Segunda-feira, 15.05.17
FESTIVAL MÚSICA VIVA 2017
o'culto da ajuda
20 a 27 Maio

 

O Música Viva é uma iniciativa integrada de fomento e divulgação da criação musical contemporânea, especialmente dedicada aos compositores e intérpretes portugueses e às relações da música com a tecnologia. O Festival Música Viva completará em 2017 a sua 23ª edição. A mostrar a vitalidade da criação musical em Portugal, num evidente confronto de ideias e estéticas, o Festival proporciona novas possibilidades de experimentação: fomentando novos espaços de expressão e de aproximação com o público, multiplicando os encontros, dando lugar a valores emergentes que apontam novos caminhos.

20.05
21h30
Pedro Neves . direcção
 
Eduardo Luís Patriarca, Ricardo Ribeiro, Pedro Rebelo, Miguel Azguime, Gérard Grisey
 
Paula Pinto . movimento e figurino; António de Sousa Dias . criação sonora e programação; Rita Casaes . criação vídeo e videomapping; José Luís Ferreira . projecção sonora
23.05
21h30
Denis Gautheyrie . direcção
 
Juan Vasquez, Jaime Reis, Mateo Romero, António de Sousa Dias, Rui Dias, Inés Badalo, Rebeca Martinez, Jean-Philippe Dequin, Enrique Muñoz, Emmanuel Nunes
 
Fernando Lapa, João Pedro Oliveira, Evgueni Zoudilkine, Sara Carvalho, Miguel Azguime, Ricardo Ribeiro, Nuno Figueiredo, Ângela da Ponte
 
Carlos Caires e José Luís Ferreira . direcção e coordenação
 
________
Rui Torres . concepção
 
________
Adam Stansbie, Konstantinos Karathanasis, Jaime Reis, João Castro Pinto
 
________
Roberto Palazzolo . premiado concurso Música Viva 2016
 
Paulo Ferreira-Lopes
 
________
Miguel Álvarez-Fernández
 
 
Ricardo Ribeiro. direcção artística
 
Miguel Azguime, Alberto Posadas, Alexander Schubert, Pedro Junqueira Maia
 
 


publicado por olhar para o mundo às 23:13 | link do post | comentar

Terça-feira, 24.05.16

cartaz_MV2016site2.jpg

 

2a semana do FESTIVAL MÚSICA VIVA 2016

 no O'Culto da Ajuda

O Música Viva é uma iniciativa integrada de fomento e divulgação da criação musical contemporânea, especialmente dedicada aos compositores e intérpretes portugueses e às relações da música com a tecnologia. O Festival Música Viva completará em 2016 a sua 22ª edição. A mostrar a vitalidade da criação musical em Portugal num evidente confronto de ideias e estéticas, proporcionando novas possibilidades de experimentação, fomentando novos espaços de expressão e de aproximação com o público, multiplicando os encontros e dando lugar a valores emergentes que apontam novos caminhos.

 

25/05 21h30 Pedagogia Viva I - Laboratório de Música Mista ESML integrado na semana da composição da Escola Superior de Música de Lisboa 

 

26/05 21h30 Pedagogia Viva II - E.M.E. - Ensemble de Música Electroacústica da ESART de Castelo Branco

 

27/05 21h30 ExpressOriente Duo - "A China fica ao lado - tributo a Maria Ondina Braga”: R.Dias, A.Lopes, Junqueira Maia
23h00 Orquestra de Altifalantes - música electrónica: Gobeil, Babcock, R.Dias, Castro Pinto

 

28/05 21h30 João Dias - "Caixa Eléctrica" - música portuguesa para percussão: Gomes, Costa, Junqueira Maia, Moreira
23h00 Orquestra de Altifalantes - música electrónica: Moore, Sorce-Levesque



publicado por olhar para o mundo às 21:13 | link do post | comentar

Quinta-feira, 19.05.16
cartaz_MV2016site2.jpg
 
FESTIVAL MÚSICA VIVA 2016 NON PLUS NECTAR
 

O Música Viva é uma iniciativa integrada de fomento e divulgação da criação musical contemporânea, especialmente dedicada aos compositores e intérpretes portugueses e às relações da música com a tecnologia. O Festival Música Viva completará em 2016 a sua 22ª edição. A mostrar a vitalidade da criação musical em Portugal num evidente confronto de ideias e estéticas, proporcionando novas possibilidades de experimentação, fomentando novos espaços de expressão e de aproximação com o público, multiplicando os encontros e dando lugar a valores emergentes que apontam novos caminhos.

