Sábado, 20.05.17

omiri.jpg

 

De regresso de um grande concerto em Viljandi na Estónia, Omiri actua no próximo dia 20 de Maio no Festival Islâmico de Mértola e dia 21 às 21h será transmitido o programa Estúdio 24 na TVI24 com a actuação e entrevista de Omiri.

O novo disco de OMIRI, "Baile Electrónico" já está disponível em todas as plataformas digitais e a sua versão física pode ser comprada em http://www.omiri.eu.

A digressão de "Baile Electrónico" leva Omiri aos vários cantos de Portugal e também à Bélgica, República Checa e Cazaquistão.
 

 
OMIRI foi escolhido para apresentar um showcase na EXIB Música - Expo Iberoamericana de Música que se irá realizar em Évora de 7 a 10 de Junho próximo.

A EXIB é uma Conferência Internacional que está inserida no circuito das chamadas " Músicas do Mundo" congregando programadores e agentes culturais de todo o Mundo, porém com enfoque em Portugal, Espanha e  Continente Americano.
A escolha de OMIRI por parte do Juri desta prestigiada conferência, avaliza o tabalho de este que é um dos projectos artísticos mais singulares do panorama português, constituindo mais um passo na sua estratégia de internacionalização. 

"País Colmeia" (ver video abaixo), primeiro single de "Baile Electrónico", conta com a rapper Capicua, que através da sua letra interventiva e de crítica social nos remete para a questão do País adiado sobretudo por questões de ordem económica. "Baile Electrónico", conta também com  Celina da Piedade que nos brinda participando no tema "Fado em Picadinho". A maior parte das recolhas usadas no disco foram gravadas por Tiago Pereira (A Música Portuguesa a Gostar dela Própria).
 
video: País Sereia, Omiri feat. Capicua
Próximos concertos:

20 de Maio - Festival Islâmico de Mértola - Mértola - Portugal
21 de Maio - 21h - Estúdio 24 Transmitido na TVI24
9/10 Junho - Exib - Évora - Portugal
21 de Junho - Portugal - TBA
14 de Julho - República Checa -TBA
15 de Julho - República Checa -TBA
21 de Julho - Magualde, Portugal
22 de Julho - Portugal -TBA
23 de Julho - Portugal -TBA
3 de Agosto - Portugal -TBA
5 de Agosto - Festival Dranouter - Bélgica
3 de Setembro - Cazaquistão -TBA


publicado por olhar para o mundo às 10:13 | link do post | comentar

Quarta-feira, 10.05.17

omiri.jpg

 

OMIRI lançou novo álbum em Abril 

OMIRI, de Vasco Ribeiro Casais, está de regresso aos discos com "Baile Electrónico". 

Depois de 7 anos sem editar, em “Baile Electrónico”, OMIRI apresenta-nos um projecto maturado, consolidado num percurso que se tem feito em espectáculos ao vivo dotados de uma forte componente audiovisual.

"Baile Eletrónico" foi editado no dia 21 de Abril e o disco conta com as participações de duas convidadas: "País Colmeia", primeiro single de "Baile Electrónico", conta com a rapper Capicua, que através da sua letra interventiva e de critíca social nos remete para a questão do País adiado sobretudo por questões de ordem económica. E conta também com Celina da Piedade que nos brinda participando no tema "Campos em Flor". 

Para além dos instrumentos utilizados anteriormente como a Nyckelharpa, as Gaitas de Fole Portuguesas ou o Bouzouki, neste trabalho Vasco Ribeiro Casais alargou o leque de instrumentos tradicionais portugueses adicionando o Cavaquinho e a Viola Braguesa.

Toda a componente electrónica é feita através da manipulação de recolhas realizadas na sua maioria por Tiago Pereira o que confere a todo disco uma sonoridade mais viva e orgânica. Para além da utilização de pequenos “samples” transformados em loops rítmicos, também são usadas frases melódicas inteiras de ícones da tradição oral portuguesa (Adélia Garcia, Tia Adorinha, Margarida Fidalgo Magalhães, entre muitos outros).

