Segunda-feira, 22.12.14

 

Letra 

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 17:49 | link do post | comentar

 

Letra

 

Fechado espero por ti nesta espera
Calado e a olhar para o tempo do que era
E não vai voltar a ser

Fechado espero no fim nesta espera
Calado e a olhar para o tempo do que era
E não vai voltar

O que ficou ficou
E o que passou passou
E não podes ficar a espera que o universo

Resolva tudo por ti
Que abra as portas e as feche por ti
Se tu não queres ver
Tudo o que tens a fazer

O que ficou ficou
E o que passou passou
E se o jogo acabou
E se o Jogo acabou

Fechado espero no fim
Fechado por ti
Fechado espero no fim
fechado espero no fim
fechado espero por ti

 



publicado por olhar para o mundo às 08:05 | link do post | comentar

Domingo, 21.12.14

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 17:03 | link do post | comentar

 



publicado por olhar para o mundo às 08:00 | link do post | comentar

Sábado, 20.12.14

 

Letra

 

Ouve
Hoje quero que te sintas ainda mais especial
Por seres a tal, a quem eu talvez comprometa a vida
Adoro-te por seres simples e honesta, frágil e modesta
Desde que me deste a mão que tenho a cabeça erguida
És bela de forma suspeita pequenas imperfeições fazem de ti perfeita
Consegues ser sensual com roupa de saldos e chegar onde outras não chegam sem usar saltos altos
Falamos sem abrir a boca vivemos sem tirar a roupa
Tinha de te ter acredita de uma forma ou de outra
Somos juntos como meninos na troca de mimos e genes
Tenho noção do tempo marcado por sinos
Fizemos
Algo genuíno de modo libertino
Prendemo-nos um ao outro com um rumo sem destino
Quando tou sozinho, destino que entre por um caminho que me leve a estar contigo
Não duvides quando te digo

Refrão (2X)
Faço tudo o que puder para tar ao pé de ti
Tu fazes tudo o que podes para tares ao pé de mim baby
Sabes o que eu sinto my lady
Aroma moribundo amor é leigo
Vagabundo tu sabes que no fundo
Eu faço tudo pra te ver sorrir (tudo pra te ver)
Tudo pra te ver sorrir

Chamo-lhe amor, amor nós temos outra
Palavra para definir a forma louca
De cruzar olhares com água na boca
Sem tirar nem por a voz rouca
Sentir na garganta o nosso só nosso
Não adianta, vai no ar aquele
Posso só posso por a suar
Yes yes e ao entrelaçar air force
Dizer-te ao ouvido que matas sem dar hipótese
Não há truques nem manhas
Eu sei que é sentido
Pela forma como tu arranhas todas as manhãs
Aprecio cada dia ao teu lado
Aprendi que por trás de nuvens cinzentas há sempre um sol que brilha
És simples de forma fantástica, não te ris sarcástica
Se te levar a um estabelecimento de comida plástica
Sabes que vales mais do que pedras preciosas
Não fazes como essas que só amam carros e rosas
Eu não quero saber se envelheces ou engordas
Se a vida nos trocar as voltas
Eu empurro-te numa cadeira de rodas
Tu acordas ao lado de quem vive morto para tar contigo
Abraça-me como se não houve-se amanhã quando eu te digo

Refrão (2X)
Faço tudo o que puder para tar ao pé de ti
Tu fazes tudo o que podes para tares ao pé de mim baby
Sabes o que eu sinto my lady
Aroma moribundo amor é leigo
Vagabundo tu sabes que no fundo
Eu faço tudo pra te ver sorrir (tudo pra te ver)
Tudo pra te ver sorrir

Não quero saber se não há
Maneira de estar ou não dá
Te para darmos-te já
Sabes, tou ao pé de ti
Não me sais da cabeça
Desde que acorde até que adormeça
Aconteça o que aconteça
Eu tou
Ao pé de ti
Aconteça o que aconteça
Eu tou
Ao pé de ti
Aconteça o que aconteça
Eu tou
Ao pé de ti

 



publicado por olhar para o mundo às 17:30 | link do post | comentar

 

Letra

 

