou tema
Sou aquele, sou teu mais uma vez

Sou a tristeza que te faz sorrir
Deixo o mundo à minha espera
Sou o sol que ainda há-de vir
Que sem querer brilha lá fora
Sou a tristeza que te faz sorrir
Deixo ao mundo
Deixo-te esta canção de mim mesmo



publicado por olhar para o mundo às 08:12 | link do post | comentar

Quarta-feira, 18.07.12
The Black Mamba Ao vivo: Regresso ao Garage

De volta à sala Lisboeta em Alcântara, para apresentar o disco de estreia.

 

The Black Mamba é o nome do trio formado por Pedro Tatanka (voz e guitarra), Ciro Cruz (baixista) e Miguel Casais (baterista). No próximo dia 26 de Julho, (quinta-feira), apresentam o seu disco de estreia homónimo no Garage, com o apoio da 3.

O primeiro encontro destes três músicos foi em 2010, altura em que, da união dos seus talentos musicais, surge um som único. A química entre os três músicos foi imediata.

A experiente secção rítmica do baixista Ciro Cruz (Ed Motta, Gabriel O Pensador, Howard Levy, banda Rock In Rio, etc.), a bateria de Miguel Casais (Áurea, Mafalda Veiga, Nu Soul Family, etc.) e a voz e guitarra de Pedro Tatanka (Richie Campbell, The Offshores, Kalibrados, etc.) conduzem a uma viagem que mistura a soul music com o blues e o funk.

"The Black Mamba", o primeiro disco de originais, foi editado dia 7 de Maio."It Ain´t You" e "De Mim Mesmo" são os singles que o apresentação.

 

Retirado de Antena 3



publicado por olhar para o mundo às 21:12 | link do post | comentar

 

 

letra

 

Ever since the day you left me
I fell apart
Cloudy days, rainy nights
Tears from my heart
I needed someone strong carry on
I needed some love but I was grown strong

Chorus:
It ain’t you baby
It ain’t me no, no
It’s a pain from love
And it’s growing strong
It ain’t you baby
It ain’t me no, no

I became someone you don’t know
Someone you don’t want me to be
But the world is always changing
And I’m changing with it
But some things never change
Nothing you can do
Love is always there
There for me and you
Chorus
It ain’t you baby
It ain’t me no, no
It’s a pain from love
And it’s growing strong
It ain’t you baby
It ain’t me no, no
X 2

I hope one day
Some of our dreams come true
Even if I die
I will always love you

Baby,
It ain’t me no, no
It’s a pain from love
And it’s growing strong

Chorus 
It ain’t you baby
It ain’t me no, no
It’s a pain from love
And it’s growing strong
It ain’t you baby
It ain’t me no, no

I hope one day
Some of our dreams come true
Even if I die
I will always love you
Please please please



publicado por olhar para o mundo às 11:10 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Sexta-feira, 01.06.12

A picada dos The Black Mamba

 

Carregados de uma sonoridade soul, os The Black Mamba assumem a sua paixão pela música negra. O trio surge agora com uma nova pele: abandonou os bares e os temas alheios e assume-se como banda de originais. O grupo editou recentemente o disco de estreia homónimo e esta sexta-feira apresenta-o no Palco Sunset do Rock in Rio-Lisboa. 

A vida é feita de encontros - há uns que trocam os planos e outros que dão origem a novos. Foi o que aconteceu quando Ciro (Baixista) foi apresentado a Tatanka (guitatarra e voz). ”Na noite em que o conheci, estivemos em minha casa a tocar e pensei no projeto. A ideia inicial era fazermos uma banda de versões, mais acústico, porque a voz do Tatanka combinava muito bem com o contrabaixo”, conta Ciro.

E foi assim que os The Black Mamba nasceram, no verão de 2010. Rapidamente ficaram bastante conhecidos no circuito de bares lisboetas, mas não tardou que os primeiros originais começassem a surgir. “Fizemos cerca de 200 concertos em 2011 e comecei a sentir que não era esse o caminho que queria seguir (continuar como banda de versões). Em conversa reparámos que queríamos todos o mesmo e então juntamos forças para criar a nossa música”, confessa Tatanka.

 

Quando falam sobre os temas que compõem, os The Black Mamba deixam que sejam os fãs a decidir se têm veneno, tal como a cobra africana com o mesmo nome. “O nosso som tem tudo a ver com a música de origem afro-americana, que vai desde os blues, ao funk, ao soul, ao rn’b, até ao pop mais negro. São essas as nossas influências”, define Tatanka.

É essa a sonoridade que encontramos no disco de estreia, editado a 7 de maio pela Farol. O álbum homónimo conseguiu ultrapassar a barreira da banda de versões que compõe originais, sem que com isso perdesse fãs. “O pessoal que nos segue desde o tempo das versões tem sido fiel, tem procurado pela banda e pelo disco”, afirma Ciro. 

Adeus aos bares

Depois de abandonado o circuito de bares, a banda vira-se agora para palcos maiores. Na próxima sexta-feira, 1 de junho, os The Black Mamba vão atuar no Rock in Rio, no palco Sunset, em parceria com o Tiago Bettencourt. Miguel Casais (baterista) promete que o concerto vai ser“fora de série”. O convite surgiu pelo diretor musical do Rock in Rio, Zé Ricardo, e agradou muito à banda. “Estamos a dar-nos muito bem, os ensaios têm corrido bem. Vai ser com certeza ser um concerto muito bom”, conta Ciro.   

Não é a primeira vez que os três pisam o palco do Rock in Rio-Lisboa, já tocaram no eventoenvolvidos noutros projetos, mas chegar a “cidade do rock” como The Black Mamba faz com que surja alguma ansiedade. “Estamos um pouco ansiosos, queremos que aconteça rápido. Estamos a espera que seja um grande concerto pois já sabemos qual é o vibe do palco. O espetáculo está muito giro, temos a certeza que vai ser um concertão”, afirma Miguel Casais.   

O grupo prepara-se também para ir tocar aos Estados Unidos nos dias 16 e 17 de junho em Filadélfia e a 18 do mesmo mês em Nova Iorque. Aproveitando a estadia na capital americana, os the Black Mamba irão também gravar um tema para o próximo disco. “Vamos gravar no estúdio de um grande amigo nosso, o Scott Anderson, vai ser o primeiro tema do nosso próximo trabalho”, desvenda Ciro. 

@Edson Vital e Inês Alves

 

retirado de Sapo Música

 



publicado por olhar para o mundo às 12:49 | link do post | comentar


Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email
mais sobre mim




posts recentes

The Black Mamba - Rock Me...

THE BLACK MAMBA - GOOD TI...

THE BLACK MAMBA - YESTER ...

Diana Martinez e The Blac...

The Black Mamba - I Wanna...

Diana Martinez & The Blac...

The Black Mamba - Amanhã

The Black Mamba apresenta...

The Black Mamba ft Boss A...

The Black Mamba - Red Dre...

arquivos

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

tags

todas as tags

links
comentários recentes
Adorei esta versão da original de Silvio Rodriguez...
Música sempre atual
Muito obrigado pela informação, já actualizei o po...
Os créditos da Praia dos Lilases são do próprio Si...
Fico muito contente pela Carolina, há muito que me...
Amei😍💝
Muito bonita a música 😍
Essa letra me faz viajar, sonhar me encanta e a mu...
Grandas rappers
Posts mais comentados
blogs SAPO
subscrever feeds