Quinta-feira, 04.05.17

tia graça.png

 

 

“Tia Graça – toda a gente devia ter uma”


d’Orfeu AC estreia nova criação esta sexta-feira! Últimos bilhetes à venda.

http://www.dorfeu.pt/tiagraca

“Tia Graça – Toda a gente devia ter uma” é a nova criação da d’Orfeu AC, que estreia na próxima sexta–feira 5 maio, às 22h00, na recém-inaugurada Latada do Espaço d’Orfeu, em Águeda. Os bilhetes estão à venda e a lotação é limitada.

Depois da inauguração a 21 de abril, com lotação esgotada, num concerto que assinalou o regresso d’Os CantAutores, a nova Latada do Espaço d’Orfeu prepara-se agora para receber a estreia da nova proposta criativa da d’Orfeu AC: “Tia Graça – Toda a gente devia ter uma”.
 
Esta nova criação da d’Orfeu AC eleva, para novo patamar, a sua matriz músico-teatral. “Tia Graça” é um espetáculo de autor, concebido e interpretado por Luís Fernandes, no papel mais maduro do seu percurso criativo, a par de um extraordinário trio de jovens instrumentistas da nova vaga: Joana Soares (oboé), Inês Moreira Coelho (fagote) e Inês Luzio (eufónio). O inusitado naipe de sopros que acompanha, ao vivo, as canções originais, traz ao espetáculo as reminiscências filarmónicas que ilustram o contexto familiar da vida da personagem central, a Tia Graça, mas com uma transversal e sofisticada linguagem musical para todas as idades.

Depois de "Reportório Osório”, este novo espetáculo de Luís Fernandes aprofunda as ligações, gratas para o autor, entre tradição e contemporaneidade, passando uma forte mensagem com ternura e a necessária inteligência, num registo estimulante para o consumido espetador dos nossos dias. Em “Tia Graça”, reconhece-se a valorização tardia destes entes mais discretos, aqui trazidos à ribalta, retratando os temas da velhice e da solidão com muito humor. Uma lição de vida em palco.

Com músicas de Manuel Maio e cenografia de enVide neFelibata (do Teatro e Marionetas de Mandrágora), “Tia Graça” é um espetáculo que homenageia as mulheres que vivem nos bastidores das vidas de tantos músicos, a lavar, a coser, a passar, a cozinhar, a mimar. E sempre à espera. Toda a gente devia ter uma Tia Graça.

http://www.dorfeu.pt/tiagraca

http://www.facebook.com/events/456516864681126



publicado por olhar para o mundo às 12:13 | link do post | comentar

Domingo, 30.04.17

festival i.png

 

 

Centro de Artes de Águeda acolhe espetáculo de abertura, na noite de 19 de maio.


Já disponível o programa completo do 9º Festival i.


Águeda, 19, 20 e 21 de maio 2017
programa completo: http://www.dorfeu.pt/i

 

Nos dias 19, 20 e 21 de maio, Águeda acolhe a 9ª edição do Festival i, a grande festa das artes de palco em família. A abertura estará a cargo dos Clã, que trazem o musical “Fã” a um novo palco do festival e da cidade: o Centro de Artes de Águeda. Depois, a festa continua no sábado e no domingo, com dezenas de espetáculos e atividades, num programa non-stop que acaba de ser divulgado.

São mais de 15 propostas distintas, de Portugal e Espanha, em três dias dedicados ao público infantil. A 9ª edição do Festival i decorre de 19 a 21 de maio e, este ano, terá mais um palco na cidade: o novíssimo Centro de Artes de Águeda. É lá que terá lugar o espetáculo de abertura, na sexta-feira 19 de maio, às 21h00. “Fã” é o recém-estreado musical dos Clã, com guião de Regina Guimarães e encenação de Nuno Carinhas. Um espetáculo dedicado aos supernovos, mas que não causa mortal aborrecimento a pais, parentes, educadores, vizinhos, padrinhos, madrinhas e demais companheiros. No mesmo dia, às 10h30, haverá também uma sessão de entrada livre para público escolar, mediante marcação prévia.

No sábado (20) e no domingo (21), segue-se o já conhecido e contagiante ritmo de espetáculos, atividades, jogos e oficinas, para bebés, miúdos e graúdos. Das 10h30 às 19h30, o roteiro do Festival passará por vários locais da cidade. No Espaço d’Orfeu, há também um renovado palco a explorar: a nova Latada da d’Orfeu AC. A ela, junta-se o Centro de Artes de Águeda, o Auditório Ana Paula Silva, a Biblioteca Municipal Manuel Alegre, a Junta de Freguesia e o Mercado Municipal.

O Festival contará com a presença de duas companhias espanholas: a dupla Vibra-Tó, que, para além de um surpreendente concerto didático e interativo, realizará uma oficina de construção de instrumentos a partir de materiais reciclados e objetos do quotidiano; e Jean Philippe Kikolas, que trará “Sin Remite”, um espetáculo de teatro-circo e humor gestual.
 
Os bebés terão novamente um espetáculo especial só para eles. “Que Histórias conta a Lua?”, pela companhia O Som do Algodão, apresenta-se na Biblioteca Municipal no domingo (21), às 10h30. Histórias de gente e de bichos, músicas e poemas que se prolongam no anoitecer lento. Para bebés, crianças e famílias sonhadoras.
 
A fechar o último dia do Festival, estará a vertente formativa da d’Orfeu AC, com uma “Assemblagem” de pequenos grandes talentos, que reúne músicos e atores da d’Formação, incluindo opÁ!, EMtrad’ e Núcleo de Teatro Infantil. No cartaz, encontramos também A Fada Oriana (Teatro do Bolhão), Baile das Histórias (PédeXumbo), Um dia Serei Grande (Baal17), Areias (Imaginar do Gigante), Fábrica das Gravatas (Nuvem Voadora), Alforria (Boca de Cão), entre muitos outros espetáculos.
 
Não faltam propostas para o público do “i” que, mais uma vez, terá de decidir bem o que quer ver para desfrutar do melhor do festival, uma vez que há programação simultânea de teatro, música, marionetas, animação de rua, dança, literatura, jogos e oficinas. A pulseira individual geral é válida para os três dias do Festival (sexta, sábado e domingo) e tem o custo de 8€, havendo desconto de 50% para adultos acompanhantes e portadores Cartão d'Orfeu. As pulseiras (diárias e gerais) estarão à venda brevemente e podem ainda ser adquiridas à entrada para os espetáculos.

Imaginativo, incrível e inigualável: nos dias 19, 20 e 21 de maio, todos a Águeda, todos ao i!

PROGRAMA COMPLETO:
http://www.dorfeu.pt/i



publicado por olhar para o mundo às 12:13 | link do post | comentar

Sexta-feira, 21.04.17

oscantautores.jpg

 

OS CANTAUTORES
d'Orfeu
ConcertoPreço: 7,5 / 5 €

 

Local:  Auditório 1
Data/Hora:  Seg. 24 de abril de 2017 às 21:45

Celebrar o 25 de Abril com o regresso do tributo aos grandes músicos de intervenção
  
Uma década depois, Luís Fernandes e Miguel Calhaz retomam a parceria musical que uniu as suas vozes em “Os CantAutores”, o espetáculo da d’Orfeu que, nos primeiros anos deste século, circulou por todo o país e resultou num disco de referência. Parte da obra menos conhecida dos cantautores José Afonso, Sérgio Godinho, Fausto e José Mário Branco vai voltar a subir aos palcos nacionais, agora em quinteto, na companhia do pianista Marco Figueiredo (também da formação original), do saxofonista Rodrigo Neves e do baterista Rui Lúcio.

A genialidade de uma certa música de intervenção, cuja atualidade não se perdeu, muito menos deixou de despertar intenso fascínio às novas gerações de público. Trata-se de música marcante na história das últimas décadas do país, um Portugal cantado nos discos e na obra destes quatro cantautores. O tributo continua e não pode deixar de ser prestado. A d’Orfeu AC, num momento importante do seu percurso criativo, tem a honra de apresentar a quarta série de “Os CantAutores”.

PREÇO: 7,50€ / Associado: 5€ / Descontos: 6€ / Desempregado: 2,50€ / Bilhete família disponível




Ficha TécnicaHistorial
Este espetáculo temático cumpriu um roteiro de largas dezenas de concertos em Portugal entre 2001 e 2003, tendo ficado também marcado pela edição do CD Os Cantautores. Foi um ciclo de concertos de homenagem a três grandes figuras da música portuguesa, José Afonso, Sérgio Godinho e Fausto.

Miguel Calhaz: Voz e contrabaixo
Luís Fernandes: Voz, braguesa, acordeão e flauta
Marco Figueiredo: Piano
Rodrigo Neves: Saxofone
Rui Lúcio: Bateria



publicado por olhar para o mundo às 23:13 | link do post | comentar

Quarta-feira, 12.04.17

cantautores.jpg

 

OS CANTAUTORES
d'Orfeu
ConcertoPreço: 7,5 / 5 €

 

Local:  Auditório 1
Data/Hora:  Seg. 24 de abril de 2017 às 21:45

Celebrar o 25 de Abril com o regresso do tributo aos grandes músicos de intervenção
  
Uma década depois, Luís Fernandes e Miguel Calhaz retomam a parceria musical que uniu as suas vozes em “Os CantAutores”, o espetáculo da d’Orfeu que, nos primeiros anos deste século, circulou por todo o país e resultou num disco de referência. Parte da obra menos conhecida dos cantautores José Afonso, Sérgio Godinho, Fausto e José Mário Branco vai voltar a subir aos palcos nacionais, agora em quinteto, na companhia do pianista Marco Figueiredo (também da formação original), do saxofonista Rodrigo Neves e do baterista Rui Lúcio.

A genialidade de uma certa música de intervenção, cuja atualidade não se perdeu, muito menos deixou de despertar intenso fascínio às novas gerações de público. Trata-se de música marcante na história das últimas décadas do país, um Portugal cantado nos discos e na obra destes quatro cantautores. O tributo continua e não pode deixar de ser prestado. A d’Orfeu AC, num momento importante do seu percurso criativo, tem a honra de apresentar a quarta série de “Os CantAutores”.

PREÇO: 7,50€ / Associado: 5€ / Descontos: 6€ / Desempregado: 2,50€ / Bilhete família disponível




Ficha TécnicaHistorial
Este espetáculo temático cumpriu um roteiro de largas dezenas de concertos em Portugal entre 2001 e 2003, tendo ficado também marcado pela edição do CD Os Cantautores. Foi um ciclo de concertos de homenagem a três grandes figuras da música portuguesa, José Afonso, Sérgio Godinho e Fausto.

