Sexta-feira, 31.07.15

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 

 



publicado por olhar para o mundo às 11:13 | link do post | comentar

Quinta-feira, 30.07.15

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 22:13 | link do post | comentar

 

 



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post | comentar

 

 

Letra

 

Another day, another night
And times goes by
Another war, another fight
And I wonder why
Can’t we all just get along
Walking side by side

Do I really need to kill
To stay alive
Do I really have to steal
My brother’s pride
Just to feel like I’m a better man

Deliver me
I don’t want to live like that anymore
Please set me free, oh Lord
Let me spend my days wishing my fellow man
The best in life

We all bring the same with us
The day we born
We all leave this world behind
The day we die
Is it worth to waste our time
Fighting our own kind
Why are we so blind
We’re brothers and sisters
Under the same sky

credits

from Of All The People EP, released 21 November 2012
My sister Marta helped me out here with some background vocals and Marcos Martins shared his talent on the bass guitar.

 



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

Quarta-feira, 29.07.15

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 22:13 | link do post | comentar

 

 

Letra

 

This is a song for and about my daughter, Carolina.

lyrics

Baby girl
You make me want to dance
And make a fool of myself
Just to hear you laugh

Baby girl
You gave me a brighter day
And put a smile on my face
When I needed the most

You are the brightest star in the night
You are the sweetest thing in my life

My sweet, sweet little girl
I trade my heart for one single kiss
A kiss from you

Baby girl
I want to see you grow up
And always be there for you
No matter what

Baby girl
This ain’t no easy world
But sweetie I love you so
And that won’t change

credits

from Of All The People EP, released 21 November 2012
Had some good friends playing on this one as well:

Tiago Martins - Melodica
Miriam Macaia - Violin
Emanuel Machado - Xylophone

 



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Refrão:

Abana a cabeça e não digas nada.

Deixa só baitar os roots
antes, tu não digas nada.
Pensamento não é só negro.
A minha mente, elevada.
No momento, desligada.
Um momento, chamada.
É o diabo a quem eu hoje
quero retirar o Prada.
Enquanto uns perdem tempo
a querer meter mc’s em covas,
mato damas só com o meu sorriso
e com duas covas.
Parto camas novas,
faço cenas novas.
Abana a cabeça até doer
este beat é sova.
Este beat é droga até bate por arrasto.
Não sei, tu caíste, deve ser do que tomaste.
isto é md.
Puro.
Sente.
Mexe essa cabeça até pareceres demente.

Refrão:

Abana a cabeça e não digas nada.

Senta no divã
levanta a garrafa,
está sem soutien
a mim agarrada,
ela não é fã
é só um cuarra,
Até de manhã
Todos nesta farra.

Farra a ferro e fogo
Jarra, não bebo do copo
Não gosto de brindar com pouco
ou quase nada.
Cada passo é uma lambada
danço com a vida ,
à espera naquela esquina
quase toda a madrugada.
Pago em notas a rodada
apostei tudo numa só jogada,
tinha quase, não pensei muito
e fiquei sem nada.
Tinha quase tudo não pensei muito
não pensei nada!

Refrão

Para toda a gente que está na casa connosco é só drama.


Para toda gente
que tá na casa conosco,
com o drama no rosto
cada um no seu posto
É SÓ DRAMA!
No sitio onde é suposto
se fazes com gosto
todo o ano é agosto
caso contrário já foste!

Vou para a corda bamba
beber e dançar um bom samba
Nao arrisca nao petisca
se for de boca então levanta,
Se for de boca então canta
espanta males, não cales
vais ver o que vales
abana até mata-los!

Instala-se a chama
estala-se o drama
cala quem chama,
quem quer ir para a cama vá.
Mas que o vosso vipe,
não nos mate o hype e a vibe já,
mate o som que já bate cá,
dropa que a tropa rocka e só quer um som no PA.
Sente o beat que vem como uma onda.
Não há esquemas nesta zona
aqui só esquemas noutra ronda.
Exercício na pista é Jane Fonda
e o som é tipo abraço de anaconda.
Tight.

