Quarta-feira, 30.04.14

 

 

Letra

 

O despertador a tocar
Mais um dia de trabalho são horas de levantar
Olho para as horas, afinal estou adiantado
Ainda bem assim fico mais um pouco deitado
Acordo a princesa ao meu lado
Penso em pecado
Debaixo dos lençois começo o dia cansado
O bem eu tento seguir
Deram chuva para hoje
Mas vejo o sol a sorrir
Não apanho trânsito
O carro rola na boa
Nem parece que estou a conduzir em plena Lisboa
Oiço um som dos que eu gosto a passar numa FM
Ponho o rádio mais alto
E o bólide quase que treme
Quando chego ao job para arrumar é uma ganda canseira
Mas hoje nao sei como estacionei á primeira
Vou ao café para comer uma bola de berlim
Ainda bem que há dias assim...

Refrão:
Apesar de ser apenas mais um dia normal
E não ter acontecido nada de especial
Hoje sinto a boa vibe e nada me corre mal
Ainda bem que há dias assim...
Apesar de ser apenas mais um dia normal
E não ter acontecido nada de especial
Hoje sinto a boa vybe e nada me corre mal
Devia haver mais dias assim...

Sinto-me inspirado
Hoje é um daqueles dias
Vou pôr em prática todas a minhas teorias
A letra que fiz ontem
Hoje parece ek soa melhor
Ouvi-a tantas vezes quaze ja a sei de cor
Estou no job a "jobbar"
Nem sinto o tempo a passar
Até o Gutto dizer que ja são horas d'almoçar
Frango no churrasco está pronto a sair
Sim, mando vir traga pão e manteiga para abrir
Sinto a cola a deslizar bem fresquinha
Dou os meus parabéns a quem estiver na cozinha
Para fechar mousse de chocolate é sobremesa
De repente na porta vejo entrar uma beleza
Senta-se á minha frente e começa a rir á toa
Enquanto o AC pensa (esta dama é muita boa)
Levanto-me e ela sempre a sorrir para mim
Ainda bem que há dias assim...

Refrão:
Apesar de ser apenas mais um dia normal
E não ter acontecido nada de especial
Hoje sinto a boa vybe e nada me corre mal
Ainda bem que há dias assim...
Apesar de ser apenas mais um dia normal
E não ter acontecido nada de especial
Hoje sinto a boa vybe e nada me corre mal
Devia haver mais dias assim...

A noite caíu
Vou-me embora já são 7
Vou passar no Colombo
P'ra ver se compro uma sweat
40 euros, promoção compro o que era quase 100
Experimento, a empregada diz que fica muito bem
Obrigado, para além de bonita és simpática
Gostei da tua táctica
Vejo que já tens prática
Vou ao video-clube alugar um filme de rir
Sabes dalguma comédia que me possas sugerir?
Levo comida chinesa p'ró jantar
Gelado para acompanhar, agora só quero chegar
Saio do carro, uma agradável visão
Estendo a mão, apanho uma nota de 10 que estava no chão
Acontece...
Depois do jantar, da louça lavada
Pus o vídeo no play foi rir á gargalhada
Só fomos dormir quando o filme chegou ao fim
Devia haver mais dias assim...

Refrão:
Apesar de ser apenas mais um dia normal
E não ter acontecido nada de especial
Hoje sinto a boa vybe e nada me corre mal
Ainda bem que há dias assim...
Ainda bem...
Apesar de ser apenas mais um dia normal
E não ter acontecido nada de especial
Hoje sinto a boa vybe e nada me corre mal
Devia haver mais dias assim...
Assim...
Dias assim...
Dias assim...
Dias assim...
Devia haver mais dias assim...
Dias assim...
Dias assim...
Dias assim...
Ainda bem que há dias assim...
Apesar de ser apenas mais um dia normal
E não ter acontecido nada de especial
Hoje sinto a boa vybe e nada me corre mal
Ainda bem que há dias assim...
Apesar de ser apenas mais um dia normal
E não ter acontecido nada de especial
Hoje sinto a boa vybe e nada me corre mal
Devia haver mais dias assim...
Assim...



olhar para o mundo às 17:50 | link do post | comentar

Terça-feira, 22.04.14

 

 

Letra

 

O despertador a tocar
Mais um dia de trabalho são horas de levantar
Olho para as horas, afinal estou adiantado
Ainda bem assim fico mais um pouco deitado
Acordo a princesa ao meu lado
Penso em pecado
Debaixo dos lençois começo o dia cansado
O bem eu tento seguir
Deram chuva para hoje
Mas vejo o sol a sorrir
Não apanho trânsito
O carro rola na boa
Nem parece que estou a conduzir em plena Lisboa
Oiço um som dos que eu gosto a passar numa FM
Ponho o rádio mais alto
E o bólide quase que treme
Quando chego ao job para arrumar é uma ganda canseira
Mas hoje nao sei como estacionei á primeira
Vou ao café para comer uma bola de berlim
Ainda bem que há dias assim...

Refrão:
Apesar de ser apenas mais um dia normal
E não ter acontecido nada de especial
Hoje sinto a boa vibe e nada me corre mal
Ainda bem que há dias assim...
Apesar de ser apenas mais um dia normal
E não ter acontecido nada de especial
Hoje sinto a boa vybe e nada me corre mal
Devia haver mais dias assim...

Sinto-me inspirado
Hoje é um daqueles dias
Vou pôr em prática todas a minhas teorias
A letra que fiz ontem
Hoje parece ek soa melhor
Ouvi-a tantas vezes quaze ja a sei de cor
Estou no job a "jobbar"
Nem sinto o tempo a passar
Até o Gutto dizer que ja são horas d'almoçar
Frango no churrasco está pronto a sair
Sim, mando vir traga pão e manteiga para abrir
Sinto a cola a deslizar bem fresquinha
Dou os meus parabéns a quem estiver na cozinha
Para fechar mousse de chocolate é sobremesa
De repente na porta vejo entrar uma beleza
Senta-se á minha frente e começa a rir á toa
Enquanto o AC pensa (esta dama é muita boa)
Levanto-me e ela sempre a sorrir para mim
Ainda bem que há dias assim...

Refrão:
Apesar de ser apenas mais um dia normal
E não ter acontecido nada de especial
Hoje sinto a boa vybe e nada me corre mal
Ainda bem que há dias assim...
Apesar de ser apenas mais um dia normal
E não ter acontecido nada de especial
Hoje sinto a boa vybe e nada me corre mal
Devia haver mais dias assim...

A noite caíu
Vou-me embora já são 7
Vou passar no Colombo
P'ra ver se compro uma sweat
40 euros, promoção compro o que era quase 100
Experimento, a empregada diz que fica muito bem
Obrigado, para além de bonita és simpática
Gostei da tua táctica
Vejo que já tens prática
Vou ao video-clube alugar um filme de rir
Sabes dalguma comédia que me possas sugerir?
Levo comida chinesa p'ró jantar
Gelado para acompanhar, agora só quero chegar
Saio do carro, uma agradável visão
Estendo a mão, apanho uma nota de 10 que estava no chão
Acontece...
Depois do jantar, da louça lavada
Pus o vídeo no play foi rir á gargalhada
Só fomos dormir quando o filme chegou ao fim
Devia haver mais dias assim...

Refrão:
Apesar de ser apenas mais um dia normal
E não ter acontecido nada de especial
Hoje sinto a boa vybe e nada me corre mal
Ainda bem que há dias assim...
Ainda bem...
Apesar de ser apenas mais um dia normal
E não ter acontecido nada de especial
Hoje sinto a boa vybe e nada me corre mal
Devia haver mais dias assim...
Assim...
Dias assim...
Dias assim...
Dias assim...
Devia haver mais dias assim...
Dias assim...
Dias assim...
Dias assim...
Ainda bem que há dias assim...
Apesar de ser apenas mais um dia normal
E não ter acontecido nada de especial
Hoje sinto a boa vybe e nada me corre mal
Ainda bem que há dias assim...
Apesar de ser apenas mais um dia normal
E não ter acontecido nada de especial
Hoje sinto a boa vybe e nada me corre mal
Devia haver mais dias assim...
Assim...



olhar para o mundo às 08:51 | link do post | comentar

Sexta-feira, 11.04.14

 

 

Letra

 

Nananananaaa... (Repeat)
[Refrao :]
Sente a boa vibe
O feeling positivo a pairar no ar
Quando algum transmite a paz e o amor
boa vibe, boa vibe ( boa vibe)
Sente a boa vibe (ya)
O feeling positivo a pairar no ar
Quando algum transmite a paz e o amor
boa vibe, (Esta para ti) boa vibe
[Boss AC]
Yo, senti a tua vibe, acho que podes sentir a minha
Vim falar contigo, porque te vi aqui sozinha
'Tas em linha? Espero que 'teja tudo bem contigo
Sera que ha espaco para mais um amigo?
Nao 'tou aqui para engatar, apenas falar
'Tar contigo a chillar, podemos conversar
Se nao quiseres, no stress, normal
Deves ouvir tanto coro, quase nenhum original
Esquece isso, conta coisas, fala-me de ti
Como que te chamas? Eu sou o AC
Acredita, gosto de uma boa conversa
Nao penses que a minha mente perversa (Ta bem...)
Posso saber quantos anos tens ou indelicado?
Nao me pecas para adivinhar, porque bato sempre ao lado
A empatia mutua e a vibe natural
O teu sorriso bom sinal... boa vibe
[Refrao]
Sente a boa vibe
O feeling positivo a pairar no ar
Quando algum transmite a paz e o amor
boa vibe, boa vibe ( boa vibe)
Sente a boa vibe
O feeling positivo a pairar no ar
Quando algum transmite a paz e o amor
boa vibe, boa vibe
[Boss AC]
Acreditas no destino, tudo pode mudar num momento
Sabes o que queres ou segues ao sabor do vento
Tens tempo ou tens algum compromisso?
Ainda vives com os teus pais ou nem por isso?
O que que fazes? Estudas? Trabalhas?
Preferes saltos altos ou calces e sandalias?
Quando sais noite, vais aonde? Onde que paras?
Saia muitas vezes, mas agora sao raras
Acreditas nos signos, no Zodiaco
Qual para ti o maior afrodisiaco?
Sinto o teu style, o teu look
Deixas-me tonto sem me tocar, qual o truque?
boa vibe...
[Refrao]
Sente a boa vibe
O feeling positivo a pairar no ar
Quando algum transmite a paz e o amor
boa vibe, boa vibe ( boa vibe)
Sente a boa vibe
O feeling positivo a pairar no ar
Quando algum transmite a paz e o amor
boa vibe, boa vibe
[Boss AC]
Ainda bem que nao fumas, eu tambm nao
Gostas mais de comdias ou filmes de accao
Fica com o meu numero, gostava de te ver outra vez
Estar contigo outra vez, o que que preves? Talvez? (Ok...)
(...) se tiver de ser, tem de ser
Sem forcar, deixar a vibe acontecer
bom saber que temos coisas em comum
Espero nao ser, apenas mais um
engracado, sinto-me tao bem ao p de ti
Queres ir dar uma volta e andar por ai?
Parece que ja te conheco bu, nem sei porque
A vibe qualquer coisa que se sente mas nao se ve
Mesmo sem querer, tu seduzes
Posso dar-te boleia ou conduzes?
Queres comer qualquer coisa, 'tas com fome?
O meu mail, manda-me uma fotografia
Espero que nao te esquecas deste dia
Vou ficar espera do teu telefonema
Liga para irmos ao cinema, um dia destes e quem sabe... (Quem sabe...)
[Refrao]
Sente a boa vibe (ya)
O feeling positivo a pairar no ar ( boa vibe, ya)
Quando algum transmite a paz e o amor
boa vibe, boa vibe ( boa vibe)
Sente a boa vibe
O feeling positivo a pairar no ar
Quando algum transmite a paz e o amor
boa vibe, boa vibe
Yo, nao preciso falar para sentir a boa vibe
Olhos nos olhos e sentes a boa vibe, ya
boa vibe
Yo, liga-te cidade e sente a boa vibe
Cidade FM, sente a boa vibe...
[Refrao]
Sente a boa vibe
O feeling positivo a pairar no ar
Quando algum transmite a paz e o amor
boa vibe, boa vibe
Sente a boa vibe
O feeling positivo a pairar no ar
Quando algum transmite a paz e o amor
boa vibe, boa vibe



