Quarta-feira, 17.05.17

sergio godinho.png

 

SÉRGIO GODINHO

EM PARIS COM CAPICUA E FILIPE RAPOSO

No próximo sábado, dia 20 de Maio, o festival parisiense “Chantiers d’Europe” recebe Sérgio Godinho para um concerto de características muito especiais – a acompanhar o “escritor de canções” estará o compositor e pianista Filipe Raposo e com o estatuto de “convidada” a rapper Capicua.

Tratar-se-á de um concerto inédito já que será a primeira vez que os três se cruzarão em palco ainda que esta não seja a primeira vez que Sérgio Godinho recebe Capicua nos seus espectáculos – em 2014 a rapper portuense participou nos concertos de apresentação de “Liberdade” no Rivoli – ou que é acompanhado pelo pianista com quem aliás tem realizado apresentações em Portugal e no estrangeiro ao longo do último ano.

Num artigo publicado na semana passada no Le Monde, o jornalista Patrick Labesse destaca no título que Sérgio Godinho “canta males e maravilhas” e evocando a biografia de Sérgio, nomeadamente a vivência em França quando do “Maio de 68”, descreve a sua experiência de assistir à apresentação realizada no passado dia 29 de Abril no âmbito do evento “Dias da Música” e de ter acompanhado Sérgio Godinho até Grândola para a inauguração da exposição “Sérgio Godinho – Escritor de Canções” que a edilidade local tem em exibição nos Antigos Paços do Concelho. 

De volta a Portugal, Sérgio Godinho efectuará uma apresentação no Porto integrada na iniciativa “Cultura em Expansão”, cujo objectivo é a descentralização dos eventos culturais, que terá lugar na Associação de Moradores da Bouça no bairro emblemático portuense com o mesmo nome.

 

AGENDA CONCERTOS:

20 MAI / CHANTIERS D’EUROPE / ESPACE PIERRE CARDIN / PARIS (com Filipe Raposo e participação especial de Capicua)

27 MAI / CULTURA EM EXPANSÃO / ASSOCIAÇÃO DE MORADORES DA BOUÇA / PORTO (com Filipe Raposo)

03 JUN / NORTH MUSIC FESTIVAL / ESTÁDIO D. AFONSO HENRIQUES / GUIMARÃES (“JUNTOS” com Jorge Palma)

 



publicado por olhar para o mundo às 21:13 | link do post | comentar

Sexta-feira, 21.04.17

sergio godinho.png

 

SÉRGIO GODINHO

A CELEBRAÇÃO DA “LIBERDADE” PELA ESTRADA FORA 

EXPOSIÇÃO “ESCRITOR DE CANÇÕES” EM GRÂNDOLA

É frequentemente referido com um dos seus livros favoritos, “Pela estrada fora” de Jack Kerouac, e sem sombra de dúvida é também uma expressão que define bem a vida e obra, inquietas, de Sérgio Godinho. Em Abril é já habitual ter a agenda sobrecarregada com a participação em eventos relacionado com as comemorações do 25 de Abril de 1974 mas este ano os motivos são os mais variados. Assim: 

- a 22 e 23 de Abril, Sérgio Godinho levará o espectáculo “Liberdade” até ao Norte do país, mais concretamente ao Auditório Municipal de Gondomar e ao Teatro Municipal de Vila do Conde, para apresentação do concerto estreado quando da passagem do 40º aniversário da revolução de Abril;

- no dia 24, o destino é a freguesia de Alhos Vedros, Moita, na companhia de Jorge Palma para o concerto  “JUNTOS” em que fazem um percurso pelos temas que há muito são a banda sonora das nossas vidas;

- a 25, a vila alentejana de Mora receberá “Liberdade” para um comemoração ao final da tarde, numa autêntica matinée revolucionária; 

- no dia 28, é “Coração Mais Que Perfeito”, a sua mais recente publicação literária, que justifica a viagem até ao Algarve, mais concretamente até à Biblioteca Municipal Vicente Campinas, em Vila Real de Santo António, para uma conversa/apresentação integrada no ciclo “Sinónimos de Leitura”; 

- já a 29 serão os “Dias da Música” que levarão Sérgio Godinho até ao Centro Cultural de Belém para duas acções no âmbito do evento deste ano que tem o subtítulo “As Letras da Música” – a primeira, às 18H00, uma conversa com o jornalista Nuno Galopim; a segunda, às 22H00, um concerto, já esgotado, na companhia do pianista Filipe Raposo, músico com quem Sérgio tem colaborado ao longo do último ano e cuja parceria foi recentemente distinguida com o “Sophia 2017” para Melhor Canção Original atribuído pela Academia Portuguesa de Cinema;

- e, a 30, no final do mês, a inauguração da exposição “Sérgio Godinho – Escritor de Canções” promovida C.M de Grândola e que estará patente nos Antigos Paços dos Concelho até 29 de Outubro. Uma ideia da Divisão de Cultura e Desenvolvimento Social local e que mobilizou em seu torno nomes como Anabela Mota Ribeiro, Jorge Palma, Nuno Galopim, Capicua, Nuno Artur Silva, Viriato Teles ou João Carlos Callixto que contribuíram para a brochura de 120 que será publicada e que incluirá, para além de notas biográficas, texto originais e imagens inéditas. Para assinalar a abertura, será ainda promovido um espectáculo musical com artistas locais com o título “O Elixir da Eterna Juventude – Canções de Sérgio Godinho revisitadas por artista de cá”. Uma forma dinâmica de homenagear o “escritor de canções”.

AGENDA CONCERTOS ABRIL:

21 ABR / GONDOMAR

22 ABR / TEATRO MUNICIPAL / VILA DO CONDE

24 ABR / MOITA (“JUNTOS” com Jorge Palma)

25 ABR / MORA

29 ABR / “DIAS DA MÚSICA” / CENTRO CULTURAL DE BELÉM / LISBOA (com Filipe Raposo)



publicado por olhar para o mundo às 21:13 | link do post | comentar

Sábado, 11.03.17

liberdade5.jpg

 

 

Sérgio Godinho no AMAC

 

Concerto “Liberdade” a 1 de abril

 

A programação cultural do Auditório Municipal Augusto Cabrita, em abril, inicia, no dia 1, com o Concerto LIBERDADE, com Sérgio Godinho.

 

 

1 abril | 22h00 | Concerto LIBERDADE, com SÉRGIO GODINHO

 

LIBERDADE

“Liberdade” é de todas as palavras e conceitos que uso na minha vida, e por arrasto nas canções, a que mais acarinho e que mais defendo, aquela que dá ao norte a sua bússola.

A frase é de Sérgio Godinho e dirige o público para o que poderá assistir em “Liberdade” - a partir de uma canção composta em 1974 e publicada nesse mesmo ano no álbum “À Queima Roupa”, o “escritor de canções” revê, através do seu repertório, a vivência do Portugal democrático.

Estreado em Abril de 2014 em três memoráveis noites no São Luiz Teatro Municipal, em Lisboa, tem percorrido o país provocando grande do entusiasmo junto de todos quantos a ele têm assistido, motivando inclusive, a publicação de um disco ao vivo no final do ano com o mesmo título – “Liberdade”.

Por entre releituras e reproduções, Sérgio Godinho aborda a quase totalidade da sua vasta discografia tendo como ponto de partida a liberdade em sentido lato ou, se quisermos, as diversas liberdades, em sentido particular – “Já Joguei Ao Boxe”, “Fotos do Fogo”, “Maçã Com Bicho”, “Que Força É Essa” ou “O Acesso Bloqueado” são, entre outras, canções presentes – mas há ainda espaço para a novidade, para os inéditos, e “Tem O Seu Preço” sobe ao palco; ou ainda para a descoberta de “Na Rua António Maria”, tema de Zeca Afonso nunca antes publicado e que Sérgio Godinho traz a “Liberdade”, literalmente, de memória.

Desde a música empenhada, bandeira de causas e consciência social, ao diário íntimo e plural, uma visão de nós próprios a partir do trabalho de um dos mais importantes criadores de imaginário das últimas quatro décadas.

“Liberdade” – Actual! Fundamental!

 

SÉRGIO GODINHO voz

NUNO RAFAEL guitarras, percussões, coros

MIGUEL FEVEREIRO guitarras, coros

NUNO ESPÍRITO SANTO baixo

JOÃO CARDOSO teclado, coros

SÉRGIO NASCIMENTO bateria, percussões

 

NELSON CARVALHO operação de som de sala e palco

JORGE PATO operação de iluminação

PEDRO BORGES, JOÃO COSTA técnicos de backline

PRODUÇÃO - VACHIER & ASSOCIADOS LDA

 

 

VENDA DE INGRESSOS: AMAC (212 068 230) e Posto de Turismo do Barreiro (212 068 287).

