Domingo, 23.04.17

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 11:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Face meu, face meu
Haverá alguém mais belo que eu?
Taguem-me à vontade
Que o que eu sou de verdade
Foi Deus que me deu
Acho eu

Face meu, face meu
Contigo eu posso ser quem eu quiser
Por mais incrível que pareça
Ninguém esqueça posso ser até mulher
Alguém me quer?

Ser amiga do Ronaldo
E até do Brad Pitt
Não há quem me evite
Eu faço um passe vite
Do meu ego, orgulho e admiração
Podes ver nas minhas fotos
Sou um grande canhão

Quantos likes tens?
Eu tenho mais que tu
Teus likes não me chegam nem para limpar o
O cotovelo dói pela fama ser só minha
A galinha da vizinha podes pô-la na

Quantos likes tens?
Quantos likes tens?

Face meu, face meu
Eu dou por mim em ti logo ao acordar
Aproveito o sol da janela
Tiro uma selfie à ramela
E fico a rezar
Eles vão gostar

Face meu, face meu
Olha só as botas que eu comprei
Podem comentar
Sim, ficam-me a matar
Mas como as paguei só eu sei

Ser amiga do Ronaldo
E até do Brad Pitt
Não há quem me evite
Eu faço um passe vite
Do meu ego, orgulho e admiração
Podes ver nas minhas fotos
Sou um grande canhão

Quantos likes tens?
Eu tenho mais que tu
Teus likes não me chegam nem para limpar o
O cotovelo dói pela fama ser só minha
A galinha da vizinha podes pô-la na

Quantos likes tens?
Quantos likes tens?

Face meu, face meu
Haverá alguém mais belo que eu?
Taguem-me à vontade
Que o que eu sou de verdade
Foi Deus que me deu
Acho eu

Face meu, face meu
Contigo eu posso ser quem eu quiser
Por mais incrível que pareça
Ninguém esqueça posso ser até mulher
Alguém me quer?

Ser amiga do Ronaldo
E até do Brad Pitt
Não há quem me evite
Eu faço um passe vite
Do meu ego, orgulho e admiração
Podes ver nas minhas fotos
Sou um grande canhão

Quantos likes tens?
Eu tenho mais que tu
Teus likes não me chegam nem para limpar o
O cotovelo dói pela fama ser só minha
A galinha da vizinha podes pô-la na

Quantos likes tens?
Eu tenho mais que tu
Teus likes não me chegam nem para me limpar o
O Cotovelo dói pela fama ser só minha
A galinha da vizinha podes pô-la na

Quantos likes tens?
Quantos likes tens?
Quantos likes tens?
Quantos likes tens?

 



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

Sábado, 22.04.17

 

Letra

 

Mal Menor

Cá dentro não sai
o frio que à noite cai
põe-se entre nós pra ser
pra sempre um Mal Menor.
Não tento avançar
de longe eu vejo o medo de ousar
tento entender o Amor
mas ele mostra ter segredos.
Anoitece e pra estar dentro do meu Eu
acontece vagar
um espaço invulgar.

Não tento voltar
à luz que o dia teve visto do altar
tento entender o Amor
mas ele mostra ter segredos.
Ressente a razão
e a acidez de um mundo-cão.

Anoitece e passado lento o momento
em que aqueces teu sono dentro do meu
parece faltar um sentimento
que, até se cansar,
tenta te encontrar.

Promete vazar tudo o que eu temo
Anoitece e passado lento o momento
em que aqueces teu sono dentro do meu
parece faltar um sentimento.
Que até se cansar tenta te encontrar.


(Musica: Filipe C. Monteiro - Letra: Márcia)

 



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Atenção! Atenção! uma grande informação
Dillaz fucking mc tá a entrar em erupção
Tranquem as janelas, capoeiras e portão
Mais uma nuvem de cinzas desta vez é do canhão!