Vasco Ribeiro Casais é mentor dos grupos Seiva, Sopro, Dazkarieh e Omiri. Já trabalhou como músico, produtor e compositor com Uxu Kalhus, Né Ladeiras, Carlos Mendes, Celina da Piedade, Filipa Pais, Kepa Junkera, O Báu, Velha Gaiteira, Tiago Torres da Silva, Nação Vira Lata, Toc'andar, Rui Junior, Voodoo Marmelade, Fado Morse, Orquestra de Foles, A Mariposa, Fogo do Ar, Alma Menor, João da Ilha e Xoto.
Mais recentemente gravou, misturou e masterizou o tema “Primavera” de Celina da Piedade (terceiro lugar do Festival da Canção de 2017).



publicado por olhar para o mundo às 10:13 | link do post | comentar

Sexta-feira, 21.04.17

omiri.jpg

 

OMIRI apresenta ao vivo "Baile Electrónico" na próxima sexta-feira dia 21 de Abril no Teatro da Luz em Lisboa. Os bilhetes podem ser reservados até dia 19 pelo mail: reservas@tradballs.pt

O novo disco de OMIRI, "Baile Electrónico" será editado em todas as plataformas digitais nesse mesmo dia e a sua versão física pode ser comprada em http://www.omiri.eu.

O disco conta com as participações de duas convidadas: "País Colmeia" (ver video abaixo), primeiro single de "Baile Electrónico", conta com a rapper Capicua, que através da sua letra interventiva e de crítica social nos remete para a questão do País adiado sobretudo por questões de ordem económica. E conta também com  Celina da Piedade que nos brinda participando no tema "Fado em Picadinho". A maior parte das recolhas usadas no disco foram gravadas por Tiago Pereira (A Música Portuguesa a Gostar dela Própria).

 

video: País Sereia, Omiri feat. Capicua

 

 

 
Photo: André Antunes

Próximos concertos:

21 de Abril 22h - Teatro da Luz - Lisboa - Portugal
06 de Maio - Electrónic Folk Music Festiva - Viljandi - Estónia
20 de Maio - Festival Islâmico de Mértola - Mértola - Portugal
9/10 Junho - Exib - Évora - Portugal
12 de Julho - TBA
13 de Julho - TBA
14 de Julho - TBA
15 de Julho - TBA
21 de Julho - Magualde, Portugal
22 de Julho - TBA
5 de Agosto - Festival Dranouter - Bélgica


publicado por olhar para o mundo às 10:13 | link do post | comentar

Domingo, 16.04.17

omiri.jpg

 

OMIRI foi escolhido para apresentar um showcase na EXIB Música - Expo Iberoamericana de Música que se irá realizar em Évora de 7 a 10 de Junho próximo.


A EXIB é uma Conferência Internacional que está inserida no circuito das chamadas "Músicas do Mundo" congregando programadores e agentes culturais de todo o Mundo, porém com enfoque em Portugal, Espanha e  Continente Americano.


A escolha de OMIRI por parte do Juri desta prestigiada conferência, avaliza o trabalho de este que é um dos projectos artísticos mais singulares do panorama português, constituindo mais um passo na sua estratégia de internacionalização.
 
http://exibmusica.com/pt/activity/omiri-2/

O novo disco de OMIRI, "Baile Electrónico" será editado no dia 21 de Abril e nesse mesmo dia, Vasco Ribeiro Casais fará o concerto de apresentação no Teatro da Luz em Lisboa  às 22h. (para reservas: reservas@tradballs.pt)

O disco conta com as participações de duas convidadas: "País Colmeia" (ver video abaixo), primeiro single de "Baile Electrónico", conta com a rapper Capicua, que através da sua letra interventiva e de crítica social nos remete para a questão do País adiado sobretudo por questões de ordem económica. E conta também com  Celina da Piedade que nos brinda participando no tema "Fado em Picadinho". A maior parte das recolhas usadas no disco foram gravadas por Tiago Pereira (A Música Portuguesa a Gostar dela Própria).