OUTROS LOCAIS DE VENDA: www.ticketline.sapo.pt, Fnac, Worten, El Corte Inglés, C. C. Dolce Vita, Casino Lisboa, Galerias Campo Pequeno, Ag. Abreu, A.B.E.P., MMM Ticket e C.C. Mundicenter, Fórum Aveiro, U-Ticketline, CCB, Time Out Mercado da Ribeira, Shopping Cidade do Porto, Lojas NOTE, SuperCor – Supermercados e ASK ME Lisboa.

 

 

CMB 2017-03-10



publicado por olhar para o mundo às 23:13 | link do post | comentar

Terça-feira, 14.02.17

sergio godinho.jpg

 

SÉRGIO GODINHO

EM CONCERTO NA SUÉCIA E NORUEGA

ESTREIA NO ROMANCE COM “CORAÇÃO MAIS QUE PERFEITO

Na próxima semana, mais exactamente a 16, 17 e 18 de Fevereiro, Sérgio Godinho fará a sua estreia em palcos “escandinavos” com concertos em Estocolmo, Oslo e Gotemburgo, respectivamente. As apresentações, duas na Suécia e uma na Noruega, serão realizadas na companhia do pianista Filipe Raposo com quem o “escritor de canções” tem vindo a colaborar regularmente.

Os concertos em território sueco decorrerão no âmbito do festival de cinema português “Frames – Portuguese Film Festival” que este ano tem como temática “Social Tales” (“histórias de carácter social”) tendo Sérgio Godinho e Filipe Raposo a responsabilidade de abertura da programação nas cidades de Estocolmo (dia 16) e Gotemburgo (dia 18). Toda a programação do festival AQUI.

Já a 17, uma mudança de país para uma apresentação, também a primeira, em solo norueguês, desta feita tendo como convidado especial o flautista António Carrilho, que se juntará a Sergio Godinho e Filipe Raposo, e que de cujo currículo fazem parte colaborações com a Orquestra Gulbenkian, Orquestra Sinfónica Portuguesa, Divino Sospiro bem como formações na Holanda, Bélgica, Alemanha, Israel e ainda Noruega, país em que efectuou parte da sua formação enquanto instrumentista.

A par da sua actividade musical, Sérgio Godinho tem também desenvolvido nos últimos anos uma actividade literária regular com publicações nas diversas disciplinas da escrita – no guião cinematográfico, em parceria com José Fonseca e Costa em “Kilas, o mau da fita”; no conto infantil, com “O Pequeno Livros dos Medos”; na poesia, com “O Sangue Por Um Fio”; nos contos, com “Vidadupla”; e, com apresentação no próximo “Correntes de Escrita”, a estreia no romance, com “Coração Mais Que Perfeito” através da Quetzal. 

Coincidentemente, será a “palavra” que levará Sérgio Godinho à Estremadura espanhola entre os dias 21 e 23 de Fevereiro, para um conjunto de sessões de leitura em torno da sua obra. Os eventos decorrerão nas cidades de Badajoz e Plasencia, com sessões no Museu Estremenho e Ibero-Americano de Arte Contemporânea, na Sala El Verdugo e três instituições de ensino locais.

AGENDA CONCERTOS: 

16 FEV / STALLET / ESTOCOLMO (concerto com Filipe Raposo)

17 FEV / COSMOPOLITE / OSLO (concerto com Filipe Raposo)

16 FEV / BIO ROY / GOTEMBURGO (concerto com Filipe Raposo)

03 MAR / CINE-TEATRO EDUARDO BRAZÃO / V.N. GAIA (“Conta-me histórias”)

04 MAR / AUDITORIO MUNICIPAL / MONÇÃO (“Conta-me histórias”)

15 MAR / VENETIAN THEATRE / MACAU (concerto com Filipe Raposo)

18 MAR / CINE-TEATRO ANTÓNIO LAMOSO / SANTA MARIA DA FEIRA (“Liberdade”)



publicado por olhar para o mundo às 10:13 | link do post | comentar

Segunda-feira, 28.11.16

sergio godinho.jpg

 

SÉRGIO GODINHO

Concerto/recital com Filipe Raposo e Ensemble de Flautas de Loulé

Integrado no ciclo “O Longe É Aqui”, Sérgio Godinho apresentará no Cine-Teatro Louletanono próximo dia 30 de Novembro um concerto/recital de características inéditas – a partir do seu vasto repertório, uma selecção de temas irão ser interpretados com o pianista Filipe Raposo e a participação do Ensemble de Flautas de Loulé.

Tratar-se-á assim da estreia absoluta de uma formação com estas características sonoras e um momento único na reinterpretação de canções que habitam o nosso imaginário mas que jamais ouvimos neste formato musical.

Os arranjos para esta formação de características barrocas foram efectuados por Filipe Raposo, sendo a selecção de temas efectuada em colaboração com Sérgio Godinho com a preocupação de escolher as canções que, sendo representativas da sua criação, melhor se adaptariam a um acompanhamento tão específico como este. O resultado é surpreendente e cativante, abrindo uma nova porta na “descoberta” de temas como “O galo é o dono dos ovos”, “O elixir da eterna juventude”, “Fotos do fogo”, “Dancemos no mundo” ou “Cuidado com as imitações”, entre outros.

O ciclo “O Longe é Aqui” é uma iniciativa do Cine-Teatro Louletano com o objectivo principal de promover encontros estimulantes e lançar desafios criativos entre, de um lado, reconhecidas figuras a nível nacional e, do outro, artistas e grupos/associações culturais do concelho de Loulé ligados às artes performativas, com especial destaque para a música nos seus variados quadrantes.

O Ensemble de Flautas de Loulé foi constituído em Dezembro de 1994 por alunos da Escola de Música do Município de Loulé, sob orientação do professor Francisco Rosado. Gravou até ao momento três cd’s com peças da Idade Média ao século XX e tem participado em todas as edições dos Encontros de Música Antiga de Loulé – Francisco Rosado bem como te realizado apresentações um pouco por todo o país em contexto académico, em igrejas e noutros espaços e eventos culturais. Nesta apresentação com Sérgio Godinho e Filipe Raposo, o colectivo será dirigido pela professora Ana Figueiras.

Os bilhetes para este concerto/recital poderão ser adquiridos na bilheteira do Cine-Teatro Louletano ou em www.bol.pt



publicado por olhar para o mundo às 12:13 | link do post | comentar

Quarta-feira, 21.09.16

sergio godinho.jpg

 

SÉRGIO GODINHO COM MÁRCIA NO FOLIO 2016

Cantora junta-se a Filipe Raposo e Rui Horta

A anunciada passagem de Sérgio Godinho pela  edição 2016 do “Folio – Festival Literário Internacional de Óbidos” no próximo dia 23 de Setembro ganha, com a confirmação de hoje, ainda mais um ponto de interesse – a cantautora Márcia junta-se ao rol de convidados que o “escritor de canções” terá no concerto que se realizará pelas 22H30 na Cerca do Castelo de Óbidos.

 

Esta apresentação, concebida em especial para o evento, terá na presença de Márcia seguramente um dos pontos altos da noite. Aliás, tratar-se-á de um “regresso” aos palcos da cantora depois de uma curta paragem motivada por maternidade. O interesse é ainda maior se atentarmos no que Sérgio Godinho afirma: “Conheço a Márcia desde o “Cabra-Cega”, e desde aí não cessei de me espantar com a enorme inspiração da sua escrita, a sua maneira especial de compor, a sua voz tão adequada às canções, e aquela serenidade graciosa com que pisa o palco. A importância deste festival literário mais do que justifica o convite que lhe fiz para cantarmos um par de canções, das minhas e das dela”. Uma delas, apostamos, será “Às vezes o amor”, tema original de Sérgio Godinho publicado em “Ligação Directa” e que Márcia recuperou numa versão minimalista no álbum “Voz & Guitarra II”.

 

Neste concerto, Sérgio Godinho terá na presença de  Filipe Raposo ao piano a sua base instrumental – as canções, das mais antigas às mais recentes, ganham nova vida através da sensibilidade ímpar do instrumentista.

 

Terá mais um formato de recital, e para este evento e aquele espaço escolhi cantar apenas com um pianista, o extraordinário Filipe Raposo.

