Quarta-feira, 09.08.17
 

bonssons.jpg

 

 
BONS SONS 2017
EM 3… 2… 1…
 
O BONS SONS começa já esta semana. Serão 4 dias de espectáculos com o melhor que a música portuguesa tem para oferecer, no cenário pitoresco da Aldeia de Cem Soldos.

Quem chegar e assentar arraiais no parque de campismo, encontra ali montada também a Festa de Recepção ao Campista com as primeiras sonoridades dançáveis entregues nas mãos de Inês Lamim. Os dias seguintes estão recheados com os nomes de um cartaz com 52 espectáculos por onde escolher.

As manhãs de quem consegue levantar-se cedo são preenchidas com um pequeno-almoço na aldeia, sessões de música para crianças, regateios pela feira de artesanato, visitas ao curral dos burros, jogos tradicionais ou um refresco no rio de uma das praias fluviais da zona.

Os inícios de tarde trazem também muitas actividades antes dos primeiros concertos, como as oficinas para construir instrumentos musicais, a exibição de curtas-metragens, em parceria com o Curtas em Flagrante, as artes performativas em parceria com a Materiais Diversos ou as actuações ad-hoc no Palco Garagem.

Os concertos começam a aquecer pela tarde dentro, no interior da igreja, com o Palco MPAGDP, onde a programação está a cargo d’A Música Portuguesa A Gostar Dela Própria. A procissão do cartaz segue para o adro, onde o Palco Tarde ao Sol rasga as primeiras notas que ecoam pelas ruas de Cem Soldos. Seguem-se os concertos do coreto, de outra forma conhecido como Palco Giacometti, onde estalam as sonoridades mais introspectivas de cantautores e calmos virtuosos.

Depois do aquecimento, iniciamos o diálogo musical entre os projectos sonoros do enérgico Palco Eira alternados com as melodias incontornáveis que partem da Praça do Rossio, no Palco Lopes-Graça.

Aplaudidos os memoráveis espectáculos dos músicos consagrados e das principais atracções da noite, a festa continua tanto no Palco Aguardela, com as batidas que caracterizam o calor da madrugada, como nas tascas, quintais e tabernas da aldeia que viram tertúlias e locais de boémia.

Para ninguém se perder no meio de tanto que há para fazer, existe a APP do BONS SONS que é já uma referência. Simples, eficaz e com toda a informação necessária, incluindo o acesso ao Instagram oficial. Disponível para IOS e Android.

Segredos e surpresas? Sim, vão existir, mas só estarão disponíveis para quem for ao BONS SONS.


publicado por olhar para o mundo às 10:13 | link do post | comentar

Sábado, 22.07.17

cem soldos.jpg

 

 
BONS SONS 2017 —
CHEGAR, FICAR E VIVER A ALDEIA
 

O BONS SONS, além da música, vale a pena pela partilha de bons momentos entre todos. Esta é uma preocupação da organização que está patente tanto na variedade de estilos da escolha musical, como na organização do evento, preparada para satisfazer vários tipos de públicos. Por isso, o BONS SONS tem trabalhado para melhorar também a acessibilidade a pessoas com mobilidade reduzida de modo a garantir que ninguém fica de fora deste festival único e que todos podem desfrutar de BONS SONS na proximidade de amigos e família.

Cem Soldos está localizada a 5 Km de Tomar e o melhor acesso é pela Estrada Nacional 349-3 que liga Torres Novas a Tomar. Há várias formas de chegar e muitas opções de alojamento consoante os gostos e as carteiras. A região oferece ainda várias possibilidades de actividades para um dia bem passado.

CHEGAR LÁ SEM PROBLEMAS


Com o objectivo de promover o acesso através de comboio, o BONS SONS, em parceria com a CP, oferece 30% de desconto nos serviços Intercidades, Regional e InterRegional, para viagens de ida e volta com destino a Tomar ou a Paialvo. Este desconto é aplicável a viagens entre os dias 10 e 15 de Agosto de 2017, mediante a apresentação do bilhete do festival.

Igualmente, quem se deslocar ao festival e comprar o Passe 4 Dias na bilheteira do recinto tem um desconto de 5€ no valor, com a apresentação do bilhete de ida e volta de comboio destinado às estações que servem o festival.

O BONS SONS proporciona um serviço de transfer, de hora a hora, que liga o recinto às estações de comboio e autocarros no centro de Tomar e à estação de Paialvo. Esta é também uma alternativa responsável para os condutores que queiram beber e para pessoas com alojamento em Tomar.

Se, ainda assim, o automóvel for a opção escolhida, basta seguir pela Estrada Nacional 349-3 até Cem Soldos (Madalena). Para quem não se quer perder e usa tecnologias de indicação de rota basta usar as coordenadas de GPS: 39°35’10.8″ N 8°27’05.2″ W. O estacionamento não é uma dor de cabeça uma vez que existem 20 parques de estacionamento a circundar o recinto, para grande comodidade dos visitantes.

ONDE FICAR PARA RELAXAR


A organização do festival providencia um amplo e fresco terreno para campismo, cheio de árvores e com serviços de apoio: WC, chuveiro e restauração. São mais de 20.000 m2 de parque de campismo com acesso gratuito para os portadores do Passe 4 Dias.

Para quem não tem tenda, não quer perder tempo em montagens e desmontagens, mas quer beneficiar da proximidade com a natureza, pode recorrer às soluções da Sleep’em’all. Esta alternativa actual e divertida providencia tendas já montadas no recinto, disponíveis em várias dimensões, com muita cor e energia positiva.

A região de Tomar está dotada de várias tipologias de unidades hoteleiras e de turismo rural prontas a acolher os visitantes do BONS SONS. Hotéis, pensões, quintas, casas de dormidas, estalagens, hospedarias, residenciais e parques de campismo – existem oportunidades de alojamento para todos os gostos e orçamentos. O site do BONS SONS tem já uma selecção extensiva para que os visitantes não percam muito tempo com a procura do seu sítio ideal.

 

MOBILIDADE REDUZIDA, OPORTUNIDADE AUMENTADA


No BONS SONS a acessibilidade é pensada pelas pessoas que também usufruem dela. Os palcos Eira, Lopes-Graca e Aguardela estão dotados de plataformas elevadas individuais que permitem aos visitantes em cadeira de rodas poderem desfrutar dos concertos à altura do restante público, no meio da acção e ao lado dos seus amigos em pé. No palco Giacometti, há uma zona de visibilidade privilegiada para assistir à sombra aos concertos calmos da tarde.

Guardámos a melhor localização de estacionamento, junto à Entrada da Escola, para veículos com dístico próprio, e ainda oferecemos o bilhete de entrada ao acompanhante. Pelas necessidades específicas, reservámos uma casa de banho adaptada em exclusivo para visitantes de mobilidade reduzida.

 

ENTRE CONCERTOS...
VAMOS À PRAIA!


Num raio de 20 quilómetros há várias praias fluviais que refrescam os ânimos a toda a gente, mesmo aos que não se deixam impressionar pelo calor. É só escolher e dar uma escapadela do recinto para se conhecer a paisagem circundante. Desde o Agroal, na nascente do Nabão, às praias do rio Zêzere, a escolha é diversa. As praias de Alverangel (São Pedro) e Montes (Olalhas), por exemplo, foram distinguidas com a classificação Qualidade de Ouro na Listagem de Praias e Águas Balneares da Quercus, pelo segundo ano consecutivo.



publicado por olhar para o mundo às 10:13 | link do post | comentar

Sexta-feira, 30.06.17

bons sons.jpg

 

 
BONS SONS 2017 —
PLANO ECOLÓGICO DO BONS SONS
COM "SÊ-LO VERDE"
 

O BONS SONS é um dos festivais de música abrangidos pelo novo Programa "Sê-lo Verde", uma iniciativa do Ministério do Ambiente e Fundo Ambiental. Além das acções implementadas nas edições anteriores, este ano há um total de quatro medidas que terão apoio financeiro para sair do papel: a instalação de torneiras redutoras de caudal, a instalação de casas de banho secas no parque de campismo, eco-vídeos de sensibilização para boas práticas ambientais e actividades educativas dirigidas aos mais novos.

O COMPROMISSO
DO BONS SONS COM
A ECOLOGIA



O Plano Ecológico desta edição do BONS SONS abarca as medidas já implementadas em anos anteriores do festival, indo mais além com a proposta de novas medidas. Centrado na necessidade de o festival marcar a aldeia e de a aldeia marcar o festival, não só cultural mas ambientalmente, foram definidas medidas adicionais que terão por base a poupança de recursos durante e após festival. A sua implementação será feita numa perspectiva de melhoria contínua, através da instalação de equipamentos e a adopção de práticas que envolvam toda a comunidade BONS SONS: habitantes, visitantes, concessionários e as estruturas regionais em que a Aldeia se insere.

O Programa "Sê-lo Verde" visa incentivar, nos grandes eventos de música, a adopção de boas-práticas ecológicas com impacto ambiental, social e económico, através do financiamento de medidas verdes. Este programa apoia medidas tangíveis e intangíveis que promovam junto do público a vertente ambiental do evento. Recorrendo a esta linha de financiamento do Ministério do Ambiente, o BONS SONS conseguiu apoio financeiro para a implementação de 4 medidas. Serão apoiadas, como medidas tangíveis, a redução dos consumos de água, através da instalação de torneiras redutoras de caudal, assim como a instalação de sanitários secos no Parque de Campismo. Ao nível das medidas intangíveis, o BONS SONS irá desenvolver um conjunto de vídeos de sensibilização, dinamizados por quem "Vive a Aldeia" e destinados a quem "Vem viver a Aldeia", bem como a dinamização de acções de educação ambiental no Espaço Criança.