olhar para o mundo às 08:52 | link do post | comentar

Terça-feira, 01.04.14

 

 

Letra

 

O despertador a tocar
Mais um dia de trabalho são horas de levantar
Olho para as horas, afinal estou adiantado
Ainda bem assim fico mais um pouco deitado
Acordo a princesa ao meu lado
Penso em pecado
Debaixo dos lençois começo o dia cansado
O bem eu tento seguir
Deram chuva para hoje
Mas vejo o sol a sorrir
Não apanho trânsito
O carro rola na boa
Nem parece que estou a conduzir em plena Lisboa
Oiço um som dos que eu gosto a passar numa FM
Ponho o rádio mais alto
E o bólide quase que treme
Quando chego ao job para arrumar é uma ganda canseira
Mas hoje nao sei como estacionei á primeira
Vou ao café para comer uma bola de berlim
Ainda bem que há dias assim...

Refrão:
Apesar de ser apenas mais um dia normal
E não ter acontecido nada de especial
Hoje sinto a boa vibe e nada me corre mal
Ainda bem que há dias assim...
Apesar de ser apenas mais um dia normal
E não ter acontecido nada de especial
Hoje sinto a boa vybe e nada me corre mal
Devia haver mais dias assim...

Sinto-me inspirado
Hoje é um daqueles dias
Vou pôr em prática todas a minhas teorias
A letra que fiz ontem
Hoje parece ek soa melhor
Ouvi-a tantas vezes quaze ja a sei de cor
Estou no job a "jobbar"
Nem sinto o tempo a passar
Até o Gutto dizer que ja são horas d'almoçar
Frango no churrasco está pronto a sair
Sim, mando vir traga pão e manteiga para abrir
Sinto a cola a deslizar bem fresquinha
Dou os meus parabéns a quem estiver na cozinha
Para fechar mousse de chocolate é sobremesa
De repente na porta vejo entrar uma beleza
Senta-se á minha frente e começa a rir á toa
Enquanto o AC pensa (esta dama é muita boa)
Levanto-me e ela sempre a sorrir para mim
Ainda bem que há dias assim...

Refrão:
Apesar de ser apenas mais um dia normal
E não ter acontecido nada de especial
Hoje sinto a boa vybe e nada me corre mal
Ainda bem que há dias assim...
Apesar de ser apenas mais um dia normal
E não ter acontecido nada de especial
Hoje sinto a boa vybe e nada me corre mal
Devia haver mais dias assim...

A noite caíu
Vou-me embora já são 7
Vou passar no Colombo
P'ra ver se compro uma sweat
40 euros, promoção compro o que era quase 100
Experimento, a empregada diz que fica muito bem
Obrigado, para além de bonita és simpática
Gostei da tua táctica
Vejo que já tens prática
Vou ao video-clube alugar um filme de rir
Sabes dalguma comédia que me possas sugerir?
Levo comida chinesa p'ró jantar
Gelado para acompanhar, agora só quero chegar
Saio do carro, uma agradável visão
Estendo a mão, apanho uma nota de 10 que estava no chão
Acontece...
Depois do jantar, da louça lavada
Pus o vídeo no play foi rir á gargalhada
Só fomos dormir quando o filme chegou ao fim
Devia haver mais dias assim...

Refrão:
Apesar de ser apenas mais um dia normal
E não ter acontecido nada de especial
Hoje sinto a boa vybe e nada me corre mal
Ainda bem que há dias assim...
Ainda bem...
Apesar de ser apenas mais um dia normal
E não ter acontecido nada de especial
Hoje sinto a boa vybe e nada me corre mal
Devia haver mais dias assim...
Assim...
Dias assim...
Dias assim...
Dias assim...
Devia haver mais dias assim...
Dias assim...
Dias assim...
Dias assim...
Ainda bem que há dias assim...
Apesar de ser apenas mais um dia normal
E não ter acontecido nada de especial
Hoje sinto a boa vybe e nada me corre mal
Ainda bem que há dias assim...
Apesar de ser apenas mais um dia normal
E não ter acontecido nada de especial
Hoje sinto a boa vybe e nada me corre mal
Devia haver mais dias assim...
Assim...



olhar para o mundo às 17:11 | link do post | comentar

 

 

Letra

 

Nananananaaa... (Repeat)
[Refrao :]
Sente a boa vibe
O feeling positivo a pairar no ar
Quando algum transmite a paz e o amor
boa vibe, boa vibe ( boa vibe)
Sente a boa vibe (ya)
O feeling positivo a pairar no ar
Quando algum transmite a paz e o amor
boa vibe, (Esta para ti) boa vibe
[Boss AC]
Yo, senti a tua vibe, acho que podes sentir a minha
Vim falar contigo, porque te vi aqui sozinha
'Tas em linha? Espero que 'teja tudo bem contigo
Sera que ha espaco para mais um amigo?
Nao 'tou aqui para engatar, apenas falar
'Tar contigo a chillar, podemos conversar
Se nao quiseres, no stress, normal
Deves ouvir tanto coro, quase nenhum original
Esquece isso, conta coisas, fala-me de ti
Como que te chamas? Eu sou o AC
Acredita, gosto de uma boa conversa
Nao penses que a minha mente perversa (Ta bem...)
Posso saber quantos anos tens ou indelicado?
Nao me pecas para adivinhar, porque bato sempre ao lado
A empatia mutua e a vibe natural
O teu sorriso bom sinal... boa vibe
[Refrao]
Sente a boa vibe
O feeling positivo a pairar no ar
Quando algum transmite a paz e o amor
boa vibe, boa vibe ( boa vibe)
Sente a boa vibe
O feeling positivo a pairar no ar
Quando algum transmite a paz e o amor
boa vibe, boa vibe
[Boss AC]
Acreditas no destino, tudo pode mudar num momento
Sabes o que queres ou segues ao sabor do vento
Tens tempo ou tens algum compromisso?
Ainda vives com os teus pais ou nem por isso?
O que que fazes? Estudas? Trabalhas?
Preferes saltos altos ou calces e sandalias?
Quando sais noite, vais aonde? Onde que paras?
Saia muitas vezes, mas agora sao raras
Acreditas nos signos, no Zodiaco
Qual para ti o maior afrodisiaco?
Sinto o teu style, o teu look
Deixas-me tonto sem me tocar, qual o truque?
boa vibe...
[Refrao]
Sente a boa vibe
O feeling positivo a pairar no ar
Quando algum transmite a paz e o amor
boa vibe, boa vibe ( boa vibe)
Sente a boa vibe
O feeling positivo a pairar no ar
Quando algum transmite a paz e o amor
boa vibe, boa vibe
[Boss AC]
Ainda bem que nao fumas, eu tambm nao
Gostas mais de comdias ou filmes de accao
Fica com o meu numero, gostava de te ver outra vez
Estar contigo outra vez, o que que preves? Talvez? (Ok...)
(...) se tiver de ser, tem de ser
Sem forcar, deixar a vibe acontecer
bom saber que temos coisas em comum
Espero nao ser, apenas mais um
engracado, sinto-me tao bem ao p de ti
Queres ir dar uma volta e andar por ai?
Parece que ja te conheco bu, nem sei porque
A vibe qualquer coisa que se sente mas nao se ve
Mesmo sem querer, tu seduzes
Posso dar-te boleia ou conduzes?
Queres comer qualquer coisa, 'tas com fome?
O meu mail, manda-me uma fotografia
Espero que nao te esquecas deste dia
Vou ficar espera do teu telefonema
Liga para irmos ao cinema, um dia destes e quem sabe... (Quem sabe...)
[Refrao]
Sente a boa vibe (ya)
O feeling positivo a pairar no ar ( boa vibe, ya)
Quando algum transmite a paz e o amor
boa vibe, boa vibe ( boa vibe)
Sente a boa vibe
O feeling positivo a pairar no ar
Quando algum transmite a paz e o amor
boa vibe, boa vibe
Yo, nao preciso falar para sentir a boa vibe
Olhos nos olhos e sentes a boa vibe, ya
boa vibe
Yo, liga-te cidade e sente a boa vibe
Cidade FM, sente a boa vibe...
[Refrao]
Sente a boa vibe
O feeling positivo a pairar no ar
Quando algum transmite a paz e o amor
boa vibe, boa vibe
Sente a boa vibe
O feeling positivo a pairar no ar
Quando algum transmite a paz e o amor
boa vibe, boa vibe



olhar para o mundo às 08:10 | link do post | comentar

Quinta-feira, 20.03.14

 

Letra

 

(yo... ritmo amor e palavras.
é me'mo assim... doninha presente e AC a produzir um g'anda beat...
2005... quê?
sabes bem...
o quê?
check...)