Abram chapéus de chuva, corram como o mr. Bean
Fechem as janelas do meu yellow submarine
Parem com fraturas e com ossos fraturados
Que os meus tropas tão sem pernas pelos campos minados
Vida não é ilusão, não é só tupac não
Se eles querem o que não queres tu faz a contradição
Segue aquilo que sentes, não sigas o que dizes
Que assim dou-te meia hora boy p'ra tu tares com varizes, cicatrizes

Duma batalha navalha ou espada ou com corpos todos tortos dos rebentos da granada
Acabas morto na geada deitado à beira da estrada
Pele gelada esbranquiçada pestana ampliada
Anónima a chamada que por vezes bate à porta
Eu não sou dillaz eu sou killaz que enferruja a tua cota

E quando o teu cota se deita, vê a cena suspeita
Cortinados rasgados sapatos e cama desfeita
Prova a mina meita e sente a sabedoria e
Eu tou-me a vir em demasia eu fico tenso e dá-me azia
Filosofia daquilo que eu já filosofei
Ninguém procria aquilo que eu um dia procriei

Wannabe's com pinta se agarram como kualas
Entram na roda viva só querem beijos e balas
Só servem os outros como cadeiras em salas
Dá-te ó respeito com defeito que o perfeito não igualas
E esses tropas que só cantam em playback
Eu não mastigo e saboreio como sundaes no mac
E até sócios que não aparecem no mapa
Tira a capa do super-homem não dês cáfia á socapa
Pois quem desdenha quer comprar, só sabem criticar
E na vossa própria bába-aré-bába vão se afogar

Sei que tás a pensar, que a vida é complicada
Eu sei que tu nunca tiveste o nome quanto mais aka
Papei-te bem o azeite vem, sempre ao de cima
Como a verdade dessa vaidade que tu tens na sina
Falsa é tua rotina quando falas do me estado
Eu fui criado pelos meus cotas lá na casa do fado
3 Janelas 1 telhado e uma porta também
Sempre me faltou juízo mas de amor tasse bem

Ligava à noite no meu quarto e o alguidar já completo
Pra companhia mega drive e um cogumelo no tecto
Nesta zona ficas bobo nunca deste pra rei
Muitos querem ser o messi porque só comem lays
E eu tou no place om o dobro da fibra que tem a meo
és como a mary popins bazas e abre o chapéu

Tu tás nua e só com um véu nunca chegaste à lua
Foste pra casa sem espingarda mas o meu boy continua
Quem não avança recua, e tu disso tás lembrado
És como tranças em cabeças acabas todo espigado
Muito tá parado e coçado na espiga
O tropa pára dá um time e vê a fada madrinha

Sozinha, a minha alma sempre foi assim
Eu tenho boca de mc boy dentro de mim
Sou prodígio de ortigaz e do meu be of be
Eu sou vulto eu sou zéca boy nunca tou sozinho
Eu sou mastro eu sou cabo boy o bravo que não papa
Se me conheces minimamente sabes que eu sou bk
Saca a faca matraca culatra pa trás
Armas e karmas nunca acalmaram chacras rapaz

Tombos e traumas piscinas e saunas
Floras e faunas vão com o bôda mas tu bates palmas
Ainda se dizem poetas por terem uma caneta na mão
És mal servido toma o livro faz a reclamação
Ganha a noção da inspiração não me interrogues
Deixa a carta no submarino mas vê lá não te afogues
Porque é o chaps, sempre bem humilde bem tranquilo e no relax

Sempre original pontual como um rolex
Pensando caminhado evitando todo o stress
Ma' não papo wacks! Ma' não papo wacks!
Porque é o chaps, sempre bem humilde bem tranquilo e no relax,
Madorna original pontual como um rolex
Pensando caminhado evitando todo o stress
Mas não papo wacks! Mas não papo wacks!

 



publicado por olhar para o mundo às 11:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

Sexta-feira, 21.04.17

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 22:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Esqueço-me sempre da vontade em casa
Uma preguiça que não baza

Olha então como eles eram uma crew

I want a Milka
I want a Milka everyday

 



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post | comentar

fingertips.png

 

 

Somebody New é uma canção sobre o amor. Um amor profundo, verdadeiro e interminável que poderá durar para sempre, embora sendo obrigado a seguir dois caminhos diferentes.