O BONS SONS A
EVITAR O DESPERDÍCIO
DE ÁGUA



Serão instaladas torneiras com redutores de caudais nos locais mais adequados, onde se poderão promover usos mais equilibrados (ex. pontos de lavagem de canecas) ou com maiores poupanças de água (ex. banhos no parque de campismo), ou locais que sejam utilizados durante todo o ano (ex: equipamentos da associação cultural SCOCS). Com a instalação destas torneiras são esperados três resultados: a natural redução dos consumos de água, uma melhoria na gestão da água por parte dos utilizadores, e uma redução que se irá estender para lá do período do festival.

Outra medida que racionaliza a utilização de água é a instalação de casas de banho secas no Parque de Campismo. Será a primeira vez que acontece no BONS SONS e prevê-se que, em próximas edições, se aumente a sua utilização, aprendendo com a experiência e melhorando a sua eficácia. Com estes dispositivos prevê-se a redução do volume de efluentes líquidos encaminhados para tratamento em ETAR. Paralelamente, e numa perspectiva de reutilização de recursos, o composto resultante das pilhas de compostagem destes resíduos será disponibilizado à população para utilização nas suas hortas e jardins.

MUDAR ATITUDES,
MUDAR COMPORTAMENTOS —
ECO-VÍDEOS E ACTIVIDADES
PARA CRIANÇAS



Através de mensagens em vídeo, serão sugeridos ao visitante comportamentos simples que melhoram a pegada ecológica, compreendendo que o espaço não é apenas um recinto, é a casa de muitas pessoas. Os residentes serão eles próprios os protagonistas destes vídeos, tonando-se embaixadores das boas práticas ambientais e, assim, perpetuando a sua actuação além do festival.

No Espaço Criança irão mais além, com actividades dirigidas aos mais novos directamente focadas na aprendizagem de boas práticas ambientais e na transmissão de conhecimentos relacionados com as funções dos ecossistemas (ex. ciclo da água). As faixas etárias mais jovens podem, desta forma, ser sensibilizadas de forma lúdica e didáctica, promovendo a aprendizagem conjunta entre crianças, bem como a transmissão destes valores no regresso à família.

UM PLANO ECOLÓGICO
EXTENSO E AMBICIOSO



O estabelecimento de um Plano Ecológico do BONS SONS tem sido uma preocupação desde o início do festival. Destaca-se, este ano, a eliminação definitiva dos copos descartáveis de cerveja e refrigerantes, promovendo-se a utilização de copos reutilizáveis. O Plano Ecológico do BONS SONS não se esgota nesta nem nas 4 medidas financiadas através do Programa "Sê-lo Verde". No plano estão previstas ainda a melhoria do sistema de segregação e recolha diferenciada, a promoção da utilização de cinzeiros portáteis e a definição de "Recomendações de Melhoria de Desempenho Ambiental do Concessionário". Todas as acções do Plano Ecológico serão enquadradas por um plano de monitorização das medidas adoptadas.



Vem viver uma Aldeia mais verde.


publicado por olhar para o mundo às 12:13 | link do post | comentar

Quinta-feira, 08.06.17

sem soldos.jpg

 

 
BONS SONS 2017 — ESTUDO MOSTRA PORQUE É QUE
CEM SOLDOS FAZ O BONS SONS
 

Cem Soldos é a Aldeia de que tanto se fala. É a Aldeia que faz o BONS SONS acontecer. Situada a 5 Kms de Tomar e a 12 de Torres Novas, tem cerca de 600 habitantes e vive um verdadeiro espírito comunitário que mantém as tradições vivas e actuais. Num inquérito conduzido aos residentes, a associação local SCOCS, organizadora do BONS SONS, recolheu opiniões muito positivas e nelas o incentivo necessário à continuação deste projecto ímpar no panorama cultural português.


O MELHOR DO BONS SONS PASSA PELO ESPÍRITO COMUNITÁRIO E DE ENTREAJUDA

O BONS SONS, ao contrário de tantos outros festivais de organização empresarial, foi criado e tem sido sempre preparado por cem-soldenses, através da sua associação cultural, SCOCS. Para conhecer as principais posições dos residentes da aldeia face ao BONS SONS, o SCOCS desenvolveu um estudo de opinião, com um inquérito porta-a-porta*.

Mais de 95% dos habitantes de Cem Soldos sentem que o BONS SONS é positivo para a aldeia e que se deve continuar a organizar, sobretudo porque reconhecem a visibilidade que a aldeia toma, através deste evento, tanto no palco nacional como internacional. Por outro lado, o contacto com pessoas de fora é também enaltecido como positivo pelos residentes, uma vez que traz uma enorme diversidade de pessoas a visitar o espaço da aldeia e tem a capacidade de expandir horizontes.

No estudo do SCOCS, é também evidenciado que o melhor do BONS SONS passa pelo espírito comunitário e de entreajuda, tão patente na união dos residentes, familiares e amigos ao longo desses dias. Os residentes orgulham-se de o BONS SONS ser o resultado da manifesta capacidade de organização e de concretização da aldeia.



OS CEM-SOLDENSES SÃO UM DOS PILARES DE SUCESSO DO BONS SONS

Os entrevistados valorizaram também o ânimo que se dá à economia local e a dinamização da oferta cultural de qualidade, por ser a montra de muitos projectos musicais, alguns deles menos conhecidos dos habitantes.

Os aspectos negativos foram mais difíceis de elencar, com 44% dos entrevistados a não mencionar nenhum factor de desagrado. Mas as eventuais críticas foram seguidas de possibilidades de solução e os residentes avançaram ideias para melhorar os pontos que consideraram negativos.

Os dias do festival correm bem graças a uma multidão de voluntários. Destes, a grande maioria é proveniente da população residente em Cem Soldos. O estudo estima que cerca de um terço (32%) dos habitantes já foi voluntário em edições anteriores do BONS SONS, com a tendência crescente da percentagem de participação (6%) a verificar-se também em 2017.

Para auxiliar ao sucesso do BONS SONS, os residentes revelaram nas entrevistas abertura e disponibilidade para contribuir com recursos próprios como alojamento, decoração das fachadas e disponibilização da imagem. Estes contributos acrescem ao trabalho voluntário, cedência de espaços e terrenos e à já habitual adaptação das suas vidas no período mais intenso do festival.

Durante os dias do BONS SONS, o visitante é convidado a viver a Aldeia, a conhecer os seus habitantes e a partilhar os seus lugares e tradições, no festival que já foi premiado como melhor festival de média dimensão, e reconhecido pelo acolhimento e recepção aos visitantes, pela infraestrutura inovadora e pela contribuição para a sustentabilidade.


Cem Soldos faz a cultura acontecer.
Cem Soldos é A Aldeia.

BILHETES À VENDA NOS LOCAIS HABITUAIS
PASSE 4 DIAS: Março—Agosto 40€ / Agosto (recinto) 45€
BILHETE DIÁRIO: Março—Agosto 20€ / Agosto (recinto) 22€



publicado por olhar para o mundo às 12:13 | link do post | comentar

Quarta-feira, 24.05.17

venusmarte.jpg

 

 
BONS SONS 2017
COM UM CONCERTO "ESPACIAL" ENTRE VÉNUS E MARTE
 

Ele diz que não está velho, que está mais novo do que nunca mas com o dobro da experiência. O nome surpresa do cartaz do BONS SONS é finalmente divulgado e é a cereja no topo do bolo do melhor cartaz da música portuguesa deste Verão.

Em 2017, José Cid vai sentar-se aos comandos da nave espacial que aterra em Cem Soldos para o concerto de celebração do álbum icónico da sua carreira – "10.000 anos depois entre Vénus e Marte". Num registo de rock progressivo, pelo qual é menos conhecido do grande público mas que é aclamado por especialistas e melómanos, Cid transporta-nos numa viagem de ficção científica estelar com notas de alucinação psicadélica.


REVIVER "10.000 ANOS DEPOIS ENTRE VÉNUS E MARTE" NO BONS SONS
O PROG-ROCK DE JOSÉ CID


O álbum lançado em 1978 pela editora Orfeu conta a história de um homem e uma mulher que regressam à Terra após 10.000 anos da autodestruição da humanidade. Viajam através do espaço em direcção ao planeta azul para o repovoar. Na altura não foi imediatamente reconhecida a virtude deste álbum, com vendas a não irem além das 1000 cópias, mas como acontece às obras de génio editadas à frente do seu tempo, foi ganhando o estatuto de álbum de culto tanto em Portugal como além-fronteiras. É este o grande motivo para celebrarmos os quase 40 anos deste álbum com o seu compositor e intérprete original no Festival da Música Portuguesa.

"10.000 anos entre Vénus e Marte" não foi nave que se pilotou sozinha. Na gravação, além do versátil músico, talentoso teclista e reverberante vocalista José Cid, juntaram-se Zé Nabo no baixo e na guitarra, que partilhou com Mike Sergeant, enquanto as baquetas da bateria e a percussão estavam nas mãos criativas de Ramon Galarza.

A sonoridade astral, muito particular desta obra, deve-se ao instrumento musical Mellotron, uma marca constante no rock progressivo e uma característica comum a outras bandas da época como Pink Floyd, Genesis, King Crimson ou Moody Blues. Este instrumento data de uma era pré-sampling musical e dá ao controlador a possibilidade de reproduzir som gravado numa fita de áudio alterando-lhe o tom e ritmo.

O Mellotron empresta também o nome ao Planeta Fantástico, uma das músicas do álbum. O álbum contém ainda os temas "O Último Dia na Terra", "O Caos", "Fuga para o Espaço", o homónimo "10.000 anos depois entre Vénus e Marte" "A partir do Zero", "Memos" e "Vida (Sons do Quotidiano)", este último incluído como faixa bónus no álbum original e já tinha sido editado como EP em 1977.

