Terça-feira, 08.08.17

 

Letra

 

Cada vez sinto mais o desespero
Quando penso em ti
e nos dias em que não te 
vejo fico fora de mim 

Falo com amigos para disfarçar
Sei q não me ligas 
mas eu vi-te a olhar, a olhar

Serão vários sinais 
Que existem entre nós?
Ou o que eu sinto é normal
logo após tu teres chegado

Fazemos sempre o mesmo 
e eu não quero mudar
E o que esta diferente...
Isso tem de acabar

Agora, não há tempo a perder
Vamos acender a chama q ainda está por arder 2x

R:
Sim eu sei que tu olhas para mim
Mas não sei se consigo seguir assim
Ninguém Sabe O Que Nos Vai Acontecer
Vamos Ver Qual De Nós Vai Acabar Por Ceder 2x

Olhas a tua volta
Sem ninguém a olhar pra ti...
Tanto tempo a espera 
Para ver quem vai agir

Será q sou o único , que te acha especial?
Não ficas preocupada se eu acabar mal 
De tudo o que fizemos, nada foi em vão,
Ficar a olhar para ti, é mais que uma tentação

Ah, e qual de nos vai tentar?
Nesta química que podia resultar
Tentei, tentei ser mais verdadeiro
Mas se o tempo tivesse preço, eu não tinha dinheiro

Fazemos sempre o mesmo 
e eu não quero mudar
E o que esta diferente...
Isso tem de acabar

R:
Sim eu sei que tu olhas para mim
Mas não sei se consigo seguir assim
Ninguém Sabe O Que Nos Vai Acontecer
Vamos Ver Qual De Nós Vai Acabar Por Ceder 2x

Olhares infiltrados
De uma paixão invisível
Iriam aparecer isso já era previsível

O sentimento que nos rodeava
Serviu para nos invejar
Pra nos dar vontade
de começar a tentar

R:
Sim eu sei que tu olhas para mim
Mas não sei se consigo seguir assim
Ninguém Sabe O Que Nos Vai Acontecer
Vamos Ver Qual De Nós Vai Acabar Por Ceder 2x

 

Música Original por 4th District
Letra: Diogo Grilo

 



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 11:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 


Lyrics: Djodje 

 



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

Segunda-feira, 07.08.17

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 

Música Original por 4th District
Letra: André Balsa e Diogo Grilo

 



publicado por olhar para o mundo às 22:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Num repente de emoção
Disparou meu coração
Vi que o teu recado era para mim
É de ti que eu gosto
Não falto ao teu rendez-vous
Seis da tarde, banco de jardim
Pus-me logo a sonhar
Corei só de imaginar
Nós os dois no banco de jardim
Decorei o que dizer
Vesti roupa a condizer
Roubei flores do jardim
A solidão num instante foi a breve ilusão de um amor
Como se esse amor de repente fosse também um bem ao meu dispor
Quantos destinos de cruzam assim
Quantos romances se acendem assim
Ao cair da tarde num banco de jardim
A lua subiu de tom e anoiteceu
Ela nem apareceu
Mais um sonho se desfaz assim
Desfiz a minha ilusão
E gravei um coração
A canivete no banco de jardim
A solidão de repente era a minha canção de langor
Como se o amor, novamente, fosse um estranho, um desertor
Quantos destinos se cruzam assim
Quantos romances chegam ao fim
Ao cair de um sonho num banco de jardim

 



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Em dia de romaria
Desfila o meu vilarejo
Ainda o galo canta o dia 
Já vai na rua o cortejo

O meu pai já está de saída
Vai juntar-se aquele povo 
Tem velhas contas com a vida
A saldar com vinho novo

Por mais duro o serviço
Que a terra peça da gente
Eu não sei por que feitiço
Temos sempre novo alento

A minha mãe, acompanhada
De promessas por pagar
Vai voltar de alma lavada 
E joelhos a sangrar

A minha irmã quis ir sozinha
Saiu mais cedo de casa
Vai voltar de manhãzinha
Com o coração em brasa

Por mais duro o serviço
Que a terra peça da gente
Eu não sei por que feitiço
Temos sempre novo alento

A noite desce o seu pano
No alto deste valado
O sagrado e o profano
Vão dançando lado a lado

Não sou de grandes folias
Não encontrei alma gémea
Há-de haver mais romarias
Das festas de Santa de Eufémia

 

Música do projecto Os da Cidade (Miguel Araújo Jorge, António Zambujo, João Salcedo e Ricardo Cruz), escrita por Miguel Araújo Jorge e editada no disco "Crônicas da Cidade Grande"

 



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

Domingo, 06.08.17

 

Letra

 