O que seria do amarelo se tudo fosse azul?
Quem abanava esta merda se fossemos sempre cool?
Quem é quem para dizer o que é certo ou errado?
Antes não ser escutado a ser mal interpretado
Criticado por algum pseudo-músico frustrado
Julgado, condenado sem ser consultado
Não sei quem tu és, tu não sabes quem eu sou
Não sei onde estás, tu não sabes para onde vou
Onde estou, donde vim, o que faço, o que penso
Não me julgues, não rotules, etiquetas, eu dispenso
E o que é nem sempre parece à primeira vista
Não sei o que tu vês mas não me vejo artista
Sou igual e diferente, péssimo e excelente
Dou-me bem com toda a gente, conheço gente que conhece gente
Dou-lhe com a alma mas cansei-me desta porra
Cansado de vê-los sentados à espera que a cena morra

Eu não sei quem tu és
Tu não sabes quem sou
Só vês o que queres ver
O que é que vais fazer?

Eu não sei quem tu és
Tu não sabes quem sou
Só vês o que queres ver
O que é que vais fazer?

Se uma pancada no olho faz ver eu vejo bem melhor
Quando a situação tá pesada e todo nigga é hardcore
Mantenho um nível de eleição para toda a gente ouvir
Aquilo que me faz sentido sentir quando quero posso e mando fluir
Deixa-me explicar o que sou, donde vim, para onde vou
Experiencia genetica como Michael Franti falou
Luso-Africano ou Afro-Lusitano? Não sou cavalo, sou humano
Puro-sangue aqui é engano, Tenho tuga, bife e cabo-verdeano
A mistura é refinada, o resultado? Mulato bem bacano
Represento a união em carne e osso - a prova viva
Que é possível quebrar qualquer barreira
Com a saliva bem activa eu rimo tipo united colors of carlão
O som tem que ser fusão ou seria uma decepção
Rapper janado, gosto de punk e hardcore, mas dá-me bossa nova
E eu peço-te um encore
O espaço já foi criado a identidade é própria
A variedade é mais que muita chama-lhe panóplia
De estilos livres que abrem mundos neste mundo
A revolução é nossa puto, não pára por um segundo

Eu não sei quem tu és
Tu não sabes quem sou
Só vês o que queres ver
O que é que vais fazer?

Eu não sei quem tu és
Tu não sabes quem sou
Só vês o que queres ver
O que é que vais fazer?

A ideia é ser original e criar a nossa própria cena
Não movimento: movimentos, assim já vale a pena
Mantenho a diferença de ser igual a mim próprio, a mais ninguém
Já nasceu comigo, comigo irá até ao além
Há que respeitar para conhecer, conhecer para respeitar,
Aprender com aquilo que à partida se possa estranhar
A vida é curta para desperdicio de tempo precioso
E a inveja apenas o reflexo de um espírito ocioso

Ah pois é,
Toda a gente fala, toda a gente opina e sabe
Espetem o barrete onde ele cabe
Sem favores faço por merecer o meu espaço
E dou tudo o que tenho em cada novo compasso
Por onde passo, deixo a marca que marca o que faço
E o que faço, faço fazendo eu não ameaço
Ambiciono o amor, não ambiciono a fama
E acredito que só somos alguém quando alguém nos ama

Eu não sei quem tu és
Tu não sabes quem sou
Só vês o que queres ver
O que é que vais fazer?

Eu não sei quem tu és
Tu não sabes quem sou
Só vês o que queres ver
O que é que vais fazer?

 



olhar para o mundo às 17:11 | link do post | comentar

Quinta-feira, 20.02.14

Ivete Sangalo, Boss AC e Aurea no Rock in Rio-Lisboa a 25 de maio

A abertura do Palco Mundo do Rock in Rio-Lisboa, a 25 de maio, fica a cargo de Ivete Sangalo e do dueto inédito de Boss AC e Aurea, anunciou a organização do evento na manhã desta quarta-feira. Nessa noite, Ivete Sangalo será a última artista a subir ao Palco Mundo, depois do concerto do cabeça de cartaz Robbie Williams.

Ivete Sangalo foi a única cantora brasileira que atuou em todas as edições do Rock in Rio-Lisboa. Habitualmente, milhares de fãs presentes no recinto dançam e cantam os maiores êxitos da cantora, como “Poeira”, “Se eu não te amasse tanto assim”, “Quando a Chuva Passar” ou “Beleza Rara”, cenário que promete manter-se na edição deste ano.

A última vez que Ivete Sangalo atuou em Portugal foi em 2012, no Rock in Rio-Lisboa. A artista está a comemorar 20 anos de carreira e, para assinalar a data, gravou, recentemente, o seu quinto DVD, na Arena Fonte Nova, em Salvador. Este espetáculo contou com a participação de Alexandre Pires, Bell Marques, Saulo e Alexandre Carlo, do Natiruts. 

Com dez discos a solo lançados, Ivete tem mais de 6 milhões de CDs e DVDs vendidos em todo o mundo e já atuou com artistas como Brian McKnight, Gilberto Gil, Alejandro Sanz, Juan Luis Guerra, Juanes e Shakira. O "Multishow Ao Vivo – Ivete Sangalo no Maracanã", lançado em 2007, foi o DVD mais vendido de sempre pela Universal Music, em todo o mundo.

Boss AC e Aurea pela primeira vez em dueto 

Neste dia, o Palco Mundo abre com uma atuação única: Boss AC e Aurea atuam pela primeira vez em dueto.  Neste concerto, que está já confirmado repetir-se no Rock in Rio 2015, os dois artistas vão mergulhar nas influências dos seus estilos musicais e apresentar canções de ambos. 

Esta não é a estreia de Aurea no Rock in Rio: ainda em setembro passado, na edição do Rio de Janeiro, Áurea atuou, em dueto com os The Black Mamba.

No ano 2010, a cantora de 26 anos editou o seu primeiro álbum, “Aurea”, que conquistou o 1º lugar no top bacional de vendas, no qual se manteve durante 9 semanas e conquistou dupla platina. 

Em 2011, Aurea ganhou o Globo de Ouro na categoria de Melhor Intérprete Individual e neste mesmo ano foi também nomeada para ‘Best Portuguese Act’, nos MTV Music Awards, categoria que acabou por vencer. O segundo álbum “Soul Notes”, editado em 2012, foi um sucesso junto do público, com canções como “Scratch My Back” e “Star”. 

Boss AC é um dos pioneiros do rap em Portugal. Começou nos anos 1980 e editou cinco álbuns de originais. O rapper já participou no Rock in Rio em Lisboa e no Brasil. Atuou no Rock in Rio-Lisboa em 2008, em dueto com António Vitorino, e também em 2010, com o angolano Yuri da Cunha. Também esteve na edição brasileira de 2011 do Rock in Rio, no Rio de Janeiro, onde teve oportunidade de cantar em dueto com a brasileira Paula Lima e o norte-americano Afrika Bambaataa. Este ano, é a vez de subir ao Palco Mundo, no dia 25 de maio, e misturar o rap com a soul de Áurea.

Para Zé Ricardo, diretor artístico deste momento, “este será um momento inesquecível, em que dois estilos musicais carregados de paixão se vão encontrar. São dois artistas plenos, que já conquistaram o público, e que agora prometem surpreender, em conjunto.”  

O Rock in Rio-Lisboa 2014 realiza-se nos dias 23, 25, 30 e 31 de maio e 1 de junho, no Parque da Bela Vista. A organização anunciou que os bilhetes para a edição deste ano vão manter-se inalterados, no valor diário de 61€. 

Além de Ivete Sangalo, Boss AC e Áurea está já confirmada a presença de Robbie Williams, dia 25 de maio; dos Capital Inicial, Queens of the Stone Age, Linkin Park e DJ Steve Aoki, a 30 de maio; e a Homenagem a António Variações e os Arcade Fire, confirmados para 31 de maio. A 1 de junho, a organização já anunciou Nile Rodgers e Chic, Jessie J e Justin Timberlake.

 

Retirado do Sapo Música



olhar para o mundo às 12:12 | link do post | comentar

Terça-feira, 04.02.14

 

Letra

 

Ás vezes dou por mim a...
A sobreviver, em vez de viver
Farta-mo-nos de queixar,
Mas de repente a vida da-nos uma chapada e lembra-nos que...
O amanhã não é certo
Só temos uma vida para viver

 

Mais um dia, mais um mês, mais um ano
Pouco a pouco, de repente o tempo voa
Estamos cá e amanhã estivemos
Perdemos tempo, lamentamos e queixamos
Acordamos mal dispostos sem vontade e nada fizemos
Life's a bitch and then you die
Aproveita, não te queixes, dá graças ao que tens
Há quem nada tenha
Damos tanta importância a coisas que nada importam
De repente alguém nos deixa e vemos que temos senha
Estamos todos na mema fila, não sabemos o nosso nome
Nada é certo, amanhã pode não chegar
Tão fácil falar o que é difícil é fazer
E quando as coisas não tão bem podem piorar

 

(Refrão)
Ei! Vive a vida
Tira proveito até ao fim da corrida
Poe-te de pé e grita bem alto
Eu estou vivo e vou viver a vida!

 

Vive a vida
Tira proveito até ao fim da corrida
Poe-te de pé e grita bem alto
Eu estou vivo e vivo!

 

A ver o copo meio cheio, meio todo, falta pouco
É ver o lado de lado da mesma moeda
Planos traçamos mas depois adiamos, desistimos
E a vida é sempre a mema merda
Ninguém te ajuda quanto tu não te ajudas
E não fazes nada para mudar a tua vida
É bom sonhar mas é preciso acordar para concretizar
E encontrar uma saída
Falo contigo e comigo e para todos
Os que vivem o presente com medo do futuro
Nós não pedimos para nascer, já cá estamos
É viver porque amanhã é um tiro no escuro
É relativo, o teu drama mais terrível
Ao pé do drama do outro parece um filme para crianças
A vida da-nos prendas e as vezes só damos valor
Quando essas prendas já não passam de lembranças

 

(Refrão)


Ei! Vive a vida
Tira proveito até ao fim da corrida
Poe-te de pé e grita bem alto
Eu estou vivo e vou viver a vida!

Vive a vida


Tira proveito até ao fim da corrida
Poe-te de pé e grita bem alto
Eu estou vivo e vivo!