O espectáculo contará ainda com temas que datam da mesma época como "Onde, Quando, Como, Porquê, Cantamos Pessoas Vivas", uma incursão no rock sinfónico que precedeu o álbum, e também "Vozes do Além" cuja gravação contém poemas de Sophia de Mello Breyner e de Natália Correia. Este tema tem sido prometido para um aguardado álbum, com o mesmo nome, em que José Cid estará a trabalhar, empreendendo um regresso a esta estética musical com o tema da reincarnação e da vida após a morte.


FAZEM AINDA PARTE DO CARTAZ DO BONS SONS 2017

Rodrigo Leão, Orelha Negra, Mão Morta tocam Mutantes S21, Capitão Fausto, Samuel Úria, Paulo Bragança, Virgem Suta, Frankie Chavez, Né Ladeiras, Medeiros/Lucas, Glockenwise, Throes +The Shine, Holy Nothing, The Poppers, Thunder & Co, Manuel Fúria e os Náufragos, Señoritas, Octa Push, Whales, Filipe Sambado, Captain Boy, Marco Luz, Surma, LST - Lisboa String Trio, Joana Barra Vaz, Valter Lobo, Sonoscopia, Les Saint Armand, Sampladélicos, Ana Jezabel e António Torres, Lander&Jonas, Carlota Lagido, Band'olim, Lucía Vives + João Raposo, Moços da Vila, Sanct'Irene, SingularLugar, Filipe Valentim, Moçoilas, Rodrigo Affreixo, Puto Anderson, DJ NinOo e K30 (Firma do Txiga), Groove Salvation, Zé Nuno, Sam U, Beatdizorder e Inês Lamim.



publicado por olhar para o mundo às 23:13 | link do post | comentar

Quarta-feira, 22.02.17
bons sons2.jpg
 
8
 

PASSE 4 DIAS EM VENDA ANTECIPADA POR 25€

A Aldeia de Cem Soldos volta a realizar o BONS SONS. Este ano, o aguardado evento que reúne o melhor da expressão musical portuguesa decorre entre 11 e 14 de Agosto.

Até ao final de Fevereiro, os bilhetes estão disponíveis nos locais habituais ao preço especial de 25€ por cada Passe 4 Dias. Esta é a oportunidade para quem reconhece a qualidade do evento e pretende adquirir o ingresso antecipadamente por um valor muito apetecível.
A partir de Março, os Passes 4 Dias passam a custar 40€ e os Bilhetes Diários serão disponibilizados pela primeira vez por 20€.



9 NOMEAÇÕES PARA OS IBERIAN FESTIVAL AWARDS

O Iberian Festival Awards divulgou os finalistas da sua 2ª edição, com o BONS SONS referido em nove das 19 categorias de prémios e assumindo-se como o festival com mais nomeações.
Para dez das categorias, os finalistas foram obtidos por votação online do público. Os nomeados das restantes nove categorias foram determinadas por um júri composto por três elementos de Portugal, três de Espanha e três convidados internacionais.
O BONS SONS está nomeado para os seguintes prémios:


CATEGORIAS DECIDIDAS PELO JÚRI

• Melhor Programa Cultural
• Melhor Comunicação
• Melhor Activação de Marca (Strongbow)
• Melhor Acolhimento e Recepção
• Melhor infraestrutura
• Contribuição para a sustentabilidade


  CATEGORIAS DECIDIDAS PELO PÚBLICO

• Melhor festival de Média Dimensão
• Melhor Alinhamento
• Melhor Zona de Campismo
• Melhor Espectáculo ao Vivo Nacional (Jorge Palma)


Estas nomeações reflectem bem o esforço de toda a equipa do BONS SONS que se envolve na organização comunitária do evento. A Aldeia de Cem Soldos mobiliza-se com dedicação e entrega à música portuguesa para apresentar o festival que é uma referência no panorama nacional e ibérico.

Na passada edição do Iberian Festival Awards, o BONS SONS foi nomeado para quatro categorias tendo arrecadado o galardão ibérico em duas delas: Melhor Festival de Média Dimensão e Contribuição para a Sustentabilidade.

Os vencedores serão conhecidos na gala de atribuição dos prémios, que decorrerá a 16 de Março no Museu de Arte Contemporânea de Barcelona (MACBA), inserido na programação do 6º Talkfest – International Music Festivals Forum para aquela cidade espanhola.



publicado por olhar para o mundo às 10:13 | link do post | comentar

Quarta-feira, 18.01.17

bons sons2.jpg

 

 

 
BONS SONS 2017
MAIS MÚSICA PARA OS TEUS OUVIDOS
 

Abrimos o ano com duas boas notícias. Uma, claro, é a confirmação de mais um BONS SONS, a ter lugar na mítica aldeia de Cem Soldos, no Concelho de Tomar, entre 11 e 14 de Agosto.
A outra é que, apenas até ao final de Fevereiro, o Passe 4 Dias custa 25 euros. Entre Março e Agosto o valor será 40 euros, pelo que esta é uma oportunidade única para garantir a presença a preço especial.

Além destas duas boas razões para sorrir, muitas mais haverá quando divulgarmos as actuações nos 8 palcos do festival.

Na senda das nomeações para o Iberian Festival Awards 2017 – Melhor Festival de Média Dimensão, Melhor Alinhamento, Melhor Site para Campismo e Melhor Concerto (Jorge Palma) –, o BONS SONS não deixará os seus créditos por mãos alheias e, como é tradição, vai apresentar um cartaz em grande, na qualidade e na quantidade. Mais um ano para provar o enorme dinamismo e capacidade de renovação da música portuguesa, naquele que é um local de culto há mais de 10 anos.

As bilheteiras abrem na próxima 5ª feira dia 19.
E nós marcamos encontro em Agosto para Viver a Aldeia!



publicado por olhar para o mundo às 10:13 | link do post | comentar

Terça-feira, 26.07.16
savethedate_banner-01.jpg
 
VIVER O BONS SONS ALÉM DOS CONCERTOS:
HÁ PROGRAMA PARA TODA A FAMÍLIA
 

O público do BONS SONS tem a oportunidade de viver a programação musical de forma diferente, através de inúmeras propostas que permitem a exploração de outras artes e ambientes. Em Cem Soldos vai haver muita vida para lá dos concertos com actividades pensadas para todos os elementos da família.

Todos os dias, o BONS SONS oferece a oportunidade, por exemplo, de os novos pais levarem os seus mais pequenos à descoberta das primeiras notas, com “Música para Bébés”. Podem ainda deixar-se surpreender pelas histórias encenadas que trazem ventos de outras paragens. Os contadores vão, em 30 minutos, dar vida às personagens de “Ka”, sobre a lenda das matrioskas, e de “INUIT: Um povo com vários povos”.

Os amantes da sétima arte e do cinema documental têm em “Este Povo” e “Auto Rádio” uma boa ocasião para conhecer de perto as gentes de Cem Soldos e descobrir o processo musical de Benjamin. Todos são convidados ainda para dar asas à imaginação com a mostra de curtas-metragens lusófonas originais de Curtas em Flagrante 2016.

As artes plásticas, sonoras e performativas vão multiplicar-se pelos espaços da Aldeia. À instalação arquitectónica “The Great Gig In Sky”, localizada no Palco Eira, junta-se a instalação sonora de Luís Antero “Cem Soldos, 100 Sons”, no Centro de Exposições, e a instalação poliartística “A máscara como (ul)traje da paisagem”, na Adega de São Sebastião.




   

 



publicado por olhar para o mundo às 12:13 | link do post | comentar

Quinta-feira, 28.04.16
savethedate_banner-01.jpg
 
O RITMO DO BONS SONS – 9 NOVOS NOMES PARA O CARTAZ DO FESTIVAL QUE FAZ DA SUSTENTABILIDADE UMA TRADIÇÃO
 

O BONS SONS 2016 revela mais 9 nomes que enchem o seu cartaz de música portuguesa. A rocktrónica de João Vieira no projecto White Haus, o turbo-baile de Tocha Pestana, os jogos rítmicos das Adufeiras do Paúl, as canções tresmalhadas de Diego Armés, as quatro baterias deTim Tim por Tim Tum e as canções dramáticas de João e a Sombra são alguns dos novos nomes para o alinhamento desta edição.

A Enchufada faz 10 anos e celebra com o BONS SONS. Branko, Rastronaut e Dotorado Pro, nomes emblemáticos da editora criada pelos fundadores de Buraka Som Sistema, vêm encher a noite de ritmos globais.

A primeira fase de venda de bilhetes termina já no final de Abril. Até lá o Passe 4 Dias mantém-se a 25€..


BATEM TRADICIONAL E ELECTRONICAMENTE COMO QUEM CHAMA POR NÓS
 

João Vieira, depois do sucesso aos comandos de X-Wife e DJ Kitten, entrou na composição e produção electrónicas com o projecto White Haus.

A dupla Tocha Pestana, percorrendo deliberadamente a estética pop-rock portuguesa dos anos 80, são os reis do turbo-baile. Pop de bola de espelhos a reflectir nos óculos escuros retro-futuristas.

As Adufeiras do Paúl misturam as palavras das suas recolhas etnográficas com os sons de adufes, peneiras e pedrinhas.

Para lá de Feromona e Chibazqui, projectos que integra, Diego Armés deixa fugir a solo as suas canções frágeis e isoladas, apoiadas no som da guitarra acústica.

As quatro baterias em palco de Tim Tim por Tim Tum (José Salgueiro, Alexandre Frazão, Bruno Pedroso e Marco Franco) comportam um universo tão vasto quanto a imaginação de quem as toca e de quem as ouve.

O actor e músico João Tempera ressuscitou o seu alter-ego musical João e a Sombra. Traz canções negras que consolam as penas e embalam os medos.

