Sexta-feira, 17.02.17

 

Letra

 

Nã oencontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

Quinta-feira, 16.02.17

 

Letra

 

Amor eu não vou mudar,
Tantas guerras já sessei
Procurei-te em vão eu sei
Mas por hoje não vai dar

Pensar que tudo terminou
E mim nada ficou
E eu duvidei

Que este dia chegaria
E sem receio ou cobardia
Nem hesitei

Hoje sou livre
Livre
E hoje sou livre
Livre

Sou livre para dizer basta
Livre como quem se afasta
De um sentimento que me arrasta
Para longe do que eu quero dar

Versus 2

Encontrei o meu lugar
Distante do teu olhar
Das juras do vou mudar
Bem longe vou respirar

Pensar que tudo terminou
E mim nada modificou
Duvidei

Que este dia chegaria
E sem receio ou cobardia
Nem hesitei

E hoje sou livre
Oh Livre
E hoje sou livre
Livre

Sou livre para dizer basta
Livre como quem se afasta
De um sentimento que me arrasta
Para longe do que eu quero dar

Ser livre para dizer basta
Livre como quem se afasta
De um sentimento que me arrasta
Para longe do que eu quero dar

 



publicado por olhar para o mundo às 22:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Música e Letra: Paulo Zé Pimenta


Olá! Tudo bem? Tudo fixe?
Olá! Tudo bem contigo?

Olá! Tudo bem, tudo fixe.
Olá! Sai da minha vida.

Olá! Tudo bem? Tudo fixe?
Olá! Queres ser meu amigo?

Olá! Tudo bem? Tudo fixe?
Olá! Sai da minha vida.

Espera aí que tenho que acabar isto,
tenho que fazer isto,
tenho que acabar isto.

Espera aí que tenho que atender isto,
tenho que fazer isto,
tenho que acabar isto.

 



publicado por olhar para o mundo às 11:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

Quarta-feira, 15.02.17

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 22:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Garganta, tu não me afrontes!
Movo serras, movo montes,
Rios e também as fontes
E louvo a toda a multidão!

Movo as águas cristalinas
E as cidades mais finas,
Pedreiras e bagacinas
E também o teu coração.

[instrumental]

A morte é uma ceifeira,
Uma feia traiçoeira:
Mata de qualquer maneira,
Mata alegre e mata triste.

Mata velho, mata novo,
Mata sem maior estrovo
Que é a desgraça do povo
Que neste mundo existe.

[instrumental]

Bendito, louvado seja
Aqui ou na igreja,
Ou em qualquer lugar que esteja,
É a Santíssima Trindade.

E é a Virgem Maria,
Nossa mãe e nossa guia,
Que é a nossa companhia
P'ra toda a eternidade.

[instrumental]

 



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 

“Cupido”
Music and Lyrics by Luísa Sobral

 



publicado por olhar para o mundo às 11:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Ai as saudades são tantas (minha saudade)
Que eu por ti tenho às vezes,
Que até l'as mando espalhar (minha saudade)
Por cima dos campos teus.

São tantas as saudades (minha saudade)
Que nem as posso contar:
São tantas como as estrelas, (minha saudade)
Como as areias do mar.

[instrumental]

Dizem que a saudade espera (minha saudade)
Ausência para chegar;
Eu tenho saudades tuas (minha saudade)
Mesmo antes de te deixar.

Já lá vai Abril e Maio, (minha saudade)
Já lá vão estes dois meses;
Só não se vão as saudades (minha saudade)
Que eu por ti tenho às vezes.

[instrumental]

 



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

Terça-feira, 14.02.17

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 22:13 | link do post | comentar

 



publicado por olhar para o mundo às 12:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 11:13 | link do post | comentar

 

 

Letra

 

I found my interest in the ocean with you
You taught me all you knew of the deepest blue
It´s all within us you said to me
And you melted as an iceberg in my hands
As we walked on black sands
There's an ocean in your eyes
Beneath the skin
I can feel the tidal waves 
Crashing down

 

 



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

Segunda-feira, 13.02.17

 

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 

Música: Caught by chance
Voz e letra: Nuno Rodrigues ou Duquesa

 

 



publicado por olhar para o mundo às 22:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Eu ia não sei prá’onde
Encontrei não sei quem era
Encontrei o mês de Abril
Procurando a Primavera

Que bonito que seria
Se houvesse compreensão
Os homens não se matavam
E davam-se
Como irmãos

É tão linda a liberdade
Até que chegou um dia
Se houvesse compreensão
Então
Que bonito que seria

Não há bem que sempre dure
E nem mal que não acabe
Mas há quem lute pelo fim
Desta nossa liberdade