20/05 21h30 Sond’Ar-te Electric Ensemble: Gabirro, Sucena de Almeida, Azguime, Ribeiro

21/05 21h30 Mark Lotz
23h00 Henrique Portovedo: Berio, Essl, F.Lopes, I.Silva, Rua

22/05 21h30 Camerata Alma Mater: Webern, Sousa Rocha, Azguime

25/05 21h30 Pedagogia Viva I - Laboratório de Música Mista ESML integrado na semana da composição da Escola Superior de Música de Lisboa 

26/05 21h30 Pedagogia Viva II - E.M.E. - Ensemble de Música Electroacústica da ESART de Castelo Branco

27/05 21h30 ExpressOriente Duo - "A China fica ao lado - tributo a Maria Ondina Braga”: R.Dias, A.Lopes, Junqueira Maia
23h00 Orquestra de Altifalantes - música electrónica: Gobeil, Babcock, R.Dias, Castro Pinto

28/05 21h30 João Dias - "Caixa Eléctrica" - música portuguesa para percussão: Gomes, Costa, Junqueira Maia, Moreira
23h00 Orquestra de Altifalantes - música electrónica: Moore, Sorce-Levesque



publicado por olhar para o mundo às 23:13 | link do post | comentar

Terça-feira, 03.05.16

cartaz_MV2016site2.jpg

 

FESTIVAL MÚSICA VIVA 2016 NON PLUS NECTAR
 
 

O Música Viva é uma iniciativa integrada de fomento e divulgação da criação musical contemporânea, especialmente dedicada aos compositores e intérpretes portugueses e às relações da música com a tecnologia. O Festival Música Viva completará em 2016 a sua 22ª edição. A mostrar a vitalidade da criação musical em Portugal num evidente confronto de ideias e estéticas, proporcionando novas possibilidades de experimentação, fomentando novos espaços de expressão e de aproximação com o público, multiplicando os encontros e dando lugar a valores emergentes que apontam novos caminhos. 

 

20/04 21h30 Sond’Ar-te Electric Ensemble: Gabirro, Sucena de Almeida, Azguime, Ribeiro

21/04 21h30 Mark Lotz
23h00 Henrique Portovedo: Berio, Essl, F.Lopes, I.Silva, Rua

22/04 21h30 Camerata Alma Mater: Webern, Sousa Rocha, Azguime

25/04 21h30 Pedagogia Viva I - Laboratório de Música Mista ESML integrado na semana da composição da Escola Superior de Música de Lisboa 

26/04 21h30 Pedagogia Viva II - E.M.E. - Ensemble de Música Electroacústica da ESART de Castelo Branco

27/04 21h30 ExpressOriente Duo - "A China fica ao lado - tributo a Maria Ondina Braga”: R.Dias, A.Lopes, Junqueira Maia
23h00 Orquestra de Altifalantes - música electrónica: Gobeil, Babcock, R.Dias, Castro Pinto

28/04 21h30 João Dias - "Caixa Eléctrica" - música portuguesa para percussão: Gomes, Costa, Junqueira Maia, Moreira
23h00 Orquestra de Altifalantes - música electrónica: Moore, Sorce-Levesque



publicado por olhar para o mundo às 12:13 | link do post | comentar

Quarta-feira, 27.05.15

 

 

FESTIVAL MÚSICA VIVA 2015

Miso Music Portugal . 30 Anos!
O'culto da Ajuda em Lisboa
21 a 30 de Maio

ENCONTROS
21 Maio  .  22 Maio  .  23 Maio  .  24 Maio  .  25 Maio  .  26 Maio  .  27 Maio  .  28 Maio  .  29 Maio  .  30 Maio

INSTALAÇÕES   .   CONFERÊNCIA  .  CURSOS E WORKSHOPS
 

27 de Maio
 
21h30 . ENCONTRO XII 
 

CARA (Ano Zero) 

 