Ao celebrar 10 anos, como o BONS SONS, era mais que justo que a festa fosse conjunta. Em Agosto, a Enchufada vai levantar os decibéis em Cem Soldos com Branko, Rastronaut e Dotorado Pro.

Branko, pioneiro da editora, depois de uma residência na BBC Radio 1 e Antena 3, editou o seu álbum “Atlas” em 2015, com uma sonoridade classificada como “sonoridade sensualmente dançante”.

Rastronaut encarna na plenitude a missão da Enchufada, de azimute traçado desde o continente africano até Campo de Ourique.

Dotorado Pro, um dos mais recentes nomes lançados pelo selo português, trabalha num misto de afrohouse e sonoridade progressiva.

 

O Passe 4 Dias encontra-se à venda nos locais habituais por 25€ apenas até ao final de Abril.
Em Maio passa a custar 32€ e em Julho 38€.

Nesta edição, o bilhete para os 4 dias do evento inclui já a oferta da caneca BONS SONS. Ao (re)utilizar a caneca de alumínio, pretende-se que os visitantes contribuam activamente para a redução da pegada ecológica, com diminuição substancial dos resíduos produzidos com os copos de plástico.

Além desta medida, e sabendo que grandes eventos são também grandes estruturas de produção de resíduos, promovemos o respeito pelo espaço que acolhe o Festival — a aldeia de Cem Soldos — desenvolvendo estratégias de sensibilização para a reutilização de materiais, diminuição do desperdício e implementação de sistemas de recolha e tratamento mais eficientes.

Estas boas práticas ambientais e a contribuição para o desenvolvimento local têm sido motivos de reconhecimento do BONS SONS como um dos melhores e mais sustentáveis eventos de música ibéricos: Melhor Contribuição para a Sustentabilidade e Melhor Festival de Média Dimensão no Iberian Festival Awards 2015 e Melhor Festival de Média Dimensão 2015 eFestival Mais Sustentável 2014 no Portugal Festival Awards.

 

A próxima edição do BONS SONS
decorre de 12 a 15 de Agosto de 2016
em Cem Soldos, Tomar.



publicado por olhar para o mundo às 21:13 | link do post | comentar

Quarta-feira, 13.04.16
savethedate_banner-01.jpg
 
 
O CARTAZ CRESCE COM MAIS CONFIRMAÇÕES E ABRE O CONVITE A VOLUNTÁRIOS E ARTESÃOS
 

Mais nomes se juntam ao extenso cartaz do BONS SONS 2016: a voz de Carminho, o Fandangode Luís Varatojo e Gabriel Gomes, Isaura como revelação, Da Chick no funk, as viagens etéreas dos Dear Telephone, o pós-rock épico dos Indignu [lat.] e a discoteca indie de Cláudia Duarte.

Além dos habitantes de Cem Soldos, a aldeia convida voluntários a receber os visitantes, para uma experiência de imersão na equipa dedicada aos vários serviços do BONS SONS. Uma equipa já reconhecida pelo projecto humano e de sustentabilidade, com um contributo inegável para o desenvolvimento da região e para a cultura nacional. Esta oportunidade constitui a possibilidade de se tornarem verdadeiros embaixadores das boas práticas associativas. As inscrições para os voluntários BONS SONS 2016 estão abertas até 31 de Maio.

Abriram também as inscrições para os artesãos nacionais, coleccionadores, alfarrabistas, entre outros, interessados em participar na Feira de Marroquinarias e Artesanato que dá vida às ruas de Cem Soldos, complementando a vivência da música portuguesa durante os dias de BONS SONS.


VALE TUDO, DO FADO AO INDIE
 
MAIS 7 CONFIRMAÇÕES


Filha de fadista sabe cantar. Carminho é dona de uma voz inconfundível, que tem emprestado o fado a novas sonoridades,, colaborando com artistas como Pablo Alborán, Milton Nascimento, Chico Buarque e Marisa Monte

O Fandango de Luís Varatojo (Peste&Sida, A Naifa) e Gabriel Gomes (Sétima Legião, Madredeus) explora as sonoridades do acordeão e da guitarra portuguesa numa composição onde a electrónica comanda a acção e apela, obviamente, à dança.

Natural de Gouveia, Isaura tem arrebatado a rádio nacional com os temas “Useless” e “Change it” do seu EP de estreia, “Serendipity”, que lhe valeu nomeação como “Revelação” nos Portugal Festival Awards 2015.

Com paixão e frontalidade, Da Chick quer, pode e manda. Ela traz o funk da velha escola, o groove eterno da soul e salta ao balanço rítmico do disco sound, com um cocktail na mão.

Os Dear Telephone expressam uma carga dramática influenciada pelo cinema em composições duras e frugais. Depois do LP “Taxi Ballad” em 2013, as novas composições vão ser apresentadas nos concertos em 2016.

De Barcelos vêm os Indignu [lat.], sexteto pós-rock que apresenta um novo trabalho. “Ophelia” explora a bipolaridade humana, lembrando que as mais desconcertantes viagens ocorrem dentro de nós.

Cláudia Duarte como DJ mantém-se fiel à sua linha de música trespassada pelo indie, new wave, synthpop, electro e neodisco que faz dela residente no Lux, Musicbox, Casa Independente e Incógnito.


BONS SONS CONVIDA À PARTICIPAÇÃO
 
VOLUNTÁRIOS – PROCURAM-SE!


O voluntariado está na matriz identitária do BONS SONS e só com este contributo é possível realizar cada edição. Aos habitantes de Cem Soldos juntam-se cerca de 100 voluntários de todo o país que apoiam a aldeia e os visitantes durante os dias do festival, de modo a tornar a experiência mais acolhedora e facilitar a operacionalização e fluidez dos acontecimentos. A colaboração e o entusiasmo dos voluntários têm sido decisivos para fazer do BONS SONS um evento único.

As inscrições estão abertas e podem ser efectuadas na página:
bonssons.com/voluntarios até 31 de Maio.



publicado por olhar para o mundo às 12:13 | link do post | comentar

Terça-feira, 29.03.16
savethedate_banner-01.jpg
 
LANÇAMENTO DO CONCURSO EIRA LOUNGE PAVILLION
ACOMPANHA NOVAS CONFIRMAÇÕES DE BANDAS
 

O lançamento do concurso de arquitectura e design para o Eira Lounge Pavillion acompanha as mais recentes confirmações de bandas para o BONS SONS 2016.

A 31 de Março lança-se novamente o concurso de ideias para estrutura efémera do Palco Eira. O projecto vencedor, além do prémio monetário, verá concretizada a sua obra. Tal como no ano anterior, será possível visitar os projectos submetidos a concurso durante o BONS SONS.

Além dos nomes já anunciados para o alinhamento, estão agora confirmados Best Youth, Sensible Soccers, Pega Monstro, Les Crazy Coconuts, Alentejo cantado, Madalena Palmeirim e LODO.

EIRA LOUNGE PAVILLION
 
CONCURSO DE IDEIAS


Numa parceria com a plataforma ideasforward, O BONS SONS lança novamente este ano o concurso de arquitectura e design para dotar o Palco Eira de uma estrutura emblemática. A finalidade do projecto será criar condições para uma confortável permanência dos visitantes no espaço da antiga eira de Cem Soldos, durante os dias quentes e soalheiros de Agosto.

O desafio colocado à comunidade criativa nacional e internacional incentiva e destaca a necessidade de princípios de ecologia e sustentabilidade na concretização desta estrutura efémera.

O júri será composto por Luís Ferreira (BONS SONS), Albio Nascimento (The Home Project Design Studio), Colectivo Warehouse (Arquitectura), Henrique Ralheta (Design) e Luís Maria Baptista (Os Espacialistas).

Em 2015, a estrutura vencedora “Tecto”, da autoria de Orlando Gilberto-Castro e Tiago Ascensão, mestrandos de Arquitectura da Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto, foi um sucesso e uma imagem recorrente do BONS SONS 2015 nos média e redes sociais.

O concurso será lançado no dia 31 de Março de 2016 com a publicação do regulamento. O projecto vencedor receberá um prémio de 1.000€ além de ver construída a estrutura no Palco Eira. Os restantes finalistas e menções honrosas serão expostos durante o BONS SONS 2016.

A partir de 31 Março toda a informação em http://www.if-ideasforward.com

UM PORTUGAL DE CANTE E ROCK
 
MAIS 7 CONFIRMAÇÕES


A evocação da melhor juventude de Ed Rocha e Catarina Salinas, o duo de base dos Best Youth, vem mostrar por que recebem tantos elogios da imprensa especializada.

Com um álbum acabado de editar, “Villa Soledad”, os Sensible Soccers apresentam-se no BONS SONS com as suas reconhecidas e vibrantes actuações ao vivo.

O punk-rock das irmãs de Pega Monstro vai também estar presente na aldeia a provar por que foram selecionadas para as listas de melhores de 2015 pela TimeOut, Expresso e Blitz.

Juntar o sapateado às novas tendências da canção pop é o que podemos esperar do surpreendente trio Les Crazy Coconuts.

A viola campaniça junta-se às vozes harmoniosas de 8 alentejanos que entoam cantigas de antanho, património imaterial da humanidade deste território de largos horizontes. Fazem jus ao nome de Alentejo Cantado.

Madalena Palmeirim traz as suas composições de espírito alternativo, folk, country, pop e indie, acompanhada de bateria e cordas de guitarra, violino, piano, autoharpa e ukelele.

Os LODO foram finalistas do NOS Live Act 2015 e com isso garantiram uma actuação no NOS Alive 2015. Em Cem Soldos jogam em casa e o seu rock progressivo mostra o vigor do experimentalismo instrumental.