 

Trata-se de uma colaboração algo recente mas que tem sido vivida com enorme entusiasmo tendo inclusive resultado na composição em parceria do tema “Sobe o Calor” para a banda sonora do filme “Refrigerantes & Canções de Amor” publicada o mês passado

 

 



publicado por olhar para o mundo às 12:13 | link do post | comentar

Terça-feira, 20.09.16

JorgePalmaSergioGodinho.jpg

 

Jorge Palma e Sérgio Godinho, dois nomes maiores da música reúnem-se em palco para um espetáculo especial concebido em conjunto. Inédito!

 

Ainda que ao longo das suas carreiras se tenham cruzado inúmeras vezes, nunca o propósito havia sido este: “juntos”.

 

Juntos, porque se apresentam num espetáculo uno, ainda que idealizado a dois, para ser o melhor de dois… num.

 

Juntam-se as ideias, as viagens e as histórias feitas canções.

 

Junta-os a música, a estrada, os palcos, o público e a vontade de escrever, cada um a seu jeito, cada um com tanto jeito, a liberdade.

 

Juntam-se também aos músicos – aos que nasceram com a sua música e também aos que com ela cresceram.

 

Juntam-se a Pedro Vidal, Nuno Rafael, João Correia, Sérgio Nascimento, João Cardoso e Nuno Lucas.

 

E “juntos” juntar-se-ão ao público na partilha de quatro décadas da banda sonora das nossas vidas.

 

TÍTULO:"Jorge Palma & Sérgio Godinho - Juntos"
SINOPSE: Jorge Palma e Sérgio Godinho encontram-se finalmente em palco para um concerto que promete ser inesquecível
MÚSICOS: Jorge Palma (voz, piano, guitarra), Sérgio Godinho (voz, guitarra), João Cardoso ( teclado, coros), João Correia (bateria), Nuno Lucas (baixo, percussão), Nuno Rafael (guitarra elétrica, guitarra acústica, banjo, lap steel guitar, percussões, coros), Pedro Vidal (guitarra elétrica, guitarra acústica, banjo, cavaquinho, pedal steel guitar, coros) e Sérgio Nascimento (bateria, percussão)
AGENDA: 5 de outubro, quarta-feira, 21h30
BILHETES: 22 € Plateia | 19 € Balcão

 

Retirado de Forum Luisa Todi



publicado por olhar para o mundo às 12:13 | link do post | comentar

Segunda-feira, 29.08.16

sergiogodinho.jpg

 

SÉRGIO GODINHO

NOVA CANÇÃO PARA O FILME "REFRIGERANTES E CANÇÕES DE AMOR"

“Sobe o Calor” chegou a todas as plataformas digitais

Sérgio Godinho editou hoje “Sobe o Calor”, uma canção composta em parceria com Filipe Raposo, especialmente para a banda sonora de “Refrigerantes e Canções de Amor”, um filme de  Luis Galvão Teles com argumento de Nuno Markl.

 

“O Luis Galvão Teles ofereceu-me a ocasião soberana de escrever, pela primeira vez, uma canção a meias com o Filipe Raposo, talentosíssimo pianista, e, descubro-o agora, também muito bom compositor”, diz Sérgio Godinho. “Na letra que fiz para a música dele, andei à volta do tema do calor, dos refrigerantes, e do amor, sempre o amor. Começa e acaba o filme, sendo que no final é cantada por mim.” E revela: “Quanto ao Filipe, temos já outra canção aprazada. Agora, não há como parar.”

Refrigerantes e Canções de Amor”,  estreia hoje nas salas de cinema e conta com um elenco de luxo, com nomes comoIvo Canelas, Victoria Guerra, Lúcia Moniz, João Tempera, Ruy de Carvalho, André Nunes, Gregório Duvivier, Marco Delgado com os quais contracenam Jorge Palma e o próprio Sérgio Godinho, no papel de um assassino implacável.

“Foi muito bom reencontrar o Luís Galvão Teles, e voltar a trabalhar com ele, tantos anos depois da “Confederação”, continua Sérgio Godinho. “Além da canção que escrevi com o Filipe Raposo, ele propôs-me um pequeno papel de um homem da noite, bigode e cicatriz no rosto, que faz trabalhos duvidosos por encomenda, assassínios incluídos. Há muito tempo que não fazia cinema, e deu-me um forte prazer mergulhar de novo nessas lides.”

A estreia desta canção acontece num período em que para além das apresentações com os Assessores, a sua banda “cativa”, tem dado atenção a colaborações oriundas das mais variadas áreas musicais: com Jorge Palma, no projecto JUNTOS, em que depois da edição em CD DVD, tem realizado inúmeras apresentações pelo país; a Norte, com a Orquestra de Jazz de Matosinhos, em que depois de uma apresentação numa Casa da Música lotada em Junho passado, se anuncia uma repetição, desta feita na Avenida dos Aliados, numa celebração popular em que as canções de Sérgio Godinho vestirão novas roupas; ou ainda, incrementando a dimensão da parceria com o pianista Filipe Raposo, compositor de “Sobe o Calor”, num espectáculo de voz e piano a ter lugar no Festival Literário Internacional de Óbidos em que uma vez mais, e sempre de forma surpreendente, Sérgio Godinho reinventará as suas canções.

Sempre inquieto, a actividade criativa de Sérgio faz ainda adivinhar que em breve, por entre outros projectos cinematográficos e literários, novas canções verão a luz do dia.

 

 

AGENDA:

03 SET – Noite Branca/Braga (JUNTOS com Jorge Palma)

04 SET – Festa do Avante/Seixal (JUNTOS com Jorge Palma)

09 SET – Av. Dos Aliados/Porto (com Orquestra de Jazz de Matosinhos)

10 SET – Feira de São Mateus/Viseu (JUNTOS com Jorge Palma)

23 SET – Festival Literário Internacional/Óbidos (com o pianista Filipe Raposo e convidados)

 

 



publicado por olhar para o mundo às 23:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei  letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 22:13 | link do post | comentar

Quinta-feira, 31.03.16

sergiogodinho.jpg

 

Sérgio Godinho está de regresso à estrada com "Liberdade"

 

Músico regressa aos concertos depois de ter partilhado os Coliseus de Lisboa e Porto com Jorge Palma a propósito de "JUNTOS", o projecto colectivo criado em 2015 que junta em palco dois nomes maiores da música nacional.

 

O primeiro dos concertos que Sérgio Godinho dará no mês de Abril, é já no próximo sábado, dia 2, em Vila Franca de Xira numa organização do Ateneu Artístico Vilafranquense em Vila Franca de Xira. Mais para o final do final do mês, no âmbito das comemorações do 25 de Abril, a "Liberdade" irá passar pelos Recreios da Amadora no dia 23; no dia seguinte, a paragem será em Grândola para uma apresentação que se prevê de enorme emoção; e, a 25, mais a norte, no Teatro Stephens, na Marinha Grande.
 
Ainda a destacar neste mês de Abril, a deslocação até Belgrado para a abertura do Festival "Todo o Mundo", evento anual que junta na Sérvia os mais nomes da música mundial. A participação no festival, que ocorrerá no dia 19, tem ainda a particularidade de ser transmitida ao vivo pela televisão e rádio estatal sérvia.
 
Ainda em território sérvio para onde viajará dias antes, Sérgio Godinho colaborará ainda no projecto europeu liderado pelo linguista André Cunha, com o título provisório de "Dicionário de Canções", que tem por objectivo a construção de um documento em que se reúnam os nomes e os temas mais importantes na composição deste formato musical desde o início da 2ª metade do século XX.
 

AGENDA
 
31 MAR/Participação "Quintas de Leitura"/Teatro do Campo Alegre/Porto
02 ABR/Ateneu Artístico Vilafranquense/Vila Franca de Xira
19 ABR/Festival "Todo o Mundo"/Belgrado/Sérvia
22 ABR/Jorge Palma & Sérgio Godinho – Juntos/Teatro José Lúcio da Silva/Leiria
23 ABR/Recreios da Amadora/Amadora
24 ABR/Comemorações 25 Abril/Grândola
25 ABR/Teatro Stephens/Marinha Grande
 

 



publicado por olhar para o mundo às 21:13 | link do post | comentar

Quarta-feira, 02.03.16

 

Letra

 

Estou velho!
Dói-me o joelho
Dói-me parte do antebraço
Dói-me a parte interna
De uma perna
E parte amiga
Da barriga
Que fadiga
O que é que eu faço?
Escolho o baço ou o almoço?
Vira o osso
Dói o pescoço
É do excesso
Do ex-sexo
Alvoroço
Reboliço
Perco o viço
Já soluço
Já sobroço
Esmiúço
Os meus sintomas
E já agora, do meu médico
Os diplomas
Esmiúço
A consciência
E já agora, apresento a penitência

Ah que estou arrependido
De ter feito e de ter tido
Ai coração, ora seja
Como a que ouvi na igreja

Mea culpa, mea culpa
Minha máxima desculpa
É ter vindo p´ro presente
Conservado em aguardente

Quero ser p'ra sempre jovem
As minhas células movem
Uma campanha eficaz
Água benta e água-raz
O elixir da eterna juventude
Esse que quer que tudo mude
P'ra que tudo fique igual
Estava marado
Falsificado
É desleal!