 

 



publicado por olhar para o mundo às 12:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 11:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

De olhos bem vendados
A cabra cega cheira o despercebido
E eu não sou mal amado

Mas essa cabra não faz nada do que eu digo

Mas eu vou na mesma
Juro que não faço mais promessas

Deixam-te podre, gasto e bem arrependido
Faço de conta que não foi nada comigo
Pena não ter chorado
Num saco levo a cabeça do cupido

Refrão
E eu vou na mesma
Juro que não faço nem mais uma promessa
E eu vou na mesma
Juro que não faço nem mais uma promessa

 



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

Quinta-feira, 20.04.17

 

Letra

 

TEMPO DE AVENTURA

Tanta paz pra te manter
Contida e bem afinada
Tanta voz por te conhecer. 

Pó de arroz pra te manter
Na vida bem engomada 
E ainda que não digas nada
O teu rosto há-de dizer

Que é fácil adormecer 
Entre o que é o futuro a dar 
E o que ao sabor do vento a tempo  não chegará
Quem te vai devolver o teu tempo de aventura?
Vais-te convencendo que nunca passará.

Tanto faz ou tem de ser
Dizes tu bem ensinada 
E ainda que estejas calada
No teu rosto há-de se ver

Que é fácil adormecer 
Entre o que é o futuro a dar 
E o que ao sabor do vento a tempo  não chegará
Quem te vai devolver o teu tempo de aventura?
Vais-te convencendo que nunca passará.

Tanta paz pra te manter
Querida a quem te quer nada
Tanta voz por te acontecer  

-------

Letra e música de Márcia

 



publicado por olhar para o mundo às 22:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Quinta Feira 12 - Descarada

Pés no ar, olhos abertos em vão
Alimento a distração

Uma mentira à descarada e sem razão
Isto não é informação

Eu não, eu não vou voar tão alto
Vou deixar os pés no chão
Eu não, eu não vou voar mais alto
Que a voar só vejo…

Refrão (x2)
Cada vez mais confusão
Cada vez mais confusão
Não sou dono da razão
Mas já ninguém é irmão

Em nome de Deus
Em nome de ninguém
É só mais um refém

Uma doença, um surto que convém
Pra dizer “Está tudo bem!”

Eu não, eu não vou voar mais alto
Vou deixar os pés no chão
Eu não, eu não vou voar tão alto
Que a voar só vejo…

Refrão (x2)
Cada vez mais confusão
Cada vez mais confusão
Não sou dono da razão
Mas já ninguém é irmão

 



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Quando o nosso filho crescer
Eu vou-lhe dizer
Que te conheci num dia de sol
Que o teu olhar me prendeu
E eu vi o céu
E tudo o que estava ao meu redor
Que pegaste na minha mão
Naquele fim de verão
E me levaste a jantar
Ficaste com o meu coração
E como numa canção
Fizeste-me corar

Ali
Eu soube que era amor para a vida toda
Que era contigo a minha vida toda
Que era um amor para a vida toda. (bis)

Quando ele ficar maior
E quiser saber melhor
Como é que veio ao mundo
Eu vou lhe dizer com amor
Que sonhei ao pormenor
E que era o meu desejo profundo
Que tinhas os olhos em água
Quando cheguei a casa
E te dei a boa nova
E que já era bom ganhou asas
E eu soube de caras
Que era pra vida toda

Ali
Dissemos que era amor para a vida toda
Que era contigo a minha vida toda
Que era um amor para a vida toda. (bis)

Quando ele sair e tiver
A sua mulher
E quiser dividir um tecto
Vamos poder vê-lo crescer
Ser o que quiser
E tomar conta dos nossos netos
Um dia já velhinhos cansados
Sempre lado a lado
Ele vai poder contar
Que os pais tiveram sempre casados
Eternos namorados
E vieram provar

Que ali
Vivemos um amor para a vida toda
Que foi contigo a minha vida toda
Que foi contigo a minha vida toda

Que ali
Vivemos um amor para a vida toda
Que foi contigo a minha vida toda
Foi um amor para a vida toda