 

Tem calma, não te estices, abranda o carro, dá espaço
Pé pesado dá multas mas também dá condolências
Faz brindes bebe shots
Parabéns, felicidades, tás feliz?
Mantem-te assim sem imprudências
Vai de táxi, vê se dormes, olha a resaca
Acorda bem, toma banho, desperta e faz-te á luta
Todos temos que partir um dia
Vamos parar mas a parar, ao menos que seja não á bruta
Há quem pense que é de ferro
Que só acontece aos outros
Não te enganes, pensa bem, o outro dia és tu
Dei por mim caputado, vi a vida por um fio
Flash back na A1 eu e o Xuxu
A gritar tipo gajas, grande susto
Não foi desta, estamos bem e a esperar pela assistência
Moral da história: vive a vida, aproveita
Porque a vida dá voltas e num avisa com antecedência

 

(Refrão)
Ei! Vive a vida
Tira proveito até ao fim da corrida
Poe-te de pé e grita bem alto
Eu estou vivo e vou viver a vida!

Vive a vida


Tira proveito até ao fim da corrida
Poe-te de pé e grita bem alto
Eu estou vivo e vivo!

 

Estamos todos de parabéns
Pelo simples facto de estarmos vivos
É viver cada dia como se fosse o último
O amanhã não é certo
E pa morrer basta estar vivo
Hoje é uma dádiva, é por isso que se chama presente
Aproveita



olhar para o mundo às 17:35 | link do post | comentar

Domingo, 02.02.14

 

Letra

 

Não acredites no que vês
Segue o teu caminho como és
A culpa não é tua 
Lena... Lena...

Não acredites no que vês 
segue o teu caminho como és
a culpa não é tua 
a culpa não é tua
A culpa não é tua

Não acredites em tudo o que vês
Lena...
Tu bem tentas mas será que vale a pena
A vida ensinou-te a respeitar as leis da rua
A verdade é nua e crua
Mas a culpa não é tua
O teu pai nunca foi pai a tua mãe não tá presente
Não te deixes enganar porque toda a gente mente
Tu sabes bem
Olhas à volta não vês ninguém
Não há amigos nesta vida
Quem dá 50 tira 100
Quanto...
Mais tentas sair
Mais aprisionada estás
Boa entre pessoa más
É tarde para voltar atrás
Acordas a pensar aonde foi que erraste
O que fizeste 
Será que tudo não passa de um teste

Lena Lena

E tudo o que tu querias era estudar
Desenhar não te vão parar
Enquanto conseguires sonhar
Olha pró céu vê o teu futuro
Na lua...
Minha amiga a culpa não é tua

Lena...

Não acredites no que vês
Segue o teu caminho como és
A culpa não é tua 
Lena.. Lena..
A culpa não é tua

Não acredites no que vês 
Segue o teu caminho como és
A culpa não é tua 
A culpa não é tua
A culpa não é tua

Que te passa lena
Não te deixes abater
Mantém-te serena
Tens de encontrar uma saída
Para o teu dilema
Tu iluminas qualquer sala
Quando entras em cena
Desde que és pequena

Lena...
A única coisa que o teu pai te deu 
Foi a vida
E de repente estás num beco sem saída
Esquece o teu passado o caminho é em frente
Não há dúvidas tu sempre foste diferente
Mais importante
Para ti são os teus papeles
Tu consegues sempre tudo o que tu quieres
Às vezes o mais fácil é fugir e não olhar para trás
Vais estudar e procurar um pouco de paz
E quando passas pelo
Puerto de abrigo
Lembras-te do teu pai e tudo o que passou contigo
E nesta puta vida yo
Não ai amigos
e tentas esquecer todos los peligros
Não vale a pena
A vida é muito pequena
E na rua é a lei do mais forte que reina
Fica sabendo o teu sorriso é a tua riqueza
O meu conselho
Divierte-te princesa

Não acredites no que vês
Segue o teu caminho como és
A culpa não é tua 
Lena... Lena...
A culpa não é tua

Não acredites no que vês
Segue o teu caminho como és
A culpa não é tua 
A culpa não é tua
A culpa não é tua


Youh

Aceita-te como és lena
Não te escondas
Quero perguntar mas se quiseres não respondas
Quantas vezes quiseste chorar?
Diz-me
Quantas vezes quiseste fugir?
Diz-me,fala
Quem te conhece viu-te crescer à beira mar
Tens um sonho que um dia hás-de concretizar
Trabalhas pra ti mesma
Não dependes de ninguém
Não tenhas medo
Tudo há-de acabar bem

Lena..

Não acredites no que vês
Segue o teu caminho como és
A culpa não é tua 
Lena... Lena...
A culpa não é tua

Não acredites no que vês
Segue o teu caminho como és
A culpa não é tua 
A culpa não é tua




olhar para o mundo às 17:35 | link do post | comentar

Sábado, 01.02.14

 

 

Letra

 

Era sábado à noite, nem vontade tinha para comer
Fechei-me no meu quarto, pus um filme p'ra m'entreter
Não tinha sono... Bateram à porta
Os meus dreads surgiram p'ra irmos dar uma kikorta
Tanto insistiram que acabei por ir, vou-me vestir
Pensando bem, pa'tar assim, mais vale sair
Cangámos uma tarifa era quase uma hora
Pensei qu'a disco ia 'tar vazia, mas 'tava a deitar por fora
Entrei, c'o meu ponto, palito na boca, é aquela base
Abanquei-me num coro sem dizer uma única frase
Bué de damas e mais damas por todo o lado
Vestido apertado, mas não 'tou interessado
No meio de tanta gente 'tava tão sózinho
Levantei-me num coro. Eh lá!!! Vi-te no meu caminho
Corpo perfeito, alta mulata de caracóis
Pernas de sonho, Yes Baby! G'andas faróis
Olhei-te bem nos olhos, mas 'tavas acompanhada
Sorriste sem dar estrilho pa' não seres apanhada
Mas apanhei-te, com'é, desmarca lá o teu namoro
Deixa-me ser o teu pirata, pa'tu seres o meu tesouro
Mas ele pegou-te no braço, levou-te para longe de mim
Quando te vi, bati mal e sei que também ficaste assim
Fingi'tar nas calmas, mas puseste-me à toa
Quem te mandou ser tão boa
Agora não sei o que vou fazer
Tenho que arranjar maneira de te conhecer

REFRÃO

Anda cá, vem ao papá
I want you to be my baby
Anda cá, vem ao papá
I want you to be my lady

'Tavas no bar encostada a beber Pisang Ambon
Aproximei-me e disse "baza dançar esse som"
O teu dread 'tava no WC
'Bora pró cantinho qu'ele lá não nos vê
Hesitaste, por instantes pensei que não me querias
Mas quando me deste a mão, vi que 'tava nos meus dias
Apertei-te, senti o teu coração a bater
O beijo quas'acontecer 
Os nossos lábios tão perto,mas não podia ser ali
Embora pensasse nisso desde o momento em que te vi
"Bora lá fora, aqui dentro 'ta calor"
E pelo caminho imaginava o teu sabor
Saíste primeiro, 'pa não dar estrilho fui atrás
S'o teu dread surgir das-lhe a dica que 'tas mal disposta
Vais apanhar um ar, s'ele desconfiar
Diz-lhe que te espere no bar

REFRÃO

Não démos estrilho, saímos eu e tu, moi et toi
Quero que sejas mamã, anda cá ao papá
Olha essa escada escura, com'é... 'bora até lá
Deitei-te no chão, mas imaginei-te num sofá
Ah! Uh! Esse teu corpinho
Mordi-te a orelha, enchi-te de carinho
Ouvi-te gemer como uma porta entreaberta
Medo de seres descoberta, deixou-t'os sentidos alerta
Explorei o teu corpo, com'um patrão explora um empregado
Descobri pontos fracos em ti por todo o lado
Quieto não pude ficar quando me tocaste daquela maneira
Tomaste o controlo, passaste a fronteira
Tu foste a lenha da minha fogueira, à terceira
Disseste qu'o teu namorado
Devia 'tar à tua procura preocupado
Arranjaste a saia, pintast'os lábios num retrovisor
Mas não quis que te fosses embora sem dizer qu'adorei o teu
sabor
Abraçaste-me, o teu olhar disse tudo...
Contigo senti-me veludo
Foste andando em direcção à discoteca 
Uns minutos depois fui também a pensar em ti boneca
Não vou contar a ninguém o nosso pecado
De repente vi-te a sorrir abraçada ao teu namorado
Eu sabia o porquê de tanta alegria
Mandei-te um beijo discreto e despedi-me até um dia...

REFRÃO



olhar para o mundo às 08:23 | link do post | comentar

Sexta-feira, 31.01.14

 

 

Letra

 

Eu sou a bala que fala, eu não te amo nem te odeio
Eu sou cego e não sei distinguir o bonito do feio
Não vejo branco nem preto, mato mas não te conheço
Vivo no escuro quando o ódio me chama eu apareço
Vontade própria não tenho, a meta é o alvo
Não sou amigo de ninguém comigo ninguém está a salvo
Mãos frias as que me tocam, quentes os corpos que atinjo 
A tua dor eu não sinto, mostro um sorriso que finjo
Apago existências, troco futuros por memórias
Sou narrador, protagonista das minhas próprias histórias
Sou de todos os tamanhos, feitios, de todas as cores
Sou o primeiro a saber, sou testemunha de horrores
Sou projéctil, eu sou arma, a última notícia
Não sei distinguir o ladrão do polícia
Homens lutam comigo outros fogem de mim
Eu sou a bala que fala e quando falo anuncio o fim...



olhar para o mundo às 17:19 | link do post | comentar

Sexta-feira, 10.01.14

 

Letra

 

Yo, a inveja é um sentimento muito feio
Mete na cabeça que não estou aqui a competir num torneio
Não é andar aos empurrões pa ver quem chega primeiro
Ser verdadeiro não é imitar o que vês na tv o dia inteiro
Não é por eu, ter contrato que és mais real do que eu
Tu nao sabes metade do que me aconteceu
Hip hop nao é, banda sonora dum crime
Se pensas que ser tug emociona enganaste deprime
Se pensas que pra chamar a atenção tens que falar mal de mim
Enganas-te outra vez porque eu não funciono assim
Hip hop é, dar provas a quem quer que os mereça
Hip hop é ouvir este granda beat e abanar a cabeça
Break dance, grafiti, dj, mc, beat box, street wear, rimar no M
A C
A discoteca a deitar por fora, o people com as mãos no ar
O dj a mixar, a pôr a tropa a dançar yo