Miguel Calhaz: Voz e contrabaixo
Luís Fernandes: Voz, braguesa, acordeão e flauta
Marco Figueiredo: Piano
Rodrigo Neves: Saxofone
Rui Lúcio: Bateria



publicado por olhar para o mundo às 21:13 | link do post | comentar

Sábado, 08.04.17

dorfeu.png

 

Bilhetes já estão à venda na d’Orfeu.


Espaço d’Orfeu inaugura nova latada, a 21 de abril, com “Os CantAutores”!


”Os CantAutores” e “Tia Graça” são as novas propostas criativas da d’Orfeu AC.


No próximo dia 21 de abril, a d’Orfeu AC assinala a inauguração da renovada latada com o regresso do concerto de tributo “Os CantAutores”, agora em quinteto. Duas semanas depois, a 5 de maio, este novo palco da cidade recebe a estreia absoluta da nova criação da casa: “Tia Graça – toda a gente devia ter uma”. Os bilhetes para 21 abril já estão à venda na d’Orfeu.

Depois de uma intervenção de fundo, que começou em dezembro de 2016 e está prestes a concluir-se, o Espaço d’Orfeu passa a contar com um renovado local para a agenda cultural de Águeda, trazendo também novas soluções para a atividade da d’Orfeu AC. A inauguração está marcada para dia 21 de abril, às 22h00, com um concerto que assinala o regresso d’Os CantAutores, agora em quinteto.

Dez anos depois, Luís Fernandes e Miguel Calhaz retomam a parceria musical que uniu as suas vozes em “Os CantAutores”, o espetáculo da d’Orfeu que, nos primeiros anos deste século, circulou por todo o país e resultou num disco de referência homónimo. Parte da obra menos conhecida dos cantautores José Afonso, Sérgio Godinho, Fausto e José Mário Branco vai voltar a subir aos palcos nacionais, na companhia do pianista Marco Figueiredo (também da formação original), do saxofonista Rodrigo Neves e do baterista Rui Lúcio.

É o regresso da música de intervenção, cuja atualidade não se perdeu, muito menos deixou de despertar intenso fascínio às novas gerações de público. Trata-se de música marcante na história das últimas décadas de Portugal, que vai voltar a percorrer o país, com Águeda (21 abril), Guarda (22 abril) e Tondela (24 abril) já na agenda.

Mas a d’Orfeu AC tem outra nova proposta para 2017, reforçando um momento importante do seu percurso criativo, com estreia marcada para 5 de maio, também na nova latada do Espaço d’Orfeu: “Tia Graça – toda a gente devia ter uma” eleva para novo patamar a matriz músico-teatral da associação. É um espetáculo de autor, concebido e interpretado por Luís Fernandes, a par de um extraordinário trio de jovens instrumentistas da nova vaga: Joana Soares (oboé), Inês Moreira Coelho (fagote) e Inês Luzio (eufónio).

Uma homenagem às mulheres que vivem nos bastidores das vidas dos músicos, a lavar, a coser, a passar, a cozinhar, a mimar. E sempre à espera. Em “Tia Graça”, reconhece-se a valorização tardia dos entes mais discretos, aqui trazidos à ribalta, retratando os temas da velhice e da solidão com muito humor. Uma lição de vida em palco.
 
O portfolio criativo da d’Orfeu AC recebe, assim, duas novas criações que se juntam às cinco que estão em cena (“Conchas”, “Borbolino”, “Reportório Osório”, “Muito Riso, Muito Siso” e “Toques do Caramulo”) e em permanente digressão, mas tendo agora um novo palco em casa, na renovada latada do Espaço d’Orfeu.

sobre Os CantAutores:
http://www.dorfeu.pt/oscantautores

sobre Tia Graça:
http://www.dorfeu.pt/tiagraca



publicado por olhar para o mundo às 21:13 | link do post | comentar

Sexta-feira, 16.09.16

outonalidades.png

 


O “OuTonalidades – circuito português de música ao vivo” cumpre este ano a sua 20ª edição. De 21 de setembro a 15 de dezembro, são 70 concertos de 38 grupos em 40 espaços, distribuídos por Portugal, pela Galiza e por diversas extensões nacionais e internacionais estabelecidas para 2016. Volta a atingir-se, nesta edição, um grande número de concertos e espaços aderentes, o que demonstra a capacidade do evento em gerar novas oportunidades de circulação.


A 20ª edição do circuito arranca com um fim-de-semana em grande. Omiri, a potência sonora da tradição nos nossos dias, às mãos do multi-instrumentista Vasco Ribeiro Casais, tem honras de abertura num concerto no Espaço d’Orfeu, a 21 de setembro, integrado na programação do Festival "O Gesto Orelhudo". No dia seguinte, 22, é a vez da festa de Claiana subir ao mesmo palco. Também na quinta-feira, a dupla portuguesa de chorinho - Gileno Santana & Tuniko Goulart - apresenta-se no Museu Júlio Dinis, em Ovar, integrado no ciclo “Música quinta à noite”, e a dupla galega Uxía & Narf apresenta o seu primeiro disco em conjunto “Baladas da Galiza Imaxinaria”, no Cine-Teatro Alba, em Albergaria-a-Velha, integrado no ciclo “Às Quintas”. Na sexta, sábado e domingo (23, 24 e 25 de setembro) a banda conimbricense Birds Are Indie realiza um périplo de três concertos em três espaços da vizinha Galiza.
 
Semana após semana, os concertos sucedem-se e, além de Águeda, Ovar e Albergaria-a-Velha, o circuito passará também por Santa Maria da Feira, Viseu, Penedono, Tavira, Sever do Vouga, Idanha-a-Nova, Estarreja, Idanha-a-Velha e Famalicão da Serra. Na Galiza, o OuTonalidades circulará por Laxe (A Coruña), Vigo, O Grove, Santiago de Compostela, Lugo, Bueu (Pontevedra), O Barco de Valdeorras, Isla de Arosa e Melide (A Coruña).
 
A grande novidade do OuTonalidades 2016 é precisamente o reatar da dimensão transfronteiriça deste circuito, alargando o roteiro e as oportunidades desde a Galiza ao Algarve, graças a um convénio restabelecido com a AGADIC, a Agência Galega das Indústrias Culturais, em parceria com a Clubtura, Associação Galega de Salas de Música ao Vivo. Birds Are Indie, CoMcORdAs e Serushio são os grupos portugueses que viajam até à Galiza com o OuTonalidades.
 
Para além do alargamento à Galiza, o 20º OuTonalidades conta ainda com várias extensões, pontes de cooperação internacional e nacional, fruto de parcerias da d’Orfeu AC, prosseguindo a sua missão de incentivo à circulação da música ao vivo, num trabalho em rede cujas sinergias extravasam o tempo e os espaços do próprio evento. Esta circulação, em franca expansão, leva este ano 14 grupos a realizar 22 concertos em 4 países: Portugal, Espanha, França e, pela primeira vez, no Brasil.
 
Chega agora o momento de, durante 14 fins-de-semana, o circuito português de música ao vivo voltar a palmilhar o país de lés-a-lés, através de uma alargada rede de Espaços abertos à diversidade das músicas que se fazem em território nacional, mas não só. O circuito é coordenado pela d’Orfeu AC em colaboração direta com inúmeros parceiros (Municípios, Teatros, Associações), na consolidação de uma grande rede de programação que junta grupos emergentes e reconhecidos, todos de inegável qualidade, resultantes de um processo que iniciou com 253 grupos candidatos a esta 20ª edição, dos quais se constituiu uma Bolsa de 112 grupos pré-selecionados e se chegou aos 38 que será possível conhecer ao vivo!

GRUPOS PROGRAMADOS NA 20ª EDIÇÃO:
A Charanga – Adufe & Alguidar - Birds Are Indie - Cachupa Psicadélica - César Cardoso Quartet "Bottom Shelf" - Celina da Piedade – Claiana – CoMcORdAs – Crassh - Edu Miranda Trio - Fábio Neves (Brasil) – Flak – Gapura - Gileno Santana & Tuniko Goulart - Golden Slumbers - Isabel Vinardell & Isabelle Laudenbach (Espanha) - João Pequeno - Kátya Teixeira (Brasil) - Kepa Junkera Trío (Espanha) - Korrontzi (Espanha) - Maria Monda - Medeiros/Lucas – Noiserv - Nuno Prata – Omiri - Oques Grasses (Espanha) - Pedro Mestre – Peixe - Reportório Osório – Sampladélicos - Sebastião Antunes – Serushio – Songbird - They Must Be Crazy - Uxía & João Gentil (Espanha / Portugal) - Uxía & Narf (Espanha) - We Bless This Mess - [Caméra] (França)

PROGRAMA DETALHADO DE CONCERTOS:
http://www.dorfeu.pt/outonalidades

http://facebook.com/outonalidades

 



publicado por olhar para o mundo às 21:13 | link do post | comentar

Segunda-feira, 06.06.16

pozzo.png

 

 

http://www.dorfeu.pt/criacao


Pozzo chega a Sevilha. Conchas pelo país. d’Orfeu AC com 8 espetáculos em digressão!

“Pozzo” chega a Sevilha! A estreia do espetáculo em Espanha será a 11 de junho, no festival Circada.

 

A d’Orfeu tem, neste momento, oito criações na estrada. Estreou “Conchas” e “Pozzo”, duas co-produções, em abril passado e enfrenta uma intensa agenda de verão, cruzando muitos palcos e territórios. A cada semana, multiplicam-se as viagens e as emoções. As agendas completas podem ser conhecidas emhttp://www.dorfeu.pt/criacao/.

“Pozzo”, de Rui Paixão e Carlos Reis, o mais recente projeto criativo com carimbo d’Orfeu, estreado em abril numa co-produção com o Cão à Chuva, é apresentado a 11 de junho no festival Circada, em Sevilha (Espanha). Vai passar depois por Braga, Almada, Guimarães, Ovar, Paredes de Coura, Caldas da Raínha e Sines. O “Pozzo” chegará em setembro a Águeda!
O outro espetáculo da mesma dupla, “Lullaby”, chega este fim-de-semana a França, onde se apresenta no Festival Les Années Joué, na região de Tours, com apresentações a 4 e 5 de junho. Seguirá diretamente para Sevilha e Málaga, também no âmbito do Circada, antes de prosseguir uma intensa agenda de verão por todo o país e no estrangeiro.

Outra estreia de abril foi “Conchas”, o espetáculo para bebés co-produzido entre d’Orfeu AC, Marionetas de Mandrágora e Franziska Aarflot (Noruega). Já passou por Ílhavo, Sever do Vouga, Estarreja, Águeda e Abrantes, com famílias encantadas em todas as sessões. As próximas apresentações são em Oliveira do Bairro (Quartel das Artes, 12 de junho) e em São João da Madeira (Casa da Criatividade, 2 de julho).