Que bonito que seria
Se houvesse compreensão
Os homens não se matavam
E davam-se
Como irmãos

É tão linda a liberdade
Até que chegou um dia
Se houvesse compreensão
Então
Que bonito que seria

 



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Há lobos sem ser na serra

Por eu ser alentejano
Alguém me chamou ladrão
Foi o que eu nunca chamei
A quem me roubava o pão

Há lobos sem ser na serra
Eu ainda não sabia
Debaixo do arvoredo
Trabalham com valentia

Trabalham com valentia
Cada um na sua arte
Eu ainda não sabia
Há lobos em toda a parte

Maldita sociedade
Estás tão mal organizada
Quem não trabalha tem tudo
Quem trabalha não tem nada

Há lobos sem ser na serra
Eu ainda não sabia
Debaixo do arvoredo
Trabalham com valentia

Trabalham com valentia
Cada um na sua arte
Eu ainda não sabia
Que há lobos em toda a parte

 



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

Domingo, 12.02.17

 

letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Ser doido-alegre, que maior ventura!
Morrer vivendo p'ra além da verdade.
É tão feliz quem goza tal loucura
Que nem na morte crê, que felicidade!

Encara, rindo, a vida que o tortura,
Sem ver na esmola, a falsa caridade,
Que bem no fundo é só vaidade pura,
Se acaso houver pureza na vaidade.

Já que não tenho, tal como preciso,
A felicidade que esse doido tem
De ver no purgatório um paraíso...

Direi, ao contemplar o seu sorriso,
Ai quem me dera ser doido também
P'ra suportar melhor quem tem juízo.

Poema de António Aleixo

 



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

Sábado, 11.02.17

 

Letra

 

No you won't won't wont won't won't
No you can't can't can't can't can't
Hold me down no you won't
No you won't won't won't won't won't won't won't

Turn it up don't play around
Don't wanna hear you singing loud
Cuz I just need your body talk
And you know that I want it all on me
Turn it up don't play around
You don't need permission now
Cuz I just need your body talk
So baby talk to me loud

Body talk
All on me
If you put it all on me
Boy I promise I won't leave

Sun rise
Nothing stops us, it's what we do
You know I'd go all the way with you
Tonight
You´re mine
Just look in my eyes
Not waisting no time
Tonight

Turn it up don't play around
You don't need permission now
Coz I just need your body talk
So baby talk to me loud

Body talk
All on me
If you put it all on me
Boy I promise I won't leave

Taste of your skin in the morning
You know I'm down for
Key in the ignition we're running
You know I'm down for you you you you you you
You know I'm down for you you you you you you

Turn it up don't play around
Don't wanna hear you singing loud
Cuz I just need your body talk
And you know that I want it all on me
Turn it up don't play around
You don't need permission now
Cuz I just need your body talk
So baby talk to me loud

 



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

Sexta-feira, 10.02.17

 

Letra

 

Oh oh uoh ...

( Yasmine... Isto é É-Karga )

Hum hum
Hum hum ...

Procuro
Em todos os olhares o teu
Mas bem no fundo
Sei que nenhum encaixa no meu

Baby esse beijo é demais
O que o teu corpo faz
Mais nenhum faz
Derretes todo o gelo em mim
Não sei viver sem ti

Segue a melodia ah ah
Deixa-te guiar ah ah
Tu és Perfeito
Não te meto um defeito

Só te quero fazer feliz
Se te magoei nunca quis
Ai amorê
Vai ficar calorê

Refrão :

Tanta boca pra beijar
Eu só quero a tua
Tanto corpo pra me amar
Eu só quero o teu

Tanto olhar por aí
Que me quer fazer feliz
Não sei bem o que me deu
Mas tudo em mim é só teu ...


Deixa-te pegar pa dançar
Segue o meu passo
Deixa-te levar
Me acompanha

Não tenhas medo
Fica em segredo
Vem pega a minha mão baby
E não digas que não

Baby esse teu jeito é singular
Ninguém tem essa tua forma de me amar
Teu toque me faz arrepiar
Beijar a tua boca me faz sonhar

Só tu baby
Não tem como tu baby
Eu quero ser só tua
E te levar pra lua


Refrão :

Tanta boca pra beijar
Eu só quero a tua
Tanto corpo pra me amar
Eu só quero o teu

Tanto olhar por aí
Que me quer fazer feliz
Não sei bem o que me deu
Mas tudo em mim é só teu ...


Tudo em mim é só teu

Oh uoh...

Esquece o mundo e vem
(esquece o mundo e vem)

Hum...

Esquece o mundo e vem...

Refrão :

Tanta boca pra beijar (tanta boca)
Eu só quero a tua (pra beijar)
Tanto corpo pra me amar (tanto corpo)
Eu só quero o teu ( só quero o teu...)