REFRAO:

Hip hop, don't stop
Traz a tua crew, a festa é aqui (yah)
Dj beat boy eo invite ao mc
Hip hop sou eu e és tu
(pensei que soubesses nigga)

Hip hop, don't stop (yah)
Põe as mãos no ar, sente o beat
Throw your hands up and move your feet
Boss AC sou eu és tu

yo yo hey yo
Hey yo hip hop é a gasosa que me faz andar
É o sol lá em cima, à noite é o meu luar
É, a razão de estarmos aqui
Hip hop é usar um nome que não estava no B.I.
Vestir XL usar chapéus ao contrário
Hip hop é usar palavras que não vêm no dicionário
É, acordar ás tantas pa fazer um granda beat
É copiar os passos da dança do big street
Dizer o que mais ninguém diz
Não ter dinheiro, mas mesmo assim ser feliz
É ouvir um som, e ficar tipo em transe
Uma definição que não está bem ao nosso alcance
É passar numa rua, deixar lá um tag
Hip hop é desafiar o mc que se segue
É, modo de vida, modo de ser, modo de estar
Hip hop é o que sou e o que sou vou continuar yo

REFRAO

Hip hop é teres direito de discordares do que quiseres
E não é menos hip hop só porque falas de mulheres
De certa forma (hip hop) é estar na política
Não aceitar tudo calado nem desenvolver consciência crítica
O som que analisa, critica, contesta
Não te esqueças que hip hop também é festa
Ritmo e poesia é o que nos caracteriza
E quem nao sabe dançar improvisa!




olhar para o mundo às 08:18 | link do post | comentar

Quinta-feira, 09.01.14

 

Letra

 

Sem você
Eu não sei viver
E o azul do céu não chega a ser azul
É ilusão, da cor da solidão
É céu que chora, que não apaga a saudade de você

Porquê que custa tanto? Porquê que a ausência dói assim?
Sinto a tua falta, preciso de ti ao pé de mim
Toco na porta e quase te vejo a entrar nela
Imagino que és a brisa que entra aos poucos pela janela
Choro, desespero, não sei o que espero
Só me resta ser sincero, sem ti... zero
Sem ti sou o carro parado sem a gasolina
Sem ti é a ruína, sou a doença sem a vacina
Se soubesse o que agora sei, nunca tinha amado tanto
Sou o príncipe sem o encanto, do amor só resta o pranto
Escrevo para não chorar mas choro contra a vontade
Não são lágrimas, choro rimas de saudade...

Sem você
Eu não sei viver
E o azul do céu não chega a ser azul
É ilusão, da cor da solidão
É céu que chora, que não apaga a saudade de você

Penso na solução mas a solução é o problema
Estendo a mão para te tocar mas é a saudade que me algema
Sozinho em pensamentos que não pedi... para ter
Preso em recordações que tento em vão esquecer
Tudo à minha volta parece gritar o teu nome
Tu és o som e o silêncio que de madrugada despertou-me
Tu és o frio, o lado da cama que vejo vazio
A saudade existe mas nunca ninguém a viu

Sem você
Eu não sei viver
E o azul do céu não chega a ser azul
É ilusão, da cor da solidão
É céu que chora, que não apaga a saudade de você

Falo para ti e esqueço-me que não estás para me ouvir
Vejo-me ao espelho e és tu o reflexo que vejo a sorrir
Onde é que estarás neste momento, será que estamos juntos algures?
Tantas perguntas sem resposta, não me censures
Deito-me e fecho a luz, rezo para não sonhar
Se vou adormecer amanhã então para quê acordar?
Nada faz sentido, sem ti falta metade
O tempo cura tudo mas não cura a saudade...


Fecho os olhos para te ver
Correndo para me abraçar
Dessa vez é para valer
Para nunca mais largar
Vem dançar, vem junto a mim
Sou quem canta esse mar
A saudade e o amor




olhar para o mundo às 17:09 | link do post | comentar

Sábado, 28.12.13
 Letra A B C 
Já procurei, cadé você? 
D E F
Perto de ti tudo acontece!
G H I 
Na hora certa vais estar aqui,
P'ra mim

Hoje é domingo!
Acordei a pensar em ti
Que fizeste comigo?
Para me deixares assim,
Assim dessa maneira,
Que eu quero pisar teu chão,
Estou na tua mão.

Quero-te segunda feira
Na terça, Na quarta.
Depois ficas para a quinta.
Sexta e no sábado outra vez.
Logo mais já é domingo.
Quero viver um déjà vu,
Onde só estou eu e tu,
Esquece o mundo miúda!

A B C 
Já procurei, cadé você? 
D E F
Perto de ti tudo acontece!
G H I 
Na hora certa vais estar aqui,
P'ra mim

Boss Ac:
Tu percebeste meu interesse,
Mas esperaste o meu avanço.
Paciente, não me canso,
Balanço, mas não danço.
Baby tu nem ligavas,
Sorrias, dançavas, sabias bem que impressionavas.
Né? Eu tranquilo nas calmas,
Merecias uma salva de palmas.
Foste tu que batizaste kuduro, 
És tipo google, tens tudo aquilo que eu procuro.
E vais abaixo e vens acima.
Fosletre és tipo o dima, bomba D'Hiroshima.
Foi truque de magia, desaparecemos sem dizer nada.
Nem nos viram a sair pela calada,
Se não contares, eu não conto a ninguém,
O que fiz contigo juro nunca fiz com ninguém,
Deste-me o teu número, mas esqueci-me de guardá-lo.
Diz-me onde estás, p'ra te ir buscar no meu cavalo.

A B C 
Já procurei, cadé você? 
D E F
Perto de ti tudo acontece!
G H I 
Na hora certa vais estar aqui,
P'ra mim

É certo,
É lógico p'ra mim.
Mas quero descobrir.
Olha quem não joga, não ganha.

A B C 
Já procurei, cadé você? 
D E F
Perto de ti tudo acontece!
G H I 
Na hora certa vais estar aqui,
P'ra mim

A B C 
Já procurei, cadé você? 
D E F
Perto de ti tudo acontece!
G H I 
Na hora certa vais estar aqui,
P'ra mim


olhar para o mundo às 08:52 | link do post | comentar | ver comentários (8)

Quarta-feira, 02.10.13

 

Letra

 

Tenho tentado ligar para ti, mas não te apanho
Habituei-me a falar contigo, sinto-me um estranho
Tu ai tão longe sem ti, a vida é solitária
Sei que atrapalha a pequena diferença horária
Parece que foi ontem, amanhã faz um mês
Ups! Sorry, esqueci-me que falas pouco português
Vou tentar em inglês para perceberes what I say
I speak a little english, so I guess it's ok
Anyway I've been missing you a lot
E ontem foi o meu b-day, guess you forgot
Esperei o dia inteiro, I was waiting your call
I supose that you was busy on the work and at all
Whatever I just wanna let you know what I feel
Nem sei bem o que é, but trust me this is real
Fiz este som para ti, cause you love RnB
Whenever you hear you will be reminding of me
AC

CHORUS:
And I think of you
And all the things that we used to do
It always makes me smile
Boy you're so fine
And you makes me wanna say you're my baby, baby (you're my baby)

Chove lá fora while I write my rhymes
Remains a pensar no que durou, old times
Quando dançávamos à chuva and made love all night
So much on my mind on even know where to write
Não te quero pressionar, not trying to rush
But baby you should know this is more than a crush
yeah, I kinda love you right know
I kinda love you right now

CHORUS:
And I think of you
And all the things that we used to do
It always makes me smile
Boy you're so fine
And you makes me wanna say you're my baby, baby (you're my baby)

It feels so good
Relax lay back, let the music set the mood
Maybe I should move abroad
Em breve estaremos juntos, so help me God
Or maybe you should move up here
I'll be by your side, so have no fear
Mais do que físico, it's body it's soul
Bo é nha cretcheu, that means my love in creole

CHORUS:
And I think of you
And all the things that we used to do
It always makes me smile
Boy you're so fine
And you makes me wanna say you're my baby, baby (you're my baby)

(you're my baby)
(you're my baby)
And I think of you




olhar para o mundo às 17:10 | link do post | comentar

Quinta-feira, 26.09.13

 

Letra

 

Yo..mantenho-me fiel a mim próprio e aos meus
Princípios
Quero que saibam que:

Não devo nada a ninguém
Ninguém nunca me deu nada
Não nasci em berço de ouro
Não tenho nada de mão beijada
E quando paro e penso
Sinto um orgulho imenso
Quando as portas se fecham sigo em frente e venço
Currículo extenso
Tou a parte não pertenço,
Bom senso, diz-me que nunca haverá consenso

Escrevo rimas desde puto,
Sou o boss quem diria
Acho que gosto disto muito mais do que devia
Até um dia,
A retirada está prevista
Tantos palcos depois nunca me senti artista

Sou realista o entusiasmo é moderado,
O que digo é sagrado vivo no século errado,
Posso não ter mais nada mas a honra ninguém me tira
Desconfio de tudo, a minha volta é só mentira
Hipocrisia, falsidade é o vosso joguinho
Cheguei aqui sem ninguém, hei-de sair daqui sozinho

[Hook]
De pedra e cal
Pó bem e pó mal
Cabeça erguida até ao final
O mesmo de sempre, pronto a lutar
Só paro quando quiser parar

Nasci pobre, mas honesto
Às vezes quando acordo o espelho diz-me que não
Presto
Duvido do que vejo,
Ninguém é mais critico
Rejeito o que faço
Perfeccionismo é mítico

Dou tudo o que tenho, juro que o faço com amor
Cada vez escrevo menos mas acho que o faço melhor
Ainda nem tive tempo para saborear as minhas vitorias
E acho que só o farei quando não passarem de memórias
Eis a história de um MC
Subi ao palco era mais um preto, Agora subo e sou o
AC

Agora oferecem-me amizade
Nada se alterou
Não me esqueço com facilidade
Não me iludo
É suposto a vida ser um vai e vem
E sei que só são amigos quando isso lhes convém
Tudo bem
Eu só quero acordar feliz
Eu já não tenho idade para brincar aos MC's

[Hook]
De pedra e cal
Pó bem e pó mal
Cabeça erguida até ao final
O mesmo de sempre, pronto a lutar
Só paro quando quiser parar

Eu sou música e a minha musica é de paz
Se rimar é fácil rima então se fores capaz
E nem me fales em movimento
A última coisa que preciso é do teu consentimento
A memória é curta, a realidade é crua
O pai constrói a casa e os filhos põem-no na rua

Dor de cotovelo ossos do oficio
Se liga-se ao que dizem era ver-me num hospício
E quem pensa que mudei
Não me conhece
O mesmo AC de sempre só mudou o IRS
Caguei para a fama, é bem mais nobre que me move
O amor pela camisola que visto desde oitenta e nove
Não me vendo nem faço musica à medida
E cada som neste álbum é uma foto da minha vida
Não preciso das luzes da ribalta
Não quero que notem a minha presença, mas que sintam a
Minha falta

[Hook]
De pedra e cal
Pó bem e pó mal
Cabeça erguida até ao final
O mesmo de sempre, pronto a lutar
Só paro quando quiser parar



olhar para o mundo às 23:15 | link do post | comentar

Domingo, 21.07.13

Boss AC, Pedro Abrunhosa e Marco Rodrigues atuam em Avis

Boss AC, Pedro Abrunhosa e o fadista Marco Rodrigues vão atuar na feira de Avis, no distrito de Portalegre, que decorre de 26 a 28 deste mês com um programa dominado pela música, divulgou hoje o município.