Vou implorar aos apóstolos
Mas é pior, que desgosto-os
Com tanto pecado junto
Não lhes pega nem o unto

Vou recorrer aos meus santos
Esses, ao menos, são tantos
Que há-de haver um que me acuda
Senão ainda tenho o buda

Maomé vai à montanha
O papa, ninguém o apanha
Na rússia, o rato rói a rolha
Venha o diabo e escolha

O elixir da eterna juventude
Esse que quer que tudo mude
P'ra que tudo fique igual
Estava marado
Falsificado
É desleal!

Misticismo agora à parte
Envelhecer é uma arte
"arte-nova", "arte-final"
Numa luta desigual

Só me vou pôr de joelhos
Ante o mais velho dos velhos
E perguntar-lhes o segredo
De p'ra ele inda ser cedo

Quando o espelho me mira
Já nem o chapéu me tira
Deito-lhe a língua de for a
Pisco o olho e vou-me embora

O elixir da eterna juventude
Esse que quer que tudo mude
P'ra que tudo fique igual
Estava marado
Falsificado
É desleal!

 

 



publicado por olhar para o mundo às 22:13 | link do post | comentar

palmaegodinho.jpg

 


JORGE PALMA E SÉRGIO GODINHO

JORGE PALMA & SÉRGIO GODINHO – JUNTOS



COLISEU DO PORTO, DIAS 3 E 4 EM LISBOA SUPERARAM AS MELHORES EXPECTATIVAS

Depois das apresentações realizadas na semana passada no Coliseu de Lisboa, Jorge Palma & Sérgio Godinho apresentam o espetáculo "Juntos" no Coliseu do Porto nos dias 3 e 4 deste mês.

O entusiasmo que as apresentações em Lisboa despertaram foi correspondido por parte dos artistas com dois memoráveis concertos que lotaram a sala lisboeta.

No Correio da Manhã, Pedro Rodrigues Santos destacava no título "Palma e Godinho juntos em noite de celebração". Já no texto, descrevia as suas impressões sobre a noite "constituído por várias gerações, o público que esgotou a sala lisboeta apenas confirmou a intemporalidade dos temas cantados em dueto por Palma e Godinho. Num ambiente ora íntimo, ora efusivo, os dois artistas desfilaram canções como 'Dá-me Lume', 'O Elixir da Eterna Juventude', 'As Horas Extraordinárias' e 'Deixa-me Rir' (…)".

No altamont.pt, Inês Linhares Dias dissertava sobre as suas desconfianças anteriores ao concerto - "quando dois nomes tão gigantes da música popular portuguesa, como Jorge Palma e Sérgio Godinho, se juntam (…) a primeira reação natural de qualquer pessoa (…) é de um enorme entusiasmo. Contudo, a mastigação da ideia levanta dúvidas (…). Ainda assim, confiamos nos mestres e, esperançosos, lá vamos ver como é que duas mestrias distintas, resultam juntas. E resultam. Como não poderia deixar de ser."

Para Carlos Ferreira no artigo publicado na infocul.pt importava destacar o papel da banda que acompanha Jorge Palma & Sérgio Godinho: "que os dois artistas são de um talento extraordinário, já todos sabíamos. Mas a banda que os acompanha não lhes fica atrás. Nuno Rafael, Sérgio Nascimento, João Cardoso, Pedro Vidal, Nuno Lucas e João Correia mostraram qualidade e virtuosismo."

Na "canela & hortelã", Tânia Fernandes e Ana Filipa Correia concluem a sua reportagem: "aplausos calorosos, de pé, foi o que receberam Jorge Palma e Sérgio Godinho depois de mais de duas horas de concerto, no Coliseu dos Recreios. Dois timbres inconfundíveis, que se complementam. Trocam de papéis, com facilidade e adotam o estilo do outro, enriquecendo, ainda mais a música portuguesa. Foi a primeira de várias noites de espetáculos juntos. E todos saímos com um brilhozinho nos olhos…".

Amanhã e depois, dias 3 e 4, será a vez do Coliseu do Porto viver noites emocionantes que serão seguramente diferentes das vividas em Lisboa.
 

 



publicado por olhar para o mundo às 20:13 | link do post | comentar

Quinta-feira, 25.02.16

jorge e sergio.jpg

 


JORGE PALMA E SÉRGIO GODINHO

Juntos nos Coliseus a partir de amanhã



Jorge Palma & Sérgio Godinho – Juntos Coliseus a partir de amanhã Presença na discussão do OE2016

É já amanhã, dia 25, que Jorge Palma e Sérgio Godinho levarão ao palco doColiseu de Lisboa a produção "JUNTOS", no primeiro de quatro espectáculos que realizarão nos Coliseus de Lisboa e Porto a 25 e 26 de Fevereiro e a 3 e 4 de Março, respectivamente.
 
Será seguramente o acontecimento do dia a avaliar pelo protagonismo que os dois cantautores tiveram no dia d’ontem quando da discussão do Orçamento de Estado de 2016 em que Governo e grupos parlamentares esgrimiram argumentos recorrendo frequentemente às palavras de Sérgio e Jorge. Nos Coliseus será em discurso directo.
 
Aliás, a frase "A banda sonora das nossas vidas num encontro histórico", utilizada na promoção destes espectáculos, nunca se ajustou mais do que agora – 135 anos de vida e mais de 80 em canções que têm acompanhado o nosso quotidiano desde o início da década de 70 do século passado, atravessado gerações, sempre com a mesma determinação, honestidade e aventureirismo artístico.
 
"Juntos" estreou em Maio de 2015 no Centro Cultural Olga Cadaval e tem desde aí sido pontualmente apresentado em alguns teatros nacionais. No final do ano chegou aos escaparates o registo ao vivo em CD e DVD das apresentações realizadas no Theatro Circo em Braga que se tem mantido na lista dos mais vendidos desde o seu lançamento.
 
A série de apresentações que amanhã se iniciará ainda que tendo por base a selecção de repertório utilizada nos concertos realizados, terá algumas novidades no alinhamento anunciando-se para já a chamada a palco de "It’s All Over Now, Baby Blue", um original de Bob Dylan de 1965, bem como de outros temas de Sérgio Godinho e Jorge Palma preparados especialmente para os Coliseus. 
 

 

 


publicado por olhar para o mundo às 12:13 | link do post | comentar

Domingo, 06.12.15

jorgepalmaesergiogodinho.jpg

 

 
Jorge Palma & Sérgio Godinho - JUNTOS ao vivo no Theatro Circo



É editado hoje em CD e em edição deluxe (2CD+DVD)

"Estamos muito contentes por estar juntos" foi a primeira frase que os músicos ouviram, no primeiro ensaio, mesmo sem ninguém ter dito isso. Ia dar certo. Deu certo. As palavras são de Sérgio Godinho, escritas para um dos textos que integra a edição deluxe "Jorge Palma & Sérgio Godinho - Juntos ao vivo no Theatro Circo" e que descreve o espírito presente nesta aventura a dois. Esta edição, em que constam 2CD + DVD com a versão integral do concerto, está disponível em exclusivo na Fnac e inclui fotografias de Rita Carmo, textos exclusivos escritos pelos dois protagonistas e por duas devotas admiradoras, Capicua e Mafalda Veiga, e ainda um DVD realizado por André Tentúgal também ele cantautor, associado ao projecto We Trust.
 
Aliás, em torno destes "135 anos de música", estão alguns dos mais consistentes e criativos músicos nacionais – Nuno Rafael e Pedro Vidal, responsáveis pela direcção musical, nas guitarras; Nuno Lucas no baixo; João Cardoso nas teclas; e João Correia e Sérgio Nascimento, num admirável jogo de energia e sensibilidade nas duas baterias e percussões. A captação e mistura ficaram a cargo de Nelson Carvalho.
 