 

O novo disco de Omiri "Baile Electrónico" já se encontra em pré-venda em http://omiri.eu/pt.html e até dia 20 quem comprar o disco físico tem direito a 2 temas extras. A versão digital do disco também se encontra em pré-venda em todas as plataformas.

 

 

 

Próximos concertos:

21 de Abril 22h - Teatro da Luz - Lisboa - Portugal
06 de Maio - Electrónic Folk Music Festiva - Viljandi - Estónia
20 de Maio - Festival Islâmico de Mértola - Mértola - Portugal
9/10 Junho - Exib - Évora - Portugal
12 de Julho - TBA
13 de Julho - TBA
14 de Julho - TBA
15 de Julho - TBA
21 de Julho - Magualde, Portugal
22 de Julho - TBA
5 de Agosto - Festival Dranouter - Bélgica



publicado por olhar para o mundo às 23:13 | link do post | comentar

Domingo, 26.03.17

omiri.jpg

 

 

OMIRI, de Vasco Ribeiro Casais, está de regresso aos discos com "Baile Electrónico". 

Depois de 7 anos sem editar, em “Baile Electrónico”, OMIRI apresenta-nos um projecto maturado, consolidado num percurso que se tem feito em espectáculos ao vivo dotados de uma forte componente audiovisual.

"Baile Electrónico" será editado no dia 21 de Abril e nesse mesmo dia, Vasco Ribeiro Casais fará o concerto de apresentação no Teatro da Luz às 22h. 

O disco conta com as participações de duas convidadas: "País Colmeia" (ver video abaixo), primeiro single de "Baile Electrónico", conta com a rapper Capicua, que através da sua letra interventiva e de critíca social nos remete para a questão do País adiado sobretudo por questões de ordem económica. E conta também com a Celina da Piedade que nos brinda participando no tema "Campos em Flor". 

 

Para além dos instrumentos utilizados anteriormente como a Nyckelharpa, as Gaitas de Fole Portuguesas ou o Bouzouki, neste trabalho Vasco Ribeiro Casais alargou o leque de instrumentos tradicionais portugueses adicionando o Cavaquinho e a Viola Braguesa.

Toda a componente electrónica é feita através da manipulação de recolhas realizadas na sua maioria por Tiago Pereira o que confere a todo disco uma sonoridade mais viva e orgânica. Para além da utilização de pequenos “samples” transformados em loops rítmicos, também são usadas frases melódicas inteiras de ícones da tradição oral portuguesa (Adélia Garcia, Tia Adorinha, Margarida Fidalgo Magalhães, entre muitos outros).

Vasco Ribeiro Casais é mentor dos grupos Seiva, Sopro, Dazkarieh e Omiri. Já trabalhou como músico, produtor e compositor com Uxu Kalhus, Né Ladeiras, Carlos Mendes, Celina da Piedade, Filipa Pais, Kepa Junkera, O Báu, Velha Gaiteira, Tiago Torres da Silva, Nação Vira Lata, Toc'andar, Rui Junior, Voodoo Marmelade, Fado Morse, Orquestra de Foles, A Mariposa, Fogo do Ar, Alma Menor, João da Ilha, Xoto.


