Quarta-feira, 02.12.15

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 11:13 | link do post | comentar

Quinta-feira, 16.08.12

 

 

letra

 

Eu digo alguma coisa
Quando decidir voltar
Para já quero andar por aí
Sem horário para regressar
E sair em qualquer estação
De qualquer lugar

Sem fazer planos
(2X)

Há sempre alguma coisa
Que nos obriga a parar
Alguém que precisa de nós
Algum piano de bar
Onde por vinte moedas
Alguém sobrevive a tocar

Sem fazer planos
(2X)

Há sempre alguma coisa
Se o comboio parar
Se a estação estiver vazia
E já não houver luar
Porque todos já partiram
E já ninguém vai chegar

Sem fazer planos
(2X)



publicado por olhar para o mundo às 17:29 | link do post | comentar

Quinta-feira, 15.03.12

 

letra

 

Eu digo alguma coisa
Quando decidir voltar
Para já quero andar por aí
Sem horário para regressar
E sair em qualquer estação
De qualquer lugar

 

Sem fazer planos
(2x)

 

Há sempre alguma coisa
Que nos obriga a parar
Alguém que precisa de nós
Algum piano de bar
Onde por vinte moedas
Alguém sobrevive a tocar

 

Sem fazer planos
(2x)

 

Há sempre alguma coisa
Se o comboio parar
Se a estação estiver vazia
E já não houver luar
Porque todos já partiram
E já ninguém vai chegar

 

Sem fazer planos
(2x)



publicado por olhar para o mundo às 17:00 | link do post | comentar

Quarta-feira, 18.05.11

 

 

Letra

 

Mais um dia na cidade
Eu não sei nada de ti
Ainda não vi o teu milagresobre mim
Eu nem ouso sentir esperança
Estou tão longe do que é bom
Não te tenho nesta dança, neste tom

Mas se te vejo, adriana
Se te vejo, adriana
Eu quero ir, eu quero ir, eu quero ir, eu quero ir
atrás de ti...

Eu quero ver-te no meu espelho
Intimidar-te com o olhar
E
confessar-te que foste eleita para eu me dar
Vá vem dormir para os meus braços
Que eu vou mostrar-te o que é o amor
Se eu não vencer
quem vence a prova do teu rigor

Mas se te vejo, adriana
Se te vejo, adriana
Eu quero ir, eu quero ir, eu quero ir, eu quero ir
atrás de ti...


Mais um dia na cidade
E ainda não sei nada de ti
Mas é tão bom ter o teu nome aqui
aqui...
aqui...
aqui..
eu estou aqui

 



publicado por olhar para o mundo às 08:04 | link do post | comentar

Quinta-feira, 28.04.11

 

 

Letra

 

O dinheiro não bateu na conta
Já faltou, já estou meia zonza
Trabalhei, ainda sinto o cheiro
Quero ver, ver o meu dinheiro

Será cara, será coroa
A sorte falta a gente boa
Trabalhar para o papel
Como abelha, abelha para o mel

Refrão(2x)
Será ... cara ou coroa
Será ... cara ou coroa
Será ... cara ou coroa
Será ... cara ou coroa, cara ou coroa ...

Patrão na loja, já subiu
Ignorou, reprimiu
Em baixo ficaram à espera
Como quem tem medo, medo da fera

Meio mês, já ficou esticado
Camponês, campo já lavrado
A chuva cai, alguém fica molhado
Estou no ir, vou dar por acabado

Refrão(2x)
Será ... cara ou coroa
Será ... cara ou coroa
Será ... cara ou coroa
Será ... cara ou coroa, cara ou coroa ...

Viver é fácil, é censura
Mas quem não vive, não perdura
Trabalhar para o papel
Ou ter a arma, a arma sem quartel

Refrão(4x)
Será ... cara ou coroa
Será ... cara ou coroa
Será ... cara ou coroa
Será ... cara ou coroa, cara ou coroa ...