Princesas existem muitas és única
Bailarina da minha caixa de música
Vi-te abrir os olhos dar os primeiros passos
Sinto o mundo aos pés cada vez que te tenho nos braços
Gostava de soprar ventos e tempestades
Preservar o teu olhar com o passar de idades
Fechar-te numa redoma com o céu cor-de-rosa
Fazer-te sonhar de olhos abertos e dormir de outra forma
Dar-te uma estrela para não teres medo do escuro
Um bom presente, assegurar te um bom futuro
Escuta amor aquilo que eu te digo hoje
Amanhã o mano pode ter ido para muito longe
Não estar para te abraçar embalar beijar
Proteger mimar atirar-te ao ar e agarrar
Dar-te o norte para que tu te possas guiar
Fazer de forte para não deixares de acreditar
Os pais não têm grandes quantias no depósito
E fizeram te a ti e a mim sem ser de propósito
A avó partiu muito cedo ainda eu pequeno era
A noite o astro mais brilhante no céu era Ela
Quando nasceste eu dei te o nome dela
Não tenho tudo mas tenho uma estrela na Terra
Não queria que crescesses queria que ficasses por aqui
Vivesses para sempre nesse teu mundo da Hello Kitty
Vais acabar por descobrir pequenos segredos
Porque e que o pai natal só te dá dois brinquedos
Desculpa se eles não são o que querias
E porque é que as sapatilhas dele são iguais as minhas
Não te queria fechar os olhos para Não veres
Mas há coisas que não quero que vejas quando cresceres
Nunca te menti não fiques com essa ideia
Quando comeres muito peixe e não te crescer a cauda de sereia
Sinto-te mais forte cada vez que cais
Sinto-te mais bela cada vez mais
Sinto-te mais escura cada vez que vais dando passos
Descobrindo novos paços e locais
Ganhando confiança fugindo dos meus braços
Atenta a partidas e fracassos
Sempre que estiveres confusa e perdida
Tenho-os abertos nunca te esqueças são tua guarida
És bela, linda, força, vida, calma, nada, alma, tu:
Brilha, inspira, expira, gira, acredita:Tu tens um Mundo
Há coisas que não percebes quando as vês
Porque é que os pais discutem mais a meio do mês
Como é que Deus vê tudo e tu nunca o vês
Dá tempo ao tempo, perceberás quando cresceres
Não há diferenças entre nós todos somos iguais
Uns têm menos daquilo que outros têm a mais
Sempre foste doce sem ser gulosa
Dizias notas azuis para os meninos
E para as meninas cor-de-rosa
Vives-te uma mão cheia de dedos
Com muitas verás que os meninos crescem e trocam de brinquedos
Passam a gostar de bonecas brincam a despi-las
Querem barbies e com nenucos tornam-se reguilas
Meninas passam a gostar dos carros dos meninos
Ganham airbag e quando viajam apertam os cintos
Nunca te esqueças é sempre uma mulher que manda
Muitos desses ursos não têm a graça de um panda
Quando algum deles não te tratar com modos
O mano trata disso Amor não te incomodes
Princesa quando as meninas disserem que não és linda
Porque não segues a moda és mais bela ainda
Quando por não teres marcas ninguém te convida
Preocupa-te em deixar outras marcas na vida
Mulheres a sério não sobem na vida deitadas
Deitam barreiras abaixo de cabeças levantadas
Cairás varias vezes como as folhas do Outono
Depois a Primavera traz-te um sorriso novo
Lembra-te o Mundo é belo nunca o ponhas em sarilhos
Este pequeno pedaço de terra emprestado pelos nossos filhos
Amigos quando são grandes já não te dão gomas e cromos
dão facadas por trás e às vezes um par de cornos
Colam-se por amor e fazem figuras de cromos
Acham-se superinteligentes e queimam os neurónios
Seja qual for o caminho que sigas
Eu faço figas para que não desistas e consigas chegar ao destino,
O mano já viu coisas feias mas ver-te crescer
Torna o bater do coração puro e genuíno
Nunca te esqueças mulher gigante de palmo e meio
A tua pequena pegada muda o meu Mundo inteiro
O teu ar inocente é sincero e verdadeiro
Que a sorte seja o vento que sopra o teu veleiro
A avó disse no parapeito de uma janela
Que se o peito parrasse ia bater sempre na braço dela
Quando o meu desenho animado chegar ao fim
Olha-me nos olhos, nunca te esqueças de mim.
És bela, linda, força, vida, calma, nada, alma, tu:
Brilha, inspira, expira, gira, acredita: Tu tens um Mundo
As cores do teu coração são unidas como Benetton
Beleza natural sem base sombra e batom
Fragilidade tenra,
Tudo para vir a ser a diva que derrete homens com corações de cera
Inocência pura com experiencias por acontecer
Tens a vida pela frente nunca deixes abater
A magia dos teus olhos, a ternura dos teus braços
A postura de princesa a fantasiados teus passos
Se um amigo não te disser aquilo que eu te digo
Numa altura em que a vida tenha sido dura contigo
Faz um sorriso olha te num espelho, escuta o teu irmão mais velho
E de seguida canta comigo:És bela, linda, força, vida, calma, nada, alma, tu:
Brilha, inspira, expira, gira, acredita: Tu tens um Mundo
És bela, linda, força, vida, calma, nada, alma, tu:
Brilha, inspira, expira, gira, acredita: Tu tens um Mundo

