Sábado, 27.05.17

 

Letra

 

A Branca Aurora perdeu o cartão de cidadão
Nunca teve passaporte e não sabe bem a idade
Gosta de sentir o chão a afagar-lhe as plantas dos pés
A Branca Aurora perdeu o cartão de cidadão

A Branca Aurora deu cabo do espelho retrovisor
Acredita que o passado nunca teve grande futuro
E que o futuro está bem mais distante de tudo o que era dantes
A Branca Aurora deu cabo do espelho retrovisor

E se ela dança
Todos os passos em redor são seus
Quando ela balança
Salta do vocabulário a palavra adeus

A Branca Aurora é um manancial de inspiração
Goza com a própria sorte e não tem medo do destino
Se alguém lhe oferece um cocktail ela opta por um molotov
A Branca Aurora é um manancial de inspiração

E se ela dança
Todos os passos em redor são seus
Quando ela balança
Salta do vocabulário a palavra adeus

A Branca Aurora não vive no reino das ilusões
Quando vai ao mercado chega sempre fora de horas
Tira sempre partido daquilo que os outros deitam fora
A Branca Aurora não vive no reino das ilusões

 

Autoria: Jorge Palma
Intérpretes: Cristina Branco (Voz), Ricardo J. Dias (piano), Bernardo Moreira (contrabaixo), Mário Delgado (dobro)



publicado por olhar para o mundo às 13:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 

Letra e música: Tatanka
Arranjos de cordas: João Salcedo

 



publicado por olhar para o mundo às 11:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

you can say what you want about me but i dont care
if you care i dont care we are not going anywhere

life is short, can't afford living it without breaking some rules
an advice, think twice, oh/or forget what i just said

i've been spending all my life doing things i like
but i haven't succeeded in one damn thing
so please god make sure that i wont fall
i will try more and more

I can tell you the story of my life
but its full of broken dreams and empty frames
i'm still a drunk, i'm still a punk
and with my friends i realise that i'm a mess

you can say what you want about me but i still dont care
all my fucking life i've been told that i'm shit

i've been spending all my life doing things i like
but i haven't succeeded in one damn thing
so please god make sure that i wont fall
i will try more and more

I can tell you the story of my life
but its full of broken dreams and empty frames
i'm still a drunk, i'm still a punk
and with my friends i realise that i'm a mess

i'll do this on my own
so i can be free
cause i want to be free
Like me or not
i'm all that i've got

 



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

Sexta-feira, 26.05.17

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 

Letra e Música original | Miss Cat e o Rapaz Cão
Catarina Ribeiro | voz
Leonel Mendes | guitarras, bateria, percussão, alguidar de água

 



publicado por olhar para o mundo às 22:13 | link do post | comentar

 

Letra

Não me das descanso, não
E se eu avanço, tu vais-te perder
Mas hoje apetece tanto
E eu não sei se estás a entender
Que eu, não
Sou tao mau como tu dizes
Sou tao mau como tu dizes
Deixa lá
Diz que é indiferente
Sou eu que estou diferente
Escuta e pede um tempo
Mas só por um momento
Sei o que ela sente
Só não sei se sinto o mesmo
Então baby
Não comeces
Não comeces
Não comeces, não
Então baby
Não comeces
Não comeces
Não comeces, não
Então baby
Não comeces
Não comeces
Não comeces, não
Então baby
Não comeces
Não comeces
Não comeces, não

Posso levar-te a um sítio nosso
Eu levo-te logo á noite
Só os dois, é só hoje
Não tens saudades do meu toque?
Que eu te agarre, que eu te olhe
Como quem sem querer te escolhe
Eu n ao preciso de mapa
Para percorrer o teu corpo
Se estou eu e tu na cama a Lua não está longe
As minhas costas arranhadas
Os teus suspiros
Achas que não temos nada
Mas eu duvido
Mas eu duvido

Diz que é indiferente
Sou eu que estou diferente
Escuta e pede um tempo
Mas só por um momento
Sei o que ela sente
Só não sei se sinto o mesmo
Então baby
Não comeces
Não comeces
Não comeces, não
Então baby
Não comeces
Não comeces
Não comeces, não
Então baby
Não comeces
Não comeces
Não comeces, não
Então baby
Não comeces
Não comeces
Não comeces, não