Os espetáculos decorrem nas três noites do evento, no parque de feiras e exposições da vila, com Boss AC a atuar no dia de abertura, Pedro Abrunhosa, dia 27, e o fadista Marco Rodrigues, no encerramento.

 

O presidente do município, Manuel Coelho, explicou hoje à agência Lusa que o certame constitui "o maior evento do concelho e um dos mais emblemáticos do norte alentejano", oferecendo aos visitantes três dias de uma oferta cultural variada dirigida a públicos de todas as idades.

 

Segundo o autarca, o certame representa "uma aposta na valorização das potencialidades naturais, culturais e económicas do concelho" e que oferece aos visitantes muita música, atividades desportivas, exposições, mostra de artesanato e tasquinhas.

 

Segundo o município, a Feira de Avis, apesar de o programa ser dominado pela música, é um certame apostado numa envolvente económica, "interagindo de forma dinâmica com a comunidade residente, com o turismo e com os agentes culturais".

 

O certame, promovido pelo município, conta com o apoio das juntas de freguesia, associações e coletividades daquele concelho do distrito de Portalegre.

 

Retirado do Sapo Música



olhar para o mundo às 21:29 | link do post | comentar

Quinta-feira, 18.07.13

Boss AC pARA OS AMIGOS


Boss AC: Novo Single - Um brinde à Amizade (feat. Gabriel o Pensador)

 

 

Há coisas na vida que não se esquecem

Os amigos são aqueles que permanecem

Com amigos como você, eu sei que eu posso contar

Sempre ao meu lado mesmo estando do outro lado do mar

Língua Portuguesa com sotaques diferentes

As nossas gentes no fundo são todas parentes
 

Um abraço para matar a saudade

Esse som é um brinde à amizade

 

 

 


Todas as novidades em:


www.bossac.com
www.facebook.com/BossACoficial



olhar para o mundo às 12:32 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Quinta-feira, 30.05.13

 

Letra

 

Letra

 

Não me resta nada, sinto não ter forças para lutar
É como morrer de sede no meio do mar e afogar
Sinto-me isolado com tanta gente à minha volta
Vocês não ouvem o grito da minha revolta
Choro a rir, isto é mais forte do que pensei
Por dentro sou um mendigo que aparenta ser um rei
Não sei do que fujo, a esperança pouca me resta
É triste ser tão novo e já achar que a vida não
presta
As pernas tremem, o tempo passa, sinto cansaço
O vento sopra, ao espelho vejo o fracasso
O dia amanhece, algo me diz para ter cuidado
Vagueio sem destino nem sei se estou acordado
O sorriso escasseia, hoje a tristeza é rainha
Não sei se a alma existe mas sei que alguém feriu a
minha
Às vezes penso se algum dia serei feliz
Enquanto oiço uma voz dentro de mim que me diz?

Chorei
Mas não sei se alguém me ouviu
E não sei se quem me viu
Sabe a dor que em mim carrego e a angústia que se
esconde
Vou ser forte e vou-me erguer
E ter coragem de querer
Não ceder, nem desistir eu prometo

Busquei
Nas palavras o conforto
Dancei no silêncio morto
E o escuro revelou que em mim a Luz se esconde
Vou ser forte e vou-me erguer
E ter coragem de querer
Não ceder, nem desistir eu prometo

Não há dia que não pergunte a Deus porque nasci
Eu não pedi, alguém me diga o que faço aqui
Se dependesse de mim teria ficado onde estava
Onde não pensava, não existia e não chorava
Prisioneiro de mim próprio, o meu pior inimigo
Às vezes penso que passo tempo demais comigo
Olho para os lados, não vejo ninguém para me ajudar
Um ombro para me apoiar, um sorriso para me animar
Quem sou eu? Para onde vou? De onde vim?
Alguém me diga porque me sinto assim
Sinto que a culpa é minha mas não sei bem porquê
Sinto lágrimas nos meus olhos mas ninguém as vê
Estou farto de mim, farto daquilo que sou, farto
daquilo que penso
Mostrem-me a saída deste abismo imenso
Pergunto-me se algum dia serei feliz
Enquanto oiço uma voz dentro de mim que me diz?

Chorei
Mas não sei se alguém me ouviu
E não sei se quem me viu
Sabe a dor que em mim carrego e a angústia que se
esconde
Vou ser forte e vou-me erguer
E ter coragem de querer
Não ceder, nem desistir eu prometo

Busquei
Nas palavras o conforto
Dancei no silêncio morto
E o escuro revelou que em mim a Luz se esconde
Vou ser forte e vou-me erguer
E ter coragem de querer
Não ceder, nem desistir eu prometo

Tento não me ir abaixo mas não sou de ferro
Quando penso que tudo vai passar
Parece que mais me enterro
Sinto uma nuvem cinzenta que me acompanha onde estiver
E penso para mim mesmo será que Deus me quer
Será a vida apenas uma corrida prá morte
Cada um com a sua sina, cada um com a sua sorte
Não peço muito, não peço mais do que tenho direito
Olho para trás e analiso tudo o que tenho feito
E mesmo quando errei foi a tentar fazer o bem
Não sei o que é o ódio, não desejo mal a ninguém
Ha-de surgir um raio de luz no meio da porcaria
Porque até um relógio parado está certo duas vezes por dia
Vou-me aguentando
A esperança é a última a morrer
Neste jogo incerto o resultado não posso prever
E quando penso em desistir por me sentir infeliz
Oiço uma voz dentro de mim que me diz
Mantem-te firme



olhar para o mundo às 23:07 | link do post | comentar

Sábado, 09.02.13

 

Letra

 

Pensas que eu sou um caso isolado
Não sou o único a olhar o céu
A ver os sonhos partirem 
Há espera que algo aconteça

A despejar a minha raiva
A viver as emoções
A desejar o que nao tive
Agarrado às tentações

E quando as nuvens partirem
O céu azul ficará
E quando trevas se abrirem
Vais ver o sol brilhará
vais ver o sol brilhará

Não, não sou o único 
Eu não sou o único 
Não sou o único a olhar o céu 

Pensas que eu sou um caso isolado
Não sou o único a olhar o céu
a ouvir os conselhos dos outros
E sempre a cair nos buracos
A desejar o que não tive
Agarrado ao que não tenho

Não, não sou o único
Não sou o único a olhar o céu

E quando as nuvens partirem
O céu azul ficará
E quando as trevas se abrirem
Vais ver o sol brilhará
vais ver o sol brilhará

Não, não sou o único
Eu não sou o único
Não sou o único a olhar o céu



olhar para o mundo às 17:12 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Terça-feira, 05.02.13

 

Letra

 

Sou carioca de Goa, de Angola e da Guiné
Cabo Verde, Moçambique, Timor-Leste e São Tomé
Macau, Portugal mas vim pela Galicia
Que a vida é uma delícia temperada nesse sal
Cabral descobriu muito menos do que eu
Os meus descobrimentos não estão nos museus
Nem nos livros de História mas estão na minha memória
E na dos meus amigos que navegam comigo

Há coisas na vida que não se esquecem
Os amigos são aqueles que permanecem
Relógio não tens asas mas o Tempo voa
Lembro-me desse show no pavilhão em Lisboa
Cantámos, curtimos, ficámos roucos
mil novecentos e noventa e poucos
São fotos gravadas no coração
Eu brindo com sumo mas conta a intenção porque...

Mano o Tempo voa
Vem mais um copo
Tira uma foto
Um abraço para matar a saudade

Mano o Tempo voa
Vem mais um copo
Tira uma fota
Esse som é um brinde à Amizade

Te conheci a gente ainda era moleque
Um ideal em comum em uma roda de rap
O meu chapéu na cabeça, o teu boné pra trás
Muitas ideias na mente, quanto tempo isso faz!
O tempo voa... e a gente nem vê
E tanta coisa acontece e deixa de acontecer
Se navegar é preciso, se é preciso viver
A amizade é a bússola para eu não me perder
Com amigos como você, eu sei que eu posso contar
Sempre ao meu lado mesmo estando do outro lado do mar
Por isso eu quero brindar à nossa boa amizade
E a todos os meus amigos que são de verdade

Refrão

Sou palavra, melodia, sou de onde tu fores
Lusofonia de todas as cores
Sou Tuga do Mindelo, angolano de Bissau
São-tomense de Maputo, brasileiro de Portugal
Língua Portuguesa com sotaques diferentes
As nossas gentes no fundo são todas parentes
E na diversidade vamos convergindo
Quem vem em paz é sempre bem-vindo
Há sempre espaço para mais um
E só vendo as diferenças percebemos o comum
Que um estranho é um amigo que não conhecemos
Amigo é a família que nós escolhemos
E mesmo ao longe, o sentimento perdura
Enquanto houver música ninguém nos segura
Passado,presente, o Tempo passa veloz
Venha o futuro , cheio de coisas boas para nós...