Foi um amor para a vida toda

 



publicado por olhar para o mundo às 11:13 | link do post | comentar

 

Letra 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Tell me you feel me
The way I feel you
Tell me it wasn't a lie
Romanticize it a little bit boy
Before I silence my mind

Don't you know
You still hold me without touch
But it's hurting me way too much
More and more
It's time to say goodbye

I won't lie, can't take you off my mind
But I need somebody new
Hold me tight before I say goodbye
Cause I need somebody new

Where did our love go
We keep on asking
When there's no answer at all
I'm sorry boy but here, in this ocean
Those waves of emotion won't roll anymore

Don't you know
That we break our broken hearts
Yes we break them into thousand parts
On and on
It's time to change our lives

Produced by Fingertips
Mixed by Mark Needham
Mastered by Mike Marsh

 



publicado por olhar para o mundo às 00:13 | link do post | comentar

Quarta-feira, 19.04.17

 

Letra

 

Guerreiro selvagem vindo da Amazónia
Luta com coragem nesta Babilónia
Respeita as formigas desta colónia
Caímos como árvores nesta cerimónia

Guerreiro selvagem vindo da Amazónia
Luta com coragem nesta Babilónia
Respeita as formigas desta colónia
Caímos como árvores nesta cerimónia

[Mundo Segundo]
Rebanhos cegos vão directos a falecia
Jovens estranhos com egos repletos de amnésia
O respeito morreu, o passado está enterrado
Mas debaixo do chão sempre me senti bem intregado
Militantes da cultura e nunca escravos da moda
Criamos arte com longevidade como a inversão da roda
Vocês arrancam raízes, nós arrancamos escalpes
Asfixiamos ignorantes como o pico dos Alpes
Pioneiros como mineiros em solo desconhecido
Dividimos o ouro da sabedoria pelo povo oprimido
Quantos à sorte perdem o norte seduzidos pela fama
Os vossos padrões são igualados o vosso amor não tem chama
Espeto o cateter com néctar em músicos sem carácter
Nem o meu espírito está tão aberto como o vosso esfincter
Sou independente não pedente para o lado mais rentável
Incorrecto politicamente mas mentalmente saudável
Chamas a isso escrever ?
Obviamente não sabes ler nem triangular a localização da informação
Que estou a fornecer
Cuspo fogo neste jogo como mítico dragão da Invicta
Sentes o calor interior tal como um gravador de fita
Sou gigante e clássico criatura do jurássico
Na rua nunca serás doutorado sem o ensino básico
Respeita a fundação, guerreiros, mestres e arquitectos
Construtores dos palcos onde hoje edificas os teus projectos

Guerreiro selvagem vindo da Amazónia
Luta com coragem nesta Babilónia
Respeita as formigas desta colónia
Caímos como árvores nesta cerimonia (x2)

[Dr. Caligari]
Eu sou [?] passei por 14 de Outubro
Segundo Piso até as margens do Rio Douro
Ouro para mim é o que toca no coração
Fazendo a pele arrepiar, cada classe
Eu faço, lutar flores da lama
Distantes dos bares dos cana
A magica já não me engana mais
Quem não acorda morre sonhando na cama
Com travesseiro de plumas, porem cabeça pesada demais
O terror presente você ausente de tudo
Achando limpo que ta em mundo
Eu não preciso de mudar para agradar todo mundo
Vão ter que aguentar Bio Caligari e Mundo Segundo
No seu fone com fome atrás de poesia
Que te faça ser melhor amanhecer de cada dia
E na escuridão da alma sente a lamparina
Que enfrenta o sardão e não se apaga nessa trilha
Old school como o vinho é sempre melhor
Sem deixar a cultura cair na pior
Mostrando que ainda a tempo para os menor
Que não quer saber estudar e acha sabe tudo de cor
Não vim para ensinar apenas para mostrar o que aprendi
Depois de escutar [?]
Eu cresci com aqueles sons que falavam comigo
Daqueles que parecia que fui eu que escrevi