Queria passar o dia inteiro contigo
A fazer asneiras, por o mundo inteiro
E tua a rires das nossas brincadeiras
E vê-las consumir
Cantar no banho bem juntos
Para toda a gente ouvir
E fico dias para que isto passe
Vamos á Lua
Estou na tua, não é preciso nave
Vamos a qualquer lado
Começamos a viagem
Só paramos em Marte
Chegar ao teu corpo
Como se chegasse a casa
Deitar-te no meu colo
E ser a tua almofada
Aprender novas palavras
E usa-las só contigo
E se for para perder tempo
Só se for por ti

Diz que é indiferente
Sou eu que estou diferente
Escuta e pede um tempo
Mas só por um momento
Sei o que ela sente
Só não sei se sinto o mesmo
Então baby
Não comeces
Não comeces
Não comeces, não
Então baby
Não comeces
Não comeces
Não comeces, não
Então baby
Não comeces
Não comeces
Não comeces, não
Então baby
Não comeces
Não comeces
Não comeces, não

 

 



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

“Whatever Happened To Our Love”
Escrita e Composta por/Written and Composed by Frankie Chavez

 



publicado por olhar para o mundo às 11:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Well you fill your days with a long schedule
Come time to breathe, you don't even know how
Kids in white T-shirts giving free hugs
In the name of Jesus, the gypsy boy shrugs

Sometimes I feel so lonely
With all this love all around me

Singing is human but the birds do it too
And there's nothing better than waking to the Red Robin's tune
Well the wind blows softly but the waves crash so strong
And it rattles your wind pipes and your voice sings its song

Sometimes I feel so lonely
With all this love all around me

Well you know the feeling when it quenches your thirst
But it's not liquid you're after, it's the air in your lungs
The air is the victim of our need to express
All these feelings inside us that we must get off our chest

Sometimes I feel so lonely
With all this love all around me

 

Written and Performed by TIME FOR T.

 



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

Quinta-feira, 25.05.17

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 

“Ciúme”
Letra e Música/Lyrics and Music: Miguel Araújo

 



publicado por olhar para o mundo às 23:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Acabou-se a sorte
Começou o meu azar
Não cumpri a minha parte
Agora tenho que ir trabalhar
Acabou-se a boa vida
É preciso lutar
Já não tenho mais oportunidades
Vou recomeçar
Vou começar uma vida nova
Ainda há tempo para mudar
Qualquer dia estou com os pés para a cova
E não quero acreditar
NSolão sei se meDoreço
Esta Solvida de Docão
Tudo o que Solvejo tem um Dopreço
E eu não Retenho um tostão
Será que mereço
Nunca fiz mal a ninguém
Estou perdido não tenho nada
Vou chamar a minha mãe
Sei que a vida não dura sempre
tempo passa devagar
Tenho tempo para rir
Tenho tempo para chorar
Voltas e voltas
E que grande confusão
Um homem anda aqui à toa
Nem sinto os pés no chão
Não sei se mereço
Esta vida de cão
Tudo o que vejo tem um preço
E eu não tenho um tostão
Será que mereço
Nunca fiz mal a ninguém
Estou perdido não tenho nada
Vou chamar a minha mãe

 



publicado por olhar para o mundo às 22:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

There's a fire in the hallway to your room
You get burnt but you'll be in comfort soon
Get inspired by the gloom, same old chords bouncing around
The corners of your room, of your room

Always waiting for the summertime
Crashing through winter with jazz, cigarettes and wine
When spring comes we're all in bloom
Skies are clear, were howling at the moon

Now you dance to Tuareg songs,
You haven't danced in so long
Now there's a spring in your step
Now there's a song in your head

Always waiting for the summertime
Crashing through winter with jazz, cigarettes and wine
When spring comes we're all in bloom
Skies are clear, were howling at the moon

Always waiting for the summertime
Always waiting for the summertime
Well you can keep on waiting
Always waiting for the summertime
Well you can keep on waiting

credits

from TIME FOR T, released January 20, 2015

 