 

A próxima edição do BONS SONS
decorre de 12 a 15 de Agosto de 2016
em Cem Soldos, Tomar.



publicado por olhar para o mundo às 19:13 | link do post | comentar

Quinta-feira, 17.03.16

savethedate_banner-01.jpg

 

 

O BONS SONS 2015 recebeu dois Prémios no Iberian Festival Awards, evento promovido pela Associação Portuguesa de Festivais de Música que distingue os melhores festivais realizados na Península Ibérica, nas categorias de Melhor Festival de Tamanho Médio e Melhor Contribuição para a Sustentabilidade, e foi ainda escolhido como finalista em outras 7 categorias, tendo sido o Festival mais nomeado nesta edição.

A celebrar 10 anos, o BONS SONS mantém a sua matriz original: a apresentação de projectos sonoros nacionais de diferentes estilos e influências que varrem o espectro musical. A provar isso mesmo estão as 7 confirmações agora anunciadas para a edição de 2016, de artistas emergentes a consagrados, todos com trabalho actual.


IBERIAN FESTIVAL AWARDS 2016
 

Melhor Festival de Média Dimensão (IFA2016)


Desde 2006 que o BONS SONS acontece na aldeia de Cem Soldos, em Tomar, organizado pelos habitantes da Aldeia, concretizando uma forte ambição comunitária pela divulgação da cultura nacional e pela valorização regional.


Inicialmente com uma periodicidade bienal, esta passou a anual a partir da edição de 2015. Em 6 edições, foi recebido um total de 173.000 visitantes.


Na premissa de se constituir como plataforma de encontro da nova música portuguesa, o BONS SONS nunca repetiu projectos ao longo dos seus anos de vida, apresentando um total de 192 grupos nos palcos distribuídos pela aldeia de Cem Soldos.


Melhor Contribuição para a Sustentabilidade (IFA2016)


Para lá da música, os dias quentes de Agosto que recebem o BONS SONS estão preparados para minimizar o impacto dos visitantes no ecossistema local.


A sustentabilidade, do ponto de vista ambiental, tem sido proposta através do cumprimento do Plano Ecológico em curso durante todo o evento.


A sustentabilidade humana nas suas vertentes económica, social, cultural e territorial fazem parte da génese do projecto do BONS SONS e estão patentes em cada decisão tomada, nas parcerias efectuadas e na estruturação das actividades que decorrem ao longo do ano.


O mais nomeado – Nove Nomeações no IFA2016


Estes foram alguns dos motivos que mereceram as distinções nos Iberian Festival Awards, reconhecendo o BONS SONS nas categorias de Melhor Festival de Média Dimensão e de Melhor Contribuição para a Sustentabilidade.
Além destes galardões, o BONS SONS estava nomeado, entre Escolhas do Júri e do Público, para outras 7 categorias: Melhor Alinhamento, Melhor Espaço de Campismo, Melhor Programa Cultural, Melhor Comunicação, Melhor Recepção, Melhor Infraestrutura e Melhor Actuação ao Vivo (Clã).
O BONS SONS foi o Festival mais citado nesta edição dos prémios IFA2016 e todas as nomeações foram um motivo de orgulho para a incansável equipa de cem-soldenses e amigos da Aldeia que colocam este evento ao nível de grandes festivais de estrutura empresarial.


GUITARRAS, VIOLAS, VOZES E BONECOS
Mais 7 nomes para o BONS SONS 2016
 
imagem

CRISTINA BRANCO

Uma voz única que empresta ao Fado letras de poetas eternos mas pouco habituais neste registo. Acompanhada por compositores e músicos de excelência, é um dos grandes nomes da música em Portugal que estará presente no BONS SONS 2016.



  imagem

FLAK

Compositor e guitarra fundadora dos Rádio Macau e dos Micro Audio Waves, vai apresentar músicas que abrangem as diversas fases do seu percurso, incluindo temas seus a solo, outros para os quais contribuiu com o seu talento e algumas composições novas.



imagem

KEEP RAZORS SHARP

Oscilam no campo do psicadelismo, shoegaze e pós-rock, e com dois singles do seu álbum de estreia homónimo em sucesso radiofónico serão uma das fortes atracções do BONS SONS.



  imagem

GOLDEN SLUMBERS

Projecto das irmãs Falcão, é uma das revelações nacionais, tendo estado nomeado para melhor actuação no IFA2016. As harmonias vocais dão substância ao entardecer folk que não se furta às influências de Simon & Garfunkel ou Fleetwood Mac.



imagem

FEW FINGERS

Nascidos do Leiria Calling, as suas canções simples e despretensiosas, embaladas pela lap steel guitar, vão dar a conhecer as suas composições de legado folk e escola indie. Mas esta não é a sua primeira vez em Cem Soldos – o vídeo do single “Our Own Holidays” foi gravado na aldeia do BONS SONS.



  imagem

GRUTERA

Tem criado um burburinho na imprensa nacional pela sua peculiar abordagem à guitarra. Os locais que escolhe para a tocar, o Túnel das Barricas da Herdade do Esporão ou o Mosteiro de Santa Maria de Cós, dão-lhe uma identidade diferente. Estamos curiosos para saber a que soa quando tocada na aldeia.



imagem

BONECOS E CAMPANIÇA

Juntam o teatro de marionetas à música da viola campaniça. Os bonecos ganham vida ao som das composições do instrumento português, numa dramaturgia que cativa o sorriso e desperta o imaginário fundado nos detalhes da cultura portuguesa.

   



 

A próxima edição do BONS SONS
decorre de 12 a 15 de Agosto de 2016
em Cem Soldos, Tomar.



publicado por olhar para o mundo às 10:13 | link do post | comentar

Quinta-feira, 10.03.16

bons sons.jpg

 

 
BONS SONS 2016

10 bandas, 10 histórias, 10 anos de música portuguesa
 

Em 2016 celebramos 10 anos de BONS SONS. São 10 anos de história da música portuguesa que se contam pelas bandas que passaram pelo seu cartaz.

Para a festa, além do alinhamento geral do BONS SONS, convidámos 10 dos projectos sonoros que marcaram presença em edições anteriores e cuja relevância os torna, ainda hoje, protagonistas da música portuguesa do momento. Nesta edição comemorativa, estes 10 nomes regressam aos palcos da Aldeia de Cem Soldos para contarem o seu episódio particular da passagem pelo BONS SONS.


Da edição de 2006 regressa a agitação da dixieland, uma das vertentes mais animadas do jazz num concerto bem-disposto pelos sete elementos dos DESBUNDIXIE.

2008 recorda-nos a estreia de DEOLINDA, uma ilustre novidade apresentada na altura com uma Canção ao Lado, e hoje, no quarto álbum de originais, são uma presença incontornável da contemporaneidade da música portuguesa. Nesse mesmo ano, os KUMPANIA ALGAZARRAtomavam as ruas de Cem Soldos de assalto com a arruada do seu rendilhado de culturas. Estão de volta com os ritmos africanos, árabes e dos balcãs misturados com ska, funk e hiphop.

A profundidade da voz de LULA PENA atrai muitos visitantes aos seus raros concertos. Em 2010 o espaço foi pouco para tanta gente mas este ano o BONS SONS dá uma nova oportunidade para se sentir a delicadeza das suas notas musicais. Também foi em 2010 que as DANÇAS OCULTASfizeram ecoar as concertinas pelo céu de Cem Soldos. Desta vez os sons voltam encorpados com a Orquestra Filarmonia das Beiras numa vontade de partilhar a “Amplitude” com um público maior.

Depois de em 2012 ter apresentado peças de John Cage, JOANA SÁ volta a ultrapassar os limites habituais de uma pianista clássica com o “Elogio da Desordem”, em que procura um discurso musical inesperado no qual irrompe ocasionalmente a palavra com textos de Gonçalo M. Tavares. 2012 marcou também o início da parceria de programação com a Musica Portuguesa A Gostar Dela Própria. No âmbito desta colaboração, os BIRDS ARE INDIE foram um dos projectos que estiveram na igreja de São Sebastião, nessa edição. Este ano voltam para nos cantar sobre como é ser “Partners in Crime”.

A SOPA DE PEDRA foi servida pelas vozes a capella deste grupo feminino de canções de raiz tradicional. Depois de um concerto inesquecível e carregado de simbologia em 2014, a harmonia vocal destas mulheres volta a Cem Soldos em 2016. Voltam também os LAVOISIER, sem que nada se perca ou se crie, aliando a voz e a guitarra eléctrica à reinterpretação da música tradicional portuguesa trazendo-a à vanguarda do tempo.

O novo ciclo do BONS SONS, com edições anuais iniciou-se em 2015, onde esteve D’ALVA numa memorável actuação a provar que a música é agregadora e sempre maior que as partes que a compõem. Regressam em 2016 para a festa do 10º aniversário.

São duas mãos cheias de história, de música portuguesa fervilhante e de experiências únicas que partilhamos todos - aldeia, músicos e público.
2016 será certamente uma edição inesquecível de BONS SONS.



Propositadamente repetidos, são estes os primeiros nomes do BONS SONS 2016:

— Desbundixie (2006)
— Deolinda (2008)
— Kumpania Algazarra (2008)
— Lula Pena (2010)
— Danças Ocultas (2010) + Orquestra Filarmonia das Beiras
— Joana Sá (2012)
— Birds Are Indie (2012)
— Sopa de Pedra (2014)
— Lavoisier (2014)
— D'Alva (2015)



A próxima edição do BONS SONS decorre de 12 a 15 de Agosto de 2016
em Cem Soldos, Tomar.

10 anos a VIVER A ALDEIA



publicado por olhar para o mundo às 21:13 | link do post | comentar

Quarta-feira, 03.02.16

CemSoldos_CarlosManuelMartins.jpg

 

BONS SONS NOMEADO
PARA O IBERIAN FESTIVAL AWARDS

 

Com a edição de 2016 a caminho, ainda se batem palmas à edição de 2015. Depois de vencer o prémio de Melhor Festival dentro da categoria “Média Dimensão” no Portugal Festival Awards, o reconhecimento à qualidade do BONS SONS não parou.