Acredita tens um Mundo
Acredita tu tens um Mundo
Acredita tens um Mundo
Acredita tens um Mundo
Acredita tens um Mundo
 

 



publicado por olhar para o mundo às 08:27 | link do post | comentar

Sexta-feira, 19.12.14

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 09:19 | link do post | comentar

 

Letra

 

Deitado num trilho de um trem
Estando amarrado e amordaçado
Sabendo que o maquinista
Não é seu parente
Nem olha pra frente


O que é que você fazia?
Eu nesse caso nem me mexia

O que é que você fazia?
Eu nesse caso nem me mexia

Sentado, olhando um cachorro
Que da sua mão tirou o seu pão
Sabendo que o seu bilhete
Que está premiado
Também foi roubado


O que é que você fazia?
Eu nesse caso nem me mexia

O que é que você fazia?
Eu nesse caso nem me mexia

Se um dia sua sogra bebesse
Um gole pequeno de um grande veneno
E por um capricho da sorte
Ou de algum doutorzinho
Ela ficasse mais forte
O que é que fazia o senhor?
Eu nesse caso matava o doutor
E o que é que a senhora fazia?
Eu nesse caso desaparecia

 

 

 

Deitado num trilho de um trem
Estando amarrado e amordaçado
Sabendo que o maquinista
Não é seu parente
Nem olha pra frente


O que é que você fazia?
Eu nesse caso nem me mexia

O que é que você fazia?
Eu nesse caso nem me mexia



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

Quinta-feira, 18.12.14

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 23:40 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 23:07 | link do post | comentar

 

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 17:00 | link do post | comentar

 

Letra

 

O Christmas tree
O Christmas tree
How are thy
Leaves so verdant
O Christmas tree
O Christmas tree
How are thy
Leaves so verdant
Weeee

Not only
In the summertime
But even in winter
Is thy prime
O Christmas tree
O Christmas tree
How are thy
Leaves so verdant

O Christmas tree
O Christmas tree
Much pleasure
Doth thou bring me
O Christmas tree
O Christmas tree
Much pleasure
Doth thou bring me

For every year
The Christmas tree
Brings to us
All both joy and glee
O Christmas tree
O Christmas tree
Much pleasure
Doth thou bring me

O Christmas tree
O Christmas tree
Thy candles
Shine out brightly
O Christmas tree
O Christmas tree
Thy candles
Shine out brightly

Each bough doth
Hold it's tiny light
That makes each toy
To sparkle bright
O Christmas tree
O Christmas tree
Thy candles
Shine out brightly

 



publicado por olhar para o mundo às 14:39 | link do post | comentar

 

Letra

 

Alguém viu por aí a Margarida
a que mora nas águas-furtadas
tem há dias a roupa estendida
e não a sinto a passar nas escadas

Já lá fui bater, ninguém dá fé
perguntei se alguém a tinha visto
fui a pé daqui até à Sé
e ninguém a viu. Já viram isto?!

Até me dava ares de um modelo
daqueles que dão na televisão
quando ela soltava o seu cabelo
faziar parar uma multidão

Que é feito da nossa Margarida
a moça mais vistosa da viela
partiu e deixou a roupa estendida
só para a gente não se esquecer dela

Cá p'ra mim, que até nem sou de intrigas
já deve andar pardal no telhado
sempre ouvi dizer às raparigas
que bem guardado é o pecado

Já ninguém lhe volta a pôr a vista
fica-te com esta, meu amigo
se ela fugiu com algum fadista
mais valia que fosse comigo.