Guerreiro selvagem vindo da Amazónia
Luta com coragem nesta Babilónia
Respeita as formigas desta colónia
Caímos como árvores nesta cerimonia (x6)

 



publicado por olhar para o mundo às 22:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 11:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

Letra:
Bezegol

 



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

Terça-feira, 18.04.17

 

Letra

 

[Verso 1 - Valas]
Mundo é dos loucos
O sangue corre quente
Vai para cima e para baixo
Vida é um sopro
O tempo que me enfrente
Se pisar o atrelado
Eu não sou novo
Embora aparente o reflexo do rosto
Já não sou novo
No compasso do corpo
Tu vais encontrar
A minha alma velha

[Refrão x2 - Valas]
Há uma velha lei
Que diz que eu sempre existirei
Alma Velha eu sei
Quantas páginas virei

[Verso 2 - Slow J]
Eu acabar na má vida
Diz que eu tentei
Tudo o que imaginei
Minha alma vadia nasceu sem lei
E juro que eu tentei
Sarar essa ferida querida eu tentei
Tudo o que imaginei
Minha alma vadia nasceu sem lei
Por mais que eu tente, eu sou lento, eu só prendo
Mundo é dos loucos
Sempre eu vou te encontrar, sempre eu vou viver lá
Sempre onde eu sempre andar, sente o meu semba lá
Sempre e para sempre eu vou levar onde esta vida me deixar
Sempre que a vida virá
Sei que outra vida virá
Sendo que já te encontrei mais uma vez
Foi como a última vez
Eu sei

[Refrão x4 - Valas]
Há uma velha lei
Que diz que eu sempre existirei
Alma Velha eu sei
Quantas páginas virei


[Verso 3 - Slow J]
Eu acabar na má vida
Diz que eu tentei
Tudo o que imaginei
Minha alma vadia nasceu sem lei
E juro que eu tentei
Sarar essa ferida querida eu tentei
Tudo o que imaginei
Minha alma vadia nasceu sem lei
Por mais que eu tente, eu sou lento, só prendo

Mundo é dos loucos

 

"Alma Velha"
Letra e Música/Lyrics and Music: Lhast, Slow J, Valas

 



publicado por olhar para o mundo às 22:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não te perdi
Nem te encontrei
Não descobri
Mas contemplei
Em ti cresci
Aqui fiquei
Para onde é que vais
Ainda não sei
Não te quero fugir
Tanto que me enganei
Tanto em ti vi menti
Tanto que acreditei

Não desviei nem corrompi
Por ti marchei, e defendi
Não contestei não compreendi
Mas não julguei já me esqueci
Mas lembro - me de ti
Como em mim te marquei
O que chorei por ti
E o que por ti deixei

Há deriva no teu bote
Bafejaste a minha sorte
O teu mar que me faz forte
Aperta-me o garrote
Minha bússola sem norte
Que me guia até a morte
O diabo que me arrote
Aperta -me o garrote

Há deriva no teu bote
Bafejaste a minha sorte
O teu mar que me faz forte
Aperta-me o garrote
Minha bússola sem norte
Que me guia até a morte
O diabo que me arrote
Aperta, aperta -me o garrote

Há deriva no teu bote
Bafejaste a minha sorte
O teu mar que me faz forte
Aperta-me o garrote
Minha bússola sem norte
Que me guia até a morte
O diabo que me arrote
Aperta -me o garrote

Há deriva no teu bote
Bafejaste a minha sorte
O teu mar que me faz forte
Aperta-me o garrote
Minha bússola sem norte
Que me guia até a morte
O diabo que me arrote
Aperta, aperta -me o garrote

 



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

[Refrão]
Eu só queria acordar assim
Na casa que eu construí
Todas as águas que movi
Dão vida ao nosso jardim

Iria morrer a tentar
Porque eu vivi aprendendo
Sou um louco apaixonado
E é sobre isso que eu escrevo
Eu só queria acordar assim
Na casa que eu construí