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Foi sem mais nem menos
Que um dia selei a 125 azul
Foi sem mais nem menos
Que me deu para abalar sem destino nenhum
Foi sem graça nem pensando na desgraça
Que eu entrei pelo calor
Sem pendura que a vida já me foi dura
P'ra insistir na companhia
O tempo não me diz nada
Nem o homem da portagem na entrada da auto-estrada
A ponte ficou deserta nem sei mesmo se Lisboa
Não partiu para parte incerta
Viva o espaço que me fica pela frente e não me deixa recuar
Sem paredes, sem ter portas nem janelas
Nem muros para derrubar
Talvez um dia me encontre
Assim talvez me encontre
Curiosamente dou por mim pensando onde isto me vai levar
De uma forma ou outra há-de haver uma hora para a vontade de parar
Só que à frente o bailado do calor vai-me arrastando para o vazio
E com o ar na cara, vou sentindo desafios que nunca ninguém sentiu
Talvez um dia me encontre
Assim talvez me encontre
Entre as dúvidas do que sou e onde quero chegar
Um ponto preto quebra-me a solidão do olhar
Será que existe em mim um passaporte para sonhar
E a fúria de viver é mesmo fúria de acabar
Foi sem mais nem menos
Que um dia selou a 125 azul
Foi sem mais nem menos
Que partiu sem destino nenhum
Foi com esperança sem ligar muita importância àquilo que a vida quer
Foi com força acabar por se encontrar naquilo que ninguém quer
Mas Deus leva os que ama
Só Deus tem os que mais ama

 

Música de João Gil
Letra de Luís Represas:

 



publicado por olhar para o mundo às 11:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Quando ela me diz tenho tanta coisa para mostrar
Que é só escolher a hora, o dia e o lugar
Eu fico Crazy, eu fico Crazy
Quando ela me diz que assim não vai dar,
Que precisa de tempo e espaço para pensar
Eu fico Crazy, eu fico Crazy

Baby,
Admito estou confuso
Já não sei se te amo ou se te uso
Já não sei se dou para trás ou se seduzo
Já não sei se te aceito ou se recuso
Por um lado quero-te ao meu lado
Sentir o teu corpo abusado
Sentir o teu cheiro aromado
Sentir a química da qual eu não me farto
Sentir o teu amor sincero nos lençóis do meu quarto
Depois tudo sobe, o clima cresce
Jogo de provocações, só a nossa roupa desce
É intenso, Acho que é isso que nos define
Não mudo de opinião por mais gente que opine
E no fim da loucura que nos consome aos poucos
Voltamos ao mundo dos normais continuando loucos
Perdidos e entregues às nossas promessas
E eu estou tão confuso que já nem me lembro dessas

Refrão:
Quando ela me diz tem tanta coisa para mostrar
Que é só escolher a hora, o dia e o lugar
Eu fico Crazy, eu fico Crazy
Quando ela me diz que assim não vai dar,
Que precisa de tempo e espaço para pensar
Eu fico Crazy, eu fico Crazy

Rap 2:
Imagina só o teu corpo bem junto do meu
Os meus lábios bem juntos do teu pescoço
A descerem bem devagar eu sei que tu gostas não mandes parar Arranhas as costas mandas-me calar
Agarra-te a mim eu não te vou largar
Porque eu sei o que fazer
O meu toque é prazer
Eu sei que não me queres ver
Mas hoje tu vais ceder
Ao teu desejo
Só mais um beijo
E eu juro que não volto mais
Porque viver uma mentira do que a verdade com pontos finais Acabas por voltar, vais
Acabas por pensar, cais
E vem-te à cabeça quem te levantou quando tu não aguentavas mais
Aumento da pulsação
Coração bomba convicção
Pupilas dilatam eu vi que são
Elas que te vêem comigo não sem ti
Senti, (déjà vu)
Vamos voltar aquele dia que tu disseste que encontraste em mim que mais falta fazia

Refrão:
Quando ela me diz tanta coisa para mostrar
Que é só escolher a hora, o dia e o lugar
Eu fico crazy, eu fico crazy
Quando ela me diz que assim não vai dar,
Que precisa de tempo e espaço para pensar
Eu fico crazy, eu fico crazy