 

De entre mais de 150 festivais de música da península ibérica, o BONS SONS deixou vincada a sua marca e entrou na lista curta de 4 das nomeações do Iberian Festival Awards.

A primeira gala de atribuição destes prémios decorre a 3 de Março, na Feira Internacional de Lisboa inserido na edição do Talkfest – Forum Internacional de Festivais de Música, e pretende celebrar os sucessos mais recentes da música portuguesa e espanhola.

As decisões cabem a uma combinação de votos do público e de um painel de jurados de Portugal e Espanha, que pretendem dar o devido reconhecimento aos desempenhos dos festivais de música.


O BONS SONS está nomeado nas categorias de:
— Melhor Festival de Média Dimensão;
— Melhor Alinhamento;
— Melhor Local de Campismo;
— Melhor Actuação Ao Vivo com Clã;

A votação electrónica ainda decorre e pode ser efectuada através da ligação: https://www.surveymonkey.com/r/WG95YWQ.


O BONS SONS tem partilhado o êxito actual vivido na música portuguesa e tem também contribuído inequivocamente para a divulgação e afirmação de artistas novos e consagrados no território ibérico. O BONS SONS afirma-se como plataforma que congrega a diversidade da música portuguesa, atingindo uma participação de mais de 40 projectos musicais no seu evento principal. Tem ainda a invulgar característica de resultar do esforço e trabalho dos habitantes de Cem Soldos, a aldeia com mais música portuguesa.

Com uma programação inteiramente dedicada à música portuguesa, com uma abrangência intergeracional e ecletismo de estilo, o reconhecimento ao BONS SONS enche a sua equipa de gratidão e cobre a aldeia de Cem Soldos de orgulho.

BONS SONS 2016
12—15 DE AGOSTO
10 ANOS A VIVER A ALDEIA


publicado por olhar para o mundo às 23:13 | link do post | comentar

Quarta-feira, 16.12.15
 
 
HÁ BONS SONS EM 2016

MARQUEM OS DIAS 12 A 15 DE AGOSTO PARA A MÚSICA PORTUGUESA

 

O BONS SONS faz 10 anos em 2016 e sopra as velas com a melhor música portuguesa.

Reservem os dias 12 a 15 de Agosto porque a aldeia de Cem Soldos vai voltar a encerrar o perímetro para receber o BONS SONS. Serão quatro dias de Verão com o melhor da música feita em território nacional, quatro dias na envolvência da aldeia, na vivência com as suas gentes e costumes.

Desde 2006 que já passaram 173 000 pessoas em Cem Soldos para assistir aos 192 concertos das 6 edições de BONS SONS. A edição de 2016 vai assinalar estes 10 anos de uma forma especial. Há várias surpresas preparadas a pensar no público fiel que partilha o prazer da música portuguesa.

OFEREÇA 10 ANOS DE MÚSICA
PORTUGUESA NESTE NATAL

PASSE 4 DIAS

 

O passe para os 4 dias de BONS SONS estará apenas a 25€, à venda nos locais habituais. As bilheteiras estão abertas já para uma excelente oportunidade de presente neste Natal.

Oferecer um bilhete para o BONS SONS é oferecer a experiência única de música na aldeia, é oferecer óptima música portuguesa, é oferecer uma moldura humana única, é oferecer quatro dias de relaxamento e diversão rodeado do melhor que Portugal tem de diversidade cultural.

BONS SONS - O MELHOR FESTIVAL
DE MÉDIA DIMENSÃO

PORTUGAL FESTIVAL AWARDS

 

O BONS SONS recebeu o prémio de Melhor Festival de Música de Média Dimensão através da iniciativa Portugal Festival Awards. Trata-se de uma votação efectuada pelo público, reconhecimento que Cem Soldos agradece e que traz uma enorme felicidade aos seus habitantes já que são eles quem, desde a primeira edição, faz o festival acontecer.

Além desta distinção, o BONS SONS esteve nomeado para outras 5 categorias, o que espelha bem a qualidade do trabalho desenvolvido por esta aldeia e respectiva equipa: Contribuição para a Divulgação de Música Portuguesa; Contribuição para o Turismo; Melhor Festival Urbano; Melhor Campismo; Festival Mais Sustentável.

Numa luta de titãs, o Festival BONS SONS ombreou com outros grandes festivais, grandes estruturas de produção e com a força das grandes marcas. Estas nomeações e prémio são o testemunho de esperança para uma aldeia que aposta na música portuguesa e na cultura como agente de desenvolvimento local. Cem Soldos acredita e, por acreditar, faz.

12 A 15 DE AGOSTO
ESTÃO GUARDADOS PARA A MÚSICA PORTUGUESA
VEM VIVER A ALDEIA EM 2016

 



publicado por olhar para o mundo às 22:13 | link do post | comentar

Sábado, 07.11.15

bonssons.jpg

 

 
 
O BONS SONS'15 MERECE!
VOTAÇÃO PÚBLICA EM CURSO PARA OS PORTUGAL FESTIVAL AWARDS


O BONS SONS está nomeado para os Portugal Festival Awards, um evento que premeia os melhores festivais de música em Portugal. Neste momento todos podem votar no BONS SONS para Melhor Festival de Média Dimensão, para Melhor Festival Urbano (isto é, entre os que usam a envolvente edificada pré-existente), e para Melhor Campismo. Basta ir à página do Portugal Festival Awards, clicar em votar e seguir as instruções (www.portugalfestivalawards.pt).

Na passada edição dos prémios, o BONS SONS foi considerado o Festival Mais Sustentável de 2014, pela integração das dimensões social, expressa no seu sentido comunitário; económica, pelo seu contributo para o desenvolvimento da região; e ambiental, pela implementação do Plano Ecológico do festival.

A edição deste ano também merece destaque. Em 2015, o BONS SONS reuniu cerca de 35 mil visitantes em quatro dias de festival, onde decorreram 45 concertos da melhor música portuguesa, distribuídos pelos oito palcos da aldeia de Cem Soldos. Os festivaleiros encontraram um parque de campismo substancialmente melhorado, um recinto com mais pontos de sombra e de descanso, um novo espaço dedicado às crianças e um reforço do plano ecológico. Música, artes plásticas, curtas metragens, feira de marroquinarias e alternativas gastronómicas coloriram a paisagem do concelho de Tomar, durante o mês de Agosto, num evento apenas possível dada a generosidade de toda uma comunidade que se empenha para receber cada vez melhor.

A realização do festival já é um prémio em si para a aldeia, para o concelho, e até mesmo para a região. Mas as votações formais para o Portugal Festival Awards estão em curso e o BONS SONS merece esta distinção nacional. Os resultados serão comunicados no dia 17 Novembro, no Teatro S. Jorge, em Lisboa num evento dedicado aos melhores festivais de música do país, categoria essa da qual o BONS SONS faz certamente parte.


 
PORTUGAL FESTIVAL AWARDSVOTAÇÃO PÚBLICA EM CURSO


publicado por olhar para o mundo às 19:13 | link do post | comentar

Quinta-feira, 13.08.15

bonsosns.jpg

 
ARRANCA HOJE O BONS SONS 2015

 

As portas da Aldeia abrem-se para receber os primeiros visitantes do Festival de Música Portuguesa logo pelas 10 horas da manhã. As primeiras notas do BONS SONS ouvem-se no Auditório com a programação dedicada aos mais novos - Música Para Crianças.

O cartaz do BONS SONS, recheado de boa música portuguesa, aguarda visitantes de todo o país com grande expectativa para os concertos irrepetíveis na atmosfera especial de Cem Soldos.

Na edição anterior, cerca de 40.000 pessoas passaram pelo Festival que hoje arranca com Manel Cruz (ex-Ornatos Violeta) como cabeça de cartaz. Nos dias seguintes Clã, Carlão (Da Weasel), Ana Moura e Camané atraem as atenções como artistas consagrados.

O alinhamento contempla ainda música indie-rock, pop, de cantautores, tradicional, electrónica, afro-beat, erudita contemporânea, revivalismos diversos e muita produção nacional, naquela que será, certamente, uma edição memorável do BONS SONS.



DIA 13
QUINTA-FEIRA
 
MANEL CRUZ, XINOBI, XARAL’S DIXIE, BENJAMIN, JÚLIO RESENDE, RIDING PÂNICO, ÉME, PENICOS DE PRATA, ENRAIZARTE, SAMPLADÉLICOS


 
DIA 14
SEXTA-FEIRA
 
CLÃ, CARLÃO, SALTO, SEQUIN, OCO, CRIATURA, EDUARDO RAON, HITCHPOP, MINTA & THE BOOK TROUT, BICHO DO MATO, CHÃO DA FEIRA


DIA 15
SÁBADO
 
ANA MOURA, BRUNO PERNADAS, D’ALVA, TRÊSPORCENTO, NICE WEATHER FOR DUCKS, DUQUESA, TIMESPINE, DJ NIGGA FOX, DJ FIRMEZA, NÍDIA MINAJ, EDU MIRANDA TRIO, TRANGLOMANGLO, POLIFONIA DE ARÕES

 
DIA 16
DOMINGO
 
CAMANÉ, PEIXE:AVIÃO, TÓ TRIPS, RETIMBRAR, LONG WAY TO ALASKA, JOÃO BERHAN, DJ TENREIRO, DANIEL PEREIRA CRISTO, JANEIRO, TIO REX


publicado por olhar para o mundo às 18:05 | link do post | comentar

Terça-feira, 11.08.15

bonssons.jpg

 
OS MELHORES CAMINHOS PARA O BONS SONS 2015
39°35’10.8″ N | 8°27’05.2″ W
A estação quente está instalada e o melhor da música portuguesa vai refrescar as tardes e as noites da Aldeia de Cem Soldos, pronta para receber os visitantes do BONS SONS 2015.

