Sexta-feira, 11.08.17

 

Letra

 

Quem nos vai purgar o monstro sobre nós
Olha quem, que com os seus tentáculos nos corta o ar.
Vai, não deixes que essa sarna te consuma.
Ela cai, nem que tenhamos que deixá-la de fome a babar.

Quem nos vai purgar o monstro sobre (entre) nós.

Não vais mais sugar. 
Eu já não te temo.

Agora és tu quem vai penar por toda esta amargura.
A fonte aqui fechou amor.
Agora quem vai ser monstro de quem?

Quem nos vai purgar o monstro sobre (entre) nós.

 



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

Sábado, 07.01.17

 

Letra

 

Esforço-me por descobrir a forma de fugir à norma
De ser o monstro que a vida nos torna
Esforço-me por descobrir a forma de fugir à norma
De ser o monstro que a vida nos torna
Esforço-me por descobrir a forma de fugir à norma
De ser o monstro que a vida nos torna
Esforço-me por descobrir a forma de fugir à norma
De ser o monstro que a vida nos torna

Esforço-me pelo meus filho
Esforço-me pela família
Esforço-me pelos amigos
Boy! Esforço-me pela vida
Esforço-me p'ra não ser mais um filho da puta em linha
Na vida de quem me cruza e muitas vezes me subestima
Difícil dar a outra face
Difícil ter de engolir sapo
Difícil conviver com todos e ver que não passam de fracos
Ouvir a conversa de quem não corresponde com os actos
De tanto ver ouvi dizer até já tenho os olhos fracos
Eu queria tanto perder tempo mas o tempo já me perdeu
O monstro que vive em mim é muito mais forte que eu
Foi gerado pela forma do que à frente me apareceu
Ver chamadas adiadas o meu monstro agradeceu
Mas continuo com a minha fé à espera de paciência
Que a natureza dos meus actos não me conduzam à demência
De tanto querer ser correcto me tornaram num ser errante
De tanto querer ser directo o caminho saiu desviante

Boy!

Esforço-me por descobrir a forma de fugir à norma
De ser o monstro que a vida nos torna
Esforço-me por descobrir a forma de fugir à norma
De ser o monstro que a vida nos torna
Esforço-me por descobrir a forma de fugir à norma
De ser o monstro que a vida nos torna
Esforço-me por descobrir a forma de fugir à norma
De ser o monstro que a vida nos torna

O monstro que vive em mim não é diferente do teu
Só difere no ambiente onde cada um se desenvolveu
A essência que desperta os modos que aprendeu
Que faz um olhar pro outro e achar que o monstro sou eu
Nesta fé que julgávamos fazer a nossa vida
À espera que a do vizinho seja sempre a mais fodida
Nem sequer vemos que lá em cima está quem segura o fio
E hoje o que é uma corda amanhã pode virar o pavio
Mas fica frio
Pior que a morte não te aparece
Ou será que a morte que não vês em ti é uma benesse?
Sofre mais quem não esquece
Ignora quem desconhece
E pede absolvição p'ra que o pecado não cesse
Direito por linhas tortas quiseram que acreditasse
Livrai-nos do mal amém
Boy! Quiseram que eu rezasse
Reinos e promessas de lobos com pele de cordeiro
Manter o povo burro p'ra lhes sacar o dinheiro
Isso é feio!

Esforço-me por descobrir a forma de fugir à norma
De ser o monstro que a vida nos torna
Esforço-me por descobrir a forma de fugir à norma
De ser o monstro que a vida nos torna
Esforço-me por descobrir a forma de fugir à norma
De ser o monstro que a vida nos torna
Esforço-me por descobrir a forma de fugir à norma
De ser o monstro que a vida nos torna
Esforço-me por descobrir a forma de fugir à norma
De ser o monstro que a vida nos torna
Esforço-me por descobrir a forma de fugir à norma
De ser o monstro que a vida nos torna
Esforço-me por descobrir a forma de fugir à norma
De ser o monstro que a vida nos torna
Esforço-me por descobrir a forma de fugir à norma
De ser o monstro que a vida nos torna

 



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post | comentar

Sexta-feira, 04.09.15

 

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post | comentar


Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email
mais sobre mim




posts recentes

D Phragma - Monstro

Bezegol - Monstro

Comboio Fantasma - Monstr...

arquivos

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

tags

todas as tags

links
comentários recentes
Grande Musica
Musica Qualitativa
Ah que fixe!!!Obrigada A Música Portuguesa por aju...
*ps: nós que fizemos!
Ah que fixe!!!Obrigada A Música Portuguesa por aju...
OláInfelizmente não lhe consigo responder, eu não...
OlaaQueria por favor saber se exiate a musica em C...
Te amo Loony ....so tua fa
http://yolandabythemusic.blogspot.co.uk/
Música xinofoba, que pena. Gosto de ouvir Ana Mour...
blogs SAPO
subscrever feeds