Mais recentemente gravou, misturou e masterizou o tema “Primavera” de Celina Piedade (3o lugar do Festival da Canção de 2017)

 

 



publicado por olhar para o mundo às 23:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 22:13 | link do post | comentar

Sexta-feira, 09.12.16

omiri.jpg

 

 

Omiri, um dos mais originais projectos da actualidade apresenta o seu novo espectáculo "Um músico, dois bailarinos e uma mão cheia de velhinhas..." . O novo concerto estará disponível a partir de Fevereiro de 2017 (para mais informações contactar roots@sapo.pt). Para já fica aqui um aperitivo em video:

 

 

 

2017 marca também uma nova fase para Omiri com concertos já confirmados na Estónia, Bélgica, Espanha e Polónia, República Checa e Cazaquistão. Mais novidades muito em breve.



publicado por olhar para o mundo às 10:13 | link do post | comentar

Domingo, 29.05.16

omri.jpg

 

OMIRI
Café-concerto

 

Pátio ACERT
Data/Hora:  Sáb, 4jun'16 às 23:00



Um dos mais originais projetos de reinvenção da música tradicional portuguesa.


Para reinventar a tradição, nada melhor que trazer para o próprio espetáculo os verdadeiros intervenientes da nossa cultura: músicos e sons de todo o país a tocar e a cantar como se fizessem parte de um mesmo universo. Não em carne e osso, mas em som e imagem, com recolhas transformadas e manipuladas em tempo real, servindo de base para a composiçãoo e improvisação musical de Vasco Ribeiro Casais.


Para acompanhar a música, haverá um baile, onde todos os temas tocados são dançáveis segundo o ritmo e o balanço das danças tradicionais, e não só (Repasseados, Drum’n’bass, Malhões, Viras, Break Beat, Corridinhos...).


Omiri é, acima de tudo, remix, a cultura do século XXI, ao misturar num só espetáculo práticas musicais já esquecidas, tornando-as permeáveis e acessíveis à cultura dos nossos dias, isto é, sincronizando formas e músicas da nossa tradição rural com a linguagem da cultura urbana.


Em Omiri a música e cultura portuguesa é rica e gosta de si própria.


Multi-instrumentista, Vasco Casais apresenta em tempo real uma mescla musical surpreendente, com uma singular interação com projeção vídeo.


Ficha Técnica


Vasco Ribeiro Casais: Gaitas de Foles, Bouzouki Português, Cavaquinho, Nyckelharpa, Eletrónica e Vídeo em tempo real.

 



publicado por olhar para o mundo às 21:13 | link do post | comentar

Sexta-feira, 18.03.16

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 22:13 | link do post | comentar

omiri.jpg

 

Novo video: "Glória" ao vivo na Fábrica Braço de Prata em Lisboa

"Glória" é o novo video de Omiri. Gravado ao vivo na Fábrica Braço de Prata em Lisboa, com recolhas de Tiago Pereira, Vasco Ribeiro Casais, Claudio Marques, Filipe Ribeiro e Roberto Caneira, apresenta um pouco da energia que se vive num concerto de Omiri: Música, Video e Dança em comunhão com a nossa tradição.

"For some years now, Vasco Ribeiro Casais has built a well-earned reputation for being one of the most original and exciting musicians to pick up on the Portuguese traditional rhythms and smash them against other European folk forms alongside is sober use of electronics. His project OMIRI remains a facisnating  demonstration on how to do this.(...)" in Songlines

 

 

 

Digressão 2016:

01/04/2016 - Faial
Açores - Portugal
 
02/04/2016 - Pico
Açores - Portugal

04/06/2016 - Acert
Tondela - Portugal

12/06/2016
Itália - TBA

12/08/2016
Setúbal - Portugal

18/11/2016
Peso da Régua - Portugal

 
omiri.eu
facebook.com/omirisound
instagram.com/omiri_official

youtube.com


publicado por olhar para o mundo às 19:13 | link do post | comentar

Quarta-feira, 24.02.16

 



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

Terça-feira, 23.02.16

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post | comentar

Quarta-feira, 17.02.16

omiri.png

 

 

"For some years now, Vasco Ribeiro Casais has built a well-earned reputation for being one of the most original and exciting musicians to pick up on the Portuguese traditional rhythms and smash them against other European folk forms alongside is sober use of electronics. His project OMIRI remains a facisnating  demonstration on how to do this.(...)" in Songlines

 

Omiri, um dos mais interessante e inovadores projectos de reinvenção da música tradicional Portuguesa, está de volta com um novo espectáculo em que a música, dança e video andam de mãos dadas. O video do tema "Corridinho da Margarida" gravado em concerto em Janeiro de 2016 na Fábrica Braço de Prata em Lisboa, ilustra bem a força e energia de Omiri.