O campismo e parque de caravanas começam a receber campistas a partir de quarta-feira com direito a festa de recepção naquele que foi considerado o Festival Mais Sustentável de 2014. Por esse motivo a organização mantém a aposta nas medidas de redução de impacto local e ecológico.

Várias são as maneiras de chegar - de carro, de boleia, de comboio, de autocarro, de bicicleta, de burro ou a pé. Basta usar as coordenadas GPS: 39°35’10.8″ N 8°27’05.2″ W.

Para aceder ao Festival os visitantes podem escolher uma de 4 entradas, através dos acessos regulares da Aldeia de Cem Soldos: Entrada da Escola (Rua da Escola); Entrada da Calçada (Rua da Calçada); Entrada das Hortas (Rua dos Olheiros); e Entrada da Igreja (Estrada das Caldelas).

 
COMO CHEGAR

CARRO

Basta seguir as indicações de Tomar ou de Torres Novas para a Estrada Nacional 349-3 até Cem Soldos (Madalena). A aldeia conta com 20 zonas de parque de estacionamento na sua envolvente.


 
BOLEIA

Em parceria com o Boleia.net e a BlaBlaCar a organização do Festival incentiva as pessoas à mobilidade sustentável rentabilizando as deslocações para Cem Soldos com partilha de viagem.

http://www.boleia.net
https://www.blablacar.pt


COMBOIO

As estações mais próximas de Cem Soldos são Tomar e Paialvo. O Festival dispõe de Transfer de ligação entre as estações e o recinto de Festival.
Em parceria com o BONS SONS, a CP oferece 30% de desconto para viagens de ida ou de ida e volta, entre os dias 12 e 17 de Agosto de 2015, com destino a Tomar e Paialvo, nos serviços Intercidades, Inter-regional e Regional. Adicionalmente, o BONS SONS oferece 5€ de desconto no Passe 4 Dias, adquirido na bilheteira do recinto, aos visitantes que apresentarem um bilhete de ida e volta de comboio com destino às estações que servem o Festival.

 
TRANSFER

O BONS SONS disponibiliza um transfer de hora a hora para transportar os visitantes entre o Festival, Tomar (estação de comboios e estação de autocarros) e Paialvo (estação de comboios). Este serviço estará disponível dia 12 e 17 de Agosto das 10h às 21h e dias 13, 14, 15 e 16, entre as 10h e as 03h.


publicado por olhar para o mundo às 12:13 | link do post | comentar

Quarta-feira, 10.06.15

bonssons.jpg

 

 
BONS SONS: MANEL CRUZ VAI VIVER A ALDEIA!
 

Manel Cruz era o nome que faltava para completar o cartaz do Bons Sons 2015.
Na primeira noite do Festival, o vocalista de Ornatos Violeta e fundador de outras importantes bandas do Pop/Rock nacional como SuperNada, Pluto e o projecto a solo Foge Foge Bandido, apresenta um concerto especial no Palco Eira.

A voz do incontornável “Ouvi Dizer” apresenta “Estação de Serviço”, uma nova etapa do músico que surgiu no final do ano passado quando, após alguns meses de silêncio, deu um concerto em nome próprio, no Silo Auto, no Porto. “Uma paragem para pôr gasolina, enquanto se vê no mapa o caminho que se fez e para onde se quer ir”. Agora, com “Estação de Serviço”, Manel Cruz propõe “Um olhar para o passado e para o que eu fiz, para o presente e para o futuro”.

O Bons Sons’15 contará com um concerto onde Manel Cruz faz uma viagem por músicas dos vários projectos em que esteve envolvido à mistura com músicas nunca editadas.

Fica, assim, fechado o cartaz de 2015 do Festival de Música Portuguesa que se realiza, de 13 a 16 de Agosto, em Cem Soldos.


ANA MOURA  ·  CLà ·  MANEL CRUZ
CAMANÉ  ·  CARLÃO  ·  PEIXE : AVIÃO
TÓ TRIPS  ·  RETIMBRAR

BRUNO PERNADAS  ·  D'ALVA  ·  XINOBI  ·  SALTO  ·  SEQUIN
TRÊSPORCENTO  ·  LONG WAY TO ALASKA  ·  XARAL’S DIXIE  ·  OCO
NICE WEATHER FOR DUCKS  ·  BENJAMIM  ·  CRIATURA  ·  DUQUESA
JOÃO BERHAN  ·  JÚLIO RESENDE  ·  RIDING PÂNICO  ·  HITCHPOP

EDUARDO RAON  ·  ÉME  ·  TIMESPINE  ·  DJNIGGA FOX  ·  DJ FIRMEZA
NIDIA MINAJ  ·  DJ TENREIRO  ·  PENICOS DE PRATA
MINTA & THE BROOK TROUT  ·  EDU MIRANDA TRIO
DANIEL PEREIRA CRISTO  ·  BICHO DO MATO   ·  TRANGLOMANGO
POLIFONIA DE ARÕES  ·  JANEIRO  ·  ENRAIZARTE
CHÃO DA FEIRA  ·  SAMPLADÉLICOS  ·  TIO REX

 
PASSES 4 DIAS

Os Passes a preço reduzido estão limitados ao número de unidades disponibilizadas para cada fase. Esgotado o número de unidades da fase em curso passam a vigorar os valores da fase seguinte.

MARÇO/ABRIL
25€
  MAIO/JUNHO
30€
  JULHO/AGOSTO
35€


À venda nos locais habituais:
Ticketline, CTT, FNAC, Worten, El Corte Inglés, C.C. Dolce Vita, Casino Lisboa, Galerias Campo Pequeno, Agência Abreu, ABEP, MMM Ticket, C.C. Mundicenter, CCB, Shopping Cidade do Porto, U-Tickectline.
Em Tomar: Amor Lusitano - Portuguese House
Em Cem Soldos: Sede do SCOCS



publicado por olhar para o mundo às 19:13 | link do post | comentar

Quarta-feira, 03.06.15

bonssons.jpg

 

VENCEDORES DO CONCURSO
IDEASFORWARD: A EIRA VAI TER TECTO

 

Em parceria com o BONS SONS, a plataforma ideasforward lançou um concurso internacional de ideias para a criação de um espaço de acolhimento na zona do Palco Eira.

Dirigido a arquitectos e designers, este concurso decorreu entre 17 de Março e 8 de Maio e pretendeu envolver a comunidade criativa portuguesa e internacional na procura da melhor solução para aquele espaço, integrado numa aldeia e num festival com características muito particulares.

O júri do concurso, composto pelo director do Festival BONS SONS, Luís Ferreira, e por representantes dos Ateliers de arquitectura LIKEarchitects, Artéria e Pedro Novo, e pelo atelier de design multidisciplinar Pedrita, recebeu 25 propostas de 10 países: Portugal, Espanha, França, Suíça, Alemanha, UK, Grécia, Brasil, USA e Tailândia.

O primeiro classificado, além de ver a concretização do seu projecto já nesta edição do BONS SONS, recebe ainda um prémio no valor de 1.000€, uma vivência integral do Festival e a divulgação do projecto vencedor através dos parceiros de comunicação do BONS SONS e da ideasforward.

A equipa vencedora do concurso é composta por Orlando Gilberto-Castro e Tiago Ascensão, ambos provenientes do Mestrado em Arquitectura da Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto, que concorreu com o projecto TECTO.

A proposta partiu do valor simbólico da eira, enquanto polo agregador e de união da comunidade em torno de uma actividade de interesse comum e também enquanto local de produção de alimento, de subsistência e sobretudo de identidade.

O projecto concebido envolve uma estrutura de sucessivas faixas verticais suspensas com dimensão variável, feitas a partir de sacas de batatas. Estas faixas serão alternadas com um sistema de iluminação por gambiarras que remete para as tradicionais celebrações de rua. A estrutura conta ainda com aspersores de água que, adicionalmente à sombra proporcionada pelas faixas, aumentam a sensação de frescura deste espaço.

Esta composição fluida, pensada para optimizar o conforto e aliada à visibilidade do espaço, permitirá aos visitantes um ponto de sombra alargada e de refrescamento na continuidade da Aldeia para o espaço de concerto.

O segundo lugar do concurso de ideias foi atribuído a uma equipa de Paris e o terceiro lugar a uma equipa de Madrid. Também foram conferidas 12 menções honrosas a participantes de Braga, Hamburgo, Bordéus, Fátima, Lisboa (3), Santiago de Compostela, Lausanne, Porto, Torres Novas e Guimarães.

Todas as ideias a concurso premiadas podem ser vistas em:
http://www.if-ideasforward.com/#!bons-sons-15-en/cemt



publicado por olhar para o mundo às 10:13 | link do post | comentar

Quinta-feira, 21.05.15

bonssons.jpg

 

 
ANA MOURA, CAMANÉ, CLÃ, DJ NIGGA FOX, DJ FIRMEZA, NIDIA MINAJ E DJ TENREIRO COMPLETAM O CARTAZ DESTE ANO DO FESTIVAL DE MÚSICA PORTUGUESA
 

O Bons Sons continua a celebrar a diversidade e vitalidade da música portuguesa e, de 13 a 16 de Agosto, 44 bandas que vão viver a aldeia.

Mas mais do que um festival de música portuguesa, o Bons Sons é uma experiência única. A Aldeia de Cem Soldos é fechada, com o seu perímetro a delimitar o recinto que acolhe 8 palcos, cada um dedicado a uma linha programática, perfeitamente integrado nas suas ruas, praças, largos, igreja e outros equipamentos. À programação musical, junta-se a programação paralela, com sessões de curtas-metragens, exposições, intervenções urbanas, e a dinâmica trazida tanto pela Feira de Novo Artesanato que anima as ruas de Cem Soldos, como pela presença de diferentes tipologias de restauração, da gastronomia local às opções  vegetarianas.