Tanto olhar por aí
Que me quer fazer feliz
Não sei bem o que me deu
Mas tudo em mim é só teu ...

Esquece o mundo e vem
Vem vem vem

Esquece o mundo e vem
Vem vem vem

Esquece o mundo e vem
Vem vem vem

Esquece o mundo e vem
Uhhh uhhh...

Esquece o mundo e vem
Oh oh...

Esquece o mundo e vem
Yeah eh...

Esquece o mundo e vem

 



publicado por olhar para o mundo às 22:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Tu estás livre e eu estou livre
E há uma noite para passar
Porque não vamos unidos
Porque não vamos ficar
Na aventura dos sentidos

Tu estás só e eu mais só estou
tu tens o meu olhar
Tens a minha mão aberta
À espera de se fechar
Nessa tua mão deserta

Vem que amor
Não é o tempo
Nem é o tempo
Que o faz
Vem que amor
É o momento
Eu que eu me dou
Em que te dás

Vem que amor
Não é o tempo
Nem é o tempo
Que o faz
Vem que amor
É o momento
Eu que eu me dou
Em que te dás

Tu que buscas companhia
E eu que busco quem quiser
Ser o fim desta energia
Ser o corpo de prazer
Ser o fim de mais um dia

Tu continuas à espera
Do melhor que já não vem
E a esperança foi encontrada
Antes de ti por alguém
E eu sou melhor que nada

Vem que amor
Não é o tempo
Nem é o tempo
Que o faz
Vem que amor
É o momento
Eu que eu me dou
Em que te dás

Vem que amor
Não é o tempo
Nem é o tempo
Que o faz
Vem que amor
É o momento
Eu que eu me dou
Em que te dás

Vem que amor
Não é o tempo
Nem é o tempo
Que o faz
Vem que amor
É o momento
Eu que eu me dou
Em que te dás

Vem que amor
Não é o tempo
Nem é o tempo
Que o faz
Vem que amor
É o momento
Eu que eu me dou
Em que te dás

Em que te dás
Em que te dás
Em que te dás

 

Letra de  Antonio Variacoes

 



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 11:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

O lado cómico da coisa
é ainda estar vivo,
Vocação de excessos
à mercê do instinto.

Se calhar o que mais dói
é ainda estar vivo,
Os anjos morrem novos
solitários, sem filhos.

Só mais uma, mais uma vez
Só mais uma, e só eu sei porquê.

Com as contas por fechar
seguirei o meu rumo,
Um desejo a queimar
o eterno que procuro.

Só mais uma, mais uma vez
Só mais uma, e só eu sei porquê.

O lado cómico da coisa
é ainda estar vivo,..

 



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

Quinta-feira, 09.02.17

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 

Alvorada”
Música e Letra / Song and Lyrics: Luís Severo

 



publicado por olhar para o mundo às 22:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 

Música e Letra: João Pequeno

 



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 11:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não é novidade.
Não é novidade.
Aqui todos sabem a verdade


Não é novidade (Isso)
Não é novidade
Aqui todos sabem que é verdade

Dizem que é falta de valor (Não!)
Tem talento? (Não!)
Será que só tem falta de motivação?

É valor? (Não!
Tem talento? (Não!)
Nem nada do que possam dizer!

Meu pai julga que é uma questão de eu ter sorte ou não
Minha mãe julga que é 50/50 mas não tem razão
Quem acreditou desde o início em mim foi meu irmão
Só faltava acreditar eu p'ra dar a volta a questão (Bem)

Quis tentar mas tem Dó!
Não sei se a culpa é minha ou da música em si
Perguntam quando é que eu vou mudar, Eu Sei Lá?
Não peças p'ra mudar se acreditas em mim

Dizem
Se ele falha?
Se ele não tem p'ra onde ir?
Não sei não, mas e se ele?

Se ele falha?
E se ele quer desistir?
Não sei não

Não é novidade
Não é novidade
Aqui todos sabem a verdade

Não é novidade (Isso!)
Não é novidade
Aqui todos sabem que é verdade

Dizem que é falta de valor (Não!)
Tem talento? (Não!)
Será que só tem falta de motivação?

É valor? (Não!
Tem talento? (Não!)
Nem nada do que possam dizer!