Aviões no céu a mil
Banda larga em arganil
Argonautas, foguetões
Fogos factuos e neutrões
Nitro super combustão
Consta em santa comba dão
Dão-se destas situações
Milagres, aparições
Dava-se outro caso assim
E tu gostavas de mim

Pode um rebento em Belém
Ser filho mas só da mãe
Multiplicação do pão
O Boavista campeão
Automóveis sem motor
Motociclos a vapor
Se não tem divina mão
E acontece tudo em vão
Dava-se outro acaso assim
E tu gostavas de mim

Lei e ordem no Brasil
Ciberespaço em contumil
Cães em naves espaciais
Microchips em cães normais
Microsondas em Plutão
Dentro da televisão
Situações paranormais
Para nós mais que banais
Não era pedir de mais
E tu gostavas de mim

 

Música e letra de Miguel Araújo com arranjo de João Martins, Mané Fernandes e Nuno Oliveira, mistura e edição áudio Bruno Pereira e João Martins, edição de vídeo e montagem Paulo Bico e João Martins.
Gravado ao vivo no dia 14 de Maio de 2016 no Cine Teatro Alba (Albergaria-a-Velha)

 



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

You can dance
You can jive
Having the time of your life
See that girl
Watch that scene
Digging the Dancing Queen

Friday night and the lights are low
Looking out for a place to go
Where they play the right music
Getting in the swing
You come to look for a King

Anybody could be that guy
Night is young and the music's high
With a bit of rock music
Everything is fine
You're in the mood for a dance
And when you get the chance
You are the Dancing Queen
Young and sweet, only seventeen
Dancing Queen
Feel the beat from the tambourine, oh yeah!

You can dance
You can jive
Having the time of your life
See that girl
Watch that scene
Dig in the Dancing Queen

You're a teaser, you turn them on
Leave them burning and then you're gone
Looking out for another, anyone will do
You're in the mood for a dance
And when you get the chance
You are the Dancing Queen
Young and sweet, only seventeen
Dancing Queen
Feel the beat from the tambourine Oh Yeah!

You can dance
You can jive
Having the time of your life
See that girl
Watch that scene
Dig in the Dancing Queen
Dig in the Dancing Queen

 

Original dos ABBA

 



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

Sábado, 05.08.17

 

Letra

 

Não encontrei a letra ou os créditos desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letr ou os créditos desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

Sexta-feira, 04.08.17

 

Letra

 

Não encontrei a letr ou os créditos desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letr ou os créditos desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar | ver comentários (3)

Quinta-feira, 03.08.17

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 

Disco "Quarto Crescente"
"O Sal Vem da Saudade"
Letra e Música - Cláudia Leal

 

 



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 

"A Nossa Lua"
Letra - Mário Rainho
Música - Rão Kyao (Tróia)

 



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

Quarta-feira, 02.08.17

 



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letra ou os créditos desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

Terça-feira, 01.08.17

 

Letra

 

MAS MANTÉM-SE A LIÇÃO
O MEU DEFEITO 
FOI VIVER NA TUA MÃO 
MAS NÃO É CERTO 
QUE ME LEVES A MELHOR
HOJE EU SEI QUEM ÉS
E SEI DE COR

POR MAIS QUE DIGAS QUE TU VAIS MUDAR
POR MAIS QUE QUEIRAS VOLTAR A TENTAR
NÃO HÁ PROMESSA QUE POSSAS FAZER
TU VAIS TER QUE JURAR

ENTÃO TU JURA
PORQUE EU NÃO QUERO OUVIR
AS TUAS PROMESSAS
ENTÃO TU JURA
O MUNDO GIRA 
E TU GIRAS MAIS DEPRESSA
JURA (4x)

SEMPRE QUE DEI UM POUCO MAIS 
POR NÓS OS DOIS
OS NOSSO PLANOS 
TU DEIXASTE PRA DEPOIS
MAS DE QUE SERVE VIVER
PRA A TUA ATENÇÃO
SE NO DESFECHO É
SEMPRE EM VÃO 

POR MAIS QUE DIGAS QUE TU VAIS MUDAR
POR MAIS QUE QUEIRAS VOLTAR A TENTAR
NÃO HÁ PROMESSA QUE POSSAS FAZER
TU VAIS TER QUE JURAR

ENTÃO TU JURA
PORQUE EU NÃO QUERO OUVIR
AS TUAS PROMESSAS
ENTÃO TU JURA
O MUNDO GIRA 
E TU GIRAS MAIS DEPRESSA
JURA (4x)

OHHHH
NAO HÁ VOLTA A DAR
SE NAO QUERES MUDAR
OHHHH
ÉS TU SÓ QUEM NÃO VÊ
QUE JÁ FOI DEMAIS
OHHHH
NAO HÁ VOLTA A DAR
SE NAO QUERES MUDAR

 



publicado por olhar para o mundo às 22:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Remember me when I grow old
I hope I'll be thinkin' of you
If I won't die very soon
I hope I change my point of you
 
If I can see, stab my eyes
If I still hear, please shut them up
 
If I can walk, break my bones
If I can feel, what would I feel?
 