[Verso 1]
Se é para descer à realidade
Não te deixo à espera
Eu fugi da terra
Ainda era puto, mas já era Bera
Fera, em cada barra, berra
O flow arrepela
Como frio da capela
A vontade nunca mudou
Intenção foi sempre sublime
Até que a oportuna batesse
E começasse a viver o que eu via nos filmes
Então grava isto
Se for outro a contar não vão acreditar
Baby grava isto
Que eu tenho uma história para completar
Baby grava isto
Juro que o livro é escrito sem apanhar pó
Dormi a pensar em dias melhores
E fi-lo por nós
Baby

[Refrão]
Eu só queria acordar assim
Na casa que eu construí
Todas as águas que movi
Dão vida ao nosso jardim

Iria morrer a tentar
Porque eu vivi aprendendo
Sou um louco apaixonado
E é sobre isso que eu escrevo
Eu só queria acordar assim
Na casa que eu construí

[Verso 2]
O caso está a ficar grave
É claro como water
Eu vou subindo a classe
Tenho o lugar marcado
E não é para abrir bottle
É para abrir o mercado
Já tenho o dia de amanhã pensado
E não parece muito complicado
O passado foi aproveitar
Mãe arranjei trabalho
E tudo o que eu fiz
Só agora vai fazer sentido
Aprendi a lidar comigo
O meu pior inimigo
E eu nunca quis
Que o barco abarcasse na foz
Seguir o caminho contigo
Sem perder o Nó
Baby

[Refrão]
Eu só queria acordar assim
Na casa que eu construí
Todas as águas que movi
Dão vida ao nosso jardim

Iria morrer a tentar
Porque eu vivi aprendendo
Sou um louco apaixonado
E é sobre isso que eu escrevo
Eu só queria acordar assim
Na casa que eu construí

[Bridge]
Então grava isto
Se for outro a contar não vão acreditar
Baby grava isto
Que eu tenho uma história para completar
Baby grava isto

Eu só queria acordar assim!

 

"Acordar Assim"
Letra/Lyrics: Valas
Musica/Music: Lhast

 



publicado por olhar para o mundo às 11:13 | link do post | comentar

 

Letra

Não encontrei a letra desta música

 

Musica e letra: João Dias Nobre

 



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

Segunda-feira, 17.04.17

 

Letra

 

Faz falt'a canção
Que nos vá roubar
A imaginação

Que vá gritar ao Mundo
Pregar de prego a fundo
Quixote de emoção

Hesse e Cervantes
Jovens estudantes
Bebem cerveja com Rimbaud

Wilde e espumante
Tão petulante
Nu na cabana de Thoreau

Só escrev'a canção
Se for p'ra apontar
A contradição

De querer mudar o Mundo
E ao crescer esquecer
Tamanha ambição

Hesse e Cervantes
Jovens estudantes
Bebem cerveja com Rimbaud

Wilde e espumante
Tão petulante
Nu na cabana de Thoreau

E contigo nos meus braços
Vivo o amanhã
Que julgámos tão diferente
P'ra nós e para toda a gente...

 



publicado por olhar para o mundo às 22:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Se a noite é nossa, dançamos nesse club
Como mexes é fora do comum

Quero fugir daqui contigo, para a praia mais perto

Acender uma fogueira, eu e tu

Deixa-mos tudo para trás

Fugimos de qualquer maneira

e se o carro avariar

vemos as estrelas a noite inteira

e eu dou, dou

tudo que tenho é para te ter

e eu dou, dou

tudo o que tenho é pra te oferecer

e eu dou, dou

tudo o que tenho é para te ter

Só Quero mais não posso esconder




Eu só quero mais
Dá-me os teus sinais
Tu já sabes que eu só quero mais
E a noite é nossa
Porque eu só quero
Porque eu só quero mais ( 2x )




Hoje eu tenho tempo

solta o cabelo dança ao sabor do vento

E mesmo se ele levantar a tua saia

Eu prometo nao olhar

mas só até que a noite caia

Vem molhar os pés no mar

dançar na areia até uma onda rebentar

O meu tempo para, para ouvir a tua voz

elas brilham lá em cima, mas

estrelas somos nós

e eu dou, dou

tudo que tenho é para te ter

e eu dou, dou

tudo o que tenho é pra te oferecer

e eu dou, dou

tudo o que tenho é para te ter

Só Quero mais não posso esconder




Eu só quero mais
Dá-me os teus sinais
Tu já sabes que eu só quero mais
E a noite é nossa
Porque eu só quero
Porque eu só quero mais ( 2x )