 



publicado por olhar para o mundo às 08:32 | link do post | comentar | ver comentários (1)

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 03:48 | link do post | comentar

Quarta-feira, 17.12.14

 

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 22:49 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 

 



publicado por olhar para o mundo às 17:28 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 08:59 | link do post | comentar

Terça-feira, 16.12.14

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 23:19 | link do post | comentar

 

Letra

 

não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 23:15 | link do post | comentar

 

Letra

 

Que amor nao me engana
Com a sua brandura
Se da antiga chama
Mal vive a amargura
Duma mancha negra
Duma pedra fria
Que amor nao se entrega
Na noite vazia?
E as vozes embarcam
Num silêncio aflito
Quanto mais se apartam
Mais se ouve o seu grito
Muito à flor das àguas
Noite marinheira

Vem devagarinho
Para a minha beira
Em novas coutadas
Junta de uma hera
Nascem flores vermelhas
Pela Primavera
Assim tu souberas
Irma cotovia
Dizer-me se esperas
Pelo nascer do dia

 



publicado por olhar para o mundo às 17:36 | link do post | comentar

 

 

letra

 

You're asking again I told you before
The beautiful smile hides the troubled soul
Sad faces influence so easily
I already have enough of that inside of me

So funny you're still around after all these years
Ran away so many times, always ended up here
Could not ask for a thing from you
All you gave me I afforded to loose

You see...

It's all too sad for me...
It's too hard for me... to believe

It's too painful for me
It's so hard for me... to give

Too scared to jump, too dumb to fly
What side is stronger on this double-faced mind?
I make lies all day to keep the pain away
God knows my sins are already too big to pay

Even the tears I forget the taste
Maybe I should try to lick them off your face
And though I do try the best that I can
You had to be me to understand

That

It's all too sad for me...
It's too hard for me... to believe

It's too painful for me
It's so hard for me... to give

Smile On
Hang On

 



publicado por olhar para o mundo às 08:20 | link do post | comentar

Segunda-feira, 15.12.14

 

Letra

 

Vimos dar as Boas Festas 

Com prazer e alegria

 Já nasceu o Deus Menino

 Filho da Virgem Maria.

 

Vamos toda minha gente

 Aqui não fica ninguém

 Vamos adorar a Virgem

 E o Deus Menino, em Belém.

 

Dorme, dorme meu Menino

Que a tua mãe logo vem

 Foi lavar os teus paninhos

 À fontinha de Belém.

 

Vamos todos ao presépio

 Vamos todos a Belém

 Visitar o Deus Menino

 Que a Nossa Senhora tem.

 

Alegrem-se os Céus e a Terra

 Cantemos com alegria

 Já nasceu o Deus Menino

 Filho da Virgem Maria.

 



publicado por olhar para o mundo às 22:52 | link do post | comentar

 

 

letra

 

You don't have to tell me what you came for
(yes I want it, I don't want it)
Your eyes are beaming circles on the floor
(yes I want it, I don't want it)
Your tongue like acid it burns my skin
(yes I want it, no I don't want it no)
I'm so defenseless from...

The lust, it fills my soul with screams
But when it stops, it kills, it makes me weak
What do you want from me?
Inside, only pain is real

Isn't this room smaller than before?
(yes I want it, I don't want it)
Are we closer or are we just bored?
(yes I want it, I don't want it)
The lack of oxygen makes my head spin
(yes I want it, no I don't want it no)
And just for a moment...

The love I feel so close, so real
But then it's not, I die, I raped, I'm chilled
What do you want from me?
You can't, I shake, I come, Burn...

All I want it's not what I want
All you want it's never what I need
Still I tried, like a perfect mirror I do what I see fit
All you want is all I give, all is right
Inside, only pain is real

 



publicado por olhar para o mundo às 17:18 | link do post | comentar

 

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 

 

Musica / Music - Miguel Maat
Letra / Lyrics - Miguel Maat & Ana Sírius

Miguel Maat - Voz, Didgeridoo, Guitarra Acustica / Voice, Didgeridoo, Acustic Guitar
João Madeira - Produtor / Producer - Piano & Synths
João Madeira - Gravação, Mistura e Masterização / Recording, Mixing and Masterization

Desenho / Drawing - Maia (7 anos / years)
Didgeridoos by Didge Creature
Guitarra / Guitarra - Artitude Rock - Torres Novas

 



publicado por olhar para o mundo às 10:34 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 08:27 | link do post | comentar

Domingo, 14.12.14

 

Letra

 

Vens tão bem

Vens tão bem pra ver o sol
Já nasceu em nuance bemol
Ilumina o nosso olhar
Com a cor de mel para enfeitiçar