"O meu prazer em ouvir as canções do Sérgio é genuíno desde sempre e cantá-las tem sido minha prática comum - quando o fazemos em conjunto esse gozo aumenta exponencialmente, esse sentimento é recíproco e abrange obviamente as minhas canções também (…)", diz Jorge Palma. Esse "gozo" tem percorrido algumas salas do país desde Maio e foi registado no magnífico Theatro Circo de Braga nos passados dias 24 e 25 de Setembro, em duas noites absolutamente memoráveis para o público presente. Para além da "edição deluxe", "Jorge Palma & Sérgio Godinho - Juntos ao vivo no Theatro Circo" terá ainda edição digital e uma edição standard em CD com 17 dos 25 temas registados.
 
"A Noite Passada", canção seleccionada como single de avanço já está disponível. Mas neste registo histórico, que reúne duas das figuras mais preponderantes da música nacional, podemos ouvir e emocionarmo-nos com canções como "Dá-me Lume", "O Elixir da Eterna Juventude", "A Gente Vai Continuar", "Na Terra dos Sonhos" ou o inédito, escrito por Sérgio Godinho a propósito desta reunião, "Caso For Esse o Caso". São quatro décadas de canções que de, alguma maneira, fazem a banda sonora das nossas vidas. 
 
Em paralelo com esta edição, os artistas anunciam ainda a estreia do espectáculo nas cidades de Porto e Lisboa com apresentações nos Coliseus, respectivamente a 25 de Fevereiro e 4 de Março de 2016.
 

 



publicado por olhar para o mundo às 12:13 | link do post | comentar

Sábado, 05.12.15

 

Letra

 

A noite passada acordei com o teu beijo
descias o Douro e eu fui esperar-te ao Tejo
vinhas numa barca que não vi passar
corri pela margem até à beira do mar
até que te vi num castelo de areia
cantavas "sou gaivota e fui sereia"
ri-me de ti "então porque não voas?"
e então tu olhaste
depois sorriste
abriste a janela e voaste

A noite passada fui passear no mar
a viola irmã cuidou de me arrastar
chegado ao mar alto abriu-se em dois o mundo
olhei para baixo dormias lá no fundo
faltou-me o pé senti que me afundava
por entre as algas teu cabelo boiava
a lua cheia escureceu nas águas
e então falámos
e então dissemos
aqui vivemos muitos anos

A noite passada um paredão ruiu
pela fresta aberta o meu peito fugiu
estavas do outro lado a tricotar janelas
vias-me em segredo ao debruçar-te nelas
cheguei-me a ti disse baixinho "olá",
toquei-te no ombro e a marca ficou lá
o sol inteiro caiu entre os montes
e então olhaste
depois sorriste
disseste "ainda bem que voltaste"

 



publicado por olhar para o mundo às 22:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Dá-me Lume
Chegaste com três vinténs
E o ar de quem não tem
Muito mais a perder
O vinho não era bom
A banda não tinha tom
Mas tu fizeste a noite apetecer
Mandaste a minha solidão embora
Iluminaste o pavilhão da aurora
Com o teu passo inseguro
E o paraíso no teu olhar

Eu fiquei louco por ti
Logo rejuvenesci
Não podia falhar
Dispondo a meu favor
Da eloquência do amor
Ali mesmo à mão de semear
Mostrei-te a origem do bem e o reverso
Provei-te que o que conta no universo
É esse passo inseguro
E o paraíso no teu olhar

Dá-me lume, dá-me lume
Deixa o teu fogo envolver-me
Até a música acabar
Dá-me lume, não deixes o frio entrar
Faz os teus braços fechar-me as asas
Há tanto tempo a acenar

Eu tinha o espírito aberto
Às vezes andei perto
Da essência do amor
Porém no meio dos colchões
No meio dos trambolhões
A situação era cada vez pior
Tu despertaste em mim um ser mais leve
E eu sei que essencialmente isso se deve
A esse passo inseguro
E ao paraíso no teu olhar

Dá-me lume, dá-me lume
Deixa o teu fogo envolver-me
Até a música acabar
Dá-me lume, não deixes o frio entrar
Faz os teus braços fechar-me as asas
Há tanto tempo a acenar

Se eu fosse compositor
Compunha em teu louvor
Um hino triunfal
Se eu fosse crítico de arte
Havia de declarar-te
Obra-prima à escala mundial
Mas eu não passo dum homem vulgar
Que tem a sorte de saborear
Esse teu passo inseguro
E o paraíso no teu olhar
Esse teu passo inseguro
E o paraíso no teu olhar

 



publicado por olhar para o mundo às 11:13 | link do post | comentar

Sábado, 21.11.15

sergioepalma.jpg

 

 
Jorge Palma & Sérgio Godinho - JUNTOS



"Juntos", encontro histórico agora em disco e DVD Concertos em Lisboa e Porto anunciados

Maio de 2015, Jorge Palma e Sérgio Godinho, dois nomes maiores da música nacional, reúnem-se pela primeira vez em palco para um espectáculo conjunto - "JUNTOS", chamar-lhe-iam.

A estreia ocorreria no C.C. Cultural Olga Cadaval, inicialmente para uma noite, finalmente para 3 noites consecutivamente esgotadas. A reunião repetir-se-ia - no Festival Super Bock Super Rock; na FicaVouga; no Cine-Teatro Louletano; e no Theatro Circo de Braga.

Dezembro de 2015, é publicado "JORGE PALMA & SÉRGIO GODINHO - JUNTOS - AO VIVO NO THEATRO CIRCO", a fixação da passagem nos dias 24 e 25 de Setembro do colectivo pelo magnífico Theatro Circo de Braga, local escolhido para a gravação deste documento histórico de partilha de quatro décadas de canções, num registo que é a banda sonora das nossas vidas.

Aos escaparates chegarão no início do mês as três edições de "Jorge Palma & Sérgio Godinho - JUNTOS - THEATRO CIRCO":
 
                Edição integral (2CD+DVD) - pack luxuoso com fotos e textos exclusivos constituída por duplo CD e DVD realizado por André Tentúgal (exclusivo FNAC);
                CD - constituído por 17 temas incluindo as canções mais emblemáticas dos cantautores;
                Edição digital - alinhamento idêntico a CD

Em jeito de celebração, a edição do disco será acompanhada pela abertura de bilheteiras para os espectáculos que se realizarão nos Coliseus de Lisboa e Porto, respectivamente a 25 de Fevereiro e 4 de Março de 2016
 
Agenda:
26 NOV / C.A.E. / Figueira da Foz
27 NOV /Casa das Artes / Famalicão
25 FEV / Coliseu / Lisboa
04 MAR / Coliseu / Porto


publicado por olhar para o mundo às 19:13 | link do post | comentar

Quarta-feira, 05.08.15

sergioejorgepalma.jpg

 

 
JORGE PALMA & SÉRGIO GODINHO



"Juntos" em Setembro a Sul e a Norte

A rentrée para Jorge Palma e Sérgio Godinho será feita com as primeiras apresentações da produção "Juntos" a sul e a norte, com concertos anunciados para dia 19 de Setembro em Loulé e dia 24 em Braga correspondendo assim aos inúmeros apelos do público local.

Estreado no passado mês maio em três datas esgotadas no Centro Cultural Olga Cadaval, "Jorge Palma & Sérgio Godinho - Juntos" retrata o encontro em palco de dois nomes maiores da música nacional numa partilha, também com o público, de quatro décadas da banda sonora das nossas vidas.

As apresentações em Loulé e Braga decorrerão, respectivamente, no Cineteatro Louletano, no dia 19, e no Theatro Circo, no dia 24. Os bilhetes para estas apresentações poderão ser adquiridos a partir de hoje nas bilheteiras dos locais..

Com Jorge Palma e Sérgio Godinho, em palco, "Juntos": Nuno Rafael & Pedro Vidal, nas guitarras e direcção musical; Nuno Lucas, baixo; João Cardoso, teclados; João Correia e Sérgio Nascimento, nas baterias.


publicado por olhar para o mundo às 12:13 | link do post | comentar

Sexta-feira, 10.04.15

sergiojorgepalma.jpg

 

 

SÉRGIO GODINHO

Junta-se a Jorge Palma em concerto a 29 de Maio no Olga Cadaval em Sintra



"Juntos!" Finalmente (ou enfim) “juntos”! Dois nomes maiores da música reúnem-se em palco para um espetáculo especial concebido em conjunto.

Inédito! Ainda que ao longo das suas carreiras se tenham cruzado inúmeras vezes, nunca o propósito havia sido este: "juntos".

Juntos, porque se apresentam num espetáculo uno, ainda que idealizado a dois, para ser o melhor de dois… num.