Porque eu só quero mais ( x3 )

e eu dou, dou

tudo q tenho é para te ter

e eu dou, dou

tudo o que tenho é pra te oferecer

e eu dou, dou

tudo o que tenho é para te ter

Só Quero mais não posso esconder




Eu só quero mais
Dá-me os teus sinais
Tu já sabes que eu só quero mais
E a noite é nossa
Porque eu só quero
Porque eu só quero mais ( 2x )

 



publicado por olhar para o mundo às 11:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Por ti eu crio som
Por ti eu mudo o nome
Sou Mikkel Sol

Por ti mergulho fundo
Por ti eu mudo o mundo
Só pra ser o teu sol

Eu subi montanhas
Saí das entranhas
da terra
Só pra te olhar

Saltei precipícios
Usei artifícios
Só pra
poder te encontrar

Só pra te ver... assim

Por ti eu vou além
Por ti, por mais ninguém
Sou de sal e sol

Posso perder a cor
Posso morrer de amor
Se apagar o teu sol

Eu subi montanhas
Saí das entranhas
da terra
Só pra te olhar

Saltei precipícios
Usei artifícios
Só pra
poder te encontrar

Faço, tudo
Pra te ver sorrir
Peço ao mundo
Pra sorrir pra ti
Me entrego, me mudo,
Pra caber em ti

Eu subi montanhas
Saí das entranhas
da terra
Só pra te olhar

Saltei precipícios
Usei artifícios
Só pra
poder te encontrar

Só para te ver... assim

 

Música e Letra: Mikkel Solnado, Alex Alvarenga, Daniel Lima, Davide Rossi

 



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

Domingo, 16.04.17

 

Letra

 

Bridge:
Eu tou focus pa que o sucesso seja longo,
Podes tentar mas não tombo,
Eu não tombo,
O meu grupo tá no topo,
Tu vê bitchs tão no ponto,
Conta aos niggaz que eu tou dope,
Sabes que eu já nasci pronto

1° VERSO
- Escuta eu sou filho da Guida, sou
Faço-me á pista de obriga, memo
Conheces bem qual é a batida, yah
Tu não me vês com quem chiba, nah
Música e bitchs pá vida, yah
Sempre com uma nova amiga,
Miúda tá a dar pa atrevida,
Derrapo nas curvas da querida, skrt
Elas já conhecem o rapaz, nasty
Não há rosas nem chocolates, mercy
Não alimento esperanças nem boatos, thats it
É verdade que ele fala como age?, é sim,
Não me apanhas tu tás lá atrás, messi,
Duvidavas que eu era capaz? É fodido,
Agora tás com medo que eu te rebaixe?, É possível,
Por isso tu não mexas com um gajo, Pepsi.
tás te a dar pa forte boy tu queres o que?
Dá pa esperto no meu block levas UFC,
Tu bateres no meu spot isso é LSD,
Tás a ver não tens sorte pa essas putas eu sou god,
Tanta pussy no meu cock eu sou RP,
No meu insta seguem logo tipo PSP,
cada vez que eu dropo é TNT,
Não esperes love que o meu copo não tem MD, Naah
Putos a dar a deles,
Tás a ver eu mega tchill ao pé do bar a vê-los,
Acredita não vais ver no meu lugar aqueles,
Aproveitem o vosso tempo quando eu chegar adeus,
tu agora pede a alguém pa rezar a deus,
Boy eu deixo qualquer rapper a puxar cabelos,
Aqui eu vim pa cuspir não foi pa dar apelos,
por isso é que eu (cuspo) na cara deles.