Letra: Bernardo Rodrigues
Instrumental: Nuno Ribeiro

 



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

Quarta-feira, 24.05.17

 

Letra

 

Nã oencontrei a letra desta música

 

Letra: Gonçalo Guerra
Música: Gonçalo Guerra e Vítor Silva

 



publicado por olhar para o mundo às 22:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letra ou os créditos desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Ai se ela soubesse
Na verdade o que eu quero dela
Não é amor daquele de novela
É dos que aquece e não arrefece (bis)

Ela pensa que eu não penso nela
Traz-me vento diz que vou de vela
Ela tá dentro mas eu tou naquela
De só a querer quando estou com ela
E ela diz que quer mais
Diz que quero também
"kasha tens que assentar, encontrar alguém"
Ela não faz ideia
Ela não faz ideia

Dizes que me tens mas sabes que é mentira
Pensas que és tu que me tens na tua mira
Olha para mim diz-me que não vale a pena
Como é que não vês que assim não tem problema
Não, não

Agora pensa bem
Se não te faço falta
Agora pensa bem
Se não te faço falta
(bis)

Ela diz que eu não sou manso e eu gosto disso
Porque assim eu avanço e ela dá por isso
Alimentar mil outras formas de formar a crise
E pensar em mil maneiras de perder juízo
Pensa bem, pensa babe
Se não me cansas não te deixo
Pedes que te minta eu só peço que me aceites
Se sim tasse bem se não tasse bem também
Jogo direto mas não jogo sujo
Quero-te perto mas não do teu mundo
Ela não faz ideia

Dizes que me tens mas sabes que é mentira
Pensas que és tu que me tens na tua mira
Olha para mim diz-me que não vale a pena
Como é que não vês que assim não tem problema
Não, não

Agora pensa bem
Se não te faço falta
Agora pensa bem
Se não te faço falta
(bis)

Se o prof tá na boda bota fogo
A dama pronta aponta pa onde eu tou
Dá-me a ponta e conta com o meu coro
Ela quer que o meu lábio mude a cor
Junta-se e aperta-me agora
Julga-se esperta mas cora
Eu vou-te contar uma história
Mais logo que eu tou ca turma toda
Hoje vai chover e eu não vejo uma nuvem
Venha o que vier dá-me o num e o mano vem
Conhecer de perto o teu ser
Na base do afeto deu sempre
É que eu nunca me apresso com o tempo
Por isso te peço, tu pensa bem
E antes de eu ir
Quero que saibas que eu não sou de ferro
Nem fico irritado se o mambo não der
Mas digo-te na cara pensa no que queres
Não dá pa evitar então tu

Pensa bem
Se não te faco falta
Agora pensa bem
Se não te faco falta

 

 



publicado por olhar para o mundo às 11:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Sinto que hoje ainda não é
O dia certo
Aquela força de maré
Quando estás perto
Mas ver-te chegar
Da mais longa viagem
Dizes vir para ficar
Dizes não ser miragem

Dá-me o que preciso

Dá-me o teu sorriso
Dá-me uma espada ao vento
Dá-me todo o teu tempo

(Dá-me, dá-me, dá-me)

Acordo e não estás lá
Devia saber
Sei que amanhã voltará
Tudo a renascer
É sabendo esperar
Que não esqueces o momento
O desejo de voltar
Não é mais que um sentimento

Dá-me o que preciso
Dá-me o teu sorriso
Dá-me uma espada ao vento
Dá-me todo o teu tempo

(Dá-me, dá-me, dá-me...)

Dá-me o que preciso
Dá-me o teu sorriso
Dá-me uma espada ao vento
Dá-me todo o teu tempo

(Dá-me, dá-me...)

Dá-me o que preciso
Dá-me o teu sorriso
Dá-me uma espada ao vento
Dá-me todo o teu tempo

(Dá-me, dá-me...)