Juntam-se as ideias, as viagens e as histórias feitas canções.

Junta-os a música, a estrada, os palcos, o público e a vontade de escrever, cada um a seu jeito, cada um com tanto jeito, a liberdade.

Juntam-se também aos músicos - aos que nasceram com a sua música e também aos que com ela cresceram. Juntam-se a Pedro Vidal, Nuno Rafael, João Correia, Sérgio Nascimento, João Cardoso e Nuno Lucas.

E "juntos" juntar-se-ão ao público na partilha de quatro décadas da banda sonora das nossas vidas.


publicado por olhar para o mundo às 23:13 | link do post | comentar

Sexta-feira, 05.12.14

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 08:28 | link do post | comentar

Terça-feira, 18.11.14

liberdade4.jpg

 

 

SÉRGIO GODINHO

COLISEU/LISBOA - 22 NOV/ 22H00

CONVIDADA ESPECIAL: CAPICUA

É já no próximo sábado que Sérgio Godinho leva "Liberdade" ao Coliseu dos Recreios, num regresso à mítica sala lisboeta.

Depois de nos passados dias 1 e 2 de Novembro ter apresentado "Liberdade" perante um lotadíssimo Rivoli, chega agora a vez do público de Lisboa assistir à mais recente produção do "escritor de canções" – uma revisitação à sua obra de forma dinâmica e atual.

No próximo sábado, para além das canções emblemáticas do cantautor, poder-se-ão ainda escutar algumas das novidades que "Liberdade" nos trouxe - o inédito "Tem o seu preço"; a recuperação de "Foi aos 25 dias de Abril", tema composto em parceria com Jorge Constante Pereira; e "Na Rua António Maria", tema da autoria de Zeca Afonso nunca antes gravado. Tudo isto na companhia dos "Assessores" e, na qualidade de "convidada especial", Capicua.

Este concerto acompanha o lançamento no mercado do disco ao vivo com o mesmo título captado em Abril passado quando da passagem do espetáculo pelo São Luiz Teatro Municipal, Cine-Teatro Louletano e Centro de Arte de Ovar. Também recentemente, foi divulgado o teledisco do tema "Liberdade" montado a partir da memorável passagem de Sérgio Godinho pelo Festival Bons Sons e aqui imortalizada.

Os (poucos) bilhetes ainda disponíveis para este espetáculo encontram-se à venda nos locais habituais e em bilheteiraonline.pt.  

 



publicado por olhar para o mundo às 23:29 | link do post | comentar

Quarta-feira, 29.10.14

liberdade.jpg

 

 

SÉRGIO GODINHO

"Liberdade" nas lojas esta semana

É esta semana que o novo disco ao vivo de Sérgio Godinho - "Liberdade" - chega às lojas antecedendo a sua estreia em palco na cidade do Porto, no Rivoli, nos dias 1 e 2 de Novembro.
 
Captado em Abril passado quando da passagem do espectáculo pelo São Luiz Teatro Municipal, Cine-Teatro Louletano e Centro de Arte de Ovar, "Liberdade" celebra através da obra de Sérgio Godinho, os 40 anos de Portugal democrático, e reúne, numa só edição, algumas das canções mais emblemáticas do cantautor, todas elas tendo como denominador comum o conceito de "Liberdade", título aliás do tema publicado em 1974 no álbum “À Queima Roupa”.
 
Em disco e no palco, Sérgio Godinho revisita a sua obra de forma dinâmica e actual encontrando ainda espaço para a estreia de um original "Tem o seu preço"; a recuperação de "Foi aos 25 dias de Abril", tema composto em parceria com Jorge Constante Pereira; e a gravação de "Na Rua António Maria", tema da autoria de Zeca Afonso nunca antes gravado.
 
O próximo fim-de-semana será dedicado ao Porto para duas apresentações no Rivoli, sala carismática da cidade e à qual Sérgio Godinho regressa passados que estão mais de 15 anos desde que aí gravou parte de "Rovolitz". Inicialmente com apenas uma apresentação prevista, rapidamente houve a necessidade de anunciar uma nova data face à procura do público nortenho, ficando a sessão extra de "Liberdade" agendada para uma matinée, às 17H00 do dia 2 de Novembro.
 
Com Sérgio Godinho, para além dos seus "Assessores", estará, na qualidade de "convidada especial", Capicua.
 
Entretanto circula pelas redes sociais o teledisco do tema "Liberdade" montado a partir da memorável passagem de Sérgio Godinho pelo Festival Bons Sons e aqui imortalizada.
 
 
      01 NOV / 21H30 - TM RIVOLI / PORTO
      02 NOV / 17H00 - TM RIVOLI / PORTO
      22 NOV / 22H00 - COLISEU / LISBOA
 
SÉRGIO GODINHO voz, guitarra / NUNO RAFAEL guitarras, percussões, coros / MIGUEL FEVEREIRO guitarras, coros / NUNO ESPIRITO SANTO baixo / JOÃO CARDOSO teclado, coros / SÉRGIO NASCIMENTO bateria, percussões
 
CONVIDADA - CAPICUA
 
Os bilhetes para as apresentações ao vivo encontram-se à venda nos locais habituais e em www.bilheteiraonline.pt com valores compreendidos entre os 11,5 euros e os 30 euros.
 

 

 



publicado por olhar para o mundo às 07:44 | link do post | comentar

Quarta-feira, 15.10.14

Sérgio Godinho: “Liberdade” em pré-venda no iTunes. Data extra no Porto

 


SÉRGIO GODINHO

"LIBERDADE" disponível em pré-venda no iTunes

CAPICUA, CONVIDADA NO PORTO E LISBOA

DATA EXTRA PORTO – 2 NOV/17H

Na mesma semana em que viu chegar aos escaparates o seu primeiro livro de contos - "Vidadupla" (Quetzal) - Sérgio Godinho anuncia Capicua como convidada especial para os concertos de "Liberdade" que irá realizar no Porto e em Lisboa no mês de Novembro.

Mas as novidades não se ficam por aqui: devido à forte adesão, é também hoje divulgada uma segunda data deste espectáculo no Teatro Municipal Rivoli, uma "sessão extra", uma "matinée" às 17H do dia 2.

Ainda que uma estreia, a partilha que sucederá em palco entre Sérgio Godinho e Capicua surge na sequência da admiração que os dois autores sentem pelo trabalho um do outro e já perpetuada em alguns "mimos" públicos (por Capicua no tema "Vayorken" com o verso "ai de quem dissesse mal do Sérgio Godinho"; ou por Sérgio Godinho, no texto que integra o disco "Liberdade", parafraseando o mesmo tema, com a frase "a gente diverte-se imenso").

Entretanto, antecipando a chegada às lojas no próximo dia 27, o disco ao vivo "Liberdade" já se encontra disponível em pré-venda no iTunes. Na encomenda, os fãs, recebem imediatamente o tema que dá nome ao disco e que lançou o mote para os concertos que, desde Abril têm percorrido o País, numa celebração de quarenta anos de Portugal democrático.

Em disco (e em palco) para além de alguns dos seus maiores êxitos - "Maré Alta"; "Que Força É Essa"; "A Noite Passada"; ou "Lisboa Que Amanhece" - o "escritor de canções" apresenta "Tem O Seu Preço", um original escrito no início deste ano para a peça "Tropa-Fandanga" do Teatro de Praga; "Foi Aos 25 Dias De Abril", uma da parceria com Jorge Constante Pereira com quem no passado criou "Os Amigos de Gaspar"; e, ainda, um tema de José Afonso ate à data nunca fixado em disco, "Na Rua António Maria".

           01 NOV / 21H30 – TM RIVOLI / PORTO
           02 NOV / 17H00 – TM RIVOLI / PORTO
           22 NOV / 22H00 – COLISEU 7 LISBOA

 



publicado por olhar para o mundo às 12:50 | link do post | comentar

Quarta-feira, 10.09.14

Sérgio Godinho


SÉRGIO GODINHO

"LIBERDADE" chega a disco

Concertos no Porto e em Lisboa em Novembro

Em Abril passado, a 10, 11 e 12, o público que esgotou a três apresentações de estreia de "Liberdade" realizadas no São Luiz Teatro Municipal podia ler na folha de sala distribuída à entrada: "Liberdade" é de todas as palavras e conceitos que uso na minha vida, e por arrasto nas canções, a que mais acarinho e que mais defendo, aquela que dá ao norte a sua bússola.

 

A frase era de Sérgio Godinho e dirigia os presentes para o que viriam a assistir – a partir de uma canção composta em 1974 e publicada nesse mesmo ano no álbum "À Queima Roupa", o "escritor de canções" revia, em 2014, através do seu repertório, os quarenta anos do Portugal democrático.