Bridge:
Eu tou focus pa que o sucesso seja longo,
Podes tentar mas não tombo,
Eu não tombo,
O meu grupo tá no topo,
Tu vê bitchs tão no ponto,
Conta aos niggaz que eu tou dope,
Sabes que eu ja nasci pronto

Refrão:
Tudo porque eu sou,
Filho da Guida,
Filho da Guida,
Filho da Guida, ya
Por mais que até se matem boy todas elas sabem que eu sou,
Filho da Guida
Filho da Guida
Filho da Guida
Tudo porque eu sou
Quem?
Filho da Guida.

2° VERSO:
- G, vês claramente quanto é que a paka aqui vale,
Sadofa os rappers escuta nada me equivale,
Puto criado no meio de prata e cavalo,
Guida acredita pariste um ganda animal,
Podes ter a certeza que o teu filho é mau,
Tu passas te os 9 meses a rezar pa que eu me enforca-se naquele cordão umbilical, "bitch"
Agora, até falam do roupeiro acreditas?,
Parece ilegal gastar dinheiro na adidas,
enquanto isso eu passo o dia inteiro com queridas,
A chanfurdar feio ya
A chanfurdar feio tu és um rafeiro pa pitas
"Rafeiro pa pitas",
tanta puta na minha life que eu podia ser olheiro da kikas,
Vocês todos tão no memo saco,
Por isso é que nós não podemos tar no memo barco,
Boy a nós ninguém nos corta quando o vento bate,
Ouviste bitch ass nigga dou te o memo papo,
Como a gang pega elas só a gente sabe,
acredita não há espigas nem o agente sabe,
O ****** também as quer mas a gente sabe, depois de nós pa sentir a que é que a gente sabe,
"Uuuuuuh não faz isso"
meninos de casa querem ser vadios
mas donde eu vim não pode haver vacilos,
Quanto a esses niggas não vai haver desvios,
Eu vejo bué rappers mas todos vazios,
Muitos meteram água tão a ver navios,
Só falam daquilo que não vivem o que me leva a crer que as mentiras coincidem com as views,
Jellous dizem que eu só rimo em prol do guito,
Eu disse a cota se voltar eu volto rico,
tu vês a fome da forma que eu esfolo o beat,
Um monte de amigas todas coloridas na rua é sem espigas é só no crib,
mais uma dama nova no lencol do tipo,
não fico panco da dama acredita só fico panco da forma que ela engole o dick.

Bridge:
Eu tou focus pa que o sucesso seja longo,
Podes tentar mas nao tombo,
Eu nao tombo,
O meu grupo tá no topo,
Tu vê bitchs tão no ponto,
Conta aos niggaz que eu tou dope,
Sabes que eu ja nasci pronto

Refrão:
Tudo porque eu sou,
Filho da Guida,
Filho da Guida,
Filho da Guida, ya
Por mais que até se matem boy todas elas sabem que eu sou,
Filho da Guida
Filho da Guida
Filho da Guida
Tudo porque eu sou
Quem?
Filho da Guida.

 



publicado por olhar para o mundo às 22:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar


Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email
mais sobre mim




posts recentes

Barry White Gone Wrong Fe...

TREVO - Face Meu, Face me...

MÁRCIA - MAL MENOR

Dillaz - Remetente

Panado - D. João

Richie Campbell - Heaven

Panado - Preguiça

Fingertips lançam novo si...

TREVO - Quero-te Mais Que...

Quinta Feira 12 - Cabra C...

arquivos

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

tags

todas as tags

links
comentários recentes
Essa musica é muito bonita e para além de mais me ...
Queria ser -ÁTOAEu não aguento Ficar assim Mas pas...
Muito gira esta musica adorei
essa música é super me toca no fundoYouTube
😘💑😚😗🌟😇😍😍😶🎶🎵🎼♩🎙🎤🎧🎸🕭🔔📯🎷🐎🐩🐱🐈
Essa música e muito bunita
maravilhosa!!Adorei!
ynossa amei a musica Quem dera se aparecesse um ho...
Gostooo💜💜
Once you found mejust a stranger in the crowdcould...
Posts mais comentados
1 comentário
blogs SAPO
subscrever feeds