Shoot me down
You got nothing to loose this time (X4)
 
If I can see, stab my eyes
If I still hear, please shut them up
If I can walk, break my bones
If I can feel, what would I feel?
 
Shoot me down
You got nothing to loose this time (X4)
 
I was going so down, how I hope I would feel it burn again
But If i'm still alive, please find a way to shoot my down
Oh, I can't seen to hear you again
Why don't you shoot me?
Why don't you shoot me down?

 



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letra ou os créditos desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

Segunda-feira, 31.07.17

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 21:13 | link do post | comentar

Domingo, 30.07.17

 



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letra ou os créditos desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

Sábado, 29.07.17

 

Letra

 

Valete:
Porque se tu visses o mundo através das palavras que eu te mostro
tu verias a fome a adormecer e a abater aqueles olhos
tu verias o sangue a alagar a terra daqueles povos
a deixar tudo resumido a desespero e destroços

Se ouvisses os gritos que o sofrimento não cala

saberias o que é viver entre insonias e estrondos de balas
falas, mas nunca sentes a pulsação do planeta
desacelera, porque o teu amor por ele nunca chega

Boss AC:
Yo!
'Tás-me a ouvir mas será que me escutas?
eu não questiono pessoas, eu questiono condutas
questiono esta nossa indiferença colectiva
temos alternativa enquanto tivermos voz activa

Mas ninguém quer saber de ninguém
as contas fazem-se no fim dão-nos o troco no além

Seguimos em direcção ao abismo
neste sociedade de consumo,
que só consome egoísmo

Refrão (2x)
Olavo Bilac:
I'm gonn' break u
I'm gonn' take u down
I'm gonn' make u stay awake
'till u open your eyes

Boss AC:
Insensiveis à dor alheia,
não sentimos a fome dos outros porque a nossa barriga 'tá cheia

E a verdade que nos impingem não foi escrita por quem sofre (não!)
ela é escrita por quem tem a chave do cofre
Será que pensamos nisso quando saímos à rua?
Enquanto fechamos os olhos e a escuridão continua
E em quem podemos acreditar, se são os nossos irmãos que nos querem matar (an?)

Valete:
O que é que há pa' sorrir quando meio mundo sangra? (sangra!)
Como é que tu não olhas quando meio mundo te chama?
Como é que tu vives sem dar aos teus um minuto?
Diz-me, o que é que há pa' celebrar quando o mundo 'tá de luto?

Delegas poder a esses politicos, mas eles são camaleónicos,rétoricos
Não representam as nossas massas anónimas, é óbvio
Eles representam corporações babilónicas, demónios
Que representam o lucro acima dos homens, é lógico

Refrão (2x)
Olavo Bilac:
I'm gonn' break u
I'm gonn' take u down
I'm gonn' make u stay awake
'till u open your eyes

Valete:
Tu tens o poder de ser a transmutação e a salvação
não há revolução sem chegar a tua contribuição
partilha o afecto, que há sempre alguem que ajudas (ajudas!)
quando espalhas a verdade há sempre educas (educas!)
quando denuncias o mal há sempre alguem que te escuta mano
há sempre alguem que te segue quando acreditas na luta

Muda tu o mundo, porque todos nós somos Deus
o mundo muda a cada gesto teu!

Boss AC:
Yoo!
Eles andam entre nós parecem pessoas normais,
até batinas pretas escondem tarados sexuais
Desses que transformam o amor em mentira,
quem faz mal a uma criança não merece o ar que respira

O Mal é banal parece que está tudo visto
Professas gira enquanto podes,
ou esperar o regresso de Cristo

Tu ouves,mas não escutas
olhas,mas não vês
os outros somos nós, e nós somos vocês

Refrão (2x)
Olavo Bilac:
I'm gonn' break u
I'm gonn' take u down
I'm gonn' make u stay awake
'till u open your eyes

 



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não venha me dizer que agora tu mudou
Esse papo eu conheço e também me cansou
Estive disposta, hoje já não estou
Sigo em frente sozinha, o tempo já passou

Tempo bom foi aquele em que você me amou
Desistiu de ser triste assim me conquistou
Desligado do mundo, dos vicios da dor, era eu e você, só nós dois e o amor
(Desandou) Mentindo pra mim, voltando pra pista, isso me bodiou

A verdade é rainha, tu me magou
A mentira é o fim do que só começou
Uma história bonita, eu e você no flow
Tu perdeu, não se segurou