No passado fim-de-semana em Almada, no Festival Sementes, esteve o espetáculo “Borbolino”, solo de Ricardo Falcão inspirado no livro homónimo de Odete Ferreira. O solo de Ricardo Falcão, que ultimamente passara também por Espinho e Vagos, volta a ser apresentado a 24 de junho, na Biblioteca Municipal de Estarreja.

Pelo meio das gravações para novo disco, os “Toques do Caramulo” voltam à estrada já este sábado, 4 junho, nas Festas do Município de Estarreja. Antes, houve concertos em Redondela (Galiza) e Penedono. A 21 de julho tocarão no Babelsound festival, na Hungria.

Por Guimarães, Beja, Estarreja e Aveiro passou já o “Muito Riso, Muito Siso” este ano. Também em Guimarães esteve, no último sábado, o “Reportório Osório”, que tem novas datas para breve. Por fim, destaque para “Birilibaile”, formação que, depois da participação no Festival i, tem prevista para agosto uma digressão a Neuchâtel, na Suíça.



publicado por olhar para o mundo às 12:13 | link do post | comentar

Sábado, 12.12.15

conchasepszzo.png

 

Vertente criativa da d’Orfeu AC abre horizontes, com co-produções para bebés e de new clown!
“Conchas” e “Pozzo” estreiam em Abril de 2016!

http://www.dorfeu.pt/conchas
http://www.dorfeu.pt/pozzo


d’Orfeu AC assume direcção de produção dos projectos artísticos Cão à Chuva

A d’Orfeu anuncia duas novas criações para 2016, ambas em regime de co-produção. “Conchas”, música e marionetas para bebés, resulta de uma parceria criativa que envolve também as Marionetas de Mandrágora e Franzisca Aarflot Productions (Noruega). “Pozzo”, espectáculo de new clown, é a nova criação de Cão à Chuva, companhia de Rui Paixão, o clown português que está seleccionado para o Cirque du Soleil.

A dupla Rui Paixão (clown) e Carlos Reis (músico), os artistas de Cão à Chuva, acaba de se associar ao núcleo criativo da d’Orfeu AC, que passa a assumir a direcção de produção dos projectos artísticos da jovem companhia. “Lullaby”, a primeira criação, no seu primeiro ano obteve reconhecimento imediato em festivais como o Imaginarius (Portugal), o Circada (Sevilha) e o Fringe (Edimburgo). Agora, ao seu repertório junta-se “Pozzo”, um espectáculo estranhamente surreal, em que o intérprete se desdobra em diferentes personagens, numa performance que privilegia a investigação sobre o clown contemporâneo e o trabalho de máscara, além da música tocada ao vivo. Pozzo é um espectáculo cómico, interactivo, interventivo e absurdamente cheio de sentido.

“Conchas” é uma co-produção internacional para bebés, resultante do projecto «Hands full of Shells and Feet full of Flowers», um processo criativo colaborativo desenvolvido entre d’Orfeu AC, Marionetas de Mandrágora e Franzisca Aarflot Productions (Noruega). Partindo da memória coletiva de ambos os países (Portugal e Noruega), misturou-se a música, a expressão dramática e corporal, o movimento e as marionetas e encontrou-se um compromisso cultural identitário. Um espectáculo icónico onde a abordagem não-verbal ganha forma através da fusão fonética das duas línguas, criando novas palavras e sons, aliada à musicalidade e à linguagem corporal. "Conchas" conta a história de viajantes, pintados na tela, reais e imaginários, privilegiando os bebés e as suas famílias, porque este público é a semente que germina.

“Pozzo” e “Conchas” juntam-se ao portfolio criativo da d’Orfeu que, em 2016, conta ainda com “Birilibaile”, “Borbolino”, “Olá Bom Dia”, “Muito Riso, Muito Siso”, “Reportório Osório” e “Toques do Caramulo”, espectáculos cuja informação detalhada pode ser consultada em http://www.dorfeu.pt/criacao. Há vinte anos, com passos simples. Agora, futuro compassado.



http://www.dorfeu.pt/
http://dorfeu.blogspot.com/
http://www.facebook.com/dOrfeuAC



publicado por olhar para o mundo às 19:13 | link do post | comentar

Quinta-feira, 26.11.15

gestoorelhudo.jpe

 

 

São os 20 anos d’Orfeu AC. A festa orelhuda anuncia também DJs ao fim da noite.
Programa integral do 14º  Festival “O Gesto Orelhudo”. Já só falta chegar o dia!

Estamos à beira da 14ª edição do Festival “O Gesto Orelhudo” e, para além do programa de espectáculos já revelado, em todas as noites do Festival haverá animação por DJs na zona do Bar do Cine-Teatro São Pedro, após os espectáculos na plateia e no balcão. O festival instala-se na alta da cidade, entre a Fundação Dionísio Pinheiro (fins de tarde) e o Cine-Teatro São Pedro (espectáculos da noite), em plena celebração dos 20 anos da d’Orfeu AC.

O naipe de DJs que vão animar cada noite orelhuda, no bar do Cine-Teatro São Pedro, são DJ Johnny Red com "Música Portuguesa Com Certeza!" (quarta 2 Dezembro), DJ Ricardo Beja com “Vintage Rock” (quinta 3 Dezembro), o projecto de World Music “Pedro e o Lobo”, da dupla Granada e Jonhy Walker (sexta 4 Dezembro) e DJ Rui Veiga com o projecto de fusão “Colorau Som Sistema” (sábado 5 Dezembro). Entretanto, estão disponíveis os últimos lugares para o público assistir a “Dead Combo e as Cordas da Má Fama” sentado em palco. Este privilégio é exclusivo para Amigos d’Orfeu que manifestem o seu interesse na compra de bilhete. Esta e outras vantagens da Campanha podem ser conhecidas em http://www.dorfeu.pt/amigos20anos/. Estão ainda abertas as inscrições para Voluntários, como forma de tomar contacto com a dinâmica da produção do festival e contribuir directamente para o seu êxito. As inscrições decorrem em http://www.dorfeu.pt/voluntariado/.

PROGRAMA COMPLETO

Quarta 2 Dezembro  

19h00 | Fundação Dionísio Pinheiro
Estupendo Inuendo | "Ele Tem Uma Guitarra e Eu Não Tenho Nada"
  

21h30 | Cine-Teatro São Pedro - Plateia
Cie. Brouniak (França) | "Les Plummes Dans l'Oreille"


22h45 | Cine-Teatro São Pedro - Balcão
PZ | "Mensagens da Nave-Mãe"


fim de noite | Cine-Teatro São Pedro - Bar
DJ Johnny Red | "Música Portuguesa Com Certeza!"

Quinta 3 Dezembro

19h00 | Fundação Dionísio Pinheiro
Alex Duarte | "Coração Analógico"
  

21h30 | Cine-Teatro São Pedro - Plateia
Dead Combo e as Cordas da Má Fama
 
23h15 | Cine-Teatro São Pedro - Balcão
Penicos de Prata


fim de noite | Cine-Teatro São Pedro - Bar
DJ Ricardo Beja | “Vintage Rock”

Sexta 4 Dezembro
  
18h00 | Fundação Dionísio Pinheiro
d'Orfeu 20 Anos

  
21h30 | Cine-Teatro São Pedro - Plateia
Pep Bou | "La Piel del Agua"
  

23h30 | Cine-Teatro São Pedro - Balcão
Cão à Chuva | "Lullaby"


fim de noite | Cine-Teatro São Pedro - Bar
Pedro e o Lobo (Granada e Jonhy Walker) | World Music

Sábado 5 Dezembro
  
18h00 | Fundação Dionísio Pinheiro
Manifesto Anti-d'Orfeu
  

21h30 | Cine-Teatro São Pedro - Plateia
Guillem Albà & The All In Orchestra | "Marabunta"


23h30 | Cine-Teatro São Pedro - Balcão
TochaPestana


DJ Rui Veiga | “Colorau Som Sistema”


MAIS INFORMAÇÕES
http://www.dorfeu.pt/ogestoorelhudo/



publicado por olhar para o mundo às 23:13 | link do post | comentar

Quarta-feira, 04.11.15

d’Orfeu abre as portas, enchendo de actividades os corredores da cultura!

CASA ABERTA
sexta 6 Novembro
das 15h00 às 21h00
com aulas, performances, imagens, teatro, percussão, jam session, poesia e... magusto!

dorfeu.png


No próximo dia 6 de Novembro (sexta-feira), a partir das 15 horas, o Espaço d’Orfeu entra em modo Casa Aberta a todos os que queiram conhecer, por dentro, o berço das iniciativas da d’Orfeu AC. Os visitantes serão brindados com um dia especial de actividades, no aconchego caseiro de um espaço que respira artes e formação. A jornada termina com um magusto, também aberto a toda a comunidade.

A Casa Aberta terá lugar entre as 15h00 e as 21h00 de sexta-feira e tem, como principais destaques, a TV 20 anos em projecção permanente, Aulas Abertas da d’Formação, a exposição permanente de todos os cartazes d’Orfeu, exposição de fotos Rio Povo, apresentações da opÁ! – orquestra percussiva de Águeda (pelas 18h00) e do Núcleo de Teatro e Expressão Teatral para Crianças (18h30), Jam session com baile e poesia (19h00) e um Magusto com castanhas e jeropiga a partir do final da tarde.

A iniciativa “Casa Aberta” representa também um olhar especial para o edifício onde a d’Orfeu funciona desde 1997 (pouco tempo depois da fundação) e no qual montou um autêntico quartel-general de cultura, de Águeda para o mundo. No âmbito destes 20 anos, está em marcha uma série de beneficiações e obras de adaptação no imóvel, as mais abrangentes desde que a associação ali trabalha e que se prolongarão nos próximos meses, com vista à finalidade artística e cultural da sua actividade e ao melhor usufruto por parte de toda a vasta comunidade que por lá passa.