Meio mês, já ficou esticado
Camponês, campo já lavrado
A chuva cai, alguém fica molhado
Estou no ir, vou dar por acabado

 



publicado por olhar para o mundo às 08:38 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Quarta-feira, 09.03.11

 

 

Letra

Vou andar
Sozinha pela rua
Vou andar
E vou chamar-me tua

Vou andar
Nua sem vestir o medo
De te amar

Vou andar
Esse caminho longo
Que me leva a percorrer
O teu corpo

E não vou correr
Parar nunca te perder
Desse caminho

Refrão:
Vou andar
E nunca vou correr
Para não te perder
Não te perder
Vou andar
E nunca vou correr
Para não te perder
Não te perder
Perder
Perder

Vou andar
No vento da marginal
Vou andar
E vou sentir-me igual

Aqueles que andam
pelas ruas e estradas
Em contramão
Contra o medo

Refrão(2x):
Vou andar
E nunca vou correr
Para não te perder
Não te perder
Vou andar
E nunca vou correr
Para não te perder
Não te perder
Perder
Perder

Vou andar
Sozinha pela rua
Vou andar
E vou chamar-me tua

Vou andar
Nua sem vestir o medo
De te amar

 



publicado por olhar para o mundo às 20:55 | link do post | comentar

Adriana
 
A cantora, compositora e letrista Adriana afirmou à Lusa que o novo álbum, O Que Tinha de Ser, que chega ao mercado segunda-feira, «é acentuadamente mais jazz e world music».

Neste segundo álbum Adriana interpreta pela primeira vez temas que não são de sua autoria, nomeadamente, O que tinha de ser(Vinicius de Morais/Tom Jobim), que dá o título ao álbum e que interpreta a capella, e Acércate más (Osvaldo Farrés).

Todos os restantes nove temas são de sua autoria, cabendo-lhe ainda a responsabilidade pelos arranjos, direcção musical e produção.

Referindo-se à canção de Jobim e Vinicius, Adriana afirmou que é uma das que gostaria ter escrito, e que tentou gravá-la com acompanhamento instrumental, mas optou por um registo a capella«por fazer mais sentido e porque fica mais forte».

«A canção é perfeita e linda de morrer, tinha de fazer justiça à canção e com todas as minhas entranhas, forças e emoções interpretá-la a capella, pois fazia mais sentido para mim», acrescentou.

A opção por temas escritos por terceiros é «outro tipo de satisfação musical e estas são duas canções com as quais me identifico muito», disse a cantora.

Quanto aos temas de sua autoria, afirmou: «As canções vieram de tudo o que eu vivi, de tudo o que eu sou. É mais vida vivida, reflecte o que eu fui apreendendo».

«A temática amorosa está mais presente [que no anterior CD], mas eu sou só o mensageiro», referiu.

A cantora e compositora afirmou que evoluiu muito desde Adriana(2000), o álbum de estreia.

«O que Tinha de Ser aproxima-se muito mais da minha arte e do que sou agora», acrescentou.

Adriana ambiciona que o álbum «chegue o mais longe possível, nomeadamente ao estrangeiro», onde conta vir a actuar.

O álbum será apresentado ao vivo no dia 17 de Março no Auditório do Montepio, em Lisboa. No dia 1 de Maio actuará no palco do Centro Cultural de Belém, sendo ponto de partida para uma digressão nacional.

Adriana conviveu desde cedo com o universo do jazz, é filha do crítico e divulgador José Duarte, estudou música em Lisboa e aos 18 anos rumou para Boston, nos Estados Unidos, onde estudou no Berklee College.

Adriana decidiu estudar fora de Portugal, porque aquela escola e os Estados Unidos reuniam condições essenciais para o percurso que queria fazer na música: «Havia muitas nacionalidades, muitos géneros de músicos», explicou

 

Retirado de: SOL



publicado por olhar para o mundo às 14:16 | link do post | comentar


Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email
mais sobre mim




posts recentes

Vieste Para Marcar · Adri...

ADRIANA -Sem Fazer Plano...

Adriana - Sem Fazer Plano...

Jorge Cruz - Adriana

Adriana - Cara ou Coroa

ADRIANA - Em Contramão

Adriana fala do novo álbu...

arquivos

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

tags

todas as tags

links
comentários recentes
Grande Musica
Musica Qualitativa
Ah que fixe!!!Obrigada A Música Portuguesa por aju...
*ps: nós que fizemos!
Ah que fixe!!!Obrigada A Música Portuguesa por aju...
OláInfelizmente não lhe consigo responder, eu não...
OlaaQueria por favor saber se exiate a musica em C...
Te amo Loony ....so tua fa
http://yolandabythemusic.blogspot.co.uk/
Música xinofoba, que pena. Gosto de ouvir Ana Mour...
Posts mais comentados
blogs SAPO
subscrever feeds