Segunda-feira, 24 de Outubro de 2011

 

Os Paus, uma banda portuguesa feita de dois bateristas, um baixista e um teclista, lançam hoje o primeiro álbum, com uma sonoridade que só encaixa na prateleira dos «difíceis de rotular».


Em 2010 apresentaram-se com o EP «É uma Água», quatro músicas marcadamente instrumentais, para lá das fronteiras do rock, com uma dupla bateria sonante alimentada ainda por melodias retiradas de um baixo elétrico e dois teclados.

 

Nessa altura, os Paus aparentavam ser a soma das quatro partes, juntando Hélio Morais, baterista dos Linda Martini,Joaquim Albergaria, antigo vocalista dos Vicious 5,Makoto Yagyu e João Pereira, dos If Lucy Fell, todos do circuito rock alternativo de Lisboa e arredores.

 

Com as quatro músicas do EP, tocaram nos principais festivais de verão – Paredes de Coura, Optimus Alive e Super Bock Super Rock – e deram uma série de concertos na discoteca Lux, em Lisboa.

 

Agora com o homónimo álbum de estreia, com oito músicas a apresentar na quinta-feira novamente no Lux e a 03 de novembro no Hard Club (Porto), os músicos disseram em entrevista à Lusa que Paus é mais do que essa soma das quatro partes.

 

«Numa banda tu não trazes só o que tens para dar individualmente. Tu também és em função das pessoas que tens à tua volta. Em Paus sente-se muito isso», defendeu Hélio Morais.

 

«Harmonicamente a coisa melhorou um bocadinho», opinou João Pereira sobre o trabalho dos dois bateristas (Hélio Morais e Joaquim Albergaria), que descobriram os silêncios e aprenderam a complementar-se no troar rítmico da bateria siamesa e nos duelos nos concertos.

 

«Há baterias neste disco em que um ritmo meu sozinho seria ridículo e um ritmo do Quim [Albergaria] seria ridículo, mas juntos fundem-se e fazem um ritmo que seria impossível de tocar por um só baterista», disse Hélio Morais.

 

O EP  «É uma Água» era «muito menos limpo, mais imediato, era mais punk rock. Este está mais refinado», explica Mokoto Yagyu, guitarrista e baixista português de origem japonesa.

 

As músicas «Deixa-me Ser», que aparenta uma musicalidade africana, ou «Descruzada», mais soturna e desconstruída, refletem esse apaziguamento dos quatro elementos com as composições que criaram. Mas também refletem essa inventividade de colocar quatro instrumentos a cantar – porque não há vocalista oficial na banda – e que torna Paus um objeto difícil de rotular.

 

Via Sapo Música



publicado por olhar para o mundo às 13:52 | link do post | comentar

Quer ver a sua banda ou espectáculo divulgados aqui?,
envie um email para: olharparaomundo (arroba) sapo.pt
Se tem alguma letra que eu não tenha encontrado, pode enviar para o mesmo email
mais sobre mim




posts recentes

Sam the Kid - O Keu Sou (...

Celina da Piedade apresen...

mishlawi - limbo

FRENÉTICA", NOVO ÁLBUM DE...

Marta Ren & The Groovelve...

GONÇALO DA CÂMARA PEREIRA...

Mão Morta - Budapeste

DUETOS DA SÉ - AGENDA DE ...

Pedro e os Lobos - Um dia...

João Caetano apresenta e...

arquivos

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

tags

todas as tags

links
comentários recentes
Fdx.Grande som.Brutal
O POEMA.......AS MAÔS FLUINDO... COM PAIXÂO O INST...
Eu adoro esta música desde pequenina
amei a musica e dizer forca pr o meu compatriota C...
granda musica
OláTem razão, já não me lembro de inde tirei a let...
Lindo demais!!
Ola o convido a escutar devidamente a musica pois ...
Um curriculo extraordinario sem duvida: http://yol...
A letra não é correta
Posts mais comentados
blogs SAPO
subscrever feeds