Shhh Calma mãe
Eu ainda nem falhei
E se vou ter ou não sucesso é coisa que ainda não sei
Sei que a vida não tá fácil p'ra ninguém Eu sei
Eu sei que muitos falharam mas eu nem tentei
Ok

Uma chance
Mãe eu só peço dá-me uma chance
E se fiquei p'ra trás que sirva p'ra ganhar balance
Eu tenho um sonho
Um sonho que agora está ao meu alcance
Se eu não acreditar quem vai acreditar que o sonho avance

Mãe olha
Mãe está a voltar
Não tinha que ir atrás dos outros

Mãe olha
Mãe está a avançar
A minha inspiração vale ouro

Mãe olha
Mãe está a voltar
Não tinha que ir atrás dos outros não

Mãe Mãe está a avançar
A minha inspiração vale ouro

Mãe olha
Mãe está a voltar
Não tinha que ir atrás dos outros não

Lalala Lala Lalalala Lalalala
Lalala Lala Lalalala Lalalala

Se ele falha?
Se ele não tem p'ra onde ir?
Não sei não, mas e se ele?

Se ele falha?
E se ele quer desistir?
Não sei não

Não é novidade
Não é novidade
Aqui todos sabem a verdade

Não é novidade (Isso!)
Não é novidade
Aqui todos sabem que é verdade

Dizem que é falta de valor (Não!)
Tem talento? (Não!)
Será que só tem falta de motivação?

É valor? (Não!
Tem talento? (Não!)
Nem nada do que possam dizer!

Não é novidade
Não é novidade
Aqui todos sabem a verdade

Não é novidade
Não é novidade

Não é novidade

 

MÚSICA:
Música e Letra: João Pequeno
Voz: João Pequeno

 



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

Quarta-feira, 08.02.17

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 


“Janie”
Music and Lyrics by Luísa Sobral

 



publicado por olhar para o mundo às 22:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Renascendo do meu sonho
Corre o rio sem fim
Que passou por entre as margens
Daquelas várias viagens

[Mundo Segundo]
Vem a Invicta, coração azul e branco
O teu sotaque é único fruto do bruto e franco
Tua mística é sangue azul na veia artística
Sem filtro na linguística maior característica
Quando te vestes de cinza tornas-te fria
E falas-me saudade, solidão e nostalgia
Entre a neblina das 7 da matina
Do topo da colina, ninguém imagina
Como és tão bela, mas nunca adormecida
Tua face é uma tela sem preços jamais vendida
Da Cúpula do Palácio ao Arco D. Luís
Cruzei o Atlântico levei comigo a tua raíz
Essa pronúncia do Norte que em palcos me acompanha
Que à primeira se estranha mas depois
Se entranha, as tuas margens são
A mais inspiração e esse teu cheio inesquecível
Como noites de S. João

Renascendo do meu sonho
Corre o rio sem fim
Que passou entre as margens
Tão diversas mais além
Daquelas várias viagens
Que esse imenso rio tem

[Maze]
Abstracto, casario ribeirinho na neblina
Sentimento intenso do topo da colina
Sotaque serrado gritado à porta do tasco
Escorre néctar divino envelhecido em casco
Grizo que paralisa, pesado como pipas
Por isso visualiza, suor que vem das tripas
Gente invencível e empreendedora e crítica
Na rua rostos rijos de ruga granítica
É humidade aos molhos, morrinha molha tolos
Vida que vem da vinha e alimenta todos
Manhãs gélidas, tardes melancólicas
O cinza pincelado de camélias e magnólias
Paisagens bucólicas de arquitecturas góticas
Óticas de Mira-Douro relatam histórias
De Valdes D'Ouro o meu tesouro duradouro
Até andar violeta para o Prado do Repouso

Renascendo do meu sonho
Corre o rio sem fim
Que passou entre as margens
Tão diversas mais além
Daquelas várias viagens
Que esse imenso rio tem

Renascendo do meu sonho
Corre o rio sem fim
Que passou entre as margens
Tão diversas mais além
Daquelas várias viagens
Que esse imenso rio tem

 



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post | comentar


Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email
mais sobre mim




posts recentes

Força Suprema - "No Mó"

Rita Redshoes - "Mulher"

Força Suprema - Don't Pla...

Landrick - Não bate bem

REGULA - NADA A VER

Paulo Bastos - "Desafio"

Supa Squad - Beautiful Da...

Supa Squad - Some More

Madrepaz - Novas Pontes

Xerife - Ter e não ter

arquivos

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

tags

todas as tags

links
comentários recentes
http://luisasobral.com/pt/aqui tem as letras! :)
Adoro Cristina Branco :)
Muito fixe
Gostei da musica da Telma Lee (https://canalkizomb...
olha so parece que bebes mt agua
"Anel de noivado comprado"
Versão do Bruno de Carvalho:Eu queria jogar à bola...
Fantástico blog!Parabéns pelo trabalho!
Nao acaba assim... Segue se:Reza a historia que a ...
Adoro esta música faz pensar na vida como ela é
Posts mais comentados
blogs SAPO
subscrever feeds