 

"Liberdade" percorre então o país - um dos versos emblemáticos de Sérgio Godinho, este de "Maré Alta", passa a ser recorrente, "A Liberdade vai passar por aqui…":

 

nos teatros nacionais - Theatro Circo, Louletano, Viriato, Aveirense, entre outros;

 

em algumas festas populares  - em Setúbal, para as comemorações do 25 de abril; ou na Festas de São João, em Évora;

 

ou até em festivais de Verão - inolvidável a participação no Festival Bons Sons que, passado o susto da aparatosa queda de palco sofrida, motivaria por entre a consternação e a alegria um "o palco foi pequeno para tanto Sérgio Godinho".

 

E a "Liberdade" passou, e cresceu, e justificou uma gravação ao vivo que chegará às lojas no próximo dia 27 de Outubro. E estimulou uma passagem pelo Porto no dia 1 de Novembro, para mais em jeito de celebração, num regresso ao Rivoli, sala que não visitava há dezena e meia de anos desde a criação conjunta com os Clã, o espetáculo "Afinidades", e em que, dois anos, antes gravou "meio" disco, o "Rivolitz".

 

E obrigou à sua reposição em Lisboa, desta feita no Coliseu dos Recreios, no dia 22, palco de inúmeros momentos altos da sua carreira e que seguramente receberá a liberdade, a "Liberdade" de Sérgio Godinho, com o entusiasmo merecido.

 

E recorrendo uma vez mais ao texto que acompanhou a estreia de "Liberdade" – "desde a música empenhada, bandeira de causas e consciência social, ao diário íntimo e plural, uma visão de nós próprios a partir do trabalho de um dos mais importantes criadores de imaginário destas últimas quatro décadas."

 

"Liberdade" – Actual! Fundamental!

 

AGENDA:

08 SET / Montemor-O-Novo / Feira da Luz

13 SET / Amadora / Parque da Cidade

21 SET /Matosinhos / Cine-Teatro Constantino Nery (evento "Conta-me Histórias")

03 OUT / Águeda / Cine-Teatro São Pedro

01 NOV / Porto / Rivoli

22 NOV / Lisboa / Coliseu

 



publicado por olhar para o mundo às 12:54 | link do post | comentar

Sexta-feira, 25.07.14

 

 

Letra

 

 

Estimado ouvinte, já que agora estou consigo
Peço apenas dois minutos de atenção
É pra contar a história de um amigo
Casimiro Baltazar da Conceição

O Casimiro, talvez você não conheça
a aldeia donde ele vinha nem vem no mapa
mas lá no burgo, por incrível que pareça
era, mais famoso que no Vaticano o Papa

O Casimiro era assim como um vidente
tinha um olho mesmo no meio da testa
isto pra lá dos outros dois é evidente
por isso façamos que ia dormir a sesta

Ficava de olho aberto
via as coisas de perto
que é uma maneira de melhor pensar
via o que estava mal
e como é natural
tentava sempre não se deixar enganar
(e dizia ele com os seus botões:)

Cuidado, Casimiro
cuidado com as imitações
Cuidado, minha gente
Cuidado justamente com as imitações

Lá na aldeia havia um homem que mandava
toda a gente, um por um, por-se na bicha
e votar nele e se votassem lá lhes dava
um bacalhau, um pão-de-ló, uma salsicha

E prometeu que construía um hospital
Uma escola e prédios de habitação
e uma capela maior que uma catedral
pelo menos a julgar pela descrição

Mas... O Casimiro que era fino do ouvido
tinha as orelhas equipadas com radar
ouvia o tipo muito sério e comedido
mas lá por dentro com o rabinho a dar, a dar

E... punha o ouvido atento
via as coisas por dentro
que é uma maneira de melhor pensar
via o que estava mal
e como é natural
tentava sempre não se deixar enganar
(e dizia ele com os seus botões:)

Cuidado, Casimiro
cuidado com as imitações
Cuidado, minha gente
Cuidado justamente com as imitações

Ora o tal tipo que mandava lá na aldeia
estava doido, já se vê, com o Casimiro
de cada vez que sorria à plateia
lá se lhe viam os dentes de vampiro

De forma que pra comprar o Casimiro
em vez do insulto, do boicote, da ameaça
disse-lhe: Sabe que no fundo o admiro
Vou erguer-lhe uma estátua aqui na praça

Mas... O Casimiro que era tudo menos burro
tinha um nariz que parecia um elefante
sentiu logo que aquilo cheirava a esturro
ser honesto não é só ser bem falante

A moral deste conto
vou resumi-la e pronto
cada qual faz o que melhor pensar
Não é preciso ser
Casimiro pra ter
sempre cuidado pra não se deixar levar.



publicado por olhar para o mundo às 08:32 | link do post | comentar

Terça-feira, 08.04.14

Sérgio Godinho

 

Sérgio Godinho

APRESENTA "LIBERDADE"
10, 11 e 12 de abril no Teatro São Luiz
Convidados especiais:
Gisela João, Jorge Benvinda e Maria João Luís

 

Integrado no ciclo de programação "25/40 - Democracia", Sérgio Godinho apresenta na próxima semana - a 10, 11 e 13 - o espectáculo "Liberdade", uma produção concebida a propósito do 40º aniversário do 25 de Abril de 1974 e que contará com a participação de três convidados especiais - a fadista Gisela João; Jorge Benvinda, voz do colectivo Virgem Suta; e a actriz Maria João Luís, com quem Sérgio Godinho teve oportunidade de colaborar quando no papel de realizador.

Este espectáculo - "Liberdade" - encontra o seu título a partir da canção homónima publicada em 1974 no álbum "Á Queima Roupa", em "Liberdade", e propõe-se a, através do repertório único do "escritor de canções", percorrer os quarenta anos do Portugal democrático e as "suas liberdade" ou a falta dela(s).

Para além da recriação de alguns do seus temas mais queridos, Sérgio Godinho e banda levarão ainda ao palco do São Luiz temas recentemente compostos bem como a evocação a Zeca Afonso através de "Os Vampiros", tema recentemente versionado em "Caríssimas Canções", o disco lançado por Sérgio Godinho em Dezembro passado.

Em complemento às apresentações, Sérgio Godinho é ainda o curador da programação dos finais de noite no Jardim de Inverno nos dias das suas apresentações. O convite foi feito a criadores emergentes que terão a uni-los a canção "Liberdade":

 
  • Dia 10 - Nuno Prata
  • Dia 11 - Joana Barra Vaz
  • Dia 12 - They`re Heading West & Capicua


Ainda durante o mês de Abril, Sérgio Godinho estará com "Liberdade" em:

  • 17/04 - Cine-Teatro Louletano / Loulé
  • 19/04 - Teatro Pax Julia / Beja
  • 23/04 - Cine-Teatro Avenida / Castelo Branco
  • 24/04 - Setúbal (comemorações populares 25 de Abril)
  • 25/04 - Teatro Viriato / Viseu
  • 26/04 - Centro de Artes / Ovar


publicado por olhar para o mundo às 12:04 | link do post | comentar

Terça-feira, 11.03.14

SÉRGIO GODINHO: A “Liberdade” vai passar pelo São Luiz

 

Sérgio Godinho

A “Liberdade” vai passar pelo São Luiz Apresentações em Lisboa a 10, 11 e 12 de Abril

Integrado no ciclo de programação “25/40 – Democracia”, Sérgio Godinho apresenta no próximo mês de Abril – a 10, 11 e 12 – o espectáculo “Liberdade”, uma produção concebida a propósito do 40º aniversário do 25 de Abril de 1974.

 

“Liberdade é de todas as palavras e conceitos que uso na minha vida, e por arrasto nas canções, a que mais acarinho e que mais defendo, aquela que dá ao norte a sua bússola”, refere Sérgio Godinho. Partindo da canção com o mesmo título publicada em 1974 no álbum “À Queima Roupa”, em “Liberdade”, o “escritor de canções” revê, através do seu repertório, os quarenta anos do Portugal democrático. Desde a música empenhada, bandeira de causas e consciência social, ao diário íntimo e plural, uma visão de nós próprios a partir do trabalho de um dos mais importantes criadores de imaginário destas últimas quatro décadas.