Refrão

 



publicado por olhar para o mundo às 01:13 | link do post | comentar

Terça-feira, 28.07.15

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Tanto dá o mar, tanto faz
Tanto faz quem não vem
Quem não vem não se dá
Só se dá quem se tem

Que se dane o mar se nos faz
Se nos faz suspender
Suspender o voltar
Re-voltar a viver

Mas se por acaso for voltar
Àquilo que era:
Não, não, não, não, não, não.

Já não é o que foi
E o que foi tanto faz
Tanto fez esquecer
E são tantos passos para trás

Mas e se for o mar que nos faz
Que nos faz reviver
Reviver e voltar
E voltar a querer

Mas se por acaso for voltar
Àquilo que era:
Não, não, não, não, não, não.

Não contem comigo não, não contem
Mas se por acaso for voltar
Àquilo que era
Não contem, não contem comigo, não.

Mas se por acaso for voltar
Não contem comigo, não
Àquilo que era
Não contem, não contem comigo, não
Não, não, não, não, não.

Conta comigo para ancorar o coração
Conta comigo para ancorar a tua mão
Conta comigo para ancorar o coração
Conta comigo para ancorar a tua mão

Mas se por acaso for voltar
Àquilo que era
Não contem comigo, não.

 



publicado por olhar para o mundo às 11:13 | link do post | comentar

 

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

Segunda-feira, 27.07.15

 

Letra

 

Acabou o arraial
Folhas e bandeiras já sem cor
Tal qual aquele dia em que chegaste
Tal qual aquele dia, meu amor
Para quê cantar
Se longe já não ouves
O nosso canto ainda está na fonte
E o nosso sonho, nas estrelas do horizonte

Ainda nasce a lua nos moinhos
Ainda nasce o dia sobre os montes
Ainda vejo a curva do caminho
Ainda o mesmo som, a mesma fonte
Sabes meu amor não estou sozinho
Pelas salas do silencio em que te escuto
Abro as janelas ainda cheira a rosmaninho
Vejo-me ao espelho, ainda vejo luto

 

 



publicado por olhar para o mundo às 22:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Oculto o caminho que segui...
Não foi vergonha da minha raiz...
Foi uma defesa que perdi
e à deriva um rosto viril...

Acusam de tentar desistir...
E que o sucesso é aparição
Que o nome se ergue ao te vermos...
Mas o que escondes é a solidão.

Guarda-te bem meu anjo
Nesse teu receio doce de falar...
Cumpre o amor nesta vida insana
Não deixes a culpa te isolar...

Saberás no fundo o que digo...
Aparentemente triste e sem razão,
As ligações do corpo são tão certas
Resta limar a esfera da emoção!

Guarda-te bem meu anjo
Nesse teu receio doce de falar...
Cumpre o amor nesta vida insana
Não deixes a culpa te isolar...

Letra e Música
Filipe P.

 



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post | comentar

 

 

Letra

 

Mais 1 Comboio
(letra de Jorge Palma / música de Flak)

Vejo tanto olhar encafuado
Em automóveis bestiais
Casos graves de bem estar,
Por mais que tenham, nunca têm a mais.

Aleijados do conforto
Refugiados na T.V.
O pior não é estar triste,
O pior é não saber porquê.

Há o entretenimento
Há o remoto control
Há-de haver mais um comboio
Para o centro comercial

Nesta altura ninguém faz greve,
Embora muitos tentem adormecer
Alguns vão derretendo a neve
Nas colheres a ferver

Nas entradas do metro, o frio
É combatido com papel de jornal
Útil informação para os que estão na frente,
Cegos pelas luzes do Natal

 



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

Domingo, 26.07.15

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

Sábado, 25.07.15

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 

 



publicado por olhar para o mundo às 22:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Talvez seja isto a solidão
Este nó no coração
Apertado com saudade
Talvez seja isto o abandono
Como as folhas do Outono
Que se espalham na cidade

Talvez seja só isto que sobra
Quando o tempo vem e cobra
A alegria que nos deu
Talvez seja só isto que resta
Quando nada já nos presta
Quando tudo já doeu

O que mais custa
É não saber de ti
Não saber se me esqueceste
Não saber se me perdeste
Não saber se te perdi