O programa integral dos “20 Anos, 20 Iniciativas” está disponível, e em permanente actualização, em http://www.dorfeu.pt/20anos, destacando-se a Campanha especial de Amigos, as bolsas EMtrad’, a Exposição 20 Fotos no Cine-Teatro São Pedro (a preparar-se para a edição especial do Festival O Gesto Orelhudo, de 2 a 5 de Dezembro, cujos bilhetes podem ser já adquiridos durante a Casa Aberta), entre tantas outras. Há vinte anos, com passos simples. Agora, futuro compassado.


http://www.dorfeu.pt/
http://dorfeu.blogspot.com/
http://www.facebook.com/dOrfeuAC



publicado por olhar para o mundo às 12:13 | link do post | comentar

Sexta-feira, 23.10.15

gestoorelhudo.png

 

O Gesto Orelhudo desvenda programa de edição especial, aos 20 anos da d’Orfeu!


http://www.dorfeu.pt/ogestoorelhudo·


ÁGUEDA
Cine-Teatro São Pedro
Fundação Dionísio Pinheiro
2 a 5 Dezembro 2015
·

A abertura do festival estará a cargo da Cia. Brouniak (França), que se estreia em Portugal.

O Festival O Gesto Orelhudo é um dos mais reconhecidos eventos d’Orfeu, com uma programação insólita de fusão entre música, teatro e humor, constituindo-se como uma marca singular na agenda cultural do país. Este ano, o Festival decorre de 2 a 5 de Dezembro, no âmbito das comemorações dos 20 anos da d’Orfeu AC, precisamente em cima da data oficial do aniversário associativo (4 de Dezembro).

Nesta 14ª edição, O Gesto Orelhudo instala-se na alta da cidade, entre a Fundação Dionísio Pinheiro (fins de tarde) e o Cine-Teatro São Pedro (espectáculos da noite). Como grande inovação, o Cine-Teatro será dividido em duas salas distintas: a noite começa sempre na Plateia e termina depois no anfiteatro do Balcão, onde surge um novo palco. Com as adaptações previstas, a lotação diária do festival é limitada a 330 lugares. O espírito orelhudo será o de sempre, agora no mês festivo em que Águeda viu nascer o seu menino cultural.

Este ano, são destaques a fábula visual musical "Les Plummes Dans l'Oreille", sugestiva abertura da companhia francesa Brouniak em estreia absoluta em Portugal (quarta 2 Dezembro), o formato especial dos icónicos Dead Combo acompanhados pelas Cordas da Má Fama (quinta 3 Dezembro), a poesia visual com bolas de sabão "La Piel del Agua" do espanhol Pep Bou (sexta 4 Dezembro) e o descontrolo requintado de "Marabunta" dos catalães Guillem Albà & The All in Orchestra (sábado 5 Dezembro). Mas haverá também, no encerramento de cada noite, "Mensagens da Nave-Mãe" do desconcertante PZ (quarta), a poesia erótica e a mordaz ironia dos Penicos de Prata (quinta), a revelação no universo clown em Portugal, Cão à Chuva, com o seu “Lullaby” (sexta) e TochaPestana, os reis do “turbo-baile” e do “tecno-punk” (sábado).
 
Ao final de cada tarde, o festival arranca com sessões abertas na Fundação Dionísio Pinheiro, onde o duo Estupendo Inuendo apresenta "Ele Tem Uma Guitarra e Eu Não Tenho Nada" (2 Dezembro, 19h00) e o brasileiro Alex Duarte abre o seu "Coração Analógico" (3 Dezembro, 19h00). Na sexta-feira, pelas 18h00, terá lugar a Cerimónia especial do 20º aniversário da d’Orfeu, num convite a toda a comunidade. No sábado, também pelas 18h00, acontecerá o momento criativo dedicado aos 20 anos, com o Manifesto Anti-d'Orfeu, pela pena de Odete Ferreira e Luís Miguel Fernandes.
 
Os bilhetes estão à venda a partir de 2 de Novembro, presencialmente no Espaço d’Orfeu ou à distância, prestando-se todas as informações pelo e-mail dorfeu@dorfeu.pt ou pelo telefone 234 604 842. A comemorar 20 anos, a d’Orfeu tem em vigor a Campanha especial de Amigos, que perdurará até ao final d’O Gesto Orelhudo. Entre vários benefícios, conta-se a oferta de entradas para o Festival, pelo que os aderentes à Campanha poderão começar, desde já, a garantir os seus lugares para Dezembro. Os aderentes por três anos beneficiam da oferta dos bilhetes para todas as 4 noites do festival. Os aderentes por um ano receberão bilhetes para 2 noites à escolha. Esta e outras vantagens da Campanha podem ser conhecidas em http://www.dorfeu.pt/amigos20anos.
                 
O Festival O Gesto Orelhudo é uma iniciativa conjunta da d’Orfeu Associação Cultural e da Câmara Municipal de Águeda, com o apoio da Direcção-Geral das Artes, entre inúmeros outros parceiros. Com esta edição especial do festival, uma marca de Águeda para todos, a d’Orfeu AC celebra os seus 20 anos junto com o melhor público orelhudo! O programa completo está disponível em http://www.dorfeu.pt/ogestoorelhudo.

http://www.dorfeu.pt/
http://dorfeu.blogspot.com/
http://www.facebook.com/dOrfeuAC



publicado por olhar para o mundo às 10:13 | link do post | comentar

Sexta-feira, 01.05.15

Abertura na sexta 15 Maio à noite, em plena Rua da Venda Nova!
“Festival i” na 7ª edição com o
 maior programa de sempre!

 

festivali.png

 



PROGRAMA COMPLETO JÁ DISPONÍVEL
http://www.dorfeu.pt/i

O Festival i, a grande festa das artes em família, chega à sua 7ª edição. É um festival já crescidinho e, quando chega, a Primavera põe-se mais alegre e divertida. De 15 a 17 de Maio, a d’Orfeu apresenta um fim-de-semana inteiro de programação non-stop para público infantil e familiar, no programa mais extenso de sempre do festival, com 22 propostas distintas entre sexta e domingo.

No dia de sexta, o Festival i interage com a comunidade escolar do concelho de Águeda, com vários espectáculos dirigidos especificamente às turmas escolares, envolvendo centenas de alunos.

A abertura pública do festival dá-se na sexta-feira à noite, em plena Rua na Venda Nova, num convite aberto à cidade. A noite de abertura, desta vez com a companhia italiana “Teatro Dei Piedi”, pretende fazer jus à magia que o público sentiu, na última edição, ao ver a rua transformada em auditório ao ar livre. Desta vez, o público pode começar a chegar mais cedo, pois a Venda Nova vai estar animada nas suas entranhas, a partir das 21h00.

Depois, no sábado e no domingo, o habitual non-stop das 10h30 às 19h30, num roteiro que inclui Espaço d’Orfeu, Auditório do CEFAS, Biblioteca Municipal Manuel Alegre, Auditório Ana Paula Silva, Junta de Freguesia de Águeda/Borralha e várias zonas da cidade. O programa inclui uma nova série de fascinantes propostas artísticas, desde os bebés até aos mais espigadotes, sempre numa perspectiva de fruição familiar.

Uma das grandes novidades desta edição do festival é o Encontro de trad’Orquestras Infantis, que culminará, no domingo de manhã, com a apresentação conjunta da opÁ! – orquestra percussiva de Águeda e do Coro das Escolas Básicas de Miranda do Douro, projectos congéneres cruzando culturais regionais,
com largas dezenas de pequenos músicos, de Águeda e do planalto mirandês, juntos para novas tradições.

O Festival i é uma mostra de referência da melhor criação artística nacional, desta vez também com a presença de artistas internacionais oriundos de Espanha, França e Itália. O público vai cirandar de espectáculo em espectáculo e, este ano, terá que decidir bem o que quer ver, pois há cada vez mais programação simultânea, acompanhando a evolução de espectadores que o Festival i tem tido.

O i é uma iniciativa da d’Orfeu Associação Cultural em co-produção com o Município de Águeda e o apoio oficial da Secretaria de Estado da Cultura / Direcção-Geral das Artes, entre muitas outras parcerias. As pulseiras individuais (válidas para todo o fim-de-semana) estão já à venda e podem ser adquiridas na d'Orfeu - até 15 de Maio – ou nos locais dos espectáculos, durante o festival. Venham todos fazer um grande i!


DESDOBRÁVEL DO PROGRAMA - VERSÃO DIGITAL
http://issuu.com/dorfeu/docs/desdobravel_festival_i_2015_web-02/1

 




http://www.dorfeu.pt/
http://dorfeu.blogspot.com/
http://www.facebook.com/dOrfeuAC



publicado por olhar para o mundo às 10:13 | link do post | comentar

Quinta-feira, 23.04.15

sexta 24 Abril, 22h00
“Contracorrente” ao vivo
em Santa Maria da Feira!

Cineteatro António Lamoso
http://cineteatro.cm-feira.pt/

contracorrente.png

“Contracorrente” é uma volta ao mundo nas músicas de intervenção, com Sara Vidal (voz),
Miguel Calhaz (voz e contrabaixo), André Cardoso (guitarra), Rodrigo Neves (saxofone) e
Manuel Maio (bandolim, violino, direcção musical).

http://www.dorfeu.pt/contracorrente

Homenagem à música de intervenção, resgatando da memória e reivindicando para a actualidade as músicas e as vozes de resistência que marcaram a História do século vinte, como o português José Afonso, o chileno Victor Jara, o argelino Idir ou o brasileiro Chico Buarque, entre outros. De Portugal à descoberta de múltiplas latitudes, "Contracorrente" é uma volta ao mundo cantada em vários idiomas e um manifesto de que, ainda hoje, resistir é uma forma de existir.

http://www.dorfeu.pt/
http://dorfeu.blogspot.com/
http://www.facebook.com/dOrfeuAC



publicado por olhar para o mundo às 00:13 | link do post | comentar

Quarta-feira, 03.12.14

ssociação celebra 19 anos de actividade cultural com duas grandes noites no seu espaço.
Especial aniversário d'Orfeu com OuTonalidades em dose dupla!

Sexta 5 Dezembro, 22h30
Edu Miranda Trio
http://www.dorfeu.pt/outonalidades/edu_miranda_trio

Sábado 6 Dezembro, 22h30
Txarango (Barcelona)
http://www.dorfeu.pt/outonalidades/txarango


A passagem do OuTonalidades deste ano pela casa-mãe, o Espaço d'Orfeu (Águeda), vai culminar com dose dupla, num fim-de-semana especial pelo 19º aniversário da associação, com grandes concertos a 5 e 6 de Dezembro.

A 5 de Dezembro, a noite de sexta faz-se ao som de Edu Miranda Trio, com o músico brasileiro a resgatar clássicos do Fado para o universo musical do Brasil: chorinho, samba, baião, forró e maracatu. Já no sábado, 6 de Dezembro, directamente de Barcelona, a multiculturalidade dos catalães Txarango promete um concerto cheio de energia e de ritmos quentes como o reggae, dub e ska, saltando entre expressões contemporâneas e de raiz.