 Consequência do trabalho desenvolvido desde 2010, tendo em vista criar um centro de alto rendimento artístico em Matosinhos, o projecto CARA (Ano Zero) iniciou-se em Dezembro do ano passado sob a chancela da Orquestra de Jazz de Matosinhos e do Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores do Porto. Esta performance apresentada agora no âmbito do Música Viva 2015 constitui o primeiro módulo de programação e provocação do projeto CARA, uma iniciativa que congrega a criação artística, a inovação tecnológica e o envolvimento de parceiros externos, abordando a música enquanto organização de som no tempo e no espaço e neste sentido proporcionando ao público uma experiência musical e sensorial única. Para dar corpo a este novo desafio a OJM encomendou cinco peças originais a cinco compositores portugueses: Igor C. Silva, Filipe Lopes, Rui Penha, Rui Dias e Gustavo Costa. Complementando este programa, no fim deste 12.º encontro do Música Viva 2015 ouviremos ainda um fresco electroacústico de Miguel Negrão.

 

 
Gilberto Bernardes, saxofone . André Dias, percussão . Filipe Lopes, Gustavo Costa, Igor C. Silva, Rui Dias, Rui Penha, electrónica . Orquestra de Altifalantes . Miguel Negrão, projecção sonora  

Igor C. Silva, Gin#122 (2014)
para kalimba e electrónica
intérprete: André Dias, percussão

Filipe Lopes, Tombe le silence dans le son (2014)
para electrónica

Rui Penha, no man is an island (2014)
para aerofone e electrónica (elaborada sobre gravações da voz de Helena Caspurro)
intérprete: Gilberto Bernardes, saxofone

Rui Dias, Big Bend (2014)
para electrónica (elaborada sobre gravações da Orquestra de Jazz de Matosinhos)

Gustavo Costa, Halcyonian (2014)
para percussão, trompete e electrónica

Miguel Negrão, Subjective referral backwards in time (2010) 
8 pistas, para orquestra de altifalantes

 

O’culto da Ajuda
Miso Music Portugal
art music centre
because sound matters
..........................................


publicado por olhar para o mundo às 19:31 | link do post | comentar

Quarta-feira, 27.11.13

 Festival Música viva 2013



dare to listen new!

 

Espaço-tempo da música portuguesa contemporânea, da afirmação da sua vitalidade, plataforma de circulação e confronto de ideias e de estéticas, o Festival Música Viva completa em 2013 a sua 19ª edição, este ano em co-produção com o Teatro Municipal São Luiz, com o propósito de manter vivos os valores mais altos da civilização e da condição humana e dar a ouvir o que há de novo, acabado de criar!


No programa, uma centena de obras, incluindo um número importante de estreias absolutas de compositores portugueses, iniciativas de pedagogia pela Arte, cursos, instalações sonoras e multimédia (com a participação de mais de 50 compositores de todo o mundo); e ainda pela primeira vez, o "Música Viva Fringe" em parceria com o CAAA Centro para os Assuntos da Arte e Arquitectura em Guimarães, com a Trienal de Arquitectura de Lisboa, com o Centro Cultural de Cascais, com a Escola de Artes da Universidade de Évora, com o CITAR - Centro de Investigação em Ciência e Tecnologia das Artes da Universidade Católica do Porto, e com a ESART - Instituto Politécnico de Castelo Branco.

 

 

GUIMARÃES
16 DE NOVEMBRO A 5 DE JANEIRO

 

LISBOA
6 A 13 DE DEZEMBRO

 

CASCAIS
7 E 8 DE DEZEMBRO

 

ÉVORA
18 DE DEZEMBRO

VER PROGRAMA COMPLETO DO FESTIVAL ONLINE AQUI



publicado por olhar para o mundo às 22:59 | link do post | comentar


Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email
mais sobre mim




posts recentes

FESTIVAL MÚSICA VIVA 2017...

2a semana do FESTIVAL MÚS...

O'CULTO DA AJUDA - FESTIV...

Festival Música Viva 2016...

FESTIVAL MÚSICA VIVA 2015...

dare to listen new! - FES...

arquivos

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

tags

todas as tags

links
comentários recentes
Grande Musica
Musica Qualitativa
Ah que fixe!!!Obrigada A Música Portuguesa por aju...
*ps: nós que fizemos!
Ah que fixe!!!Obrigada A Música Portuguesa por aju...
OláInfelizmente não lhe consigo responder, eu não...
OlaaQueria por favor saber se exiate a musica em C...
Te amo Loony ....so tua fa
http://yolandabythemusic.blogspot.co.uk/
Música xinofoba, que pena. Gosto de ouvir Ana Mour...
blogs SAPO
subscrever feeds