Talvez se eu voltasse a ser brinquedo
Eu matasse este meu medo
De já não servir ninguém
Talvez se eu voltasse à tua mão
Se acabasse a escuridão
E ouvisse mais além

Talvez seja isto que magoa
O vento e o tempo não perdoa
E que o teu amor passou
Talvez seja assim que tudo acaba
Pode ser que talvez nada
Nos avise que acabou

O que mais custa é não saber de ti
Não saber se me esqueceste
Não saber se me perdeste
Não saber se te perder

O que mais custa é não saber de ti
Não saber se me esqueceste
Não saber se me perdeste
Não saber se te perder

 



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post | comentar

 

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 11:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

de 5 em 7 dias muda o tamanho dos teus pés
no sabado ainda sabia mas é segunda eu já não sei quem és
pra ti as vezes a cama é grande e outras vezes nem cabes lá
um dia gostas de brincar na cozinha e outro dia é no sofá

ó tu que gostas tanto das minhas pestanas
porque é que o teu cheiro é tão diferente todas as semanas?

escolher o prato errado, no teu nome não acertar
mudas de 5 em 7 dias não te zangues se eu me enganar
o numero das tuas fobias aumenta de volume
em dias eras peixe, tu agora és um cardume

eu já perdi a conta a todos os teus perfumes
passam os dias e tu não tens os mesmos costumes
o numero das tuas fobias aumenta de volume
em dias eras peixe, tu agora és um cardume

tu não vais voltar
de 5 em 7 dias tu vais mudar
tu não vais querer ser
de 5 em 7 dias vais desaparecer

 



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

Sexta-feira, 24.07.15

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 22:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

ele quer provar ser o que não é
em qualquer batalha ele é o único a sair de pé
faz de tudo pra não passar indiferente
não interessa o tópico, ele é utópico e melhor que toda a gente

dá ar de trabalhador, esconde a verdadeira herança
quando fala com as amigas guarda na algibeira a aliança
desaperta a gravata que tanto lhe aperta o pescoço
e alimenta o fraco ego na casa de banho com o saquinho que traz no bolso

tão bom que ele podia ser, mas tudo o que lhe dá prazer
é cheirar às escondidas e comer porcas sem a sua mulher ver

diz que é um campeão
em tudo o que se pode ser
mas em casa faz amor com a mão
sem a sua mulher ver

diz que é um campeão
que come a sopa sem colher
em casa faz amor com a sua mão
sem deixar a mulher ver

 



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

O mundo é redondo
e um dia há-de dar a volta


E as pontas soltas
vão se atar
vão se atar


Calma calma é conselho apressado
e não acalma ninguém


E isso de ver-se ao longe
não enxerga o que ai vem


Quando intenso
nem lá vai com bom senso
nem lá vai com incenso
e eu dispenso sofrer por antecipação 
pé na tábua e fé em deus
até à próxima estação


O sol brilha
mas nem sempre aquece


e a minha sombra
quase já não me conhece


só é o fim do mundo
na minha cabeça


fogo de artificio
a rebentar-me na testa


Quando intenso
nem lá vai com bom senso
nem lá vai com incenso
e eu dispenso sofrer por antecipação 
pé na tábua e fé em deus
até à próxima estação


Quando intenso
nem lá vai com bom senso
nem lá vai com incenso
e eu dispenso sofrer por antecipação 
pé na tábua e fé em deus
até à próxima estação


Quando intenso
nem lá vai com bom senso
nem lá vai com incenso
e eu dispenso sofrer por antecipação 
pé na tábua e fé em deus


até à próxima estação
até a próxima estação
até a próxima estação

 

 



publicado por olhar para o mundo às 11:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

ja me perdi
mais uma vez
ja percebi
o que me faz sofrer

não vou voltar aqui
não vou voltar a amar assim

não , não vou voltar
a perdoar o que me faz chorar
sim , sim já esqueci
e já me perdi
mais uma vez

já conheci
o que me faz chorar
já senti
o meu mundo a desabar

não vou voltar aqui
não vou voltar a amar assim

não , não vou voltar
a perdoar o que me faz chorar
sim , sim já esqueci
e já me perdi
mais uma vez

não , não , não
não , não , não

não , não vou voltar
a perdoar o que me faz chorar
sim , sim já esqueci
e já me perdi
já me perdi
mais uma vez

não , não , não
não , não , não.