 

Em complemento às apresentações, Sérgio Godinho é ainda o curador da programação dos finais de noite no Jardim de Inverno nos dias das suas apresentações. O convite foi feito a criadores emergentes que terão a uni-los a canção “Liberdade”:

 

     Dia 10 – Nuno Prata

     Dia 11 – Joana Barra Vaz

     Dia 12 – They’re Heading West & Capicua


Ainda durante o mês de Abril, Sérgio Godinho estará com “Liberdade” em:

 

      17/04  - Cine-Teatro Louletano / Loulé

      19/04 - Teatro Pax Julia / Beja

      23/04 - Cine-Teatro Avenida / Castelo Branco

      24/04 - Setúbal (comemorações populares 25 de Abril)

      25/04 - Teatro Viriato / Viseu

      26/04 – Centro de Artes / Ovar



publicado por olhar para o mundo às 21:37 | link do post | comentar

Segunda-feira, 10.03.14

Sérgio Godinho convida novos músicos portugueses para espetáculo «Liberdade»

Os músicos Nuno Prata, Joana Barra Vaz, They're Heading West e Capicua vão atuar em abril em Lisboa a convite de Sérgio Godinho, tendo como mote a canção "Liberdade", nos 40 anos da revolução de abril, foi hoje anunciado.

Os concertos acontecerão de 10 a 12 de abril no Jardim de Inverno do Teatro Municipal São Luiz, como complemento do espetáculo "Liberdade", que Sérgio Godinho protagonizará na sala principal, no âmbito das celebrações dos 40 anos da "revolução dos cravos".

Sérgio Godinho revisitará naqueles dias o repertório de um percurso na música que segue em paralelo às quatro décadas de democracia em Portugal e incluirá as canções que mais se aproximam da ideia de "liberdade".

Além de protagonista, o autor será o curador de três noites de concertos, convidando artistas portugueses de uma geração mais nova, que "olhem também para os textos [sobre liberdade e democracia] com outros significados", como disse em janeiro, na apresentação da temporada do teatro municipal.

No dia 10, no Jardim de Inverno apresenta-se Nuno Prata, músico que lançou dois álbuns a solo depois da despedida dos Ornatos Violeta, na qual era baixista.

No dia 11, estará Joana Barra Vaz, realizadora e cantora, autora do documentário "Meu caro amigo Chico" e criadora dos Flume, com os quais gravou o EP "Passeio Pelo Trilho" (2012) e prepara o registo "Mergulho em Loba".

No dia 12, no São Luiz estarão os They’re Heading West, acompanhados da rapper Capicua, retomando uma parceria em palco que aconteceu no ano passado na Casa Independente, em Lisboa, onde fizeram uma versão de "Liberdade", tema de Sérgio Godinho.

Dos They're Heading West, que participam no novo álbum de Capicua, "Sereia Louca", fazem parte Francisca Cortesão, João Correia, Mariana Ricardo e Sérgio Nascimento.

Há ainda outras afinidades de Sérgio Godinho com este grupo: O músico já fez uma versão de um tema de Francisca Cortesão, a autora já revisitou o álbum "Sobreviventes" e Sérgio Nascimento toca habitualmente com ele.

Depois das três noites de atuações em Lisboa, Sérgio Godinho apresentará o espetáculo "Liberdade" noutras cidades durante o mês de abril: Loulé, Beja, Castelo Branco, Setúbal, Viseu e Ovar.

 

Retirado do Sapo Música



publicado por olhar para o mundo às 23:47 | link do post | comentar

Terça-feira, 28.01.14

Sérgio Godinho

 

Sérgio Godinho

‘Liberdade’ dá o mote a 3 concertos
no Teatro S. Luiz, em Lisboa, em Abril


 

“Liberdade” é de todas as palavras e conceitos que uso na minha vida, e por arrasto nas canções, a que mais acarinho e que mais defendo, aquela que dá ao norte a sua bússola.”

Sérgio Godinho

 

Ao longo de três dias, Sérgio Godinho revê, através do seu repertório, os quarenta anos do Portugal democrático. Desde a música empenhada, bandeira de causas e consciência social, ao diário íntimo e plural, uma visão de nós próprios a partir do trabalho de um dos mais importantes criadores de imaginário destas últimas quatro décadas.

 

Serão três concertos especiais, sempre às 21h30, na sala principal do Teatro Municipal de São Luiz, em Lisboa, em que as “liberdades” que desde sempre povoam a obra de Sérgio Godinho, definirão o corpo principal do repertório dos concertos. Para além das canções, “caríssimas” companheiras de Sérgio Godinho, contará com a presença de convidados especiais a anunciar oportunamente.

 

Em complemento, às apresentações na Sala Principal, Sérgio Godinho é ainda curador dos finais de noite no Jardim de Inverno do São Luiz e para os quais convidará três nomes emergentes do panorama nacional. A ligar estas apresentações, a (re)interpretação de “Liberdade”, tema composto exactamente em 1974 e publicado originalmente em “À Queima Roupa”.

 

O espectáculo “Liberdade” percorrerá ainda nos meses de Abril e Maio alguns teatros nacionais.

 

Sérgio Godinho editou no final do ano passado ‘Caríssimas Canções’,  o CD ao vivo que resultou dos concertos que o artista deu com o mesmo nome, baseados no livro de crónicas “Caríssimas 40 Canções – Sérgio Godinho & As Canções dos Outros”. Aqui, Godinho, acompanhado por Nuno Rafael, Manuela Azevedo e Hélder Gonçalves, interpretou músicas de intérpretes, compositores e autores que o marcaram no seu percurso artístico.

 

Canções de Bob Dylan, Serge Gainsbourg, Jim Morrison, Caetano Veloso, Ray Davies, Chico Buarque, The Rolling Stones, The Beatles, Violeta Parra ou Zeca Afonso tomam agora novos contornos, numa experiência surpreendente.



publicado por olhar para o mundo às 12:45 | link do post | comentar

letra

O tempo passa 
e lembras com saudade 
o saudoso tempo da universidade 
foste caloiro 
e quintanista 
já comes caviar 
esquece o alpista

 

P`ra entrar na universidade 
é preciso 
prender o humor 
na gaiola do riso 
ter médias altas 
hi-hon, ão-ão 
zurrar, ladrar 
lamber de quatro o chão

 

Mas há quem ache 
graça à praxe 
É divertida (Hi-hon) 
Lição de vida (Ão-ão) 
Maçã com bicho 
acho eu da praxe 
É divertida (Mé-mé) 
Lição de vida (Piu-piu) 
Maçã com bicho 
acho eu da praxe

 

Chamar-se a si mesmo 
besta anormal 
dá sempre atenuante ao tribunal 
é formativo 
p`ró estudante 
que não quer ser popriamente 
um ingnorante

 

Empurrar fósforos com o nariz 
tirar à estupidez a bissectriz 
eis causas nobres 
estruturantes

 

eis tradição 
sem ser o que era dantes

 

Mas há quem ache 
graça à praxe 
É divertida (Hi-hon) 
Lição de vida (Ão-ão) 
Maçã com bicho 
acho eu da praxe 
É divertida (Mé-mé) 
Lição de vida (Piu-piu) 
Maçã com bicho 
acho eu da praxe

 

Não vou usar 
mais exemplos concretos 
é rastejando 
que se ascende aos tectos? 
Então vejamos 
preto no branco 
as cores da razão 
porque a praxe eu desanco

 

Mas há quem ache 
graça à praxe 
É divertida (Hi-hon) 
Lição de vida (Ão-ão) 
Maçã com bicho 
acho eu da praxe 
É divertida (Mé-mé) 
Lição de vida (Piu-piu) 
Maçã com bicho 
acho eu da praxe



publicado por olhar para o mundo às 08:16 | link do post | comentar


Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email
mais sobre mim




posts recentes

SÉRGIO GODINHO EM PARIS ...

SÉRGIO GODINHO A CELEBRA...

Sérgio Godinho no AMAC ...

SÉRGIO GODINHO EM CONCER...

SÉRGIO GODINHO - Concert...

Sérgio Godinho com Márcia...

Forum Luisa Todi - Jorge ...

SÉRGIO GODINHO - NOVA CA...

Sérgio Godinho - Sobe o C...

Sérgio Godinho está de re...

arquivos

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

tags

todas as tags

links
comentários recentes
A letra deste música refere-se à vida de uma crian...
Gostei
Gostei
Uma boa iniciativa com muito boa música!
Claro que foi, este individuo tem um ego do tamanh...
Boa noite, o texto foi enviado exactamente como es...
O encontro entre o cavaquinho português e o ukulel...
"Será o primeiro disco profissional que deixará o ...
Alguém com os acordes?
Ó filha: muda de ramo!
Posts mais comentados
blogs SAPO
subscrever feeds