A um mês de terminar a 18ª edição, o OuTonalidades vai continuar a levar música ao vivo a diversos pontos do país até 27 de Dezembro. Toda a programação pode ser consultada, semana a semana, no sítio oficial, onde é possível aceder à apresentação detalhada (sinopses, fotos, vídeos, localização e outros links) tanto dos Grupos, como dos Espaços.

http://www.dorfeu.pt/outonalidades

http://www.dorfeu.pt/
http://dorfeu.blogspot.com/
http://www.facebook.com/dOrfeuAC



publicado por olhar para o mundo às 21:32 | link do post | comentar

Quinta-feira, 27.11.14

image.png

 

A d’Orfeu celebra 19 anos de actividade cultural com duas grandes noites no seu espaço.
OuTonalidades, em dose dupla, celebra aniversário d'Orfeu!

Sexta 5 Dezembro, 22h30
Edu Miranda Trio
http://www.dorfeu.pt/outonalidades/edu_miranda_trio

Sábado 6 Dezembro, 22h30
Txarango (Barcelona)
http://www.dorfeu.pt/outonalidades/txarango



A passagem do OuTonalidades deste ano pela casa-mãe, o Espaço d'Orfeu (Águeda), vai culminar com dose dupla, num fim-de-semana especial pelo 19º aniversário da associação, com grandes concertos a 5 e 6 de Dezembro.

A 5 de Dezembro, a noite de sexta faz-se ao som de Edu Miranda Trio, com o músico brasileiro a resgatar clássicos do Fado para o universo musical do Brasil: chorinho, samba, baião, forró e maracatu. Já no sábado, 6 de Dezembro, directamente de Barcelona, a multiculturalidade dos catalães Txarango promete um concerto cheio de energia e de ritmos quentes como o reggae, dub e ska, saltando entre expressões contemporâneas e de raiz.

A um mês de terminar a 18ª edição, o OuTonalidades vai continuar a levar música ao vivo a diversos pontos do país até 27 de Dezembro. Toda a programação pode ser consultada, semana a semana, no sítio oficial http://www.dorfeu.pt/outonalidades, onde é possível aceder à apresentação detalhada (sinopses, fotos, vídeos, localização e outros links) tanto dos Grupos, como dos Espaços.


http://www.dorfeu.pt/
http://dorfeu.blogspot.com/
http://www.facebook.com/dOrfeuAC



publicado por olhar para o mundo às 18:16 | link do post | comentar

Sexta-feira, 24.10.14

Workshop de escrita de canções com Miguel Calhaz
ÁGUEDA, sábado 15 Novembro 2014, 14h00-19h00

INSCRIÇÕES A DECORRER

miguelcalhaz.png

 



A d'Formação, plataforma formativa da d'Orfeu, organiza o Workshop de Escrita de Canções, orientado pelo cantautor Miguel Calhaz, que decorrerá no dia 15 de Novembro, em horário intensivo das 14h às 19h. Dirigido a todos os interessados, sem requisitos musicais específicos, as inscrições estão abertas até dia 10 de Novembro. A pergunta está lançada: como nasce uma canção?

Neste workshop único, os formandos terão a possibilidade de conhecer a metodologia criativa do músico Miguel Calhaz, que terá uma abordagem em dois planos distintos: da música para o poema e do poema para música, através da análise de vertentes e temas muito recorrentes nas suas canções, bem como de outros autores e compositores.
 
Posteriormente num segundo passo, os formandos serão convidados a elaborarem uma canção em tempo real, a partir de um mote, onde terão a possibilidade de exercitar a sua componente literária e de explorar diversas técnicas de aperfeiçoamento de escrita.

Com um número total de 5 horas de formação, a inscrição tem o valor de 30€ (25€ Cartão d'Orfeu), devendo ser formalizada até ao dia 10 de Novembro. Para mais informações e inscrições, contactar pelo email dformacao@dorfeu.pt, no sítio http://www.dorfeu.pt/dformacao, pelos telefones 234 603 164 / 934 623 775 ou presencialmente na d’Orfeu, no horário habitual de atendimento 9h30-12h30 e 14h00-18h30.


MIGUEL CALHAZ | Notas Biográficas
Músico freelancer, cantautor e contrabaixista, lançou em 2012 o seu álbum de estreia a solo "Estas Palavras", que foi Disco Antena 1. Mantém projectos musicais nas áreas do jazz, da world music e da música portuguesa como Trilhos  - Novos caminhos da Guitarra Portuguesa, Contracorrente, Latin Groove, entre outros. Vencedor do Prémio José Afonso no Festival Cantar Abril 2011, com o tema original "Estas Palavras", além dos Prémios Ary dos Santos e Adriano Correia de Oliveira no mesmo Festival, ambos em 2013. Autor do tema "Ponte Romana" que, com o grupo Trilhos, obteve o 1º lugar na categoria Música na 1ª edição do concurso "Conte Connosco Santander-Totta". Participou em criações d’Orfeu de tributo a Zeca Afonso, Sérgio Godinho e Fausto como "Os CantAutores" e "Emboscadas". Licenciado em Educação Musical pela Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico da Guarda. É também Licenciado em Contrabaixo/Jazz da Escola Superior de Música e das Artes do Espectáculo do Instituto Politécnico do Porto.
http://miguelcalhaz.com
https://www.facebook.com/pages/Miguel-Calhaz-Músico/128537020556076



publicado por olhar para o mundo às 20:05 | link do post | comentar

Sexta-feira, 17.10.14

Húngaros “Söndörgő” abrem o ciclo de 4 grandes noites OuTonalidades em Águeda!

-  Espaço d’Orfeu, sexta 24 Outubro, 22h30 -
Pela primeira vez em Portugal, os Söndörgő passam no OuTonalidades imediatamente antes da sua consagração internacional na Womex, em Santiago de Compostela, a maior feira mundial de músicas do mundo. São uma das grandes descobertas da world music húngara actual, celebrando a festiva música balcânica de forma singular, através de instrumentos de corda como a tambura. Música bem quente para grandes noites de Outono!

sondorgo.png

 


Tudo sobre os Söndörgő:
http://www.dorfeu.pt/outonalidades/sondorgo
https://www.facebook.com/sondorgo
http://www.sondorgo.hu/

Este ano, o “OuTonalidades - circuito português de música ao vivo” reforça este ano a sua passagem por Águeda, com quatro grandes apostas musicais nacionais e internacionais: Söndörgő (sexta 24 Outubro), Couple Coffee (sexta 7 Novembro), Xarnege (sexta 21 Novembro) e Edu Miranda Trio (sexta 5 Dezembro), sempre pelas 22h30, na tenda do Espaço d’Orfeu.

O Espaço d'Orfeu vai ser palco privilegiado de reconhecidos grupos musicais a nível internacional, começando no dia 24 de Outubro com Söndörgő, considerados como um dos grupos mais interessantes da world music húngara actual, que celebra a música balcânica, recuperando as tradições musicais das comunidades sérvias e croatas da Hungria. A seguinte aposta, no dia 7 de Novembro, é o regresso dos luso-brasileiros Couple Coffee a revisitarem a obra de José Afonso. No dia 21 de Novembro, será a vez de Xarnege trazer a música folk de dois povos com a mesma origem, mas separados pelos Pirinéus, bascos e gascões. A encerrar o ciclo de concertos em Águeda, a 5 de Dezembro, o músico brasileiro Edu Miranda resgatará clássicos do Fado para o universo musical do Brasil (chorinho, samba, baião, forró e maracatu).

Na região, também Albergaria, Ovar, Aveiro, Oliveira do Bairro e Estarreja acolhem vários concertos do OuTonalidades. Em Albergaria, no Café-concerto do Cineteatro Alba, já passaram TV Rural (25 Setembro) e Ricardo Fino (2 Outubro), acolhendo ainda Söndörgő (23 Outubro), Oficina de Cante Alentejano com Celina da Piedade (30 Outubro), Emmy Curl (6 Novembro), Couple Coffee (27 Novembro), Txarango (4 Dezembro) e Helena Caspurro (27 Dezembro). O Bar do Cine-Teatro de Estarreja também já recebeu Emmy Curl (11 Outubro), passando ainda Najla Shami (31 Outubro) e Tape Junk (28 Novembro). Em Ovar, sobem ao palco do Centro de Arte de Ovar Emmy Curl (31 Outubro) e Little Friend (28 Novembro). Em Oliveira do Bairro, no Quartel das Artes Dr. Alípio Sol, actuam Los Niños de Los Ojos Rojos (31 Outubro) e Txarango (5 Dezembro). Em Aveiro, a Casa da Pantopeia acolhe o duo 2² (a 22 Novembro).

Esta 18ª edição do OuTonalidades arrancou a 20 de Setembro e, além de Municípios da região, já passou entretanto por São Joanico, Guarda, Chaves e Famalicão da Serra. Tem ainda concertos previstos, até de 19 Dezembro, em Tondela, Idanha-a-Nova, Batalha, Évora, Castro Verde, Mogadouro e Lisboa. Este ano, o circuito OuTonalidades apresenta vários reconhecidos grupos internacionais a par de grandes nomes da música nacional e de artistas emergentes, evidenciando-se como incontornável oportunidade na programação e circulação musical em Portugal.

Todo o programa, semana a semana, pode ser consultado em http://www.dorfeu.pt/outonalidades, onde é possível aceder à apresentação detalhada (sinopses, fotos, vídeos, localização e outros links) tanto dos Grupos, como dos Espaços. A 18ª edição do OuTonalidades vai continuar a levar música ao vivo a diversos pontos do país até 27 de Dezembro.


http://www.dorfeu.pt/
http://dorfeu.blogspot.com/
http://www.facebook.com/dOrfeuAC



publicado por olhar para o mundo às 12:40 | link do post | comentar

Sexta-feira, 12.09.14
Companhias e artistas de Portugal, Itália, Chile, Reino Unido e Espanha.
O Gesto Orelhudo, a edição treze!
http://www.dorfeu.pt/ogestoorelhudo
1 a 4 Outubro 2014
ÁGUEDA

O gesto Orelhudo

“The Vocal Orchestra” actua pela primeira vez em Portugal, no 13º Festival “O Gesto Orelhudo”
https://www.youtube.com/watch?v=fvgf5CeXVR8

Águeda volta a fundir música e teatro para mais uma edição do Festival O Gesto Orelhudo, um dos mais reconhecidos eventos d’Orfeu. De 1 a 4 de Outubro próximo, sem superstições, “O Gesto Orelhudo” chega à sua 13ª edição, apresentando 10 espectáculos de companhias e artistas de Portugal, Espanha, Itália, Reino Unido e Chile.

