Quarta-feira, 9 de Novembro de 2011
José Cid apresenta 'Quem tem medo de baladas'
O músico José Cid sobe no dia 7 de Dezembro ao palco do Campo Pequeno em Lisboa, e no dia 12 ao do Pavilhão Multiusos em Guimarães, para apresentar o recém-saído álbum, 'Quem tem medo de baladas'.

Editado pela Farol, Quem tem medo de baladas é o 38.º disco de José Cid, distinguido há dois anos com o Prémio Carreira da Sociedade Portuguesa de Autores.

 

O CD reúne 14 temas maioritariamente inéditos de Cid, mas também versões de Rumo ao sul, um tema de Jorge Fernando, criado por Ana Moura, o êxito espanhol El toro y la luna ou ainda Discussão, de António Carlos Jobim.

 

O álbum integra ainda inéditos de outros autores como Rei da ilusão, de Pedro Nuno Mello, ou O verão chegou tão tarde, com música e letra de Gonçalo Tavares, com quem Cid partilha a interpretação.

 

Outro tema que canta em duo é Tempestades, com Ana Sofia Cid, com a qual partilha a autoria de My voice.

 

Quanto a parcerias autorais, José Cid assina com Nuno BarrosoTocas piano, com Gary Brooker Cavalos de Fão, e com Tó ÁguasAdeus, até um dia.

 

 

Neste álbum, José Cid conta com a participação especial da banda Os Corvos, com a qual interpreta o tema de abertura, Tocas piano.

 

A balada Mais um dia, genérico da telenovela Meu amor premiada com um Emmy, serviu de mote a este álbum em que acompanham Cid, entre outros, Ricardo Mello (baixo), Gonçalo Tavares (teclados e programações), Xico Martins (guitarras), Ruben Santos (trombone), Samuel Henriques (bateria) e Mauel Marques (saxofone). Cid responsabiliza-se pelo piano acústico, teclados, baixo, programações e Hammond.

 

José Cid é autor de discos que são hoje referência, como A Lenda de el-Rei D. Sebastião (1967) e Onde, Quando, Como, Porquê, Cantamos Pessoas Vivas – Obra -Ensaio de José Cid (1974), que editou com o Quarteto 1111.

 

A solo, refira-se José Cid (A palha), de 1971, e 10.000 anos depois entre Vénus e Marte (1978), entre centenas de canções que registou.

 

Em 2009, pondo fim a uma ausência de seis anos dos estúdios, gravou Coisas do amor e do mar, feito de pop rock e baladas e que conta com as participações de Susana Félix, André Sardet e Luís Represas.

 

Na década de 1990 fez os discos Camões, as Descobertas... e nós (1992), com a participação de Pedro Caldeira Cabral, Carlos do Carmo e Jorge Palma, Ode a Federico García Lorca (1998) e o álbum de jazz Cais do Sodré (1999).

 

À Lusa revelou que tem guardados, «à espera de melhores dias», os álbuns Fados e fandangos e Menino prodígio, compostos desde meados dos anos 1990, época em que teve uma vida pública menos intensa, mas nem por isso menos produtiva.

 

Nascido na Chamusca (Santarém), em 1942, sobrinho da poetisa Maria Manuel Cid, estreou-se como teclista aos 13 anos numa noite de Carnaval, nos Babies, grupo de versões no qual militavam José Niza, Rui Ressurreição e Daniel Proença de Carvalho.

 

 

Retirado do Sol



publicado por olhar para o mundo às 19:47 | link do post | comentar

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email
mais sobre mim




posts recentes

VIDEOCLIP - Dom Rubirosa ...

Anselmo Ralph - Virou amo...

Banda sonora do filme "Ca...

Dillaz - Portugal

Casa da Cultura de Setúba...

Musical infantil "Palavra...

Estar Presente, tema de n...

Dillaz - Caminho Errado

The Ramblers na última BB...

Dillaz - Madrigal

arquivos

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

tags

todas as tags

links
comentários recentes
Fdx.Grande som.Brutal
O POEMA.......AS MAÔS FLUINDO... COM PAIXÂO O INST...
Eu adoro esta música desde pequenina
amei a musica e dizer forca pr o meu compatriota C...
granda musica
OláTem razão, já não me lembro de inde tirei a let...
Lindo demais!!
Ola o convido a escutar devidamente a musica pois ...
Um curriculo extraordinario sem duvida: http://yol...
A letra não é correta
Posts mais comentados
blogs SAPO
subscrever feeds