Dia 11 de Março Omiri apresenta-se ao vivo em Setúbal no espaço Taifa, e em breve serão anunciadas mais datas.

 

omiri.eu
facebook.com/omirisound
instagram.com/omiri_official

youtube.com


 



publicado por olhar para o mundo às 19:13 | link do post | comentar

Terça-feira, 27.01.15

 

 



publicado por olhar para o mundo às 08:50 | link do post | comentar

Terça-feira, 20.01.15

seiva.jpg

 

 

SEIVA apresenta-se pela primeira vez ao vivo em dois concertos partilhados com OMIRI, numa celebração do novo folk português. Dia 24 de Janeiro no Cine-teatro João Mota em Sesimbra e dia 31 de Janeiro no Fórum Romeu Correia em Almada.

 

SEIVA é folk de identidade portuguesa a mostrar a sua força vital. A misturar a oralidade rural e a urbanidade.

 

SEIVA é olhar para dentro para procurar uma raiz cultural e musical e encontrar alma portuguesa nas canções de trabalho, nas romarias, nos adufes e pandeiros, nas canções de fé, na força dos bombos que fazem o coração bater mais forte. Nos ritmos que o tempo ainda não perdeu mas que se foi esquecendo. Sentir essa essência na viola braguesa, no cavaquinho, nas gaitas de fole mas também, no olhar em frente e no desbravar de novos caminhos, misturando electrónica e electricidade sem pudores nem purismos.

 

A nutrir o presente com o vigor do passado para abraçar o futuro. E lembrar que tudo isto é emoção portuguesa mas, nem tudo isto é triste e é muito mais que Fado.

 

Tudo isto é SEIVA.

 

Joana Negrão: Voz, Gaitas Portuguesas, Adufe, Pandeireta.
Vasco Ribeiro Casais: Braguesa, Cavaquinho, Gaitas Portuguesas, Adufe.
Rita Nóvoa: Percussões.

www.seivaonline.com

 

 

OMIRI é um dos mais originais projectos de reinvenção da música tradicional portuguesa.

 

Para reinventar a tradição, nada melhor que trazer para o próprio espectáculo os verdadeiros intervenientes da nossa cultura: músicos e sons de todo o país a tocar e a cantar como se fizessem parte de um mesmo universo. Não em carne e osso mas em som e imagem, com recolhas transformadas e manipuladas em tempo real, servindo de base para a composição e improvisação musical de Vasco Ribeiro Casais.

 

Também se propõe um baile onde todos os temas tocados são dançáveis, segundo o ritmo e o balanço das danças tradicionais e não só (Repasseados, Drum’n’bass, Malhões, Viras, Break Beat, Corridinhos...).

 

OMIRI é, acima de tudo, remix, a cultura do século XXI, ao misturar num só espectáculo práticas musicais já esquecidas, tornando-as permeáveis e acessíveis à cultura dos nossos dias, isto é, sincronizando formas e músicas da nossa tradição rural com a linguagem da cultura urbana.

 

Em OMIRI a música e cultura portuguesa é rica e gosta de si própria.