Com todos os serviços necessários à sua disposição, o visitante não precisa de sair do recinto, onde é convidado a viver a Aldeia, a conhecer os seus habitantes e a partilhar os seus lugares, enquanto usufruiu do programa.

Em 2015, o Bons Sons inicia um novo ciclo. Depois de 5 edições bienais, o Festival de Música Portuguesa passa a anual e assume ainda mais responsabilidades na promoção da música nacional.

Mostrando a cada edição o que de melhor se faz naquele momento, em Portugal, nas próximas 5 edições pretende tornar-se o grande embaixador da música portuguesa. Pretende ser o local privilegiado para o encontro de agentes, produtores e media nacionais e estrangeiros que, em poucos dias, podem ficar a conhecer o amplo espectro da produção musical portuguesa da actualidade. Por outro lado, a Aldeia surge como um espaço de acolhimento único para conhecer e vivenciar a cultura portuguesa, enriquecendo e valorizando a experiência.

Cem Soldos caminha, pois, para ser a nova capital da música portuguesa e o Bons Sons a plataforma que a dará a conhecer ao país e ao mundo.

 
12 DE AGOSTO
Recepção ao Campista
   
 
13 DE AGOSTO
PALCO LOPES GRAÇA
OCO
Xaral’s Dixie

PALCO GIACOMETTI
Júlio Resende
Benjamim

PALCO EIRA
Riding Pânico

PALCO AGUARDELA
Xinobi

PALCO OUTONALIDADES
Penicos de Prata

PALCO MPAGDP
Bicho do Mato Enraizarte
 
 
14 DE AGOSTO
PALCO LOPES GRAÇA
Criatura
Clã

PALCO GIACOMETTI
Éme
Sequin

PALCO EIRA
Hitchpop
Carlão

PALCO AGUARDELA
Salto

AUDITÓRIO
Eduardo Raon

PALCO OUTONALIDADES
Minta & The Brook Trout

PALCO MPAGDP
Tranglomango
Chão da Feira
 
15 DE AGOSTO
PALCO LOPES GRAÇA
Bruno Pernadas
Ana Moura

PALCO GIACOMETTI
Duquesa
D’Alva

PALCO EIRA
Trêsporcento
Nice Weather for Ducks

PALCO AGUARDELA
Dj Nigga Fox
Dj Firmeza
Nidia Minaj

AUDITÓRIO
Timespine

PALCO OUTONALIDADES
Edu Miranda Trio

PALCO MPAGDP
Polifonia de Arões
Sampladélicos
 
 
16 DE AGOSTO
PALCO LOPES GRAÇA
Retimbrar
Camané

PALCO GIACOMETTI
João Berhan
Tó Trips

PALCO EIRA
peixe:avião
Long Way to Alaska

PALCO AGUARDELA
Dj Tenreiro

AUDITÓRIO
Daniel Pereira Cristo

PALCO MPAGDP
Janeiro
Tio Rex
 
PASSES 4 DIAS

Os Passes a preço reduzido estão limitados ao número de unidades disponibilizadas para cada fase. Esgotado o número de unidades da fase em curso passam a vigorar os valores da fase seguinte.

MARÇO/ABRIL 
25€ 
  MAIO/JUNHO
30€
  JULHO/AGOSTO
35€


À venda nos locais habituais:



publicado por olhar para o mundo às 10:13 | link do post | comentar

Sábado, 12.05.12
Festival: Bons Sons

 

De 16 a 19 de Agosto, em Cem Soldos, Tomar, com o apoio da 3.

 

A Festa de lançamento do Festival Bons Sons 2012, acontece no próximo dia 19 de Maio. O Festival está agendado para a terceira semana de Agosto, em Cem Soldos, Tomar, mas a festa começa mais cedo com o seu lançamento na praça central de Cem Soldos, o Largo do Rossio, que acolhe o evento que antecipa o festival.

A abrir a noite de concertos estará Noiserv (22h), e mais tarde os SuperNada (23h30). A festa será ainda pontuada pelas escolhas do DJ Set de António Almada Guerra, que prolongam a noite.

O lançamento vem também lembrar que o Festival Bons Sons não é apenas um evento musical mas também um projecto comunitário cada vez mais ambicioso. Repensa-se o seu impacto ambiental e a alarga-se a sua implicação social, com o apoio a projectos de grande importância para o desenvolvimento local e para a aldeia de Cem Soldos (Projecto Ao LargoCasa Aqui ao Lado e Lar-Aldeia).

19 de Maio, Largo do Rossio, Cem Soldos (Tomar)
22h00 – Noiserv
23h30 – SuperNada
01h00 – António Almada Guerra (DJ Set)

Os bilhetes estarão à venda nas bilheteiras do recinto e até lá nos seguintes pontos:
Sede do SCOCS
Turismo Tomar
Fnac
Worten
C. C. Dolce Vita
El Corte Inglês
Lojas Viagens Abreu
Lojas MegaRede

Toda a informação em: www.bonssons.com 

 

Retirado de Antena 3



publicado por olhar para o mundo às 12:38 | link do post | comentar

Domingo, 06.05.12

Festival Bons Sons celebra música portuguesa em agosto

 

A aldeia de Cem Soldos, no concelho de Tomar, vai acolher oFestival Bons Sons entre 16 e 19 de agosto. Desde a sua primeira edição, em 2006, que o evento encontra motivo de encontro e de celebração na música portuguesa, nas suas diferentes valências e manifestações, juntando nos seus palcos artistas consagrados e emergentes de diversas origens e variadas linguagens musicais.

 

Aproveitando o momento de particular vitalidade da música portuguesa, o Festival Bons Sons associa-se e apoia a divulgação de novos projectos musicais portugueses que assumem influências de outras paragens. A cantautoria deMárcia, na sua cumplicidade com o tropicalismo e a bssa-nova, e de Nuno Prata, no registo privado e biográfico, são exemplos dessa permeabilidade. Da mesma forma que o são a interligação com as linguagens do punk e do rock por grupos como Linda MartiniOs Passos em VoltaLousy GuruOs Velhos, ou as histórias contadas por Capitão Fausto e por You Can’t Win, Charlie Brown. As recentes presenças no panorama nacional partilham o festival com outros nomes que vivem há mais tempo a música portuguesa como espaço de comunicação além-fronteiras, tais como Legendary Tiger Man eMaria João & Mário Laginha.

Este festival celebra simultaneamente as raízes tradicionais da música portuguesa, transportadas para o presente com a riqueza do olhar de quem as perpetua. Pé na TerraXícara e ATMA criam os novos ritmos da folk portuguesa e a presença de Vitorino traz consigo mais de 40 anos de música para a aldeia de Cem Soldos. No ano em que o fado foi declarado Património Mundial, a alma portuguesa é materializada nos concertos deAntónio Zambujo, de Aldina Duarte e com o aguardado regresso d’A Naifa.

 

O evento garante ainda momentos mais intimistas em que o instrumento musical assume o protagonismo. Teremos a oportunidade de escutar de perto a guitarra de Filho da Mãe, as baterias de PAUS, o acordeão deCelina da Piedade e o piano de Joana Sá. A polifonia da música portuguesa é ainda temperada num encontro colorido com as cores de Espanha (o país convidado), trazidas por El Naán e Vigüela.

 

Os novos territórios da música são explorados e experimentados por Gala DropMikado Lab e Gabriel Ferrandini & Pedro Sousa. Cada uma das noites (longas) termina com uma identidade muito própria, apresentada por YechidahBatidaJoão Gomes Bento 17.

 

A ligação do Festival BONS SONS com as linguagens mais tradicionais é reforçada, nesta edição, com a parceria com A Música Portuguesa A Gostar Dela Própria (MPAGDP). A proximidade destes dois projectos permitiu criar mais um espaço no festival, que explora as potencialidades da música portuguesa na sua vertente mais informal, com a projecção de vídeos e a dinamização de um palco específico com diferentes propostas e sonoridades musicais: Cosie Cherie, Carlos BatistaAbaixonadoJoana EspadinhaCanto HondoGobi BearRafael CarvalhoMartim Torres e Birds are Indie.

 

O Festival Bons Sons’12 traz para este Verão cerca de 60 horas de música, em 42 concertos musicais, distribuídos por seis palcos. Estão ainda agendadas outras actividades paralelas, como espectáculos performativos, uma exposição colectiva, feira de marroquinarias, apresentação de curtas-metragens, entre outras.

 

Retirado de Sapo Música



publicado por olhar para o mundo às 21:41 | link do post | comentar


Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email
mais sobre mim




posts recentes

BONS SONS 2017 EM 3… 2… 1...

BONS SONS 2017 — CHEGAR, ...

PLANO ECOLÓGICO DO BONS S...

BONS SONS 2017 — ESTUDO M...

Último nome completa cart...

BONS SONS 2017 PREÇO ESPE...

BONS SONS 2017

VIVER O BONS SONS ALÉM DO...

Bons Sons: 9 Novos nomes ...

Bons Sons: Do Fado ao Ind...

arquivos

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

tags

todas as tags

links
comentários recentes
Adorei esta versão da original de Silvio Rodriguez...
Música sempre atual
Muito obrigado pela informação, já actualizei o po...
Os créditos da Praia dos Lilases são do próprio Si...
Fico muito contente pela Carolina, há muito que me...
Amei😍💝
Muito bonita a música 😍
Essa letra me faz viajar, sonhar me encanta e a mu...
Grandas rappers
blogs SAPO
subscrever feeds