Eu estou segura de que é difícil, mas eu também sei que tudo acabou
E é triste mas o que se foi, ficou
Guardado no peito ainda sinto o sabor
O perfume do abraço, a música tocou

Fazendo lembrar do que se eternizou
Mas vê se resolve, a droga te pegou
Eu te abracei, se tu tentar eu vou
Era assim hoje não, o laço desatou

Eu vim te lembrar de um tempo que marcou
Águas que rolaram, o tempo voou
Acabou e é porque tu não priorizou
Aceita os pontos, falar que o momento é mais que propício pra dizer quem sou

Aquela mulher que um dia cê teve
Que te quis do lado e tu não deu valor
Quer te ver melhor que a última vez, peço que não caia
Minha hora chegou.

[Juju Gomes]
Resolve a tua parada, aqui tu não é ninguém
O amor que tu me deu não me serviu
Vou procurar nos braços de outro alguém
Começamos bem, na vibe tipo zen

Que caminhava tão certo
Assim não dá, suas mentiras, insatisfações da vida
Diz que me ama tanto, quer criar raízes, só nós dois
Ta bom, meu bem

Pois eu acreditei, me apaixonei e lancei meu sonho, por você também.
Diz que tá escuro aí, por favor me ajuda aqui
E agora você chora, chora
E me pede pra voltar, então faça valer, pra eu não pagar pra ver

Laços perdidos, destroem meu infinito
Através dos gritos, isso parece primitivo
Olha pra frente, vê se não cai [2x]

[Valete]
No início era só tu e eu, no meio da paixão intensa que nos consumia
De corpo e alma pra ti, não queria saber de nenhuma mulher que surgia
O tempo passou meu amor serenou, e parece que secou toda aquela poesia
Homens são assim, cansam-se rápido, não fomos feitos pra monogamia

Vivemos com ambição de alpinista
Queremos outra conquista depois de uma conquista
Lá vou eu a noite chamam
Calor, mulheres, olhares tramam, curvas formas, dançam excitam

Rabos, mamas hipnotizam, la tô eu na cama de outra
Vida louca não me poupa, outra semana, outra dama
Outra cama, é so gana
Esses gestos não me enganam, é so sexo não tem chama

Eu preciso do teu amor, me dá o teu swing que me faz feliz
Dá ao teu negro outra chance
Outra chance pra outro romance
Sem amor não ha vida, fica alma esmorecida

Fica tudo mais medonho
Morre o mundo, morre o sonho.
Dá ao teu negro outra chance...

Nós somos filhos, desta veracidade maior do que nós
Que nos deixou insensíveis e desnorteados
Entre esta gula, fantasias e fetiches...

O amor abandonou-nos negro
E agora estão aqui desesperados
Sozinhos entre essas camas e orgamos
Não temos nada, negro
Não temos nada...

[Juju Gomes]
Laços perdidos, destroem meu infinito
Através dos gritos isso parece primitivo
Olha pra frente vê se não cai [2x]

 



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

Sexta-feira, 28.07.17

 

Letra

 

Não encontrei a letra os os créditos desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 

Letra: Filipe Moura
Música: Embaixador

 



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

Quinta-feira, 27.07.17

 

Letra

 

Não encontrei a letra ou os créditos desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 17:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 

Música e Letra - Edgar Santos

 

 

 



publicado por olhar para o mundo às 11:13 | link do post | comentar

 

Letra

 

Não encontrei a letra os os créditos desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 08:13 | link do post | comentar

Quarta-feira, 26.07.17

 

Letra

 

Não encontrei a letra desta música

 



publicado por olhar para o mundo às 22:13 | link do post | comentar


Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email
mais sobre mim




posts recentes

Slow J - Não me mintas

noiserv - "SETE"

Noiserv - Não Canto Porqu...

noiserv - "Se o Tempo não...

Melech Mechaya - Boom(fea...

Melech Mechaya - Aurora(f...

Malabá - Perigosa

Malabá e Kosmo feat Ivo S...

Azagaia - Eu Não Paro

Azagaia - No Ano da Fome ...

arquivos

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

tags

todas as tags

links
comentários recentes
Grande Musica
Musica Qualitativa
Ah que fixe!!!Obrigada A Música Portuguesa por aju...
*ps: nós que fizemos!
Ah que fixe!!!Obrigada A Música Portuguesa por aju...
OláInfelizmente não lhe consigo responder, eu não...
OlaaQueria por favor saber se exiate a musica em C...
Te amo Loony ....so tua fa
http://yolandabythemusic.blogspot.co.uk/
Música xinofoba, que pena. Gosto de ouvir Ana Mour...
Posts mais comentados
blogs SAPO
subscrever feeds