vou lá voltar

 



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

 

 

Letra

 

Sua pureza que molda
Sua doce ingenuidade
Tão cedo se desfez
Perdeu-se ao longo
Da estrada
Tendo em mente somente sonhos
De liberdade
Quis desafiar o mundo
Ante uma porta, destravada
Pensou voltar sentiu o medo
De novo enredo mas decidiu
Continuar.

Sedutora ela é
Quando toca no meu corpo aí aí aí
Sedutora ou não faz de tudo e deixa-me louco

Por onde tu passas
Sinto os teus passos
Por onde tu tocas
Teu toque tem magia
Sinto a presença desse teu cheiro
Que me alimenta e me trás alegria
Oh baby teu jeito sedutor
Esta a dar cabo de mim
Estou rendido a ti
Estou seduzido

Sedutora ela é
Quando toca no meu corpo aí aí aí
Sedutora ou não faz de tudo e deixa-me louco

Sedutora ela é
Quando toca no meu corpo aí aí aí
Sedutora ou não faz de tudo e deixa-me louco

 



publicado por olhar para o mundo às 01:13 | link do post | comentar

Quinta-feira, 23.07.15

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 22:13 | link do post | comentar

 

 

Letra

 

LITTLE STAR
Essay on society

Bittersweet harmonies
Let 'em speak
Hollow

Little Star, tell me where you are
Harmonies
Take a gun and shoot yourself blind

Because I'm not the main character in your new movie
I'd never sell my soul to your undertaker
Though I used to preach
For the night to take my soul
For the moon to take control
Because you know you've seen too much
Because you know you have seen enough

I, I put on nightly profit
Because my veins are locked
The whole weekend is ours
There's no need to abduct

Sunday bloody sunday
And I am as flying as fuck
And the bass progressively
Hits rock bottom

Because I'm not the main character in your new movie
I'd never sell my soul to your undertaker
And though I used to preach
For the night to take my soul
For the moon to take control
Because you know you've seen too much
Because you know you have seen enough

I gave you head in that motel
You kissed my back
Remember the night you want out to play Blackjack
I stayed home with Gin
And washed down the solitude
And blew smoke rings to work on my bad attitude

Starfuckers, Incorporated

Because I'm not the main character in your new movie
I'd never sell my soul to your undertaker
And though I used to preach
For the night to take my soul
For the moon to take control
Because you know you've seen too much
Because you know you've seen enough

Music by Cláudio Pinto and Alexandre Matias / Lyrics by Alexandre Matias and Adriano Bandadas / Vocals by Alexandre Matias / Beat and Bass by Cláudio Pinto / Synths and Production by Alexandre Matias and Cláudio Pinto / Recorded by the band / Mixed and Mastered by Marvin Buedtz at Stargazer Studio in Germany / Contains sample of "Doep" as performed by Arca (soundcloud.com/arca-2/doep)

 



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 11:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar


Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email
mais sobre mim




posts recentes

"Sei dos Meus Fantasmas" ...

Heavy C feat Big Nelo - S...

ORBLUA - O Diabo da Velha

Strella do Dia - A Virgen...

The Fellow Man - Deliver ...

Antonio Bastos - A Barbie...

The Fellow Man - Baby Gir...

The Fellow Man - Here For...

M G D R V - ABANA A CABEÇ...

Flak - "Nada Escrito"

arquivos

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

tags

todas as tags

links
comentários recentes
Muito obrigado
Corre por aíCorre por aí que estás diferenteCorre...
Muito obrigado
Adoro esta musica :)(Presta atenção aos sinais)Pap...
Boa musiquinha ;)
mUITA GIRA ESTA MUSICA!E OS ACORDES PARA VIOLÃO? Q...
Obrigado Sara
A letra!Não me digas, que todo o tempo que foi nos...
Muito obrigado Catarina
Posts mais comentados
blogs SAPO
subscrever feeds