Este ano, além da mítica tenda do Espaço d’Orfeu - onde a musicomédia acontece -, o festival faz também do Cine-Teatro São Pedro palco principal em cada noite, para os espectáculos de grande formato. E por aí não se fica, com a novidade dos aperitivos orelhudos, ao fim da tarde, em lugares informais da cidade. O festival mantém ainda uma programação paralela, com sessões escolares e outras pontes com as instituições locais, estimulando os hábitos culturais e tornando a oferta cultural acessível a toda a comunidade.

Nesta 13ª edição, com as palavras embebidas em música, poderemos assistir a espectáculos de pequeno formato como "Hamlet em Pessoa" (André Gago e Carlos Barreto), "20Dizer" (Trigo Limpo teatro ACERT) e "Circo Mediático" (Américo Rodrigues). Para o horário nobre, estão confirmados os espectáculos "Deixem o Pimba em Paz" (com Bruno Nogueira e Manuela Azevedo), "The Best Of Leo Bassi", "Liberdade" (de Sérgio Godinho) e os britânicos “The Vocal Orchestra”. Da gama musicómica, chegam este ano Murmuyo (Chile) e, de Espanha, os andaluzes Hermanos Infoncundibles e o galego Peter Punk. Em propostas tão distintas, o humor chegará ao 13º Festival “O Gesto Orelhudo” de muitas formas, das mais intimistas às mais extravagantes.  

O Passe Orelhudo, válido para todo o festival, estará antecipadamente à venda. Toda a informação sobre programa e bilhetes está já disponível em http://www.dorfeu.pt/ogestoorelhudo. Este festival é uma iniciativa conjunta da d’Orfeu Associação Cultural e da Câmara Municipal de Águeda, parceria que faz de “O Gesto Orelhudo” uma marca de Águeda. Todos os anos.

http://www.dorfeu.pt/
http://dorfeu.blogspot.com/
http://www.facebook.com/dOrfeuAC


publicado por olhar para o mundo às 18:58 | link do post | comentar

Segunda-feira, 08.09.14

Companhias e artistas de Portugal, Itália, Chile, Reino Unido e Espanha.


O Gesto Orelhudo, a edição treze!


http://www.dorfeu.pt/ogestoorelhudo
1 a 4 Outubro 2014
ÁGUEDA


“The Vocal Orchestra” actua pela primeira vez em Portugal, no 13º Festival “O Gesto Orelhudo”
https://www.youtube.com/watch?v=fvgf5CeXVR8

Águeda volta a fundir música e teatro para mais uma edição do Festival O Gesto Orelhudo, um dos mais reconhecidos eventos d’Orfeu. De 1 a 4 de Outubro próximo, sem superstições, “O Gesto Orelhudo” chega à sua 13ª edição, apresentando 10 espectáculos de companhias e artistas de Portugal, Espanha, Itália, Reino Unido e Chile.

Este ano, além da mítica tenda do Espaço d’Orfeu - onde a musicomédia acontece -, o festival faz também do Cine-Teatro São Pedro palco principal em cada noite, para os espectáculos de grande formato. E por aí não se fica, com a novidade dos aperitivos orelhudos, ao fim da tarde, em lugares informais da cidade. O festival mantém ainda uma programação paralela, com sessões escolares e outras pontes com as instituições locais, estimulando os hábitos culturais e tornando a oferta cultural acessível a toda a comunidade.

Nesta 13ª edição, com as palavras embebidas em música, poderemos assistir a espectáculos de pequeno formato como "Hamlet em Pessoa" (André Gago e Carlos Barreto), "20Dizer" (Trigo Limpo teatro ACERT) e "Circo Mediático" (Américo Rodrigues). Para o horário nobre, estão confirmados os espectáculos "Deixem o Pimba em Paz" (com Bruno Nogueira e Manuela Azevedo), "The Best Of Leo Bassi", "Liberdade" (de Sérgio Godinho) e os britânicos “The Vocal Orchestra”. Da gama musicómica, chegam este ano Murmuyo (Chile) e, de Espanha, os andaluzes Hermanos Infoncundibles e o galego Peter Punk. Em propostas tão distintas, o humor chegará ao 13º Festival “O Gesto Orelhudo” de muitas formas, das mais intimistas às mais extravagantes.  

O Passe Orelhudo, válido para todo o festival, estará antecipadamente à venda. Toda a informação sobre programa e bilhetes está já disponível em http://www.dorfeu.pt/ogestoorelhudo. Este festival é uma iniciativa conjunta da d’Orfeu Associação Cultural e da Câmara Municipal de Águeda, parceria que faz de “O Gesto Orelhudo” uma marca de Águeda. Todos os anos.

Na publicação das fotos, é obrigatória a menção dos respectivos créditos.

http://www.dorfeu.pt/
http://dorfeu.blogspot.com/
http://www.facebook.com/dOrfeuAC



publicado por olhar para o mundo às 19:26 | link do post | comentar

Quarta-feira, 03.09.14
um tributo às músicas de intervenção de todo o mundo
Contracorrente
Prémio Adriano Correia de Oliveira 2013 e Prémio «Sopa da Pedra» para Melhor Versão 2013
http://www.dorfeu.pt/contracorrente
 
5 Setembro | 22h45
Festa do Avante, Seixal

19 Setembro | 21h30
Quartel das Artes, Oliveira do Bairro
 

um tributo às músicas de intervenção de todo o mundo Contracorrente Prémio Adriano Correia de Oliveira 2013 e Prémio «Sopa da Pedra» para Melhor Versão 2013 http://www.dorfeu.pt/contracorrente  5 Setembro | 22h45 Festa do Avante, Seixal  19 Setembro | 21h30 Quartel das Artes, Oliveira do Bairro     Homenagem à música de intervenção, resgatando da memória e reivindicando para a actualidade as músicas e as vozes de resistência que marcaram a História do século vinte. De Portugal à descoberta de múltiplas latitudes,

Homenagem à música de intervenção, resgatando da memória e reivindicando para a actualidade as músicas e as vozes de resistência que marcaram a História do século vinte. De Portugal à descoberta de múltiplas latitudes, "Contracorrente" é uma volta ao mundo cantada em vários idiomas e um manifesto de que, ainda hoje, resistir é uma forma de existir. 
 
http://www.dorfeu.pt/contracorrente


publicado por olhar para o mundo às 10:27 | link do post | comentar

Segunda-feira, 07.07.14

Grande estreia da opÁ!

 

Quarta 9 Julho, 22h00 @ Agitágueda
Grande estreia da opÁ!, com mais de 100 jovens percussionistas em palco!


Na noite da próxima quarta-feira 9 de Julho, a opÁ! - orquestra percussiva de Águeda fará subir ao palco do AgitÁgueda mais de 100 jovens do concelho, na apresentação do trabalho musical que têm vindo a desenvolver ao longo dos últimos meses. Este projecto comunitário da d'Orfeu reúne alunos de várias instituições locais, com o intuito de dinamizar uma orquestra de instrumentos de percussão construídos a partir de materiais reciclados ou restaurados. Mais uma aposta d'Orfeu na intervenção social e na educação cultural.

Em parceria com a Bela Vista - Centro de Educação Integrada, Instituto Duarte de Lemos, Agrupamento de Escolas de Valongo do Vouga, EB1 Mourisca do Vouga, Cruz Vermelha - Delegação de Águeda e Centro Social e Paroquial de Recardães, o projecto performativo da opÁ! assume um cariz social, ao mesmo tempo que pretende reforçar a consciência ecológica ao reutilizar materiais não convencionais como canas de bambu, sacos de plástico ou até mesmo latas com uma finalidade artística. Os objectivos pedagógicos são, primordialmente, envolver a comunidade, estimular a participação juvenil nas actividades culturais e sensibilizar os jovens para o associativismo, música, cultura e sustentabilidade.

O espectáculo de estreia da opÁ! terá lugar a 9 de Julho, pelas 22h00 e reunirá, em palco, mais de uma centena de jovens das instituições parcerias, a que se juntam alguns artistas locais convidados a colaborar com o projecto. Para além do seu carácter inter-associativo, o espectáculo da opÁ! tem a especificidade de fazer a ponte entre a identidade tradicional local e a modernidade do mundo global, ao misturar o reportório do cancioneiro tradicional de Águeda com as expressões rítmicas contemporâneas, aproximando as gerações mais novas das nossas raízes. Mais informações em http://www.dorfeu.pt/opa.


http://www.dorfeu.pt/
http://dorfeu.blogspot.com/
http://www.facebook.com/dOrfeuAC



publicado por olhar para o mundo às 21:26 | link do post | comentar

Terça-feira, 27.05.14

Depois dos grupos, é a vez dos Espaços de música ao vivo aderirem à rede.


OuTonalidades 2014 já em fase adiantada de programação!

Outonalidades


Passado o período de inscrição de grupos, que este ano totalizou 226 candidaturas, o “OuTonalidades - circuito português de música ao vivo” convoca a adesão dos Espaços de toda a geografia nacional que queiram acolher os concertos desta 18ª edição, a realizar-se de 20 de Setembro a 20 de Dezembro. A fase de programação já se encontra a decorrer.

De uma enorme variedade de estilos musicais, os grupos inscritos foram avaliados por um distinto leque de Conselheiros, conhecedores do panorama musical português: António Pires (Blitz), Mário Lopes (Público), João Nuno Silva (A Certeza da Música), Luís Rei (Crónicas da Terra) e Fausto Silva (Rádio Universidade de Coimbra). Este processo resultou numa selecção restrita de 99 grupos, entretanto já disponibilizada aos Espaços de música ao vivo que pretendam integrar a 18ª edição, cujo período de adesão decorre agora no portal da d'Orfeu.

Além da esmagadora maioria de grupos de origem nacional, a edição deste ano assinala o fomento do intercâmbio com grupos estrangeiros que se comprometem a organizar e acolher concertos de grupos portugueses nos seus países. O elevado número de inscrições continua a posicionar o OuTonalidades como uma referência e oportunidade única de circulação artística durante o Outono em Portugal.

Todas as novidades do OuTonalidades podem ser acompanhadas nas ligações http://www.dorfeu.pt/outonalidades e emhttp://www.facebook.com/outonalidades.dorfeu/.


LINK PARA REGISTO DE ADESÃO E PROCESSO DE PROGRAMAÇÃO:
http://www.dorfeu.pt/outonalidades

http://www.dorfeu.pt/
http://dorfeu.blogspot.com/
http://www.facebook.com/dOrfeuAC



publicado por olhar para o mundo às 12:08 | link do post | comentar

Sábado, 24.05.14

6 municípios vizinhos, 7 grandes nomes das músicas do mundo, 16 concertos


Richard Galliano abre, a 6 de Junho, a 6ª edição do Festim!