Vens tão bem pra ver a lua
Já desceu nesta noite nua
Ilumina o respirar
Das estrelas deste nosso lugar

Vens tão bem pra ver o mar
Já cresceu no nosso luar
Ilumina a alma doce
Que o sal beijou em vez de chorar

credits

from Canções de Bolso, released 30 June 2012

 



publicado por olhar para o mundo às 17:24 | link do post | comentar

 

Letra

 

Do I see you coming home
Coming home to me
Could it be you that I see
Coming home to me
From your day by the sea

Do I see your buckets full
Buckets full of shells
Could it be you that I see
Buckets full of shells
From your day by the sea

Do I see you weary weave
Weary weave your way
Could it be you that I see
Weary weave your way
From your day by the sea

 



publicado por olhar para o mundo às 08:21 | link do post | comentar

Sábado, 13.12.14

 

Letra

 

You know how we do it right
There'es another track

Levanta e vêm
Dança comigo
Segura gura
Mexe mas vai com calma
Esse corpo não é teu
Mas também o meu
Quem vai dançar sou eu
Fica parado vou-te levar para o céu

Diz qual é o meu nome
Quem comanda sou eu
Só para dar mais raiva

I'm back stronger than ever
Gostas e eu gosto mas só fica parado
Fica parado
Fica parado
Fica parado
Fica parado

Não faças nada baby
E vem dançar
Segura gura
Mexe mas vai com calma
Esse corpo não é teu
Mexe mas vai com calma
Esse corpo não é teu

Deixa comandar
Não precisa complicar
Levanta a mão não me toca
Parado sem dar nenhum toque

Diz qual é o meu nome
Quem comanda sou eu
Só para dar mais raiva

I'm back stronger than ever
Gostas e eu gosto mas só fica parado
Fica parado
Fica parado
Fica parado
Fica parado

Fica parado
Fica parado
Fica parado
Fica parado

 



publicado por olhar para o mundo às 23:32 | link do post | comentar

 

Letra

 

Que amor nao me engana
Com a sua brandura
Se da antiga chama
Mal vive a amargura
Duma mancha negra
Duma pedra fria
Que amor nao se entrega
Na noite vazia?
E as vozes embarcam
Num silêncio aflito
Quanto mais se apartam
Mais se ouve o seu grito
Muito à flor das àguas
Noite marinheira

Vem devagarinho
Para a minha beira
Em novas coutadas
Junta de uma hera
Nascem flores vermelhas
Pela Primavera
Assim tu souberas
Irma cotovia
Dizer-me se esperas
Pelo nascer do dia

 



publicado por olhar para o mundo às 17:18 | link do post | comentar

 

 

Letra

 

Da janela do quarto,
A tua fobia suspirava.
Esperavas pelo anjo
Que tardava.


E, dos jardins de Éden,
Irrompe no voo inaudito,
O anjo que aguardavas
No teu lugar interdito.

E, no silêncio do quarto,
Só o teu esgar não negou
A Eternidade de um beijo
De quem, ao momento, se entregou.


E, com o desvelo de um abraço
De um anjo eterno que voou,
Imunizaste, no leito,
O amor que, no quarto, deixou.

No voo de um anjo,
Onde flutuavas,
Desarvorou a dolência
Que tanto exorcizavas.


E, no parapeito do postigo,
Lá se despediu
O teu anjo perene
Que só o teu olhar viu.

Texto de João Garcia Barreto

 



publicado por olhar para o mundo às 08:16 | link do post | comentar

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email
mais sobre mim




posts recentes

Guerra Civil - Manuel Fúr...

GULA - O Que Ficou Ficou

Gula - Janela Fechada

Joana Lisboa - Água

DEAU - Ao pé de ti

Deau - Teresinha

NBC - Gratia

REAL COMBO LISBONENSE - O...

Prana Convida Frankie Cha...

Música de Natal - Quem De...

arquivos

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

tags

todas as tags

links
comentários recentes
Adoro! Obrigada pela letra junta com o vídeo. Assi...
É só ver a descrição do vídeo, está lá.Fugir é reg...
sou sua fa
Filipe Larsen – Mentor e Director Geral do Festi...
https://www.facebook.com/events/600812156672029/?r...
https://www.facebook.com/Festival.6.Continentes.O....
Encrudelece;)
Já coloquei a letra desta música em https://www.mu...
"hoje acabo no chãolevas-me ao hospitalsem perder ...
Posts mais comentados
blogs SAPO
subscrever feeds