Refrão

Conheço bem a solidão pois sou um nômade
Mas sei também que a vida é uma soma de...
Instantes, minutos, que podem ser eternos
Olhares, sorrisos e abraços fraternos
O Inferno eu não sei mas o Céu são os outros
E para eu entrar no céu só não posso estar morto
Então eu sinto o coração das outras pessoas
E assim eu sei que eu 'tou vivo e que eu não 'tou vivo à toa
Quem é vivo aparece, então eu sempre apareço
E conhecendo um estranho, eu também me conheço
Anota o meu endereço que ele agora é o nosso
Não tenho tudo que quero mas faço tudo que posso
Para dividir o que eu tenho e multiplicar o que eu ganho
E conhecendo um amigo, eu fico menos estranho
Anota o meu endereço que ele agora é o teu
Não sou o dono da casa mas Ele nos acolheu.



olhar para o mundo às 20:01 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Boss Ac para os amigos


BOSS AC E GABRIEL O PENSADOR JUNTOS EM
«UM BRINDE À AMIZADE»

No dia 15 de Fevereiro, Boss AC sobe ao palco do Centro Cultural Olga Cadaval 

 

«Um Brinde à Amizade» é a mais recente amostra retirada de«AC Para os Amigos». O extraordinário álbum de Boss AC foi apresentado no ano passado e recentemente reeditado, num formato inesquecível, onde as canções do registo surgem acompanhadas por quatro clássicos, gravados ao vivo, em Setembro, aquando da realização d’«O Concerto Mais Pequeno do Mundo», da Rádio Comercial.

Gravado no estúdio de Rui Veloso, em Vale de Lobo, «Um Brinde à Amizade» reúne duas das maiores estrelas do rap falado em português, cada um vindo de um lado de Atlântico: os beats e as rimas contagiantes de Boss AC são, aqui, partilhados pela sagacidade divertida de Gabriel O Pensador – dando um significado ainda mais importante ao título do single. O vídeo deste genuíno «brinde à amizade» tem a sua grande estreia agendada para amanhã, num exclusivo do Sapo Música e do Facebook da Rádio Comercial.

Com estas magníficas canções na bagagem, Boss AC atirou-se à estrada: depois de levar a todo o país a magia de «AC Para os Amigos», Boss AC vai subir ao palco do Centro Cultural Olga Cadaval acompanhado pelo talento dos Shout, em Sintra, no dia 15 de Fevereiro, onde promete apresentar as suas canções numa nova versão, que aproxime ainda mais o seu público. Que é como quem diz: em Sintra, Boss AC fará «Um Brinde à Amizade», como só a música pode alcançar. Genuinamente, olhos nos olhos.





olhar para o mundo às 19:58 | link do post | comentar

Segunda-feira, 21.01.13

Ac Para os amigos


Boss AC sobe ao palco do Centro Cultural Olga Cadaval a 15 de Fevereiro

Reedição de «AC Para os Amigos» já está disponível

 

Depois de levar a todo o país a magia de «AC Para os Amigos»,Boss AC vai subir ao palco do Centro Cultural Olga Cadaval, em Sintra, no dia 15 de Fevereiro.


A viagem de  «AC Para os Amigos» tem sido verdadeiramente inesquecível! O seu sucesso foi imediato e sem precedentes: assim que foi editado, no ano passado, pela Universal Music, entrou directamente para o Top 10 nacional, com o primeiro single, «Sexta-feira (Emprego Bom Já!)», a liderar o Top Digital. A um caminho glorioso, não podia faltar a marca do Disco de Ouro, que antecedeu a reedição do aplaudido registo: no final de 2012, chegou às lojas um apetecível novo formato de «AC Para os Amigos», onde as canções do álbum surgiam acompanhadas por quatro clássicos deBoss AC, gravados ao vivo, em Setembro, aquando da realização d’«O Concerto Mais Pequeno do Mundo», da Rádio Comercial.

Explosivo, imponente e acutilante são alguns dos adjectivos que podem ser atribuídos a Boss AC mas, em Sintra, espera-se um desafio diferente: apresentar as suas canções numa nova versão, onde rapper e público fiquem ainda mais próximos. Genuinamente, olhos nos olhos. O cenário será simples mas cheio de bom gosto, como a sala de estar onde se recebem os amigos mais especiais, como os SHOUT que vão fazer uma participação especial.  Porque  o que se prevê para o serão de 15 de Fevereiro é precisamente isso: um sincero encontro de amigos.

É no palco que AC mais gosta de estar – e é ao palco que vai regressar, numa travessia sonora onde, acompanhado por seis músicos, os seus hinos de sempre serão reinventados com o calor das mornas cabo-verdianas ou a sensualidade da bossa nova brasileira, com o perfume da soul, um refrão de fado…  e o que mais houver para ouvir. Todas as festas têm um anfitrião e, no Centro Cultural Olga Cadaval, Boss AC vai mostrar que sabe receber como ninguém: as canções serão explicadas por entre histórias partilhadas, experiências recordadas, sorrisos e gargalhadas – que mais se pode pedir de uma tertúlia de inesquecíveis e imperdíveis emoções?



olhar para o mundo às 21:10 | link do post | comentar

Domingo, 16.12.12

 

 

letra

 

Tu és,
Tudo aquilo que homem pode querer
Dás-me prazer, tás ao meu lado para me defender
Adoro o teu sorriso
Quando me olhas com ternura acredita paraliso
És bonita, simpática, tão atraente
Derretes-me todo com o teu olhar inocente
Palavras doces na tua boca parecem brisas
Tu não andas, tu deslizas
Enfeitiçaste-me no dia em que te conheci
Fico full da vida quando eles olham para ti
Ao mesmo tempo sinto-me tão bem
Por saber que por te ter, mais ninguém tem

Princesa,
Beija-me outra vez
Diz que me amas, baby diz mais uma vez
Princesa

Adoro fazer-te adormecer no meu peito
Quando te tenho a meu lado pra mim o mundo é perfeito
Adoro os fins-de-semana passados na cama
Apaixonados na cama, abraçados na cama
Fazer amor contigo é ir ao céu e voltar,
É morrer e ressuscitar
Adoro os nossos momentos picantes
Engraçado como anos podem parecer instantes
A tua pele é mel o teu toque é magia
Adoro falar contigo, a tua doce companhia
Antes que seja que tarde demais, quero dizer
Que faço tudo para não te perder, para não te perder

Schhhh, não digas nada,
Beija-me outra vez com esses teus lábios de fada
Há palavras que ainda estão por inventar
E por mais que tente nunca hei-de conseguir explicar
Não sei se é calor, não sei é frio
Só sei que sem ti sinto-me vazio
Adoro quando no sentamos no sofá com edredon
A luz apagada, Sade é o som
Tocamo-nos no escuro, o silêncio diz tudo
O amor é cego e por vezes também é mudo
És tu quem eu quero, eu sou sincero
Não digas nada, beija-me outra vez



olhar para o mundo às 17:26 | link do post | comentar

 

Letra

 

Olá Pai Natal 
É a primeira vez que escrevo para ti
Venho de Lisboa e o pessoal chama-me AC
Desculpa o atrevimento mas tenho alguns pedidos
Espero que não fiquem nalguma prateleira esquecidos
Como nunca te pedi nada 
Peço tudo duma vez e fica a conversa despachada
Talvez aches os pedidos meio extravagantes
Queria que pusesses juízo na cabeça destes governantes
Tira-lhes as armas e a vontade da guerra
É que se não acabamos a pedir-te uma nova Terra
Ao sem-abrigo indigente, dá-lhe uma vida decente
E arranja-lhe trabalho em vez de mais uma sopa quente
E ao pobre coitado, e ao desempregado
Arranja-lhe um emprego em que ele não se sinta explorado
E ao soldado, manda-o de volta para junto da mulher
Acredita que é isso que ele quer
Vai ver África de perto, não vejas pelos jornais
Dá de comer ás crianças ergue escolas e hospitais
Cura as doenças e distribui vacinas
Dá carrinhos aos meninos e bonecas ás meninas
E dá-lhes paz e alegria
Ao idoso sozinho em casa, arranja-lhe boa companhia
Já sei que só ofereces aos meninos bem comportados
Mas alguns portam-se mal e dás condomínios fechados
Jactos privados, carros topo de gama importados
Grandes ordenados, apagas pecados a culpados
Desculpa o pouco entusiasmo, não me leves a mal
Não percebo como é que isto se tornou um feriado comercial
Parece que é desculpa para um ano de costas voltadas
E a única coisa que interessa é se as prendas tão compradas
E quando passa o Natal, dás á sola?
Há quem diga que tu não existes, quem te inventou foi a Coca-Cola
Não te preocupes, que eu não digo a ninguém
Se és Pai Natal é porque és pai de alguém
Para mim Natal é a qualquer hora, basta querer
Gosto de dar e não preciso de pretextos para oferecer
E já agora para acabar, sem querer abusar
Dá-nos Paz e Amor e nem é preciso embrulhar
Muita Felicidade, saúde acima de tudo
Se puderes dá-nos boas notas com pouco estudo
Desculpa o incómodo e continua com as tuas prendas
Feliz Natal para ti e já agora baixa as rendas



olhar para o mundo às 13:53 | link do post | comentar

 

 

letra

 

Vou pegar em mim, pôr-me a andar daqui, 
Faço mala e não me vês
Não queres ouvir, não quero falar, tudo o que eu digo é chinês
Foi tudo tão bom, tudo cor de rosa, beijei o chão que pisaste
Leva o coração, meu que já foi teu, o mesmo que despedaçaste

A guitarra vem, para me confortar, o seu toque é meu conselheiro
Dizes vais esquecer mas garanto eu; 
Esqueces tu mas eu vou primeiro
Vou subir à lua, deixar-me lá caladinho a ouvir as estrelas
Sei que cá em baixo há lágrimas mas não vou estar para vê-las

Ai ai ai, ai, ai, ai
Ela deixou-me e eu não sei o que fazer
Ai ai ai, ai, ai, ai
Ela deixou-me e eu assim não sei viver

Vais pedir perdão, 
Vou dizer que não mesmo que lá longe eu te queira
Ninguém vai saber, vou-me confessar à lua minha companheira
Sou quase alguém, sempre quase bem, 
Incompleto não vou mentir

Faltas tu em mim, erro é meu e teu, quem nos vai corrigir?
Vou pedir perdão, vou fugir daqui, dar o coração para adopção
Vou cantar para mim, 
Vou dançar sozinho essas músicas de solidão
Tudo vai passar, vou-me libertar, vou pensar em ti e sorrir
Vou ser como tu, vou olhar em frente, fazer a mala e partir

Ai ai ai, ai, ai, ai
Ela deixou-me e eu não sei o que fazer
Ai ai ai, ai, ai, ai
Ela deixou-me e eu assim não sei viver




olhar para o mundo às 08:24 | link do post | comentar

Quarta-feira, 05.12.12

 