 

 

Festim aquece motores para a melhor edição de sempre!


O acordeonista Richard Galliano abre o Festim a 6 de Junho, em Águeda.


De 6 de Junho a 25 de Julho, Richard Galliano (França), Yves Lambert (Canadá), Bollywood Masala Orchestra (Índia), Coetus (Espanha), Fanfare Ciocarlia (Roménia), The Skatalites (Jamaica) e Mehdi Nassouli (Marrocos) passam pelos municípios de Águeda, Albergaria-a-Velha, Sever do Vouga, Ovar, Estarreja e Oliveira do Bairro, num total de 16 concertos em rede, no incomparável cartaz da 6ª edição do Festim - festival intermunicipal de músicas do mundo.

O Festim tem a honra de abrir a sua 6ª edição com Richard Galliano, num concerto único no Espaço d'Orfeu, em Águeda, no dia 6 de Junho. O acordeonista francês teve o mérito universal de abordar linguagens musicais pouco usuais para o acordeão, nomeadamente o jazz e a música clássica. No Festim, levar-nos-á por uma viagem musical à chanson française, à musette e também ao tango, género que tão intimamente partilhou com Piazzolla.
Ao longo dos seguintes fins-de-semana, num mínimo de dois concertos por grupo, a programação do Festim 2014 distribui-se pelas salas da região, como o Cineteatro Alba (Albergaria-a-Velha), o Centro das Artes e do Espectáculo de Sever do Vouga, o Cine-Teatro de Estarreja e o Quartel das Artes Dr. Alípio Sol (Oliveira do Bairro), bem como espaços ao ar livre: Parque Urbano (Sever do Vouga), Largo 1º de Maio (Águeda), Praça da República (Ovar) e Praia de Esmoriz (Ovar).

Com um singular modelo de programação em rede, numa parceria intermunicipal que envolve os Municípios de Águeda, Albergaria-a-Velha, Sever do Vouga, Ovar, Estarreja e Oliveira do Bairro, juntamente com o apoio oficial da Secretaria de Estado da Cultura / Direcção-Geral das Artes, o reconhecimento desta iniciativa da d'Orfeu Associação Cultural consolida-se cada vez mais como uma imagem de marca da região, tanto pela programação ímpar de artistas de projecção internacional, como pela crescente conquista e fidelização de públicos oriundos de diversas zonas do país. Igualmente a nível internacional, o Festim assume a sua marca, sendo o único membro português da rede europeia “European Forum of Worldwide Music Festivals”,

Toda a programação do Festim 2014 encontra-se disponível em http://www.festim.pt/, sítio oficial do festival. De 6 de Junho a 25 de Julho, é tempo de um grande Festim!


http://www.festim.pt/
http://www.facebook.com/dorfeu.festim

6 Junho a 25 Julho 2014  |  6ª edição
ÁGUEDA * ALBERGARIA-A-VELHA * SEVER DO VOUGA
OVAR * ESTARREJA * OLIVEIRA DO BAIRRO

Richard Galliano (França)
Yves Lambert (Québec, Canadá)     
Bollywood Masala Orchestra (Índia)
Coetus (Espanha)
Fanfare Ciocarlia (Roménia)
The Skatalites (Jamaica)
Mehdi Nassouli (Marrocos)


http://www.dorfeu.pt/
http://dorfeu.blogspot.com/
http://www.facebook.com/dOrfeuAC



d’Orfeu Associação Cultural
Instituição Cultural de Utilidade Pública  |  Estatuto de Interesse Cultural  | Medalha de Mérito Cultural



publicado por olhar para o mundo às 12:34 | link do post | comentar

Quinta-feira, 08.05.14

Municípios e d’Orfeu anunciaram hoje, em Oliveira do Bairro, o cartaz completo da 6ª edição


Programa do Festim 2014 apresentado!

http://www.festim.pt/


6 Junho a 25 Julho 2014 |  6ª edição

Festim

OS 7 NOMES DA 6ª EDIÇÃO
Richard Galliano (França)
Yves Lambert (Québec, Canadá)
Bollywood Masala Orchestra (Índia)
Coetus (Espanha)
Fanfare Ciocarlia (Roménia)
The Skatalites (Jamaica)
Mehdi Nassouli (Marrocos)

O cartaz completo da 6ª edição do Festim - festival intermunicipal de músicas do mundo foi hoje apresentado no Quartel das Artes Dr. Alípio Sol, em Oliveira do Bairro, numa Conferência de Imprensa conjunta com os seis Municípios parceiros. De 6 de Junho a 25 de Julho, a edição deste ano estende-se por um total de 16 concertos em rede e quer surpreender, mais uma vez, o público da região e do país, com a vinda a Portugal de sete grandes nomes da world music. A garantia de excelência e diversidade musical fica, mais uma vez, assegurada por um festival que se distingue pelo seu singular modelo de programação e descentralização cultural.

A apresentação contou com as intervenções de Elsa Pires (CM Oliveira do Bairro), Elsa Corga (CM Águeda), Ana Maria Silva (CM Albergaria-a-Velha), Almeida e Costa (CM Sever do Vouga), Alexandre Rosas (CM Ovar), João Alegria (CM Estarreja) - autarcas dos Municípios parceiros - e do programador do festival, Luís Fernandes (d'Orfeu Associação Cultural). Palco de geografias fascinantes e improváveis descobertas, o Festim oferece os encantos de toda uma região ao público que assistir aos concertos de Richard Galliano (França), Yves Lambert (Québec, Canadá), Bollywood Masala Orchestra (Índia), Coetus (Espanha), Fanfare Ciocarlia (Roménia), The Skatalites (Jamaica) e Mehdi Nassouli (Marrocos).

Único festival português a integrar a rede europeia “European Forum of Worldwide Music Festivals”, o Festim acontece, de novo, a partir de 6 de Junho!

todo o programa está no sítio oficial
http://www.festim.pt/
http://www.facebook.com/dorfeu.festim

programa em versão digital
http://www.festim.pt/site/assets/files/1031/libretofestim2014_issuu.pdf



publicado por olhar para o mundo às 12:34 | link do post | comentar

Segunda-feira, 05.05.14

Com CD “Canções de Umor”, bilhete grátis para o concerto de 9 de Maio!
Reportório Osório fecha tour nacional em Águeda, nas Sextas Culturais

 

 

http://www.dorfeu.pt/reportorioosorio
http://facebook.com/reportorioosorio

PROMOÇÃO “BILHETE OU DISCO”

Sextas Culturais apresentam REPORTÓRIO OSÓRIO a 9 de Maio!

A tour nacional do Reportório Osório vai terminar com concerto em Águeda, a 9 de Maio, nas Sextas Culturais. E temos um bilhete para ti! Ainda não tens o CD do Reportório Osório? Não fiques indefinidamente assim.

Se comprares o teu CD “Canções de Umor” até à véspera, ganhas um bilhete grátis para assistir ao concerto de 9 de Maio. Se já tens disco, basta apresentá-lo na d’Orfeu para fazer o levantamento do bilhete.

Campanha válida, apenas no Espaço d’Orfeu, até à véspera do concerto (quinta 8 de Maio).
Mais info sobre o CD: http://www.dorfeu.pt/edicao/RO


http://www.dorfeu.pt/
http://dorfeu.blogspot.com/
http://www.facebook.com/dOrfeuAC



publicado por olhar para o mundo às 12:56 | link do post | comentar

Sexta-feira, 18.04.14

Além de sábado e domingo non-stop, 6ª edição vai começar na sexta à noite. O Festival i, de novo, nos palcos e ruas de Águeda!

 

Além de sábado e domingo non-stop, 6ª edição vai começar na sexta à noite.
O Festival i, de novo, nos
palcos e ruas de Águeda!

 

 

Cresce a olhos vistos o Festival i, que tem a sua 6ª edição marcada para 16, 17 e 18 de Maio, na cidade-berço Águeda. As artes para público infantil e familiar, num programa non-stop, terão diversos palcos, para todos os gostos e idades, em torno da música, teatro, dança, poesia e animação, entre sexta à noite e o final da tarde de domingo. Uma grande festa das artes em família!

A novidade da 6ª edição do Festival será a abertura do festival na sexta-feira à noite, dia 16 de Maio, com uma grande surpresa para a cidade. Depois, no sábado e no domingo, o habitual non-stop das 10h30 às 19h30, num roteiro que inclui Espaço d’Orfeu, Auditório do CEFAS, Biblioteca Municipal Manuel Alegre, Auditório Ana Paula Silva, Parque Alta Vila e as ruas da cidade. Como habitualmente, durante a semana, os alunos das escolas do concelho terão também oportunidade prévia de assistir a alguns espectáculos desta edição, dirigidos especificamente para as turmas escolares.

Em plena infância, o próprio festival nascido em 2009 confunde-se com a criançada da sua geração. A Primavera faz-se mais alegre e divertida com o Festival i a animar um fim-de-semana non-stop artístico para público infantil e familiar. O programa detalhado pode ser brevemente consultado na página http://www.dorfeu.pt/i e nas redes sociais da d'Orfeu, estando confirmada a presença de várias companhias de Portugal e Espanha, para uma imensa diversidade de espectáculos, animações e ateliês, em apenas três dias, reunindo muita da criação artística nacional de teatro, música e dança para a infância.

O i é uma iniciativa da d’Orfeu em co-produção com o Município de Águeda e o apoio oficial da Secretaria de Estado da Cultura / Direcção-Geral das Artes. O desafio está lançado: A 16, 17 e 18 de Maio, todos a Águeda, todos ao i!



http://www.dorfeu.pt/
http://dorfeu.blogspot.com/
http://www.facebook.com/dOrfeuAC



publicado por olhar para o mundo às 21:43 | link do post | comentar

Sexta-feira, 07.03.14

Tour Nacional de lançamento do CD “Canções de Umor”


Reportório Osório amanhã em Sever do Vouga. Próxima semana: Lisboa e Beja.



Reportório Osório


Reportório Osório, a mais recente criação d’Orfeu, vai lançar o seu CD de estreia, apresentando-o na Tour Nacional que leva as “Canções do Umor” a todo o país. O próximo concerto é no Centro das Artes do Espectáculo de Sever do Vouga a 8 de Março, seguindo-se depois Lisboa e Beja no fim-de-semana seguinte. A digressão inclui 15 datas de norte a sul do país e fechará com um concerto especial em Águeda, a 9 de Maio.