 



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

Terça-feira, 23.05.17

 

Letra

 

at the bar
where we are
as we drink
our problems fade away

and we try to remember
all the good times
when we felt alive
good old times

and the stupid things that we have done
we were so young, we were so young
Do you still remember??

friends till the end
cause i want you
and i need you all with me
so stay with me

cause all you need is good friends in your life
happiness comes from the ones you like

and we drink, and we dance
and we cry and we smile of our stupid talks
and our jokes
and we tell how miserable we are
but at least we laugh, at least we laugh
we laugh of us

friends till the end
cause i want you
and i need you all with me
so stay with me

cause all you need is good friends in your life
happiness comes from the ones you like

 



publicado por olhar para o mundo às 22:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Letra:
Conta-me sobre o que aconteceu
No dia em que este frio nasceu
Conta-me como posso mudar
Para nunca mais errar
São dias assim
Que fazem de mim
Mais forte
Conta-me sobre o que aconteceu
no dia em que este amor morreu

Quem me dera
ser tudo
Tudo para ti
És uma concha fechada
em bruto
que nunca viu a luz
Diz-me o porque de estar aqui
Contigo
Assim

Mostra-me o caminho para tras
O que a tua bagagem trás
Mostra-me que eu quero entender
Não te julgo até se doer
São noites sem fim
A puxar por ti
Por nós
Onde está o livro de instrução
que fala do teu coração?

Quem me dera
ser tudo
Tudo para ti
És uma concha fechada
em bruto

Quem me dera
ser tudo
Tudo para ti
És uma concha fechada
em bruto
que nunca viu a luz
Diz-me o porque de estar aqui
Contigo
Assim

 



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post | comentar

 



publicado por olhar para o mundo às 11:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letra ou os créditos desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

Segunda-feira, 22.05.17

 

Letra

 

Lyrics:

Hope I don't always run away
From someone I haven't met yet
Hope I'll always find my way back home
To the one I've loved from the first day

Brick by brick, we build the buildings
From the sewer to the sky
And when we're gone they will remain the same
Oblivious to the passing of time

You come 'round here like you own the place
But oh my friend, you don't even own your own name
And all your harmonies have gone all dissonant

Scrape the wax off your shoulder
And light that fire in your eyes
And we must live with the notion
That one day we all will die

And when you're approaching your final line
You take a deep breath and watch your life flash behind your eyes
And all your harmonies have gone all dissonant
credits
released April 28, 2017
Guitar & Vocals - Tiago Saga
Bass - Joshua Taylor
Drums & Percussion - Martyn Lillyman
Keys - Oliver Weder
Violin & Backing Vocals - Andrew Stuart-Buttle
Backing Vocals - Stephanie O'Brien

Written by Time for T - Tiago Saga, Oliver Weder, Joshua Taylor, Martyn Lillyman, Andrew Stuart-Buttle and Harry Haynes

 



publicado por olhar para o mundo às 22:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Sometimes I feel like I don't have a partner
Sometimes I feel like my only friend
Is the city I live in, the city of angels
Lonely as I am, together we cry

I drive on her streets 'cause she's my companion
I walk through her hills 'cause she knows who I am
She sees my good deeds and she kisses me windy
I never worry, now that is a lie.

Well, I don't ever wanna feel like I did that day
Take me to the place I love, take me all the way
I don't ever wanna feel like I did that day
Take me to the place I love, take me all the way, yeah, yeah, yeah

It's hard to believe that there's nobody out there
It's hard to believe that I'm all alone
At least I have her love, the city she loves me
Lonely as I am, together we cry

Well, I don't ever wanna feel like I did that day
Take me to the place I love, take me all the way
Well, I don't ever wanna feel like I did that day
Take me to the place I love, take me all the way, yeah, yeah, yeah
oh no, no, no, yeah, yeah
love me, I say, yeah yeah

(under the bridge downtown)
(is where I drew some blood)
is where I drew some blood

(under the bridge downtown)
(I could not get enough)
I could not get enough

(under the bridge downtown)
(forgot about my love)
forgot about my love

(under the bridge downtown)
(I gave my life away)
I gave my life away yeah, yeah yeah

(away)
no, no, no, yeah, yeah

(away)
no, no, no say, yeah, yeah

(away)
But I'll stay

 

Red Hot Chilly Peppers

 



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

Domingo, 21.05.17

 

Letra

 