Vasco Ribeiro Casais: Manipulação de video em tempo real, programações, Cavaquinho, Nyckelharpa, Bouzouki costumizado, Gaitas-de-fole Portuguesas;

www.omiri.eu

 

SEIVA tour:

24/01/2015 - 21.30 - c/OMIRI - Cine-Teatro Municipal João Mota - Sesimbra - Portugal

31/01/2015 - 21.30 - c/OMIRI - Fórum Romeu Correia - Almada - Portugal

14/03/2015 - Moita - TBA - Portugal

20/03/2015 - TBA

27/03/2015 - TBA

03/07/2015 - TBA - Portugal



publicado por olhar para o mundo às 20:37 | link do post | comentar

Segunda-feira, 07.07.14

Charanga, Omiri e Nó D´Alma são finalistas dos Prémios Megafone 2014

As bandas Charanga, Omiri e Nó D´Alma são as finalistas dos Prémios Megafone/Sociedade Portuguesa de Autores (SPA) 2014 para projetos que estimulem a renovação da música de raiz tradicional portuguesa, revelou a organização. Os Prémios vão marcar presença em Tomar durante o mês de agosto.

 

Os prémios Megafone foram criados pela associação cultural Megafone 5 em homenagem ao músico João Aguardela, falecido em 2009, e pretendem estimular a renovação da música portuguesa de inspiração tradicional.

 

Contactado pela agência Lusa, Luís Varatojo, músico, um dos fundadores do prémio e membro do júri, indicou que os três finalistas foram escolhidos entre 41 candidatos que se apresentaram este ano.

 

A primeira edição do prémio, de caráter bienal, decorreu em 2010, e em 2012 o júri decidiu não o concretizar por insuficiência de candidaturas.

 

"Nesse ano surgiram apenas nove candidatos, menos de metade do que teve a primeira edição, e não foi por falta de divulgação do prémio. Este ano subiu para 40 o número de candidaturas, o que pode indicar um aumento do número de projetos nesta área", observou Luís Varatojo.

 

Os três finalistas vão atuar no primeiro dia do Festival Bons Sons, na aldeia de Cem Soldos, no concelho de Tomar, que decorre de 14 a 17 de agosto.

 

Na mesma altura atuará também a banda vencedora da primeira edição, os Galandum Galundaina, um grupo de música tradicional mirandesa.

 

No dia da atuação das bandas finalistas será anunciado o vencedor na categoria de Música, que receberá um valor monetário de 2.000 euros, e o vencedor na categoria Missão.

 

Além da categoria de Música, para artistas e bandas, os Prémios Megafone também contemplam uma categoria Missão, para distinguir um projeto cultural que contribua para o desenvolvimento, investigação ou divulgação da identidade cultural da música portuguesa.

 

Na categoria Missão é entregue um prémio simbólico, um vinil que reúne temas que João Aguardela deixou gravados no projeto Megafone.

 

Nesta edição dos Prémios Megafone, o júri é composto por Luis Varatojo (músico), Pedro Gonçalves (crítico de música da revista Time Out), Ricardo Alexandre (RTP/Antena1), Jorge Cruz (músico), Fausto da Silva (Rádio Universidade de Coimbra), Raquel Bulha (Antena 3) e Luís Ferreira (diretor do Festival Bons Sons).

 

retirado de Sapo Música



publicado por olhar para o mundo às 12:16 | link do post | comentar


Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email
mais sobre mim




posts recentes

Omiri actua em Mértola

OMIRI lançou novo álbum e...

OMIRI apresenta "Baile El...

OMIRI confirmado para apr...

Omiri lança novo disco

Omiri feat. Capicua "País...

Omiri apresenta novo espe...

ACERT - OMIRI em Café-co...

OMIRI - "Gloria" live

"Glória" - Novo video de ...

arquivos

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

tags

todas as tags

links
comentários recentes
Um clássico de Amália Rodrigues, e não do A.Marcen...
Mt fixe mano. Nao conhecia mas vou comecar a ouvir...
Www.instagram.com/fans_isaura_randomly
Esta música é lindíssima *.*
Tiamo Muito Meu Mundo
Olá gostava de saber quanto é o bilhete no dia dos...
Obrigada.E eles não têm editora, foi uma edição de...
LauraAgradeço o seu comentário, e prometo que em b...
Lamento comentar aqui, mas não sabia onde pôr.Quer...
Essa musica é muito bonita e para além de mais me ...
blogs SAPO
subscrever feeds