Sob o selo d'Eurídice, o lançamento do disco de Reportório Osório está previsto para 10 de Março. Esta aposta do braço editorial da d'Orfeu, com produção, gravação, mistura e masterização de Rui Oliveira e ilustrações, direcção editorial e grafismo de Léa López, projecta o novo projecto criativo de Luís Fernandes, que se estreia como letrista. O projecto começou a apresentar-se ao vivo em meados do último ano, tendo obtido o 1º Prémio do Festival INATEL 2013 e realizado cerca de uma dezena de apresentações, acolhendo as primeiras excelentes críticas e fazendo seguidores pelo país.

Após a apresentação aclamada pelo público no Teatro Viriato, em Viseu, no passado 12 de Fevereiro, "Reportório Osório" prossegue a sua tour nacional já no próximo sábado, dia 8 de Março, às 22 horas, no Centro das Artes do Espectáculo em Sever do Vouga. De seguida, o dueto de Luís Fernandes (voz e interpretação) e Sónia Sobral (acordeão) conta com uma agenda de apresentações intensa e geograficamente diversificada: Teatro Dom Luiz Filipe, em Lisboa (14 Março); Galeria do Desassossego, em Beja (15 Março); Atrás de Serra, na Guarda (29 Março); Centro de Animação Cultural de Mortágua (2 Abril); Sociedade Harmonia Eborense, em Évora (5 Abril); Cine-Teatro de Estarreja (11 Abril); Cine-Teatro João Ribeiro, em Vouzela (12 Abril); Sétima Arte, em Castro Verde (25 Abril); Taifa, em Setúbal (26 Abril); Quartel das Artes, em Oliveira do Bairro (30 Abril); Festival "Palco para Dois ou Menos", em Carregal do Sal (2 Maio); Club de Vila Real (3 Maio) e Cine-Teatro São Pedro, em Águeda (9 Maio).

Reportório Osório transforma, de forma irónica, o quotidiano das relações afectivas em canções. As personagens masculinas de Reportório Osório ganham vida própria em cada um dos temas, com autoria partilhada de Luís Cardoso (músicas) e Luís Miguel Fernandes (letras). O disco conta ainda com a participação especial da Orquestra Filarmónica 12 de Abril, sob a direcção de Luís Cardoso. O disco pode ser comprado nos concertos da digressão ou através do email lojinha@dorfeu.pt, estando também disponível na d’Orfeu e em pontos de venda de entidades parceiras.


                            http://www.dorfeu.pt/reportorioosorio
                           http://facebook.com/reportorioosorio



publicado por olhar para o mundo às 19:31 | link do post | comentar

Quinta-feira, 27.02.14

Reportório Osorio

 

Reportório Osório, a mais recente criação d’Orfeu, vai lançar o seu CD de estreia, apresentando-o na Tour Nacional que leva as “Canções do Umor” a todo o país. O próximo concerto é no Centro das Artes do Espectáculo de Sever do Vouga a 8 de Março, seguindo-se depois Lisboa e Beja no fim-de-semana seguinte. A digressão inclui 15 datas de norte a sul do país e fechará com um concerto especial em Águeda, a 9 de Maio.

Sob o selo d'Eurídice, o lançamento do disco de Reportório Osório está previsto para 10 de Março. Esta aposta do braço editorial da d'Orfeu, com produção, gravação, mistura e masterização de Rui Oliveira e ilustrações, direcção editorial e grafismo de Léa López, projecta o novo projecto criativo de Luís Fernandes, que se estreia como letrista. O projecto começou a apresentar-se ao vivo em meados do último ano, tendo obtido o 1º Prémio do Festival INATEL 2013 e realizado cerca de uma dezena de apresentações, acolhendo as primeiras excelentes críticas e fazendo seguidores pelo país.

Após a apresentação aclamada pelo público no Teatro Viriato, em Viseu, no passado 12 de Fevereiro, "Reportório Osório" prossegue a sua tour nacional já no próximo sábado, dia 8 de Março, às 22 horas, no Centro das Artes do Espectáculo em Sever do Vouga. De seguida, o dueto de Luís Fernandes (voz e interpretação) e Sónia Sobral (acordeão) conta com uma agenda de apresentações intensa e geograficamente diversificada: Teatro Dom Luiz Filipe, em Lisboa (14 Março); Galeria do Desassossego, em Beja (15 Março); Atrás de Serra, na Guarda (29 Março); Centro de Animação Cultural de Mortágua (2 Abril); Sociedade Harmonia Eborense, em Évora (5 Abril); Cine-Teatro de Estarreja (11 Abril); Cine-Teatro João Ribeiro, em Vouzela (12 Abril); Sétima Arte, em Castro Verde (25 Abril); Taifa, em Setúbal (26 Abril); Quartel das Artes, em Oliveira do Bairro (30 Abril); Festival "Palco para Dois ou Menos", em Carregal do Sal (2 Maio); Club de Vila Real (3 Maio) e Cine-Teatro São Pedro, em Águeda (9 Maio).

Reportório Osório transforma, de forma irónica, o quotidiano das relações afectivas em canções. As personagens masculinas de Reportório Osório ganham vida própria em cada um dos temas, com autoria partilhada de Luís Cardoso (músicas) e Luís Miguel Fernandes (letras). O disco conta ainda com a participação especial da Orquestra Filarmónica 12 de Abril, sob a direcção de Luís Cardoso. O disco pode ser comprado nos concertos da digressão ou através do email lojinha@dorfeu.pt, estando também disponível na d’Orfeu e em pontos de venda de entidades parceiras.

Tudo sobre Reportório Osório em http://www.dorfeu.pt/reportorioosorio e http://facebook.com/reportorioosorio.



publicado por olhar para o mundo às 21:00 | link do post | comentar

Quarta-feira, 12.02.14

Borbolino

 

Com o sucesso da primeira edição de "Borbolino" em 2012, a d'Orfeu voltou a editar o seu primeiro título literário infantil, da autoria de Odete Ferreira. Num conjunto de Livro e CD, Borbolino conta a história de um grilo cantador e de uma estrela bailarina, abordando a temática ambiental, o amor e o verdadeiro sentido da vida. Colorido e entusiasmante, já lido por muitas centenas de crianças, "Borbolino" continuará a cativar a atenção e imaginação de miúdos e graúdos.

O texto é da autoria da escritora Odete Ferreira e já foi inclusive encenado, decorrendo a digressão do espectáculo com o mesmo nome. Como complemento ao livro, com ilustrações de Ricardo Falcão, "Borbolino" também poderá ser ouvido com a narração da história em CD pela própria autora, com a participação da voz convidada de Luís Fernandes, sendo a banda sonora e sonoplastia da responsabilidade de Rui Oliveira. A direcção editorial do projecto, inteiramente produzido pela d'Eurídice, é de Léa López. Mais informação e pontos de venda podem ser consultados em http://www.dorfeu.pt/edicao.


http://www.dorfeu.pt/
http://dorfeu.blogspot.com/
http://www.facebook.com/dOrfeuAC



publicado por olhar para o mundo às 18:58 | link do post | comentar

Quinta-feira, 12.12.13

Contracorrente


“Contracorrente” lança disco
de estreia a 15 de Dezembro!

Dos palcos para o disco, "Contracorrente" lança o primeiro registo discográfico a 15 de Dezembro, sob a chancela da d'Eurídice. O espectáculo da d'Orfeu faz homenagem à música de intervenção mundial, reunindo no seu primeiro EP homónimo cinco emblemáticas músicas, incluindo o tema "A morte saiu à rua", galardoado este ano com o Prémio Adriano Correia de Oliveira no Festival Cantar Abril, atribuído à melhor recriação de canções de resistência.

Tal como o projecto em concerto, o EP conta com Sara Vidal (voz), Miguel Calhaz (contrabaixo), Gil Abrantes (saxofone), André Cardoso (guitarra), Rui Silva (percussão), sob a direcção musical de Manuel Maio (bandolim e violino). O disco "Contracorrente" pretende resgatar da memória e reivindicar para a actualidade algumas das músicas e vozes de resistência que marcaram a História do século vinte, nomeadamente "A morte saiu à rua" de José Afonso, "Maré Alta" de Sérgio Godinho, "Txoria Txori" do basco Mikel Laboa, "Canción del Derrumbe Índio" da argentina Mercedes Sosa e "El derecho de vivir" do chileno Victor Jara. Uma volta ao mundo cantada em vários idiomas e um manifesto de que, ainda hoje, resistir é uma forma de existir. Este EP tem um preço simbólico de 5€ (4€ cartão d'Orfeu). Mais Contracorrente na página oficial http://www.dorfeu.pt/contracorrente.

Outros artistas poderão ser encontrados na Lojinha, como Toques do Caramulo, Gaiteiros de Lisboa, Celina da Piedade, Miguel Calhaz e Sabão Macaco, entre outros. Com uma montra permanente de dezenas de CD do melhor da música portuguesa e de artistas que já passaram pela programação d'Orfeu, para além de DVD, Livros e outros artigos de merchandising, na Lojinha encontra-se a prenda ideal para um Natal cultural!

Para quem quer surpreender amigos e familiares, outra proposta criativa é a oferta de aulas da d'Formação e/ou o Cartão d'Orfeu, com todas as vantagens que ele oferece. A Lojinha está aberta diariamente, de segunda a sexta-feira, no horário 09h30-12h30 e 14h00-18h30. Encomendas e informações através do email dorfeu@dorfeu.pt ou através do sítio http://www.dorfeu.pt/, página oficial da Associação.



http://www.dorfeu.pt/
http://dorfeu.blogspot.com/
http://www.facebook.com/dOrfeuAC



publicado por olhar para o mundo às 18:52 | link do post | comentar


Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email
mais sobre mim




posts recentes

"Tia Graça" estreia a 5 d...

Programa do Festival i an...

ACERT - OS CANTAUTORES d...

ACERT - OS CANTAUTORES d...

d'Orfeu com novo palco e ...

20º OuTonalidades arranca...

Pozzo chega a Sevilha. Co...

d’Orfeu - “Conchas” e “Po...

Programa integral do 14º ...

d’Orfeu abre as suas port...

arquivos

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

tags

todas as tags

links
comentários recentes
released March 15, 2016 | PT | THE DOWSERS SOCIETY...
Podem ver os créditos aqui:https://thedowserssocie...
Um clássico de Amália Rodrigues, e não do A.Marcen...
Mt fixe mano. Nao conhecia mas vou comecar a ouvir...
Www.instagram.com/fans_isaura_randomly
Esta música é lindíssima *.*
Tiamo Muito Meu Mundo
Olá gostava de saber quanto é o bilhete no dia dos...
Obrigada.E eles não têm editora, foi uma edição de...
LauraAgradeço o seu comentário, e prometo que em b...
blogs SAPO
subscrever feeds