 

letra

 

O fado, já diz Fernando Pessoa
não é canção má nem boa
não é alegre nem triste
não é de Coimbra ou Lisboa
é um ser estranho, uma pausa
que a alma portuguesa deu ao mar
quando tudo desejava
sem força para desejar

(Refrão)
Toda a canção é um poema ajudado
que diz o que a alma não tem
e a isso não escapa o fado
que é um poema ajudado também

O fado é fadiga duma alma forte
é uma espécie de olhar
que viu o sorriso da morte
nos brancos espelhos do mar
é um olhar quase de desprezo
a um Deus que desertou
quando mais Dele precisava
quem duvidar nunca ousou

(refrão)

No fado todos os Deuses se juntam
a cantar lá nas alturas
trazidos pelos avós
na poeira das lonjuras
e esses Deuses estão em nós
espalham-se pela mesa
convocados pela voz
e só por acaso soam a tristeza

(refrão)



olhar para o mundo às 10:04 | link do post | comentar

Terça-feira, 02.10.12

 

 

Letra

 

És Mais Que Uma Mulher

 Boss Ac

 

És mais que uma mulher, és uma Santa!
Por mais palavras que use, de nada adianta
Tudo de bom em mim, foste tu que ensinaste
Deste o que tinhas, nunca cobraste
Quantas vezes quis partir e acabei por ficar
A última coisa que quero no mundo é fazer-te chorar
Sei que hás de tar ao meu lado, quando mais ninguém estiver
Me darás o teu amor, quando mais ninguém me quiser
Sofro com os problemas dos outros, sou como tu!
Digo-te para não seres assim, mas sou como tu!
Acho que a tua bondade às vezes é um defeito
Se vês alguém infeliz és capaz de abdicar de um direito
Tiras pão da tua boca se isso for preciso
Foi por ti que se inventou o paraíso
Não estudaste mas a tua sabedoria é infinita
Nunca foi escrita todos os dias é dita
Bendita és tu sozinha criaste uma família
Cinco filhos homens e uma filha
E dessa filha nasceu este teu neto
Deste nos amor, comida, educação e um tecto

Refrão:

És mais que uma mulher para mim
O meu amor por ti é incondicional (és mais que uma mulher para mim, és uma Santa!)
E quando mais ninguém me amar
Sei que vais estar aqui para me abraçar

Como podes ser tão frágil
Ao mesmo tempo tão forte
Não esperaste por ninguém fizeste a tua própria sorte
Admiro-te, admiro-te com todo o meu coração
Não houve obstáculos alguns que te desviasse da tua missão
Dou por mim a queixar-me mas depois lembro-me de ti
Páro e penso e percebo que afinal eu nunca sofri
Passaste por coisas que nem consigo imaginar
E és tu que me fortaleces quando me sinto a fraquejar
Foste mãe foste pai, professora e amiga
Tantos anos de fadiga
Ainda assim és rapariga, linda
E sempre o hás de ser
Tu sentes o que sinto sem ser preciso o dizer
Vou ao fim do mundo só para te ver sorrir
E peço a Deus que nunca te venha a desiludir
Eu amo-te do fundo do coração
És mais que uma mulher, és uma Santa!

Refrão:

És mais que uma mulher para mim
O meu amor por ti é incondicional (és mais que uma mulher para mim, és uma Santa!)
E quando mais ninguém me amar
Sei que vais estar aqui para me abraçar!!

És mais que uma mulher!
És mais que uma mulher!



olhar para o mundo às 10:04 | link do post | comentar

Quarta-feira, 11.07.12

Boss AC e Homens da Luta em Montalegre na última sexta-feira 13 do ano

 

A última sexta-feira 13 do ano vai ser assinalada, em Montalegre, com o espectáculo teatral Forças do Ar, com mais de 50 participantes e, no sábado, com a actuação de Boss AC e Homens da Luta.

 

Números de acrobacia, malabarismo, percussão e música são alguns dos ingredientes do espectáculo Forças do Ar, na sexta-feira à noite, junto ao Castelo da 'capital do misticismo', ao qual dão vida mais de 50 participantes portugueses e espanhóis.

 

A Câmara de Montalegre, organizadora do evento, quis prolongar a festa 'mágica' e, no sábado, sobem ao palco os artistas portugueses Boss AC e Homens da Luta.

 

A terceira e última sexta-feira 13 de 2012 tem um orçamento entre os 90 e 100 mil euros e estima receber 20 a 30 mil visitantes de todo o país e de Espanha, disse hoje à Lusa o presidente da autarquia local, Fernando Rodrigues.

 

Depois das enchentes de Janeiro e Abril, a organização espera nova romaria à vila de Trás-os-Montes porque, disse, o cartaz é «apelativo», é uma festa de rua «única» e o São Pedro vai «ajudar com o tempo».

 

Na 'Noite das Bruxas', a vila é invadida por bruxas, diabos, mafarricos, seres demoníacos e duendes que percorrem ruas, bares, discotecas, restaurantes e hotéis para pregar «sustos de morte» às pessoas.

 

A figura principal da festa vai ser, como vem sendo habitual, o padre António Fontes, conhecido por 'Dom Bruxo', que tem como tarefa a preparação da queimada, licor feito à base de aguardente, limão, maça e açúcar.

 

Antes de servir a queimada - «mistela abençoada» - o 'Dom Bruxo' faz o esconjuro da bebida, recitando a ladainha «mochos, corujas, sapos e bruxas, demónios, trasgos e diabos, espíritos das enevoadas veigas», livrando-a de maus-olhados, feitiços e bruxedos.

 

A preparação da queimada é o ponto alto da noite, mas a diversão e animação contínua, até de madrugada, pelos bares e discotecas da vila.

A organização revela que a 'Noite das Bruxas' terá uma surpresa, depois da presença do padre Fontes, que irá deliciar a plateia.

 

Os restaurantes e hotéis de Montalegre, com lotação esgotada há vários meses, prometem infernizar o jantar dos convivas com refeições diabólicas e seres demoníacas a atormentá-los.

 

Na noite mais mágica do ano de Montalegre nada fica ao acaso. Além das lojas comerciais, restaurantes e hotéis estarem decorados com motivos ligados a esta data de azar, as rotundas da vila também estão vestidas a rigor com capas negras de bruxas.

 

Outra das novidades desta sexta-feira 13 é a venda de uma t-shirt oficial e alusiva ao evento.

 

Fernando Rodrigues acredita que esta sexta-feira 13 vai ser, tal como as anteriores, um «verdadeiro sucesso».

 

Acredite-se ou não no oculto, o objectivo, explicou o edil, é ir ao encontro do imaginário das pessoas que visitam Montalegre.

 

Além de «aposta ganha», Fernando Rodrigues salientou que a 'Noite das Bruxas' colocou a vila no mapa e trouxe-lhe prestígio, pelo que tem de ser «preservada».

 

Montalegre celebra todas as ‘sextas-feiras 13' do ano, festa associada ao mítico, desde 2002.

 

Noticia do Sol



olhar para o mundo às 13:07 | link do post | comentar

Quarta-feira, 27.06.12

 

letra

 

Acabou, não interessa o que falhou
E não me interessa o que não mudou
Eu e tu sabemos o que se passou
Falei, tentei, expliquei 
Prometeste-me e eu esperei
Magoaste-me eu perdoei
Foi mentira mas acreditei
Custou, mas acordei
O amor é uma merda, agora sei
Percebe, desejo-te tudo de bom
A última coisa que tenho pra ti é este som:


Porque: Por mais que custe, eu vou ser capaz
Juro a mim mesmo não voltar atrás
Vou ter saudades mas tu não vais saber
Vou pensar em ti até te esquecer
Acabou, acabou, sim acabou
Acabou e não quero mais
Acabou, acabou, sim acabou
Acabou e não chores mais


Não há dor nem desgosto que o tempo não cure
Se eu amei e acreditei que ninguém me censure
Fiz o que pude agora mudo de atitude
A vida não para, tou vivo a só peço saúde
Não estava escrito, está tudo dito
Se perguntarem por mim diz que comigo está tudo bem
Que não deu certo mas que a culpa não é de ninguém
Só é quando tiver que ser
Vou pensar em ti até te esquecer
Life goes on
I'm still here
But the love is gone
Não me apanhas nem ao telefone
Para me teres outra vez só se for um clone
E quando me vires na rua sorri, mas continua


Porque: Por mais que custe eu vou ser capaz
Juro a mim mesmo não voltar atrás
Vou ter saudades mas tu não vais saber
Vou pensar em ti até te esquecer
Acabou, acabou, sim acabou
Acabou e não quero mais
Acabou, acabou, sim acabou
Acabou e não chores mais


Dizias que amavas mas não mostravas
Sabias que erravas mas nunca mudavas
Fizeste tudo errado e agora és passado
Respiro de novo este ar renovado
Mas tou bem, tou bem assim
Tu não, não és pra mim
Chegou, chegou ao fim
Se não me matou tornou-me mais forte


Por mais que custe eu vou ser capaz
Juro a mim mesmo não voltar atrás
Vou ter saudades mas tu não vais saber
Vou pensar em ti até te esquecer
Acabou, acabou, sim acabou
Acabou e não quero mais
Acabou, acabou, sim acabou
Acabou e não chores mais


Vou pensar em ti até te esquecer

Vou pensar em ti até te esquecer

ACABOUUUU 


olhar para o mundo às 17:51 | link do post | comentar

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email
Artigos recentes

Boss Ac - Dias Assim (Ain...

BOSS AC - DIAS ASSIM (AIN...

BOSS AC - BOA VIBE FEAT. ...

Boss Ac - Dias Assim (Ain...

Boss AC - Boa Vibe feat. ...

Boss AC - Só vês o que qu...

Ivete Sangalo, Boss AC e ...

Boss Ac - "Estou Vivo"

Boss Ac - Lena (a culpa n...

BOSS AC - Anda cá ao papá

Arquivo

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Arquivado em

todas as tags



links
comentários recentes
A TRÍADE SALOIA Casino Estoril Sol IIINo caso da f...
sou louco pelas tuas musicas, Allen halloween a t...
Adorei
Mas os da foto são os Linda Martini...
Já ouvi este música umas boas dezenas de vezes e n...
Eu gosto muito desta música maria teresa tu...
Eu gosto muito de cantar esta música esta m...
Muito romantica
É "peaking" (de "peak") e não "peacking".
Muito obrigado, já alterei o post
Posts mais comentados
blogs SAPO
subscrever feeds