Sonho em como algures li

com ondas e mar maduro

e um fado que não vivi

num futuro

 

este destino traçado

é minha sina sem fim

não sou eu quem canta o fado

ele é  que me canta a mim

 

é por isso que eu não quero

é amarra que não solta

minha boca, minha alma em desespero 

e sempre volta

 

este destino traçado

é minha sina sem fim

não sou eu quem canta o fado

ele é  que me canta a mim

 

 

 Música e Letra: Dulce Pontes / Piano e Voz: Dulce Pontes / Guitarra Portuguesa: Marta Pereira da Costa



publicado por olhar para o mundo às 23:13 | link do post | comentar

 

Letra


Porque é que tudo me acontece contigo?
Porque é que fico alucinado?
Porque é que fico puto à beira do rio,
Se sou maior e vacinado?

Briguei de cobra, cantei de cuco,
Fiz um discurso aos sapais.
Disse o teu nome feito maluco,
Na fala dos animais

Porque é que tudo, tudo,
Mas tudo me acontece?
Quando só me apetece...
Seguir o mapa dos teus sinais.



Porque é que tudo, tudo,
Mas tudo me acontece?
Quando só me apetece...
Ser um presépio contigo ao lado.

Cheirei de rosa, fiz de palmeira,
Rastejei de erva no chão.
Nas tuas pernas fui trepadeira
Até ao teu coração.

Porque é que tudo, tudo,
Mas tudo me acontece?
Quando só me apetece... me apetece...
Ser um presépio contigo ao lado.

 

Musica - João Gil
Letra - João Monge
Voz - João Campos

 



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letra ou os créditos desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

Sábado, 20.05.17

 

Letra

 

[Shaggy: ]
Oh, you must be sent from above
You keep me warm in the winter cold
Your smile is colorful like flowers in the spring
Call me up [?]
I never meant to fall for your love
I know you're all I'm thinking of
This is more than a summer fling
It's only right that I put on the ring

[Omi: ]
So, baby will you leave my sight?
I won't be okay
I guess it's the last time
Let me right through ever season
Ah ah, let me the reason you can't stay
Right through every season
Right through every season
Right through every season
Ey-ey yeah


[Instrumental break]

[Shaggy:]
Girl, you bring me up just like the sun on the horizon
And even when it rains I'm enlightened
Oh, you're so sexy, with you in the swing
I'm in love watching when you do your thing, thing, thing
Girl, you make the heart skip a beat
Oh, any time you are in the suit
[?] [?]

[Omi:]
In a world, in a world without, without your love
I don't think I'd be able to breathe
Out of memories when I should be dreaming
So, baby will you leave my sight?
I won't be okay
I guess it's the last time
Love me right through ever season
Ah ah, let me the reason you can't stay
Right through every season
Right through every season
Right through every season
Ey-ey yeah

 



publicado por olhar para o mundo às 22:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letra os os créditos desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post | comentar | ver comentários (2)

 

Letra

 

Não encontrei a letra ou os créditos desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

Sexta-feira, 19.05.17

 



publicado por olhar para o mundo às 22:13 | link do post | comentar


Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email
mais sobre mim




posts recentes

Cristina Branco - Branca ...

Tatanka - Alfaiate

The Town Bar - Story Of M...

Miss Cat e o Rapaz Cão - ...

D.A.M.A - Não Comeces

Frankie Chavez - Whatever...

TIME FOR T - FREE HUGS

Ana Bacalhau - Ciúme

Alcoolémia - Não sei se M...

TIME FOR T - JAZZ CIGARET...

arquivos

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

tags

todas as tags

links
comentários recentes
released March 15, 2016 | PT | THE DOWSERS SOCIETY...
Podem ver os créditos aqui:https://thedowserssocie...
Um clássico de Amália Rodrigues, e não do A.Marcen...
Mt fixe mano. Nao conhecia mas vou comecar a ouvir...
Www.instagram.com/fans_isaura_randomly
Esta música é lindíssima *.*
Tiamo Muito Meu Mundo
Olá gostava de saber quanto é o bilhete no dia dos...
Obrigada.E eles não têm editora, foi uma edição de...
LauraAgradeço o seu comentário, e prometo que em b...
Posts mais comentados
blogs SAPO
subscrever feeds